Página 1 dos resultados de 2445 itens digitais encontrados em 0.015 segundos

O questionário genérico SF-36 como instrumento de mensuração da qualidade de vida relacionada a saúde de pacientes hipertensos; The generic questionnaire SF-36 as instrument of measurement of the life quality related to the health in hypertensive patients

Silqueira, Salete Maria de Fátima
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 07/10/2005 PT
Relevância na Pesquisa
66.71%
Nas últimas décadas, as doenças crônicas têm desempenhado um importante papel na morbimortalidade da população mundial atingindo não só a população idosa, mas também jovens em idade produtiva. Entre as doenças cardiovasculares, a hipertensão arterial (HA) é considerada uma das principais causas de doença do adulto em todo o mundo industrializado e na maioria dos países em fase de desenvolvimento, principalmente, nos grandes centros urbanos. A alta prevalência da doença tem se tornado um grande problema de saúde pública afetando milhares de pessoas e, conseqüentemente, a Qualidade de Vida dessa população. O presente estudo é do tipo transversal com objetivo geral de descrever a qualidade de vida relacionada à saúde dos pacientes hipertensos de uma Unidade de Saúde de um município do estado de Minas Gerais, no ano de 2005, segundo o Instrumento genérico de avaliação de QVRS, SF-36. O estudo foi realizado em uma Unidade de Saúde de um município de Minas Gerais - Brasil. A coleta de dados foi realizada junto a pacientes hipertensos assistidos na Unidade no período entre março e maio de 2005. Considerando os critérios de exclusão, 256 pacientes hipertensos foram selecionados para participarem deste estudo. Os resultados relacionados às variáveis sócio-demográficas e aos escores padronizados do instrumento SF-36...

Aplicação da escala de qualidade de vida SF-36 em pacientes operados de tumores da base do crânio; Application of SF-36 scale in patients operated on skull base tumors

Katiane Raisa Servelhere
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/08/2010 PT
Relevância na Pesquisa
66.61%
A base do crânio é uma região que pode ser afetada por vários tipos localizados de neoplasias. Os tumores nesta região podem ser benignos ou malignos e se localizar nas fossas anterior, média ou posterior do crânio. Embora sejam relativamente raros, são lesões potencialmente graves, em virtude das características anatômicas complexas da região e do risco inerente de um procedimento cirúrgico. A qualidade de vida nesses pacientes pode ser prejudicada não só pelo comprometimento neurológico, mas também por problemas psicossociais, como diminuição da autoconfiança e auto-estima, modificação nas atividades cotidianas, dependência, estigma e discriminação, dificuldade de interação social e desemprego. A escala SF-36 é um dos instrumentos mais utilizados para mensurar a qualidade de vida e foi aplicada em 38 indivíduos submetidos a tratamento cirúrgico de lesões expansivas benignas da base do crânio, entre seis meses e um ano após o procedimento operatório. Deste modo, o objetivo deste estudo foi avaliar a qualidade de vida em pacientes operados de tumor da base do crânio através da escala de qualidade de vida SF-36. Os 38 pacientes foram operados no Hospital das Clínicas da Universidade Estadual de Campinas. Os resultados revelaram que a idade média dos pacientes era de 49...

Qualidade de vida em pacientes com osteoporose: correlação entre OPAQ e SF-36

Lemos,Maria Carolina Davel; Miyamoto,Samira Tatiyama; Valim,Valéria; Natour,Jamil
Fonte: Sociedade Brasileira de Reumatologia Publicador: Sociedade Brasileira de Reumatologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2006 PT
Relevância na Pesquisa
66.59%
OBJETIVO: correlacionar o instrumento de avaliação de qualidade de vida específico para osteoporose, o Osteoporosis Assessment Questionnaire (OPAQ), com o instrumento genérico, o The Medical Outcomes Study 36 - Item Short Form Health Survery (SF-36). PACIENTES E MÉTODOS: estudo observacional de corte transversal que incluiu 40 mulheres acima de 60 anos, diagnosticadas com osteoporose. Houve um momento para avaliação e um único examinador. Para a análise estatística foram utilizados coeficiente correlação de Pearson e análise fatorial do OPAQ. RESUTADOS: houve correlação entre os domínios e componentes finais do SF-36 com os domínios do OPAQ. Evidenciou-se que os coeficientes mais altos foram entre o OPAQ Sintomas e os seguintes domínios do SF-36: dor (r=-0,6), aspectos sociais (r=-0,6%) e saúde mental (r=-0,5). Quase todos os aspectos do SF-36 se correlacionaram com o OPAQ Sintomas. E, ainda, por análise fatorial do OPAQ, observa-se que os seus 18 componentes representaram 63% de carga fatorial, ou seja, eles explicaram o valor total de impacto da osteoporose na qualidade de vida e agruparam-se em cinco fatores: fator 1 (mobilidade, cuidados próprios, independência e trabalho doméstico), fator 2 (flexibilidade...

