Página 1 dos resultados de 572 itens digitais encontrados em 0.018 segundos

Intensidade comunicativa e conflito familiar: um estudo descritivo com adolescentes de uma escola publica na cidade de Campina Grande / PB-Brasil

Olinto, Hilândia Morais Mota
Fonte: Repositório Científico Lusófona Publicador: Repositório Científico Lusófona
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
55.93%
Este estudo teve por objetivo avaliar a intensidade comunicativa entre pais e filhos, relacionando-a com o grau de conflito familiar com adolescentes com idades entre 14 e 19 anos, distribuídos igualmente no nível Fundamental e Médio, de uma escola da rede pública na cidade de Campina Grande / PB. Utilizou-se, nesta pesquisa um questionário composto das seguintes medidas: Instrumento de avaliação da comunicação com o Pai e Mãe, proposto por Parra e Oliva (2002). Trata-se de um instrumento auto-aplicável, originalmente com 12 itens, para os quais, os adolescentes indicaram a frequência com que ocorre o diálogo entre eles (pais e filhos). Um outro instrumento também foi aplicado, igualmente desenvolvido por Parra e Oliva (2002) referindo-se à frequência da aparição de discussões negativas entre pais e filhos. Recorreu-se, também, a um conjunto de perguntas sobre as suas características pessoais com a finalidade de caracterizá-los. Neste estudo descritivo os dados foram analisados através do SPSS (versão 15). Conforme a avaliação dos filhos, as mães apresentam melhores indicadores de comunicação e participação que os pais. A mãe é a pessoa mais procurada. Os dados refletem uma estrutura familiar na qual a mãe aparece como a principal responsável pelo cuidado e mediação das relações familiares...

Velhice e cultura nas relações familiares e intergeracionais : um estudo com avos nipo-brasileiras na cidade de Campinas; Old age and culture in family and intergenerational relationships : a study with aged Japanese-Brazilian grandmothers in the city of Campinas

Rosana Augusta Boncompagno Rossi Pacheco
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 09/12/2008 PT
Relevância na Pesquisa
65.98%
Este estudo teve como objetivo compreender a realidade de cinco idosas nipo-brasileiras, residentes na cidade de Campinas, Estado de São Paulo, nascidas entre os anos 1923 a 1933, pertencentes a um grupo étnico relativamente fechado, no qual a maioria de seus integrantes idosos, tanto no interior das famílias, como nos centros de convivência, empenha-se na preservação dos valores, crenças e hábitos japoneses herdados de seus antepassados. Teve como embasamento teórico o processo de envelhecimento sob a perspectiva do desenvolvimento humano ao longo da vida, considerando o desenvolvimento individual dentro de contextos sociais também em desenvolvimento, levando-se em consideração que os indivíduos não evoluem isolados, mas compartilham experiências com seus semelhantes. Método: foram utilizados relatos orais, através de entrevistas individuais gravadas, baseadas em questionário semi-estruturado, solicitando-se às idosas que se lembrassem de sua infância e relacionamento com pais e avós, assim como suas experiências de vida relativas ao próprio processo de imigração e, ainda, que relatassem como são hoje, suas relações familiares e intergeracionais. É uma pesquisa qualitativa, de caráter transversal. Resultados: As análises dos relatos orais permitiram conhecer os condicionantes históricos e a imagem idealizada que as idosas têm de seu país de origem...

