Página 1 dos resultados de 12 itens digitais encontrados em 0.030 segundos

A prática da pesquisa e mapeamento informacional bibliográfico apoiados por recursos tecnológicos: impactos na formação de professores; Research practice and bibliographic information mapping supported by technological resources: impact on teacher education

André, Claudio Fernando
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 06/04/2009 PT
Relevância na Pesquisa
45.82%
Este trabalho, realizado no período de 2004 a 2008, relata nossa investigação de acordo com uma abordagem de pesquisa-ação-colaborativa, de natureza qualitativa e dialético-crítica. Analisamos como a pesquisa e o mapeamento bibliográfico, apoiados por Tecnologias da Informação e Comunicação, podem ser usados como estratégia de organização informacional na formação de professores. Um dos desafios, ao realizar pesquisas que utilizam tecnologias contemporâneas, foi construir estratégias de desenvolvimento de habilidades tais como saber acessar informações bibliográficas e organizá-las. No entanto, o mero acesso à informação não garante por si só a construção de conhecimentos. Considerando-se tais desafios, apresentamos fundamentos relacionados a formação de professores na interface com a pesquisa em educação, Tecnologias da Informação e Comunicação e Arquitetura da Informação. Socializamos nossas experiências vivenciadas no Núcleo de Educação de Jovens e Adultos e Formação de Professores da Faculdade de Educação da USP (NEA), no Grupo Alpha de Pesquisa, no Simpósio de Iniciação Científica da USP (SIICUSP), na Disciplina de Didática da Faculdade de Educação da USP, na Disciplina Educação a Distância da Faculdade de Educação da USP...

Tropas em protesto: o ciclo de movimentos reivindicatórios dos policiais militares brasileiros no ano de 1997; Troops in protest: the cycle of demands of the brazilian military police in 1997

Almeida, Juniele Rabelo de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 05/08/2010 PT
Relevância na Pesquisa
96.15%
Este trabalho propõe um estudo sobre o ciclo de movimentos reivindicatórios dos policiais militares brasileiros, ocorrido ao final do primeiro semestre do ano de 1997. As manifestações dos praças da Polícia Militar de Minas Gerais se tornaram um estandarte tático para a ação coletiva dos PMs de diversas localidades do território nacional. Quatorze estados integraram o ciclo nacional de protestos: Alagoas, Bahia, Ceará, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Sul; e, sem movimento organizado, São Paulo e Rio de Janeiro. Narrativas, em história oral de vida, revelaram o diálogo entre as especificidades regionais e uma cultura policial militar nacionalmente constituída. Múltiplas questões, para o estudo da história dos movimentos sociais e da segurança pública no Brasil, foram problematizadas por meio de quatro redes de análise que indicam o repertório da ação coletiva policial militar: 1ª rede) Policiais militares de Minas Gerais: o início do ciclo de protestos; 2ª rede) Policiais militares de Alagoas, Ceará, Pernambuco e Pará: conflitos armados e ameaças; 3ª rede) Policiais militares da Paraíba, Bahia, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul: acampamentos e negociações; 4ª rede) Policiais militares do Rio Grande do Sul...

Correntes ancestrais: os pretos-velhos do Rosário; Ancestral chains: the pretos-velhos of the Rosario

Dias, Rafael de Nuzzi
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 11/05/2011 PT
Relevância na Pesquisa
35.9%
Complexa e abundante em possibilidades de conformação, a possessão umbandista possui suas margens estabelecidas por alguns tipos de personagens retirados da experiência histórica e da memória coletiva brasileira. Essas categorias organizam dizeres a partir de perspectivas enunciativas próprias, posições simbolicamente articuladas com potencial para produzir determinados sentidos. Nesse ínterim, o preto-velho emerge como entidade espiritual proeminente, recorrente presença no quadro da religiosidade afro-brasileira, sobretudo da umbanda. Afinado com o renovado interesse científico pelo tema nas últimas décadas, o presente estudo objetivou investigar o universo simbólico da categoria espiritual preto-velho, e desvendar significados e alcances dos seus usos rituais e etnopsicológicos na religiosidade umbandista. Para tanto, foi desenvolvido trabalho de campo em quatro terreiros de umbanda da região de Ribeirão Preto-SP, tendo sido um deles, o Terreiro de Umbanda Pai José do Rosário, escolhido como caso-modelo para a apresentação dos resultados e análises. O trabalho de campo foi desenvolvido a partir de uma abordagem do fenômeno pela via da escuta participante, refinamento do método da observação participante concebido pelo aporte da escuta psicanalítica lacaniana que...

