Página 1 dos resultados de 149 itens digitais encontrados em 0.057 segundos

O conceito de Morte e a síndrome de Asperger; The Concept of Death and Aspergers Disorder

Amorim, Letícia Calmon Drumond
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 12/09/2008 PT
Relevância na Pesquisa
106.56%
A Síndrome de Asperger, um Transtorno Global do Desenvolvimento, pertencente ao espectro autístico caracteriza-se por dificuldades na comunicação, abstração e socialização. O conceito de morte é adquirido paralelamente ao desenvolvimento cognitivo e afetivo da criança, sendo descritos três estágios em seu desenvolvimento paralelos aos estágios piagetianos. Ele é composto pelas dimensões universalidade, irreversibilidade e não funcionalidade. O objetivo deste trabalho foi de verificar se o conceito de morte em portadores da síndrome de Asperger é similar ao observado em pessoas sem psicopatologia ou se relaciona com o observado em portadores de deficiência mental leve. Para isso foram avaliados indivíduos com Síndrome de Asperger, indivíduos com deficiência mental leve e indivíduos sadios, sem doenças mentais e/ou neurológicas, utilizando-se o Instrumento de Sondagem do Conceito de Morte elaborado por Wilma Torres. Os resultados apontaram prejuízo na aquisição do conceito de morte de acordo com a seguinte hierarquia, nas dimensões universalidade e não funcionalidade: Sadios > Síndrome de Asperger > deficiência mental leve. Na dimensão irreversibilidade a hierarquia encontrada foi Sadios > Síndrome de Asperger = deficiência mental leve. Esses resultados apontam déficits na aquisição do conceito de morte por indivíduos com Síndrome de Asperger...

A temporalidade e a síndrome de Asperger; Temporality and Asperger syndrome

Zukauskas, Patrícia Ribeiro
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 03/03/2004 PT
Relevância na Pesquisa
106.57%
A temporalidade é considerada, na perspectiva teórica deste estudo, como uma condição essencial do indivíduo no mundo, possibilitando a constituição de sentido do percebido e do vivido e evidenciando, ainda, a circunstância da qual partem todas as possíveis concepções de tempo. Além disso, o homem também é considerado em sua intencionalidade, na qual está dirigido para algo, ou seja, só pode haver mundo percebido e definido para o sujeito que pode percebê-lo, estando voltado para ele. A síndrome de Asperger (SA), um transtorno invasivo de desenvolvimento pertencente ao espectro autístico, caracteriza-se por seus portadores apresentarem um modo de interação extremamente peculiar, no qual é considerada a presença de prejuízos relacionados à simbolização, à comunicação e à socialização. Em uma vertente teórica psicossocial, esses aspectos têm sido compreendidos a partir da possibilidade de haver uma inabilidade inata na criança autista que compromete a atitude conativo-afetiva (relacionada à intencionalidade) fundamental no processo de desenvolvimento. Questões a respeito da rigidez na experiência da duração de períodos de tempo, das dificuldades para aceitação e compreensão da possibilidade de mudanças de fatos previstos e da aparente restrição de perspectiva temporal...

As atitudes dos professores do 1º, 2º e 3º ciclos do ensino básico face à inclusão de alunos com a síndrome de Asperger no ensino regular

Rodrigues, Maria da Conceição Alves
Fonte: Repositório Comum de Portugal Publicador: Repositório Comum de Portugal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /09/2012 POR
Relevância na Pesquisa
106.5%
A incessante procura de conhecer e perceber o Ser Humano, leva os cientistas a descobrir os processos psicológicos do Homem. A Síndrome de Asperger é uma categoria recente da investigação científica e ainda existe pouca informação relativamente a este assunto. As crianças/jovens com a Síndrome de Asperger não apresentam qualquer atraso no desenvolvimento da fala ou cognitivo porém é importante que esta receba uma educação especializada o mais cedo possível. (Teixeira, s.d.) Actualmente, uma das metas da escola, é levar aos alunos a aprender as normas da cultura onde encontram-se inseridos (solidariedade, respeito, cooperação…) mas também deve dar condições para que construam e interiorizem tais valores. O direito a uma igualdade de oportunidades exige da escola as melhores condições possíveis e profissionais cada vez mais qualificados para a formação de alunos que necessitam de uma educação especial. Assim é necessário conhecer as estratégias de ensino individual e transmitir aos alunos certas ferramentas para que estes recebam um ensino adequado à sua patologia. Os professores têm um papel importante neste processo, pois são os responsáveis na formação do indivíduo, são estes que fornecem-lhe as ferramentas/conhecimentos necessários para o convívio em sociedade. (Guimarães...