Fatores que influenciam as relações familiares e sociais de jovens após a gestação

Maranhão,Thatiana Araújo; Gomes,Keila Rejane Oliveira; Silva,José Mário Nunes da
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/05/2014 PT
Relevância na Pesquisa
55.88%
Objetivou-se analisar fatores intervenientes nas relações sociais e familiares de jovens dois anos pós-parto. Estudo transversal com 464 jovens de Teresina, Piauí, Brasil, que finalizaram uma gravidez no primeiro quadrimestre de 2006, em seis maternidades do município. Dados foram coletados de maio a dezembro de 2008 após identificação das jovens nos registros das maternidades. A análise multivariada se deu por meio de regressão logística multinomial. Jovens com laços conjugais eram 80% menos propensas a terem relações negativas com o cônjuge. Participantes com idade de 20-22 anos se relacionavam 2,4 vezes melhor com a mãe do que aquelas com idade de 17-19 anos. Jovens que não estudavam tinham 97% mais chances de mudanças negativas na relação com os amigos e as católicas eram 50% menos propensas a terem piorado suas relações de amizade após o parto. São necessárias ações orientadoras aos indivíduos que convivem com as jovens mães sobre a importância do apoio neste momento da vida, principalmente o parceiro e a mãe, incentivando-a a manter-se estudando.

Sintomas internalizantes na adolescência e as relações familiares: uma revisão sistemática da literatura

Hess,Adriana Raquel Binsfeld; Falcke,Denise
Fonte: Universidade de São Francisco, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Psicologia Publicador: Universidade de São Francisco, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Psicologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2013 PT
Relevância na Pesquisa
65.99%
Este artigo teve como objetivo realizar uma revisão sistemática de literatura, nacional e internacional, no período de 2005 a 2010, sobre os sintomas internalizantes na adolescência e as relações familiares. Inicialmente, foi realizado um levantamento dos artigos indexados nas bases de dados Academic Search Premier, Education Resources Information Center (ERIC), ISI Web of Knowledge, Lilacs, MEDLINEwith Full Text e SciELO (Scientific Electronic Library Online), utilizando-se os descritores, em português, "problemas internalizantes" ou "sintomas internalizantes" e "adolescência ou adolescente ou jovem" e "família"; e, em inglês, "internalizing problems or internalizing symptoms" and "adolescence or adolescent or teenager" and "family". Os artigos foram classificados de acordo com o ano de publicação, o país, a metodologia, o instrumento de mensuração para comportamentos internalizantes e, ainda, quanto à temática principal. Na literatura internacional, constatou-se um predomínio de estudos empíricos e de caráter quantitativo, realizados preponderantemente pelos Estados Unidos. No Brasil, observou-se uma grande escassez de estudos integrando as temáticas da sintomatologia internalizante na adolescência e as relações familiares. Foram encontrados somente dois artigos...

A repersonalização das relações familiares

Gália, Rodrigo Wasem
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 202689 bytes; application/pdf
PT_BR
Relevância na Pesquisa
65.94%
Grupo de Pesquisa Prismas do Direito Civil-Constitucional; Analisa a família como fenômeno biológico e social, em busca da eudemonia, tendente a promover o desenvolvimento da personalidade de seus membros fundada no afeto, que traduz um relacionamento baseado na comunicação emocional. Comenta sobre a família pós-moderna, o casamento, os filhos, a bioética, e as transformações advinda da constituicionalização do direito civil, e em especial, no direito de família.

O discurso da mídia e as práticas sociais familiares

Bevilaqua, Maria Geralda Teixeira de Carvalho
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
PT_BR
Relevância na Pesquisa
55.96%
Trabalho apresentado ao Centro Universitário de Brasília (UniCEUB/ICPD) como pré-requisito para obtenção de Certificado de Conclusão de Curso de Pós-graduação Lato Sensu Língua Portuguesa – Texto e Discurso. Orientador: Josênia Antunes Vieira.; Verifica as conseqüências do discurso sobre a família, objetivando avaliar, ao longo do tempo, em que aspectos a mídia televisiva influenciou as mudanças na família, e como essa influência interfere na construção e na desconstrução das práticas sociais familiares. Analisa algumas das práticas sociais em mudança apoianda em teóricos da Sociologia, da Mídia e da Análise do Discurso. Apoiada nos teóricos do mass media, analisa as alterações nas práticas sociais familiares em um momento em que o mundo passa por transformações impulsionadas pelos meios de comunicação de massa, colaboradores do fenômeno da globalização. Considera que estamos nos tornando uma grande família na “Aldeia Global” com conseqüências sem precedentes para a sociedade e para a família. Apresenta o histórico poder dos mass media, principalmente o da televisão, como suporte para a análise do corpus.; Brasil. Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Resolução dos conflitos familiares através da mediação como categoria de acesso à justiça = Solution for family conflicts through mediation and access to justice

