Página 1 dos resultados de 199 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

Promoção de crescimento em milho (Zea mays L.) por rizobactérias associadas à cultura do guaranazeiro (Paullinia cupana var. sorbilis); Growth promotion of maize (Zea mays L.) by rhizobacteria associated with the culture of guarana (Paullinia cupana var. sorbilis)

Batista, Bruna Durante
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 04/02/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.69%
O uso de fertilizantes minerais nas culturas, inclusive no milho, é uma prática agrícola que provoca danos ambientais e prejuízos econômicos. Uma alternativa promissora, visando melhorar a produtividade e reduzir o uso de fertilizantes, é a utilização de microrganismos benéficos associados às plantas, particularmente as rizobactérias promotoras de crescimento. Essas bactérias vivem na rizosfera e são capazes de colonizar diversos tecidos vegetais, beneficiando o desenvolvimento das plantas através de mecanismos de promoção de crescimento. Na busca por alternativas sustentáveis e mais rentáveis, o presente trabalho teve como objetivo isolar, caracterizar, selecionar e monitorar rizobactérias associadas ao guaranazeiro da Amazônia que possuíssem características promotoras de crescimento vegetal para serem usadas como inoculantes em sementes de milho. Amostras de solo rizosférico de cinco plantas de guaranazeiros foram coletadas e foi realizado o isolamento das rizobactérias. A caracterização molecular foi realizada através do sequenciamento do gene 16S rDNA para análise da diversidade microbiana e identificação das linhagens. Avaliou-se a capacidade das linhagens de produzir ácido indol acético (AIA), fixar nitrogênio atmosférico...

Efeito da aplicação de fitorreguladores em rizobactérias isoladas de diferentes variedades de cana-de-açúcar (Saccharum spp.), no município de Araras - SP

Meneghin, Silvana Perissatto
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 95 f. : il., tabs., qaudros
POR
Relevância na Pesquisa
37.69%
Pós-graduação em Ciências Biológicas (Microbiologia Aplicada) - IBRC; Nas usinas, no início da safra, a obtenção de matéria-prima de boa qualidade é maximizada com a aplicação de fitorreguladores, os quais aumentam o teor de sacarose da cana-de-açúcar. Em áreas onde eles são aplicados, tem se observado melhor desenvolvimento e perfilhamento das plantas. Avaliou-se aqui o efeito da aplicação dos fitorreguladores Ethrel e Moddus sobre o crescimento da cana-de-açúcar, de forma direta e indiretamente, através da modificação da microbiota rizosférica. Além disso, objetivou-se também avaliar o uso de rizobactérias, isoladas dos experimentos com fitorreguladores, para o biocontrole de doenças e seus possíveis mecanismos de ação. Os efeitos dos fitorreguladores sobre os microrganismos do solo foram avaliados em meios de cultura acrescidos de Ethrel e Moddus em concentrações de 0 a 1000 ppm. Estes fitorreguladores foram aplicados via foliar e via solo para análise do desenvolvimento da cana-de-açúcar (variedades RB72454, RB835486 e RB855156) em casa-de-vegetação, utilizando-se solo sem tratamento e tratado com brometo de metila. Após dez meses, foram avaliadas a brotação, altura e matéria seca da parte aérea e das raízes das plantas cultivadas. Rizobactérias foram isoladas dos solos contidos nos vasos e avaliadas in vitro quanto à capacidade de controle de fungos fitopatogênicos (Thielaviopsis paradoxa...

