Página 1 dos resultados de 82 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

O mar como viagem iniciática : do «Bateau Ivre» de Arthur Rimbaud às «Navegações» de Sophia de Mello Breyner Andresen

Malheiro, Maria Helena
Fonte: Universidade Aberta Publicador: Universidade Aberta
Tipo: Parte de Livro
Publicado em //2005 POR
Relevância na Pesquisa
27.25%
Livro de homenagem à professora Maria Emília Ricardo Marques

Al Berto in lugares : o deambular da melancolia lunar do corpo

Reis, Graciosa Maria Ferreira Curto
Fonte: Universidade Aberta de Portugal Publicador: Universidade Aberta de Portugal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2009 POR
Relevância na Pesquisa
17.25%
Dissertação de Mestrado em Estudos Portugueses Interdisciplinares apresentada à Universidade Abera; O corpus deste trabalho verifica os lugares vividos ou revisitados por Al Berto e estabelece alguns pontos de confluência da sua escrita com Cesário Verde, Fernando Pessoa e Arthur Rimbaud. Explora ainda o deambular do corpo-texto a partir de tópicos que vinculam a subjectividade da escrita sobre a sua própria existência, onde motivos como a melancolia, a solidão, o homoerotismo e a morte são os eixos principais.; Abstract: The corpus of this thesis verifies the spaces lived or revisited by Al Berto and establishes some points of confluence between his writing and Cesário Verde’s, Fernando Pessoa’s and Arthur Rimbaud’s. It also explores the wandering of the text-body, taking into account some aspects that transmit the subjectivity of Al Berto’s writing about his own existence, where issues such as melancholy, solitude, homoeroticism and death are the main guide lines.; Résumé: Le corpus de ce travail vérifie les lieux vécus ou revisités par Al Berto et établit quelques points de confluence de son écriture avec Cesário Verde, Fernando Pessoa et Arthur Rimbaud. On explore encore le déambuler du corps-texte à partir de données qui véhiculent la subjectivité de l’écriture sur sa propre existence...

Um obscuro encanto: gnose, gnosticismo e poesia moderna; Gnosticism, the religious doctrine of Late Antiquity, in its relationship to poetry

Willer, Claudio Jorge
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 28/03/2008 PT
Relevância na Pesquisa
17.25%
A presente tese é sobre gnosticismo, doutrina religiosa da Antiguidade tardia, em sua relação com a poesia. Procura circunscrever seu âmbito, definir suas características e localizar seus principais temas: entre outros, o dualismo, os mito do demiurgo, das duas almas, do andrógino primordial, sua noção do tempo e sua relação com hermetismo, astrologia e alquimia. Mostra como mitos e temas gnósticos e até um estilo, um modo gnóstico de escrever, reaparecem ou são retomados por poetas românticos, simbolistas e modernistas, inclusive aqueles de língua portuguesa. Entre outros, examina William Blake, Novalis, Gérard de Nerval, Baudelaire, Rimbaud, Mallarmé, Lautréamont, Breton, Fernando Pessoa, Dario Veloso e Hilda Hilst. Sustenta que, sendo arcaico e anacrônico em seu dualismo e sua complexa cosmovisão e teologia, ao mesmo tempo o gnosticismo pode ser associado a uma mentalidade moderna e, como parte dela, a criações literárias, algumas inovadoras, pelo caráter sincrético e por formular uma crítica total, cósmica, na era da crítica. Também mostra como poetas não apenas absorveram ou reproduziram aquela doutrina, mas o fizeram de modo pessoal e original, transformando-a e reinventando-a. E, principalmente...

Baudelaire, Rimbaud e o mito do poeta maldito na canção brasileira (1980-2010); Rimbaud and the myth of the accursed poet in the Brazilian song (1980-2010)

