Página 1 dos resultados de 1729 itens digitais encontrados em 0.062 segundos

A integralidade das ações em saúde e a intersetorialidade municipal; Integrality in health care and the intersectoriality

Pauli, Liane Teresinha Schuh
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 13/04/2007 PT
Relevância na Pesquisa
55.73%
Movimentos mundiais vêm, através do tempo ampliando os conceitos do processo saúde/doença acrescentando o contexto biopsicosocial e econômico, aumentando as exigências de atuação no setor de saúde. As novas exigências, legalmente compostas, levam à necessidade de novos contornos na administração, no planejamento e na política municipal. Sob a justificativa de avançar no cumprimento das diretrizes constitucionais, na consolidação do processo de descentralização exigido pelo Sistema Único de Saúde, e de direcionar esforços intersetoriais que possam garantir a integralidade das ações em saúde, está pesquisa objetiva, num primeiro momento, analisar a percepção relativa ao conceito de saúde/doença nos vários níveis do governo municipal e o relacionamento do setor de trabalho na gestão pública, com a área de saúde, verificando a viabilidade do trabalho intersetorial no contexto político-organizacional, e num segundo momento, esclarecidos sobre as conclusões e objetivos da pesquisa 1, analisar a percepção sobre a importância do trabalho intersetorial como estratégia para a promoção da integralidade das ações em saúde; após o esclarecimento sobre as conclusões e objetivos da pesquisa 1. O método qualitativo de análise utilizou...

Responsabilidade civil e a transfusão de sangue; Civil responsibility and blood transfusion

Nunes, Helena Ferreira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 04/08/2010 PT
Relevância na Pesquisa
55.94%
O legislador ao normatizar a hemoterapia provocou uma integração da Medicina e do Direito. Com a facilitação do acesso à justiça, inúmeras ações judiciais foram propostas em face das instituições hospitalares e dos profissionais envolvidos nas transfusões de sangue para reparação de prejuízos decorrentes da atividade. De um lado estão os profissionais da saúde, que em alguns casos desconhecem total ou parcialmente suas obrigações, e de outro está o Direito que deve buscar a reparação do dano causado à vitima. Portanto, para que haja o adequado desenvolvimento dos papéis das duas áreas faz-se necessário o apontamento de suas interconexões e conseqüências. Esse trabalho tem por objetivo a análise dos impactos e interfaces da atividade hemoterápica e de suas correspondentes implicações jurídicas ligadas ao instituto da responsabilidade civil previstos no ordenamento jurídico brasileiro vigente. Para realização desse trabalho foram analisadas: a legislação brasileira vigente aplicável ao procedimento de transfusão sangüínea; a literatura médica específica sobre hemoterapia; os estatutos e os códigos de ética dos profissionais da saúde que estão diretamente ligados ao processo da transfusão de sangue; anuários...

Os limites da intervenção judicial na administração das sociedades por ações; The limits of judicial intervention in the management of corporations

Pantano, Tania
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 15/05/2009 PT
Relevância na Pesquisa
55.81%
A legislação aplicável às sociedades por ações utiliza conceitos e normas abertas que devem ser interpretadas com base nos princípios que regem as sociedades por ações, considerando, nessa análise, as características específicas da companhia na qual surgiu a controvérsia e as situações que integram e esclarecem a situação controversa levada a conhecimento do Judiciário. A liberdade dos empresários, na condução de suas atividades, tem fundamento no sistema econômico Brasileiro, conforme princípios da Constituição Federal. No entanto, os interesses sociais protegidos pela Constituição Federal exigem que as empresas, especialmente as sociedades por ações, que agregam características institucionais, estabeleçam limites para a condução das atividades das companhias. Da mesma forma, a criação de um ente autônomo e dotado de patrimônio próprio, cria uma separação entre o poder de controle e administração dos bens, direitos e obrigações que integram esse patrimônio e os acionistas que contribuíram inicialmente para sua constituição, motivo pelo qual a condução dos negócios empresariais deve sempre buscar atingir os interesses da companhia e os agentes necessários para realização dessas atividades têm deveres e responsabilidades com os demais acionistas e terceiros afetados pela existência da companhia. Nesse contexto...