Síndrome de Asperger: Estudo de caso

FERNANDES, Claúdia Daniela Sousa
Fonte: Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti Publicador: Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
POR
Relevância na Pesquisa
106.48%
O presente trabalho, que utiliza a metodologia de estudo de caso, tem por objectivo principal perceber em que medida as características que uma escola apresenta e o grupo onde está integrada uma aluna com esta perturbação beneficiam o seu desenvolvimento global. Para tal, foram realizados alguns instrumentos de recolha de dados, que nos permitiram confrontar a teoria com aquilo que acontece na prática: aplicação de um teste sociométrico, escala de Griffiths e inquéritos por entrevista. A síndrome de asperger, pertencente às perturbações do espectro do autismo. O nome asperger deriva do seu investigados, Hans Asperger (1944), que deu importância às características específicas e que se distinguiam em alguns pontos das pessoas com autismo. Lorna Wing (1979), uma psiquiatra britânica defendeu a teoria de Asperger: "(...) foi a primeira a utilizar o termo: Síndrome de Asperger" (Antunes, 2009:73). Wing destacou três limitações fundamentais para o diagnóstico, é a chamada Triade de Limitações: limitação da interacção social, limitação da comunicação social e limitação da imaginação social, do pensamento flexível e do jogo simbólico. A partir destas características apresentadas pelos vários autores que a estudaram ...

Envolvimento familiar e autonomia na criança com síndrome de asperger

Gomes, Maria do Carmo Costa
Fonte: Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti Publicador: Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
POR
Relevância na Pesquisa
106.46%
Projeto de investigação no âmbito da Pós-Graduação em Educação Especial - Domínio Cognitivo e Motor, da Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti.; O presente trabalho, visa perceber qual o papel da família no desenvolvimento da autonomia do jovem com Síndrome de Asperger. O trabalho é constituído por duas partes: na primeira parte, procedemos à pesquisa bibliográfica através de obras de vários autores onde constam conceitos e teorias explicativas, acerca do espetro do autismo e mais concretamente sobre a síndrome de Asperger. De seguida, abordamos também através de uma revisão da literatura, conceitos como família e construção de autonomia. A segunda parte do trabalho, projetando o estudo empírico, será constituída pelas considerações metodológicas a ter em consideração num estudo de caso de uma criança diagnosticada com Síndrome de Asperger. Para tal, foram utilizados alguns instrumentos de recolha de dados que nos possibilitaram o confronto entre a teoria e a prática: análise documental, ficha de anamnese, grelha de observação de comportamentos e inquérito por entrevista. Através da análise dos dados recolhidos verificamos que a participação e colaboração da família no processo educativo foi determinante no desenvolvimento da autonomia da criança em estudo. Desde o momento em que tiveram conhecimento do diagnóstico...

Apoio do professor de educação especial na síndrome de asperger : contributo do apoio para a melhoria dos resultados escolares

Gonçalves, Ana Maria Soares
Fonte: Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti Publicador: Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
POR
Relevância na Pesquisa
106.46%
Projeto de investigação no âmbito da Pós-Graduação em Educação Especial - Domínio Cognitivo e Motor, da Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti.; A Declaração de Salamanca marca a mudança de paradigma de uma Escola Integradora para uma Escola Inclusiva que visa a “Escola para todos”. A temática abordada neste Projeto de Investigação foi a Síndrome de Asperger, cujas características mais evidentes nos indivíduos com esta Perturbação do Espetro do Autismo são as dificuldades na interação social e a presença de características repetitivas, com um número limitado de interesses e dificuldades na comunicação não-verbal. Com este Projeto de Investigação pretendeu-se estudar, na opinião dos professores, em que medida o apoio do professor de Educação Especial contribui para a melhoria dos resultados escolares dos alunos com Síndrome de Asperger. Este estudo foi de natureza quantitativa desenvolvido junto de professores do Ensino Regular e de Educação Especial, tendo os dados sido recolhidos através de um inquérito por questionário construído para esse fim. Da análise dos dados recolhidos e discussão dos resultados obtidos, confirmou-se que, na opinião dos professores, o apoio do professor de Educação Especial contribui para a melhoria dos resultados escolares dos alunos com Síndrome de Asperger. Evidencia-se que este trabalho apesar de conclusivo para a nossa amostra de estudo...