Avaliação da qualidade de vida pós-cirurgia cardíaca na fase I da reabilitação através do questionário MOS SF-36

Gonçalves,FDP; Marinho,PEM; Maciel,MA; Galindo Filho,VC; Dornelas,de Andrade A
Fonte: Associação Brasileira de Pesquisa e Pós-Graduação em Fisioterapia Publicador: Associação Brasileira de Pesquisa e Pós-Graduação em Fisioterapia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2006 PT
Relevância na Pesquisa
66.51%
INTRODUÇÃO: O questionário de qualidade de vida Medical Outcome Study Short Form -36 (MOS SF-36) permite monitorar condição de saúde antes e após o tratamento instituído, sendo sensível a melhora clínica. O objetivo desse estudo foi avaliar a qualidade de vida de pacientes submetidos à cirurgia de revascularização do miocárdio e que participaram de um programa de reabilitação cardíaca, através da aplicação do questionário MOS SF-36. Metodologia: Foram incluídos nesse estudo 24 indivíduos de ambos os sexos (15 homens e 9 mulheres) na faixa etária entre 23 e 77 anos (idade média 58 ± 6 anos) submetidos à cirurgia de revascularização do miocárdio, com quadro clínico estável e que participaram de um programa de reabilitação cardíaca fase I. O questionário foi aplicado em três momentos: antes, no 5º dia do pós-operatório e 2 meses após a cirurgia. Para análise estatística foi utilizado o teste de Wilcoxon para amostras pareadas. Resultados: Observou-se queda dos seguintes parâmetros Funcionamento do Organismo (p = 0,000), Limitação por Distúrbios Físicos (p = 0,002), Vitalidade (p = 0,003) e Dor (p = 0,000) após a cirurgia, havendo recuperação significativa 2 meses após (p = 0,008, p = 0...

Avaliação da qualidade de vida dos funcionários do cartório do 1º Ofício da cidade de Diamantino-MT através do questionário SF-36

ZAMPIERIL, Josiane Aparecida da Silva; DELIBERATO, Paulo César Porto; BARROS, Ivana Gláucia Paes de
Fonte: Universidade Municipal de São Caetano do Sul Publicador: Universidade Municipal de São Caetano do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.56%
O objetivo desta pesquisa foi analisar a qualidade de vida dos funcionários do Cartório de 1º Ofício da cidade de Diamantino, em Mato Grosso. Foi utilizada a versão brasileira do Short Form-36 (SF-36) em dez funcionários do Cartório de 1º Ofício, que colaboraram voluntariamente para a coleta da análise dos dados do questionário. O estudo obteve a análise dos oito domínios do escore do SF-36, onde pôde ser observado que o primeiro domínio, relativo à capacidade funcional, foi aquele que apresentou o maior escore, enquanto os demais domínios (D2, D3, D4, D5, D6, D7 e D8), respectivamente relacionados à saúde mental, também estão acima da metade do valor máximo esperado no escore do SF-36. O questionário SF-36 foi um instrumento adequado, de aplicação relativamente rápida e de fácil uso para a avaliação da qualidade de vida dos funcionários do Cartório de 1º Ofício, pois, na amostra estudada, os oito domínios apresentaram resultado médio entre 51,9 (menor escore = domínio 4) e 71,8 (maior escore = domínio 1).; sim

Qualidade de vida após infarto agudo do miocárdio: avaliação com os questionários Mac New QLMI e SF-36; Quality of life after acute myocardial infarction: evaluation with the MacNew QLMI and SF-36 questionnaires

