Página 1 dos resultados de 2895 itens digitais encontrados em 0.010 segundos

Clinical validation of impaired spirituality in patients with chronic renal disease; Validação clínica de espiritualidade prejudicada em pacientes com doença renal crônica; Validación clínica de espiritualidad perjudicada en pacientes con enfermedad renal crónica

CHAVES, Erika de Cássia Lopes; CARVALHO, Emilia Campos de; TERRA, Fabio de Souza; SOUZA, Luiz de
Fonte: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo Publicador: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
46.48%
This study aimed to identify and validate the defining characteristics of the nursing diagnosis Impaired spirituality. The methodological framework proposed by Fehring for the clinical validation of nursing diagnosis was used. The investigation was carried out in a dialysis clinic and had as participants 120 patients with chronic renal disease. Data were collected by two expert nurses, through interviews. The prevalence of the nursing diagnosis Impaired spirituality in the sample was 27.5%. It was found that the most frequent defining characteristics were Expresses behavioral changes: rage, Inability to express creativity, Questions suffering and Expresses alienation. The clinical validation of Impaired spirituality contributed to refine this diagnosis. Its identification in patients with chronic renal disease undergoing dialysis treatment can offer alternatives for a safer and more effective intervention, aiming at the satisfaction of the spiritual needs of these patients.; Este estudo teve por objetivo identificar e validar as características definidoras do diagnóstico de enfermagem espiritualidade prejudicada. Foi utilizado o referencial metodológico proposto por Fehring para validação clínica de diagnóstico de enfermagem. A investigação decorreu em uma clínica de hemodiálise e contou com a participação de 120 pacientes com doença renal crônica. Os dados foram coletados por dois enfermeiros peritos...

O idoso em diálise; Older adults undergoing dialysis; El anciano en Diálisis

KUSUMOTA, Luciana; OLIVEIRA, Marília Pilotto de; MARQUES, Sueli
Fonte: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo Publicador: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
46.47%
Em decorrência, principalmente, do envelhecimento populacional e mudanças no perfil epidemiológico, tem-se observado um crescente aumento do número de idosos em terapia renal substitutiva. O presente relato aponta e descreve os principais aspectos e as características do idoso em diálise; e destaca como imprescindível o atendimento em saúde, incluindo o cuidado de enfermagem, direcionado e especializado, diante das especificidades e necessidades desta parcela de pacientes nos centros de diálise.; Aging and changes in the epidemiologic profile of the population are contributing factors for the increasing number of older adults undergoing renal replacement therapy. This study describes the main characteristics of older adults undergoing dialysis and the health care delivery system, including the specialized and individualized nursing care to address the needs of the older adults attending dialysis centers.; Como resultado, principalmente, del envejecimiento poblacional y cambios en el perfil epidemiológico, se ha observado un creciente aumento del número de ancianos en terapia renal sustitutiva. El presente relato señala y describe los principales aspectos y las características del anciano en diálisis; y destaca como imprescindible la atención en salud...

Infecções em pacientes submetidos a procedimento hemodialítico: revisão sistemática; Infections in patients submitted to hemodialysis: a systematic review

CAIS, Daiane Patricia; TURRINI, Ruth Natalia Teresa; STRABELLI, Tânia Mara Varejão
Fonte: Associação de Medicina Intensiva Brasileira - AMIB Publicador: Associação de Medicina Intensiva Brasileira - AMIB
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
46.59%
OBJETIVOS: Os procedimentos dialíticos para a correção da lesão renal têm a infecção como uma das principais complicações, com impacto significante na morbi-mortalidade em pacientes dialíticos crônicos e agudos críticos. O objetivo deste trabalho foi revisar a literatura sobre infecções em pacientes submetidos a procedimentos hemodialíticos. MÉTODOS: Foi realizado levantamento das publicações de 1990 a março de 2008 nas bases eletrônicas COCHRANE, PubMed/MEDLINE, Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde, Banco de dados de Enfermagem. Foram utilizados os descritores em Ciências da Saúde (DeCS) e o Medical Subject Headings Section (MeSH) do PubMed/MEDLINE: infecção; infecção hospitalar; bacteremia; diálise renal; insuficiência renal crônica; insuficiência renal aguda; hemofiltração; hemodiafiltração; terapia de substituição renal. RESULTADOS: Foram selecionados 33 artigos. A maioria das publicações era americana, concentrou-se entre os anos 2001 e 2005 e a principal topografia foi infecção relacionada ao acesso vascular. Os estudos divergiram na definição de infecção e denominadores utilizados, comprometendo a comparação dos mesmos. Cinco artigos trabalharam com diferentes topografias de infecção...