O desenho e a competência comunicativa na criança com Síndrome de Asperger

Jesus, Ana Rita Cordeiro Rocha
Fonte: Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti Publicador: Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
POR
Relevância na Pesquisa
106.51%
Projeto de investigação no âmbito da Pós-Graduação em Educação Especial – Domínio Cognitivo e Motor, da Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti.; No projeto de investigação no âmbito da Pós-graduação em Educação Especial, vamos abordar o tema «O desenho (como forma de expressão artística) de uma jovem com Asperger pode proporcionar a comunicação desta com os pares?» -situação, quanto a nós, ainda não suficientemente estudada, do ponto dos profissionais da educação, não a identificando e distinguindo claramente de outras perturbações. Tal desconhecimento leva a que as estratégias de intervenção a aplicar junto das crianças e jovens em causa, não sejam as mais adequadas. Por um lado, há muito ainda que aprender sobre a Síndrome de Asperger e há ainda um longo e árduo caminho a percorrer no que se refere à identificação das melhores formas de intervenção junto a este tipo de alunos. Da nossa parte, vamos contribuir para uma maior clarificação da Síndrome de Asperger, e simultaneamente, aferir se o desenho, como forma de expressão artística de uma jovem com Asperger pode proporcionar uma melhor comunicação desta com os pares. Será preciso compreender o que se entende por Educação e o papel da Arte neste contexto. Neste sentido...

Proficiência motora em crianças e jovens com síndrome de Asperger. Estudo descritivo e comparativo do perfil motor de crianças e jovens com síndrome de Asperger com base na bateria de testes de proficiência motora de Bruininks-Oseretsky.

Correia, Eduarda Maria de Almeida Mimoso
Fonte: Universidade Técnica de Lisboa Publicador: Universidade Técnica de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
126.39%
Mestrado em Reabilitação Psicomotora; Parte teórica: A síndrome de Asperger (S.A.) é uma perturbação neurocomportamental, incluída nas perturbações do espectro autista (PEA). Com forte componente genética, é diagnosticada através de um conjunto de critérios de avaliação comportamental e manifesta-se por alterações na interação social, comunicação verbal e não verbal e, sobretudo, por alterações comportamentais. Pelas suas características específicas, a investigação mais recente indica os oito anos como sendo a idade média para o diagnóstico. O estudo do comportamento da criança nos primeiros anos de vida mostra-nos que, muito antes do desenvolvimento da comunicação verbal e do desenvolvimento social, o conhecimento do ser humano se faz pelos gestos e pelos movimentos, sendo assim que a criança inicia a sua interação com o mundo que a rodeia. O reconhecimento de que algo não está bem no desenvolvimento motor da criança é, geralmente, observado muito precocemente pelos pais. Embora se verifique descoordenação motora em diversas alterações do desenvolvimento, não estando diretamente relacionada com a S.A., o que a investigação sugere é que 50% a 90% das crianças e adultos com S.A. têm problemas de coordenação motora (Ehlers & Gillberg...

Integração comunitária e auto-determinação num adulto com síndrome de asperger

Dias, Ana Luísa Cardoso
Fonte: Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida Publicador: Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2009 POR
Relevância na Pesquisa
106.46%
Dissertação de Mestrado apresentada ao Instituto Superior de Psicologia Aplicada; A integração comunitária e a auto-determinação são temas largamente abordados na área da Saúde Mental Comunitária. Existe a preocupação com a valorização do indivíduo, com a igualdade de oportunidades e com o direito ao envolvimento social, procurando promover-se o empowerment das pessoas, inclusive dos indivíduos com perturbações do desenvolvimento. Construiu-se, assim, uma narrativa biográfica de um adulto, de 39 anos, do sexo masculino, com Síndrome de Asperger. Procurámos, assim, perceber até que ponto está integrado na comunidade e é auto-determinado, com base num modelo ecológico. Para recolha de informação, utilizou-se o método auto-biográfico BNIM (Wengraf, 2009), incluindo duas entrevistas (três sub-sessões) realizadas ao participante. A metodologia permitiu-nos perceber que, embora um adulto com Síndrome de Asperger possa desempenhar um papel socialmente activo e reunir características de auto-determinação, os sistemas de suporte comunitário são essenciais para que possa possuir um grau significativo de empowerment na sua vida.; ABSTRACT: Community integration and self-determination are widely discussed topics in the area of Mental Health Community. There is the concern with the appreciation of the individual...

