Página 1 dos resultados de 2043 itens digitais encontrados em 0.136 segundos

Avaliação da resistência à compressão do concreto através de testemunhos extraídos: contribuição à estimativa do coeficiente de correção devido aos efeitos do broqueamento.; Evaluation of compressive strength of concrete trough core: contribution to the estimative of the coefficiente of correction due to damage of drilling.

Vieira Filho, José Orlando
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 09/05/2007 PT
Relevância na Pesquisa
96.08%
Esta pesquisa experimental destina-se à avaliação da resistência à compressão do concreto na estrutura através da análise das resistências de corpos-de-prova padrão moldados fc(M), denominada potencial e de testemunhos extraídos da estrutura fc(E), denominada efetiva objetivando quantificar o coeficiente de correção devido aos efeitos do broqueamento na extração - nesta tese considerado como a relação entre elas R(M/E) = fc(M)/fc(E) - a ser aplicado à resistência dos testemunhos de mesmas dimensões dos corpos-de-prova. Admitindo-se que a resistência dos testemunhos representa a resistência do concreto na estrutura, esta relação R(M/E) corresponde a parcela yc2 do coeficiente normativo de ponderação da resistência do concreto yc. A norma brasileira NBR 6118:2003 - Projeto de Estruturas de Concreto - Procedimento, para o caso de não-conformidade na aceitação do concreto, indica a extração de testemunhos segundo a NBR 7680:1983. Admite, neste caso de extração, dividir o valor de yc por 1,1 nas avaliações estruturais no estado limite último. Em sua versão anterior de 1978 e registrada como NBR 6118:1980 recomendava que os resultados dos testemunhos fossem corrigidos em virtude dos efeitos do broqueamento...

Influência do tipo de argamassamento e da utilização de peças de ajuste dimensional na resistência à compressão da alvenaria de blocos de concreto; Influence of mortar bedding type and use of adjustment dimensional parts in the compressive strength of masonry of concrete blocks

Izquierdo, Orieta Soto
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 16/03/2011 PT
Relevância na Pesquisa
96.08%
A alvenaria estrutural destaca-se na indústria da construção civil atual pelas vantagens que apresenta em comparação com outros sistemas convencionais, devendo ainda ser estudada para um melhor aproveitamento do sistema. Este trabalho estuda a alteração de resistência de compressão em paredes de alvenaria estrutural devida ao lançamento da argamassa de assentamento apenas nas laterais dos blocos em comparação com o lançamento total e à inserção de peças de ajuste dimensional para o acerto de modulações de paredes de alvenaria. Foram realizados os ensaios experimentais correspondentes à caracterização dos materiais empregados e os ensaios de resistência à compressão das unidades, prismas e mini-paredes. Todos os materiais cumpriram com os requisitos normalizados para sua correta utilização nos testes experimentais. Os resultados dos ensaios à compressão dos elementos demonstraram que o efeito do tipo de argamassamento influenciou notavelmente na resistência à compressão da alvenaria, apresentando melhor desempenho o argamassamento total. O uso de peças de ajuste dimensional (rapaduras) não reduziu a resistência à compressão das mini-paredes.; Currently, the structural masonry still has some advantages in the construction industry as compared with conventional systems...

Avaliação da resistência à compressão e da absorção de água de concretos utilizados após o tempo máximo de mistura e transporte especificado pela NBR 7212; Evaluation of compressive strength and water absorption of concrete used after the maximum time of mixing and transport specified by NBR 7212

Polesello, Eduardo
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
96.03%
A norma brasileira NBR 7212 (ABNT, 1984), para execução de concreto dosado em central, estipula o tempo máximo para que o concreto seja descarregado (aplicado) completamente em 150 minutos. O tempo para utilização do concreto está vinculado às reações de hidratação do cimento e à perda de abatimento que ocorre com o concreto fresco, um fenômeno normal definido como sendo a perda de fluidez com o passar do tempo. Essa propriedade do concreto é particularmente importante no caso de concreto dosado em centrais, pelo fato do primeiro contato da água com o cimento ser na central enquanto que o lançamento/adensamento ocorrerá alguns minutos ou horas depois, quando o caminhão betoneira chegar ao canteiro de obras. Na prática, muitas vezes, ocorrem situações onde caminhões ficam carregados com concreto por 4 ou 5 horas, em função de atrasos no transporte ou na descarga, caracterizando um tempo bem acima do limite especificado pela norma. A dúvida de utilizar ou não o concreto nessas condições existe, pois não há conhecimento consolidado quanto às suas propriedades finais quando empregado com tempo de mistura que já tenham excedido o limite máximo especificado por norma. O objetivo desta pesquisa é investigar o comportamento de concretos do ponto de vista da resistência à compressão e absorção de água...