Repercussões psicológicas da doença renal crônica: comparação entre pacientes que iniciam o tratamento hemodialítico após ou sem seguimento nefrológico prévio; Psychological and clinical effects: comparative study of ESRD patients with early or late referral to nephrologist

Fayer, Ana Amélia Martinez
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 15/03/2010 PT
Relevância na Pesquisa
46.63%
É sabido que o paciente com doença renal crônica que tem um acompanhamento nefrológico precoce apresenta melhores condições clínicas e melhor prognóstico ao entrar em diálise. Porém o acompanhamento precoce pelo nefrologista melhora também o enfrentamento psíquico da doença e do tratamento? Foram estudados 39 pacientes com insuficiência renal estágio 5 no momento em que entravam em hemodiálise: 19 pacientes com acompanhamento por nefrologista 6 meses (Grupo 1) e 20 pacientes sem qualquer acompanhamento nefrológico prévio (Grupo 2). Todos os pacientes participaram de entrevista semiestruturada, composta por 17 questões abordando informações, crenças, expectativas e fantasias relacionadas à doença e ao tratamento. As respostas foram decompostas em categorias através da técnica da Análise de Conteúdo. Os dados demográficos e laboratoriais também foram coletados. A classe socioeconômica foi avaliada e classificada como baixa, média ou alta. Na análise estatística foram utilizados o teste de Fisher, do Quiquadrado, t de Student ou de Wilcoxon como apropriado e os resultados apresentados como média ± DP. O grupo 1 foi seguido por 26 ± 20 meses. Em ambos os grupos a maioria dos pacientes pertencia à classe baixa e era do sexo masculino. Os pacientes do grupo 2 eram mais jovens e apresentavam piores parâmetros laboratoriais (p <0...

Índice de pressão tornozelo-braquial em pacientes renais crônicos incidentes em hemodiálise; Ankle-brachial Index in End-stage Renal Disease Incident in hemodialysis

Jimenez, Zaida Noemy Cabrera
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 13/12/2011 PT
Relevância na Pesquisa
46.47%
Doença cardiovascular é uma causa importante de morte em pacientes em diálise. Doença arterial obstrutiva periférica (DAOP) é um fator prognóstico de doença cardiovascular. Índice de pressão tornozelo-braquial (ITB) é um método não invasivo usado para o diagnóstico de DAOP. A diferença entre ITB pré e pós diálise ainda não foi formalmente testada e foi um dos objetivos deste estudo. Além disso, nós avaliamos o ITB como marcador de mortalidade em pacientes incidentes em hemodiálise. ITB foi obtido por método oscilométrico automático em uma população de pacientes incidentes em hemodiálise. Este estudo foi desenhado para testar a aplicabilidade da determinação do ITB com o uso de 2 aparelhos oscilométricos simultâneos de pressão arterial (Omron Corp 705 CP Corp, Tokyo, Japan) comparando pré e pós diálise assim como lados direito e esquerdo. 123 pacientes (85 homens e 38 mulheres) idade 53±19 anos foram incluídos. Medidas de pressão arterial do lado direito e do lado esquerdo apresentaram médias semelhantes (p=0,565), assim como em 3 sessões consecutivas de diálise, tempo 1, 2 e 3 (coeficiente de variação menor que 5). Nenhuma diferença foi encontrada entre ITB pré e pós diálise, tanto no lado direito quanto no lado esquerdo...

