Página 1 dos resultados de 13188 itens digitais encontrados em 0.009 segundos

Múltiplas representações na construção do conhecimento científico escolar.; Multiple representations in school scientific Knowledge construction

Paiva, Josias Rogerio
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 23/04/2015 PT
Relevância na Pesquisa
36.83%
Essa pesquisa inicia-se pela consideração na literatura da área, de ensino de física, sobre as perspectivas dadas a algumas formas de representações, no contexto da construção do conhecimento científico, realizada no campo dos especialistas e nas pesquisas que relatam a sala de aula. As representações visuais distinguíveis nesta pesquisa são as esboçadas pelos alunos, as que se notam na simulação computacional e as gestuais: os gestos além das representações gestuais icônicas possibilitam mediações com outras representações empregadas em aula, por isso, serão considerados os gestos dêiticos, os movimentos ergóticos e epistêmicos; outra forma observada de mediação para a construção de conhecimento serão as analogias empregadas. Entre as hipóteses desta pesquisa está, que a sala de aula em que se propicia um ensino, onde mais se evidencia tanto a construção de conhecimento, quanto um caráter multimodal de representações será aquela cuja metodologia empregada é de "ensino por investigação". Em face disso, definem-se as características desse ensino, desde suas concepções históricas iniciais quando compreendidas como a aplicação do método científico, com problema, hipóteses, teste das hipóteses e conclusão...

Representações sociais de familiares de pessoas com diabetes mellitus sobre essa condição crônica

Coelho, Maria Seloi
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Tese de Doutorado Formato: x, 176 f.| tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
36.86%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Enfermagem; O presente estudo teve como objetivo compreender as representações sociais dos familiares de pessoas com Diabetes Mellitus (DM) sobre essa condição crônica, fundamentado na teoria das representações sociais, proposta por Serge Moscovici (1961). Para chegar à compreensão das representações sociais utilizaram-se, como técnicas de coleta de dados, a evocação livre de palavras, com 100 participantes, dos quais, 22 responderam às entrevistas semi-estruturadas. A análise dos dados das entrevistas foi feita através da análise de conteúdo categorial-temática, que seguiu três etapas: pré-análise, exploração do material e tratamento dos resultados obtidos e interpretação. A análise das evocações livres foi realizada com auxílio do software Ensemble de Programmes Permettant l# Analyse des Evocations (EVOC) e resultou no diagrama de quatro quadrantes, com a identificação do núcleo central e dos elementos periféricos da representação social. A partir dos dados das entrevistas, foram identificados os seguintes itens: o contexto dos familiares, a dimensão informação e conhecimentos e a dimensão comportamento ações dos familiares de pessoas com DM. O contexto dos familiares incluiu...

O abandono do tratamento e suas representações sociais para profissionais da saúde e pessoas com tuberculose

Chirinos, Narda Estela Calsin
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 173 p.| tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
36.83%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, Florianópolis, 2013.; Trata-se de uma pesquisa com abordagem qualitativa, do tipo exploratório-descritiva, com o objetivo de compreender as representações sociais das pessoas com tuberculose e dos profissionais de saúde sobre o abandono de tratamento, num Programa de Controle da Tuberculose, a partir do referencial teórico da teoria de representações sociais. Foi realizada em quatro Centros de Saúde, em Lima, Peru, com 20 sujeitos, dos quais 12 profissionais da saúde e 8 pessoas com tuberculose. A coleta de dados foi através de entrevistas semiestruturadas, realizadas de junho a novembro de 2012. A análise de dados orientou-se pela análise de conteúdo do tipo categorial temática. Os resultados originaram três manuscritos abordando: representações sociais dos profissionais da saúde sobre o abandono do tratamento, representações sociais das pessoas com tuberculose sobre o abandono do tratamento e as relações entre as representações desses dois atores. Nos resultados do primeiro manuscrito, constam três categorias relacionadas ao abandono de tratamento da tuberculose: "ser pobre dificulta a adesão ao tratamento"...