Concreto usinado : análise da variação da resistência à compressão e de propriedades físicas ao longo da descarga do caminhão betoneira; Ready-mixed concrete: analysis of the concrete strength variability against compression and its physical properties along the unloading of the concrete mixer truck

Mascolo, Rafael
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
96.04%
A crescente utilização do concreto, que é o produto mais fabricado no mundo em termos de volume, somada à pressão do mercado por redução de custos com manutenção das exigências mínimas para segurança do projeto, tem impacto direto na importância e necessidade do controle de qualidade do material. Para concretos usinados, predominantes em grandes centros urbanos, as normas do país preconizam a não utilização dos 15% iniciais e finais do volume total de concreto do caminhão betoneira para fins de ensaio. No entanto, devido a maior facilidade e agilidade, é constatada como prática comum nos canteiros de obra da região a coleta de amostras logo da primeira porção de concreto descarregado. Considerando tal procedimento, fora do padrão preconizado por norma, somado à ausência de normatização para aferição da qualidade do misturador e uniformidade da mistura do concreto e a importância dos ensaios de controle de qualidade dos concretos perante a segurança das estruturas, a presente pesquisa tem como objetivo analisar as variações de resistência à compressão e de propriedades físicas do concreto ao longo da descarga da mistura em caminhão betoneira. A fim de atingir a meta proposta, realizaram-se coletas de amostras em cinco pontos distintos...

Investigação do potencial dos ensaios APULOT e pull-out para estimativa da resistência a compressão do concreto

Vale Silva, Bruno do
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 178 f. : il., gráfs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
96.08%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Engenharia Mecânica - FEIS; O concreto armado fundamenta-se quase que essencialmente no trabalho conjunto do concreto e do aço, sendo a aderência entre estes um dos principais responsáveis pelo bom desempenho do concreto armado. Vários tipos de ensaios de aderência foram propostos ao longo dos anos. O mais usado, dada a sua simplicidade e eficiência, é o chamado pull-out test, proposto pela RILEM/CEB/FIP RC6 (CEB, 1983). Vários pesquisadores têm estudado o fenômeno da aderência e aplicado este ensaio com sucesso, e tornou-se claro que a resistência à compressão de concreto é um parâmetro fundamental para determinar a tensão de aderência. Considerando satisfatória esta relação entre a resistência à compressão e tensão de aderência e, diante dos problemas conhecidos de confiabilidade associados com a moldagem, cura e ruptura dos corpos-de-prova de concreto para os ensaios de compressão, foi verificado e proposto por Lorrain e Barbosa (2008) uma inversão na forma de obtenção da resistência do concreto: a utilização do ensaio de arrancamento pull-out test enquanto ensaio de controle de qualidade do concreto, em situações previstas de ruptura. Este ensaio modificado a partir do pull-out test foi denominado de ensaio APULOT...

Gessos odontológicos: avaliação da resistência à compressão e da

Marodin, Aline Luiza
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 80 f.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
96.06%
TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro de Ciências da Saúde. Odontologia.; O objetivo desta pesquisa foi avaliar a resistência à compressão de gessos odontológicos, em razão de diferentes técnicas de espatulação, manual ou a vácuo, e avaliar a morfologia dos seus cristais, em microscópio eletrônico de varredura (MEV), em cada uma dessas situações. A pesquisa investigou, através de experiência em laboratório, a resistência à compressão de corpos-de-prova de cinco tipos de gesso (comum; pedra tipo III; pedra tipo IV; pedra tipo V e reforçado por resina). Para o teste de resistência, confeccionou-se 200 matrizes cilíndricas de PVC de 2 cm de diâmetro interno por 4 cm de altura, (n=20). Para a avaliação microscópica, confeccionou-se 10 moldes, com silicona pesada e leve, de uma face vestibular de um padrão de dente preparado, utilizando-se uma moldeira de silicone de 1 cm de altura por 1 cm de diâmetro interno A manipulação foi realizada de duas maneiras: manual e a vácuo, seguindo rigorosamente as instruções do fabricante para cada tipo de gesso. Para os testes, fez-se uso da máquina universal de ensaio EMIC, do Laboratório de Engenharia Mecânica da UFSC...

