Página 1 dos resultados de 8406 itens digitais encontrados em 0.025 segundos

Rio+20: análise das notícias publicadas pela Comunicação Social Portuguesa e pelas Entidades Oficiais

Pereira, Ricardo Cardoso Botelho Vinhais
Fonte: Repositório Científico Lusófona Publicador: Repositório Científico Lusófona
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
65.95%
Ultimamente, a ocorrência de graves catástrofes naturais tem demonstrado o problema do ambiente ecológico global. O modo com que atualmente produzimos bens e serviços é insustentável, contribuindo claramente para muitos problemas ambientais atuais. Para tornar o desenvolvimento e o ambiente sustentáveis, os programas experimentais e as campanhas para fortalecer a consciência ambiental devem ser destacados como programas fundamentais preventivos. Apesar de o conceito ser comummente aceite e relativamente fácil de entender, a dificuldade surge na aplicação efetiva dos princípios do desenvolvimento sustentável. Uma vez que a Conferência Rio+20 mobilizou diversos quadrantes da sociedade, levou a debate muitos países de todo o mundo e procura alcançar o desenvolvimento sustentável, e tendo em consideração que a comunicação social representa um pertinente meio de transmissão de informação e as entidades oficiais constituem os principais agentes participativos, procurou-se efetuar uma análise multidimensional das notícias difundidas por alguns destes veículos informativos, de janeiro a julho de 2012, tendo como objeto de estudo a respetiva Conferência, de forma a avaliar o impacte que a mesma provocou nos diversos atores sociais e se existem diferenças expressivas entre estes. A execução deste trabalho obedeceu a uma determinada metodologia...

Environmental impact assessment, from Rio-92 to Rio+20 and beyond

Sanchez, Luis Enrique; Croal, Peter
Fonte: ANPPAS - Revista Ambiente e Sociedade Publicador: ANPPAS - Revista Ambiente e Sociedade
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
65.95%
The 1992 Rio Earth Summit was of paramount importance in the consolidation and international dissemination of environmental impact assessment, officially recognized as a tool for informed decision-making towards sustainable development (Principle 17, Rio Declaration) and for protection of biodiversity (Article 14, Convention on Biological Diversity). A significant development afterwards was the strengthening of strategic environmental assessment in the design of policies, plans and programs. Both forms of impact assessment can establish the necessary connections between one goal of the Rio+20 Conference - reaching an agreement on the transition to a green economy - and the underpinning decision making processes. Although the Rio+20 Summit has faced challenges to acknowledge its potential, impact assessment should be strengthened in support of both government and business decisions.

Principais conclusões do workshop conjunto dos programas FAPESP BIOTA-BIOEN-mudanças climáticas: ciência e políticas públicas para uma economia mais verde, no contexto da RIO+20; Main conclusions of the joint FAPESP programs BIOTA-BIOEN-climate change workshop: science and policy for a greener economy in the context of RIO+20

Joly, Carlos Alfredo; Berlinck, Roberto Gomes de Souza; Bolzani, Vanderlan da Silva; Haddad, Célio Fernando Baptista; Oliveira, Mariana Cabral de; Sluys, Marie Anne van; Souza, Glaucia Mendes; Verdade, Luciano Martins; Victoria, Reynaldo Luiz
Fonte: Instituto Virtual da Biodiversidade | BIOTA - FAPESP Publicador: Instituto Virtual da Biodiversidade | BIOTA - FAPESP
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
65.96%
Este Ponto de Vista resume as conclusões de um Workshop conjunto, organizado pelos três Programas da FAPESP na Área Ambiental - BIOTA (O Instituto Virtual da Biodiversidade) - BIOEN (Pesquisa em Bioenergia) - Mudanças Climáticas, para discutir a contribuição da comunidade científica para a RIO+20, a Conferência das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável. O grupo de pesquisadores brasileiros reunidos pela FAPESP no início de março de 2012 levantou as seguintes preocupações: a) o número reduzido de oportunidades para a comunidade científica interagir com Conferências como a RIO+20; b) as graves deficiências do ZeroDraft, documento produzido pela Divisão das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável para a RIO +20; c) o fato do foco de pesquisa dos três Programas de Pesquisa Ambiental da FAPESP - biodiversidade, bioenergia e mudanças climáticas - não estarem na pauta das discussões da RIO+20; d) que pouca ênfase é dada aos oceanos na Agenda da Conferência; e) em relação aos mecanismos de mercado associados com a transição para uma economia mais verde, a necessidade de enfatizar a redução de subsídios perversos e a promoção de incentivos econômicos para atividades ou processos de mitigação e/ou seqüestro de carbono; f) a necessidade de estimular o desenvolvimento e a consolidação da pesquisa na área de avaliação e valoração de serviços ambientais...

