Página 1 dos resultados de 2437 itens digitais encontrados em 0.006 segundos

As princesas marroquinas: contribuição para o estudo das relações diplomática lusomarroquinas no último quartel do século XVIII

Rodrigues, Ana Cristina de Neves Ferreira
Fonte: Universidade da Madeira Publicador: Universidade da Madeira
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /09/2011 POR
Relevância na Pesquisa
66.43%
O presente estudo insere-se na tentativa de revelação de um episódio casual na história das relações diplomáticas entre Portugal e Marrocos nos finais do século XVIII. Ocorrido entre abril e agosto de 1793, os portugueses veem-se, repentinamente, a braços com uma situação diplomática sensível e que urge a tomada de decisões clara e sem margem de erro. O objectivo primordial é o de conhecer todos os factos e as suas consequências, tentando demonstrar como também os incidentes podem gerar benefícios. O contacto entre as culturas, efetuado através da comunicação oral e escrita, permite-nos verificar o esforço de cada uma das partes na preservação e manutenção da própria identidade numa inócua tentativa de impedimento ao contágio cultural. É essa identidade que pretendemos evidenciar.

Composição e uso de ladrilhos nos quadros de portas e janelas em construções urbanas do século XVIII.

Jabur, Rodrigo Sartori; Bortolucci, Maria Angela Pereira de Castro e Silva
Fonte: Vitória Publicador: Vitória
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
POR
Relevância na Pesquisa
66.51%
O artigo apresenta a caraterização e a análise dos ladrilhos utilizados em construções do século XVIII, na cidade de Paranaguá, no Estado do Paraná, avaliando principalmente sua composição química. Através da análise de microscópio eletrônico de varredura foi possível coletar informações que permitiram interpretações sobre a composição dessas peças. Em Paranaguá, grande parte das edificações setecentistas possui paredes em alvenaria de pedra enquanto a utilização desses ladrilhos esteve restrita às estruturas dos quadros de portas e janelas, como alternativa às vergas e umbrais de cantaria ou madeira usados em construções até a primeira metade do século XIX. Algumas ruínas existentes no centro histórico revelam fortes indícios dos materiais empregados, modo de assentamento e dimensões desses ladrilhos. Essas peças são mais delgadas do que os tijolos, ressaltando que estes elementos foram bastante empregados a partir da segunda metade do século XIX. Observando os ladrilhos a olho nu, é possível verificar a variedade de agregados que compõem as argilas. Sendo assim, este trabalho é uma contribuição para a história dos materiais e das técnicas construtivas da cidade de Paranaguá e sua relação de influências com a metrópole portuguesa...

As marcas da liberdade: trajetórias sociais dos libertos em Mariana na segunda metade do século XVIII; The marks of freedom: the social trajectory of the freedmen in Mariana in the second half of the eighteenth century

Diório, Renata Romualdo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 03/12/2007 PT
Relevância na Pesquisa
66.48%
A dissertação analisa a trajetória social dos libertos de Mariana (MG) na segunda metade do século XVIII, período caracterizado pela reorganização da economia local, após o auge da mineração. Ao longo do século formou-se, naquela sociedade, um contingente significativo de egressos do cativeiro. O trabalho procura demonstrar, por meio do exame de diversos repertórios documentais (registros de óbitos, testamentos, inventários e ações cíveis), que o aspecto central daquelas trajetórias sociais foi a obtenção da liberdade. Ainda que a maior parte desses libertos contraísse dívidas e morresse na pobreza, a alforria representava o ponto de inflexão decisivo em suas vidas.; This work analyses the social trajectory of the freedmen in Mariana (MG) in the second half of the eighteenth century, a period characterized by the reorganization of the local economy, after the mining peak. Throughout the century, a significant contingent of people released from captivity was formed in that society. This work aims at demonstrating, through the exam of several documents, death records, testaments, inventories e civil actions, that the central aspect of such social trajectories was the conquest of freedom. Although most of the freedmen obtained debts and died in poverty...

