Página 1 dos resultados de 450 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

Ocupação da região da Caldeira Vulcânica de Poços de Caldas - MG (Séc. XVIII-XX); Occupation of the region of the Caldera Volcanic Pocos de Caldas - MG (18th - 20th century)

Rovaron, Carlos Eduardo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 30/04/2009 PT
Relevância na Pesquisa
46.66%
No presente trabalho de pesquisa buscamos acompanhar e analisar o processo de ocupação da Caldeira Vulcânica de Poços de Caldas-MG entre os séc.XVIII e XX. Chegamos a resultados que nos permitem afirmar que a sua ocupação esteve relacionada com a emigração populacional dos centros de mineração aurífera na Capitania de Minas para o sul da mesma por conta do esgotamento das lavras de ouro em fins do séc.XVIII. As pessoas que migraram para região da Caldeira o fizeram em busca de pastagens. O crescimento em importância dos mercados das cidades do Rio de Janeiro e depois de São Paulo também foram fatores que estimularam esse movimento demográfico entre os fins do séc.XVIII e XIX. Esta pesquisa foi um esforço de tentar entender como a região estudada esteve inserida neste contexto de mudanças demográficas e econômicas apontado por Caio Prado Júnior em Formação do Brasil Contemporâneo. Entre o final do séc.XIX e início do XX o café e a Ferrovia Mogiana tiveram outro impacto econômico e demográfico sobre parte do exterior da Caldeira Vulcânica, nas imediações de Andradas-MG e São João da Boa Vista- SP. Impacto que se concretizou com a transformação do município de Andradas-MG em uma região minifundiária.; The objective of this research was to analyze the occupation process of the Poços de Caldas volcanic crate from the eighteenth to the twentieth century. Results obtained show that this occupation process was related to the population emigration toward the south of the Brazilian State of Minas Gerais during the last quarter of the eighteenth century...

A fuga dupla luso-brasileira durante os séculos XVIII e XIX

Röhl, Alexandre Cerqueira de Oliveira
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 268 f. il.
POR
Relevância na Pesquisa
46.72%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Música - IA; A fuga dupla foi um fenômeno essencialmente do século XVIII até meados do século XIX, introduzido em Portugal, e conseqüentemente no Brasil, a partir da italianização da cultura musical portuguesa promovida por D. João V. Encontra-se em arquivos brasileiros e portugueses fugas duplas de diversos compositores italianos como Domenico Scarlatti (1685 – 1757), Giovanni B. Pergolesi (1710 – 1736), David Perez (1711 – 1778), Niccolò Jommelli (1714 – 1774) e Giuseppe Totti (? - 1832). Também compuseram fugas duplas músicos portugueses como José Joaquim dos Santos (1747 – 1801), João José Baldi (1770 – 1816), André da Silva Gomes (1752 – 1844) e Marcos Portugal (1762 – 1830); e brasileiros como Luiz Álvares Pinto (1719 – 1789) e José Maurício Nunes Garcia (1767 – 1830). O objetivo desta pesquisa é demonstrar a evolução desta forma musical no repertório luso-brasileiro dos séculos XVIII e XIX. Para isso, além de serem analisadas uma série de vinte e cinco obras compostas pelos músicos acima mencionados, também foram estudados nove tratados musicais dos seguintes autores: Friedrich Wilhelm Marpurg (1718 – 1795)...

A constituição do programa iconografico das irmandades de clerigos seculares no Brasil e em Portugal no seculo XVIII : estudos de caso

Andre Luiz Tavares Pereira
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 23/03/2006 PT
Relevância na Pesquisa
46.31%
A presente tese analisa o papel das irmandades de clérigos seculares, na América portuguesa e em Portugal, como encomendadoras de obras artísticas ao longo do século XVIII. Procura-se demonstrar de que maneira organiza-se seu programa iconográfico até 1731 e como esse conjunto de imagens devocionais e pintura decorativa atende às necessidades político-ideológicas do clero português na seqüência imediata da criação do Patriarcado de Lisboa em 1716. Ainda, ressaltamos a ligação de membros dos altos setores da administração religiosa portuguesa com as referidas irmandades, lembrando o exemplo do primeiro patriarca de Lisboa, D. Tomás de Almeida, ligado intimamente aos quadros da Irmandade de clérigos do Porto. Apresentamos variado registro de imagens e análises cuidadosas do patrimônio artístico das irmandades portuguesas ? Porto, Amarante e Viana do Castelo ? e daquelas instaladas na América portuguesa ? Salvador, Recife e Mariana ? sublinhando a importância do programa de imagens patrocinado por estas agremiações, que interpretamos como manipulação político-teológica da iconografia da Autoridade Religiosa, opção oportuna durante os anos do reinado de D. João V e da organização da administrção eclesiástica na América Portuguesa ao longo do século XVIII