Fungos micorrízicos arbusculares e rizobactérias promotoras de crescimento na aclimatização de zingiber spectabile

Oliveira,João Ricardo Gonçalves de; Moraes,Thiago Alberto de Lima; Melo,Natoniel Franklin de; Yano-Melo,Adriana Mayumi
Fonte: Instituto Agronômico de Campinas Publicador: Instituto Agronômico de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.38%
Microrganismos benéficos exercem importantes funções para a sobrevivência e o desenvolvimento de plantas micropropagadas. O objetivo deste trabalho foi avaliar o potencial de fungos micorrízicos arbusculares (FMA) e rizobactérias promotores de crescimento de plantas (RPCP), isolados e/ou combinados (em dupla inoculação) na aclimatização de Zingiber spectabile Griff. O experimento foi realizado em casa de vegetação utilizando tubetes de 300 mL e pó da casca de coco (Amafibra®) como substrato. O delineamento foi do tipo inteiramente casualizado com dois tratamentos de inoculação com FMA [Glomus etunicatum (Ge) e a mistura de G. etunicatum com Gigaspora margarita (Ge/Gm)], dois tratamentos de inoculação com RPCP [Bacillus thuringiensis (HPF14) e B. pumilus (HPS6)], quatro tratamentos com a combinação destes microrganismos [Ge+HPS6, Ge+HPF14, Ge/Gm+HPS6 e Ge/Gm+HPF14], e o tratamento-controle (não inoculado), em oito repetições. Após 90 dias de cultivo foram avaliados: percentual de sobrevivência, altura, área foliar, biomassa fresca e seca da parte aérea (BFA e BSA) e radicular (BFR e BSR), colonização micorrízica (CM) e conteúdo de macro e micronutrientes na parte aérea. A coinoculação (Ge/Gm+HPS6) favoreceu significativamente a micorrização em relação aos demais tratamentos...

Caracterização morfocultural, biossíntese de autoindutor e formação de biofilme por rizobactérias de hortaliças

Pinton,Rachel; Dias,Anelise; Xavier,Terezinha Ferreira; Rouws,Luc Felicianus Marie; Xavier,Gustavo Ribeiro; Rumjanek,Norma Gouvêa; Ribeiro,Raul de Lucena Duarte
Fonte: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira Publicador: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.56%
O objetivo deste trabalho foi caracterizar e agrupar rizobactérias, isoladas de hortaliças, quanto à morfologia cultural, riqueza e diversidade e avaliar a biossíntese de autoindutores N-acil lactonas homoserinas (ALH) e a capacidade de formação de biofilmes. Sete estirpes também foram avaliadas quanto ao potencial de promoção de crescimento de Brassica oleraceae var. acephala em casa de vegetação. Para verificar a produção de ALH, foram realizados ensaios com Agrobacterium tumefaciens estirpe NT1 como sistema repórter. A formação de biofilme foi avaliada pelo cultivo do isolado em meio líquido. A promoção do crescimento foi avaliada após inoculação das estirpes em plantas de couve-de-folha pela determinação da produção de massa de matérias fresca e seca. A maior diversidade morfocultural foi encontrada entre as estirpes isoladas de couve-de-folha. De um total de 112 estirpes testadas, 13% foram positivas quanto à produção de ALH; de 91 estirpes, 96% foram capazes de formar biofilmes; e de 79 estirpes, 11% foram positivas para ambas as características. Foram observadas diferenças significativas na massa de matéria seca das raízes com inoculação de 10(9) UFC mL-1 da estirpe R142, que incrementou em 55% a massa de matéria seca das raízes de couve...

Biocontrole da queima-das-bainhas e do nematoide-das-galhas e promoção de crescimento de plantas de arroz por rizobactérias