Avaliação da linguagem oral e escrita em sujeitos com Síndrome de Asperger

Dias,Karin Ziliotto; Silva,Renata Cristina Dias da; Pereira,Liliane Desgualdo; Perissinoto,Jacy; Bergamini,Carla de Queiroz
Fonte: CEFAC Saúde e Educação Publicador: CEFAC Saúde e Educação
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2009 PT
Relevância na Pesquisa
106.51%
OBJETIVO: avaliar e caracterizar provas fonoaudiológicas de linguagem oral e escrita de sujeitos com Síndrome de Asperger comparativamente a um grupo de sujeitos com desenvolvimento típico. MÉTODOS: avaliou-se 44 sujeitos que constituíram dois grupos: o grupo Asperger, composto por 22 sujeitos diagnosticados por equipe multidisciplinar como portadores de Síndrome de Asperger, conforme os critérios do DSM-IV; e o grupo de comparação, denominado grupo de baixo risco para alterações do desenvolvimento, também com 22 participantes, pareados com os sujeitos do grupo Asperger segundo a idade cronológica. Todos os sujeitos eram do sexo masculino, com idade cronológica entre 10 e 30 anos e quociente intelectual maior ou igual a 68 e foram submetidos à Prova de Consciência Fonológica, Teste de Vocabulário por Imagem Peabody, Prova de Leitura de Palavras e Pseudopalavras, Prova de Compreensão de Leitura, Prova de Escrita sob Ditado de Palavras e Pseudopalavras, Prova de Escrita Semidirigida de Textos. RESULTADOS: a análise estatística revelou diferenças estaticamente significantes entre as medianas da prova de consciência fonológica e entre as médias do teste de vocabulário por imagem Peabody e prova de compreensão de leitura nos dois grupos estudados (p<0...

El uso de la publicidad para mejorar las limitaciones que sufren los niños con Síndrome de Asperger en algunas habilidades sociales y comunicativas; The use of advertising to improve limitations suffered by children with Asperger Syndrome in some social and communication skills.

Fernández Liaño, Álvaro
Fonte: Universidade de Cantabria Publicador: Universidade de Cantabria
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
SPA
Relevância na Pesquisa
116.46%
La publicidad es un elemento muy empleado en educación como apoyo a diferentes enseñanzas o propuestas didácticas. En este trabajo se ha pretendido dar solución mediante la publicidad a las limitaciones que sufren los alumnos con Síndrome de Asperger en algunas habilidades sociales y comunicativas. Partiendo del estudio del término autismo de Kanner (1943) y Asperger (1944) y llegando a las características más útiles de la publicidad, se desarrolla una propuesta didáctica para la consecución del objetivo principal del trabajo. Los resultados que se esperan obtener en caso de aplicación de la propuesta son una posible mejoría en los ámbitos que aquí se van a tratar, así como técnicas que sirvan de ayuda para solventar futuras situaciones.; Advertisements are widely used in education to support different teaching and didactic proposals. The goal of this paper has been to try and solve the limitations faced by students with Asperger Syndrome in some social and communication skills by using advertisements. Starting from the studies of the term “autism” by Kanner (1943) and Asperger (1944) and reaching the most useful features of advertising, a didactic proposal has been developed to achieve the main objective of the paper. The expected results from the enforcement of this proposal are a possible improvement in the areas discussed in this paper as well as the development of techniques which can help to solve future situations.; Grado en Magisterio en Educación Primaria