A reclusão femininina no Convento Soledade : as diversas faces de uma experiência (Salvador - século XVIII); The feminine reclusion in the Convent of the Soledade : the different forms of one experience (Salvador – Century XVIII)

Ferreira, Adínia Santana
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
46.55%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Departamento de História, Linha de pesquisa: Sociedade, Instituições e Poder, 2006.; Sob o título “A reclusão feminina no Convento da Soledade: as diversas faces de uma experiência (Salvador- século XVIII)”, analisamos as “diversas faces” da experiência de reclusão feminina nessa instituição, procurando atentar para as concepções, imagens, valores, normas, papéis e significações que informaram a prática de clausura feminina. Para tal, apontamos para a diversidade e pluralidade constitutivas das mulheres, exercendo atividades de gerenciamento, administração, devocionais e educacionais, bem como para as relações de sociabilidade, de trabalho, de vida comunitária, ao lado de vivências individuais. Além disso, mostramos uma instituição presidida por regras e interdições, por um permanente sistema de vigilância e disciplinarização e também por transgressões e rupturas com o isolamento. Espaço, enfim, de submissão, passividade e desapego e, ao mesmo tempo, de autonomia, independência financeira e exercício de poder. ____________________________________________________________________________ ABSTRACT; Under the heading “The feminine reclusion in the Convent of the Soledade: The different forms of one experience (Salvador – Century XVIII)”...

A influência dos tratados de cálculo infinitesimal de Euler no séc. XVIII

Domingues, João Caramalho
Fonte: Sociedade Portuguesa de Matemática (SPM) Publicador: Sociedade Portuguesa de Matemática (SPM)
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em /10/2011 POR
Relevância na Pesquisa
46.32%
Resumo alargado de uma comunicação sobre a influência dos três clássicos tratados de L. Euler (1707-1783) sobre o cálculo infinitesimal.

Reflexão metalinguística no século XVIII: o caso das Reflexões sobre a Lingua Portugueza, de Francisco José Freire

Banza, Ana Paula
Fonte: Calepinus Verlag Publicador: Calepinus Verlag
Tipo: Parte de Livro
POR
Relevância na Pesquisa
56.42%
O presente texto aborda, por um lado, a relevância da obra Reflexões sobre a Lingua Portugueza, de Francisco José Freire - centrada sobre o uso literário da língua e claramente marcada pela doutrina estética da Arcádia Lusitana - na produção metalinguística portuguesa do séc. XVIII; por outro, procura demonstrar que a única edição da obra, póstuma e datada de 1842, se encontra hoje, como em geral todas as edições oitocentistas, além de esgotada, desactualizada, porquanto os seus pressupostos não são actualmente aceitáveis à luz dos princípios teóricos e metodológicos da crítica textual. Finalmente, dá-se conta dos principais objectivos e tarefas de um projecto de edição e estudo de documentos de natureza metalinguística existentes na Biblioteca Pública de Évora, em cujo âmbito se prevê a edição e estudo das Reflexões.

O coleccionismo científico em Portugal nos finais do Antigo Regime (1768-1808)

Brigola, João
Fonte: EDUERJ Publicador: EDUERJ
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
46.32%
As viagens philosoficas iniciadas em Portugal na década de 80 do séc. XVIII, dirigindo-se ao Brasil e a África, enriqueceram o gabinete de história natural da Ajuda (Lisboa). Apresentam-se e discutem-se as operações de saque e de transporte para Paris de parte deste acervo científico, em 1808, pela missão francesa liderada pelo naturalista francês Geoffroy de Saint Hilaire.