CONHECIMENTO EM ENFERMAGEM: REPRESENTAÇÕES SOCIAIS CONSTRUÍDAS POR ESTUDANTES DE FORMAÇÃO INICIAL

Fonseca, Ana; Lopes, Manuel José; Sebastião, Luís; Magalhães, Dulce
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Parte de Livro
POR
Relevância na Pesquisa
36.89%
CONHECIMENTO EM ENFERMAGEM: REPRESENTAÇÕES SOCIAIS CONSTRUÍDAS POR ESTUDANTES DE FORMAÇÃO INICIAL Fonseca, A.; Lopes, M. J.; Sebastião, L., & Magalhães, D. (2013). Conhecimento em enfermagem: representações sociais construídas por estudantes de formação inicial. In Mendes, F; Gemito, L; Cruz, D., & Lopes, M. (org). Enfermagem Contemporânea. Dez Temas, Dez Debates. (pp 30-43), Nº 1. Coleção E-books. Oficinas Temáticas. ISBN:978-989-20-4162-9. Palavras chave: enfermagem; conhecimento; representações sociais; formação inicial. A aquisição e a construção pessoal do conhecimento em enfermagem resultam de processos complexos de compreensão das situações, nas quais, experiência e saber são estruturados e alvo de reflexão. O conhecimento em enfermagem que o estudante constrói ao longo do tempo, consciente da sua responsabilidade pela própria aprendizagem e num processo contínuo de desenvolvimento, há de possibilitar-lhe o desempenho profissional, pois será mobilizável, nas diversas situações, para dar resposta às necessidades de cuidados de enfermagem. A forma como os estudantes se apropriam dos saberes, como se relacionam com eles e como constroem o seu conhecimento em enfermagem está vinculada à representação que têm deste...

Representações de família : um estudo comparativo entre crianças em contextos familiares de risco e em contextos familiares normativos

Machado, Inês Sofia Cabrela
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
36.86%
Tese de mestrado, Psicologia (Secção de Psicologia Clínica e da Saúde - Núcleo de Psicologia Clínica Sistémica), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2013; O presente estudo pretende compreender se existem especificidades nas representações de família de crianças sinalizadas às Comissões de Proteção de Crianças e Jovens. Procura-se explorar diferenças e semelhanças entre crianças em risco (N = 10) e crianças em situação familiar normativa (N = 10), com idades compreendidas entre os 7 e os 11 anos, ao nível das representações de família, das representações do self e de indicadores/facilitadores de vinculação segura vs. insegura às figuras parentais. É, ainda, objetivo da investigação, testar a adequação da grelha de codificação MacArthur Narrative Coding Manual (Robinson, Mantz-Simmons, MacFie, Kelsay & The MacArthur Narrative Working Group, 2001). Através de uma análise qualitativa dos dados, recolhidos a partir da aplicação do The MacArthur Story Stem Battery (Bretherton et al., 1990) e do Desenho da Família (Corman, 1982), encontraram-se evidências de que as representações de família das crianças da amostra de crianças em risco são marcadas por representações mais negativas dos seus cuidadores; por representações de distanciamento familiar; e por uma maior prevalência de indicadores/facilitadores de vinculação insegura. Em relação aos indicadores/facilitadores de vinculação segura aos cuidadores...

Identidades sociais e representações sociais dos adolescentes acerca da SIDA

Pereira, Maria Gouveia; Amaral, Virgílio Ribeiro; Soares, Susana
Fonte: Instituto Superior de Psicologia Aplicada Publicador: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //1997 POR
Relevância na Pesquisa
36.86%
O objectivo desta investigação é estudar as representações sociais dos adolescentes acerca da sida e a maneira como as referidas representações são influenciadas pela identificação social dos adolescentes. Relativamente as representações sociais estuda-se a ancoragem sociológica (na variável sexo), seguindo as ideias de Doise (1992), segundo o qual as posições que os sujeitos ocupam nas relações sociais que partilham influenciam a formação de representações. Estuda-se também a ancoragem psicossociológica: nas representações das relações intergrupais pela activação das categorias: heterossexuais, homossexuais e toxicodependentes, em consignes apropriadas. Induzindo-se assim, a evocação da relação seja com um grupo não considerado de risco - heterossexuais, seja com grupos considerados de risco - homossexuais e toxicodependenjes. E objectivo deste trabalho estudar a influência das identidades nas representações sociais, de acordo com Vala (1990) as identidades sociais condicionam e explicam as representações sociais que os indivíduos formam sobre determinado objecto, investiga-se que variáveis (sexo, distâncias aos grupos - ingroup (amigos) e outgroups (homossexuais e toxicodependentes)) são preditoras das representações dos adolescentes acerca da sida...