Brazil on the spot: Rio+20, sustainability and a role for science

Scarano,Fabio Rubio; Silva,José Maria Cardoso da; Guimarães,André Loubet; Raik,Daniela; Boltz,Frederick
Fonte: Sociedade Botânica de São Paulo Publicador: Sociedade Botânica de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2012 EN
Relevância na Pesquisa
65.89%
Rio +20, or the United Nations Conference for Sustainable Development, will take place at the end of this month of June 2012. In this paper, our central argument is that Brazil, as the host of Rio+20, has a historic opportunity to make the conference a success and take a decisive step in becoming a world leader in the shift from the traditional development paradigm to a new, sustainable development paradigm. To do that, Brazil will have to resolve a paradox: on the one hand the country has modern legislation and world class science, and on the other hand very poor social and environmental decision-making in recent times. In this column, we examine the green economy as a trajectory that leads to sustainable development and describe some pilot experiences at the sub-national level in Brazil. We discuss how science, and particularly plant sciences, will be essential to the transition to sustainable development. Finally, we propose immediate actions that we call upon the Brazilian government to commit to and to announce during this pivotal Rio+20 moment, which should serve as a milestone for all nations in building a sustainable future.

Global environmental health and sustainable development: the role at Rio+20

Furie,Gregg Lawrence; Balbus,John
Fonte: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2012 EN
Relevância na Pesquisa
65.79%
The Rio+20 United Nations Conference on Sustainable Development represents a crucial opportunity to place environmental health at the forefront of the sustainable development agenda. Billions of people living in low- and middle-income countries continue to be afflicted by preventable diseases due to modifiable environmental exposures, causing needless suffering and perpetuating a cycle of poverty. Current processes of economic development, while alleviating many social and health problems, are increasingly linked to environmental health threats, ranging from air pollution and physical inactivity to global climate change. Sustainable development practices attempt to reduce environmental impacts and should, in theory, reduce adverse environmental health consequences compared to traditional development. Yet these efforts could also result in unintended harm and impaired economic development if the new "Green Economy" is not carefully assessed for adverse environmental and occupational health impacts. The environmental health community has an essential role to play in underscoring these relationships as international leaders gather to craft sustainable development policies.

Rio+20 ou Rio-20?: crônica de um fracasso anunciado

Guimarães,Roberto Pereira; Fontoura,Yuna Souza dos Reis da
Fonte: ANPPAS - Revista Ambiente e Sociedade Publicador: ANPPAS - Revista Ambiente e Sociedade
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2012 PT
Relevância na Pesquisa
65.9%
Passadas quatro décadas da Conferência de Estocolmo sobre o Meio Ambiente Humano, e decorridos apenas alguns meses da Rio+20, parece apropriado analisar o caminho percorrido a partir de Rio-92 e os desafios, em grande parte frustrados, da conferência recém concluída no Rio de Janeiro. Para tais propósitos, são analisados os avanços e retrocessos da agenda global de desenvolvimento sustentável, do processo preparatório e dos resultados alcançados no Rio em Junho de 2012, como também das ameaças provocadas pela nova agenda de segurança estratégica após os eventos de 11 Setembro de 2001 e pela crise econômica e financeira que já dura praticamente uma década. O artigo conclui com as perspectivas da agenda internacional nos próximos anos.