Análise do desempenho da bioimpedância elétrica e somatória de pregas cutâneas na avaliação da composição corporal em pacientes renais dialíticos; Performance analysis of bioelectrical impedance analysis and sum of skinfolds in assessing body composition in renal dialysis patients

Rodrigues, Natalia Cristina Lima
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 16/01/2012 PT
Relevância na Pesquisa
56.33%
Introdução: Em pacientes com insuficiência renal crônica em tratamento de hemodiálise (HD), existe necessidade de ferramenta simples, segura e eficaz para avaliar a composição corporal (CC) e permitir diagnóstico de suas alterações, com finalidade de planejamento e monitoramento de tratamento nutricional. Objetivo: Em 60 pacientes em insuficiência renal dialítica determinou-se a eficiência da análise de bioimpedância elétrica (BIA) e a somatória das pregas cutâneas (SPC) na estimativa da gordura corporal total. Métodos: Estudo prospectivo, observacional de comparação de gordura corpórea total (GC) e massa magra total (MM) estimadas, antes e após hemodiálise,por BIA multifrequencial e pela SPC com os valores estimados pelo método de referência, pletismografia a ar de deslocamento (PDA). Resultados: A média estimada GC (kg,%) observado por PDA antes da hemodiálise (HD) foi 17,95 kg ± 0,99 (IC 95% 16,00-19,90) e 30,11% ± 1,30 (IC 95% 27,56-32,66); após hemodiálise (HD), foi 17,92 kg ± 1,11 (IC 95% 15,74-20 10) e 30,04% ± 1,40 (IC 95% 27,28-32,79). Em nenhum período do estudo encontrou-se diferença de GC e de MM (para kg e %) estimadas pelo método SPC em comparação com PDA, no entanto, o BIA subestimou a GC e superestimou a MM (para kg e %) quando comparado com PDA. Conclusão: O método SPC mostrou resultados semelhantes aos PDA e pode ser considerado adequado para avaliação GC em pacientes HD. A BIA não foi considerada método para ser utilizado nessas condições; Introduction: In patients with chronic renal failure on hemodialysis (HD)...

Avaliação do metabolismo mineral de pacientes com doença renal crônica em diálise peritoneal: correlação entre parâmetros clínicos, bioquímicos e de histologia óssea; Evaluation of mineral metabolism in peritoneal dialysis patients: correlation between bone histology, clinical features and biochemical parameters

Oliveira, Rodrigo Azevedo de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 05/05/2014 PT
Relevância na Pesquisa
46.58%
INTRODUÇÃO: Os distúrbios minerais e ósseos da doença renal crônica (DMO-DRC) são influenciados por vários fatores, como idade, etiologia da DRC, toxinas urêmicas e modalidade dialítica. Os DMO-DRC são bem descritos em pacientes tratados com hemodiálise (HD). No entanto, na diálise peritoneal (DP) os estudos são escassos e, na maioria deles, não há dados de histologia óssea. OBJETIVOS: caracterizar os DMO-DRC em uma coorte de pacientes em DP; comparar os resultados com aqueles obtidos da HD; e analisar o desempenho de marcadores séricos para o diagnóstico das doenças de alto e baixo remodelamento ósseo. MÉTODOS: quarenta e um pacientes tratados com DP submeteram-se a avaliação clínica, bioquímica e biópsia óssea. RESULTADOS: a doença óssea adinâmica (DOA) foi o tipo de osteodistrofia renal (OR) predominante, correspondendo a 49% da amostra. Ao se analisar separadamente diabéticos e não diabéticos, a prevalência de DOA foi de 77,7% no primeiro grupo e 26% no segundo (p=0,001). Na comparação entre DP e HD, observou-se que os pacientes do primeiro grupo apresentavam 25(OH) vitamina D mais baixa, mineralização óssea mais comprometida e melhor volume ósseo. A fosfatase alcalina óssea (FAO) apresentou a melhor sensibilidade e especificidade tanto para o diagnóstico de alto...

Avaliação da qualidade de vida de pacientes com insuficiência renal crônica em tratamento por diálise peritoneal automatizada e hemodiálise utilizando o instrumento SF-36; Evaluation of Quality of Life of end-stage renal disease patients treated with either automatic peritoneal dialysis or hemodialysis using SF-36 questionnaires