As representações sociais circulantes no período de margem do ritual de passagem: o caso dos peritos criminais em estágio probatório

Cavedon,Neusa Rolita
Fonte: Universidade Presbiteriana Mackenzie Publicador: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2014 PT
Relevância na Pesquisa
36.83%
O trabalho tem por objetivo identificar as representações sociais construídas pelos peritos criminais em estágio probatório, portanto no período de margem do ritual de passagem. A noção de ritual norteadora do artigo está baseada nos autores Turner (1974), Van Gennep (1978), DaMatta (1978, 1983), Rivière (1997), Segalen (2000) e Peirano (2003) e é definida como um momento extraordinário em que os valores e conhecimentos são apresentados aos neófitos como forma de inseri-los no universo cultural no qual estão ingressando. As representações sociais construídas ao longo desse período vão apresentar peculiaridades inerentes à posição ocupada pelos neófitos. E as representações sociais, de acordo com Sperber (2001), dentro de uma ótica antropológica, emergem de uma composição articulada em torno da representação em si, do conteúdo dessa representação, de um usuário e de um produtor (que, em alguns casos, pode ser o próprio usuário). As representações mentais são aquelas construídas no interior do usuário. As representações públicas são as representações mentais compartilhadas entre as pessoas de um determinado grupo. Os sujeitos integrantes de uma comunidade ou grupo social, cada um deles possui em seu interior uma gama de representações mentais...

O bom aluno nas representações sociais de professoras da rede municipal de ensino do Recife.

Maria de Lima, Andreza; Bezerra Machado, Laêda (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.86%
O objetivo desta pesquisa foi analisar as representações sociais do bom aluno construídas por professoras dos anos iniciais do Ensino Fundamental da Rede Municipal da cidade do Recife/PE. Partimos do pressuposto de que novas práticas sociais educacionais estariam interferindo nessas representações. Auxiliaram-nos na leitura do nosso objeto de pesquisa autores como Freire (1988; 2006), Libâneo (2006), Saviani (2005; 2005a) e Patto (1993). O referencial teórico-metodológico da investigação foi a Teoria das Representações Sociais originada por Serge Moscovici e a Teoria do Núcleo Central iniciada por Jean-Claude Abric. A metodologia adotada circunscreve-se na abordagem de natureza qualitativa. Segundo Abric, o conteúdo das representações sociais se estrutura internamente em um sistema central, de caráter estável, rígido e consensual e um periférico, de caráter mutável, flexível e individual. Por isso, a análise das representações sociais exige que sejam conhecidos seus três componentes: conteúdo, estrutura interna e núcleo central. Para conhecê-los realizamos dois estudos, sendo que o segundo foi desenvolvido em duas fases. Participaram do primeiro estudo duzentas professoras. Deste grupo foram selecionadas vinte para participar do segundo. No primeiro estudo utilizamos como procedimento de coleta a Associação Livre de Palavras e...

A construção das representações sociais na relação da polícia militar e a sociedade Aracajuana

Mendonça, Rildo César Menezes
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais; Desenvolvimento Regional; Cultura e Representações Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais; Desenvolvimento Regional; Cultura e Representações
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.68%
In recent years, issues involving public safety have gained more prominence in scientific debates, the media, and common sense, because undoubtedly the feeling of fear and insecurity caused by the increase in violence overall, has spread like construction element of social representations, both in individual levels, as well as collectively. Violence is a social phenomenon existing in human manifestations, from the older societies, ie it was present in all historical periods, but in different ways in the subjective and objective, having had the task of being the central element in modeling process for the formation of individual behavior, both in older societies as in modern society. However, it has a peculiar feature of acquiring new contours to the extent that the individual and collective behaviors are modified in relation individual-violence. In this sense, the institutions that establish the order from the control of violence, have their social representations in the context of social relationships permeated by elements of violence, fear and insecurity, that shift the subjective feeling of insecurity, or existential, for a concrete plan and goal, namely to the level of physical insecurity in daily life in the modern world. The objective of this study was to capture the construction of social representations of the population in Aracaju on the police institution and the figure of the policeman in the contemporary context. We focus our attention only to the institutions of order...