Falsos mitos sobre el Sindrome de Asperger en los medios de comunicación

Moreno Antequera, Dolores; Cano Bravo, Fátima; Martín Pérez, Ana Cristina
Fonte: Universidade Carlos III de Madrid Publicador: Universidade Carlos III de Madrid
Tipo: info:eu-repo/semantics/publishedVersion; info:eu-repo/semantics/conferenceObject
Publicado em 23/10/2015 SPA
Relevância na Pesquisa
116.5%
Introducción: Los medios de comunicación vierten constantemente informaciones erróneas así como versiones distorsionadas del Síndrome de Asperger. Objetivo: desmitificar los falsos mitos que giran en torno al mismo y por tanto dar a conocer la realidad de las personas con Síndrome de Asperger. Metodología: Se trata de un estudio descriptivo longitudinal. La muestra estuvo constituida por la revisión bibliográfica en base datos, artículos científicos así como en entrevistas y artículos difundidos a través de medios de comunicación (prensa escrita, radio y televisión) y redes sociales. Conclusión: Antes de emitir información sobre personas con S.A. se ha de realizar una labor de investigación y documentación para evitar la mentiras y falacias vertidas. En los medios de comunicación han sido considerados como potenciales peligrosos, idiotas sociales y seres infantilizados, nada que ver con la realidad. Resultados: El Síndrome de Asperger es un trastorno del desarrollo incluido dentro de los Trastornos de Espectro Autista (TEA). Cada persona con Síndrome de Asperger no es igual...

O conceito de morte e a Síndrome de Asperger; The concept of death and Asperger Syndrome

Amorim, Letícia Calmon Drummond; Assumpção Junior, Francisco Batista
Fonte: PPG em Psicologia, Pontifícia Universidade Católica de Campinas Publicador: PPG em Psicologia, Pontifícia Universidade Católica de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
116.48%
O conceito de morte é adquirido paralelamente ao desenvolvimento cognitivo e afetivo da criança, sendo descritos três estágios, paralelos aos estágios piagetianos. O objetivo deste trabalho foi verificar se o conceito de morte em portadores da síndrome de Asperger é similar ao observado em pessoas sem psicopatologia, ou se tem relação com o observado em portadores de deficiência intelectual leve. Para tanto, foram avaliados indivíduos com síndrome de Asperger, indivíduos com deficiência intelectual leve e indivíduos sadios, sem doenças mentais e/ou neurológicas, utilizando-se o Instrumento de Sondagem do Conceito de Morte elaborado por Wilma Torres. Os resultados apontam deficits na aquisição do conceito de morte por indivíduos com síndrome de Asperger, possivelmente relacionados aos deficits na teoria da mente, função executiva e fraca coerência central.

Habilidades viso-perceptuais e motoras na Síndrome de Asperger; VISUAL-PERCEPTUAL AND MOTOR ABILITIES IN THE SYNDROME OF ASPERGER

Rodrigues, Ida Janete
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 23/06/2010 PT
Relevância na Pesquisa
106.54%
A presente pesquisa teve como objetivo verificar a existência de alterações visopercepto- motoras em pacientes com a síndrome de Asperger ou T.I.D. (Transtorno Invasivo do Desenvolvimento). Para tal, foi desenhado um estudo com dois grupos de trinta sujeitos do sexo masculino entre 12 e 30 anos. Trinta desses sujeitos com a síndrome de Asperger, diagnosticados através dos critérios do DSM-IV-TR, Escala de Traços Autístiscos (ATA), apresentando QS maior ou igual a 70 através das Escalas de Comportamento Adaptativo de Vineland. Os desempenhos nas escalas foram estatisticamente estudados e comparados com os resultados dos trinta sujeitos com desenvolvimento normal. Ambos os grupos foram submetidos às provas de Imitação de Gestos de Bèrges & Lèzine, Piaget-Head, Bender, prova de Cubos das escalas Wechsler e Escala social de Pelotas. Todos os sujeitos foram submetidos aos testes relacionados de maneira padronizada. A escolha dos sujeitos e aplicação dos testes foi efetuada em escolas e centros clínicos especializados. As análises dos resultados demonstram diferenças significantes e déficit na organização perceptivo viso motora dos sujeitos com a síndrome de Asperger. A análise estatística por meio do t-independente...