Arenas, Valquiria Greco
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 03/08/2006 PT
Relevância na Pesquisa
46.58%
INTRODUÇÃO: A avaliação da QV tem se destacado de modo crescente em pesquisas clínicas de pacientes com insuficiência renal crônica terminal (IRCT), sendo o SF-36 um dos instrumentos mais utilizados nesta população. O objetivo deste estudo foi avaliar e comparar a QV nos pacientes com IRCT que estavam em tratamento dialítico de DPA e HD utilizando o SF-36 e avaliar se parâmetros sociais, demográficos, econômicos, clínicos e de adequação em diálise interferem na QV desses grupos. MÉTODOS: este estudo transversal, prospectivo e observacional, foi realizado em uma unidade de diálise satélite no município de São Paulo, em dezembro de 2003. Foram incluídos no estudo os pacientes de DPA ou HD, com tempo na terapia maior que 90 dias, idade entre 18 e 75 anos, com domínio da língua portuguesa e que concordaram em responder o instrumento para avaliação da QV. Participaram 22 pacientes de DPA e 79 de HD. Através do prontuário médico, foram coletados dados demográficos, sociais, econômicos, informações clínicas e exames laboratoriais. A QV foi avaliada apenas uma vez durante entrevista com a pesquisadora. Os valores obtidos na QV foram cruzados com as demais variáveis para verificar se havia interação significativa. RESULTADOS: Os grupos foram muito semelhantes entre si na maioria das variáveis analisadas. Na HD observou-se tempo maior de tratamento (p=0.002) e níveis de albumina sérica mais elevados que DPA (p<0...

Adesão ao tratamento medicamentoso da pessoa portadora de insuficiência renal crónica em hemodiálise

Sousa, Maria Elisabete Pereira; Ribeiro, Olivério Paiva, orient.
Fonte: Instituto Politécnico de Viseu, Escola Superior de Saúde de Viseu Publicador: Instituto Politécnico de Viseu, Escola Superior de Saúde de Viseu
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
46.5%
A “Adesão ao Tratamento Medicamentoso da Pessoa portadora de Insuficiência Renal Crónica em Hemodiálise” é um trabalho realizado no âmbito da Unidade Curricular Relatório Final, do Curso de Mestrado em Enfermagem Médico-Cirúrgica da Escola Superior de Saúde de Viseu, tendo como objetivos identificar o nível de adesão ao tratamento medicamentoso e analisar a influencia das variáveis sociodemográficas, sociofamiliares, clínicas, comportamentais e das crenças acerca dos medicamentos. Uma elevada adesão terapêutica contribui para uma menor taxa de hospitalização, com consequente redução dos custos em saúde e minimização do impacto da doença no seio da vida familiar da pessoa, sendo fundamental para o sucesso da terapêutica no contexto de qualquer doença crónica, com é o caso da Insuficiência Renal Crónica. Estudo, quantitativo, descritivo-correlacional de natureza transversal. Amostra não probabilística por conveniência, constituída por 220 doentes IRC em tratamento hemodialítico no Distrito de Viseu. Foi utilizado um questionário, com um conjunto de variáveis em estudo, incluindo a “Escala de crenças acerca dos medicamentos”, “Escala de Apgar Familiar”, “Escala de Apoio Social” e “Escala de Medida de Adesão ao Tratamento”. Verificou-se que 60% dos inquiridos são do sexo masculino e 40% do sexo feminino...

Permanent vascular access in patients with end-stage renal disease, Brazil

Silva,Gisele Macedo da; Gomes,Isabel Cristina; Andrade,Eli Iola Gurgel; Lima,Eleonora Moreira; Acurcio,Francisco de Assis; Cherchiglia,Mariângela Leal
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2011 EN
Relevância na Pesquisa
46.52%
OBJECTIVE: To assess factors associated with the establishment of permanent vascular access for patients with end-stage renal disease. METHODS: Cross-sectional study conducted in a nationally representative sample of Brazilian end-stage renal disease patients in dialysis and transplant centers during 2007. The sample comprised only patients who received hemodialysis as a primary therapy modality and reported the type of vascular access for their primary hemodialysis treatment (N=2,276). Data were from the TRS Project - "Economic and Epidemiologic Evaluation of Modalities of Renal Replacement Therapy in Brazil". Multiple logistic regression analysis was used to assess factors associated with the establishment of permanent vascular access in these patients. RESULTS: About 30% of the patients studied had an arteriovenous vascular access. The following factors were associated with a lower likelihood of having an arteriovenous vascular access as a primary type of access: time of hemodialysis start since the diagnosis of chronic renal failure < 1 year; shorter dialysis therapy; having no private health insurance; living in the central-western, northeastern and southeastern regions of Brazil; and living in the northern region plus having no private health insurance. In the final model there was found a positive association between the outcome and pre-dialysis care and no were association with socioeconomic and comorbidity variables. CONCLUSIONS: The study results showed that the focus should on pre-dialysis care to increase the establishment of an arteriovenous vascular access before starting hemodialysis in Brazil.