A formação dos engenheiros militares: Azevedo Fortes, matemática e ensino da engenharia militar no século XVIII em Portugal e no Brasil; The military engineers backgraund: Azevedo Fortes, Mathematics and education of Military Engineering in XVIIIth century in Portugal and in Brazil

Ribeiro, Dulcyene Maria
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/08/2009 PT
Relevância na Pesquisa
66.43%
Este trabalho tem por fim construir uma história, fundamentalmente com base em fontes primárias, da formação dos engenheiros militares na primeira metade do século XVIII em Portugal e no Brasil, no que se refere principalmente aos conteúdos estudados, com destaque para a álgebra. O tema escolhido deriva do trabalho de iniciação científica que posteriormente teve continuidade na dissertação de mestrado intitulada: A Obra Lógica Racional, Geométrica e Analítica (1744) de Manoel de Azevedo Fortes (1660-1749): um estudo das possíveis contribuições para o desenvolvimento educacional luso-brasileiro, orientada pelo professor Sérgio Roberto Nobre e defendida em 2003, no Instituto de Geociências e Ciências Exatas, da UNESP, campus de Rio Claro. Para a presente investigação, foi fundamental a busca em arquivos, indícios e pormenores das fontes. Por isso, todo esse estudo tem como fundamento essa proximidade com as fontes, documentos manuscritos da administração pública da coroa portuguesa e textos caracterizados como notas de aula ou teóricos, ou seja, produção de alunos e professores, impressos ou manuscritos. O contato com as fontes permitiu contribuir para perspectivar o campo econômico, político e cultural do reino português...

Pamela um estudo sobre a relação personagem/espaço no romance inglês do século XVIII; Pamela: a study about the relation character/space in english novel of XVIII century

Affonso, Claudia Maria
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 05/10/2009 PT
Relevância na Pesquisa
66.58%
O século XVIII foi um período de grandes mudanças na estrutura social e econômica vigente. Como conseqüência, a forma de organização do espaço de moradia também se alterou. Houve uma reordenação do espaço doméstico com a criação de lugares privados dentro e fora da casa e a valorização dos jardins ao redor das grandes propriedades rurais inglesas. A ascensão da nova classe média e um crescente interesse pela introspecção e privacidade propiciaram a formação destes espaços reservados ao isolamento. A partir do surgimento do romance na primeira metade do século XVIII, o espaço doméstico viu-se valorizado e descrito com mais atenção na narrativa literária. Este cuidado em retratar a vida doméstica na literatura surgiu a partir do desejo de representar a vida dos homens comuns de modo mais autêntico. Em Pamela, romance do escritor inglês Samuel Richardson publicado pela primeira vez na Inglaterra em 1740, observamos esta ênfase no espaço interior do recolhimento e da introspecção. A relação que se estabelece entre as personagens e o espaço dentro do romance é vital para a construção do enredo.; Great social and economic changes were brought about in the eighteenth-century causing, among other alterations...

As práticas judiciais locais e a lei da boa razão: os autos cíveis de Sorocaba, segunda metade do século XVIII.; The local judicial practices and the law of good reason: the civil cases of Sorocaba, in the second half of the eighteenth century

Friedmann, Daniel Isaac
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 15/04/2011 PT
Relevância na Pesquisa
66.53%
Na segunda metade do século XVIII, Portugal e seus domínios ultramarinos experimentaram uma ampla tentativa de reestruturação, tendo o Marquês de Pombal como um dos principais artífices deste processo. A reforma empreendida foi substancialmente influenciada por uma mentalidade ilustrada e alcançava, entre outros aspectos, as práticas judiciais. Por meio da análise da vida jurídica local e de sua adequação à lei da boa razão, a qual sintetizava as transformações pretendidas no campo do direito e na atitude dos agentes responsáveis por sua aplicação, buscou-se medir a repercussão das medidas adotadas pelos idealizadores do projeto em uma vila colonial.; During the second half of the XVIII century, Portugal and it's ultramarine domains experimented an extensive attempt of reconstruction. One of the main architect of this process was the Marquis of Pombal. This reform was considerably influenced by an advanced and enlightened mentality. Amongst other aspects, it comprised juridical practices. The law of good reason synthesized the desired transformations in the field of law and the attitudes of the agents responsible for it's application. The analysis of the adequacy of this law to the local juridical practice intended to measure the repercussion of the reform in a colonial village.

