Página 1 dos resultados de 2234 itens digitais encontrados em 0.013 segundos

Problemas respiratórios em crianças menores de dois anos e a reprodução social das famílias (estudo populacional no município de Itupeva SP); Respiratory problems in children under two years old and social reproduction of families (population study in Itupeva city, SP, Brazil)

Minagawa, Aurea Tamami
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 29/11/2007 PT
Relevância na Pesquisa
56.29%
A estreita relação entre saúde da criança e fatores sociais e econômicos é reconhecida há muito tempo, mas ainda a grande maioria das crianças pobres que adoece morre mais. Portanto, é necessário ampliar o conhecimento a respeito da rede de determinantes (distais, intermediários e proximais) dos problemas de saúde mais prevalentes nas crianças. As doenças respiratórias constituem uma das principais causas de morbidade e mortalidade infantil no Brasil e no mundo Justifica-se, pois, reconhecer os processos determinantes dos problemas respiratórios, considerando a determinação social do processo saúde-doença. Assim, os objetivos deste trabalho foram estimar a prevalência dos problemas respiratórios nos diferentes grupos sociais homogêneos; caracterizar como esses problemas se relacionam às formas de reprodução social das famílias e avaliar os determinantes proximais, intermediários e distais associados à sua ocorrência. Este estudo populacional transversal foi realizado no município de Itupeva (SP), numa amostra representativa de 261 crianças menores de dois anos. A partir de um modelo teórico hierarquizado, centrado na categoria da reprodução social, foram compostos os perfis de reprodução social...

Reprodução social & aleitamento materno (estudo populacional no Município de Itupeva, SP); Social reproduction & breastfeeding (population study in Itupeva city, SP, Brazil)

Toriyama, Aurea Tamami Minagawa
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 22/08/2002 PT
Relevância na Pesquisa
56.39%
Apesar do movimento em prol do aleitamento natural e dos esforços para deter o desmame precoce, a freqüência e a duração do aleitamento materno no Brasil permanecem inferiores às recomendações da Organização Mundial de Saúde. Os poucos estudos com base populacional sobre a situação da amamentação no Brasil, em sua maioria tem se baseado no referencial teórico da multicausalidade como explicativo do desmame precoce e dos fatores que favorecem ou dificultam a amamentação. Enquanto sub-projeto de uma investigação mais ampla, este estudo transversal de base populacional pretendeu verificar como são associados o perfil de reprodução social das famílias - formas de trabalhar e de viver - e a situação de aleitamento materno. Foi realizado numa amostra significativa de 261 crianças menores de 2 anos, residentes na área urbana da cidade de Itupeva (SP). A partir de um modelo teórico hierarquizado, centrado na categoria da reprodução social, foram compostos os perfis de reprodução social, utilizando-se uma base teórico-metodológica-operacional que pré-definiu três grupos sociais homogêneos (GSHs). Para avaliar os padrões de aleitamento materno foram utilizados os indicadores recomendados pela OPS/OMS, sendo a freqüência e a duração mediana calculadas a partir da técnica da tábua de vida. Verificou-se a associação entre as variáveis estudadas através de análise bivariada (teste X2; P<0...

Modernização capitalista e reprodução social da classe trabalhadora na periferia de Salvador/BA: o Pero Vaz e as formas e práticas derivadas da escravidão; Capitalist modernization and social reproduction of the working class on the outskirts of Salvador, Bahia: Pero Vaz and the forms and practices derived from slavery

