Página 1 dos resultados de 104 itens digitais encontrados em 0.121 segundos

Política de austeridad y contrato psicológico en la Administración Pública

Paraíso, Isabel
Fonte: Instituto Politécnico de Leiria Publicador: Instituto Politécnico de Leiria
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em /10/2012 POR
Relevância na Pesquisa
75.73%
Tese de Doutoramento Internacional, apresentada à Universidade de Extremadura, Espanha, 2012, elaborada sob a orientação científica do Professor Doutor José Henrique Dias, Doutor em História e Teoria das Ideias pela Universidade Nova de Lisboa, Portugal e Professor Doutor Florencio Vicente Castro, Catedrático de Psicología Evolutiva y de la Educación da Universidade de Extremadura, Espanha.; Num tempo epilético em constante metamorfose, onde a incerteza é o único fator que temos por certo, urge compreender os mecanismos de funcionamento da Administração Pública onde uma Economia confronta um Estado (de Direito), sem instrumentos políticos, sociais ou económico-financeiros que reflitam a angústia de quem perde bens adquiridos, avaliem o ruído introduzido nas redes formais e informais de relacionamentos e contabilizem o esforço de quem quer acreditar que ainda há esperança para… O contrato formal de trabalho não é um instrumento próximo da relação laboral. Em bom rigor, certo é que aquele não é invocado na relação diária entre o colaborador e os demais atores organizacionais, mas apenas em situações suscetíveis de rutura. A relação quotidiana é orientada pelo contrato psicossociológico. A relação quotidiana é orientada pelo contrato psicológico...

Análise estrutural do emprego formal e informal na economia brasileira; Structural analysis of the formal and informal jobs in the Brazilian economy

Camargo, Fernanda Sartori de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 07/08/2006 PT
Relevância na Pesquisa
85.77%
A reorganização econômica, caracterizada pelo processo de globalização, provocou alterações nas estruturas produtivas da economia brasileira e, conseqüentemente, mudanças no mercado de trabalho. Essas mudanças refletiram-se nas características setoriais de emprego, trazendo uma grande preocupação quanto às relações de trabalho e à crescente taxa de desemprego. A reorientação do modelo de desenvolvimento, que transitava de proteção ao setor industrial para uma economia aberta e a consolidação da moeda, a partir de 1990, originou profundas mudanças no mercado de trabalho brasileiro. Os postos de trabalho dos setores primário e secundário foram reduzidos, enquanto que, no setor terciário, houve aumento dos empregos, mas não suficiente para absorver todos os trabalhadores liberados dos demais setores. A participação dos trabalhadores no mercado informal no ano de 2003 representava cerca de 52%. Dessa forma, a questão de empregos no Brasil nos últimos anos tem se tornado cada vez mais discutida e questionada quanto à capacidade de gerar novos empregos e qual a qualidade desses empregos. O trabalho pretende discutir as características e evolução do pessoal ocupado procurando analisar a relação setorial entre os empregos formais e informais...

Um modelo estrutural de conteúdos educativos para televisão digital interativa; An educative content structure model for interactive television

Belda, Francisco Rolfsen
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 05/08/2009 PT
Relevância na Pesquisa
75.64%
O trabalho propõe um modelo de estrutura de conteúdos educativos para programas interativos de televisão digital. Seu propósito é fornecer referências para processos colaborativos de produção e organização de conteúdo em redes de aprendizagem coligadas a emissoras de televisão educativa e universitária. A elaboração do modelo teve por base uma revisão bibliográfica de teorias, conceitos e práticas, bem como uma pesquisa-ação com grupos de ensino médio e superior. Sua concepção toma como hipótese a carência de modelos de referência nessa área e contempla a coexistência de aspectos formais e informais de educação, a arquitetura e prática das redes sociais e ambientes de aprendizagem, bem como pontos de inovação em relação a modelos tradicionais de comunicação. São definidos termos, atores, eventos, ambientes, categorias, classes e atributos de conteúdo, com indicação de critérios para sua vinculação síncrona ou assíncrona numa programação, além de requisitos e funções computacionais básicas para sua veiculação seletiva, adaptativa e participativa através de mídias digitais. O modelo é apresentado em duas formas: descritiva, por meio de definições, sentenças e quadros de classificação; e visual...

Escola e emancipação: um papel para as ciências?; School and emancipation: a role for science ?