Mologni, Celina Kazuko Fujioka
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
65.89%
A pesquisa aborda as questões sobre o acesso à Justiça. Ter acesso à justiça implica em decisões rápidas e justas, cujos entraves são superados pelos movimentos reformistas processuais da terceira onda, dentre elas a mediação familiar. Através das técnicas da mediação em conflitos familiares, torna-se possível a realização do Direito justo, enaltecendo a dignificação da pessoa humana, como centro e fonte do Direito. Decisões tomadas neste contexto tendem a ser cumpridas, porque não foram impostas, e sim construídas pelos próprios envolvidos, fruto do trabalho de mediação.; The research approaches the questions involving the access to Justice. To have access to justice does not only mean to have chance to beat the doors of the Judiciary only to display pretension. It is necessary joust juridical order, that implies in fast decisions and justice, which impediments they are being surpassed for the movements procedural reformists of the third wave, in whose dimension, had created alternative forms of solution of conflicts, including themselves familiar mediation. Through the techniques of the mediation in familiar conflicts the accomplishment of the law would be possible justice, exalting the dignity of the person human being...

Direito de família : um novo rumo ao lado da psicologia jurídica e da afetividade

Colcerniani, Cláudia Borges
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
55.84%
Defende o uso da psicologia jurídica para a justa aplicação do Direito de Família assim como para a compreensão da afetividade e do desgaste emocional causado pela disputa judicial. Afirma, ainda, que a psicologia jurídica é uma oportunidade de alcançar uma visão jurídica mais humanizada, dessa forma pode-se utilizar a afetividade como um meio de alcançar a solução pacífica para os familiares envolvidos no processo.

Convivência familiar : necessidades de novos conceitos

Oliveira, Daniela Bogado Bastos de
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
55.86%
Trata da análise jurídica de um caso de dupla paternidade (biológica e socioafetiva), objetivando demonstrar, à luz do direito civil constitucionalizado, a necessidade de se ampliar o conceito de família, bem como confirmar a força da paternidade socioafetiva. Examina as entidades familiares, o poder familiar, a (ir)revogabilidade da adoção, o direito de visita e o princípio da ponderação em consonância com o ordenamento jurídico e com a jurisprudência.

A ética na jurisdição de família

Dias, Maria Berenice
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
55.85%
Analisa o papel do Estado no estabelecimento de padrões de moralidade e ética dentro da família, com o intuito de regulamentar a ordem social. Discute as influências dos movimentos sociais na formação do pluralismo das entidades familiares.

Abandono afetivo : considerações para a constituição da dignidade da pessoa humana

Angeluci, Cleber Affonso
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
55.83%
ACESSO RESTRITO: em respeito à Lei de Direitos Autorais, trata-se de documento de uso interno do STJ.; Afirma que atualmente ocorre maior preocupação com o afeto nas relações do Direito de Família, constituindo prova disso os casos de pedidos de indenização fundamentados na ausência de amor de um dos pais pelo filho. Analisa o instituto da guarda, em especial a guarda compartilhada, e o papel exercido por ela na estruturação da criança na moderna formação família.

Descumprimento do dever de convivência : danos morais por abandono afetivo: a interdisciplina sintoniza o direito de família com o direito à família

Groeninga, Giselle Câmara
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Parte de Livro
PT_BR
Relevância na Pesquisa
55.92%
ACESSO RESTRITO: em respeito à Lei de Direitos Autorais, trata-se de documento de uso interno do STJ.; Versa a respeito da mudança de paradigma nas relações familiares e jurídicas que culminaram em recentes decisões, quase simultâneas em Minas Gerais, Rio Grande do Sul, São Paulo, a respeito de danos morais na relação paterno-filial.