Araújo, James Amorim
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 25/10/2010 PT
Relevância na Pesquisa
66.34%
Esta tese se propôs a pesquisar a reprodução social da classe trabalhadora na periferia da metrópole soteropolitana. O objetivo era compreender, no bojo do processo de modernização capitalista, o relacionamento entre as formas sociais de reprodução com as práticas da classe trabalhadora a partir de duas dimensões específicas: a do habitar e a do trabalho. Para tanto, buscamos dialogar com duas abordagens teóricas: a marxista de Henri Léfèbvre e a da resistência de Michel de Certeau. Este trabalho se compõe de cinco capítulos, além da introdução e considerações finais. No primeiro apresentamos nosso referencial teórico-metodológico. No segundo e terceiro capítulos são descritas as formas e práticas de reprodução da classe trabalhadora, respectivamente, nos níveis espaciais da cidade e do bairro. O quarto capítulo é o dedicado à análise formal do objeto. Enquanto no quinto a análise é de caráter dialético. Concluímos que parte significativa da reprodução da classe trabalhadora na periferia ocorre através de formas e práticas derivadas da escravidão, porque é uma condição necessária e contraditória da modernização capitalista típica em nossa formação social.; This thesis set out to investigate the social reproduction of working class in the outskirts of the city of Salvador. The goal was to understand in the middle of the process of capitalist modernization...

De leprosário a bairro: reprodução social em espaços de segregação na Colônia Antonio Aleixo (Manaus-AM); From leprosarium to neighborhood: social reproduction in areas of segregation in the Colony Antonio Aleixo

Ribeiro, Maria de Nazaré de Souza
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 16/06/2011 PT
Relevância na Pesquisa
66.35%
Desde a antiguidade, as características epidemiológicas da hanseníase favoreceram sua propagação, principalmente diante de condições de adensamento populacional, deficiência de cuidados de higiene e baixa imunidade. As deformidades provocadas pela doença sempre degradaram a imagem do indivíduo, favorecendo a sua estigmatização. A intensificação do esforço em segregar os doentes com hanseníase no Brasil foi resultado de escolhas e formas de intervir na sociedade. A situação econômica do século XIX e XX, justificada pelo aumento dos casos de hanseníase e da necessidade de proteger a sociedade, levou as autoridades amazonenses, espelhadas nas condutas praticadas na Europa séculos atrás, a buscarem formas de criar locais para segregação e controle dos pacientes. Foi com este fim que surgiu o Leprosário Colônia Antonio Aleixo, no município de Manaus, em 1942. Nossa pesquisa tem como objetivo analisar a reprodução social (relação trabalho e vida) de moradores do bairro Colônia Antonio Aleixo em Manaus (AM), ex-colônia de hansenianos desde sua instalação até a atualidade, na transição de leprosário a bairro. Trata-se de uma pesquisa quali-quantitativa, de natureza transversal descritivo-analítico, com abordagem baseada na concepção materialista e dialética da história...

Operacionalização do conceito de classes sociais em epidemiologia crítica: uma proposta de aproximação a partir da categoria reprodução social; The measurement of social class in critical epidemiology: a proposal of approximation from the category of social reproduction

Trapé, Carla Andrea
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 15/12/2011 PT
Relevância na Pesquisa
56.44%
O presente trabalho toma por objeto a operacionalização do conceito de classes por meio da definição de variáveis para classificação da população em grupos sociais. O estudo apóia-se no arcabouço teórico-metodológico da Epidemiologia Crítica que fundamenta-se numa compreensão de saúde e doença que coloca no centro da explicação dos determinantes da saúde, o trabalho - a produção capitalista e, a ele subordinado, a vida - o consumo sob o comando do processo de acumulação capitalista. Esta investigação pretende averiguar a capacidade das variáveis de trabalho e vida - reprodução social de mostrar as diferenças de reprodução social das famílias e apoiar a operacionalização do conceito de classe na contemporaneidade. Tem por objetivos específicos: a) levantar por meio de inquérito domiciliar variáveis de reprodução social de famílias que vivem em diferentes espaços sociais de uma cidade da Região Metropolitana de São Paulo; b) analisar o comportamento dessas variáveis de reprodução social quanto à sua capacidade para formar grupos com semelhantes formas de trabalhar e de viver; c) construir um índice de reprodução social capaz de mostrar as diferenças de reprodução social entre as famílias no micro espaço. Partiu-se de arcabouço proposto na literatura...