A responsabilidade profissional e a reparação de danos; Responsabilità professionale e resarcimento dei danni

Araujo, Vaneska Donato de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 20/04/2011 PT
Relevância na Pesquisa
55.96%
O trabalho tem por escopo a análise da responsabilidade civil profissional orientada para a extração das características que lhe são peculiares, bem como da reparação do dano dela decorrente, em suas diversas modalidades. Aborda três categorias profissionais: os médicos e demais profissionais da área de saúde; os advogados, tabeliães e profissionais conexos, e engenheiros, arquitetos e empreiteiros. A escolha do tema se justifica em razão do propósito de conferir uma unidade à matéria, quase sempre estudada de maneira desconexa no que tange a cada tipo de profissional. Na presente dissertação, o assunto é tratado de modo a propiciar a reunião de todas as atividades profissionais, já que estas são interligadas por características bastante semelhantes. A abordagem proposta permite não somente a discussão da responsabilidade subjetiva, mas também da imprevisibilidade atinente à atividade do profissional liberal, o que justifica o fato de sua obrigação ser, em regra, de meio. Em síntese, são abordados os seguintes assuntos: elementos essenciais da responsabilidade civil; o dano, em suas diversas modalidades, com ênfase na possibilidade de cumulação dos danos morais com os estéticos, e a perda de uma chance; a responsabilidade civil contratual pertinente à matéria. No tocante à atividade médica...

Responsabilidade do Estado por omissão: prevenção, precaução e controle como meios de evitar a ocorrência do dano; La responsabilité de l'état pour omission: prévention, précaution et contrôle comme un moyen d'eviter l'apparition de dommages

Pedreira, Ana Maria
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 15/04/2013 PT
Relevância na Pesquisa
56.15%
O tema Responsabilidade do Estado é, seguramente, um dos mais estimulantes e de grande atualidade dentro do universo da ciência do Direito, principalmente porque envolve inúmeros aspectos de abordagem. Nos limites desta temática de tão ampla magnitude que abarca não apenas a responsabilidade da Administração como, também, a do Estado Juiz e a do Estado Legislador, a responsabilidade por comportamentos omissivos atrai e desperta o interesse dos estudiosos pelas diversas ponderações que admite. A presente dissertação, com o intuito de impedir que haja confusão conceitual e apreciação superficial sobre o assunto, se limitará à análise da responsabilidade da Administração por comportamentos omissivos, com vistas à aplicação efetiva dos princípios da prevenção e da precaução como uma inovadora possibilidade de se evitar a ocorrência do dano. Também o Controle da Administração Pública, descortinado no capítulo quatro, sugere tal mecanismo como instrumento efetivo e eficaz, o qual encontra-se à disposição da Administração Pública para ser utilizado com o objetivo de evitar que o terceiro suporte as consequências do dano sem a devida reparação, obrigando o Estado ao cumprimento de seu dever de indenizar. Na realidade...

A responsabilidade da administração pública pelo pagamento das verbas trabalhistas inadimplidas pela empresa prestadora em casos de terceirização de serviços

Fantoni, Natália
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
56.01%
O presente trabalho versa sobre a responsabilidade da Administração Pública pelo pagamento de verbas trabalhistas inadimplidas pela empresa prestadora de serviços em casos de terceirização. Num primeiro momento, analisa-se o instituto da terceirização de serviços, mediante considerações acerca de seu conceito doutrinário e das delimitações promovidas pela Súmula 331 do Tribunal Superior do Trabalho. Nessa senda, examinam-se as hipóteses de terceirização lícita e ilícita e os efeitos jurídicos correspondentes. A seguir, discorre-se sobre a terceirização no âmbito da Administração Pública e sobre a responsabilidade desta quanto aos encargos trabalhistas inadimplidos pela empresa prestadora, sob os pontos de vista publicista e trabalhista. Adiante, expõe-se a controvérsia havida entre o disposto no inciso IV da Súmula 331 e a previsão inserida no artigo 71, § 1º, da Lei de Licitações, a solução conferida pelo Supremo Tribunal Federal e seus reflexos nas decisões proferidas pela justiça do trabalho, em especial a alteração da Súmula 331 pelo TST.; This study is about the Public Administration responsibility for the payment of labor appropriations unpaid by a company rendering service in case of outsourcing. Firstly the institution of service outsourcing is analyzed...