Práticas terapêuticas jesuíticas no Império colonial português: medicamentos e boticas no século XVIII; Jesuit therapeutic practices in the Portuguese Colonial Empire: medicines and pharmacies in the XVIII century

Maia, Patricia Albano
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 28/11/2012 PT
Relevância na Pesquisa
66.56%
Neste trabalho dedicamo-nos a classificar e analisar as práticas de cura utilizadas pelos jesuítas no império português durante o século XVIII. Nosso objeto de estudo foram as receitas de medicamento aviadas nas boticas dos colégios da Companhia de Jesus, procuramos traçar as linhas teoricas da medicina que influenciaram a terapeutica jesuítica para tentar entender de que modo os inacianos inseriam-se no contexto científico-cultural da época. As receitas de medicamentos circularam tanto dentro do ambito dos colégios como fora deles. Algumas destas eram secretas e adquiriram considerável prestígio junto à população pelo pronto restabelecimento da saúde. Nossas hipóteses de pesquisa são 1) os jesuítas valeram-se de práticas terapêuticas de diversas origens, 2) a Companhia de Jesus era um instituição que conhecia e aplicava as novas concepções de medicamentos; 3) as boticas dos colegios jesuíticos produziram remédios que seguiam tanto a tradição hipocratica-galência quanto os ensinamentos da Iatroquímica e da iatromecanica; 4) as boticas jesuíticas foram responsáveis pela geração de renda para os colégios.; In this paper, the healing practices used by Jesuits in the Portuguese empire during the XVIII century are classified and analyzed. For the study...

Açorianos no Rio Grande do Sul : antecedentes e formação do espaço urbano do século XVIII

Durán Rocca, Luisa Gertrudis
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.58%
A tese estuda a configuração urbana inicial dos 25 assentamentos estabelecidos pela administração colonial portuguesa no século XVIII no território que hoje constitui o Estado do Rio Grande do Sul, caracterizados em boa parte pela presença açoriana. A questão mais abrangente apresentada refere-se à verificação da existência ou não, de um tipo de aglomeração específico em relação ao urbanismo colonial português, considerando as particularidades políticas, econômicas e sócio-culturais que caracterizaram a ocupação e o desenvolvimento da região. O trabalho inicia com a formulação da hipótese e uma revisão historiográfica. È colocada a relação entre migração e cultura e é revisada a questão do mito da açorianidade. Apresentam-se as referências metodológicas, revisam-se conceitos e propõe-se uma estrutura de analise. Seguidamente apresenta-se o relato do processo de ocupação do atual território sul-rio-grandense durante o período colonial. A pesquisa continua com a apresentação dos antecedentes. Ou seja, a analise da milenar tradição urbana portuguesa em suas variantes erudita e popular, a partir da síntese das invariantes e das especificidades em alguns assentamentos selecionados como representativos...

Inventário científico do Brasil no século XVIII: a contribuição de Alexandre Rodrigues Ferreira para o conhecimento da natureza e dos índios