Análise das estratégias de reprodução social dos pescadores de Rio Grande/RS numa perspectiva do cotidiano, geracional e de gênero

Porto, Gabriela de Donati
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.25%
O objetivo principal desse trabalho é analisar como se dá a reprodução social da categoria dos pescadores e quais as alternativas por eles buscadas fora da atividade para que seja possível atender às suas necessidades de sobrevivência cotidiana. É também objetivo do trabalho verificar como se dão as divisões do trabalho entre os membros da categoria por sexo e idade e ainda examinar os destinos dados aos financiamentos obtidos por políticas de crédito como o Pronaf. A fundamentação teórica realizada se deu com base na literatura acerca de reprodução social dos agricultores familiares, visto que os pescadores são assim categorizados pelas políticas públicas. A pesquisa foi realizada no município de Rio Grande, que possui cerca de três mil famílias de pescadores. Para a realização do trabalho, foram feitas entrevistas com pescadores e representantes institucionais, tais como secretarias municipais, colônia de pescadores, sindicatos, Banco do Brasil e Emater. Constatou-se que há uma divisão tradicional do trabalho por sexo e também por idade e que há uma busca pelos membros da família por empregos temporários ou fixos, tanto dentro quanto fora da atividade pesqueira, para auxiliar na renda familiar. Concluiu-se também que há...

A rede sociotécnica do babaçu no Bico do Papagaio (TO) : dinâmicas da relação sociedade-natureza e estratégias de reprodução social agroextrativista

Rocha, Maria Regina Teixeira da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
56.32%
A tese tem como foco central a configuração que assume a rede sociotécnica do babaçu no Bico do Papagaio – TO, construída pela associação de seres humanos e não humanos e a interface que estes estabelecem com as estratégias de reprodução social e as relações sociedade-natureza. O que se busca destacar na pesquisa são as formas de reprodução social do agroextrativismo do babaçu como produto dessa rede sociotécnica e as dinâmicas atuais das relações sociedade-natureza decorrentes dessas estratégias. Como ponto de partida foram formuladas três questões de pesquisa: a primeira, direcionada à identificação e análise dos elementos (sociais, políticos e naturais) convergentes e/ou divergentes que têm afetado o extrativismo do babaçu; a segunda, no entendimento da interação dos diferentes atores na formação dessa rede; e a terceira, na busca dos desdobramentos dessa interação na reprodução social das famílias agroextrativistas do babaçu e nas dinâmicas das relações sociedade-natureza. A pesquisa de campo foi realizada no segundo semestre de 2009 e no primeiro semestre de 2010, na qual se adotou como referencial teórico-metodológico a Teoria do Ator-Rede (ANT), que parte do pressuposto epistemológico da necessidade de rompimento da dicotomia sociedade-natureza. Após análise dos dados primários levantados por meio de uma pesquisa etnográfica concluiu-se que as mudanças e permanências sofridas no contexto da região do Bico do Papagaio...

Produção familiar e as estratégias de reprodução social no espaço rural do município de Indiana (SP)

Menegati, Regiane Aparecida
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 197 f. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
66.32%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Pós-graduação em Geografia - FCT; Este trabalho tem como objetivo analisar a dinâmica da produção familiar no Município de Indiana, por meio da organização social, econômica e cultural das unidades produtivas familiares. O estudo pretende enfocar o período que se estende entre a década de 1970 até o início do século XXI (2005). Além disso, buscou-se: identificar o perfil dos produtores familiares, compreender a organização interna e o estabelecimento de relações externas às unidades produtivas, analisar a importância das diferentes fontes de renda e caracterizar o desenvolvimento de estratégias de reprodução social dos produtores familiares. Desse modo, o trabalho encontra-se estruturado em quatro capítulos. No primeiro capítulo apresenta-se a fundamentação teórica e metodológica sobre a produção familiar e as estratégias de reprodução social. Também é enfocada a pluriatividade, na qual se privilegia a tentativa de definição da noção e os significados para a produção familiar do conjunto de atividades agrícolas ou não, realizadas dentro e fora da unidade produtiva...

