Página 1 dos resultados de 2277 itens digitais encontrados em 0.005 segundos

Rotulação de símbolos matemáticos manuscritos via casamento de expressões; Labeling of Handwritten Mathematical Symbols via Expression Matching

Honda, Willian Yukio
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 23/01/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.33%
O problema de reconhecimento de expressões matemáticas manuscritas envolve três subproblemas importantes: segmentação de símbolos, reconhecimento de símbolos e análise estrutural de expressões. Para avaliar métodos e técnicas de reconhecimento, eles precisam ser testados sobre conjuntos de amostras representativos do domínio de aplicação. Uma das preocupações que tem sido apontada ultimamente é a quase inexistência de base de dados pública de expressões matemáticas, o que dificulta o desenvolvimento e comparação de diferentes abordagens. Em geral, os resultados de reconhecimento apresentados na literatura restringem-se a conjuntos de dados pequenos, não disponíveis publicamente, e muitas vezes formados por dados que visam avaliar apenas alguns aspectos específicos do reconhecimento. No caso de expressões online, para treinar e testar reconhecedores de símbolos, as amostras são em geral obtidas solicitando-se que as pessoas escrevam uma série de símbolos individualmente e repetidas vezes. Tal tarefa é monótona e cansativa. Uma abordagem alternativa para obter amostras de símbolos seria solicitar aos usuários a transcrição de expressões modelo previamente definidas. Dessa forma, a escrita dos símbolos seria realizada de forma natural...

Um estudo empírico sobre classificação de símbolos matemáticos manuscritos; An empirical study on handwritten mathematical symbol classication

Oliveira, Marcelo Valentim de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 25/08/2014 PT
Relevância na Pesquisa
37.23%
Um importante problema na área de reconhecimento de padrões é o reconhecimento de textos manuscritos. O problema de reconhecimento de expressões matemáticas manuscritas é um caso particular, que vem sendo tratado por décadas. Esse problema é considerado desafiador devido à grande quantidade de possíveis tipos de símbolos, às variações intrínsecas da escrita, e ao complexo arranjo bidimensional dos símbolos na expressão. Neste trabalho adotamos o problema de reconhecimento de símbolos matemáticos manuscritos para realizar um estudo empírico sobre o comportamento de classificadores multi-classes. Examinamos métodos básicos de aprendizado para classificação multi-classe, especialmente as abordagens um-contra-todos e todos-contra-todos de decomposição de um problema multi-classe em problemas de classificação binária. Para decompor o problema em subproblemas menores, propomos também uma abordagem que utiliza uma árvore de decisão para dividir hierarquicamente o conjunto de dados, de modo que cada subconjunto resultante corresponda a um problema mais simples de classificação. Esses métodos são examinados usando-se como classificador base os modelos de classificação vizinhos-mais-próximos e máquinas de suporte vetorial (usando a abordagem um-contra-todos para combinar os classificadores binários). Para classificação...

Laicidade à brasileira : um estudo sobre a controvérsia em torno da presença de símbolos religiosos em espaços públicos

Ranquetat Júnior, Cesar Alberto
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.19%
Este trabalho tem como tema principal a questão da laicidade e, assim, a relação entre Estado, religião e sociedade no Brasil. Para tanto, foca-se empiricamente na descrição e análise da controvérsia acerca da presença de símbolos religiosos em espaços públicos. Essa contenda tem seus primeiros capítulos nos anos finais do Império e no começo do regime republicano, mas vem ganhando maior amplitude e visibilidade nos últimos anos. A controvérsia se expressa, principalmente, por meio de uma série de processos judiciais e administrativos, protestos e pedidos informais que requerem a remoção de cruzes, crucifixos, imagens de santos e capelas de locais públicos. Para alguns agentes, a existência desses símbolos religiosos em órgãos públicos como escolas, universidades, hospitais, tribunais e parlamentos representaria uma ofensa ao princípio republicano e liberal de separação entre Estado e religião. A laicidade do Estado brasileiro estaria sendo violada na medida em que órgãos públicos ostentam símbolos e imagens de uma determinada religião. Por outro lado, os defensores da permanência dos símbolos religiosos reagem a essas demandas argumentando que a sua afixação é já parte de nossa tradição histórica...