O princípio da boa-fé objetiva nas relações patrimoniais de família

Sanches, Raquel Elias
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
65.9%
Apresenta uma interconexão entre os institutos familiares, em que estão presentes deveres, faculdades, poderes e direitos, com o instituto jurídico da boa-fé objetiva, que, além de ser princípio geral de direito, está expressamente prevista no Código Civil como cláusula limitativa da vontade do particular nos contratos.

Relações de gênero em posições de poder: o lugar das herdeiras no processo de sucessão de uma empresa familiar de Curitiba-PR

Spanger, Maria Aparecida Fleury Costa
Fonte: Curitiba Publicador: Curitiba
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
56.04%
This study relates the gender relations in positions of Power - the position of the inheritresses in the succession process of family firms. The motivation for this study is originated by three factors: the high percentage of family enterprises in the world - more than 80%, the reduced number of inheritresses in command of these firms and the small survival degree of these firms from the second generation on. The selected firm for this research was the Leão Jr. S/A, a large family company, which had experienced several succession processes. The challenge of this study was to understand how this family managed the firm and how its members administrated the imbrication of the family and entrepreneurial relations. It is hoped to broach with this work an aspect, not clearly visible in the world of labor, that refers to the net of social relations within a entrepreneur family, their representations, the symbols that permeate the life of the family and their family enterprise. The present research adopted an interdisciplinary approach, which, starting from the economic universe, tried to rescue the symbolic universe, under anthropological aspects, in order to detect the human relations in an entrepreneurial environment, with the objective to clarify more the succession process in family enterprises. The main objective of this study was to identify the position of the inheritnesses in the succession of family firms. In order to achieve this objective...

Índex APGAR de Família na avaliação de relações familiares do idoso: revisão integrativa; Using the family APGAR score to evaluate family relationships in the elderly: an integrative review; Índice de APGAR de familia en la evaluación de relaciones familiares del anciano: revisión integrativa

Ivania, Vera; Lucchese, Roselma; Munari, Denize Bouttelet; Nakatan, Adélia Yaeko Kyosen
Fonte: Marcelo Medeiros; brasil; UFG; Faculdade de Enfermagem Publicador: Marcelo Medeiros; brasil; UFG; Faculdade de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
76.07%
v. 16, n. 1, p. 199-210, jan/mar. 2014.; The objective of this Integrative Literature Review was to systematize the knowledge on how the Family APGAR score has been used to identify the functionality of family relationships in the elderly. Method: a was performed of LILACS, MedLine, Pubmed and SciELO databases using the descriptors: “aged”, “aged, 80 and over”, “family relations” and “family”, as they represent the triad elderly - family - family relationships, published in Portuguese, English and Spanish between the year 2000 and 2013. Results: thirteen articles met the inclusion criteria, all of which were evidence of non - experimental studies, descriptive or using a qualitative approach. The analyzed articles described the Family APGAR as an instrument used by a multidisciplinary team to measure family functionality based on the index person. The instrument is of quick application, easy to manage and interpret. Furthermore, it permits identifying family dysfunction of the elderly and caregivers, a condition that contributes to broadening the concept of relationships in the family setting.; Revisión Integrativa de Literatura objetivando sistematizar el conocimiento producido sobre cómo ha sido utilizado el APGAR de Familia en la identificación de la funcionalidad en las relaciones familiares de ancianos. Método: Relevamiento realizado en bases de datos LILACS...