Estratégias de reprodução social de populações remanescentes do Contestado

Podeleski, Onete da Silva
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 157 p.| il., grafs., mapas
POR
Relevância na Pesquisa
56.33%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Agroecossistemas, Florianópolis, 2014.; Muitos dos remanescentes do Contestado (1912-1916) sofreram com o desaparecimento de seus antepassados durante a guerra e, com o passar do tempo, também foram perdendo os espaços sociais em que se reproduziam os seus costumes tradicionais e onde expressavam a sua identidade cultural, processo que foi consequência de uma nova configuração nos sertões dessa região. Esse novo padrão territorial e social ocorreu a partir de um novo formato de apropriação da terra através da compra e venda, instituído pelo sistema de colonização. Este sistema acabou por desestruturar práticas culturais tais como a religiosidade popular, o cultivo agrícola coletivo, a criação de animais à solta e, consequentemente, muitas famílias de remanescentes não foram incluídos no modelo modernizador do campo, implantado na sociedade brasileira no século passado. Esta dissertação tem como objetivo geral analisar quais as principais estratégias de reprodução social que vem sendo mobilizadas por esse público e também, em que medida tem sido (re)definida a identidade de remanescentes do Movimento do Contestado...

Desenvolvimento local, mercado de trabalho e reprodução social: resultados de um inquérito em Castelo Branco

Campos, Luis Melo
Fonte: CIES Publicador: CIES
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 2083819 bytes; application/pdf
ENG
Relevância na Pesquisa
66.25%
Perante uma política de desenvolvimento local centrada na promoção do crescimento industrial com privilégio ao investimento de capital transnacional, e atendendo às razões que geralmente presidem e caracterizam a alocação espacial de unidades produtivas daquele capital (procura de mão-de-obra relativamente barata para utilização intensiva de trabalho não qualificado), este estudo questiona o modo como tais realizações são incorporadas e apreciadas pelas populações. Privilegiando a análise de relações entre mercado local de trabalho e reprodução social, a aplicação de um inquérito por questionário a trabalhadores da Zona industrial (materialização daquela política) permitiu auscultar estratégias de reprodução social, inserções profissionais e territoriais, podendo destacar-se a existência de estratégias alargadas (transdomésticas) de reprodução familiar.

O grupo doméstico ou a construção conjuntural da reprodução social

Iturra, Raul
Fonte: CIES-ISCTE / CELTA Publicador: CIES-ISCTE / CELTA
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /10/1988 POR
Relevância na Pesquisa
66.2%
O conceito de grupo doméstico tem sido usado e abusado até perder praticamente a sua capacidade explicativa. É um facto que qualquer grupo social em qualquer cultura constrói o seu processo reprodutivo na base de muitas outras unidades sociais. A distinção e caracterização de uma rede de relações puramente domésticas na reprodução social é mais uma distinção lógica do investigador do que uma evidência etnográfica. Esta hipótese é discutida na base da teoria e do material etnográfico da várias culturas.; As a concept, domestic group has become abused by its use. As a fact, any human group in any one culture constructs their reproductive process on the basis of many more social units. The distinction and characterization as a set relation is the scientist"s mind distinction more than a reconstruction an ethnographic evidence. This is discussed here with theory and cross-cultural data.; L "utilisation du groupe domestique, en tant que concept, a fini par devenir abusive. Dans les faits, tous les groupes humains de n"importe quelle culture construisent leur processus reproductif en se basant sur un plus grand nombre d"unités sociales. La distinction et la caractérisation en tant qu"ensemble de relations est davantage la distinction qu "en fait le scientifique...