Souza Filho, José Osvaldo Xavier de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/10/2014 PT
Relevância na Pesquisa
85.76%
Este trabalho discute a relação entre escola e emancipação, mais especificamente, o papel da dúvida e do questionamento no ensino de ciências e a emancipação de sujeitos. Para tanto, analisa e explicita o currículo e o trabalho de experiências escolares de resistência (SINGER, 2010) na área de ciências da natureza. Estas escolas trabalham com abordagens democráticas em suas rotinas. Analisou-se, principalmente: EMEF Desembargador Amorim Lima e Escola Politeia, no Brasil e Escola da Ponte, em Portugal. Utilizar-se-á a abordagem de pesquisa-ação, mais coerente com a proposta deste trabalho e das escolas, inserido em relação dialética nos espaços educacionais nos quais se atuará, flexibilizando a neutralidade analítica, planejando e avaliando constantemente, sem cisões claras entre investigação e atuação. Investigar questões curriculares em escolas deste tipo pode revelar importantes referências para o ensino em geral, particularmente, o de ciências, como a forma pela qual o conhecimento é construído pelos(as) estudantes em um currículo de arquitetura aberta, onde o conteúdo, muitas vezes, parte do próprio interesse deles(as). Realizou-se observações sistemáticas das rotinas escolares, além de conversas formais e informais com estudantes...

O autodidatismo na formação musical : revisão de conceitos e investigação de processos não-escolares de aprendizagem e desenvolvimento musical; Auto-didacticism in musical education : assessment of concepts and investigation and non-school related musical development and learning process

Nathan Tejada de Podestá
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/08/2013 PT
Relevância na Pesquisa
85.67%
Neste trabalho pretendemos debater a noção de autodidatismo na formação musical. Adotamos uma perspectiva histórico-cultural do desenvolvimento musical referenciada em Vigotski (2007); Bakhtin (2003); Schoreder (2005); Gohn (2009); Vincent Lahire e Thin (2001); e Bourdieu (2011). Partindo de uma pesquisa realizada com três professores de música e setenta estudantes de violão, que iniciavam as atividades musicais oferecidas através de um curso livre de música na cidade de Paulínia-SP, levantamos dados que nos permitiram representar o que seria o "senso comum" da área sobre o assunto investigado. Estes dados evidenciaram quatro sentidos gerais associados à noção de autodidatismo na formação musical que debatemos, cruzando informações sobre a formação cultural dos entrevistados com as respostas oferecidas por eles. Observamos a existência de diferentes tipos de processos educativos não-formais e informais de música que tendo sido realizados consciente ou inconscientemente por eles tinham contribuído para os seus desenvolvimentos musicais. Neste processo compreendemos que parte das atividades que leva ao desenvolvimento pode ser conduzida pelo próprio estudante, e ao mesmo tempo, que a noção de autodidatismo evoca critérios eminentemente escolares para afirmar a existência de um processo não-escolar de aprendizagem e desenvolvimento musical que ela não dá conta de explicar por si só...

Análise do conhecimento gerado na organização e sua influência na eficácia da gestão: estudo de caso - Consultec

Pinheiro, Marcus Túlio de Freitas
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 100 f.| il., tabs., grafs.
POR
Relevância na Pesquisa
75.63%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção.; O objetivo dessa pesquisa foi o de analisar o conhecimento gerado na empresa e sua influência na eficácia da gestão da Consultec, através da verificação do ambiente da empresa avaliando se o mesmo propicia a criação, armazenamento, disseminação do conhecimento organizacional; da identificação dos tipos de conhecimentos predominantes na empresa e suas fontes; da verificação da relação entre o conhecimento organizacional e as atividades produtivas da Consultec e do desenvolvimento de uma ferramenta informacional para identificação e mapeamento do conhecimento na empresa. Levando em consideração os objetivos desse trabalho, verifica-se a concordância com pesquisa descritiva, pois além de realizar a prospecção de materiais, ligada à pesquisa exploratória, que foram utilizados como fontes de pesquisa, foram realizados levantamentos ou observações sistemáticas do problema escolhido. Quanto ao procedimento de coleta a pesquisa é caracterizada como estudo de caso, pois foi selecionado um objeto de pesquisa restrito onde será reconhecido o processo de aprendizagem na empresa Consultec...