A nova redação da Súmula 331, do Tribunal Superior do Trabalho, e a responsabilidade da administração pública pelos créditos trabalhistas não adimplidos pela empresa prestadora em casos de terceirização de serviços

Bruismann, Dirson
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
55.94%
O presente trabalho versa sobre a nova redação da Súmula 331 do TST, levada no aspecto específico da responsabilidade da Administração Pública pelos créditos trabalhistas inadimplidos dos trabalhadores recrutados por empresas por ela contratadas mediante regular procedimento licitatório. Primeiramente analisa-se o fenômeno terceirização, expondo suas características, seus conceitos doutrinários, fundamentos, elementos, efeitos jurídicos e sua evolução histórica. A seguir, discorre-se sobre a responsabilidade civil do Estado sob a ótica do Direito Administrativo, abordando os temas da sua responsabilidade objetiva e subjetiva, bem como as teorias doutrinárias que fundamentam cada uma delas. Por fim, aborda-se a alteração da Súmula 331 do TST e a aplicação da sua nova redação nos julgados trabalhistas envolvendo entes públicos.

Terceirização e a responsabilidade da administração pública

Anzolin, Rossana
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
55.96%
Este trabalho estuda as relações de terceirização, especialmente no que diz respeito à responsabilização da Administração Pública. Aborda, inicialmente, as conceituações doutrinárias mais relevantes sobre a terceirização, as antigas legislações e as decisões judiciais acerca do tema. A seguir, trata da evolução da responsabilidade do Estado e da legislação nacional relacionada a ela. Finalmente, analisa as alterações da Súmula n. 331 do Tribunal Superior do Trabalho e seus reflexos na responsabilidade da Administração Pública.; This study examines the relations of outsourcing mainly concerning the legal accountability of Public Administration. At first, the most significant principles and concepts regarding outsourcing and its earlier laws and legal decisions is considered. Then, the evolution of the responsability of the State and related national legislation is concerned. Finally, the alterations in the High Labor Court Summary No 331 and its effects in Public Administration responsability is analyzed.

Preparo e administração venosa de medicamentos e soros sob a ótica da Resolução COFEN n° 311/07

Cortez,Elaine Antunes; Soares,Glaucimara Riguete de Souza; Silva,Ilda Cecília Moreira da; Carmo,Thalita Gomes do; Carmo,Thiago Gomes do
Fonte: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo Publicador: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2010 PT
Relevância na Pesquisa
55.81%
OBJETIVOS: Levantar na literatura os procedimentos cabíveis ao enfermeiro quanto ao preparo e administração venosa de medicamentos e soros e relacioná-los com os aspectos éticos estabelecidos pela Resolução COFEN n° 311/07. MÉTODOS: Pesquisa do tipo revisão bibliográfica realizada nas bases de dados Medline, Lilacs, SciELO e Bdenf. Uma análise temática foi realizada em 13 artigos e emergiram as categorias: Procedimentos realizados pelo enfermeiro no preparo e na administração venosa; Responsabilidades éticas do enfermeiro: atuação do Poder Judiciário frente às decisões administrativas de natureza disciplinar proferidas pelo Conselho Federal de Enfermagem e Conselhos Regionais da Enfermagem. RESULTADOS: O enfermeiro deve realizar o preparo e administração venosa observando os requisitos básicos que garantam a ausência de danos ao cliente, e em conformidade com o Código de Ética dos profissionais de Enfermagem. CONCLUSÃO: O conhecimento da ética é essencial para a profissão da enfermagem, porque subsidia o embasamento teórico e propicia um fazer com resultados efetivos de forma a proteger o ser humano.