Alcântara, Erikson Custódio
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
66.65%
O infarto agudo do miocárdio (IAM) é uma doença que resulta quase sempre da aterosclerose coronariana, a qual funciona como substrato anatômico capaz de desencadear o fenômeno trombótico e causando desequilíbrio súbito entre a oferta e o consumo de oxigênio pelo miocárdio. No Brasil, anualmente, a incidência é de 300 a 350 mil casos de IAM e cerca de 214 mil evoluem para o óbito. A qualidade de vida ligada à saúde diz respeito ao grau de limitação e desconforto que uma determinada doença ou tratamento relacionado a ela acarretam ao paciente e à sua vida. Trata-se de um conceito que traz consigo uma elevada carga de subjetividade e de variáveis sociais e culturais. Os chamados questionários genérico e especifico, são instrumentos utilizados para medir qualidade de vida. O objetivo deste estudo é correlacionar a qualidade de vida avaliada em pacientes após infarto agudo do miocárdio, por meio dos questionários Mac New QLMI e SF-36, associando os escores dos domínios físico, emocional e social com o tratamento instituído, fatores de risco e tempo decorrido desde o infarto. Foram estudados 96 pacientes, sendo 25 do sexo feminino e 71 do sexo masculino, com idade média de 54,3 ± 5,9, com episódio de IAM que ocorreu entre 3 a 18 meses antes da aplicação dos questionários. Os pacientes foram selecionados no período de dezembro de 2003 a janeiro de 2004 via serviço de arquivo médico do Hospital de Clínicas de Uberlândia/UFU. Foram utilizados os questionários de QV Mac New QLMI...

Avaliação transversal da qualidade de vida em portadores de esclerose múltipla por meio de um instrumento genérico (SF-36)

Morales, Rogério de Rizo
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
66.78%
A esclerose múltipla (EM) é uma doença crônica que pode ter efeitos profundos na vida dos pacientes. O Expanded Disability Status Scale (EDSS) ainda é o instrumento mais utilizado como medida de evolução de incapacidade na EM, mas não é capaz de determinar outros efeitos da doença na qualidade de vida relacionada à saúde (QVRS). Um dos instrumentos mais usados para medir conceitos gerais de saúde é o Medical Outcome Study 36-Item Short-Form Health Survey (SF-36). Sua versão brasileira ainda não foi utilizada em portadores de EM. Este estudo tem como objetivos verificar as propriedades psicométricas da versão brasileira do SF-36 e avaliar a QVRS em portadores de EM da cidade de Uberlândia por meio deste instrumento. O SF-36 foi aplicado em 23 portadores de EM e em 69 doadores de sangue na cidade de Uberlândia. O EDSS foi aplicado no grupo de portadores durante exame neurológico à entrevista. Confiabilidade e validade do SF-36 foram determinadas. Foram comparados os escores médios dos domínios do SF-36 entre os grupos de portadores e controle, entre os portadores com EDSS < 3,5 e os controles, e os portadores com EDSS < 3,5 e > 4,0. Correlações entre aspectos clínicos da doença e escores do SF-36 foram medidas. O SF- 36 se mostrou confiável e válido para a avaliação da QVRS em EM. Os portadores de EM apresentaram escores mais baixos em todos os domínios do SF-36 que a população geral...

Avaliação prospectiva da qualidade e vida relacionada a saúde em idosos com fratura do quadril por meio de um instrumento genérico - the medical outcome study 36-item short-form health survey (sf-36)

Mendonça, Tania Maria da Silva
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
66.63%
As fraturas de quadril ocorrem freqüentemente na população idosa e provocam impacto considerável na qualidade de vida relacionada à saúde (QVRS) dos idosos comprometidos. O estudo teve como objetivo avaliar as propriedades psicométricas da versão brasileira do Medical Outcome Study 36-Item Short-Form Health Survey (SF-36) para idosos com fratura de quadril e a QVRS dessa população por um período de quatro meses após fratura. Quarenta e cinco idosos (60% do sexo feminino) com idade entre 62 a 92 anos (média= 74,4; DP=8,81) responderam o SF-36. Os escores obtidos pelos pacientes foram comparados entre eles nas fases recordatória, de um e quatro meses após a cirurgia reparadora da fratura, com os do grupo controle constituído por 135 idosos (média de idade= 72,3; DP= 6,92), e segundo o tipo de fratura (colo de fêmur e transtrocanteriana). As propriedades psicométricas foram avaliadas por meio dos efeitos piso e teto, consistência interna do item, confiabilidade da consistência interna, reprodutibilidade, validade discriminante do item, validade discriminante, validade convergente, validade divergente, validade concorrente, validade de construto e diferença mínima importante. As propriedades psicométricas avaliadas foram consideradas adequadas como um todo. Os escores do grupo de pacientes na fase recordatória foram menores (p<0...