A construção simbólica do espaço através da representação geográfica nos símbolos nacionais

Berg, Tiago José
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 192 f. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
36.97%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Geografia - IGCE; Esta tese de doutorado esforça-se na compreensão dos temas geográficos presentes nos símbolos nacionais com o objetivo de entender de que forma e grau o território, a paisagem, o lugar e a região estão presentes em suas estruturas representativas. Sua argumentação reside no fato de que a fragmentação do espaço, como resultado da ação das potências imperialistas nos últimos séculos, preservou o status quo territorial desses países após a independência, criando uma série de Estados nacionais periféricos e semi-periféricos dentro do espaço político mundial, muitas vezes com uma fraca unidade étnico-lingüística associada ao baixo controle social, político e econômico. Nesse contexto, a representação de temas geográficos nos símbolos porta-se como uma forma discursiva dos Estados e do próprio nacionalismo para compensar tais ausências, associando os elementos do geográfico como substitutivos do povo e da sociedade, além das características heterogêneas uma determinada comunidade nacional, para realizar um discurso geopolítico de soberania, unidade e identidade em torno da nação; This thesis strives to understand the geographic themes present in national symbols with the aim of understand how the territory...

Intertextualidades, símbolos e mitos entre o romance Mygale e o filme A pele que habito

Alves, Maria Cláudia Rodrigues[UNESP]; Ramos, Maria Celeste Tommasello
Fonte: Universidade Estadual Paulista Publicador: Universidade Estadual Paulista
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 137-161
POR
Relevância na Pesquisa
36.97%
The award-winning and controversial movie by Pedro Almodóvar “The skin I live” (2011) is an adaptation of Mygale’s novel (1984), the French writer Thierry Jonquet (1954-2009), translated into Portuguese in 2005 as Tarântula. It is a horror story, full of suspense, in which a renowned surgeon, Robert Ledgard, played by Antonio Banderas, switches, without any scruples, the sex of the young Vincent. What it shown to the viewer since the first images of the movie is, therefore, Vicente/Vera in her new and perfect female body. Flashbacks clarify during the movie the events that culminated in the opening scene that is presented to us, surprising us and, of course, shocking us. References to myths and symbols can be noticed in the movie. They bring with them, to be recognized by the viewer, issues related to the creation or metamorphosis, among others, as the Pygmalion and Galatea myth, which binds to artistic creation. Artistic metamorphosis operated equally by the filmmaker in his modern version of the doctor and the monster, for example, but, especially, in the rereading of the Jonquet’s novel. This study seeks to highlight some of the major myths and symbols inserted in Almódovar’s movie and what interpretations such insertions may ensue.; O premiado e polêmico filme de Pedro Almodóvar A pele que habito (2011) é uma adaptação do romance Mygale (1984)...

A poetica e a pratica do Qi Gong dos Simbolos

Milena Machado Figueiredo
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 30/11/2000 PT
Relevância na Pesquisa
37.14%
A criação deum vídeo sobre uma prática corporal chinesa denominada Qi Gong (1) dos Símbolos é o tema deste projeto, no qual se procurou explorar as possíveis relações entre movimentos corporaisdo oriente e o meio vídeo. O conteúdo estético da obraem vídeo resultou da investigação do tempo interno e do conteúdo simbólico da prática corporal, que compuseram uma expressão audiovisual própria baseada na filosofia chinesa e na pesquisa de cada movimento que compõe o Qi Gong dos Símbolos. Este material teórico apresenta um levantamento sobre o histórico do Qi Gong dos Símbolos, pesquisas dos símbolos de cada movimento e reflexões sobre a realização do vídeo. (1) Qi Gong pronuncia-se tchi cun; Not informed