Torque teno virus among dialysis and renal-transplant patients

Takemoto,Angélica Yukari; Okubo,Patrícia; Saito,Patricia Keiko; Yamakawa,Roger Haruki; Watanabe,Maria Angélica Ehara; Veríssimo da Silva Junior,Waldir; Borelli,Sueli Donizete; Bedendo,João
Fonte: Sociedade Brasileira de Microbiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Microbiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/05/2015 EN
Relevância na Pesquisa
46.64%
Patients who undergo dialysis treatment or a renal transplant have a high risk of blood-borne viral infections, including the Torque teno virus (TTV). This study identified the presence of TTV and its genome groups in blood samples from 118 patients in dialysis and 50 renal-transplant recipients. The research was conducted in a hospital in the city of Maringá, state of Paraná. The viral DNA, obtained from whole blood, was identified by using two nested Polymerase Chain Reactions (PCR). The frequencies of TTV were 17% and 36% in dialysis patients using the methodology proposed by Nishizawa et al. (1997) and Devalle and Niel (2004), respectively, and 10% and 54% among renal-transplant patients. There was no statistically significant association between the frequency of the pathogen and the variables: gender, time in dialysis, time since transplant, blood transfusions, and the concomitant presence of hepatitis B, for either the dialysis patients or the renal-transplant recipients. Among dialysis patients and renal-transplant recipients, genogroup 5 was predominant (48% and 66% respectively), followed by genogroup 4 (37% and 48%) and genogroup 1 (23% and 25%). Genogroup 2 was present in both groups of patients. Some patients had several genogroups...

Renal transplantation reverses functional deficiencies in circulating dendritic cell subsets in chronic renal failure patients

Lim, W.; Kireta, S.; Thomson, A.; Russ, G.; Coates, P.
Fonte: Lippincott Williams & Wilkins Publicador: Lippincott Williams & Wilkins
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2006 EN
Relevância na Pesquisa
46.54%
BACKGROUND: Dendritic cell (DC) subsets play critical roles in regulation of innate and adaptive immune responses. These important antigen-presenting cells have not been extensively analyzed in chronic renal failure (CRF), during dialysis, or before and after renal transplantation. METHODS: The incidence of circulating precursor (pre)-DC subsets relative to total peripheral blood mononuclear cells was analyzed in healthy controls, haemodialysis patients, peritoneal dialysis patients, CRF patients, and renal transplant (RT) recipients. DC subsets were identified and characterized phenotypically by multicolour flow cytometric analysis and purified by immunomagnetic bead isolation respectively. Cytokine production and circulating DC mobilizing cytokines were determined by ELISA. RESULTS: The incidence of circulating prePDC was reduced in all patients, but the incidence of circulating preMDC was comparable in RT and dialysis patients compared to healthy controls. CRF patients exhibited the lowest incidence of circulating preMDC and prePDC. Immunomagnetic bead-isolated preMDC and prePDC from haemodialysis patients were functionally impaired (reduced expression of surface costimulatory molecules and interleukin-12p70 production following bacterial lipopolysaccharide stimulation...

Statins decrease all-cause mortality only in CKD patients not requiring dialysis therapy - a meta-analysis of 11 randomized controlled trials involving 21,295 participants