Avaliação transversal da qualidade de vida de cuidadores de crianças e adolescentes com sobrepeso e obesidade por meio do instrumento genérico The 36 - Item short form survey questionnaire (SF-36)

Melo, Tatiana Rocha
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
66.74%
A obesidade é uma doença crônica definida como o excesso de gordura corporal que acarreta prejuízo na saúde física e psicossocial das crianças e adolescentes à medida que o Índice de Massa Corporal (IMC) aumenta. Essas repercussões atingem não somente o paciente, mas todo o grupo familiar o que pode trazer problemas biológicos e psicossociais que com o tempo poderão se traduzir em prejuízo na qualidade de vida de todos. No entanto, não se sabe se os cuidadores de crianças e adolescentes com sobrepeso ou obesidade apresentam prejuízo em sua própria qualidade de vida. Este estudo tem como objetivo avaliar as propriedades psicométricas do instrumento The 36 - Item Short Form Survey Questionnaire (SF-36) em cuidadores de crianças e adolescentes com sobrepeso e obesidade, e avaliar a qualidade de vida destes cuidadores por meio do mesmo instrumento. O SF-36 foi aplicado em 360 cuidadores (idade média de 36,6 anos e DP=6,18) de crianças e adolescentes com sobrepeso (IMC > percentil 85 e < percentil 95) (n=96; idade média = 11,1 anos; DP=0,74), com obesidade (IMC > percentil 95) (n=62; idade média = 10,9 anos; DP=1,15) e com eutrofia (IMC > percentil 5 e < percentil 85) (n=202; idade média = 10,9 anos; DP= 1,10). A qualidade dos dados...

New Australian population scoring coefficients for the old version of the SF-36 and SF-12 health status questionnaires

Tucker, G.; Adams, R.; Wilson, D.
Fonte: Kluwer Academic Publ Publicador: Kluwer Academic Publ
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2010 EN
Relevância na Pesquisa
66.66%
PURPOSE: To compare the relationship of the eight SF-36 v1 subscale scores to the summary scores of the PCS and MCS derived from two different scoring algorithms: one based on the original scoring method (Ware, Kosinski and Keller, SF-36 physical and mental health summary scales: a users manual. The Health Institute, New England Medical Centre, Boston, MA, 1994); and the other based on scoring algorithms that use parameters derived from structural equation modelling. Further, to provide SF-12 scoring algorithms similarly based on structural equation modelling. METHODS: The Australian Bureau of Statistics 1995 Australian National Health Survey dataset was used as the basis for the production of coefficients. There were 18,141 observations with no missing data for all eight SF-36 subscales following imputation of data items, and 17,479 observations with no missing data for the SF-12 data items. Data were analysed in LISREL V8.71. Structural equation models were fit to the data in confirmatory factor analyses producing weighted least squares estimates, which overcame anomalies found in the traditional orthogonal scoring methods. RESULTS: Models with acceptable fits to the hypothesised factor structure were produced, generating factor score weighting coefficients for use with the SF-36 and SF-12 data items...

Nachuntersuchung nach Beckenring- und Acetabulumfrakturen - gesundheitsbezogene Lebensqualität (SF-36) im Vergleich zu radiologischem und klinischem Outcome nach zwei Jahren.; Follow-up study on pelvic ring and acetabulum fractures - health-related quality of life (SF-36) compared to the radiological and clinical outcome after two years.