Construindo monstros: discursos e representações sociais na CPI da pedofilia

Varela, Jeniffer Campos de A.
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais; Desenvolvimento Regional; Cultura e Representações Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais; Desenvolvimento Regional; Cultura e Representações
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.55%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Atualmente, em vários campos do convívio social e nos meios de comunicação de massa, o tema pedofilia tem sido largamente abordado. Os discursos proferidos revelam um alto grau de preocupação da sociedade com os fatos e seus protagonistas, como também refletem o anseio de contensão e punição dos atos de pedofilia. No Brasil a questão adquiriu tanta repercussão que o Senado Federal criou, em 25 de março de 2008, uma Comissão Parlamentar de Inquérito denominada CPI da Pedofilia. Portanto, as denúncias saíram da esfera da mídia e chegaram ao poder legislativo como matéria de lei. Diante desses fatos, nosso estudo questiona a forma como a sociedade e suas instituições têm se movimentado, ante aos acontecimentos, e às bases histórico-culturais de suas inquietações. Como também, faz-se mister entender como o discurso médicojurídico tem sido produzido, reproduzido e utilizado como alicerce na construção de um tipo penal. Assim, o objeto central de nosso estudo são os discursos e representações sociais sobre pedofilia

Ambiente pesqueiro e saúde: representações sociais sobre saúde e doença de pescadores e marisqueiras nos distritos de Diogo Lopes, Barreiras e Sertãozinho Macau RN

Silva, Arkeley Xenia Souza da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais; Desenvolvimento Regional; Cultura e Representações Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais; Desenvolvimento Regional; Cultura e Representações
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.72%
According to Brazil s Ministry of Fisheries and Aquaculture, artisanal fishermen are responsible for a significant fish production at national level, highlighting the importance of this activity. In Rio Grande do Norte State, Brazil, fishing has become an important part of economic and social processes. In this context, there are many inland fishing communities such as Barreiras, Diogo Lopes and Sertãozinho, which are part of Ponta do Tubarão State Reserve of Sustainable Development (RDSEPT), located in Macau and Guamaré, Rio Grande do Norte coastline cities. Fishermen and women, the last ones known as marisqueiras who work alongside the menfolk at sea, especially in the shellfish harvest, have been developing narrow relationships with nature, mainly with the sea, from where they extract their families subsistence. However, those communities have been facing several issues related to living conditions, health and diseases. Social representations have been analyzed in the speeches of fishermen/women who were registered active members in a fishermen association named Associação Colônia de Pescadores Z-41, regarding the period from 2008 to 2011. The analysis involved socio-economic profiles verification, identification and analysis of the group s main representative diseases and representations related to health and illness. This study searched for elements in order to provide the comprehension of the relationships among people s social representations and the fishing environment in which they live.. This qualiquantitative study was performed using recordings and transcriptions of structured and open-question interviews. The Collective Subject Speech tecnique proposed by Lefevre & Lefevre (2002) was applied to perform the interviews analysis using QualiQuantiSoft® software. The results showed that health and illness phenomena as well as social representations related to them in the fishing environment are not only abstract states but also physical ones...