O tema da proteção ambiental incorporado nos discursos da responsabilidade social corporativa

Carrieri,Alexandre de Pádua; Silva,Alfredo Rodrigues Leite da; Pimentel,Thiago Duarte
Fonte: Associação Nacional dos Programas de Pós-graduação em Administração Publicador: Associação Nacional dos Programas de Pós-graduação em Administração
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2009 PT
Relevância na Pesquisa
55.88%
O objetivo do estudo é evidenciar e discutir a configuração dos discursos sobre a responsabilidade social nas organizações, assim como a sua incorporação da temática ambiental. Assume-se que várias estratégias são adotadas para disseminar determinado discurso sobre essas questões. Porém as ambigüidades inerentes à inserção desses temas nas organizações remetem a um discurso fragmentado (Fineman, 1996), revelando práticas de abertura e de dissimulação. A discussão teórica parte do tema responsabilidade social, o confronta com a temática ambiental e relaciona os discursos com as ambigüidades das práticas organizacionais oriundas dos dois temas. Por fim, um estudo de caso na Antena embasa a discussão. Os dados foram coletados por meio de pesquisa documental e de 40 entrevistas semi-estruturadas. Foi utilizado o método da Análise do Discurso (Fiorin, 1989). Como conclusão, comprovou-se que a preocupação com a responsabilidade social, já incorporando a temática ambiental, permeia a organização. Ela está na fala e em ações da alta direção, dos gerentes e de boa parte dos técnicos. Entretanto o silêncio sobre os limites dessa responsabilidade é preenchido por um grupo de técnicos que revela a dissimulação...

Um ensaio teórico de caracterização objetiva e crítica do conceito de Administração

Nascimento,Paulo Tromboni de Souza
Fonte: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas Publicador: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2014 PT
Relevância na Pesquisa
65.86%
Este ensaio busca uma caracterização objetiva e crítica da ideia de administração. Objetiva, porque baseada na resistência que a situação organizacional opõe à atuação do administrador na busca dos resultados mensuráveis, cobrados pelos interlocutores da organização. Crítica, porque, sem desprezar a subjetividade humana, não recorre ao formalismo, nem à noção de racionalidade na construção do conceito de administração. Crítica, também, porque reformula o problema de definição para um de caracterização, supera limitações de boas tentativas anteriores e deixa uma concepção aberta a novas contribuições. O método adotado foi o da análise crítica de conceitos a partir do confronto da literatura dedicada ao tema e desta com outras relevantes e seu exame via situações hipotéticas ilustrativas. A principal contribuição é conjugar as responsabilidades do administrador e seu poder sobre os recursos e interlocução como meios para alcançar resultados vitais à própria constituição e reprodução da organização. Da rede de responsabilidades sociais viriam então o poder do administrador e suas limitações.

O relato integrado e a responsabilidade social da empresa no contexto da economia social

Tomé, Maria Brízida Faria de Sousa
Fonte: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto Publicador: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
65.9%
Dissertação de Mestrado apresentada ao Instituto de Contabilidade e Administração do Porto para a obtenção do grau de Mestre em Contabilidade e Finanças, sob orientação de Doutora Ana Maria Alves Bandeira e de Doutora Deolinda Aparício Meira; Nota: 18 valores; Este estudo pretende aferir em que medida é que o relato integrado se apresenta como instrumento contabilístico adequado para divulgar o comportamento socialmente responsável das entidades de economia social (EES), nomeadamente, de uma associação mutualista. Para o efeito, depois de uma reflexão sobre o conceito e princípios da responsabilidade social da empresa (RSE), da economia social e do enquadramento jurídico das associações mutualistas, procede-se a um estudo empírico, assente numa metodololia qualititiva, através de um estudo de caso de uma associação mutualista. Estando as EES sujeitas a exigências acrescidas de transparência por parte dos stakeholders, designadamente do Estado, apresenta-se uma proposta de relato integrado que evidencie o comportamento responsável desta organização, traduzindo a prossecução do interesse geral por parte da mesma. Os resultados deste estudo confirmam a dificuldade de divulgação de informação relativa às vertentes económica...