Souza Júnior,Ismail Teodoro de; Moura,Andréa Bittencourt; Schafer,Jaqueline Tavares; Corrêa,Bianca Obes; Gomes,César Bauer
Fonte: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira Publicador: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/11/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.78%
O objetivo deste trabalho foi avaliar a compatibilidade entre rizobactérias biocontroladoras pré-selecionadas e o efeito de suas combinações sobre a queima-das-bainhas (Rhizoctonia solani), a meloidoginose (Meloidogyne graminicola) e a promoção de crescimento de plantas de arroz. A compatibilidade foi determinada pela antibiose. O efeito das combinações de isolados foi avaliado por microbiolização de sementes de arroz, cultivar El Paso L144, com suspensões das rizobactérias DFs185 (Pseudomonas synxantha), DFs223 (P. fluorescens), DFs306 (ainda não identificada), DFs416 e DFs418 (Bacillus sp.). Essas rizobactérias foram usadas isoladamente ou combinadas em arranjos de dois, três e quatro isolados. O isolado DFs223 não foi combinado com nenhum outro por ser incompatível com os demais isolados. Cinco combinações de rizobactérias (DFs185/418, DFs306/416, DFs306/418, DFs416/418, DFs185/306/418) e o isolado DFs306 destacaram-se por reduzir a reprodução de M. graminicola e promover o crescimento das plantas. A combinação DFs185/306 apresentou os melhores resultados quanto ao controle de R. solani e à promoção de crescimento. A combinação DFs306/416 proporcionou os melhores resultados para o controle das duas doenças.

Visualização in vitro da colonização de raízes por rizobactérias

Queiroz,Brigida P. V. de; Aguilar-Vildoso,Carlos I.; Melo,Itamar S.
Fonte: Grupo Paulista de Fitopatologia Publicador: Grupo Paulista de Fitopatologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2006 PT
Relevância na Pesquisa
37.56%
É proposto nesse trabalho a utilização do substrato phytagel para a germinação de sementes bacterizadas e visualização de colônias bacterianas. Sementes de limoeiro cravo (Citrus limonia Osbeck) foram inoculadas e monitoradas com rizobactérias utilizando-se tubos de ensaio contendo diferentes substratos para germinação de sementes, quais sejam: Ágar-Ágar, Ágar Noble e Phytagel, onde foram avaliados sete isolados rizobacterianos além de um isolado de Escherichia coli DH5a como controle negativo. Verificou-se que o Phytagel permitiu uma visualização nítida da colonização ao longo das raízes, pelas bactérias, como também proporcionou ser uma boa ferramenta para estudar a colonização via microscopia de varredura. As rizobactérias que melhor colonizaram as raízes e que apresentaram turbidez no ágar, ao seu redor, mostraram-se aderidas à superfície radicular, com colonização eficiente em diferentes sítios ao longo das raízes, quando observadas em alta magnificação.

Crescimento de mudas e produtividade de minijardins clonais de eucalipto tratados com rizobactérias selecionadas

Mafia,Reginaldo Gonçalves; Alfenas,Acelino Couto; Ferreira,Eraclides Maria; Zarpelon,Talyta Galafazzi; Siqueira,Leandro de
Fonte: Sociedade de Investigações Florestais Publicador: Sociedade de Investigações Florestais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2005 PT
Relevância na Pesquisa
37.56%
O efeito de rizobactérias promotoras do crescimento foi avaliado sobre a produção de biomassa radicular, número de miniestacas por minicepa e produtividade de minijardins clonais (número de miniestacas x porcentagem de enraizamento) de eucalipto, em viveiro. Com exceção do clone 57, em todos os demais testados foi observado incremento da biomassa radicular, com média igual a 53, 52 e 69%, respectivamente, nos clones 129, 1274 e 7074. Em geral, verificaram-se diferenças significativas em produção de miniestacas, mas não no índice de produtividade. O isolado S1 destacou-se quanto à produção de miniestacas, com incrementos que variaram de 11 a 23% para os clones 129 e 1274, respectivamente. Para o clone 7074, o incremento médio foi de 15%. Os resultados indicam claramente que rizobactérias podem ser utilizadas para maximizar a propagação vegetativa do eucalipto, por estaquia.

Efeito "in vitro" de antibióticos e rizobactérias no controle de bactérias fitopatogênicas ao Eucalyptus spp.