Famílias na periferia de Maputo: estratégias de sobrevivência e reprodução social

Costa, Ana Bénard da
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2002 POR
Relevância na Pesquisa
66.38%
Doutoramento em Estudos Africanos; Baseando-se em investigações que decorreram no âmbito de dois projectos realizados entre os anos de 1998 e 2002 nos bairros de Mafalala, Polana Caniço A e Hulene B na periferia de Maputo, esta tese procura compreender a forma como as famílias se organizam e como desenvolvem todo um conjunto de práticas e estratégias que lhes permitem, simultaneamente, manter-se enquanto unidades sociais e fazer face a uma situação económica adversa. Após uma introdução onde apresenta em breves palavras o contexto onde decorreu a investigação, as principais questões que conduziram a análise e a metodologia utilizada, o tese inicia-se com uma descrição dos bairros periféricos onde residem as famílias estudadas descrevem-se seguidamente as transformações políticas e económicas ocorridas em Moçambique desde a independência até ao presente, destacando o seu impacte na cidade de Maputo. Segue-se um capítulo onde se abordam questões de “urbanidade” e de “ruralidade”, problematizando-se sinteticamente a forma como as relações entre estes contextos têm sido tratadas nas teorias de desenvolvimento e como esta perspectiva tem marcado a análise das dinâmicas sociais, nomeadamente ao nível das famílias. Seguidamente referem-se as diferentes naturalidades dos actores e das suas famílias...

O complexo da educação em Lukács: uma análise à luz das categorias trabalho e reprodução social

Lima,Marteana Ferreira de; Jimenez,Susana Vasconcelos
Fonte: Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais Publicador: Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2011 PT
Relevância na Pesquisa
66.17%
O artigo discute a educação em Lukács, a partir de sua Ontologia do Ser Social. Prioritariamente, destaca os elementos que assinalam o lugar da educação no processo de reprodução social, em cuja dinâmica esta manteria, com o trabalho, uma relação de dependência ontológica e autonomia relativa. Explicita que, se, em sentido lato, a educação é um complexo universal, empenhado em efetivar a apropriação, por parte dos indivíduos, das objetivações constituintes do gênero humano, esta não paira sobre a totalidade social, vinculando-se, em sentido estrito, às necessidades da sociedade de classe. Por esse prisma, a análise lukacsiana permite concluir que o complexo da educação, conquanto impelido a manter o sistema de acumulação privada e a exploração do homem pelo homem sob o capital, pode constituir-se em espaço para objetivação de posições teleológicas voltadas à emancipação humana.

Trabalho e assistência social: estratégias de reprodução da força de trabalho no município de Toritama/PE

de Caez Pedroso Rodrigues, Haidee; Santana do Amaral, Ângela (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
56.34%
O trabalho se insere no debate contemporâneo sobre as mudanças no mundo do trabalho, considerando as formas atuais de produção e reprodução social do sistema capitalista e da classe trabalhadora, cujo enfoque volta-se para as intervenções do Estado no que tange às formas de enfrentamento da pobreza e às propostas de desenvolvimento econômico focados à implementação dos chamados Arranjos Produtivos Locais (APLs). Tem como objeto central o estudo das mediações existentes entre a assistência social e trabalho a partir da aproximação empírica das condições de vida e de trabalho das famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família (PBF) no município de Toritama, estado de Pernambuco. Este município é reconhecido pela fabricação de artigos de vestuário em jeans, configurando-se como um dos Arranjos Produtivos Locais (APL) existentes no Brasil. Possui algumas particularidades que chamam a atenção de pesquisadores da área social, principalmente no que se refere à co-existência de altos índices de ocupação e níveis que expressam o elevado grau de dificuldades sociais vivenciadas por seus munícipes. O objetivo desse estudo buscou compreender a relação entre produção de riqueza e proteção social...