COMUNICAR COM SÍMBOLOS - EMPODERAMENTO COMUNICATIVO

Boné, Maria; Bonito, Jorge
Fonte: Universidad de Guanajuato et al. Publicador: Universidad de Guanajuato et al.
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
36.83%
podem ler, porque o sistema de ensino e de aprendizagem não lhes proporcionou essa possibilidade, tanto ao nível da leitura como da escrita. A descoberta adaptativa desta obra abre a porta à vasta possibilidade de A comunicação é um processo universal entre os seres humanos, através do qual se adquire a cultura envolvente, se partilha informação e atua intencionalmente com o objetivo de influenciar o comportamento dos outros. O discurso oral é a forma de expressão mais usada pelas pessoas para comunicar. Todavia, crianças, jovens e adultos, em resultado de razões diversas, estão impossibilitados de comunicar através da fala ou fazem-no de forma limitada. Perante estes casos revela-se fundamental, o mais precoce possível, a introdução, de um Sistema de Comunicação Alternativa ou Aumentativa que ajude essas pessoas a interagir eficazmente com o meio social (Ferreira, Ponte & Azevedo, 2000; Van Tetzchner & Martinsen, 2000). Recorrendo a estes sistemas de comunicação é possível promover capacidades comunicativas e linguísticas, facilitando ou possibilitando a interação comunicativa e a partilha de informação que concorrem para o desenvolvimento pessoal O trabalho que realizámos objetiva a intervenção com vista ao incentivo da comunicação aumentativa como fator promotor e enriquecedor da comunicação. Desenvolveu-se uma adaptação da obra “Amélia quer um cão”...

Levantamento e identificação dos símbolos gráficos utilizados para a caracterização de controles e comandos em máquinas agrícolas

Alonço,Airton dos S.; Balestra,Mônica R. G.; Dias,Vilnei de O.; Medeiros,Fabrício A.
Fonte: Associação Brasileira de Engenharia Agrícola Publicador: Associação Brasileira de Engenharia Agrícola
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2006 PT
Relevância na Pesquisa
37.14%
Os símbolos gráficos utilizados para indicar a função dos comandos e controles das máquinas agrícolas tornam a operação mais segura. Logo, este trabalho teve por objetivo identificar a simbologia existente nas máquinas agrícolas disponíveis nas quatro principais concessionárias de Santa Maria - RS. No levantamento, foram utilizados como parâmetros os símbolos gráficos recomendados pelas normas técnicas, sendo os existentes nas máquinas estudadas fotografados e posteriormente anotados em planilha. O resultado encontrado foi, em média, de 86%, em relação à utilização dos símbolos gráficos recomendados pelas normas, porém existe também a utilização de símbolos gráficos criados pela própria empresa, o que pode gerar dúvidas no operador da máquina agrícola, pois nem sempre o significado dos mesmos coincide com o descrito nas normas. Os resultados demonstraram que os fabricantes das máquinas agrícolas utilizam as normas existentes, mas ainda não o fazem de forma correta e homogênea.

A migração dos símbolos: diálogo intercultural e processos identitários entre os bolivianos em São Paulo

Silva,Sidney Antonio da
Fonte: Fundação SEADE Publicador: Fundação SEADE
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2005 PT
Relevância na Pesquisa
36.83%
Este artigo discute a linguagem dos símbolos entre os bolivianos em São Paulo a partir de uma perspectiva antropológica, procurando inferir os significados que práticas e objetos da cultura material, veiculados no contexto das festas devocionais, passam a ter numa nova conjuntura. No caso em análise, o contexto apresenta uma especificidade que é a discriminação _ razão pela qual esses imigrantes estão mobilizados em veicular uma nova imagem de si mesmos.