Trabalho e percepção de lazer das camareiras

Loureiro, Maria Bernadete Siqueira
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 94f.| il., tabs., grafs.
POR
Relevância na Pesquisa
75.71%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção.; Esta pesquisa aborda a questão da relação recíproca entre lazer e trabalho de camareiras e suas implicações no cotidiano no tempo de trabalho profissional, no tempo familiar, no tempo social e no tempo livre deste profissional. O estudo contou com a participação de três camareiras de um hotel de lazer e eventos no norte da ilha de Santa Catarina. A escolha desta empresa para o local de estudo se deu por ser um hotel de lazer e eventos, mesmo em baixa temporada, ofereceu com freqüência seus serviços a clientes de características e diferentes tipos de eventos, onde se observou a prática de atividades de trabalho e de lazer das camareiras no seu dia-a-dia. Este estudo se caracterizou ser uma pesquisa descritiva qualitativa do tipo estudo de caso, que se utilizou para sua coleta de dados de técnicas como observação, entrevistas e questionários. Os dados foram coletados em seu posto de trabalho e em suas residências, nas falas e nas ações sobre o que fazem, nas entrevistas formais e informais e em dados documentais da empresa. O resultado apresentou um baixo índice de escolaridade...

A Humanização nas relações entre os profissionais de enfermagem e usuários da Estratégia Saúde da Família

Reis, Evanise Rodrigues dos
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
75.68%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, Florianópolis, 2010; Esta pesquisa teve o objetivo de compreender as relações entre os profissionais de enfermagem e os usuários de uma equipe nas ações da Estratégia Saúde da Família, na perspectiva da humanização, no município de Chapecó (SC). Trata-se de um estudo exploratório descritivo, pautado na abordagem qualitativa. Fizeram parte deste estudo todos os profissionais das equipes de enfermagem que atuam na unidade básica de saúde e pertencem às equipes da Estratégia Saúde da Família, perfazendo dez; e cinco usuários da Estratégia de Saúde da Família atendidos durante o período de coleta de dados. Os dados foram coletados através de observação participante e entrevistas semiestruturadas. A análise dos dados foi realizada segundo a análise de conteúdo, temática, proposta por Bardin (2008). O tema foi utilizado como unidade de registro. O critério de categorização foi semântico, buscando classificar o que os elementos têm em convergência de ideias com outros. Foram consideradas as diretrizes do Humaniza SUS como referencial teórico, o que levou à formulação das seguintes categorias de análise: Compreendendo a humanização em saúde; O reconhecimento das diretrizes do PNH; A humanização nas relações entre equipe de enfermagem e usuários; e Os limites e potencialidades na humanização das relações no serviço. Quanto ao perfil dos participantes...

Mais ou menos músicos

Silva, Áurea Demaria
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 231 p.| il., grafs, tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
75.64%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, Florianópolis, 2013.; O objetivo deste trabalho foi compreender como os jovens constroem modos de relação com a música, a partir de uma investigação sobre trajetórias de aprendizado musical de jovens músicos profissionais e em processo de formação. Buscou-se dialogar nesta pesquisa com questões e problemas em debate entre os estudos sobre Juventude e Educação, tais como: i) o não reconhecimento, no convívio entre jovens e adultos no espaço escolar, das referências identitárias que os/as jovens constroem em esferas de socialização e sociabilidade para além da escola; ii) a constatação de que há pouco incentivo de políticas culturais e educacionais para o desenvolvimento de atividades artísticas e culturais que mobilizam a juventude; iii) a crise que afeta as instâncias tradicionais de socialização (família, escola) nas sociedades contemporâneas. O eixo teórico da pesquisa foi construído a partir da literatura sobre o tema juventude e música ? Arroyo (2007), Dayrell (2005), Durand (2000), Hikiji (2006), Nascimento (2005), Reguillo (2000), Willis et al. (1996) ? bem como a partir de autores campo da sociologia da educação e da cultura ? Bourdieu (1983)...