Por entre as leis e os interesses : o comércio legal dos Açores com o Brasil na 1ª metade do séc. XVIII

Leite, José Guilherme Reis
Fonte: Universidade dos Açores Publicador: Universidade dos Açores
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2004 POR
Relevância na Pesquisa
46.63%
Corria o ano de 1736 quando a coroa despertou para a situação anómala que se vivia no comércio insular com o Brasil e se decidiu discipliná-lo e a regulamentá-lo de novo. As anomalias enumeradas eram o número de navios enviados, que excediam os autorizados pelas leis estabelecidas e até agora esquecidas, a incorporação nos géneros enumerados de fazendas estrangeiras proibidas pela mesma legislação anterior e capciosamente incluídos sob pretexto de terem sido já despachadas nas alfândegas e finalmente aquele que seria o pior dos atentados à política colbertista em voga, a quantidade de ouro trazido do Brasil, mesmo amoedado e que servia para pagamento no estrangeiro, saindo assim do Reino. Mas para atalhar a tais escândalos o Rei não pretendia inovar, pretendia antes repor o espírito das velhas leis do século XVII que, apesar de tudo, iam ao encontro dos desejos insulares. É verdade1 que o velho monopólio da Companhia do Comércio do Brasil , de 1649, havia passado e não mais era impedimento para os produtos insulares, como de facto o havia há muito deixado de ser na lenta agonia daquela velha estrutura comercial, para mais quando ela se extinguiu de todo em 1720, já lá iam uns bons dezasseis anos. Por outro lado não era contra o monopólio que os insulares se levantavam. Os monopólios...

Para a história da cultura em Portugal no século XVIII : «Oração» de abertura da Academia das Ciências de Lisboa do Padre Teodoro de Almeida

Santos, Eugénio dos
Fonte: Instituto Universitário dos Açores Publicador: Instituto Universitário dos Açores
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /01/1980 POR
Relevância na Pesquisa
56.42%
“Não reflecte serenidade nem monotonia o panorama da cultura portuguesa do séc. XVIII. O seu dealbar é marcado pela «guerra surda entre jesuítas e oratorianos» e, ao atingir-se os meados da centúria, o calor da disputa levara ao rubro os espíritos com a polémica verneiana, a questão da gramática latina e a filosofia dos antigos e modernos. As reformas pombalinas e as controvérsias suscitadas pelos estrangeirados preenchem o resto desse polémico e multifacetado final de setecentos. […]”

Teoria e Prática de Técnicas de Construção e Conservação de Coberturas do Séc. XVIII: Evolução Histórica, Tratadística do Séc. XVIII, Diagnóstico de Anomalias e Restauro Estrutural

Oliveira, Nuno Filipe Marques
Fonte: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Publicador: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
46.7%
Dissertação de Mestrado em Engenharia Civil; Esta dissertação trata sobre a evolução das coberturas até ao séc. XVIII, e sobre as técnicas e os materiais de construção que as integram, pretendeu-se dar valor à reabilitação e conservação do património em Portugal com particular atenção à cobertura do séc. XVIII. Neste sentido, foi desenvolvida uma metodologia de trabalho, tendo por base um caso de estudo edificado, o edifício do Convento dos Franciscanos do Varatojo, no concelho de Mesão Frio. Para melhor enquadramento do Convento no espaço e no tempo, foi elaborada uma análise histórica e arquitectónica do edifico, um levantamento sobre o concelho onde se insere, a sua história e o património nele existente. Durante este trabalho efectou-se o registo das anomalias encontradas no edifício, com o objectivo de dar resposta à conservação dos materiais. Assim, realizou-se um estudo da cobertura do estilo pombalino, que envolveu o levantamento das anomalias, as dimensões e da identificação dos materiais empregues, de forma a dar propostas de conservação e reabilitação. Apresentam-se os resultados de um estudo envolvendo uma análise linear elástica, pelo método dos elementos finitos, de uma asna...