Ação direta: transnacionalismo, visibilidade e latência na formação do movimento anarquista em São Paulo (1892-1908); Direct Action: transnationalism, visibility and latency in anarchist movement formation in São Paulo (1892-1908)

Godoy, Clayton Peron Franco de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 23/08/2013 PT
Relevância na Pesquisa
35.95%
A tese tem como objetivo investigar a dinâmica de formação do ativismo anarquista na cidade de São Paulo entre os anos de 1892 e 1908, relacionando-a com certas dimensões transnacionais do mesmo. Caracterizando o anarquismo como um movimento social, utiliza o instrumental sociológico com a finalidade de captar a articulação entre sua ação pública como desafiante frente ao regime e ao campo econômico emergentes e a sua atuação submersa junto às classes populares. Com isso, pretende demonstrar que o anarquismo foi simultaneamente um dos atores responsáveis pela atualização do repertório de confronto político na nascente República e um personagem importante na construção de uma cultura autônoma e de resistência entre as classes populares. O argumento central da pesquisa é o de que a compreensão da sustentação e das opções estratégicas do movimento anarquista em São Paulo ao longo desse período só é plenamente apreendida quando se lança luz, simultaneamente, sobre o contexto político e social e sobre as ligações entre os grupos locais e o anarquismo transnacional. A formação do movimento foi dividida em três períodos. Entre os anos de 1892 e 1897, no contexto de construção do regime republicano...

Dinâmicas da ação coletiva : as inovações nos repertórios de contestação nos eventos Defesa Pública da Alegria e Largo Vivo

Silva, Camila Farias da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
65.97%
Os últimos anos marcaram o inicio das transformações urbanas para preparação da Copa do Mundo FIFA (com ocorrência em 2014 no Brasil). Construções de grandes empreendimentos, obras nas vias públicas e privatizações de espaços públicos vêm acontecendo nas capitais brasileiras e, particularmente, em Porto Alegre. Nesse mesmo período, manifestações em defesa do espaço público e da humanização da cidade eclodiram e tomaram as ruas de Porto Alegre. O Brasil foi palco de grandes mobilizações sociais, com diversas inovações nas formas de ação coletiva, que precisam ser identificadas e analisadas. A pesquisa faz parte da (re)inserção dos estudos sobre movimentos sociais no Brasil no debate internacional, que tem no estudo dos repertórios de contestação um tema central e tem como objetivo geral compreender como são geradas as inovações nos repertórios de contestação. Dentre essas manifestações encontra-se o “Largo Vivo”, que teve início em 2011 e segue ocorrendo no Largo Glênio Peres e o “Defesa Pública da Alegria” ocorrido em 4 de outubro de 2012. Uma característica comum a estes eventos é a maneira inovadora pela qual desempenham suas ações. Todos esses eventos contaram com o lúdico como linguagem de expressão pública. Através de diversas formas de manifestação artística e de atividades de caráter festivo...

Música contemporânea e improvisação na orquestra de cordas

Matos, Ana Domingas de Oliveira
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
15.81%
O presente estudo foi desenvolvido no contexto da Orquestra de Cordas do ensino especializado da música no âmbito do Projeto Educativo do Mestrado em Música da Universidade de Aveiro. Pretendeu-se contribuir para uma atualização do repertório disponível para esta formação, que considerasse a heterogeneidade dos elementos que a constituem e que explorasse a prática da improvisação individual e coletiva Aborda questões em torno do ensino de música de conjunto e da improvisação, a partir do método investigação-ação. O projeto consistiu na criação de uma obra, em parceria com um compositor, adequada ao nível individual de cada uma das alunas, que prescreve momentos de improvisação, e na sua implementação na Orquestra de Cordas ao longo de seis semanas, culminando com uma apresentação pública. A análise do processo compreendeu a documentação coligida no diário de campo, as entrevistas e conversas informais tidas com as alunas, encarregados de educação e professores da escola e uma auto-etnografia da apresentação pública. O estudo revelou que o facto de a obra interpretada estar ajustada ao desenvolvimento musical de cada uma das alunas e de conter momentos de improvisação, foi um incentivo ao estudo fora do contexto da sala de aula...