Aprendizagem musical no canto popular em contexto informal e formal : perspectiva dos cantores no Distrito Federal; Musical learning in popular singing in formal and informal contexts : perspectives of the singers in the Federal District

Lima, Maria de Barros
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
75.74%
Dissertação (mestrado)–Universidade de Brasília, Instituto de Artes, 2010.; A recente inclusão de cursos de música popular nos circuitos acadêmicos acontece em um cenário no qual as práticas de aprendizagem vivenciadas pelos músicos populares em contextos informais ainda são pouco consideradas. No Distrito Federal, o Centro de Educação Profissional Escola de Música de Brasília (CEP-EMB) é a única escola técnica que oferece o Curso de Canto Popular. O CEP-EMB é procurado por cantores populares que atuam na região, e que trazem conhecimentos e habilidades adquiridos fora das instituições de ensino. Apesar disso, muitos desses cantores, ao iniciarem sua experiência no ensino formal, relatam dificuldades para terminar o curso. Este trabalho tem como objetivo investigar as perspectivas de cantores populares sobre a aprendizagem musical fora e dentro da Escola. Trata-se de estudo qualitativo de entrevistas, conduzido por questões que se referem às perspectivas dos cantores populares sobre os processos de aprendizagem vivenciados antes do ingresso no CEP-EMB; às razões que os levam à Escola; e o que pensam sobre a aprendizagem no CEP-EMB e sobre as possíveis articulações entre os dois processos de aprendizagem. Foi revisada ampla literatura sobre o canto popular...

Situação do indivíduo no mercado de trabalho e iniqüidade em saúde no Brasil

Giatti,Luana; Barreto,Sandhi Maria
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2006 PT
Relevância na Pesquisa
75.92%
OBJETIVO: Investigar as desigualdades na condição de saúde pessoal e na utilização de serviços de saúde em relação à situação do indivíduo no mercado de trabalho. MÉTODOS: Foram estudados 39.925 homens de 15 a 64 anos de idade residentes em 10 regiões metropolitanas brasileiras, participantes da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios de 1998. Eles foram classificados como trabalhadores formais, informais, desempregados ou fora do mercado de trabalho. Os demais trabalhadores foram comparados aos trabalhadores formais em relação às características sociodemográficas, indicadores de saúde e de utilização de serviços de saúde. A análise incluiu o qui-quadrado de Pearson e associação independente entre situação no mercado de trabalho e indicadores de saúde e utilização de serviços de saúde foi feita por meio de regressão logística multinomial. RESULTADOS: Dos participantes do estudo, 52,2% eram trabalhadores formais, 27,7% informais, 10% desempregados e 10,2% estavam fora do mercado de trabalho. Foram identificadas diferenças significativas relativas à idade, escolaridade, renda domiciliar, posição no domicílio e região de residência. O desemprego, o trabalho informal e, sobretudo, a exclusão do mercado de trabalho estiveram associados à pior condição de saúde entre adultos brasileiros...

Mecanismos de coordenação em redes de pequenos negócios supermercadistas no estado de São Paulo: formalidade, informalidade e coesão relacional

Garcia,Luciano Mitidieri Bento; Paulillo,Luiz Fernando de Oriani
Fonte: Universidade Federal de São Carlos Publicador: Universidade Federal de São Carlos
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2014 PT
Relevância na Pesquisa
85.88%
Alguns supermercadistas de pequeno porte têm procurado enfrentar o maior poder de mercado dos grandes grupos do setor mediante ações cooperativas que se desenvolvem nas chamadas centrais de negócio. De acordo com as perspectivas teóricas representadas pelo neoinstitucionalismo e pela abordagem de redes, especialmente quanto à sua perspectiva relacional, as centrais de negócio de pequenos supermercadistas podem ser definidas como redes cooperativas horizontais, cuja eficácia está associada aos mecanismos formais e informais de coordenação e à coesão relacional entre seus membros. O objetivo deste trabalho foi analisar a percepção de eficácia, os mecanismos de coordenação e a coesão relacional de uma central de negócios, dentro de uma perspectiva dinâmica, antes e após a fusão ocorrida com uma central de maior porte. Dentro de uma abordagem qualitativa de pesquisa e, para aferir as percepções dos entrevistados com relação à eficácia da rede estudada, a efetividade de seus mecanismos formais e informais de coordenação e a intensidade das relações para a coesão, este trabalho está baseado em entrevistas semiestruturadas com os integrantes da referida central, utilizando-se de um roteiro composto por itens relacionados à percepção de eficácia...