Baacke, Manuel
Fonte: Universidade de Tubinga Publicador: Universidade de Tubinga
Tipo: Dissertação
DE_DE
Relevância na Pesquisa
66.67%
Im Rahmen neuer Gesichtspunkte der Outcomebeurteilung sollen bei Patienten mit Beckenverletzungen, traditionelle objektive Parameter der klinisch- radiologischen Nachuntersuchung mit der subjektiven Lebensqualität, erfasst durch den SF-36, verglichen werden. Nachuntersucht werden 143 von insgesamt 324 Patienten (44,1%), die im Zeitraum Januar 1998 bis Dezember 2001 unfallbedingt eine Verletzung des Beckens (45 Beckenringfrakturen, 33 Acetabulumfrakturen, 30 kombinierte Beckenring- / Acetabulumfrakturen, 35 Komplexverletzungen) erlitten haben und in der Berufsgenossenschaftlichen Unfallklinik Tübingen operativ oder konservativ behandelt wurden. Die Verletzungseinteilung erfolgt gemäß der AO-Klassifikation. Der Anteil der isolierten Beckenverletzungen beträgt lediglich 26,6%, ansonsten liegen zusätzliche Verletzungen anderer Organsysteme vor. Die Nachuntersuchung erfolgt durchschnittlich 28,6 Monate nach dem Unfallereignis. Die Gesamtverletzungsschwere beträgt im arithmetischen Mittel für den ISS (Injury Severity Score) 16,8 und den PTS (Hannoveraner Polytraumaschlüssel) 18,3. Die Outcome - Bewertung erfolgt anhand des Outcomescores Beckenring nach Pohlemann, des Merle d’Aubigné-Scores sowie des vom Patienten auszufüllenden SF-36-Fragebogens. Mit steigendem ISS und zunehmender Komplexität der Verletzung nimmt der Anteil der schmerzfreien Patienten stetig ab. Bei Typ-A-Verletzungen (52...

Qualidade de vida relacionada a saude em idosos : um estudo de base populacional utilizando o SF-36; Preventive practices for cervical and breast cancer for women 40 years old and over in the city of Campinas, SP

Margareth Guimarães Lima
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 20/02/2008 PT
Relevância na Pesquisa
66.53%
O processo de envelhecimento está acontecendo de maneira rápida, principalmente nos países em desenvolvimento. Esse processo gera vários desafios para a saúde pública, entre eles, melhorar a qualidade dos anos de vida conquistados (WHO, 2005). Este estudo teve como objetivo analisar a qualidade de vida relacionada à saúde (QVRS) de idosos e avaliar a influência de fatores demográficos e socioeconômicos e o impacto de doenças crônicas sobre as várias dimensões da qualidade de vida. A pesquisa utilizou dados do Inquérito Multicêntrico de Saúde no Estado de São Paulo, ISA-SP e o instrumento usado para medir a QVRS foi o Medical Outcomes Study 36-Item Short-Form Health Survey (SF-36). É um estudo transversal de base populacional, com amostra de conglomerados, estratificada e em múltiplos estágios. Foram analisados 1958 idosos com 60 anos ou mais, residentes em 4 áreas do Estado de São Paulo. A QVRS dos idosos estudados apresentou-se em melhores condições nos domínios: aspectos emocionais (86,1), sociais (85,9) e físicos (81,2) e as piores condições foram encontradas em vitalidade (64,4), saúde mental (69,9) e estado geral de saúde (70,1). Segundo determinantes demográficos e socioeconômicos, a QVRS revelou-se em piores condições nos idosos do sexo feminino; naqueles com idade mais avançada; com menores rendas; com menor nível de escolaridade e nos idosos da religião evangélica...

Avaliação da aplicação do Metodo Mulligan e massoterapia classica nas disfunções da articulação temporomandibular em mulheres adultas por meio da escala visual-numerica de dor e pelo SF-36; Evalution of application of Muligan Method and classical massage in the temporomandibular dysfunctions joint in adult women through a visual numeric pain-and the SF-36