Almeida, José Eduardo Rube de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 13/04/2015 PT
Relevância na Pesquisa
38.14%
Neste trabalho, reflito sobre a presença de Baudelaire e de Rimbaud em canções brasileiras. Meu objetivo é discutir a função das alusões a tais poetas partindo da hipótese de que o mito do poeta maldito está presente, de alguma forma, em todas as canções do corpus. Para tanto, selecionei canções lançadas entre 1980 e 2010, período com maior concentração de alusões. As décadas de 1980-1990, especificamente, marcam um período cancional chamado de rock brasileiro, que incorporou elementos da contracultura europeia e estadunidense, momento em que a atualização do mito do poeta maldito foi significativo. Não obstante, outros gêneros cancionais são contemplados neste trabalho, pois também evocam o mito. O corpus foi dividido de acordo com os tipos de alusão, a saber: Baudelaire, Rimbaud, O mito do poeta maldito, e As Flores do Mal, cada qual explorado em um capítulo específico. Há também uma parte destinada à análise de marcas francesas gerais, que mostram a presença francesa de forma mais ampla no cancioneiro do período que aponto aqui. As canções são analisadas conforme suas especificidades, tanto na relação melodia-letra, quanto no âmbito da interpretação do artista, do arranjo, e do contexto histórico - ou na intersecção de todos esses elementos - sempre com a intenção de refletir sobre a alusão em questão e suas possíveis funções. O trabalho também conta com um anexo de letras de canções do corpus e entrevistas com alguns compositores.; In this research...

L’image qui parle : comment traduire l’altérité par l’adaptation de la poésie au cinéma ?

Desjardins, Patrick
Fonte: Université de Montréal Publicador: Université de Montréal
Tipo: Thèse ou Mémoire numérique / Electronic Thesis or Dissertation
FR
Relevância na Pesquisa
28.01%
L’aspect visuel dans les Illuminations de Rimbaud nous a amenés à nous demander s’il était possible d’adapter ces poèmes au cinéma. Il y a eu bien sûr plusieurs recherches sur le cinéma des années 20 qui exploraient la création poétique. D’autres recherches ont été menées pour trouver des traces de poésie dans des films narratifs un peu plus conventionnels. Bien que ces études soient fort intéressantes, nous voulions tendre vers une démarche plus radicale. Notre travail de recherche avait pour but de trouver le moyen de faire une adaptation de poème complètement autonome de l’œuvre originelle. Bien que nous nous soyons penchés sur les textes Surréalistes par l’entremise de Man Ray, nous avons aussi étudié des tentatives plus récentes d’adaptation de poèmes au cinéma. Nous avons découvert un lien entre ces adaptations et la notion d’altérité. C’est pourquoi nous avons décidé de traiter de notre sujet sous l’angle de l’altérité du point de vue philosophique. D’ailleurs, les trois films que nous avons retenus pour notre travail de recherche présentent des situations de marginalisation. La marginalisation est l’un des aspects de l’altérité qui nous intéressent. Le premier chapitre de ce mémoire est destiné à établir ce que nous entendons par altérité. Dans le deuxième chapitre...

Esbozos para un retrato a partir del rostro inconstante de Jean-Nicolas-Arthur Rimbaud reflexiones sobre el acto creador en la poética del vidente

Barragán Montilla, Tanit
Fonte: Pontifícia Universidade Javeriana Publicador: Pontifícia Universidade Javeriana
Tipo: bachelorThesis; Trabajo de Grado Formato: application/pdf
Relevância na Pesquisa
27.58%

Becoming-Dionysian : art, exploration and the human condition in the works of Rimbaud, Burroughs and Bacon / Brodie Beales.

Beales, Brodie Jane
Fonte: Universidade de Adelaide Publicador: Universidade de Adelaide
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 67727 bytes; application/pdf
Publicado em //2005 EN
Relevância na Pesquisa
27.25%
Thesis (Ph.D.)--University of Adelaide, School of Humanities, 2005; Bibliography: p. 313-324.; xii, 324 p., [31] leaves of plates : col. ill. ; 30 cm.; Title page, contents and abstract only. The complete thesis in print form is available from the University Library.

Le dormeur du val de Rimbaud et l’orientation tragique du topos littéraire du “locus amoenus”:analyse énonciative et communicative du poème

Herrero Cecilia, Juan
Fonte: Murcia, Universidad de Murcia, Servicio de Publicaciones Publicador: Murcia, Universidad de Murcia, Servicio de Publicaciones
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
FRA
Relevância na Pesquisa
27.25%