Vivências em espaços educativos: constituição de identidades homossexuais em homens adultos

Cechin, Andréa Forgiarini
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Tese de Doutorado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
65.93%
Esta pesquisa problematiza a relação entre a constituição das identidades homossexuais de homens adultos e suas vivências em espaços educativos formais, não formais e informais. Como ponto de partida para desenvolver o estudo, foram formuladas questões que focalizam percepções e sentimentos desses homens adultos em relação a si próprios e aos outros, tendo em vista suas vivências nesses espaços educativos e, especialmente, suas experiências de discriminação e resistência. Apoia-se teoricamente nas contribuições da Psicologia Social Crítica (Ciampa, 2001; Jacques, 1998) e nos estudos de Trevisan (2000), Green (2000), Mott (2003), Nunan (2003) e Santos (1997). O método utilizado é uma análise compreensiva de base fenomenológica (Giorgi, 1978; Bernardes, 1989) e os sujeitos são oito homens adultos que se identificam como homossexuais. A compreensão do processo de constituição das identidades homossexuais emerge na trama dos temas que pretendem penetrar as essências do fenômeno, assim organizados: vivências em espaços educativos formais e não formais; vivências em espaços educativos informais; percepções sobre homossexualidade; experiências de discriminação e resistência. As reflexões elaboradas sustentam a tese deste trabalho: as vivências em espaços educativos formais...

O jovem (não) gosta de ler: um estudo sobre a relação entre juventude e leitura

AURORA NETA, Maria
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Educação; Ciências Humanas Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Educação; Ciências Humanas
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
75.67%
This research in qualitative perspective aims to investigate the relation of the young high school student with reading, from speech ahead that "the young doesn t like to read." So that, the three themes mentioned in the speech - the young, reading and the reader - are highlighted and put under analyse. According to this, the research inserted into Training and Professional Professor" aims, to analyze the speech considered the non-reading of young students, which is placed on the top of that work through the voices of 20 students from the 3rd grade at high school, students from Colégio Estadual Americo Antunes in São Luís de Montes Belos city, Goiás. The contributions come from theoretical studies of Cultural History with Chartier, Darnton and others, from three concepts: representations, practices and appropriations of reading that remains the history of reading and common readers. Other contributions come from of the Analysis studies of Speech by French Line, especially with Orlandi and with Abramo, Sposito among others, the studies from Teenager Sociology. So, as this research is committed to the education some studies involving this area are here by the authors: Silva, Soares, Freire and others. The discussions are crossed by a historic social and cultural perpective of the man and society which requires the movement of the senses and the process of verbal interaction between social subjects...

Governança no sistema produtivo do peixe nas regiões de Dourados e Campo Grande, Mato Grosso do Sul: uma abordagem baseada na teoria econômica dos custos de transação e na teoria econômica das convenções

Leão, Flávia Rover
Fonte: Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Publicador: Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
65.93%
Para o estudo do agronegócio diferentes correntes teóricas se apresentam, destaque é dado aos Sistemas Agroindustriais (SAGs), que traz um arcabouço teórico com respeitosos autores, e uma das correntes teóricas pertinentes ao estudar os SAGs é a Teoria Econômica dos Custos de transação (ECT). Porém, o entendimento dos sistemas produtivos exige um estudo de outras bases teóricas na qual, a Economia Institucional enfatiza o papel das instituições formais traduzidas na forma de leis contratuais, tendo como foco a ECT que representa uma análise comparativa entre as formas alternativas de governança, sendo elas: mercado, estruturas híbridas e hierarquia com o intuito de minimizar custos de transações. Outra teoria discutida neste trabalho é a Teoria das Convenções, que busca compreender as relações existentes entre os atores de um sistema, permitindo agrupar modos de coordenação formais e informais. Este trabalho trata-se, de um estudo baseado na teoria dos custos de transação com suporte da teoria institucional e das convenções. A partir da análise dessa inter-relação, definem-se as novas estruturas de governança minimizadoras dos custos de transação, as quais englobam elementos da ECT e da Teoria Econômica das Convenções. O objetivo desta dissertação é identificar e analisar as Estruturas de Governança (partindo dos pressupostos da ECT) adotadas no SAG da piscicultura na região de Dourados e Campo Grande - MS...