Cunha,Jeane de Fátima; Picoli,Edgard Augusto de Toledo; Alfenas,Acelino Couto; Gonçalves,Rivadalve Coelho
Fonte: Sociedade de Investigações Florestais Publicador: Sociedade de Investigações Florestais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2006 PT
Relevância na Pesquisa
37.38%
Doenças causadas por bactérias constituem um novo desafio à cultura do Eucalyptus spp., podendo, inclusive, limitar o uso de clones suscetíveis. O presente trabalho objetivou avaliar a eficiência de antibióticos e rizobactérias na inibição do crescimento "in vitro" de isolados de bactérias fitopatogênicas ao Eucalyptus spp. na fase de viveiro e de campo. O antibiótico sulfato de amicacina e a rizobactéria S1 (Bacillus subtillis) destacaram-se quanto à inibição do crescimento do isolado fitopatogênico IP1-05 (Pseudomonas chichorii), enquanto a cefoxitina causou maior inibição dos isolados BSV16 e RVV11 (Rhizobium sp.). Os antibióticos de uso comercial na área agronômica, Mycoshield (oxitetraciclina) e Agrimicina (estreptomicina e tetraciclina) foram pouco efetivos. Este trabalho proporciona embasamento a alternativas para controle biológico de doenças bacterianas em mudas de Eucalyptus spp. na fase de viveiro.

Indução do enraizamento e crescimento do eucalipto por rizobactérias: efeito da adição de fonte alimentar e da composição do substrato de enraizamento

Mafia,Reginaldo Gonçalves; Alfenas,Acelino Couto; Ferreira,Eraclides Maria; Teixeira,Débora do Amaral; Zauza,Edival Ângelo Valverde
Fonte: Sociedade de Investigações Florestais Publicador: Sociedade de Investigações Florestais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2007 PT
Relevância na Pesquisa
37.69%
Neste trabalho, objetivou-se avaliar o efeito de leite em pó como fonte alimentar e do tipo de substrato sobre a indução biológica do enraizamento e crescimento de mudas clonais de eucalipto por isolados de rizobactérias. Para o primeiro objetivo, após a aplicação dos isolados de rizobactérias, na proporção de 0,2 ml/cc de substrato de uma suspensão de inóculo ajustada para 10(8) u.f.c./ml, enriquecidos ou não com leite em pó (1%), e decorridos 25 dias do estaqueamento de três clones de eucalipto, avaliaram-se a biomassa seca de raízes e o índice de enraizamento de cada combinação isolado-clone. Para o segundo objetivo, 10 isolados, aplicados na mesma proporção e concentração de inóculos citados anteriormente, foram testados em três substratos de enraizamento: vermiculita pura; moinha de carvão + composto de casca de eucalipto + vermiculita (5:3:1); e composto de casca de arroz carbonizada + vermiculita (1:1), em dois ensaios conduzidos com um clone de eucalipto. Os resultados evidenciaram que a aplicação dos isolados promotores de crescimento proporcionou incrementos significativos na velocidade e índice de enraizamento, bem como no crescimento, expresso pela biomassa radicular, cujos ganhos foram superiores...

Isolamento e seleção de rizobactérias promotoras do crescimento de Pinus taeda

Brunetta,Juliana Margarido Fonseca Couto; Alfenas,Acelino Couto; Mafia,Reginaldo Gonçalves; Gomes,José Mauro; Binoti,Daniel Breda; Fonseca,Nilva Aparecida Nicolao
Fonte: Sociedade de Investigações Florestais Publicador: Sociedade de Investigações Florestais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.38%
Este trabalho teve como objetivos isolar e selecionar rizobactérias promotoras do crescimento de P. taeda. O isolamento foi realizado a partir de mudas com 150 dias de idade, realizando-se a seleção por meio da inoculação dos isolados (10(8) u.f.c mL-1) na proporção de 0,1 mL de inóculo.cm-3 de substrato. Aos 150 dias de semeadura, avaliaram-se as seguintes variáveis: altura da parte aérea, diâmetro do coleto e pesos de matéria seca de raízes e da parte aérea. Entre 99 isolados testados em P. taeda, apenas seis (UFV-AL9, UFV-AM5, UFV-AM2, UFV-F3, UFV-G2 e UFV-G4) destacaram-se quanto à indução de crescimento e ao melhor índice de qualidade de muda. Não se observaram diferenças significativas entre a testemunha e os demais isolados testados.