Estratégias de Reprodução Social em Assentamentos de Reforma Agrária na Região do Bico do Papagaio-TO

Tamba, Frank Toshimi; Wanderley, Maria de Nazareth Baudel (Orientadora); Monteiro, Eliane Maria da Fonte (Coorientadora)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Tese de Doutorado
BR
Relevância na Pesquisa
66.12%
A região do Bico do Papagaio, situada no extremo norte do Estado do Tocantins, até meados da década de 1970, era considerada uma área de “terras livres”, receptora de camponeses nordestinos, que durante muitos anos reproduziam socialmente, com relativa liberdade e autonomia. Esses camponeses formavam pequenas comunidades denominadas “centros” e “povoados”, em torno dos quais exploravam os recursos naturais de forma tradicional por meio do cultivo itinerante de roças de subsistência e exploração do babaçu, avançando ano a ano sob as áreas de matas. A partir de 1974, a região passou por um intenso processo de grilagem de terras, desestabilizando o modo de vida e de trabalho das famílias camponesas da região. O acesso à terra, nesse período, se resumia ao trabalho “sujeito” nas fazendas pecuárias na condição de “rendeiros” ou na luta contra os grileiros, resistindo nas posses e/ou retomar as áreas invadidas, tendo inclusive que recorrer à luta armada. No final da década de 1980, esse processo de mobilização e disputa pelo espaço resultou na formação dos primeiros assentamentos de reforma agrária na região, que se ampliou para mais de uma centena nas décadas seguintes. Levando-se em consideração a trajetória dessas pessoas...

Família e subjetividade: tendências e particularidades das classes trabalhadoras no capitalismo contemporâneo

Santos, Maria Elina Carvalho Medeiros dos
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Serviço Social; Serviço Social, Formação Profissional, Trabalho e Proteção Social; Serviço Social, Cultura e Relaçõe Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Serviço Social; Serviço Social, Formação Profissional, Trabalho e Proteção Social; Serviço Social, Cultura e Relaçõe
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
56.29%
This work problematizes the inflections of the offensive of the capital on the work, having as a social-historical context the relation between the productive restructuring and the social reproduction of the working families classes. Part of the presupposition that the reproduction of the capital, to raise deep transformations in the productions, organization of the work and in the social relationships, it also produces determinations in the life and work conditions, in the affectionate relationships and in the family coexistence expressing, so, a subjective way. Thereby, the conditions of reproductions of the work in the scenery aimed by the contemporary capitalism have been demonstrating the crescent impoverishment of the workers, the alimentary insecurity, the shortage of the work, the weakness of the political organization and the regression of the State in the conduction of public policy that characterize the daily violation of human and social rights. In this approach, we seek to contemplate the several configurations of affectionate-sexual coexistence expressed by the family, articulating it to the contemporary work division, pondering about the forms of satisfaction of the needs engendered by the group for preservation of their bonds...

Entre el campo y la ciudad: formación y reproducción social de la clase trabajadora brasileña; Entre o campo e a cidade: formação e reprodução social da classe trabalhadora brasileira

Marques, Marta Inez Medeiros
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 17/12/2006 POR
Relevância na Pesquisa
66.19%
Este ensayo corresponde a un esfuerzo inicial que tiene como objetivo la comprensión de los procesos de formación y de reproducción social de la clase trabajadora en el Brasil, considerando el análisis del avance del proceso de modernización y de sus consecuencias en su relación con los espacios rurales y urbanos y las formas de integración a la modernidad.El presente trabajo analiza aspectos importantes de la forma de vida de la clase trabajadora brasileña, buscando identificar sus contradicciones más allá de la dicotomía moderno-tradicional, urbano-rural e campesino-proletario. Así, este análisis se resulta de una reflexión elaborada con el objetivo de sobrepasar una comprensión reduccionista del proceso de modernización, que adjudica a la tendencia de homogeneización del desarrollo del capitalismo ilimitados poderes y prevé la subordinación de todo trabajo a la forma salariado, que se entiende como forma típica capitalista, y la urbanización completa de la sociedad.; Este ensaio corresponde a um esforço inicial visando a compreensão dos processos de formação e reprodução social da classe trabalhadora no Brasil a partir da análise do avanço do processo de modernização e seus desdobramentos em sua relação com os espaços rural e urbano e formas de integração à modernidade.Ele analisa importantes aspectos do modo de vida da classe trabalhadora brasileira...