Mobilização do direito como repertório de ação coletiva e crítica institucional no campo ambiental brasileiro

Losekann,Cristiana
Fonte: Instituto de Estudos Sociais e Políticos (IESP) da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) Publicador: Instituto de Estudos Sociais e Políticos (IESP) da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2013 PT
Relevância na Pesquisa
45.75%
The aim of this article is to characterize legal mobilization as a repertoire of social action in the Brazilian environmental field, analyzing how and why court action becomes a repertoire of collective action. The authors present data on the use of collective action, based on research using quantitative and qualitative methods. The main conclusions are that legal mobilization occurs through flows of interpersonal action between actors from government and civil society and that the perception of deficiency in representative and participatory institutional processes is an incentive for legal action. The authors further suggest that mobilization of legal institutions as a repertoire of collective action can generate a process of institutional critique.

(Re)visitando alguns elementos do enfoque situacional: um exame crítico de algumas das contribuições de Carlos Matus

Mattos,Ruben Araujo de
Fonte: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2010 PT
Relevância na Pesquisa
25.88%
Carlos Matus ofereceu, ao longo de sua obra, um conjunto de contribuições teóricas e metodológicas para o planejamento. Entre elas, destaca-se a compreensão do planejamento como uma forma de cálculo que precede e preside a ação, a noção de situação, autorreferida ao ator social que planeja, a importância dos procedimentos explicativos e do chamado cálculo direcional. Partindo de uma leitura pragmática da ciência e de algumas contribuições de Giddens, este trabalho examina os pressupostos teóricos subjacentes a essas contribuições. De modo específico, reconhecendo a importância dessas contribuições, faz-se uma leitura que radicaliza o caráter autorreferencial, rejeitando as pretensões de se construir uma teoria geral da mudança situacional, apostando na capacidade dos próprios atores sociais de sistematizar o cálculo que precede e preside a ação a partir do seu próprio repertório de interpretação. Explora-se a possibilidade de compreender as contribuições do cálculo sistemático e explícito que precede e orienta a ação como uma forma de ampliação do entendimento teórico das ações, sustentado pelos agentes humanos. Por fim, indicam-se as consequências práticas dessa (re)leitura.

Ações coletivas dos trabalhadores rurais assentados nos conselhos municipais de políticas públicas do oeste potiguar

Nunes da Silva, José; de Nazareth Baudel Wanderley, Maria (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
76.13%
Este trabalho objetivou estudar a ação coletiva dos trabalhadores rurais, residentes em áreas de assentamentos, aqui denominados assentados . As ações coletivas que analisamos se dão num cenário particular, que é formado pelos conselhos municipais de gestão de políticas públicas. Esses conselhos gestores são implantados no Brasil, sobretudo, a partir do final da década de 1980, visando por em prática um processo de descentralização de políticas públicas, impulsionado pela promulgação da Constituição de 1988. Utilizando técnicas de pesquisa como a observação participante, as entrevistas semi-estruturadas e análise documental, empreendemos a reconstrução das trajetórias organizativas e participativa de grupos de assentados, para compreendermos como agem coletivamente, num momento particular de suas vidas, que é o momento de consolidação da área, no qual demandas historicamente apresentadas ao governo federal, passam a ter que ser apresentadas na esfera local. Para alcançarmos nossos objetivos de pesquisa, selecionamos três assentamentos (Aurora da Serra, Poço Novo e Santa Maria), localizados na região oeste do estado do Rio Grande do Norte (nordeste brasileiro), mais especificamente...

