Página 1 dos resultados de 2387 itens digitais encontrados em 0.005 segundos
Resultados filtrados por Publicador: Instituto de Psicologia, Universidade de Brasília

Rotinas familiares de ribeirinhos amazônicos: uma possibilidade de investigação

Silva,Simone Souza da Costa; Pontes,Fernando Augusto Ramos; Santos,Thamyris Maués dos; Maluschke,Julia Bucher; Mendes,Leila Said Assef; Reis,Daniela Castro dos; Silva,Sarah Danielle Baia da
Fonte: Instituto de Psicologia, Universidade de Brasília Publicador: Instituto de Psicologia, Universidade de Brasília
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.06%
A rotina das famílias tem se revelado uma estratégia interessante que permite conhecer não apenas seu funcionamento, mas também o desenvolvimento de seus membros. Todavia, investigar rotinas constitui um desafio para os pesquisadores interessados nessa temática, principalmente quando se trata de grupos inseridos em contextos culturais diferenciados. Com o intuito de contribuir metodologicamente, o presente trabalho descreve um instrumento de investigação qualitativo (Questionário de Rotinas Familiares - QRF), utilizado para coletar dados de rotinas de famílias que vivem em uma comunidade ribeirinha amazônica, cuja característica principal é o isolamento geográfico e social. São apresentadas as etapas de construção do instrumento, as adaptações necessárias e o modo de organização dos resultados (Diagrama de Atividades Familiares - DAF), ilustrados a partir de um caso investigado.

Rotinas Familiares de Crianças com Necessidades Especiais em Família Adotiva

Silva,Fabíola Helena Oliveira Brandão; Cavalcante,Lilia Iêda Chaves
Fonte: Instituto de Psicologia, Universidade de Brasília Publicador: Instituto de Psicologia, Universidade de Brasília
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2015 PT
Relevância na Pesquisa
37.06%
RESUMOObjetivou-se descrever as rotinas de três famílias, que adotaram crianças com necessidades especiais ,que tinham conhecimento prévio dessa condição infantil. Utilizou-se o método de Estudo de Casos Múltiplos. Os dados foram obtidos por meio de Entrevista Semiestruturada (ES), do Inventário de Rotina (IR) e do Diário de Campo (DC). Quanto às semelhanças entre os grupos familiares, identificou-se que são comuns as atividades de alimentação/higiene, descanso e lazer, envolvendo a participação dos pais, irmãs e babás, geralmente nos ambientes domésticos da família. Observou-se diferenças importantes nos padrões de atividades, companhias e ambientes onde as rotinas ocorriam. Conclui-se que as variações nas rotinas estão relacionadas às particularidades de cada criança, à estrutura e nível socioeconômico de cada família participante.