A afetividade como essencialidade nas relações familiares

FRÓES, Carla Baggio Laperuta
Fonte: Centro Universitário Eurípedes de Marília Publicador: Centro Universitário Eurípedes de Marília
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
55.92%
A família do novo século mudou. A tradicional família formada pelo casamento entre homem e mulher hoje é apenas mais uma das tantas formas possíveis de se ter uma família. O Brasil vive uma invasão de entidades familiares, cada uma com sua especificidade e necessidades. Entretanto, em todos os modelos há algo em comum: a afetividade que essencialmente deve existir entre os componentes de uma mesma família. Fato é que não se pode nem deve obrigar alguém a amar, muito embora o cuidado seja um dever que todos os pais devem ter para com seus filhos, e estes, após a idade adulta, para com seus pais. Não raro se vê pais que renegam filhos e filhos que não possuem o menor interesse em conviver com os pais. Todavia, a doutrina e a jurisprudência têm se deparado, nos últimos anos, com situações em que aqueles que se consideram filhos e/ou pais/mães de alguém estão requerendo na justiça o direito de ter reconhecido o fato que os acompanha ao longo da vida: a socioafetividade, caracterizada pelo estado de filho existente entre pessoas que convivem, cuidam, sentem afeto umas pelas outras por estarem num mesmo âmbito familiar. Entretanto, tais situações merecem ser analisadas com muito cuidado, uma vez que podem desencadear diversas relações jurídicas e trazer transtornos e injustiças. O presente trabalho visa analisar o fenômeno da filiação socioafetiva...

Autoestima e relações familiares e sociais de crianças obesas

Baleeiro, Michele Santos
Fonte: Universidade Católica de Brasília Publicador: Universidade Católica de Brasília
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: Texto
PT_BR
Relevância na Pesquisa
55.87%
A obesidade vem sendo tratada como um problema de saúde pública, não apenas no Brasil, mas também em outros países. Observa-se um aumento no número de crianças obesas em nosso país, principalmente na faixa etária entre 5 e 9 anos de idade. Esse fato pode estar relacionado com o cotidiano, o estilo de vida das famílias, a vida corrida dos pais e características da vida moderna. Com esses indicadores elencados, a autoestima das crianças é tratada como um dos fatores primordiais para a saúde psíquica e física do indivíduo levando-se em conta o meio em que estão inseridas. A família também pode estar sendo afetada por essas questões e por isso pode encontrar alguns obstáculos para lidar com essas demandas. O objetivo deste trabalho foi estudar a autoestima de crianças obesas, identificando os sentimentos e a forma como percebem o próprio corpo e as relações com a família e amigos/escola. Participaram do estudo 5 crianças com idade entre 7 e 11 anos de famílias que fazem parte de um projeto de pesquisa em andamento na UCB. O referido projeto envolve várias atividades com a família das crianças, porém no presente trabalho vamos apresentar uma análise dos dados levantados no grupo de crianças que teve 4 encontros com temas e objetivos específicos. Os dados foram analisados por meio do método construtivo - interpretativo e discutidos de acordo com a abordagem sistêmica da família. Os resultados mostraram que as crianças obesas percebem os maus-tratos por parte da família e de colegas relacionados com a obesidade; percebem que são ‘grandes’; mostram o desejo de mudar seus corpos; apresentam autoestima baixa; expressam motivação para mudar seus comportamentos com vista a emagrecer; conseguem distinguir entre alimentos saudáveis e não saudáveis. Os dados sobre a dinâmica familiar revelam que os pais parecem não saber como lidar com xingamentos e apelidos usados pelos irmãos...

O papel das relações familiares na iniciação ao uso de drogas de abuso por jovens institucionalizados; El papel de las relaciones familiares en la iniciación del abuso de drogas ilícitas por parte de jóvenes institucionalizados; The role of family relationships in the initiation of street drug abuse by institutionalized youths