Renata Cristina Di Grazia
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 31/07/2009 PT
Relevância na Pesquisa
66.63%
O presente estudo teve como objetivo analisar e verificar os efeitos do programa de terapia manual (Método Mulligan associado à massagem clássica) nas queixas de dor e na qualidade de vida de mulheres adultas com disfunção da articulação temporomandibular (DTM). Participaram da pesquisa 29 mulheres, com idades entre 28 e 59 anos (média de idade de 47,41 (dp±6,71) anos), encaminhadas pelo serviço odontológico do Centro de saúde da Comunidade da Unicamp (CECOM). Todas as voluntárias apresentavam DTM e foram avaliadas antes e após programa de terapia manual utilizando-se a escala visual-numérica de dor e o questionário de qualidade de vida SF-36. O programa de terapia manual foi realizado no setor de Fisioterapia do Cecom-Unicamp durante 16 semanas, com 02 sessões/semanais de 30 minutos, em dias alternados. Utilizou-se estatística descritiva para analise dos dados da anamnese e o teste de Wilcoxon (software SPSS, V. 13.0), com nível de significância de 5% (p< 0,05) para os dados coletados na escala de dor e no SF36. Os resultados mostraram na analise das respostas obtidas com a escala visual numérica de dor, onde as voluntárias responderam de 0 a 10, qual era o número que representava sua dor naquele momento, sendo encontrados na condição pré-terapia os valores: 5 (17...

El Cuestionario de Salud SF-36 español: una década de experiencia y nuevos desarrollos

Vilagut,Gemma; Ferrer,Montse; Rajmil,Luis; Rebollo,Pablo; Permanyer-Miralda,Gaietà; Quintana,José M.; Santed,Rosalía; Valderas,José M.; Domingo-Salvany,Antonia; Alonso,Jordi
Fonte: Gaceta Sanitaria Publicador: Gaceta Sanitaria
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; journal article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: text/html; application/pdf
Publicado em 01/04/2005 SPA
Relevância na Pesquisa
66.58%
Objetivo: El Cuestionario SF-36 es uno de los instrumentos de Calidad de Vida Relacionada con la Salud (CVRS) más utilizados y evaluados. Tras una década de uso este artículo revisa críticamente el contenido, propiedades métricas y nuevos desarrollos de la versión española. Métodos: Revisión de los artículos indizados en Medline (PubMed) y en las bases de datos IBECS e IME que han utilizado la versión española del cuestionario. Se seleccionaron los artículos con información sobre modelo de medida, fiabilidad, validez y sensibilidad al cambio del instrumento. Resultados: Se encontraron 79 artículos, 17 de los cuales describían características métricas del cuestionario. En el 96% las escalas superaron el estándar propuesto de fiabilidad (α de Cronbach) de 0,7. Las estimaciones agrupadas obtenidas por metaanálisis fueron superiores a 0,7 en todos los casos. El SF-36 mostró buena discriminación entre grupos de gravedad, correlación moderada con indicadores clínicos y alta con otros instrumentos de CVRS. El SF-36 predijo mortalidad y detectó mejoría tras la angioplastia coronaria, la cirugía de hipertrofia prostática benigna o la ventilación domiciliaria no invasiva. Los nuevos desarrollos descritos (puntuaciones basadas en normas...

Comparison between telephone and self-administration of Short Form Health Survey Questionnaire (SF-36)

García,María; Rohlfs,Izabella; Vila,Joan; Sala,Joan; Pena,Araceli; Masiá,Rafael; Marrugat,Jaume
Fonte: Gaceta Sanitaria Publicador: Gaceta Sanitaria
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; journal article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: text/html; application/pdf
Publicado em 01/12/2005 ENG
Relevância na Pesquisa
66.51%
Objective: The characteristics of the 36 item Medical Outcome Short Form Health Study Survey (SF-36) questionnaire, designed as a generic indicator of health status for the general population, allow it to be self-administered or used in personal or telephone interviews. The main objective of the study was to compare the telephone and self-administered modes of SF-36 for a population from Girona (Spain). Methods: A randomized crossover administration of the questionnaire design was used in a cardiovascular risk factor survey. Of 385 people invited to participate in the survey, 351 agreed to do so and were randomly assigned to two orders of administration (i.e., telephone-self and self-telephone); 261 completed both questionnaires. Scores were compared between administration modes using a paired t test. Internal consistency and agreement between modalities were analyzed by respectively applying Chronbach's alpha and intraclass correlation coefficients. The effect of the order of administration on the test-retest difference was analyzed by one-way ANOVA for repeated measurements. Results: Physical function, physical role and social functioning received significantly lower scores when the self-administered questionnaire was used prior to the telephone survey. When the initial survey was conducted by telephone...