Total Eclipse

Fonte: Universidade de Adelaide Publicador: Universidade de Adelaide
Tipo: Outros Formato: 48628963 bytes; application/pdf
Publicado em 21/03/1970 EN
Relevância na Pesquisa
27.25%
The play "Total Eclipse," deals with incidents in the relationship of the French poets Verlaine and Rimbaud. Mr Hampton's vivid script explores the destructive effect of the two highly sensitive and cruel human beings on each other in the course of the few years they lived together. Though set in the closing decades of the ninetheenth century the play raises issues of personal alienation and youthful introspection which are curiously familiar to us today.; Scanned from the original held in Special Collections, Barr Smith Library

E Rimbaud se fez Rimbauds

Silva, Claudio Everton Martins da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Estudos da Linguagem; Linguística Aplicada; Literatura Comparada Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Estudos da Linguagem; Linguística Aplicada; Literatura Comparada
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
28.08%
Rimbaud, de 16 à 20 ans, a promu le nouveau des idées et formes de la poésie, en abandonnant la tradition par la recherche de l'inconnu, du nouveau verbe poétique où «je est un autre» et contient Rimbauds, multiple. Selon cette perspective, nous limitons la première partie de ce travail, un profil de ce Rimbauds qui concerne: son «Adieu» à la poésie sous la forme de silence: «Je est un autre» - dans laquelle nous avons également parlé du style, l'innovation et caractéristiques, la question - projet poétique?, et, enfin, le mimétisme littéraire de ses premiers poèmes. Dans la seconde partie, on aborde sa poésie, en particulier ses deux proses majeures «Une saison en enfer» et «Illuminations». De la Saison, ont fait des considérations sur ses proses, les proses narratives précédants et les sept proses centrales, dont détaillée de la «Nuit de l'enfer» et illustrent deux caractéristiques de Rimbaud: indécidabilité et incompossibilité. Des «Illuminations» on a saisi les poèmes Ville et Villes «I et II» pour les étudier sous l optique du non-lieu. On travaille encore un autre concept, de la façon dont il est présenté, sept fois dans les Proses, la notion de l Orient :commme il apparaît dans chaque livre...

Uma parada selvagem: para ler as Iluminações de Rimbaud

Fonte: Editora UNESP Publicador: Editora UNESP
Tipo: Livro
Publicado em //2010 PT
Relevância na Pesquisa
27.25%
Poucas são as obras dedicadas à poesia moderna que não façam referência à produção poética de Arthur Rimbaud. Em sua lírica, ocorrem simultaneamente a ruptura com certa tradição literária e a criação de uma linguagem e de uma técnica de escritura que vão repercutir profundamente na poesia posterior. O livro trata de um estudo sobre a obra As iluminações, precedido de reflexões sobre a produção literária do poeta e de caracterizações do poema em prosa. Um dos poemas mais importantes dessa obra, "Parade", termina com uma frase desafiadora: "Somente eu tenho a chave dessa parada selvagem". Com esse desafio irônico, o poeta chamava atenção para um dos pontos fundamentais de sua poética: o texto põe em questão nossos hábitos de leitura, desafia nosso conhecimento lógico, faz com que coloquemos os pés em um universo cuja ordem não é mais aquela que percebemos na realidade.

La búsqueda de la identidad. Imaginación, libertad y compromiso

Yáñez Vilalta, Adriana
Fonte: Facultad de Filosofía y Letras, Universidad Nacional Autónoma de México Publicador: Facultad de Filosofía y Letras, Universidad Nacional Autónoma de México
Tipo: Articulo
ES
Relevância na Pesquisa
27.25%
//// Abstract: This essay is a brief historical review of the concepts of the “double”, the “other”, the “alter ego”. The metaphorical search for identity spreads out through dreams, imagination and creativity. Jean-Paul Richter, Gérard de Nerval, Goethe, Arthur Rimbaud, Thomas Mann, Robert Musil, Rainer Maria Rilke and the french surrealists are some of the authors studied. They contribute to the development of a new conception of the world and of the human being, asserting at each step the power of freedom and action and, at the same time, responsibility, devotion and engagement. Everything implies negation and its double: love and betrayal, ingenuity and grotesqueness, fantasy and pain, sublimity and evil. A universe of echoes and reflections, where one plays with the most secret intimacy. The interior world is a labyrinth and the labyrinth a looking glass.