Environmental impact assessment, from Rio-92 to Rio+20 and beyond

Sánchez,Luis E.; Croal,Peter
Fonte: ANPPAS - Revista Ambiente e Sociedade Publicador: ANPPAS - Revista Ambiente e Sociedade
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2012 EN
Relevância na Pesquisa
65.9%
The 1992 Rio Earth Summit was of paramount importance in the consolidation and international dissemination of environmental impact assessment, officially recognized as a tool for informed decision-making towards sustainable development (Principle 17, Rio Declaration) and for protection of biodiversity (Article 14, Convention on Biological Diversity). A significant development afterwards was the strengthening of strategic environmental assessment in the design of policies, plans and programs. Both forms of impact assessment can establish the necessary connections between one goal of the Rio+20 Conference - reaching an agreement on the transition to a green economy - and the underpinning decision making processes. Although the Rio+20 Summit has faced challenges to acknowledge its potential, impact assessment should be strengthened in support of both government and business decisions.

Principais conclusões do workshop conjunto dos programas FAPESP BIOTA-BIOEN-mudanças climáticas: ciência e políticas públicas para uma economia mais verde, no contexto da RIO+20

Joly,Carlos Alfredo; Berlinck,Roberto Gomes de Souza; Bolzani,Vanderlan da Silva; Haddad,Célio Fernando Baptista; Oliveira,Mariana Cabral de; Sluys,Marie-Anne Van; Souza,Glaucia Mendes; Verdade,Luciano Martins; Victoria,Reynaldo Luiz
Fonte: Instituto Virtual da Biodiversidade | BIOTA - FAPESP Publicador: Instituto Virtual da Biodiversidade | BIOTA - FAPESP
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2012 PT
Relevância na Pesquisa
65.92%
Este Ponto de Vista resume as conclusões de um Workshop conjunto, organizado pelos três Programas da FAPESP na Área Ambiental - BIOTA (O Instituto Virtual da Biodiversidade) - BIOEN (Pesquisa em Bioenergia) - Mudanças Climáticas, para discutir a contribuição da comunidade científica para a RIO+20, a Conferência das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável. O grupo de pesquisadores brasileiros reunidos pela FAPESP no início de março de 2012 levantou as seguintes preocupações: a) o número reduzido de oportunidades para a comunidade científica interagir com Conferências como a RIO+20; b) as graves deficiências do ZeroDraft, documento produzido pela Divisão das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável para a RIO +20; c) o fato do foco de pesquisa dos três Programas de Pesquisa Ambiental da FAPESP - biodiversidade, bioenergia e mudanças climáticas - não estarem na pauta das discussões da RIO+20; d) que pouca ênfase é dada aos oceanos na Agenda da Conferência; e) em relação aos mecanismos de mercado associados com a transição para uma economia mais verde, a necessidade de enfatizar a redução de subsídios perversos e a promoção de incentivos econômicos para atividades ou processos de mitigação e/ou seqüestro de carbono; f) a necessidade de estimular o desenvolvimento e a consolidação da pesquisa na área de avaliação e valoração de serviços ambientais...