Valoración del índice de salud sf-36 aplicado a usuarios de programas de metadona: Valores de referencia para la Comunidad Autónoma Vasca

Iraurgi Castillo,Ioseba; Póo,Mónica; Márkez Alonso,Iñaki
Fonte: Revista Española de Salud Pública Publicador: Revista Española de Salud Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; journal article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: text/html; application/pdf
Publicado em 01/10/2004 SPA
Relevância na Pesquisa
66.54%
Fundamento: Los cuestionarios que miden la salud percibida sirven en la práctica clínica para determinar el impacto de la enfermedad y los beneficios del tratamiento. Para aumentar su interpretabilidad se ha propuesto obtener normas de referencia. El objetivo principal del estudio ha sido obtener valores de referencia del cuestionario de salud SF-36 aplicado a usuarios de Programas de Mantenimiento con Metadona (PMM) en la Comunidad Autónoma Vasca (CAV). Métodos: Diseño transversal realizado en el año 2000 sobre una muestra estratificada aleatoria de usuarios PMM de la CAV (n= 726). Se utilizó el cuestionario de salud SF-36, y se calcularon datos de tendencia central, dispersión y percentiles para generar los valores de referencia en función del tiempo de permanencia en el programa de metadona. Resultados: Los valores alfa de Cronbach se situaron por encima de 0,7, siendo el porcentaje de no respuestas inferior al 1%. En todas las dimensiones del SF-36 las puntuaciones fueron inferiores para los usuarios de PMM respecto a los valores poblacionales de referencia (p<0,001). El estado de salud de los participantes era peor entre los que iniciaban el tratamiento que entre los que llevaban más de seis meses en el PMM (diferencias significativas en todas las dimensiones...

Calidad de vida en pacientes operados de plastía inguinal mediante short form 36 (SF-36)

Valdovinos-González,Carlos Alberto; Zaldívar-Ramírez,Felipe Rafael; Díaz-Contreras-Piedras,Carlos; Athié-Gutiérrez,César
Fonte: Asociación Mexicana de Cirugía General A.C. Publicador: Asociación Mexicana de Cirugía General A.C.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2012 ES
Relevância na Pesquisa
66.51%
Objetivo: Demostrar la autopercepción de los pacientes en su calidad de vida antes y después de operados de plastía inguinal en un hospital de tercer nivel de atención del sector salud, mediante el cuestionario de salud SF-36. Sede: Hospital General de México. Diseño: Estudio prospectivo, longitudinal, comparativo y observacional. Análisis estadístico: Medidas de tendencia central, prueba de rangos de Wilcoxon y modelo lineal general. Pacientes y métodos: Se incluyeron 67 pacientes a quienes se les realizó plastía inguinal con técnica de Lichtenstein, del día 1 de marzo al 31 de mayo de 2012, aplicando el cuestionario SF-36 un día previo al procedimiento quirúrgico y a los 3 meses posteriores a éste. Resultados: Se conformó el grupo con 64 hombres y 3 mujeres, con edad promedio de 44.73 (DE ± 13.2). Sin importar el tipo de hernia (clasificación de Nyhus), todos los pacientes percibieron una mejoría significativa en su calidad de vida (p <0.05). Los pacientes con menos de un año de síntomas ocasionados por la hernia inguinal no percibieron mejoría en su calidad de vida (p >0.05). Los casos con síntomas por más de 1 año manifestaron una mejoría significativa en su calidad de vida (p <0.05). Conclusiones: Los pacientes con más de un año de evolución de la hernia inguinal fueron los que percibieron mayor mejoría en su calidad de vida (SF-36) después de la cirugía.