Verran, Rossana Samarani
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Tese de Doutorado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
66.61%
A tese apresenta uma proposta de análise da documentação referente à “Viagem Filosófica pelas capitanias do Grão-Pará, Rio Negro, Mato Grosso e Cuiabá” empreendida pela Coroa Portuguesa e chefiada por Alexandre Rodrigues Ferreira entre os anos de 1783 e 1792. Parte-se dos pressupostos teórico-metodológicos da História das Idéias, para a qual o objeto de estudo são as idéias que, para além de um indivíduo ou de um campo de conhecimento específico, atingem grupos e movimentos sociais. A idéia de ciência moderna, no século XVIII, havia ultrapassado os limites do campo específico das ciências da natureza, alcançando grande difusão. As novas teorias da física após a síntese newtoniana demonstraram uma capacidade de explicação dos fenômenos da natureza e de previsão do futuro anteriormente desconhecidas. O Estado Absolutista Português pautou suas ações político-administrativas nestas idéias, para o assunto da tese importa lembrar a Reforma da Universidade de Coimbra e a conseqüente criação do Curso de Filosofia Natural. Assim que se formou, o naturalista Alexandre Rodrigues Ferreira foi escolhido para chefiar uma expedição científica pelas regiões da Amazônia e Centro-Oeste do Brasil com o objetivo de inventariar todos os recursos naturais do país; de elaborar mapas e fazer a demarcação do território colonial pertencente à Coroa Portuguesa e de investigar a cultura indígena. Em sua bagagem o naturalista levou os conhecimentos obtidos nos anos de estudo em Coimbra. Sua pesquisa seguiu rigorosamente os procedimentos do método científico da época. As classificações de animais e plantas basearam-se no sistema de nomenclatura binária de Lineu...

A escuridade en causa: novos elementos para a análise dos processos culturais na Galiza do século XVIII

Montenegro Pico, Lucia
Fonte: Universidade da Coruña Publicador: Universidade da Coruña
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
GLG
Relevância na Pesquisa
66.54%
[Resumo] Este relatório apresenta umha revisom do discurso historiográfico fabricado sobre o século XVIII em Galiza. À luz de conclusons derivadas de trabalhos prévios do nosso grupo de investigaçom, detectamos modos de análise sobre o objecto em causa que tenhem resultado distorcionadores para o conhecimento dos processos culturais deste período. Neste sentido, certos elementos operativos no estudo do campos culturais no século XVIII galego fôrom desatendidos, fundamentalmente polo discurso historiográfico literário. Devido à aplicaçom dumha focage excessivamente centrada nos produtos culturais impressos, um conjunto significativo da documentaçom que circulou foi desestimado, assi como foi obviada a pertinência do estudo dos espaços como fonte de informaçom sobre os processos culturais. Na delimitaçom do corpus também interferirom outros critérios desenfocadores como o critério lingüísitico ou filológico, que reduziu o corpus significativamente, ao nom ser contemplada aquela produçom veiculada em latim, espanhol ou noutras línguas foráneas como o italiano. A nossa proposta consiste, portanto, na reabilitaçom destes elementos nom contemplados na análise e na revisom dos critérios metodológicos utilizados para a configuraçom do corpus...

ANDRÉ DO COUTO GODINHO: HOMEM PRETO, FORMADO EM COIMBRA, MISSIONÁRIO NO CONGO EM FINS DO SÉCULO XVIII

Reginaldo,Lucilene
Fonte: Universidade de São Paulo, Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Departamento de História Publicador: Universidade de São Paulo, Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Departamento de História
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2015 PT
Relevância na Pesquisa
66.54%
O fio condutor deste texto é a trajetória de um homem de cor livre nascido na vila de Mariana, no ano de 1720, tendo falecido no Reino do Congo, em data desconhecida, provavelmente no último decênio do século XVIII. Entre as Minas Gerais e o Reino do Congo, vários anos vividos em Coimbra e Lisboa demarcaram a trajetória de André do Couto Godinho. A narrativa, aparentemente excepcional, não se restringe entretanto a episódios da vida pessoal de Godinho, ao contrário, trata de coletivos mais amplos, constituindo-se, quiçá, em uma "janela privilegiada" para o mundo dos homens de cor livres em diferentes localidades do Império português, na segunda metade dos Setecentos. Assim, ao seguir os passos de André Godinho, focalizo contextos históricos que dão sentido e podem, ao mesmo tempo, ser reinterpretados à luz das possibilidades, escolhas e limitações que constituíram sua história pessoal.