"Rio +20: what we can learn from the process and what is missing"

Oliveira,Jose A. Puppim de
Fonte: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas Publicador: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2012 EN
Relevância na Pesquisa
65.93%
The United Nations Conference on Environment and Development (UNCED) took place in the city of Rio de Janeiro in 1992 and put the concept of Sustainable Development definitively on policy agendas at all levels from global to local. Twenty years later, even though important progress has been made in several areas, the world still struggles to implement the decisions following up the UNCED and to steer humanity towards a more sustainable path. The UN has set two broad themes for the Earth Summit in 2012, or Rio+20: institutional framework for sustainable development (IFSD) and green economy in the context of sustainable development and poverty eradication. This article makes an overall analysis of the discussions generated by Rio+20. The article starts with a short overview of the debates on sustainable development since the UNCED, until the recent debates on green economy and institutional frameworks for sustainable development. It then highlights some lessons from the discussions catalyzed by Rio+20 analysing why and how progress has been achieved in certain areas and what the obstacles are to move the agenda of green economy and good environmental governance forward to achieve a more sustainable development. It concludes that, besides the tremendous obstacles to implement the agenda on green economy and IFSD...

Desenvolvimento sustentável na Rio+20: discursos, avanços, retrocessos e novas perspectivas

Guimarães,Roberto; Fontoura,Yuna
Fonte: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas Publicador: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2012 PT
Relevância na Pesquisa
65.92%
Depois de quatro décadas da Conferência de Estocolmo sobre o Meio Ambiente Humano, e decorridos apenas alguns meses da Rio+20, este artigo busca se aprofundar no caminho percorrido pela agenda global de desenvolvimento sustentável, a partir de Rio-92 até os desafios, em grande parte frustrados, da conferência recém concluída no Rio de Janeiro. Para tal propósito, foram identificados os avanços e retrocessos nesta agenda, o processo preparatório e resultados alcançados na Rio+20, bem como as ameaças provocadas pela nova agenda ambiental global. A metodologia adotada é de enfoque qualitativo, por meio da utilização de uma abordagem de discurso para primeira etapa de análise dos dados e uma correlação entre a obra de Jared Diamond de 2006 com a Rio+20, como fase complementar. O artigo conclui que os discursos da segurança alimentar, da insuficiência do Produto Interno Bruto (PIB), da credibilidade científica, da economia verde e da importância do setor privado para o desenvolvimento sustentável sobressaíram durante a cúpula de 2012. Além disso, ao analisar as perspectivas da agenda internacional nos próximos anos, o artigo conclui que atualmente o mundo enfrenta um déficit claramente político de implementação de decisões já adotadas reiteradamente. Ou seja...

Políticas da Terra: existe um novo discurso ambiental pós Rio +20?

Wenceslau,Juliana; Antezana,Natalia Latino; Calmon,Paulo du Pin
Fonte: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas Publicador: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2012 PT
Relevância na Pesquisa
65.89%
Políticas públicas envolvem a construção de significado através de discursos, que caracterizam redes semânticas complexas, articulando diferentes pressupostos, conceitos e hipóteses. O objetivo deste artigo é contribuir para o debate sobre a evolução recente da política ambiental, indagando em que medida os debates que marcaram a Rio +20 caracterizam uma ruptura com os quatro discursos predominantes na política ambiental ao longo dos últimos 40 anos. São eles: sobrevivencialismo, resolução de problemas, sustentabilidade e radicalismo verde. Esses discursos são diferentes em seus pressupostos ontológicos (mais realista ou mais nominalista); nas suposições sobre a natureza dos relacionamentos com o meio ambiente (baseados em competição ou em cooperação); na perspectiva que assumem sobre os atores (individualistas ou coletivistas; fortes ou fracos); e nas metáforas que utilizam para defender seus pontos de vista (DRYZEK, 1997). Algumas perguntas também são colocadas para avaliar o impacto e plausibilidade do discurso: que política é associada a ele; seu efeito nas políticas públicas e nas instituições; os argumentos dos críticos; e as falhas reveladas pelas evidências e argumentos. A análise do discurso da Rio +20 foi baseada no documento final da conferência "The Future We Want". Concluímos que os debates da conferência agregam dois grandes discursos: resolução de problemas e sustentabilidade. Alguns efeitos antecipados da Rio +20 são: a melhoria das estatísticas ambientais; aumento de empregos ligados à economia verde; e adoção de políticas regulatórias que modifiquem os preços relativos do uso dos recursos e internalizem os custos das externalidades ambientais.