A relação entre o governo e das sociedades e a responsabilidade social: estudo de caso das empresas cotadas no PSI20

Ribeiro, Nuno Manuel da Rocha
Fonte: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto Publicador: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
66.08%
Dissertação de Mestrado apresentada ao Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto para a obtenção do grau de Mestre em Auditoria sob orientação de Mestre Helena Maria Santos de Oliveira; Nota: 17 valores; O governo das sociedades têm vindo a centrar atenção crescente, incorporando um conjunto de regras e procedimentos que tem por finalidade otimizar o desempenho de uma organização, com observância de princípios como a transparência e a responsabilização. A responsabilidade social expressa-se pela adoção voluntária de preocupações para com a comunidade, em que ser socialmente responsável é estar para além do mínimo exigido legalmente, tendo aumentado consideravelmente o interesse em torno deste tema. Analisando a relação entre o governo das sociedades e a responsabilidade social, constata-se que ambos tem sido investigados de forma independente, contudo diversos autores consideraram a existência de indícios da sua complementaridade. A presente investigação replica uma hipótese do estudo de Jamali, Safieddine e Rabbath (2008), adaptando-a ao contexto empresarial Português, com o objetivo de compreender como as empresas do PSI201 encaram a relação entre o governo das sociedades e a responsabilidade social à luz de três modelos empíricos. Apresenta-se um estudo de caso...

Creating shared value – a nova abordagem estratégica de Rrsponsabilidade social empresarial

Sequeira, Teresa de Jesus
Fonte: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto Publicador: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
55.84%
Dissertação de Mestrado apresentada ao Instituto Supeior de Contabilidade e Administração do Porto para a obtenção do grau de Mestre em Marketing Digital, sob a orientação da Doutora Sandrina Francisca Teixeira; Face às alterações empresariais impostas pela globalização e a subsequente abertura das fronteiras económicas, num mundo inundado por marcas e produtos, a diferenciação faz cada vez mais sentido para gerar retorno às empresas. Este trabalho demonstra que estão a decorrer transformações empresariais importantes e que as políticas empresariais não podem ser tão centradas no capitalismo e criação de lucro máximo apenas para os acionistas. O mundo de hoje é muito complexo, não podem existir apenas estados com preocupações sociais as empresas também devem ter essa preocupação. Após apresentação de alguns conceitos de Responsabilidade Social Empresarial (RSE), são apresentadas algumas noções e movimentos recentes, os quais dão ênfase ao facto de que as empresas conseguirão melhores retornos se forem socialmente responsáveis e se tiverem posturas empresariais assentes em princípios éticos e sustentáveis. Fizemos também o levantamento dos procedimentos, guias e certificações...

A Contabilidade num contexto de responsabilidade social

Bandeira, Ana Maria Alves
Fonte: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto Publicador: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
55.89%
A responsabilidade social das empresas tem vindo a assumir uma preocupação crescente e isso reflecte-se na Contabilidade. De facto, compete à Contabilidade, como elo de ligação entre a comunidade e as empresas, identificar e medir a contribuição social da empresa, que inclui não só os gastos, os rendimentos e ganhos sociais fáceis de identificar e medir, mas também aqueles que surgem das externalidades que afectam os diferentes grupos sociais. Desta forma, o grande desafio que se coloca à Contabilidade consiste em valorizar e representar as externalidades, positivas e negativas, associadas. Nesta comunicação analisa-se a posição da Contabilidade face à responsabilidade social das empresas tendo em conta os desafios e as dificuldades no reconhecimento e na mensuração das externalidades, positivas e negativas, que afectam a empresa e a comunidade. As unidades económicas têm o dever de informar todos os utentes que com elas se relacionam, sendo a comunidade um dos principais destinatários deste dever. Assim, a informação constitui uma das medidas à priori com que se instrumenta a responsabilidade social das empresas. Adicionalmente, examina-se o papel da Contabilidade num contexto de responsabilidade social tendo em conta o novo sistema de normalização contabilística que entrou em vigor em 1 de Janeiro de 2010.