Potencial de rizobactérias no controle de Fusarium solani (Mart.) Sacc. em pepino (Cucumis sativum L.)

Melo,I S. de; Valarini,P. J.
Fonte: São Paulo - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" Publicador: São Paulo - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz"
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/1995 PT
Relevância na Pesquisa
37.38%
Rizobactérias, isoladas da rizosfera de diferentes hospedeiros foram selecionadas in vitro quanto ao antagonismo contra Fusarium solam agente causai da podridão radicular. In vitro, foram selecionadas 18 bactérias isoladas da rizosfera de plantas sadias de pepino e, destas, somente três foram eficientes em inibir consideravelmente o crescimento micelial do patógeno. Dois isolados de Bacillus subtilis e dois de Pseudomonas sp., antagônicos a outros fungos fitopatogênicos foram incluidos nos testes, os quais mostraram-se capazes de antagonizar F. solani. Em condições de casa-de-vegetação, B. subtilis, linhagem 0G, controlou totalmente o patógeno em todos os ensaios realizados. Promoção do crescimento de plantas foi verificada pela inoculação com linhagens 0G (B. subtilis), St. Barb. e CBPN (Pseudomonas sp).

Caracterização morfocultural, biossíntese de autoindutor e formação de biofilme por rizobactérias de hortaliças.

PINTON, R.; DIAS, A.; XAVIER, T. F.; ROUWS, L. F. M.; XAVIER, G. R.; RUMJANEK, N. G.; RIBEIRO, R. de L. D.
Fonte: Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v.45, n.3, p.284-293, mar. 2010 Publicador: Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v.45, n.3, p.284-293, mar. 2010
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.56%
Resumo ? O objetivo deste trabalho foi caracterizar e agrupar rizobactérias, isoladas de hortaliças, quanto à morfologia cultural, riqueza e diversidade e avaliar a biossíntese de autoindutores N-acil lactonas homoserinas (ALH) e a capacidade de formação de biofilmes. Sete estirpes também foram avaliadas quanto ao potencial de promoção de crescimento de Brassica oleraceae var. acephala em casa de vegetação. Para verificar a produção de ALH, foram realizados ensaios com Agrobacterium tumefaciens estirpe NT1 como sistema repórter. A formação de biofilme foi avaliada pelo cultivo do isolado em meio líquido. A promoção do crescimento foi avaliada após inoculação das estirpes em plantas de couve-de-folha pela determinação da produção de massa de matérias fresca e seca. A maior diversidade morfocultural foi encontrada entre as estirpes isoladas de couve-de-folha. De um total de 112 estirpes testadas, 13% foram positivas quanto à produção de ALH; de 91 estirpes, 96% foram capazes de formar biofilmes; e de 79 estirpes, 11% foram positivas para ambas as características. Foram observadas diferenças significativas na massa de matéria seca das raízes com inoculação de 109 UFC mL-1 da estirpe R142, que incrementou em 55% a massa de matéria seca das raízes de couve...

Potencial de uso de rizobactérias para o controle da fusariose do abacaxizeiro.