Rio + 20: ???pol??tica espet??culo???.

Santos, Caio Floriano dos
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande Publicador: Universidade Federal do Rio Grande
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
76%
Este artigo apresenta um panorama da discuss??o e debates realizados durante a Confer??ncia das Na????es Unidas sobre ???desenvolvimento sustent??vel???, popularmente chamada de Rio + 20. Buscando problematizar o conceito de ???desenvolvimento sustent??vel??? e a falta de avalia????o entre as confer??ncias (Rio ??? 92 e Rio +20). Fazendo uma discuss??o sobre a Rio + 20 (e outras confer??ncias) e colocando-a como uma ???pol??tica espet??culo???, fato tamb??m observado no Brasil no que se refere ??s pol??ticas ambientais. O que refor??a o papel dos pesquisadores de procurar desvelar e tornar p??blico este cen??rio de imposi????o da injusti??a ambiental (no m??nimo) sobre determinados grupos sociais.; This article presents an overview of the discussions and debates carried out during the United Nations Conference on ???sustainable development???, popularly known as Rio + 20, seeking to problematize the concept of ???sustainable development??? and the lack of evaluation between the conferences (Rio ??? 92 and Rio +20). It is made a discussion on Rio +20 (and other conferences) and putting it as a ???politics show???, that is also observed in Brazil in relation to environmental politics. These facts reinforces the role of the researchers to search for unveiling and making public this enforcement scenario of the environmental injustice ??? unless ??? on certain social groups.

Anota????es sobre a ???Rio + 20??? e a educa????o ambiental ecomunitarista

Velasco, S??rio Lopez
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande Publicador: Universidade Federal do Rio Grande
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
85.92%
Neste trabalho nos propomos apresentar inicialmente uma breve panor??mica da ???Rio + 20??? para depois come??ar uma an??lise das considera????es dedicadas ?? educa????o no documento final dessa Confer??ncia, intitulado ???O futuro que queremos???, ?? luz de nossa proposta ecomunitarista.; This paper aims to present a ???Rio + 20 ??? overview and then analyses the education section at the final document of the conference, ???The future we want???, and present our ecommunitarianist environmental education.

Breve panorâmica da “RIO + 20”.

Schmidt, Elisabeth Brandão; Freitas, José Vicente de; Velasco, Sirio Lopez; Caporlingua, Vanessa Hernandez
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande Publicador: Universidade Federal do Rio Grande
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
75.91%
Este breve texto pretende dar uma ideia geral do que foi a "Rio + 20" nas suas atividades oficiais e paralelas, e tecer alguns comentários críticos acerca dos seus resultados.; This brief text aims at giving an overview of the official and parallel activities that took place in “Rio + 20”, besides making critical remarks about its results.

As vozes da Rio+20

Araujo, Carolina Lopes
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
POR
Relevância na Pesquisa
66.04%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Centro de Desenvolvimento Sustentável, 2014.; Com vistas a verificar a inclusão das vozes da sociedade nos resultados Rio+20, este trabalho investigou como (ou se) o texto “O futuro que queremos” contempla os interesses e reivindicações representados pelos grupos sociais (Major Groups) em seus pronunciamentos oficiais na Plenária de Alto Nível da Rio+20. Nessa tarefa, foram úteis os aportes teóricos do Modelo Transformacional da Atividade Social, da Teoria Social do Discurso, da Teoria da Ação Coletiva na Gestão de Bens Comuns e da Teoria do Desenvolvimento Sustentável. Metodologicamente, a pesquisa se baseou na Análise de Discurso Crítica. Primeiramente, foram identificados os principais temas abordados pelos Major Groups na manifestação de seus interesses na esfera oficial da Rio+20. Dentre esses temas, cinco foram escolhidos para serem analisados em profundidade neste trabalho, quais sejam: equidade social e combate à pobreza; ciência e tecnologia; aspectos ecológicos do desenvolvimento sustentável; governança global e aspectos econômicos do desenvolvimento sustentável. Aplicando-se categorias de análise discursiva crítica textualmente orientada, buscou-se desvelar os discursos articulados na representação desses temas ao longo do texto final da Rio+20. Pela comparação entre a abordagem a esses temas nos textos dos Major Groups e os discursos representados no texto final da Rio+20...