Estudo comparativo da resistência à compressão do betão em provetes normalizados e em estrutura betonada

Pires, Sílvia Magalhães da Silva
Fonte: Faculdade de Ciências e Tecnologia Publicador: Faculdade de Ciências e Tecnologia
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
106.09%
Dissertação para obtenção do Grau de Mestre em Engenharia dos Materiais; A resistência à compressão é por excelência o parâmetro de caracterização do betão uma estrutura. O presente trabalho consiste no estudo da relação existente entre a resistência à compressão duma estrutura in situ com a resistência à compressão obtida através de ensaios normalizados em laboratório. Para o efeito, procurou-se correlacionar valores obtidos nos ensaios de resistência à compressão (destrutivo) e de esclerometria (não destrutivo) do betão, com o intuito de definir a fiabilidade deste último. Através dos resultados obtidos em ensaios esclerométricos e de resistência à compressão realizados em provetes cúbicos de 150

Resistência à compressão do solo-cimento com substituição parcial do cimento Portland por resíduo cerâmico moído

Dallacort,Rivanildo; Lima Júnior,Humberto C.; Willrich,Fábio L.; Barbosa,Normando P.
Fonte: Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG Publicador: Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2002 PT
Relevância na Pesquisa
96.01%
Neste trabalho, apresenta-se o estudo experimental da resistência à compressão do solo-cimento, com substituição parcial do cimento Portland por resíduo cerâmico moído. Para tanto, foram ensaiados 81 espécimenes cilíndricos desse material à compressão, em que parte do cimento foi substituída por material cerâmico moído. Realizou-se uma programação fatorial, na qual três variáveis foram selecionadas para estudo: o teor de material ligante (cimento + resíduo cerâmico), a umidade do solo e o teor de resíduo cerâmico adicionado. É apresentado um estudo estatístico através de análise de variância da massa específica do material e da resistência a compressão. Tal estudo permitiu concluir-se que substituições de 25 e 57% do teor de cimento por material cerâmico podem produzir blocos de solo-cimento com resistências superiores a 2 MPa, com teor de material ligante de 6 e 8%, respectivamente.

Comparação de espessura de película e da resistência à compressão dos cimentos vedantes de ionômero de vidro convencional versus reforçado com resina

Carvalho,Gustavo Tedesco de; Ogasawara,Tsuneharu
Fonte: Rede Latino-Americana de Materiais Publicador: Rede Latino-Americana de Materiais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2006 PT
Relevância na Pesquisa
96.03%
O objetivo deste trabalho foi avaliar, em cimentos utilizados exclusivamente para cimentação de trabalhos protéticos indiretos, as reais melhorias mecânicas dos ionômeros modificados com resina em relação aos ionômeros convencionais. Desenvolvimentos termodinâmicos foram realizados para melhor compreender os vidros componentes dos cimentos estudados, bem como melhor interpretar resultados experimentais. O trabalho experimental realizado com três cimentos ( Ketac Cem - ESPE, Fuji Plus - GC e Vitremer - 3M) caracterizados como cimentantes, isto é, utilizados na cimentação de trabalhos odontológicos indiretos, consistiu em: caracterização do pó original dos cimentos através de microscopia eletrônica de varredura; determinação da espessura de película de cimentação; análise por microscopia ótica de seções de corte de amostras de cimento curado; e ensaios de resistência à compressão em amostras de cimento curado. Foram obtidos os resultados de análises estatísticas dos dados coletados sobre espessura de película de cimento vedante e da resistência à compressão do mesmo. Concluiu-se que a espessura de película do cimento Vitremer é significativamente menor do que aquela do cimento Ketac Cem, que por sua vez é significativamente menor do que a do cimentoFuji Plus; a resistência à compressão do cimento Fuji plus é significativamente maior do que aquela do cimento Vitremer...