O Brasil: um Estado-nação a ser contruído. O papel dos símbolos nacionais, do Império à República

Jurt,Joseph
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social - PPGAS-Museu Nacional, da Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ Publicador: Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social - PPGAS-Museu Nacional, da Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2012 PT
Relevância na Pesquisa
36.83%
Os símbolos da República, constituída no Brasil em 1889, não indicam uma ruptura radical com o regime monárquico anterior, como foi o caso na França. As cores da bandeira imperial remetiam às cores dinásticas. Na República, sua estrutura foi mantida, sendo acrescentado o lema "Ordem e Progresso", o que atestava que os positivistas haviam conseguido impor sua interpretação do novo regime. Quanto ao Hino Nacional, a República não havia conseguido infundir uma nova versão, o povo tendo manifestado sua predileção pelo hino imperial. Quanto à alegoria da República, havia tentativas de representá-la por figuras femininas, demasiado próximas, no entanto, da Marianne francesa. A figura de Tiradentes tinha uma ressonância mais durável, porque permitia ligar várias dimensões da nação: a abolição da escravatura e a independência.

Símbolos, sinais e normas sociais na política e no direito

Posner,Eric A.
Fonte: Fundação Getúlio Vargas, Escola de Direito Publicador: Fundação Getúlio Vargas, Escola de Direito
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2008 PT
Relevância na Pesquisa
36.97%
Este artigo utiliza um "modelo de sinalização"² (signaling Model) para explicar o papel dos símbolos no comportamento E nas crenças, especialmente quanto à manipulação dos Símbolos por meio do sistema jurídico. Argumenta-se que Certas ações tornam-se simbólicas porque têm a "estrutura De custo" (cost structure) adequada e porque são, por razões Históricas ou psicológicas, focais.³ a estrutura de custo Permite que as pessoas obtenham vantagens ao revelar Informações sobre elas em uma situação de "equilíbrio Diferenciador"4 (separating equilibria). A característica focal Da ação remove ambigüidades na interpretação dos motivos Pelos quais alguém se engaja nela. Teoricamente, o governo Pode utilizar instrumentos legais padronizados (que afetem, Principalmente, o custo do sinal) para mudar o equilíbrio5 de Comportamentos e crenças. Usar o direito dessa maneira pode Produzir efeitos imprevisíveis em razão dos múltiplos Equilíbrios existentes e das diversas reações possíveis do Comportamento dos indivíduos em relação aos parâmetros Legais. No entanto, efeitos imprevisíveis ocorrem, na maior Parte das vezes, porque o ato de fazer lobby e outros atos que Influenciam na criação das leis podem se tornar...

Símbolos nacionais

Fonte: Câmara dos Deputados, Edições Câmara Publicador: Câmara dos Deputados, Edições Câmara
Tipo: livro Formato: 65 p. : il. color.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.97%
Caderno integrante da exposição organizada pelo Centro de Documentação e Informação da Câmara dos Deputados, em comemoração à Semana da Pátria, abordando o histórico da criação dos Símbolos Nacionais.

Cecília Meireles e os símbolos do absoluto

Marchioro, Camila
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
37.07%
Resumo: Singular escritora da língua portuguesa, Cecília Meireles desafiou as classificações e galgou lugar único na literatura brasileira. Da sua curiosidade sobre o outro e sobre si mesma nasceu uma obra de forte teor reflexivo, que trata dos recônditos do humano e busca a superação da morte no encontro com o eterno. A Filosofia Perene é base para as análises realizadas nesta dissertação. Pretendeu-se demonstrar como os símbolos escolhidos pela autora configuram uma poética de eterno x efêmero; de dissolução do ego; de renúncia na busca pelo Absoluto e do equilíbrio entre verdade e ilusão. Alguns dos interesses culturais, filosóficos e religiosos de Cecília Meireles (como as filosofias do Oriente) e o diálogo com o Simbolismo foram retomados nesta dissertação a fim de auxiliar nas análises de seus primeiros escritos em Festa, Baladas para El-rei, Nunca Mais... e Poema dos Poemas e de seus primeiros livros da maturidade: Viagem, Vaga Música e Mar Absoluto e Outros Poemas. Analisou-se a importância do mar enquanto tema e símbolo do Absoluto; os tipos de vozes poéticas que reiteram essa busca e outros motivos que, de tão reiterados, assumem também a condição de símbolos, como as mãos, espelho, retrato e estátua...