El turista y el colonizador : una lectura sobre el Viaje a Oriente de Flaubert y Rimbaud

Reyes Macaya, Rodolfo Ignacio
Fonte: Universidad de Chile Publicador: Universidad de Chile
Tipo: Tesis
ES
Relevância na Pesquisa
37.91%
Licenciado en artes mención en teoría e historia del arte; Gustave Flaubert (1821-1880), indudablemente uno de los más importantes escritores occidentales, no sólo se caracteriza por publicar una serie de textos maestros -entre los cuales Madame Bovary es sino el más logrado, al menos el de mayor resonancia en nuestros días-, también se define por ceder ante las fantasías y placeres que prometiera Oriente, encaminando sus pasos hacia aquellas tierras exóticas, peligrosas y sensuales. Su móvil: el placer de ver con sus propios ojos aquello entrevisto desde su infancia en la gran cantidad de representaciones que por aquel entonces circulaban sobre el mundo oriental. Por otra parte, Arthur Rimbaud (1854-1891), poeta, vagabundo, desertor intratable, cumbre y modelo de un rabioso malditismo decimonónico, fija su itinerario sobre aquellas tierras donde la soberanía es ejercida por el sol y la brutalidad; es también Oriente su espejismo. Oriente con sus misterios y, sobretodo, una compleja maquinaria de subyugación colonial que resulta indisociable a la producción de las representaciones que pretendieron desvelarlo. Sin embargo, el móvil de Rimbaud es diferente: enriquecerse a toda costa. Dicho de otro modo, mientras el primero es movido por la promesa de una voluptuosidad mayor...

Henry Miller de cara a Rimbaud

Gayà, Miquel
Fonte: Universidade Autônoma de Barcelona Publicador: Universidade Autônoma de Barcelona
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Relevância na Pesquisa
27.25%
Notícia sobre la publicació catalana de El temps dels assassins traduïda per Jordi Arbonès, publicada a Baleares.

Rimbaud: um híbrido subalterno em contexto colonial?

Barbosa, Lohaine Jardim
Fonte: Anais do Seminário Nacional da Pós-Graduação em Ciências Sociais - UFES Publicador: Anais do Seminário Nacional da Pós-Graduação em Ciências Sociais - UFES
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 14/09/2011 POR
Relevância na Pesquisa
27.78%
Este trabalho visa produzir reflexões sobre subalternidade e hibridação em condições de modernidade ampliada, a partir da uma leitura indiciária da obra e vida de Arthur Rimbaud. Para tanto, empreendo uma análise indiciária de sua poesia e seus poemas, em especial, “Carta do Vidente” e “Alquimia do Verbo”, entre outros, e também de cartas escritas por Rimbaud ou endereçadas a ele. Uma outra fonte de dados privilegiada neste trabalho foi a utilização de biografias do autor, pretendendo-se uma “prosopografia”, ou seja, um estudo de sua vida a partir de seus relacionamentos, suas cartas, relatos, e suas interações. E procuro, construir um campo de visões/enunciações da subalternidade presentes nos poemas e poesias do autor, e também experienciada pelo próprio poeta em suas fugas de casa e viagens pela África. Destacando o “ocidente subalterno”, propondo a leitura da "enunciação poética" de Rimbaud enquanto uma enunciação subalterna em contexto colonial (um camponês, meio francês meio alemão, na Paris burguesa do século XIX, irrompendo a cena intelectual e posteriormente desiludido e negando seu passado, seu nome e sua poesia). No citado capítulo proponho a discussão do autor enquanto um “intelectual desterritorializado"...

Rimbaud Cut-Up Burroughs

Vasconcelos, Mauricio
Fonte: Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG Publicador: Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 31/10/1996 POR
Relevância na Pesquisa
27.58%
O objetivo deste ensaio é o de explorar a relação entre a poesia de Rimbaud e as experiências de William Burroughs com os cut-ups. A influência de Rimbaud sobre o trabalho de Burroughs se estende, contudo, para além dos cut-ups, envolvendo sua escrita ficcional.