Barylski, M.; Nikfar, S.; Mikhailidis, D.; Toth, P.; Salari, P.; Ray, K.; Pencina, M.; Rizzo, M.; Rysz, J.; Abdollahi, M.; Nicholls, S.; Banach, M.
Fonte: Academic Press Ltd Publicador: Academic Press Ltd
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2013 EN
Relevância na Pesquisa
46.48%
The available studies have reported the benefits of statins on all-cause and cardiovascular mortality in chronic kidney disease (CKD) patients. However studies in end-stage renal disease patients on dialysis yielded conflicting results. Therefore, we performed a meta-analysis and provide the most reliable trial data to date on the impact of statin therapy on cardiovascular events and death from all causes in CKD patients. Data from PubMed, Web of Science, Cochrane Library, and Scopus for the years 1966 to October 2012 were searched. The final meta-analysis included 11 randomized controlled trials involving 21,295 participants with CKD. Among them 6857 were on dialysis. The use of statins in subjects with non-dialysis-dependent CKD resulted in a marked reduction in death from all causes (relative risk [RR]: 0.66; 95% confidence interval [CI]: 0.55-0.79; p<0.0001), cardiac causes (RR: 0.69; 95%CI: 0.55-0.68; p=0.0012), cardiovascular events (RR: 0.55; 95%CI: 0.4-0.75; p=0.0001) and stroke (RR: 0.66; 95%CI: 0.5-0.88; p=0.0022). The use of statins in dialysis-dependent CKD patients resulted in a non-significant effect on death from all causes (RR: 0.99; 95%CI: 0.88-1.11; p=0.85) and stroke (RR: 1.31; 95%CI: 0.9-1.89; p>0.05), but had the effect of reducing death from cardiac causes (RR: 0.79; 95%CI: 0.64-0.98; p<0.05) and cardiovascular events (RR: 0.81; 95%CI: 0.7-0.94; p<0.05). In conclusion...

Long-term survival and dialysis dependency following acute kidney injury in intensive care: extended follow-up of a randomized controlled trial

Gallagher, M.; Cass, A.; Bellomo, R.; Finfer, S.; Gattas, D.; Lee, J.; Lo, S.; McGuinness, S.; Myburgh, J.; Parke, R.; Rajbhandari, D.
Fonte: Public Library of Science Publicador: Public Library of Science
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2014 EN
Relevância na Pesquisa
46.49%
BACKGROUND: The incidence of acute kidney injury (AKI) is increasing globally and it is much more common than end-stage kidney disease. AKI is associated with high mortality and cost of hospitalisation. Studies of treatments to reduce this high mortality have used differing renal replacement therapy (RRT) modalities and have not shown improvement in the short term. The reported long-term outcomes of AKI are variable and the effect of differing RRT modalities upon them is not clear. We used the prolonged follow-up of a large clinical trial to prospectively examine the long-term outcomes and effect of RRT dosing in patients with AKI. METHODS AND FINDINGS: We extended the follow-up of participants in the Randomised Evaluation of Normal vs. Augmented Levels of RRT (RENAL) study from 90 days to 4 years after randomization. Primary and secondary outcomes were mortality and requirement for maintenance dialysis, respectively, assessed in 1,464 (97%) patients at a median of 43.9 months (interquartile range [IQR] 30.0-48.6 months) post randomization. A total of 468/743 (63%) and 444/721 (62%) patients died in the lower and higher intensity groups, respectively (risk ratio [RR] 1.04, 95% CI 0.96-1.12, p = 0.49). Amongst survivors to day 90...

The production of dialysis by for-profit versus not-for-profit freestanding renal dialysis facilities.

Griffiths, R I; Powe, N R; Gaskin, D J; Anderson, G F; de Lissovoy, G V; Whelton, P K
Fonte: PubMed Publicador: PubMed
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /10/1994 EN
Relevância na Pesquisa
46.54%
OBJECTIVE. A study was conducted to determine whether for-profit and not-for-profit freestanding renal dialysis facilities differ with respect to efficiency in the production of dialysis treatments. DATA SOURCES/STUDY SETTING. National data on 1,224 Medicare-certified freestanding dialysis facilities were obtained from the Health Care Financing Administration's (HCFA) 1990 Independent Renal Dialysis Facility Cost Report. Data on Medicare patients receiving care at these facilities during 1990 were obtained from HCFA's End Stage Renal Disease (ESRD) Program Management and Medical Information System (PMMIS). STUDY DESIGN. Ordinary least squares regression (OLS) was used to estimate the association between monthly output of dialysis treatments in 1990 and (a) facility capital and labor inputs, (b) facility ownership characteristics, and (c) case-mix characteristics. DATA COLLECTION/EXTRACTION METHODS. Facility and patient level data were extracted from the Facility Cost Report and the PMMIS databases, respectively. Patient level data were aggregated by facility and merged with facility level data. PRINCIPAL FINDINGS. For-profit sole proprietorships, for-profit partnerships and for-profit corporations each produced significantly more dialysis treatments per month than not-for-profits...