Imagens do medo na mídia: uma análise das representações da violência em Natal-RN

Araújo, Francisco Cruz de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais; Desenvolvimento Regional; Cultura e Representações Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais; Desenvolvimento Regional; Cultura e Representações
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.68%
Social violence is one of the phenomena of human life that produce effects on the social imaginary as it is in it that are designed conflicting values concerning what is most vital to humans, such as respect for the strength and the fear of death, pleasure trespass for injury and pain, the rejection of injustice and anger that is born of revolt. The variability of feelings and reasons that constitute violence has required academic knowledge increasingly sensitive reflections that encompass the complexity of its manifestations. The feeling of fear and insecurity which constitute the collective social imagination has caused large changes in the behavior of both individuals and the society as a whole. This study aims to reflect on media representations the social violence in Natal-RN. Through a thematic survey and documentary analysis of three newspapers of Rio Grande do Norte - Tribuna do Norte, Novo Jornal and Jornal Metropolitano - was possible to list events and trace different discursive strategies that lead to receptors ideological interests of class, constitute social and spatial segregations and maximize violations of rights and of the human dignity, with important implications in the construction of social representations concerning the reality of violence; Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; A violência social é um dos fenômenos da vida humana que mais produzem efeitos sobre o imaginário social...

Escola e gênero : representações de gênero na escola

Bezerra, Josenildo Soares
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais; Desenvolvimento Regional; Cultura e Representações Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais; Desenvolvimento Regional; Cultura e Representações
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.68%
The study Escola e Gênero: representações de gênero na escola show us the social man made, starting of an analysis in the having fun time in the children´s life and how it´s an important aspect of the building childish universe simbolic. My analysis started in a children´s daily at school and how they noticed the play value od dominant society. Our propouse is think about the linking between ideology, representations and gender like the children´s knowledge in the school activities. The toy, an instrument which is noticed and exist in the funny activities, is full of cultural concepts of male and female parts. Your color, lines, functions and the way you manipulate is driven of gender cathegories. In the scool, the ideological concepts have it´s important way which is to domesticate the feelings, the desires; categorize and normalize them without be known by the educational employers. In the children´s education, the funny time is noticed by others ways and turned as important as others subjects. By the way it´s not noticed by the school, like another thing which isn´t a funny moment. And it´s exactly here in the school funny time, the school did your cultural power of separete the gender and your extencions, feed by the society...

Vai trabalhar, vagabundo :valores e representações sobre o trabalho

Bezerra, Osicleide de Lima
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais; Desenvolvimento Regional; Cultura e Representações Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais; Desenvolvimento Regional; Cultura e Representações
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.62%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; O estudo a seguir versa sobre os valores e as representações acerca do trabalho. Partimos do pressuposto de que o trabalho é uma categoria histórica, e que, portanto, tais valores e representações foram socialmente erigidos construindo um entorno simbólico que é compartilhado pelos trabalhadores. A pesquisa foi realizada com trabalhadores urbanos usuários do Sistema Nacional de Emprego (SINE-RN), no posto matriz de atendimento localizado no bairro Candelária, em Natal (RN). Foram realizadas entrevistas com usuários registrados nos três tipos de cadastro do sistema: Primeiro Emprego, Espaço Profissional Autônomo e Sistema de Geração de Empregos. Privilegiamos métodos qualitativos e enfocamos as trajetórias profissionais e o cotidiano de trabalhadores imersos num contexto de transformações no sistema ocupacional. Esse estudo fornece elementos para compreensão do sentimento de fracasso e anulação social, expresso pelos sem trabalho e mesmo pelos trabalhadores em condições flutuantes e incertas, ou seja, precarizadas e flexíveis, vistas amplamente no quadro atual. Ao mesmo tempo, indica a necessidade de se pensar que a experiência de trabalho, enquanto dimensão norteadora de condutas...

(Auto) representações de professores de espanhol em Goiás: construindo identidades profissionais; (Auto) representaciones de profesores de Español en Goiás: construyendo identidades profesionales