Concretos produzidos com resíduos do beneficiamento de ágata: avaliação da resistência à compressão e do consumo de cimento

Betat,E.F.; Pereira,F.M.; Verney,J.C.K. de
Fonte: Rede Latino-Americana de Materiais Publicador: Rede Latino-Americana de Materiais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2009 PT
Relevância na Pesquisa
95.98%
No Estado do Rio Grande do Sul, os processos produtivos de beneficiamento de pedras semi-preciosas, como a ágata, geram resíduos que demandam soluções quanto ao destino do passivo acumulado no processo. A utilização de resíduos e subprodutos industriais na Construção Civil apresenta-se como uma excelente alternativa para diminuição do impacto ambiental e contribuição para o desenvolvimento sustentável. O presente trabalho avalia a influência da utilização do resíduo de ágata como agregado graúdo na resistência à compressão e no consumo de cimento de concretos produzidos com diferentes proporcionamentos e teores de agregado reciclado. Para a produção dos concretos foram utilizados os traços 1:3,5; 1:5,0 e 1:6,5, com três teores de substituição do agregado graúdo natural pelo agregado graúdo reciclado: 25%, 50% e 75%. Com os resultados de resistência à compressão foram obtidos diagramas de dosagem para cada teor de agregado reciclado e determinados os consumos de cimento para concretos com diferentes níveis de resistências. A análise dos resultados permitiu concluir que a utilização do resíduo de ágata em concretos pode ser viável, sendo o teor de 50% de substituição o que apresentou melhor desempenho.

Avaliação da resistência à compressão, resistência à tração e formação de microfissuras em concretos produzidos com diferentes tipos de cimentos, quando aplicado um pré-carregamento de compressão

Vieira,Geilma Lima; Molin,Denise Carpena Coitinho Dal
Fonte: Associação Nacional de Tecnologia do Ambiente Construído - ANTAC Publicador: Associação Nacional de Tecnologia do Ambiente Construído - ANTAC
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2011 PT
Relevância na Pesquisa
96.06%
Muitas empresas construtoras que querem competitividade no mercado buscam soluções para aumentar a velocidade de seus empreendimentos, tal como a redução do tempo de execução da estrutura, redução do tempo de escoramento e execução antecipada das alvenarias, sem respeitar o prazo mínimo de cura do concreto. A retirada precoce do escoramento submete a estrutura a uma carga prematura. Os danos causados pela incompleta reação de hidratação e cura do concreto podem desencadear um processo generalizado de formação de microfissuras. O presente estudo avaliou o comportamento de diferentes tipos de concretos produzidos com quatro diferentes tipos de cimentos, quando submetidos a uma carga precoce de compressão, analisando-se suas propriedades mecânicas. A análise incluiu a avaliação da resistência à compressão, resistência à tração e microestrutura interna do concreto, através de microscopia eletrônica de varredura. Os resultados indicaram que há possibilidade de um processo de formação de microfissuras causadas pelo carregamento precoce no concreto e que há tendência de diminuição dos valores de resistência à tração. Entretanto, verificou-se, mediante análise de microscopia, que as microfissuras formadas pelo carregamento precoce tendem a se recuperar se o processo de cura for retomado ou se cessar o pré-carregamento.

Modelo teórico para a previsão da resistência à compressão da alvenaria armada

Silva,R. F.; Camacho,J. S.; Rodrigues,R. O.
Fonte: IBRACON - Instituto Brasileiro do Concreto Publicador: IBRACON - Instituto Brasileiro do Concreto
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2011 PT
Relevância na Pesquisa
95.98%
Neste trabalho faz-se a comparação entre diferentes modelos para se prever a resistência à compressão de prismas de alvenaria de blocos de concreto. Foram estudados experimentalmente quatro tipos diferentes de configurações de prismas, sendo cada um deles ensaiados vazios, ou seja, não grauteados, e preenchidos com graute mais armaduras, denominados prismas armados. Para todos os arranjos de prismas foram registradas as suas resistências à compressão axial, deformações e modos de ruptura. Posteriormente, esses resultados foram comparados com diferentes modelos teóricos de previsão de resistência, baseados nas resistências individuais de cada material, nas suas deformações de ruptura e no efeito de cintamento introduzido pelos blocos no sistema. Entre os modelos estudados, verificou-se que os que conduziram à melhores resultados foram aqueles em que foi considerado o efeito do cintamento proporcionado pelo bloco de concreto e, ainda, uma alteração na deformação de ruptura do graute.