Made and sold by Bardin: estudo e tratamento de um par de globos do final do séc. XVIII

Vaza, Ana Rita Alves da
Fonte: Faculdade de Ciências e Tecnologia Publicador: Faculdade de Ciências e Tecnologia
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
46.32%
Dissertação apresentada na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa para obtenção do grau de Mestre em Conservação e Restauro; Este trabalho centra-se no estudo de um par de globos (terrestre e celeste) do final do séc. XVIII produzidos pela firma W. Bardin e G. Wright e o diagnóstico e tratamento do globo celeste. Uma breve introdução à história dos globos e sua construção precede a caracterização técnica e material do globo celeste, que foi intervencionado. Foram realizadas análises de microscopia óptica, de espectrometria de fluorescência de raios-X (XRF) e micro-espectroscopia de infravermelhos com transformada de Fourier (μ-FTIR) para identificação e caracterização dos materiais. O globo apresentou as alterações comuns que ocorrem nestes objectos. O tratamento incluiu a remoção do verniz degradado, a consolidação e o preenchimento da fractura no equador celeste, a limpeza do papel, a remoção parcial de fusos, a substituição da massa de cré nas áreas de degradação, a aplicação de uma camada intermédia de papel, a recolocação das parcelas de fusos que se destacam e, por fim, a aplicação de uma camada de isolamento e de verniz. Com base no trabalho desenvolvido e na pesquisa bibliográfica...

Inovações técnicas e atitudes intelectuaís na literatura açucareiro francesa e luso-brasileira da primeira metade do século XVIII

Marquese,Rafael de Bivar
Fonte: Museu Paulista, Universidade de São Paulo Publicador: Museu Paulista, Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1997 PT
Relevância na Pesquisa
56.42%
O A. analisa duas diferentes atitudes mentais diante das técnicas de produção açucareira nas Antilhas e no Brasil, no começo do séc.XVIII, segundo o registro de dois relatos escritos em francês por Jean-Baptiste Labat (1722) e em português por André João Antonil (1711). Chama a atenção para o problema da racional idade econômica tal como entendida pelos proprietários escravistas do Novo Mundo na busca da inovação técnica.

Engenhos e fazendas de café em Campinas (séc. XVIII - séc. XX)

Silva,Áurea Pereira da
Fonte: Museu Paulista, Universidade de São Paulo Publicador: Museu Paulista, Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2006 PT
Relevância na Pesquisa
46.42%
O artigo estuda a produção arquitetônica rural do município de Campinas legada por dois ciclos econômicos: o da cana-de-açúcar e o do café, a partir do final do século XVIII e no século XIX. Analisa a documentação historiográfica, inventários (arquivos do Centro de Memória da Unicamp) e testemunhos materiais arrolados nos levantamentos de campo. Aborda os edifícios a partir da implantação, no terreno, das diversas formas de agenciamento (no caso da produção cafeeira, a disposição dos edifícios determinada pelo fluxo das operações e tarefas de beneficiamento do grão) e dos múltiplos programas necessários ao setor produtivo e às habitações. Enfatiza a questão tecnológica dos edifícios, revelando a preferência pelos métodos e materiais tradicionais da cultura arquitetônica paulista, particularizada no domínio da taipa de pilão e da taipa de mão até a chegada da ferrovia, na década de 1870.

Mulheres e trabalho em Coimbra (Portugal) no século XVIII e inícios do XIX

Lopes, Maria Antónia
Fonte: Editorial Universidad de Sevilla Publicador: Editorial Universidad de Sevilla
Tipo: Parte de Livro
POR
Relevância na Pesquisa
46.42%
Continuamos a ler em obras de Sociologia e de História da Idade Contemporânea (já para não referir a imprensa escrita e oral) que as mulheres entraram no mercado laboral durante o século XX ou finais do XIX e que até então estavam confinadas ao espaço doméstico. Trata-se de uma afirmação errónea que cabe aos modernistas continuar a desmentir. Propomo-nos abordar alguns aspetos do trabalho feminino na cidade portuguesa de Coimbra durante o século XVIII e princípios do XIX, utilizando documentação de origem municipal e de instituições caritativas. Serão destacadas artesãs, lojistas, vendedoras de mercado, funcionárias dos hospitais, amas de expostos, peticionárias de esmolas e ainda o caso de uma mulher de negócios de sucesso.; In the fields of sociology and contemporary history (not to mention the media) we persistently come across the argument that women entered the labour market in the twentieth century or the late nineteenth century and that until then they were confined to the household. This is an incorrect assertion that early modern historians should continue to refute. In this paper we will address some aspects of female work in the Portuguese city of Coimbra during the eighteenth and early nineteenth centuries...