O autoconceito em jovens com Síndrome de Asperger

Rodrigues, Ana Rita Janela de Araújo
Fonte: Universidade Católica Portuguesa Publicador: Universidade Católica Portuguesa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 28/11/2013 POR
Relevância na Pesquisa
116.48%
A Síndrome de Asperger é uma perturbação do Espectro do Autismo que interfere consideravelmente na interação social. Considerando o autoconceito um constructo de elevada importância para a formação da personalidade e que interfere no relacionamento com os outros, é imperioso fomentar estratégias de modo a possibilitar a aquisição de um autoconceito mais positivo. O presente estudo visa conhecer o perfil de Autoconceito de três jovens com idades compreendidas entre os 10 e os 12 anos com Síndrome de Asperger e perceber de que modo a sua patologia influencia a sua autoimagem. Recorremos à aplicação da escala de Autoconceito de Piers-Harris (PHCSCS – Piers Harris Children´s Self Concept Scale), versão mais recente reduzida a 60 itens e ainda a uma entrevista para obter os dados pretendidos. Os resultados indicam-nos que estes alunos reconhecem em si algumas limitações próprias da sua patologia, nomeadamente a incapacidade para estabelecer amizades e se relacionar com os outros. A participação em atividades relacionadas com a motricidade parece, de algum modo, estar também comprometida.; Asperger syndrome is an autism spectrum disorder that interferes considerably with the social interaction. Considering the self a construct of high importance for the formation of personality that interferes with relationships with others...

Funcionamento executivo na síndrome de Asperger

Velez, Joana Isabel Moreno
Fonte: Universidade Técnica de Lisboa Publicador: Universidade Técnica de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2015 POR
Relevância na Pesquisa
116.39%
Objetivos: O presente estudo teve como primeiro objetivo descrever o Funcionamento Executivo na Síndrome de Asperger (SA) e, como segundo, comparar o Funcionamento Executivo em crianças com Síndrome de Asperger e crianças com Desenvolvimento Típico (DT). Métodos: Foi realizado um estudo com 10 crianças, 5 com SA e 5 com DT, com idades compreendidas entre o 6 e os 15 anos. Estes dois grupos de crianças foram comparados em 8 domínios específicos do Funcionamento Executivo: Inibição, Mudança, Controlo Emocional, Iniciativa, Memória de Trabalho, Planeamento/Organização, Organização de Materiais e Monitorização. Para avaliar o Funcionamento Executivo foi utilizado o instrumento de avaliação BRIEF – Behavior Rating Inventory of Executive Function, forma pais. Resultados: Verificaram-se maiores diferenças entre os grupos nas Escalas Mudança e Controlo Emocional, no Índice de Regulação Comportamental (IRC) e, por último, no Complexo Executivo Global (CEG). Conclusões: Constatou-se que o Grupo SA apresenta, de um modo geral, problemas em todos os domínios presentes nas funções executivas. Destacando-se dificuldades acrescidas em situações de mudanças ou resolução de problemas. Tendo em conta a reduzida dimensão da amostra...

Procesamiento pragmático en sujetos con síndrome de Asperger: procesamiento de ironía y narraciones

López Torres, Ingrid; Saavedra Muñoz, Diego
Fonte: Universidad de Chile Publicador: Universidad de Chile
Tipo: Tesis
ES
Relevância na Pesquisa
116.3%
Informe final de Seminario de Grado para optar al grado de licenciado en Lengua y Literatura Hispánica, con mención en Lingüística; La presente investigación corresponde a un estudio de naturaleza descriptiva y analítica, que pretende estudiar el rendimiento de personas con Síndrome de Asperger en dos tareas de tipo pragmático: comprensión de ironías y procesamiento de narraciones, a partir de un enfoque neurolingüístico y neuropragmático, dentro del marco del proyecto Fondecyt N°1110525, “Coerción aspectual en sujetos normales y poblaciones portadoras de daño cerebral. ¿Un fenómeno semántico o pragmático?”, a cargo del profesor Guillermo Soto Vergara.