Jacob de Castro Sarmento e o conhecimento médico e científico do século XVIII

Pinto, Hélio de Jesus Ferreira de Oliveira
Fonte: Universidade Nova de Lisboa Publicador: Universidade Nova de Lisboa
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em /04/2015 POR
Relevância na Pesquisa
66.48%
Henrique, ou Jacob, de Castro Sarmento (1691-1762), médico judeu, nascido em Bragança e exilado em Inglaterra a partir de 1721, devido às perseguições da Inquisição aos cristãos-novos, é considerado como o introdutor das ideias de Isaac Newton (1662-1727) em Portugal e um dos principais responsáveis pela disseminação da iatroquímica entre os médicos portugueses, contribuindo para o desenvolvimento da medicina e ciência portuguesas do século XVIII. Eleito para sócio da Royal Society em 1730, o médico português tornou-se o principal interlocutor científico entre Portugal e Inglaterra, sendo a sua actividade exemplar do modo como ocorreram as trocas de conhecimento entre o centro da Europa e a sua periferia. Autor de diversas obras médicas, Sarmento abordou algumas das temáticas médicas mais relevantes do século das luzes, como a inoculação das bexigas ou a utilização terapêutica das águas minerais, veiculando uma nova forma de encarar a prática médica. A sua obra Theorica Verdadeira das Mares, editada em 1737, foi a primeira publicada em Portugal onde as ideias de Newton são consideradas com o devido detalhe. Paradoxalmente, Sarmento foi também produtor de medicamentos de segredo, tendo a sua Água de Inglaterra alcançado um sucesso significativo em Portugal. Figura polémica e multifacetada...

São Paulo: alguns documentos do século XVIII; Título em inglês

Groppi, Mirta
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 02/08/2001 POR
Relevância na Pesquisa
66.58%
Este artigo apresenta o resultado da busca de documentos para a constituição do corpus pertencente ao projeto A situação linguística de São Paulo no século XVIII. O trabalho alude ao problema das fontes para a pesquisa na Linguística Histórica. O objetivo fundamental desta publicação é oferecer os documentos encontrados e selecionados, assim como a revisão de outros documentos já publicados (Atas da Câmara Municipal de São Paulo).; This article shows the result of the search to the corpus belonging to the project A situação linguística de São Paulo no século XVIII. The paper deals with the problem of the source for  historical linguistic research. The main objective is to offer the linguistic documents foundede and selected and a review of the already published documents.

Manuscritos do Século XVIII sobre o português em Timor; 18th Century Manuscripts on Portuguese in Timor

Albuquerque, Davi Borges de
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 23/04/2014 POR
Relevância na Pesquisa
66.64%
O presente artigo tem como objetivo analisar traços históricos e linguísticos em documentos de origem holandesa, que datam do início do século XVIII, existentes sobre a língua portuguesa na ilha de Timor. Estes documentos estão localizados no Arsip Nasional (ANRI) ‘Arquivo Nacional’ em Jakarta, Indonésia, e no Koninklijk Instituut voor Taal-, Land- en Volkenkunde (KITLV) ‘Instituto Real Holandês de Estudos do Sudeste Asiático e Caribe’ em Leiden, Holanda. Os documentos holandeses não foram escolhidos de maneira aleatória, a justificativa para a escolha está baseada na escassez de análises existentes sobre essas fontes históricas, quando comparadas à documentação portuguesa, que vem sendo extensamente estudada desde o século XIX por historiadores portugueses e, em menor extensão, por filólogos também de origem portuguesa. Os documentos localizados no arquivo indonésio, que serão o objeto da análise, datam da primeira metade do século XVIII, período no qual ocorreu grande migração lusófona para a ilha de Timor. Já os documentos localizados na Holanda datam do início do século XVIII e serão usados somente para reiterar a análise efetuada, como evidências adicionais. Assim...