Main conclusions of the joint FAPESP Programs BIOTA-BIOEN-Climate Change Workshop: Science and Policy for a Greener Economy in the context of RIO+20

Joly, Carlos Alfredo; de Souza Berlinck, Roberto Gomes; Bolzani, Vanderlan da Silva; Baptista Haddad, Celio Fernando; de Oliveira, Mariana Cabral; Van Sluys, Marie-Anne; Souza, Glaucia Mendes; Verdade, Luciano Martins; Victoria, Reynaldo Luiz
Fonte: Revista Biota Neotropica; Campinas Publicador: Revista Biota Neotropica; Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
65.92%
This Point of View summarizes the conclusion of a joint workshop organized by FAPESP's Environmental Research Programs - BIOTA (The Virtual Institute of Biodiversity) - BIOEN (Bioenergy Research) - Climate Change, to discuss the scientific contribution to the RIO+20 UN Conference. Brazilian scientists gathered at FAPESP's headquarters in Sao Paulo City in the first week of March 2012 raised the following concerns: a) that there are very few opportunities for the scientific community to interact with Conferences like the RIO+20; b) the deficiencies of the ZeroDraft, document produced by UN's Division for Sustainable Development for the RIO+20; c) the fact that the focus of all three research programs - biodiversity, bioenergy and climate change - are not on the agenda of discussions of RIO +20; d) that little emphasis is given to the oceans in the Conference Agenda; e) regarding market mechanisms associated with the transition to a greener economy, the need to emphasize the reduction of perverse subsidies and promotion of economic incentives to activities or processes to mitigate emissions and/or carbon sequestration; f) that in Brazil we need to stimulate and consolidate research focused on Ecosystem Services Assessments and Evaluation. The workshop participants recognized the need to strengthen knowledge about international conventions...

Relato de Experiência: Rio +20 e a Agência de Notícias Universitária.

Prado, Mônica Igreja
Fonte: UniCEUB Publicador: UniCEUB
Tipo: Livro
PT_BR
Relevância na Pesquisa
65.85%
Relato de Experiências é o registro do fazer jornalístico da Agência de Notícias do UniCEUB, Projeto de Extensão do curso de Jornalismo do Centro Universitário de Brasília (UniCEUB), instituído em março de 2012. O livro é uma coletânea de depoimento de professores e alunos que participaram da cobertura da Conferência das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável (Rio + 20). Participam como convidados nessa coletânea de relatos os professores Henrique Moreira, Luiz Claudio Ferreira e Mônica Prado e os alunos Ivan Brandão, Sthael Samara e Jamile Rodrigues. Professor Henrique fala da iniciativa de instituir o Projeto de Extensão da Agência de Notícias; Luiz Claudio explica o modelo e os compromissos da Agência de Notícias no âmbito universitário; e Mônica Prado fala de sua experiência de cobertura jornalística do evento Rio +20. O aluno Ivan Brandão conta os bastidores da matéria sobre a lagoa poluída ao lado do Riocentro; Sthael fala das dificuldades de produção e das recompensas da cobertura; e Jamile Rodrigues compartilha a experiência de, estando em Brasília (DF), acompanhar o evento pela imprensa.