Iron and aluminium in relation to brain ferritin in normal individuals and Alzheimer's-disease and chronic renal-dialysis patients.

Dedman, D J; Treffry, A; Candy, J M; Taylor, G A; Morris, C M; Bloxham, C A; Perry, R H; Edwardson, J A; Harrison, P M
Fonte: PubMed Publicador: PubMed
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em 15/10/1992 EN
Relevância na Pesquisa
46.52%
Ferritin has been isolated and its subunit composition, iron and aluminium content determined in the cerebral cortex and cerebellum of normal individuals and in the cerebral cortex of Alzheimer's-disease and renal-dialysis patients. An e.l.i.s.a. for ferritin has been developed and the ferritin, non-haem iron and aluminium content of the parietal cortex were determined in normal individuals and Alzheimer's-disease patients. It was found that ferritin from the cerebral cortex and cerebellum of normal individuals had a high H-subunit content, similar to that of heart ferritin. The subunit composition of ferritin isolated from the cerebral cortex was not significantly altered in Alzheimer's-disease or renal-dialysis patients. Ferritin from the cerebral cortex of normal individuals had only approx. 1500 atoms of iron per molecule and the iron content of ferritin was not significantly changed in Alzheimer's-disease or renal-dialysis patients. Ferritin isolated from the cerebral cortex of normal, Alzheimer's-disease and renal-dialysis patients had less than 9 atoms of aluminium per molecule. The failure to find increased concentrations of aluminium associated with ferritin in dialysis patients, who had markedly increased concentrations of aluminium in the cerebral cortex...

Comparison of baseline data between chronic kidney disease patients starting hemodialysis who live near and far from the dialysis center

Santos,Paulo Roberto; Arcanjo,Cecília Costa; Aragão,Sânkia Maria Lopes; Ponte Neto,Fernando Lopes; Ximenes,Antônio Robson Gomes; Tapeti,Janaína Teixeira Pereira Carneiro; Mendes,Hyngridd Soares; Vieira,Luise Vasconcelos; Prado,Rita de Cássia Parente
Fonte: Sociedade Brasileira de Nefrologia Publicador: Sociedade Brasileira de Nefrologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2014 EN
Relevância na Pesquisa
46.47%
Introduction: The treatment offered to chronic kidney disease (CKD) patients before starting hemodialysis (HD) impacts prognosis. Objective: We seek differences among incident HD patients according to the distance between home and the dialysis center. Methods: We included 179 CKD patients undergoing HD. Patients were stratified in two groups: "living near the dialysis center" (patients whose hometown was in cities up to 100 km from the dialysis center) or as "living far from the dialysis center" (patients whose hometown was more than 100 km from the dialysis center). Socioeconomic status, laboratory results, awareness of CKD before starting HD, consultation with nephrologist before the first HD session, and type of vascular access when starting HD were compared between the two groups. Comparisons of continuous and categorical variables were performed using Student's t-test and the Chi-square test, respectively. Results: Ninety (50.3%) patients were classified as "living near the dialysis center" and 89 (49.7%) as "living far from the dialysis center". Patients living near the dialysis center were more likely to know about their condition of CKD than those living far from the dialysis center, respectively 46.6% versus 28.0% (p = 0.015). Although without statistical significance...

Acesso vascular permanente em pacientes renais crônicos terminais no Brasil; Acceso vascular permanente en pacientes renales crónicos terminales en Brasil; Permanent vascular access in patients with end-stage renal disease, Brazil

Silva, Gisele Macedo da; Gomes, Isabel Cristina; Andrade, Eli Iola Gurgel; Lima, Eleonora Moreira; Acurcio, Francisco de Assis; Cherchiglia, Mariângela Leal
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/04/2011 ENG
Relevância na Pesquisa
46.59%
OBJETIVO: Analisar fatores associados à provisão de acesso vascular arteriovenoso no Brasil. MÉTODOS: Estudo transversal, nacionalmente representativo, com pacientes com doença renal crônica terminal acompanhados em serviços de diálise ou em centros transplantadores no ano de 2007. A amostra incluiu apenas pacientes que tiveram a hemodiálise como primeira modalidade de tratamento e que sabiam com que tipo de acesso vascular haviam iniciado o tratamento (N = 2.276). Os dados são oriundos do Projeto TRS - "Avaliação econômico-epidemiológica das modalidades de Terapia Renal Substitutiva no Brasil". Regressão logística múltipla foi utilizada. RESULTADOS: Aproximadamente 30% dos pacientes tinham acesso vascular arteriovenoso. Os fatores associados à baixa probabilidade de ter acesso vascular arteriovenoso como primeiro tipo de acesso foram: tempo de diagnóstico de doença renal crônica anterior à entrada em hemodiálise < 1 ano, menor tempo de tratamento dialítico, não possuir cobertura de plano de saúde, residir na região Centro-Oeste, Nordeste e Sudeste, e residir na região Norte e ao mesmo tempo não possuir cobertura de plano de saúde. No modelo final não foi observada associação do desfecho com variáveis socioeconômicas e comorbidades...