A brief atlas of the portuguese eighteenth-century novel; Um breve atlas do romance português do século XVIII

Sousa, Moizeis Sobreira
Fonte: Universidade de São Paulo, Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo, Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 21/12/2015 POR
Relevância na Pesquisa
66.51%
The Portuguese eighteenth-century novel has been flatly ignored or regarded as almost nonexistent by the literary historiography. However, closer examination of novel production of the period proves not only the cultivation of novel in eighteenth-century Portugal, but also the possibility of dialogue with Lusitanian novelists of the nineteenthcentury, ruling out the hypothesis that this form arises in the western portion of the Iberian Peninsula as a mere extension of the developments of the French-English novel.; O romance português do século XVIII tem sido peremptoriamente ignorado ou apontado como quase inexiste pela historiografia literária. Todavia, um exame mais detido da produção romancística dessa época comprova não apenas o cultivo de romance no Portugal Setecentista, mas também a possibilidade de diálogo com romancistas lusitanos do século XIX, afastando a hipótese segundo a qual essa forma surge na faixa oeste da Península Ibérica como mera extensão dos desdobramentos do romance franco-inglês.  

André do Couto Godinho: black, trained in Coimbra, missionary in the Congo in the late 18th century; André do Couto Godinho: homem preto, formado em Coimbra, missionário no Congo em fins do século XVIII

Reginaldo, Lucilene
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, D. História Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, D. História
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 17/12/2015 POR
Relevância na Pesquisa
66.61%
O fio condutor deste texto é a trajetória de um homem de cor livre nascido na vila de Mariana, no ano de 1720, tendo falecido no Reino do Congo, em data desconhecida, provavelmente no último decênio do século XVIII. Entre as Minas Gerais e o Reino do Congo, vários anos vividos em Coimbra e Lisboa demarcaram a trajetória de André do Couto Godinho. A narrativa, aparentemente excepcional, não se restringe entretanto a episódios da vida pessoal de Godinho, ao contrário, trata de coletivos mais amplos, constituindo-se, quiçá, em uma “janela privilegiada” para o mundo dos homens de cor livres em diferentes localidades do Império português, na segunda metade dos Setecentos. Assim, ao seguir os passos de André Godinho, focalizo contextos históricos que dão sentido e podem, ao mesmo tempo, ser reinterpretados à luz das possibilidades, escolhas e limitações que constituíram sua história pessoal.; This paper follows the path of a free man of color who was born in 1720 in the Brazilian captaincy of Minas Gerais, in the town of Mariana, and died in the Kingdom of Kongo, probably during the last decade of the eighteenth century. Between the beginning of his life, in Brazil, and its end, in Africa, André do Couto Godinho spent a number of years in Portugal...

José Pinto de Azeredo e as Enfermidades de Angola: Saber Médico e Experiências Coloniais nas Últimas Décadas do Século XVIII; José Pinto de Azeredo and the Diseases of Angola: Medical Knowledge and Colonial Experiences in the Last Decades of the XVIII Century

Abreu, Jean Luiz Neves
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, D. História Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, D. História
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 30/06/2012 POR
Relevância na Pesquisa
66.49%
O artigo procura analisar a obra do médico luso-brasileiro José Pinto de Azeredo Ensaio sobre algumas enfermidades d’Angola (1799). A partir dessa obra e de outras fontes, busca-se compreender as ideias e concepções do médico sobre as doenças de Angola e de que maneira elas se relacionam com a medicina das últimas décadas do século XVIII, bem como os aspectos singulares que marcaram sua prática.; The article analyzes the work of the luso-brazilian medicine doctor José Pinto de Azeredo Essay on some diseases of Angola (1799). From the perspective of this work and other sources, we seek to understand the ideas and conceptions of the medicine doctor about the diseases in Angola and how they are relate to medicine in the last decades of the eighteenth century, as well as the unique aspects that have marked his practice.