Influência da vermiculita expandida na resistência à compressão e reologia de pastas cimentantes de poços de petróleo

Lima, Fernando Antonio de Melo
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciência e Engenharia de Materiais; Processamento de Materiais a partir do Pó; Polímeros e Compósitos; Processamento de Materiais a part Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciência e Engenharia de Materiais; Processamento de Materiais a partir do Pó; Polímeros e Compósitos; Processamento de Materiais a part
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
105.98%
Several problems related to the loss of hydraulic seal in oilwells, causing gas migration and/or contamination of the production zone by water, have been reported. The loss of the hydraulic seal is a consequence of cracks which can be occasioned either by the invasion of gas during the wait on cement or by the expansion of the casing causing the fracture of the cement sheath. In case of the pressure of the formation is higher than the pressure in the annulus, gas can migrate into the slurry and form microannulus, which are channels where gas migrates after the cement is set. Cracks can be also occasioned by the fracture of the cement sheath when it does not withstand the thermal and dynamic loads. In reservoirs where the oil is heavy, steam water injection operation is required in order to get the oil flowing. This operation increases the temperature of the casing, and then it expands and causes the fracture of the cement sheath in the annulus. When the failures on the cement are detected, remedial cementing is required, which raise costs caused by the interventions. Once the use of cement in the construction civil sector is older than its use in the petroleum sector, it is common to bring technologies and solutions from the civil construction and apply them on the petroleum area. In this context...

INFLUÊNCIA DO TAMANHO DO CORPO DE PROVA NOS RESULTADOS DE ENSAIOS DE MÓDULO DE DEFORMAÇÃO E RESISTÊNCIA À COMPRESSÃO E SUAS CORRELAÇÕES PARA CONCRETOS PRODUZIDOS EM GOIÂNIA - GO; INLUENCE OF THE SIZE OF THE SPECIMEN IN THE RESULTS OF THE TESTS OF MODULUS OF ELASTICITY AND COMPRESSIVE STRENGTH AND THEIR CORRELATIONS FOR CONCRETE MADE IN GOIÂNIA GO

MARTINS, Danilo Gomes
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Engenharia Civil; Engenharias Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Engenharia Civil; Engenharias
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
96.11%
Even though the different sizes of cylindrical specimens for tests in concrete are standardized to get the simple compressive strength and the modulus of elasticity, this factor is not usually studied in most researches. So, the goal of this thesis was to evaluate the influence of the size of the specimens in the initial tangent modulus of elasticity (Eci) and in the compressive strength (fc), correlate the values of fc and Eci, and compare the values of modulus of elasticity that were estimated by the equations proposed by the Brazilian code (NBR 6118/2003) and by the American norm (ACI 318/2002). Concretes with three levels of strength were used after 28 days: 25MPa, 30MPa and 40MPa. They were all proportionally mixed with materials of the region and supplied by only one concrete batching plant of Goiânia GO. The tests of compressive strength and initial tangent modulus of elasticity were done in cylindrical specimens of 100 x 200 mm and 150 x 300 mm after 28 days. The samples were collected during the delivery of the concrete in the construction sites. For each truck, ten specimens were molded, five of 100 x 200 mm and five of 150 x 300 mm. Of the 600 specimens that were molded, 240 tests of compressive strength and 360 tests of modulus of elasticity were done. The cure was in a tank with water saturated with limestone. After the tests were done...

Estudo da resistência à compressão do concreto por meio de testemunhos de pequeno diâmetro e esclerometria; Study of concrete strength by means of small cores and sclerometry essays

Castro, Elisângela de
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
96.06%
A resistência à compressão do concreto pode ser obtida mediante ensaios em corpos-deprova ou em testemunhos extraídos dos elementos estruturais. A Norma Brasileira ABNT NBR 7680:2007 recomenda extrações com diâmetros preferencialmente maiores que 100 mm. A extração de testemunhos de pequeno diâmetro visa facilitar e otimizar as avaliações de estruturas acabadas evitando cortes em armaduras, reduzindo custos e permitindo ainda aumentar significativamente o número de amostras. No mesmo sentido, a esclerometria, constitui uma técnica para avaliar a uniformidade do concreto, monitorar o desenvolvimento da resistência ao longo do tempo, e ainda estimar a resistência do concreto de forma simples, rápida e relativamente barata. A associação da esclerometria com ensaios em testemunhos constitui uma das melhores formas de estimar a resistência à compressão do concreto. Este trabalho apresenta os resultados de uma pesquisa experimental, para a estimativa da resistência à compressão por meio de esclerometria e extração de testemunhos de pequeno diâmetro. Serão abordados alguns fatores que incidem na extração e ensaio de testemunhos. As variáveis estudadas foram: a dimensão nominal máxima do agregado graúdo e o diâmetro do testemunho. Também foi estudada a variabilidade dos resultados de esclerometria nos blocos. No programa de ensaios foram utilizadas três séries de concreto...