NCRF 21 – provisões, passivos contingentes e activos contingentes: suas implicações fiscais e de auditoria

Passáro, Alexandra Isabel da Cunha
Fonte: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto Publicador: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
55.91%
Dissertação apresentada ao Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto (ISCAP) para a obtenção do Grau de Mestre em Auditoria Docente orientador: Mestre Domingos da Silva Duarte; A presente dissertação tem por objectivo estudar a Norma Contabilística de Relato Financeiro (NCRF) 21 – Provisões, Passivos Contingentes e Activos Contingentes do Sistema de Normalização Contabilística (SNC), suas implicações fiscais e de auditoria. Escolhemos analisar a NCRF 21 tendo como referências comparativas o anterior normativo contabilístico, o Plano Oficial de Contabilidade (POC) e o normativo que lhe deu origem a International Accounting Standards (IAS) 37 - Provisions, Contingent Liabilities and Contingent Assets, emitida pelo International Accounting Standards Board (IASB) e seu envolvimento ao nível contabilístico, fiscal e de auditoria. Procuramos compreender ao nível do relato financeiro a sua aplicação, no que se refere ao tratamento das provisões e das contingências analisando os Relatórios e Contas de 2010, das empresas portuguesas cotadas no índice bolsista nacional que tem a designação de PSI 20. Constatámos que a NCRF 21 não implicou grandes alterações fiscais e de auditoria. Assim...

Responsabilidade ambiental: análise das divulgações ambientais das empresas do PSI-20 comparativamente com empresas não cotadas

Costela, Jorge Filipe Sarabando Dias
Fonte: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto Publicador: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
55.75%
Orientador: Mestre, António Pinto Marques; A contabilidade surge como um sistema de informação no sentido de ajudar os gestores nas suas tomadas de decisões e de satisfazer todos os utentes da informação, especialmente aos investidores para uma diminuição das assimetrias da informação e que se possa distinguir e comparar empresas que tem boas práticas ambientais das que não têm essas preocupações. Assim as empresas para um complemento à norma de relato financeiro utilizam os sistemas de gestão ambiental como um instrumento de auxílio às organizações que procuram ter mais atenção para os potenciais impactos ambientais das suas actividades. A contabilidade tem por objectivo o reconhecimento, mensuração e divulgação das matérias ambientais nas contas anuais e nos relatórios de gestão das empresas mas, acima de tudo, também demonstrar, de forma clara, a todos os utentes e interessados nos seus relatórios e de que forma a organização está a interagir com o ambiente em que se situa, informar os investimentos realizados, as despesas e as obrigações assumidas em benefício do meio ambiente, seja no sentido de evitar sua degradação, seja nos gastos efectuados para recuperar agressões praticadas contra a natureza e o meio ambiente.; Accounting emerges as an information system in order to help managers in their decisions and satisfy stakeholders especially to investors for the decrease asymmetry of information and we can distinguish and compare companies...

Hipóteses caracterizadoras da responsabilidade subsidiária do Estado em razão de verbas trabalhistas inadimplidas por particular em contrato de terceirização no âmbito da administração pública

Sartor, Valdete Cardoso Cichella
Fonte: Universidade do Extremo Sul Catarinense Publicador: Universidade do Extremo Sul Catarinense
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso - TCC
PT_BR
Relevância na Pesquisa
56.05%
Trabalho de Conclusão de Curso, apresentado para obtenção do grau de Bacharel no curso de Direito da Universidade do Extremo Sul Catarinense, UNESC.; Tendo em vista a crescente demanda judicial acerca da responsabilidade subsidiária da empresa tomadora do serviço, o elevado índice de terceirizados contratados pela Administração Pública e a ampla inadimplência de encargos trabalhistas pelas empresas prestadores de serviço, é que o presente trabalho, partindo dessas questões, segue uma sequência lógica de assuntos relevantes ao entendimento da responsabilidade subsidiária do Estado e a atuação da Administração Pública nos contratos por ela firmados. A pesquisa se justifica pela discussão em torno do art. 71 da Lei nº 8.666/93 e a súmula nº 331 do TST, que muito embora o STF já tenha decidido sobre a questão, a contenda está longe de terminar, já que inexiste lei que regulamente a responsabilidade subsidiária do Estado por débitos trabalhistas inadimplidos por particular em contrato de terceirização. Dessa forma, o trabalho em tela consiste num estudo sistemático de conceitos e teorias, com base em leis, doutrinas e jurisprudências, na busca pelos requisitos ensejadores da responsabilidade subsidiária do Estado que se funda no dever fiscalizador do Ente Público.