DAMASCENO, C. L.; TROCOLI, R. O.; MATOS, A. P. de; RODRIGUEZ, M. A. D.
Fonte: In: JORNADA CIENTÍFICA EMBRAPA MANDIOCA E FRUTICULTURA, 4., 2010, Cruz das Almas. [Anais...]. Cruz das Almas: Embrapa Mandioca e Fruticultura, 2010. (Embrapa Mandioca e Fruticultura. Documentos, 190). 1 CD-ROM. Publicador: In: JORNADA CIENTÍFICA EMBRAPA MANDIOCA E FRUTICULTURA, 4., 2010, Cruz das Almas. [Anais...]. Cruz das Almas: Embrapa Mandioca e Fruticultura, 2010. (Embrapa Mandioca e Fruticultura. Documentos, 190). 1 CD-ROM.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.38%
Atualmente, o Brasil é o maior produtor mundial de abacaxi com uma produção de 2,52 milhões de toneladas. Dentre as regiões produtoras, o Nordeste brasileiro é responsável por aproximadamente 46% desta produção. Na Bahia, quarto produtor nacional, a abacaxicultura é praticada em diversas microrregiões, a exemplo do município de Itaberaba localizado no semi-árido baiano. A abacaxicultura exerce importante papel socioeconômico onde é praticada, uma vez que contribui para geração de emprego e renda, além da fixação do homem no campo. Entretanto, a fusariose, doença causada por Fusarium guttiforme (sin: F. subglutinans), provoca perdas significativas constituindo o principal fator limitante da cultura. O controle da doença baseiase na integração de práticas culturais, incluindo a aplicação de fungicidas. Consciente dos problemas ambientais promovidos pelo uso de agroquímicos, a sociedade tem exigido métodos alternativos ao uso destes produtos. Dentre as alternativas, o controle biológico vem sendo intensivamente estudado como ferramenta no controle integrado de diversas doenças de plantas. Todavia, estudos neste sentido referentes ao patossistema abacaxi - F. guttiforme são escassos ou nulos. Neste estudo objetivou-se verificar o potencial de uso de rizobactérias para o controle da fusariose do abacaxizeiro.; 2010; PDF. 057.

Biocontrole da mela do feijoeiro comum (Rhizoctonia solani) por rizobactérias em condições de campo.

ALMEIDA, U. O. de; VIEIRA JUNIOR, J. R.; FERNANDES, C. de F.
Fonte: Revista Pesquisa e Criação, Porto Velho, n. 10, Suplemento especial, p. 392-400, 2011. Edição dos anais do 20. Seminário Final de Iniciação Científica. Publicador: Revista Pesquisa e Criação, Porto Velho, n. 10, Suplemento especial, p. 392-400, 2011. Edição dos anais do 20. Seminário Final de Iniciação Científica.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.38%
Neste trabalho, buscou-se testar oito rizobactérias obtidas de plantios de feijoeiro nos campos experimentais da Embrapa Rondônia e previamente selecionadas em casa-de-vegetação.; 2011

Aplicação conjunta de rizobactérias e bactérias endofíticas para o biocontrole do Fusarium oxysporum f. sp. Cubense.

CARDOSO, E. B.; LUQUINE, L. S.; SILVA, H. S. A.
Fonte: In: JORNADA CIENTÍFICA EMBRAPA MANDIOCA E FRUTICULTURA, 6., 2012, Cruz das Almas. Anais... Cruz das Almas: Embrapa Mandioca e Fruticultura, 2012. Publicador: In: JORNADA CIENTÍFICA EMBRAPA MANDIOCA E FRUTICULTURA, 6., 2012, Cruz das Almas. Anais... Cruz das Almas: Embrapa Mandioca e Fruticultura, 2012.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.56%
Bactérias endofíticas e rizobactérias têm sido relacionadas com o incremento da produção agrícola devido à sua atuação como promotoras do crescimento de plantas, ou biocontrole de doenças e pragas. Assim, o objetivo do trabalho foi selecionar rizobactérias e bactérias endofíticas e avaliar sua ação conjunta como agentes de biocontrole de Fusarium oxysporum f. sp. cubense (FOC).; 2012

Biocontrole da queima-das-bainhas e do nematoide-das-galhas e promoção de crescimento de plantas de arroz por rizobactérias.