Oliveira, Érica da Silva
Fonte: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Letras e Linguística (FL); Faculdade de Letras - FL (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Letras e Linguística (FL); Faculdade de Letras - FL (RG)
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.84%
En este estudio, analizamos las (auto)representaciones de seis profesoras de Español sobre sus identidades profesionales. En esta investigación representar significa conceptualizar, producir sentidos y reflexionar acerca del sentido que tiene ser profesor y estar en sala de clase de Español como lengua extranjera (E/LE). En la Lingüística Aplicada, para Celani y Magalhães (2002) y Magalhães (2004), representaciones son valores y creencias construidas en contextos socio-históricos y culturales, son visiones o maneras de ver y entender el mundo; su carácter es social, pero también es individual, dinámico, contextual y paradójico. Para los Estudios Culturales, la representación es una forma de atribución de sentidos y en la relación social se somete a relaciones asimétricas de poder (FOUCAULT, [1979]/1984, 1995; TADEU DA SILVA, [1999]2010). Por lo tanto, la identidad es representacional (TADEU DA SILVA, [2000]/2007). De ese modo, es relevante identificar como estas profesoras de E/LE representan su profesión por medio del lenguaje (MAGALHÃES, 2004), es decir, como la definen, cuáles son sus representaciones sobre qué es ser profesor de E/LE, cómo caracterizan su formación inicial y continuada y de qué modo estas representaciones funcionan y qué sentidos producen para/en la práctica docente. En esta investigación...

Representações sociais da escola em produções de alunos do Ensino Fundamental; School's social representations based on elementary school student's activities

Cinthia Vieira Brum Lima
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 17/12/2014 PT
Relevância na Pesquisa
36.83%
Este estudo investiga as representações sociais de escola em produções de alunos do Ensino Fundamental de uma escola pública municipal em Campinas, SP. Está ancorado na Teoria das Representações Sociais (TRS), do franco-romeno Serge Moscovici, que parte dos estudos sobre Representações Coletivas de Durkheim para elaborar o conceito de representações sociais. Moscovici elege a TRS como o cerne da Psicologia Social. Está relacionada ao conhecimento do/elaborado pelo senso comum, com a finalidade de comunicação e orientação de comportamentos. Sendo a escola uma das instituições marcantes na vida do sujeito social, investigar as representações ali formadas sobre a própria instituição torna-se relevante. Inúmeros são os trabalhos que abordam as representações sociais sobre a escola ou elementos do universo escolar, formadas por educadores, no exercício da profissão, ou por estudantes universitários. Porém, os trabalhos que versam sobre as ideias, concepções, discursos e representações das crianças, "usuárias" diretas desta instituição aqui problematizada, são em menor quantidade, conforme se constata na literatura; neste cenário, dar voz aos alunos torna-se relevante. Foram então analisadas produções "livres" e direcionadas de alunos do 5º ano do Ensino Fundamental. A análise foi baseada nos pressupostos da pesquisa de cunho qualitativo...

Representações de alunos do 3º CEB face às línguas inglesa e espanhola e aos povos que as falam

Neves, Tânia Filipa Martins
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
36.83%
O presente relatório de estágio insere-se na área científica da Didática de Línguas, mais precisamente na problemática das Representações das Línguas e dos Povos que as falam. Investigação neste campo tem demonstrado que as representações face às línguas e aos povos que as falam podem condicionar a aprendizagem por parte dos aprendentes, na medida em que podem influenciar a sua postura e motivação. Deste modo, com este estudo pretendeu-se diagnosticar as representações de duas turmas de 7.º ano de escolaridade face às línguas inglesa e espanhola e face aos povos que as falam. Para diagnose das representações dos alunos utilizou-se como instrumento de recolha de dados um inquérito por questionário. Quanto ao tratamento dos dados, procedeu-se a uma análise de conteúdo através da utilização e adaptação de categorias de análise para tratamento das representações, já validadas e utilizadas noutros estudos. O tratamento de dados teve, então, como base, uma metodologia de tipo misto, tendencialmente qualitativa. Os resultados mostraram que os alunos evidenciam representações diferenciadas relativamente às línguas inglesa e espanhola: o inglês, essencialmente, enquanto língua ‘universal’ e o espanhol enquanto língua próxima da língua portuguesa...