A influência dos tratados de cálculo infinitesimal de Euler no séc. XVIII

João Caramalho Domingues, João; Centro de Matemática, Universidade do Minho
Fonte: Boletim da Sociedade Portuguesa de Matemática Publicador: Boletim da Sociedade Portuguesa de Matemática
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em 22/02/2012
Relevância na Pesquisa
46.32%
Leonhard Euler (1701–1783) foi provavelmente o mais influente matemático do séc. XVIII. Entre as suas obras clássicas contam-se três tratados que, no seu conjunto (perfazendo seis volumes), fornecem uma apresentação «completa» do cálculo infinitesimal: uma introdução à análise infinitesimal [Euler 1748 ]; um tratado de cálculo diferencial [Euler 1755 ]; e um tratado de cálculo integral [Euler 1768–1770 ]. Estes tratados são muito mais avançados do que quaisquer outros publicados anteriormente — por exemplo, a maior parte de [Euler 1768–1770 ] é dedicada às equações diferenciais, e em particular [Euler 1768–1770 , vol. III] é quase inteiramente dedicada às equações diferenciais parciais, que nunca antes tinham sido objecto de um tratamento sistemático. Para além disso, na altura do seu aparecimento este tratados foram inovadores em diversas questões técnicas e conceptuais, oferecendo uma versão puramente analítica do cálculo infinitesimal — o objecto central de estudo são as funções, e não quantidades geométricas; os argumentos são analíticos, e não geométricos. Mas até que ponto estes tratados foram influentes, e quando?

Reflexões sobre a pronunciação no séc. XVIII português

Banza, Ana Paula
Fonte: Universidad de Zaragoza Publicador: Universidad de Zaragoza
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
46.32%
As Reflexões sobre a Língua Portugueza', de Francisco José Freire, encontram-se estruturadas em três partes, constituídas cada uma por várias reflexões sobre temas específicos, num total de vinte e nove. Na primeira parte, encontram-se reflexões sobre o valor das palavras e a correcção da Gramática. Na segunda parte, de que aqui nos ocupamos, reflecte-se sobre os vícios mais comuns da pronunciação, no que toca a questões morfológicas, relacionadas com as flexões nominal e verbal, mas também sobre questões de natureza fonético-fonológica e prosódica, sendo estas as que nos propomos tratar. Na terceira parte, comentam-se e ilustram-se as reflexões das duas primeiras. Das reflexões de natureza fonético-fonológica da parte segunda, analisam-se aqui as reflexões 18, «Sobre a verdadeira pronunciação de alguns nomes, que corre viciada pelo povo» e 88, «Sobre a pronunciação breve, ou longa de algumas palavras, e nomes próprios». Reservadas para trabalhos futuros ficam as reflexões 9", «Sobre os erros que se commettem na conjugação de alguns verbos», loa, «Em que, tratando-se de algumas figuras da dicção, se responde a algumas objecções que se porão á doutrina da Reflexão antecedente», ll"...

Missionários de letras e virtudes : a pedagogia moral dos franciscanos em Alagoas nos séculos XVIII e XIX.; Missionaries of letteres and virtues: the moral pedagogic from the franciscans on Alagoas in the century s XVIII and XIX.

Santos, Mônica Costa
Fonte: Universidade Federal de Alagoas; BR; Educação brasileira; Programa de Pós-Graduação em Educação; UFAL Publicador: Universidade Federal de Alagoas; BR; Educação brasileira; Programa de Pós-Graduação em Educação; UFAL
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.38%
The present study considered the reconstitution of the educative action developed by the missionaries Franciscans north-eastern Brazilian, in the century s XVIII and XIX, for of the itinerant s missions and the convents of the Order distributed by the region. Our study it was turned, in special, toward the work carried through educative missionary and in the south part of the captainship of Pernambuco, over all from the construction of the two Franciscans convents in the alagoano territory, that had started to serve of base structural for the action of the missionaries. Carriers of a long religious and intellectual tradition, integrated to the colonial context, the Franciscans intended to evangelizer and to civilize the local population and of regions proximal, by means of its moral pedagogic, the end to make data profile of behavior, based on religious beliefs and civilized values. In this direction, faith and reason converged in one same direction, therefore at the same time where religious rules make themselves, also searched to still harmonize, to moralizer and to instruct members of a society in formation. For the elaboration of this study, in we support them in the consultation of works produced for the proper missionaries, the Acts Capitulates of the Franciscan Province of San Anthony of the Brazil (1649-1893) and Books of Chronicles of the Convents of Penedo/Alagoas (1903-1930; 1907-1920)...