Comparación de habilidades de teoría de la mente entre sujetos con síndrome de asperger y sujetos con desarrollo típico

Berríos Caballero, Paola; Catalán Elgueda, Fernanda; Muñoz Fernández, Christian; Maureira Cifuentes, Mauricio; Santibáñez Palma, Andrea
Fonte: Universidad de Chile Publicador: Universidad de Chile
Tipo: Tesis
ES
Relevância na Pesquisa
116.3%
Introducción: El síndrome de Asperger (SA) se enmarca en los Trastornos generalizados del desarrollo. El presente seminario de investigación se centró en la comparación de elementos del discurso narrativo referido a habilidades mentalistas y el reconocimiento de estados mentales en fotografías de miradas y si este desempeño se explica por una dificultad en habilidades de Teoría de la mente (TM). Esta relación permitiría un acercamiento a futuros lineamientos terapéuticos, basados en los déficits específicos de estos individuos. Metodología: Se evaluó a 18 sujetos con SA que cursaron NB1 y se comparó con 18 sujetos con desarrollo típico de lenguaje y comunicación (DT), pareados en sexo y edad. Los instrumentos utilizados fueron el libro de imágenes “Frog where are you?”, comparando cantidad y tipo de expresiones mentales, deixis y cantidad de pronombres anafóricos y la prueba “Reading the mind in the eyes”, versión niños. De manera complementaria, se aplicaron dos pruebas para controlar los sesgos: TEVI-R y una encuesta dirigida a los padres acerca del vocabulario mentalista de sus hijos. Resultados: Se encontraron diferencias significativas entre los sujetos con SA y DT en la producción de expresiones mentalistas de voluntad...

Comprensión y producción de expresiones idiomáticas en sujetos con síndrome de Asperger

Osorio Olave, Gabriela
Fonte: Universidad de Chile Publicador: Universidad de Chile
Tipo: Tesis
ES
Relevância na Pesquisa
116.3%
Tesis para optar al grado de Magíster en Lingüística mención Lengua Española; No autorizada su publicación a texto completo, según petición de su autor.; La presente investigación cuasi experimental se propone explorar diferencias en el desempeño de sujetos neurotípicos (SN) y con síndrome de Asperger (SA) en tareas de comprensión y producción de expresiones idiomáticas. Específicamente, pretende determinar la incidencia del grado de composicionalidad de tales expresiones en su uso, hipotetizando que habría diferencias en el rendimiento de ambos grupos de sujetos. Para probarlo, se diseñó un test experimental que fue piloteado y posteriormente aplicado a los grupos en estudio. Adicionalmente, se aplicaron pruebas destinadas a descartar problemas cognitivos o en componentes estructurales del lenguaje que pudieran incidir en la tarea experimental. Asimismo, los participantes rindieron una prueba de teoría de la mente (TM) para observar relaciones entre habilidades mentalistas y la habilidad pragmática estudiada.

Potenciais evocados auditivos de longa latência na síndrome de Asperger: estudo de dois casos; Auditory late responses in asperger syndrome: two case study

Gução, Ana Cláudia Bianco; Romero, Ana Carla Leite; Valenti, Vitor Engracia; Cardoso, Ana Cláudia Vieira; Misquiatti, Andréa Regina Nunes; Frizzo, Ana Claúdia Figueiredo
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/02/2014 ENG; POR
Relevância na Pesquisa
106.57%
Introdução: Os Potenciais Evocados Auditivos de Longa Latência avaliam o processamento auditivo central através da atividade neuroelétrica da via auditiva, analisando as atividades corticais envolvidas nas habilidades de discriminação, integração e atenção do cérebro. Indivíduos com Síndrome de Asperger apresentam alterações em tais habilidades, sendo importante a investigação desses potenciais nessa população. O objetivo do trabalho foi descrever os achados dos Potenciais Evocados Auditivos de Longa Latência de dois pacientes com Síndrome de Asperger. Método: Participaram do estudo dois pacientes com Síndrome de Asperger do sexo masculino, com idade de 7 e 12 anos, atendidos em um centro de estudos, isentos de alterações auditivas,detectadas por meio de anamnese, inspeção do conduto auditivo externo e avaliação audiológica. Foi aplicado o potencial evocado auditivo de longa latência e analisado os componentes P2, N2 e P3. Resultados: A latência dos componentes P2, N2 e P3 mostrou-se alongada nas duas orelhas nos dois pacientes. Quanto à amplitude, o componente P2 estava com valores reduzidosapenas para a orelha esquerda do paciente 1 e direita do paciente 2. O N2 estava com amplitude reduzida nas duas orelhas do paciente 1 e apenas na orelha direita do paciente 2...