Estudo comparativo da resistência à compressão do cimento ósseo nacional e do importado, preparados manualmente e a vácuo.; A comparable study of the compression resistance of the national and international bone cement prepared manually and by vacuum.

Barros, Carmem Aparecida Malaguti de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 22/03/2002 PT
Relevância na Pesquisa
95.98%
O cimento ósseo, utilizado para a fixação de componentes protéticos nas cirurgias de substituição articular, mais resistente às forças de compressão do que às forças de tração, tem suas propriedades mecânicas alteradas por vários fatores entre esses a formulação comercial e o método de preparação empregado. É o objetivo deste trabalho avaliar comparativamente as propriedades mecânicas à compressão de duas formulações comerciais de cimento ósseo preparadas manualmente e a vácuo, segundo as instruções do fabricante. Um conjunto de moldagem confeccionado em aço inoxidável permitiu preparar 48 corpos de prova para cada grupo experimental, totalizando 192 corpos de prova, que foram testados na Máquina Universal de Ensaios, tendo as especificações baseadas nas normas ISO 5833 e ASTM F451-86. A elaboração do diagrama tensão x deformação de cada grupo experimental analisou as propriedades mecânicas do cimento ósseo quanto ao módulo de elasticidade, tensão e deformação no limite de proporcionalidade, entre grupos de mesma formulação comercial e entre os grupos com mesmo método de mistura. Analisados estatisticamente pelo método de Variança de Kruskal-Wallis (p ≤0,001) e pelo método de Dunn's (p ≤0...

Efeito da adição da cal na estabilidade e na resistência à compressão da mistura solo-grits

Oliveira,Tales Moreira de; Sant'Anna,Giovani Levi; Machado,Cardoso
Fonte: Escola de Minas Publicador: Escola de Minas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2009 PT
Relevância na Pesquisa
96.01%
Esse artigo é direcionado ao estudo da estabilidade e da resistência à compressão não-confinada (RCNC) de um solo arenoso típico da microrregião de Viçosa, Minas Gerais, quando estabilizado com o resíduo sólido industrial grits e melhorado com a adição de cal, considerando-se as seguintes condições: solo em seu estado natural, estabilizado com grits e estabilizado com grits e melhorado com cal. Primeiramente, determinou-se o teor ótimo de grits calculado em relação ao peso de solo seco com o uso da energia de compactação referente ao ensaio AASHTO modificado no teor ótimo de umidade, compactado dinamicamente, com sete dias de cura em câmara úmida. Posteriormente, partiu-se para o estudo propriamente dito, ou seja, a determinação dos efeitos da cal nos resultados da estabilidade e nos ensaios de resistência à compressão não-confinada dessas misturas. Os resultados indicaram que o emprego da cal soluciona os problemas decorrentes das misturas solo-grits e tem um efeito positivo sobre essas misturas, gerando materiais mais estáveis e resistentes à compressão.

Análise experimental da correlação entre aderência aço-concreto e resistência à compressão do concreto através do ensaio tipo push-in