Da poesia à prosa: a influência da releitura de Baudelaire e Rimbaud na pós-poesia de Jean-Marie Gleize

Milaneze, Erica; Universidade Estadual de Campinas
Fonte: Faculdade de Letras da Universidade Federal de Minas Gerais Publicador: Faculdade de Letras da Universidade Federal de Minas Gerais
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 16/12/2015 POR
Relevância na Pesquisa
37.78%
No cenário da poesia francesa contemporânea, a pós-poesia representa a busca por novas formas experimentais que se constituem por meio de uma escrita em prosa literal, que tenta efetuar uma “saída” dos modelos tradicionais da poesia, encontrando em Jean-Marie Gleize seu grande animador e teórico. Os diversos textos pós-poéticos gleizeanos são representativos, particularmente, Les chiens noirs de la prose (1999), desta vertente experimental que encontra suas origens na leitura da modernidade poética, destacando-se seu diálogo com as obras de Charles Baudelaire e de Arthur Rimbaud.In the literary scene of contemporary French poetry, the postpoetry represents a search for new experimental forms that constitute by means of a written literal prose, that tries to make an “exit” of the traditional models of poetry, found into Jean-Marie Gleize his great animator theoretical. The various postpoetic texts gleizean are representative particularly, Les chiens noirs de la prose (1999), this experimental poetry, that fi nds its origins in the reading of modernity poetry, standing out its dialogue with the work of Charles Baudelaire and Arthur Rimbaud.

Poesia/cinema/cidade: a vertente Rimbaud

Vasconcelos, Maurí­cio Salles de; Universidade Federal de Minas Gerais
Fonte: Faculdade de Letras da Universidade Federal de Minas Gerais Publicador: Faculdade de Letras da Universidade Federal de Minas Gerais
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 24/10/2011 POR
Relevância na Pesquisa
37.78%
Estudo do aspecto fílmico da imagem em Illuminations, de Rimbaud, e do vínculo que, a partir daí, a obra estabelece com a representação da cidade moderna.Étude de l’aspect filmique de l’image dans Illuminations de Rimbaud et du lien que, à partir du cela, l’oeuvre établit avec la représentation de la ville moderne.

O espaço operádico nas «Illuminations»

Paganini, Luiz Antônio; Universidade Federal de Minas Gerais
Fonte: Faculdade de Letras da Universidade Federal de Minas Gerais Publicador: Faculdade de Letras da Universidade Federal de Minas Gerais
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 06/10/2011 POR
Relevância na Pesquisa
18.08%
Resumo: Neste artigo, nós nos propomos a considerar o espaço operádico produzido pela escritura radical das Illuminations, de Rimbaud. Trata-se do estabelecimento de um espaço movente, cambiante, dinâmico. Um espaço antimimético e que só existe pela linguagem. Uma aproximação entre a leitura da poesia de Rimbaud e a do espaço urbano que considera o lugar do vazio na significação também é sugerido.Palavras-chave: Arthur Rimbaud; Illuminations; poesia; espaço.Resúmé: Dans cet article, nous nous proposons de considérer l’espace opéradique produit par l’écriture radicale des Illuminations, de Rimbaud. Il s’agit de l’établissement d’un espace mouvant, changeant, dynamique. Un espace antimimétique et qui n’existe que par le langage. Un rapprochement entre la lecture de la poésia de Rimbaud et celle de l’espace urbain qui considère le lieu du vide dans la signification est aussi suggeré.Mots-clés: Arthur Rimbaud; Illuminations; poésie; espace.Keywords: Arthur Rimbaud; Illuminations; poetry; space.

A lover's cock and other gay poems gay sunshine press, san francisco, 1980.; A lover's cock and other gay poems gay sunshine press, san francisco, 1980.

Araújo, Antonia Dilamar
Fonte: UFSC Publicador: UFSC
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/1981 POR
Relevância na Pesquisa
17.78%
The union of the two French symbolist poets Arthur Rimbaud and Paul Verlaine revolutionizes the nineteenth and the twentieth centuries with its homoerotic poems. But only now they are having their works printed by Gay Sunshine Press. The collection of erotic poems - A Lover's Cock - reveals to the reader the sexual liberation which happened a century ahead of its time. Rimbaud and Verlaine's is a bold, strong and direct style for a period when to be gay was infamous and unacceptable. In fact, they were ostracized by the Parisian society because of their rude behaviour.; The union of the two French symbolist poets Arthur Rimbaud and Paul Verlaine revolutionizes the nineteenth and the twentieth centuries with its homoerotic poems. But only now they are having their works printed by Gay Sunshine Press. The collection of erotic poems - A Lover's Cock - reveals to the reader the sexual liberation which happened a century ahead of its time. Rimbaud and Verlaine's is a bold, strong and direct style for a period when to be gay was infamous and unacceptable. In fact, they were ostracized by the Parisian society because of their rude behaviour.