SOUZA JUNIOR, I. T. de; MOURA, A. B.; SCHAFER, J. T.; CORREA, B. O.; GOMES, C. B.
Fonte: Pesquisa Agropecuaria brasileira., Brasília, v.45, n.11, p.1259-1267, nov. 2010 Publicador: Pesquisa Agropecuaria brasileira., Brasília, v.45, n.11, p.1259-1267, nov. 2010
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.78%
Resumo ? O objetivo deste trabalho foi avaliar a compatibilidade entre rizobactérias biocontroladoras pré-selecionadas e o efeito de suas combinações sobre a queima-das-bainhas , a meloidoginose e a promoção de crescimento de plantas de arroz. A compatibilidade foi determinada pela antibiose. O efeito das combinações de isolados foi avaliado por microbiolização de sementes de arroz, cultivar El Paso L144, com suspensões das rizobactérias DFs185 (Pseudomonas synxantha), DFs223 (P. fluorescens), DFs306 (ainda não identificada), DFs416 e DFs418 (Bacillus sp.). Essas rizobactérias foram usadas isoladamente ou combinadas em aCinco combinações de rizobactérias (DFs185/418, DFs306/416, DFs306/418, DFs416/418, DFs185/306/418) e o isolado DFs306 destacaram-se por reduzir a reprodução de M. graminicola e promover o crescimento das plantas. A combinação DFs185/306 apresentou os melhores resultados quanto ao controle de R. solani e à promoção de crescimento. A combinação DFs306/416 proporcionou os melhores resultados para o controle das duas doenças.; 2010

Utilização de rizobactérias e micorrizas na produção de mudas de maracujá; Use of rhizobacterias and mycorrhizal in the production of passion fruit seedlings

Agra, Andre Gustavo Santos de Melo
Fonte: Universidade Federal de Alagoas; BR; Agronomia; Produção vegetal; Proteção de plantas; Programa de Pós-Graduação em Agronomia; UFAL Publicador: Universidade Federal de Alagoas; BR; Agronomia; Produção vegetal; Proteção de plantas; Programa de Pós-Graduação em Agronomia; UFAL
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.84%
Passion fruit is a tropical fruit seasoning used for the manufacture of juices pulps and ices cream, easy acceptance due to the characteristic of aroma and flavor, and of proven medicinal properties. In the search of plants of passion fruit high production, they leave of the principle of the necessity of the organic seasoning use and chemical, that finished for raising the production cost, transferred to test it mycorrhizal fungi arbuscular and for production of seedlings. The present work objectified to study the effect of the association of mycorrhizal symbiosis and promotional rhizobacterias of the growth for the production of changes of plants of passion fruit in the State of Alagoas. The present investigation was conducted on laboratory conditions (Laboratory of Microbiology) and green house of the Center of Agrarian Sciences of the UFAL. The experiment had duration of 90 days, the experimental was in a randomized complete designer delineation complete with inoculation (200 sporos/plant) of plants with mycorrhizal fungi associates and witness, associates and not, with rhizobacterias, seven repetitions each treatment. The analysis of the data with Scutellospora heterogama and for Glomus etunicatum had resulted in better leaf number and size of plants...

Desarrollo de una formulación con base en rizobacterias para la promoción del crecimiento del banano

Valencia Henao, Ana María; Valencia Jaramillo, Victoria Eugenia
Fonte: Universidad EAFIT; Ingeniería de Procesos; Escuela de Ingeniería. Departamento de Ingeniería Procesos Publicador: Universidad EAFIT; Ingeniería de Procesos; Escuela de Ingeniería. Departamento de Ingeniería Procesos
Tipo: bachelorThesis; Trabajo de grado; acceptedVersion
SPA
Relevância na Pesquisa
37.69%
El objetivo de esta investigación, consistió en desarrollar una bioformulación a base de rizobacterias del género Pseudomonas con el propósito de promover el crecimiento de las plantas de banano. Se realizó una evaluación previa de las mejores formulaciones a base de Pseudomonas putida UA44MR-1 y diferentes vehículos con el fin de valorar diversos medios de protección para las células bacteriales. Los vehículos evaluados hacen parte de cuatro categorías reportadas en la literatura: cápsulas poliméricas de alginato de sodio y alginato de sodio con ácido húmico, polvos de talco y caolín, gránulos de harina y líquidos con suspensión bacterial y agua.; 168 p. + presentación (55 diapositivas); Contenido parcial: Rizobacterias promotoras del crecimiento vegetal como Biofertilizantes -- Inoculación de bacterias en el suelo -- Antecedentes de trabajos realizados con rizobacterias -- Capacidades bioquímicas de p. putida UA 44MR-1 -- Formación de biomasa.