Dal Pont, Paula Antunes
Fonte: Universidade do Extremo Sul Catarinense Publicador: Universidade do Extremo Sul Catarinense
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso - TCC
PT_BR
Relevância na Pesquisa
96.09%
Artigo submetido ao Curso de Engenharia Civil da UNESC - como requisito parcial para obtenção do Título de Engenheiro Civil.; O controle de qualidade realizado na maioria dos casos em obras de concreto armado é o ensaio de resistência à compressão do concreto, baseado em corpos de prova moldados no momento da concretagem. Em alguns casos ocorre a necessidade de averiguar a efetividade da resistência obtida por este ensaio. Dentro deste contexto, um ensaio complementar auxiliaria na tomada de decisões referentes a concretos não conformes. Desta forma, o presente trabalho tem como objetivo estudar a viabilidade do uso de ensaio de resistência de aderência aço-concreto para estimativa da resistência à compressão axial do concreto, através do ensaio tipo Push-in, com o objetivo de propor um ensaio complementar no controle de qualidade do concreto armado. Para o estudo, foram analisados em campo duas composições de concreto ensaiados aos 7 e aos 28 dias, totalizando 32 corpos de prova ensaiados através do ensaio de aderência tipo Push-in e 32 corpos de prova ensaiados através do ensaio padrão de resistência à compressão. Após a realização dos ensaios, os resultados mostram que, sob condições padronizadas de ensaio...

Influência da adição de aditivo plastificante e água para manter o abatimento ao longo do tempo na resistência à compressão do concreto

Fernandes, Franciele Martins
Fonte: Universidade do Extremo Sul Catarinense Publicador: Universidade do Extremo Sul Catarinense
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso - TCC
PT_BR
Relevância na Pesquisa
96.05%
Artigo submetido ao Curso de Engenharia Civil da UNESC – como requisito parcial para obtenção do Título de Engenheiro Civil.; Algumas das causas da perda de abatimento no concreto referem-se à falta de equipamentos adequados e o reduzido número de pessoal (causas mais freqüentes em pequenas obras) nas obras, fatores que podem provocar atraso na aplicação do concreto. Em virtude desses fatos, faz-se necessária a correção da trabalhabilidade, dentro dos possíveis modos está a adição de aditivos plastificantes ou de simplesmente água. No entanto, a adição de água pode alterar o desempenho do concreto e provocar a perda de resistência à compressão, a homogeneidade da mistura e o aumento da porosidade na pasta de cimento endurecida, fato que comprometera a durabilidade do concreto. Dentro deste contexto apresentar neste trabalho dados obtidos pelo ensaio de abatimento do tronco de cone que permitam avaliar as variações de consistência e de resistência do concreto ao longo do tempo e pela adição de aditivos plastificantes e de água. Realizou-se o estudo na central dosadora de concreto com um único traço de fck igual a 25 MPa. Os resultados mostraram que após 2,5h, sem adição alguma, houve uma redução de mais de 90% da trabalhabilidade nas duas moldagens estudadas. Com a adição simplesmente de água para a correção da trabalhabilidade houve uma queda de 40% da resistência à compressão após 2...

Resistência à compressão de ionômeros de vidro modificados por resina: efeito da relação P/L e tempos de armazenagem; Compressive strength of resin-modified glass ionomer restorative material: effect of P/L ratio and storage time

Aratani, Mônica; Pereira, Antônio Carlos; Correr-Sobrinho, Lourenço; Sinhoreti, Mário Alexandre Coelho; Consani, Simonides
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Odontologia de Bauru Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Odontologia de Bauru
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2005 ENG
Relevância na Pesquisa
96.05%
O objetivo deste estudo foi avaliar a resistência à compressão dos cimentos de ionômero de vidro modificados por resina Vitremer e Fuji II LC, nas relações pó/líquido 1:1, 1:2 e 1:3, por três períodos de armazenagem (24 horas, 7 e 28 dias) em água destilada a 37 ºC. Para cada material, relação pó/líquido e tempo de armazenagem, cinco corpos-de-prova cilíndricos foram preparados com 4 mm de diâmetro por 6 mm de altura, em moldes de silicone. Os corpos-de-prova foram fotoativados por 40 segundos, em cada extremidade, removidos dos moldes, fotoativado lateralmente (perpendicular ao longo eixo) por 40 segundos, protegidos conforme as instruções dos fabricantes e imersos pelo tempo de teste. Os corpos-de-prova foram submetidos à compressão em uma Instron, à velocidade de 1,0 mm/min até a falha. Os dados foram submetidos à análise de variância e ao teste de Tukey (5%), e mostraram que a resistência à compressão do cimento de ionômero de vidro modificado por resina foi reduzida quando a relação P/L foi diminuída e a armazenagem em água destilada teve pouca influência na resistência à compressão.; The aim of this study was to evaluate the compressive strength of resin-modified glass ionomer cement Fuji II LC and Vitremer...