Engenhos e fazendas de café em Campinas (séc. XVIII - séc. XX)

Silva, Áurea Pereira da
Fonte: Universidade de São Paulo. Museu Paulista Publicador: Universidade de São Paulo. Museu Paulista
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2006 POR
Relevância na Pesquisa
46.42%
The article studies the architectural country side of the city of Campinas, a legacy of two economic cycles: the sugar cane and coffee industries at the end of the 18th century and during the 19th century. It analyses the historic documentation and files found in the Centro de Memória Unicamp. It is about the buildings and their construction, the different forms of negotiating and the multiple programs necessary to the growing and housing sectors (during the coffee cycle, the disposition of the buildings determined by the flowing of the operations and needs related to the seed betterment). The article also gives emphasis to technological details of the buildings, revealing preference for traditional methods and materials used in the architectural culture in São Paulo state. This particularity is shown by the domain of mud huts until the advent of railroad in 1870.; O artigo estuda a produção arquitetônica rural do município de Campinas legada por dois ciclos econômicos: o da cana-de-açúcar e o do café, a partir do final do século XVIII e no século XIX. Analisa a documentação historiográfica, inventários (arquivos do Centro de Memória da Unicamp) e testemunhos materiais arrolados nos levantamentos de campo. Aborda os edifícios a partir da implantação...

Engenheiros portugueses no século XVIII: as suas "geometrias especulativas"

Mota, Catarina; Ralha, Elfrida; Estrada, Maria Fernanda Oliveira Gonçalves
Fonte: Sociedad Española de Historia de las Ciencias e de las Técnicas Publicador: Sociedad Española de Historia de las Ciencias e de las Técnicas
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em /11/2015 POR
Relevância na Pesquisa
46.31%
O século XVIII Português foi, à semelhança do resto da Europa, fértil em alterações académicas, científicas e ideológicas. O desenvolvimento da ciência e da técnica, o surgimento das primeiras máquinas, impulsionou a área do saber, que atualmente chamamos de engenharia. Em Portugal (à época ainda um império do qual fazia parte, entre outros, o Brasil), as escolas técnicas e militares consolidam-se e surgem vários engenheiros e militares de renome cujas obras se difundem pelo reino. Manuel de Azevedo Fortes (1660-1749), engenheiro-mor do reino Português, publicou, em 1728 e 1729, os dois tomos de uma das suas obras maiores, O Engenheiro Português, obra dedicada à formação dos engenheiros na Academia Militar de Lisboa.. A primeira parte deste tratado aborda os conhecimentos matemáticos que Azevedo Fortes considera essenciais na formação dos engenheiros. Na sua Geometria Especulativa, um manuscrito datado de 1724, aborda os elementos de geometria e trigonometria, sem esquecer as suas aplicações. O Brigadeiro José Fernandes Pinto Alpoim (1700-1765), engenheiro que se destacou na arquitetura e fortificação do Brasil no século XVIII, publicou o Exame de Artilheiros em 1744 e Exame de Bombeiros em 1748, obras contendo os princípios da geometria e da trigonometria e as suas aplicações à engenharia militar que se destinavam ao ensino dos militares na Academia Militar do Rio de Janeiro...

Cronologia das traduções e das obras filológicas orientalistas (séc. XVIII e XIX)

Santos, F. Delfim; University of Canterbury
Fonte: Faculdade de Letras da Universidade Federal de Minas Gerais Publicador: Faculdade de Letras da Universidade Federal de Minas Gerais
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 30/06/2010 POR
Relevância na Pesquisa
46.32%
Cronologia das traduções e das obras filológicas orientalistas (séc. XVIII e XIX)