El Cuestionario de Salud SF-36 español: una década de experiencia y nuevos desarrollos

Vilagut,Gemma; Ferrer,Montse; Rajmil,Luis; Rebollo,Pablo; Permanyer-Miralda,Gaietà; Quintana,José M.; Santed,Rosalía; Valderas,José M.; Domingo-Salvany,Antonia; Alonso,Jordi
Fonte: Ediciones Doyma, S.L. Publicador: Ediciones Doyma, S.L.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2005 ES
Relevância na Pesquisa
66.58%
Objetivo: El Cuestionario SF-36 es uno de los instrumentos de Calidad de Vida Relacionada con la Salud (CVRS) más utilizados y evaluados. Tras una década de uso este artículo revisa críticamente el contenido, propiedades métricas y nuevos desarrollos de la versión española. Métodos: Revisión de los artículos indizados en Medline (PubMed) y en las bases de datos IBECS e IME que han utilizado la versión española del cuestionario. Se seleccionaron los artículos con información sobre modelo de medida, fiabilidad, validez y sensibilidad al cambio del instrumento. Resultados: Se encontraron 79 artículos, 17 de los cuales describían características métricas del cuestionario. En el 96% las escalas superaron el estándar propuesto de fiabilidad (α de Cronbach) de 0,7. Las estimaciones agrupadas obtenidas por metaanálisis fueron superiores a 0,7 en todos los casos. El SF-36 mostró buena discriminación entre grupos de gravedad, correlación moderada con indicadores clínicos y alta con otros instrumentos de CVRS. El SF-36 predijo mortalidad y detectó mejoría tras la angioplastia coronaria, la cirugía de hipertrofia prostática benigna o la ventilación domiciliaria no invasiva. Los nuevos desarrollos descritos (puntuaciones basadas en normas...

Comparison between telephone and self-administration of Short Form Health Survey Questionnaire (SF-36)

García,María; Rohlfs,Izabella; Vila,Joan; Sala,Joan; Pena,Araceli; Masiá,Rafael; Marrugat,Jaume
Fonte: Ediciones Doyma, S.L. Publicador: Ediciones Doyma, S.L.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2005 EN
Relevância na Pesquisa
66.51%
Objective: The characteristics of the 36 item Medical Outcome Short Form Health Study Survey (SF-36) questionnaire, designed as a generic indicator of health status for the general population, allow it to be self-administered or used in personal or telephone interviews. The main objective of the study was to compare the telephone and self-administered modes of SF-36 for a population from Girona (Spain). Methods: A randomized crossover administration of the questionnaire design was used in a cardiovascular risk factor survey. Of 385 people invited to participate in the survey, 351 agreed to do so and were randomly assigned to two orders of administration (i.e., telephone-self and self-telephone); 261 completed both questionnaires. Scores were compared between administration modes using a paired t test. Internal consistency and agreement between modalities were analyzed by respectively applying Chronbach's alpha and intraclass correlation coefficients. The effect of the order of administration on the test-retest difference was analyzed by one-way ANOVA for repeated measurements. Results: Physical function, physical role and social functioning received significantly lower scores when the self-administered questionnaire was used prior to the telephone survey. When the initial survey was conducted by telephone...

Valoración del índice de salud SF-36 aplicado a usuarios de programas de metadona: valores de referencia para la Comunidad Autónoma Vasca

Iraurgi Castillo,Ioseba; Póo,Mónica; Márkez Alonso,Iñaki
Fonte: Ministerio de Sanidad y Consumo Publicador: Ministerio de Sanidad y Consumo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2004 ES
Relevância na Pesquisa
66.54%
Fundamento: Los cuestionarios que miden la salud percibida sirven en la práctica clínica para determinar el impacto de la enfermedad y los beneficios del tratamiento. Para aumentar su interpretabilidad se ha propuesto obtener normas de referencia. El objetivo principal del estudio ha sido obtener valores de referencia del cuestionario de salud SF-36 aplicado a usuarios de Programas de Mantenimiento con Metadona (PMM) en la Comunidad Autónoma Vasca (CAV). Métodos: Diseño transversal realizado en el año 2000 sobre una muestra estratificada aleatoria de usuarios PMM de la CAV (n= 726). Se utilizó el cuestionario de salud SF-36, y se calcularon datos de tendencia central, dispersión y percentiles para generar los valores de referencia en función del tiempo de permanencia en el programa de metadona. Resultados: Los valores alfa de Cronbach se situaron por encima de 0,7, siendo el porcentaje de no respuestas inferior al 1%. En todas las dimensiones del SF-36 las puntuaciones fueron inferiores para los usuarios de PMM respecto a los valores poblacionales de referencia (p<0,001). El estado de salud de los participantes era peor entre los que iniciaban el tratamiento que entre los que llevaban más de seis meses en el PMM (diferencias significativas en todas las dimensiones...