Reprodução social de famílias de crianças menores de 7 anos; Reprodución social de familias de niños menores de 7 años; Social reproduction of families with children under the age of 7

Ortega Saldaña, Luisa Dolores; Oliveira, Ida Maria Vianna de; Fujimori, Elizabeth; Biagolini, Rosângela E. M.; Minagawa, Áurea Tamami
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 01/09/2005 SPA
Relevância na Pesquisa
56.31%
Por meio de amostragem casual-estratificada-proporcional, este estudo caracterizou as formas de reprodução social de 80 famílias com crianças menores de 7 anos, residentes na área de abrangência do HU-USP. Os perfis de reprodução social foram construídos utilizando-se uma base teórico-metodológica-operacional que pré-definiu três grupos sociais homogêneos. Da amostra total, 36,1% foram mais excluídas, tanto no momento da produção como do consumo, 48,2% pareciam lutar pela integração na vida social e 15,7% apresentaram inserção qualificada na produção, mostrando-se protegidas da precarização do trabalho, com um padrão diferenciado de consumo e de representação coletiva e com maior possibilidade de uso do espaço geossocial. Os resultados demonstraram que a metodologia utilizada é adequada para caracterizar os perfis de reprodução social, evidenciando que os grupos sociais que compõem uma mesma sociedade, apresentam condições de trabalho e de vida distintas e que cada grupo social está exposto a determinados padrões de fortalecimento e de desgaste.; Por medio de muestreo casual-estratificado-proporcional, en este estudio se caracterizaron las formas de reproducción social de 80 familias con niños menores de 7 años...

EDUCAÇÃO E DESENVOLVIMENTO - A REPRODUÇÃO SOCIAL DA ORDEM REGRESSIVO-DESTRUTIVA DO CAPITAL / Education and development - the social reproduction of order regressive-destructive of capital

Justino de Sousa Junior; UFC
Fonte: Trabalho & Educação Publicador: Trabalho & Educação
Formato: application/force-download
Publicado em 29/07/2014 PT
Relevância na Pesquisa
66.15%
Este trabalho discute as condições atuais da produção e reprodução social tomando como eixo de análise a contradição entre a socialização da produção versus a apropriação privada. Analisa a importância desse aspecto como contradição estruturante do metabolismo do capital e procura desenvolver algumas notas sobre como essa contradição se realiza no atual momento histórico. A análise empreendida indica que a atualização daquela contradição, dentro da configuração contemporânea da acumulação capitalista, engendra um processo regressivo-destrutivo que indica uma crise de esgotamento da capacidade civilizatória do capital, que traz consigo, por sua vez, o esgotamento da capacidade, assim como o abandono da promessa de realizar os ideais democráticos da educação plenamente.

Estratégias de reprodução social de famílias senhoriais cariocas e minhotas (1750-1850)

Pedroza,Manoela
Fonte: Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa Publicador: Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2010 PT
Relevância na Pesquisa
66.12%
Este artigo analisa as estratégias de reprodução social de famílias senhoriais num contexto colonial. O seu enfoque incide sobre algumas famílias que se estabeleceram na freguesia de Campo Grande, no Rio de Janeiro, de meados do século xviii a meados do século xix. Analisando o tipo de alianças matrimoniais que promoveram e a maneira como transmitiram a terra, o nosso objectivo é situar o caso brasileiro, sobretudo o carioca, em relação com os sistemas de transmissão patrimonial portugueses no mesmo período.