Rio+20 como acontecimento jornalístico nas revistas Veja e Época

Reginato, Gisele Dotto; Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Acontecimento jornalístico Formato: application/pdf
Publicado em 21/09/2013 POR
Relevância na Pesquisa
75.87%
http://dx.doi.org/10.5007/1984-6924.2013v10n2p479Este artigo analisa a cobertura jornalística da Conferência das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável (Rio+20), tendo em vista a problematização em torno do conceito de acontecimento jornalístico, com base especialmente em Babo-Lança (2006); Charaudeau (2006); Mouillaud (1997); Quéré (2005; 2011) e Rebelo (2006). São analisadas as revistas Veja e Época, as duas com maior circulação média entre as revistas semanais brasileiras. Como resultado, constata-se ter sido reiterante a utilização do gancho factual do acontecimento para discutir a temática ambiental, porém não foi realizada uma cobertura analítica da Rio+20 como acontecimento. Além disso, as revistas se utilizaram da cobertura do acontecimento para reforçar a credibilidade. A análise demonstra ainda a criminalização e a ironia em relação às manifestações ocorridas durante a conferência e seus eventos paralelos.

Ignacy Sachs. Os desafios da Rio+20

Maury, Editado por Maria Beatriz; Universidade de Brasília - UnB; Disconzi, Gislaine; Universidade de Brasília - UnB
Fonte: Editora de Livros IABS Publicador: Editora de Livros IABS
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 21/12/2011 POR
Relevância na Pesquisa
65.92%
A palestra Os desafios da Rio+20, proferida por Ignacy Sachs, foi apresentada no âmbito do fórum “Quartas Sustentáveis”, no dia 8 de setembro de 2011, no Centro de Desenvolvimento Sustentável da Universidade de Brasília, Brasil. Às vésperas da Rio+20, a palestra do Prof. professor Sachs precedeu o seminário internacional, também realizado pelo CDS, denominado Preparando a Rio+20, propondo um mundo mais sustentável, no qual foram discutidas as implicações do evento que avaliará os acontecimentos ocorridos nos 20 anos que se seguiram à Rio-92. A palestra foi introduzida pelo Diretor do CDS, Prof. Saulo Rodrigues Filho. A palestra do Prof. Sachs foi transcrita e editada a partir da gravação feita ao vivo. Muitos participantes fizeram perguntas e observações, que foram aqui resumidas e incorporadas pelos editores de Sustentabilidade em Debate. A palestra do Prof. Sachs e os temas debatidos foram reunidos e editados em tópicos temáticos, para facilitar a leitura.

Da Rio+20 a Rio-2016: caminhos da sustentabilidade nas olimpíadas;

Flores, Maureen; Universidade Federal do Rio de Janeiro; Puppim de Oliveira, José A.; Universidade das Nações Unidas
Fonte: Editora de Livros IABS Publicador: Editora de Livros IABS
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 29/01/2013 POR
Relevância na Pesquisa
75.96%
Este artigo busca analisar a maneira como os Jogos Olímpicos têm incorporado os principais compromissos da sustentabilidade acordados nas Conferencias Rio 92, Rio+10 e Rio+20 nos seus processos de planejamento e operação, influenciando as cidades anfitriãs na construção do legado dos Jogos. O turismo é um dos carros-chefes da economia do Rio, e a ligação entre os Jogos e a imagem da cidade que vai ficar. Os Jogos irão refletir na quantidade e qualidade da demanda turística durante, mas principalmente depois das Olimpíadas. Eles podem ser uma vitrine para iniciativas inovadoras na área de sustentabilidade que a cidade introduzir. O papel do COI pode ser fundamental para direcionar as ações de sustentabilidade na cidade. O legado de sustentabilidade pode ter nos Jogos seu “ponto de inflexão” para mudar definitivamente a imagem da cidade. Ainda temos um pouco mais de três anos para avançar, mas as bases precisam ser criadas agora.; This article seeks to analyze the way the Olympic Games have incorporated the main sustainability commitments agreed upon during the Rio 92, Rio + 10 and Rio + 20 Conferences, both in their planning and their operational processes, thus influencing host cities in the construction of the Games’ legacy. Tourism is one of the mainstays of Rio’s economy...