O significado dos símbolos e dos signos de noites do sertão

Fialho, Joel Maurício
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Estudos da Linguagem; Linguística Aplicada; Literatura Comparada Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Estudos da Linguagem; Linguística Aplicada; Literatura Comparada
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.97%
Les symboles et les signes de Noites do Sertão, de João Guimarães Rosa, contient l étude d une édition de cette ouvrage, publié par Livraria José Olímpio Editora, en 1975. Un éditeur arrêtée. Notre priorité c est montrer au lecteur les dégradations résultants d altérations ou d omissions qu on vérifie dans les publications postérieurs; d une manière spécifique, les éditions mais récents. Dans le primiere chapitre, notre recherche privilégie l analyse et l explication de las inscirtions qui sons enregistré dans la partie exterior, ou dans la couverture de ce livre. Le deuxième chapitre traite des réflexions sur ce qui se réfère au revers de la couverture, dans le côté gauche: les énigmes dont l auteur utilise avec l intention de bien idiquer au lecteur orientations pour envisager les aspects des narratives. Combien, nous méditerons ici sur la signification des épigraphes de cette ouvrage; sur les noms des personnages les plus importants et sur la connexion de ce livre avec autres textes littéraires. Dans le troisième chapitre nous explicitons la rélation de contiguïté avec cette ouvrage et le platonisme. O Chapitre quatre s occupe d étudier toutes cettes symboles vérifier ici sur la pérspective de la vision Junguienne (C.G.Jung); et dans le cinq...

Hilda Hilst e o canto amoroso em mitos, imagens e símbolos

Moura, Karyne Pimenta de
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
37.07%
O objetivo desta pesquisa é investigar, no canto amoroso de Hilda Hilst (1930-2004), a maneira como os mitos, imagens e símbolos configuram a condição de um Eu que lamenta a incompletude e a consciência de sua fragmentação diante de um Outro. Esse Outro é visto como a metade que falta ao Eu, uma metade que, durante o chamamento amoroso, revela-se esquiva ou ausente. É percebido, na interpretação dos cantos, o desejo pelo qual o Eu se veste com vista a enlaçar o Outro e inverter sua condição primeira de descontinuidade. O desejo é expresso nos cantos amorosos em linguagem simbólica e imagética, e os mitos de incompletude explicam que o amor é a via pela qual as metades, fragmentadas do estado original duplo, tendem a se unir. O mito se empenha na elucidação simbólica acerca da condição humana como um todo, e a incompletude amorosa insere-se nessa condição. Dessa maneira, é observada na poética hilstiana a latente relação mitopoesia. Ambos, através da linguagem imagética a eles inerentes, revigoram os arquétipos representativos do inconsciente coletivo. Para analisar o canto do desejo pelo que falta foram escolhidas as obras Júbilo, memória, noviciado da paixão (2001) e Cantares (2002). Essas obras revelam uma poética cuja intensidade as particulariza das demais produções líricas da autora...