Validação clínica de espiritualidade prejudicada em pacientes com doença renal crônica; Validación clínica de espiritualidad perjudicada en pacientes con enfermedad renal crónica; Clinical validation of impaired spirituality in patients with chronic renal disease

Chaves, Erika de Cássia Lopes; Carvalho, Emilia Campos de; Terra, Fabio de Souza; Souza, Luiz de
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf; application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/06/2010 ENG; POR; SPA
Relevância na Pesquisa
46.48%
Este estudo teve por objetivo identificar e validar as características definidoras do diagnóstico de enfermagem espiritualidade prejudicada. Foi utilizado o referencial metodológico proposto por Fehring para validação clínica de diagnóstico de enfermagem. A investigação decorreu em uma clínica de hemodiálise e contou com a participação de 120 pacientes com doença renal crônica. Os dados foram coletados por dois enfermeiros peritos, por meio de entrevistas. A prevalência do diagnóstico de enfermagem espiritualidade prejudicada, na amostra, foi de 27,5%. Constatou-se que as características definidoras mais frequentes foram: expressa alteração de comportamento: raiva, é incapaz de expressar criatividade, questiona sofrimento e expressa alienação. A validação clínica de espiritualidade prejudicada contribuiu para o refinamento desse diagnóstico e sua identificação, junto a pacientes com doença renal crônica em hemodiálise, pode oferecer caminhos para intervenção mais segura e eficaz, visando a satisfação das necessidades espirituais desses pacientes.; Este estudio tuvo por objetivo identificar y validar las características definidoras del diagnóstico de enfermería espiritualidad perjudicada. Fue utilizado el marco metodológico propuesto por Fehring para validación clínica del diagnóstico de enfermería. La investigación se realizó en una clínica de hemodiálisis y contó con la participación de 120 pacientes con enfermedad renal crónica. Los datos fueron recolectados por dos enfermeros especialistas...

Permanent vascular access in patients with end-stage renal disease, Brazil

Silva,Gisele Macedo da; Gomes,Isabel Cristina; Andrade,Eli Iola Gurgel; Lima,Eleonora Moreira; Acurcio,Francisco de Assis; Cherchiglia,Mariângela Leal
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2011 EN
Relevância na Pesquisa
46.52%
OBJECTIVE: To assess factors associated with the establishment of permanent vascular access for patients with end-stage renal disease. METHODS: Cross-sectional study conducted in a nationally representative sample of Brazilian end-stage renal disease patients in dialysis and transplant centers during 2007. The sample comprised only patients who received hemodialysis as a primary therapy modality and reported the type of vascular access for their primary hemodialysis treatment (N=2,276). Data were from the TRS Project - "Economic and Epidemiologic Evaluation of Modalities of Renal Replacement Therapy in Brazil". Multiple logistic regression analysis was used to assess factors associated with the establishment of permanent vascular access in these patients. RESULTS: About 30% of the patients studied had an arteriovenous vascular access. The following factors were associated with a lower likelihood of having an arteriovenous vascular access as a primary type of access: time of hemodialysis start since the diagnosis of chronic renal failure < 1 year; shorter dialysis therapy; having no private health insurance; living in the central-western, northeastern and southeastern regions of Brazil; and living in the northern region plus having no private health insurance. In the final model there was found a positive association between the outcome and pre-dialysis care and no were association with socioeconomic and comorbidity variables. CONCLUSIONS: The study results showed that the focus should on pre-dialysis care to increase the establishment of an arteriovenous vascular access before starting hemodialysis in Brazil.