Ordem régia de censura a roteiros turísticos do século XVIII: André João Antonil no Índex

Filho, João dos Santos
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 03/05/2001 POR
Relevância na Pesquisa
66.53%
A historiografia nacional foi redefinida e passou a ser fundamental para conhecer o "éthos brasilis", graças as descrições realizadas pelos jesuítas e os estudos de cientistas do século XVIII. O livro "Cultura e Opulência do Brasil", de André João Antonil, permitiu aos estudiosos do turismo um imenso campo para a pesquisa sobre os roteiros dos viajantes. Com um trabalho próximo ao "método da economia política", Antonil inova as informações e monta uma série de roteiros que alavancaram os primeiros princípios dos roteiros turísticos no Brasil.; The brazilian history was redifined and become fundamental to the "éthos brasilis" knowledgement. This was based on jesuit descriptions and scientists papers dated from XVIII Century. André João Antonil in his textbook "Brazil Culture and Opulence" showed a great field study to the tourism research, about traveler Brazilian itineraries. Antonil used a method closed to the "politicai economy method", inovating the information and created an itinerary series, which pointed out the first principies for touristic itinerary in Brazil.

UM JOVEM NATURALISTA NUM NINHO DE COBRAS: A TRAJETÓRIA DE JOÃO DA SILVA FEIJÓ EM CABO VERDE, EM FINAIS DO SÉCULO XVIII

Pereira, Magnus Roberto de Mello
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 11/01/2005 POR
Relevância na Pesquisa
66.54%
Ao acompanhar o naturalista João da Silva Feijó em suas explorações feitas no arquipélago de Cabo Verde, no último quartel do século XVIII, o presente artigo busca entender a inserção da própria figura do naturalista no intrincado quadro institucional português, do Antigo Regime. Feijó foi denunciado pela elite local como prepotente enquanto os seus chefes em Lisboa o consideravam inepto e, sobretudo, “jovem”. Assim, teve que enfrentar sérias batalhas para ver reconhecida localmente a sua condição autônoma de homem de ciência. Situação complicada, pois, ao mesmo tempo, se via obrigado a travar outra luta, através da qual buscaria escapar da tutela que lhe era imposta devido à sua juventude. Abstract By following the naturalist João da Silva Feijó in his exploratory travels in the islands of Cabo Verde, in the last quarter of the 18th Century, this article tries to understand the character of the naturalist traveler in the complex picture of the Portuguese Ancién Régime. Feijó was denounced by the local elite as a despot while his superiors in Lisbon considered him unprepared and, above all, “young”. Therefore, he had to face serious struggles to have his autonomous condition as a man of science. This was a complicated situation since...

AS VIAGENS SÃO OS VIAJANTES: DIMENSÕES IDENTITÁRIAS DOS VIAJANTES NATURALISTAS BRASILEIROS DO SÉCULO XVIII

da Cruz, Ana Lúcia Rocha Barbalho
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 11/01/2005 POR
Relevância na Pesquisa
66.48%
No século XVIII, cresce em Portugal, assim como nos demais países da Europa, o interesse pelas viagens de cunho científico. Estrategicamente, o governo português procura colocar a ciência a serviço do reconhecimento das potencialidades econômicas dos seus territórios coloniais e, com esse intuito, patrocina uma série de expedições exploratórias aos quatro cantos do Império. Muitos dos protagonistas dessas viagens do Século das Luzes são recrutados junto à intelectualidade acadêmica de Coimbra, da qual faz parte um número não desprezível de naturalistas brasileiros. A proposta deste artigo é destacar uma dentre as várias possibilidades de leitura dos diários de viagem, relatórios e memórias produzidos por esses cientistas. Ao registrarem suas impressões, eles acabam por falar de si, de suas experiências e das relações que estabelecem com os territórios visitados. Nesses termos, seus textos estão impregnados de momentos de autorepresentação nas várias dimensões que lhes são peculiares. A idéia de poder desvendar, através da leitura desses textos, algumas dessas instâncias identitárias, inspira a presente reflexão. Abstract In the 18th century, in Europe in general, and Portugal in particular...