Símbolos

HARGUINDEGUY [Ministro]
Fonte: Ministério da Educação da Argentina Publicador: Ministério da Educação da Argentina
Tipo: legislation
Relevância na Pesquisa
36.83%
Aprobar las Normas sobre las características, tratamiento y uso de los símbolos nacionales, que como Anexo I forman parte integrante de la presente resolución; Modificada por RM Nº 1818/84

Imágenes y símbolos en la poesía de Miguel Hernández

Cifo González, Manuel
Fonte: Universidade de Múrcia Publicador: Universidade de Múrcia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
SPA
Relevância na Pesquisa
36.83%
El artículo presente un análisis de los principales símbolos e imágenes utilizados por Miguel Hernández en su obra poética; Tema indicado para la PAU de Comentario de Texto

Avaliação do conhecimento dos consumidores sobre os símbolos ambientais associados às embalagens

Ferraz, Catarina Martins Pereira
Fonte: Universidade Nova de Lisboa Publicador: Universidade Nova de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /05/2015 POR
Relevância na Pesquisa
37.07%
O crescente consumismo verificado nas últimas décadas deu origem a um aumento excessivo de resíduos domésticos. Uma parte fundamental destes resíduos diz respeito aos resíduos de embalagens (ERE), que podem representar cerca de 25% a 30%, em peso, do total dos resíduos urbanos (Martinho et. al., 2011). Face a esta problemática, e no sentido de promover a redução, reutilização e reciclagem das embalagens, a União Europeia publicou a Diretiva nº 2004/12/CE, do Parlamento Europeu e do Conselho, de 11 de fevereiro, relativa à gestão de embalagens e resíduos de embalagens, transposta para a legislação nacional pelo Decreto-Lei n.º 366-A/97, de 20 de Dezembro, com as alterações introduzidas pelo Decreto-Lei n.º 162/2000, de 27 de Julho e pelo Decreto-Lei n.º 92/2006, de 25 de Maio. De acordo com a legislação em vigor, a responsabilidade pela gestão deste fluxo específico é das empresas embaladoras e/ou importadoras que colocam as embalagens no mercado nacional, podendo para o efeito as empresas optar por um sistema individual ou por um sistema colectivo, também designado por sistema integrado, para a gestão das suas embalagens. Em Portugal, a primeira entidade gestora licenciada para a gestão deste fluxo de resíduos foi a Sociedade Ponto Verde (SPV)...

Los Símbolos Nacionales de Costa Rica y el Enfoque Educativo

Carvajal Araya,María Isabel
Fonte: Actualidades Investigativas en Educación Publicador: Actualidades Investigativas en Educación
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2014 ES
Relevância na Pesquisa
36.97%
El presente ensayo explora la forma en que se ha abordado el tema de los símbolos nacionales de Costa Rica, desde el ámbito educativo. Para ello realiza un recorrido desde la implementación de la materia de Cívica, a finales del siglo XIX y hasta la actualidad, a la vez que analiza la manera en que estos símbolos patrios han servido para plasmar un imaginario de identidad, al naturalizar discursos ideológicos enmarcados en las representaciones patrias.

Símbolos geométricos en la cerámica de Izapa, Chiapas

Kolpakova,Alla
Fonte: Universidad de Ciencias y Artes de Chiapas, Centro de Estudios Superiores de México y Centroamérica Publicador: Universidad de Ciencias y Artes de Chiapas, Centro de Estudios Superiores de México y Centroamérica
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2009 ES
Relevância na Pesquisa
37.14%
El artículo aborda el amplio conjunto de símbolos geométricos (puntos, líneas, triángulos, círculos, etcétera) elaborados sobre la cerámica proveniente del sitio arqueológico de Izapa, Chiapas. Dichos símbolos tienen una importancia especial para el entendimiento de la historia de los orígenes de la civilización en el sureste de Mesoamérica. Paradójicamente, este material no ha recibido la atención necesaria en la historiografía sobre la región. En nuestro trabajo distinguiremos cuáles símbolos se suelen encontrar en la cerámica mencionada y definiremos cuáles de ellos habrían sido los primigenios y cuáles los más frecuentes. El propósito final es dilucidar, con auxilio de diversas fuentes comparativas, los posibles significados "básicos" que los antiguos alfareros de Izapa otorgaban a los símbolos que imprimían en su cerámica.