Marketing Social Corporativo: estado da arte e proposição de um esquema conceitual; Corporate Social Marketing: state of the art and proposition of a conceptual model

Vieira, Francisco Giovanni David; Universidade Estadual de Maringá; Higuchi, Agnaldo Keiti; Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri; Schneider, Rosemeri; Caixa Econômica Federal; Corrêa, Patricia Soares Azoline; Petrobras S.A.
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Ensaio Teórico; Revisão de Literatura; Modelo Conceitual; Formato: application/pdf
Publicado em 10/12/2013 POR
Relevância na Pesquisa
55.64%
http://dx.doi.org/10.5007/2175-8077.2013v15n37p37A discussão sobre o desenvolvimento de ações sociais por parte de empresas, em regra, tem estado vinculada à concepção de marketing social. Originariamente vinculada à ação do Estado para a resolução de problemas sociais e para incentivar mudança de comportamento da população, essa concepção é reducionista e trata a iniciativa empresarial de marketing no campo social como sinônimo de filantropia, responsabilidade social ou marketing de causa social. O artigo enfoca essa questão, ainda não resolvida teoricamente no âmbito da disciplina, e propõe uma nova concepção para o desenvolvimento de ações sociais por parte das empresas, a qual é sintetizada em um esquema conceitual de marketing social com caráter corporativo. Para tanto, faz-se um balanço do estado da arte e são assinalados antecedentes, questões gerenciais, marcos teóricos, nomenclatura e categorias de análise de marketing social corporativo. Ao término, são apresentados pressupostos, taxonomia, proposições básicas e a aplicação do esquema conceitual.; The debate about the development of social initiatives by business has usually been linked to the concept of social marketing. Founded on a platform originally linked to State action to solve social problems and attempt to promote change in the population behavior...

The social marketing in social responsibility projects in the university; O marketing social em projetos de responsabilidade social universitária

Brasil, Marcus Vinicius de Oliveira; Doutor em Administração-Programa de Pós-Graduação em Administração- PPGA-UNIFOR/Bolsista de pós-doutorado do PNPD/CAPES- Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Bizarria, Fabiana Pinto
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 13/05/2015 POR
Relevância na Pesquisa
55.99%
This research seeks to answer the following question: how is the promotion of social marketing through the actions of social responsibility of an Educational Foundation? The general aim of this paper is to study how the actions of social responsibility in social projects of an Educational Foundation are linked to social marketing. It is established the assumption that the actions of social responsibility of  an Educational Foundation are related to social marketing. This research is a single case study, which are studied eight social projects. The selection criterion of the interviews was intentional. The technique used was content analysis and was also performed a bibliographic and documentary research. The results demonstrate that these projects promote social inclusion and common good in the fight for human rights, through values such as solidarity, environmental ethics and altruism, and involve family and humanized care. Social responsibility projects are guided by the practice of social marketing in the university.; http://dx.doi.org/10.5007/1983-4535.2015v8n2p113Esta pesquisa busca responder a seguinte inquietação: como se dá a promoção do Marketing Social através das ações de Responsabilidade Social de uma Fundação Educacional? O objetivo geral desse artigo é estudar como as ações de Responsabilidade Social em projetos sociais de uma Fundação Educacional estão vinculadas ao Marketing Social. Parte-se do princípio de que as ações de Responsabilidade Social de uma Fundação Educacional estão relacionadas ao Marketing Social. Esta pesquisa é um estudo de caso único incorporado...