Conhecimento sobre ação coletiva e movimentos sociais: pontos para uma análise dos protestos sociais em África

Mutzenberg,Remo
Fonte: Departamento de Sociologia da Universidade de Brasília Publicador: Departamento de Sociologia da Universidade de Brasília
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2015 PT
Relevância na Pesquisa
55.93%
ResumoO texto se propõe a analisar um conjunto de questões pertinentes ao campo dos estudos sobre ações coletivas, desenvolvidas particularmente nos Estados Unidos, e sobre os movimentos sociais, desenvolvidas predominantemente na Europa, objetivando colocar em evidência questões, princípios e conceitos. Num segundo momento, busca identificar tendências e perspectivas presentes na tradição dos estudos sobre ações coletivas e movimentos sociais em África, levando em consideração a problematização quanto ao uso daquelas tradições, sua pertinência e limites. Tal procedimento visa identificar um repertório para a construção de caminhos na análise de protestos sociais. Partindo da literatura produzida no campo temático das ações coletivas e dos movimentos sociais, o texto tem por objetivo indicar possíveis caminhos analíticos orientadores ao desenvolvimento de pesquisa para a análise de "protesto social", entendidos estes como forma de ação coletiva ou momentos de visibilidade de um movimento social. Considera-se que a análise dos protestos sociais leva a reconhecer o legado teórico e metodológico referente à análise das ações coletivas e dos movimentos sociais e, ainda, possibilita a identificação de temas e questões que emergem a partir dos próprios contextos sociais e que não são problematizados no campo teórico.

A luta pela moradia na cidade de São Paulo : as interações entre moradores de favelas e o poder público de 1975 a 1982; The struggle for housing in the city of São Paulo : the interactions between the residents of favelas and the public power of 1975 to 1982

Aldrey Cristiane Iscaro
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 22/06/2012 PT
Relevância na Pesquisa
55.88%
Esta pesquisa tem como tema o processo organizativo e de construção das demandas do movimento de moradores de favelas e como este movimento social foi conformando, ao longo do tempo, seu repertório de luta para afirmação da moradia digna, mediados por seu apoiador principal naquele momento, a Igreja Católica, sua relação com o governo e seu processo de aprendizagem na tentativa do atendimento de suas reivindicações. Nosso principal objetivo é descrever como se davam as interações entre moradores de favelas e poder público, na cidade de São Paulo, entre 1975 e 1982, em um momento no qual as políticas públicas para as favelas aos poucos iam se deslocando da ênfase na remoção, ainda hegemônicas, para a ideia da assistência coletiva às famílias. Para a nossa análise retomaremos, de forma mais rápida e como contraponto, a luta dos moradores dos loteamentos clandestinos, como forma de avaliarmos os diferentes padrões de resposta estatal associados à luta pela terra urbana. A pesquisa foi desenvolvida utilizando bibliografia secundária e análise de documentos do período, alguns deles produzidos pelo próprio movimento e também pela pesquisa de jornais da época.; This research has as its theme the organizational process and construction of the demands of the movement of the favelas's residents and how this social movement has been conforming...

(Re)visitando alguns elementos do enfoque situacional: um exame crítico de algumas das contribuições de Carlos Matus

Mattos,Ruben Araujo de
Fonte: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2010 PT
Relevância na Pesquisa
25.88%
Carlos Matus ofereceu, ao longo de sua obra, um conjunto de contribuições teóricas e metodológicas para o planejamento. Entre elas, destaca-se a compreensão do planejamento como uma forma de cálculo que precede e preside a ação, a noção de situação, autorreferida ao ator social que planeja, a importância dos procedimentos explicativos e do chamado cálculo direcional. Partindo de uma leitura pragmática da ciência e de algumas contribuições de Giddens, este trabalho examina os pressupostos teóricos subjacentes a essas contribuições. De modo específico, reconhecendo a importância dessas contribuições, faz-se uma leitura que radicaliza o caráter autorreferencial, rejeitando as pretensões de se construir uma teoria geral da mudança situacional, apostando na capacidade dos próprios atores sociais de sistematizar o cálculo que precede e preside a ação a partir do seu próprio repertório de interpretação. Explora-se a possibilidade de compreender as contribuições do cálculo sistemático e explícito que precede e orienta a ação como uma forma de ampliação do entendimento teórico das ações, sustentado pelos agentes humanos. Por fim, indicam-se as consequências práticas dessa (re)leitura.