Evaluación del efecto fitotóxico de rizobacterias deletéreas sobre el crecimiento radical de Axonopus affinis (Chase) y Lens esculenta (Moench)

Pacheco-Hernández,X.J.; Rodríguez-Dorantes,A.; González-Rivera,R.; Amora-Lazcano,E.; Guerrero-Zúñiga,L.A.; Rodríguez-Tovar,A.V.
Fonte: Instituto Politécnico Nacional, Escuela Nacional de Ciencias Biológicas Publicador: Instituto Politécnico Nacional, Escuela Nacional de Ciencias Biológicas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2015 ES
Relevância na Pesquisa
37.56%
Las malezas ocasionan una gran pérdida en las tierras agrícolas y comúnmente, las medidas de manejo y contención de estas especies se dan con la aplicación de herbicidas, sin embargo; en años recientes se ha presentado un interés en establecer mecanismos de biocontrol seguros, con el empleo de bacterias inhibidoras del crecimiento conocidas como rizobacterias deletéreas (Deleterious rhizobacteria: DRB)que se consideran generalmente como no parasíticas, y causan, de manera sutil, efectos deletéreos a través de la producción de metabolitos dañinos a las plantas. El presente trabajo tuvo como objetivo caracterizar la producción de ácido cianhídrico de pseudomonas rizobacterianas de malezas de un cultivo de alfalfa (Medicago sativa L.) y evaluar el efecto fitotóxico de éstas sobre el crecimiento radical de plántulas de Axonopus affinis (Chase) y Lens esculenta (Moench). De acuerdo con los resultados obtenidos con relación a la evidencia de que los aislados de pseudomonadas son rizobacterias cianogénicas y de su efecto fitotóxico medido sobre las especies vegetales bajo estudio; se sugieren a éstas como posibles agentes de biocontrol con pastos que sean considerados malezas; ya que en general se observó que inhiben su crecimiento radical; sin embargo...

Evaluación de la promoción del crecimiento de Cynodon dactylon L. por rizobacterias productoras de fitohormonas aisladas de un suelo contaminado con hidrocarburos derivados del petróleo

Rojas Contreras,Adriana; Rodríguez Dorantes,Angélica Ma.; Montes Villafán,Silvano; Pérez Jiménez,Sandra; Rodríguez Tovar,Aída; Guerrero Zúñiga,L. Angélica
Fonte: Instituto Politécnico Nacional, Escuela Nacional de Ciencias Biológicas Publicador: Instituto Politécnico Nacional, Escuela Nacional de Ciencias Biológicas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2010 ES
Relevância na Pesquisa
37.84%
El analizar rizobacterias por su potencial in vitro de producción de auxinas puede proveer de una base rentable para la selección de cepas efectivas, particularmente si esta capacidad se emplea en combinación con el análisis de su actividad promotora del crecimiento. Este estudio consistió en la caracterización de la producción intrínseca de rizobacterias aisladas de un suelo contaminado con hidrocarburos derivados del petróleo de producir ácido indolacético y el efecto de éstas sobre el crecimiento in vitro de Cynodon dactylon L, inoculada con estas rizobacterias en sistemas hidropónicos. Las rizobacterias aisladas I, II y III resultaron altas productoras in vitro de ácido indolacético. Se evidenció también la promoción del crecimiento de las plantas de Cynodon dactylon L. con la inoculación de las rizobacterias I y II. En experimentos con la adición de triptofano al medio y la inoculación con la rizobacteria III se observó la acción directa de la presencia del precursor en la biosíntesis de ácido indolacético que favoreció el desarrollo radical y foliar de las plantas.