Raciocínio quantitativo aditivo de alunos de 2.º ano: a importância das representações

Rodrigues, Margarida; Serrazina, Maria de Lurdes
Fonte: GD1 – As representações e a aprendizagem matemática Publicador: GD1 – As representações e a aprendizagem matemática
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2015 POR
Relevância na Pesquisa
46.55%
Neste artigo, pretendemos identificar tipos de representação usados pelos alunos na resolução de duas tarefas que apresentam problemas de transformação, e através da sua análise, discutir o seu papel bem como alguns dos aspetos do raciocínio quantitativo aditivo dos alunos. Começando por discutir o que se entende por raciocínio quantitativo aditivo e por representação matemática, apresentamos depois alguns resultados empíricos no contexto de uma experiência de ensino desenvolvida numa escola pública. Os resultados evidenciam a complexidade inerente ao raciocínio inversivo presente nas duas situações propostas aos alunos. A maioria dos alunos utiliza preferencialmente a representação simbólica, recorrendo também à linguagem oral e escrita como forma de exprimir o significado atribuído às suas resoluções. A representação icónica foi usada apenas por um par de alunos, parecendo ter sido utilizada numa situação inicial de incompreensão do problema, e após registos simbólicos iniciais apagados pelos alunos em causa. O uso da linha numérica vazia e a disposição tabelar constituíram modelos de pensar auxiliando a lidar com a transformação inversa. As representações assumiram um duplo papel, o de serem meios de compreensão do raciocínio dos alunos...

Representações: janelas para a compreensão do raciocínio estatístico de crianças de 5 e 6 anos

Diogo, Inês; Rodrigues, Margarida
Fonte: GD1 – As representações e a aprendizagem matemática Publicador: GD1 – As representações e a aprendizagem matemática
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2015 POR
Relevância na Pesquisa
46.68%
Este artigo apresenta parte de um estudo que se encontra a decorrer e que visa compreender como se caracteriza o raciocínio estatístico de crianças de 5 e 6 anos. O artigo apresenta a interpretação do raciocínio estatístico revelado pelas crianças através da análise das suas representações. Começamos por discutir teoricamente o conceito de raciocínio estatístico, os princípios inerentes a um ambiente de aprendizagem que favoreça o seu desenvolvimento e o papel das representações, especificando depois as características do trabalho em Organização e Tratamento de Dados na educação pré-escolar. O estudo segue uma abordagem de natureza qualitativa sob um paradigma interpretativo e a recolha de dados realizou-se em 2015 através da observação participante e da análise documental. Os resultados preliminares aqui apresentados sugerem que a maioria do grupo de crianças reconhece as diferentes formas de representação dos dados, identifica os seus nomes e sabe explicar as diferentes representações. No âmbito de um pequeno projeto de investigação estatística, as crianças atenderam às suas diferentes fases, mostrando-se capazes de representar e interpretar dados recolhidos por si. Algumas das crianças preocuparam-se em organizar os dados no momento da sua recolha...

Identidades sociais e representações sociais dos adolescentes acerca da SIDA

Pereira,Maria Gouveia; Amaral,Virgílio; Soares,Susana
Fonte: Instituto Superior de Psicologia Aplicada Publicador: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/1997 PT
Relevância na Pesquisa
36.86%
O objectivo desta investigação é estudar as representações sociais dos adolescentes acerca da sida e a maneira como as referidas representações são influenciadas pela identificação social dos adolescentes. Relativamente às representações sociais estuda-se a ancoragem sociológica (na variável sexo), seguindo as ideias de Doise (1992), segundo o qual as posições que os sujeitos ocupam nas relações sociais que partilham influenciam a formação de representações. Estuda-se também a ancoragem psicossociológica: nas representações das relações intergrupais pela activação das categorias: heterossexuais, homossexuais e toxicodependentes, em consignes apropriadas. Induzindo-se assim, à evocação da relação seja com um grupo não considerado de risco - heterossexuais, seja com grupos considerados de risco - homossexuais e toxicodependentes. É objectivo deste trabalho estudar a influência das identidades nas representações sociais, de acordo com Vala (1990) as identidades sociais condicionam e explicam as representações sociais que os indivíduos formam sobre determinado objecto, investiga-se que variáveis (sexo, distâncias aos grupos - ingroup (amigos) e outgroups (homossexuais e toxicodependentes)) são preditoras das representações dos adolescentes acerca da sida...