Bernardy, Catia Campaner Ferrari; Oliveira, Magda Lúcia Félix de
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/03/2010 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
66%
O estudo objetivou analisar o papel das relações familiares na iniciação ao uso de drogas de abuso por parte de jovens cumprindo medidas sócio-educativas, considerando a gravidade dos problemas que o uso de drogas acarretou ao jovem e à sua família. Estudo do tipo descritivo e transversal, com delineamento de série de casos. Foi desenvolvido nos municípios de Rolândia e Cambé-PR, no Centro de Recuperação Vida Nova, com jovens institucionalizados e seus responsáveis, no mês de março de 2007. Como fonte de dados, utilizou-se os prontuários institucionais, e como instrumento de coleta de dados, dois formulários para entrevista. A análise foi feita pela comparação dos dados, seguindo a técnica de análise de conteúdo. Foram estudadas 11 famílias. Sinais de negligência e abandono, agressão física e falta de diálogo familiar e, principalmente, a cultura do uso de drogas no ambiente familiar determinaram a iniciação ao uso de drogas de abuso.; El estudio tuvo como objetivo analizar el papel de las relaciones familiares en la iniciación del abuso de drogas ilícitas por parte de jóvenes cumpliendo medidas socioeducativas, considerando la gravedad de los problemas que el uso de drogas acarreó a los jóvenes y a su familia. El estudio...

The interference from activity sensory-motor on the relations relatives from the aged of physical activity participants program of CDS/NETI/UFSC; A interferência da atividade sensório-motora nas relações familiares dos idosos participantes do programa de atividades físicas do CDS/NETI/UFSC

Lopes, Marize Amorim; Mestrado em Educação Física /CDS/UFSC
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; "Artigo Não Avaliado por Pares"; Descritiva Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/01/1999 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
56.07%
A vida é uma rede amplamente confeccionada. O desenvolvimento humano sucede em etapas de evolução, cada uma com perdas e ganhos, levando às transformações gradativas. Lapenta (1996), destaca que a terceira idade é, por natureza, uma fase da evolução do sujeito, uma situação nova de crescimento onde novos valores e novo dinamismo podem tomar o sentido de maior plenitude e realização da pessoa. O objetivo deste estudo foi verificar a influência da atividade física nas relações familiares de idosos freqüentadores do Programa de Atividade Física do CDS/NETI/UFSC há mais de três anos. A pesquisa foi descritiva exploratória, envolveu 130 idosos e 130 familiares de convívio íntimo há mais de quatro anos. Utilizou-se como instrumentos: entrevista estruturada, o Teste de POMS – Perfil de Estados Emocionais (Profile of Mood States) e a Escala de Emoções – EM (Martins & Duarte, 1998). Estes instrumentos avaliaram dados referentes a antes e depois dos idosos freqüentarem o Programa de Atividade Física. A análise estatística foi realizada através da Estatística descritiva. Através do POMS e EM constatou-se que a prática de atividade física tem contribuído para uma maior disposição, dando aos idosos mais vigor e menos fadiga para realizar as atividades diárias. Favoreceu também a diminuição do estado depressivo...

Fatores que influenciam as relações familiares e sociais de jovens após a gestação

Maranhão,Thatiana Araújo; Gomes,Keila Rejane Oliveira; Silva,José Mário Nunes da
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/05/2014 PT
Relevância na Pesquisa
55.88%
Objetivou-se analisar fatores intervenientes nas relações sociais e familiares de jovens dois anos pós-parto. Estudo transversal com 464 jovens de Teresina, Piauí, Brasil, que finalizaram uma gravidez no primeiro quadrimestre de 2006, em seis maternidades do município. Dados foram coletados de maio a dezembro de 2008 após identificação das jovens nos registros das maternidades. A análise multivariada se deu por meio de regressão logística multinomial. Jovens com laços conjugais eram 80% menos propensas a terem relações negativas com o cônjuge. Participantes com idade de 20-22 anos se relacionavam 2,4 vezes melhor com a mãe do que aquelas com idade de 17-19 anos. Jovens que não estudavam tinham 97% mais chances de mudanças negativas na relação com os amigos e as católicas eram 50% menos propensas a terem piorado suas relações de amizade após o parto. São necessárias ações orientadoras aos indivíduos que convivem com as jovens mães sobre a importância do apoio neste momento da vida, principalmente o parceiro e a mãe, incentivando-a a manter-se estudando.