Emprego e distribuição de renda nas regiões metropolitanas de São Paulo e do Rio de Janeiro : anos 80

Fernando Augusto Mansor de Mattos
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 05/08/1994 PT
Relevância na Pesquisa
85.7%
O debate sobre distribuição de renda no Brasil assume, nos anos 80, contornos bastante diferentes daqueles envolvidos neste mesmo debate nas décadas anteriores. Desde meados da década de 50, quando se intensificou o processo de industrialização, até o final dos anos 70, a economia brasileira apresentou índices de crescimento econômico sem precedentes. Esta realidade colocou para o debate sobre a questão distributiva a tarefa de avaliar as razões pelas quais algumas parcelas da população conseguiram se beneficiar mais do que outras durante aquele período de prosperidade econômica e crescimento da renda. A década de 80 marca uma ruptura daquele processo de crescimento econômico. Dentro da nova realidade de instabilidade econômica e perspectivas adversas de retomada do desenvolvimento em um ambiente de crônico processo inflacionário e falência do Estado é que se recoloca, nos anos 80, a questão da distribuição de renda. Portanto, na última década a concentração de renda ocorrida na economia brasileira foi acompanhada de uma nítida diminuição de rendimentos para uma camada bastante significativa da população trabalhadora, o que fez aumentar a tensão social tanto nas áreas rurais quanto nas áreas urbanas...

Expansão econômica e aumento da formalização das relações de trabalho: uma abordagem através das contratações; Texto para Discussão (TD) 1571: Expansão econômica e aumento da formalização das relações de trabalho: uma abordagem através das contratações; Economic expansion and increased formalization of labor relations: an approach through the hiring

Corseuil, Carlos Henrique L.; Foguel, Miguel N.
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Texto para Discussão (TD)
PT-BR
Relevância na Pesquisa
85.68%
Este estudo investiga tanto teórica quanto empiricamente a relação entre expansão econômica e aumento do grau de formalização do mercado de trabalho brasileiro no período recente. Em termos teóricos, apresentamos um arcabouço, baseado em modelos de busca por emprego (search models), que procura explicar o aumento da formalização por meio da dinâmica de contratações de trabalhadores durante períodos de expansão da atividade econômica. As principais predições desse arcabouço são de que o grau de formalização cresce à medida que a taxa de desemprego cai e o diferencial de salários entre trabalhadores formais e informais aumenta, pelo menos no início da expansão da economia. Na parte empírica, fazemos uso dos dados da Pesquisa Mensal de Emprego (PME) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para testar se essas duas predições se confirmam. Os resultados obtidos corroboram em larga medida ambas as predições.; 28 p. : il.

A carteira de trabalho no mercado de trabalho metropolitano brasileiro

Pero, Valéria Lucia
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Pesquisa e Planejamento Econômico (PPE) - Artigos
PT-BR
Relevância na Pesquisa
155.85%
Este artigo analisa o papel das relações formais e informais de trabalho sobre o funcionamento do mercado de trabalho metropolitano brasileiro ao longo da década de 80, com especial atenção na avaliação do grau de segmentação desse mercado. Tal objetivo é atingido analisando-se como os três indicadores - diferencial salarial entre empregados com e sem carteira de trabalho assinada, grau de informalidade, isto é, a proporção de empregados contratados informalmente, e taxa de desemprego - variam ao longo dos anos 80, entre as regiões metropolitanas, por nível educacional e faixa etária. Com a análise desses três índices ao longo da década de 80, buscamos evidências de que o emprego informal atua como um "colchão" em períodos de retração econômica, além de verificarmos as grupos de trabalhadores mais atingidos pela queda do nível de atividade. Na análise regional, verificamos como o hiato salarial e o grau de formalização se correlacionam com o intuito de testar uma explicação dual para o mercado de trabalho. No estudo das variações desses indicadores por qualificação (educação e idade) dos trabalhadores, verificaremos se a carteira de trabalho tende a proteger prioritariamente os trabalhadores menos qualificados...

Situação do indivíduo no mercado de trabalho e iniqüidade em saúde no Brasil; The individual's status in the labor market and health inequity in Brazil

Giatti, Luana; Barreto, Sandhi Maria
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/02/2006 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
75.92%
OBJETIVO: Investigar as desigualdades na condição de saúde pessoal e na utilização de serviços de saúde em relação à situação do indivíduo no mercado de trabalho. MÉTODOS: Foram estudados 39.925 homens de 15 a 64 anos de idade residentes em 10 regiões metropolitanas brasileiras, participantes da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios de 1998. Eles foram classificados como trabalhadores formais, informais, desempregados ou fora do mercado de trabalho. Os demais trabalhadores foram comparados aos trabalhadores formais em relação às características sociodemográficas, indicadores de saúde e de utilização de serviços de saúde. A análise incluiu o qui-quadrado de Pearson e associação independente entre situação no mercado de trabalho e indicadores de saúde e utilização de serviços de saúde foi feita por meio de regressão logística multinomial. RESULTADOS: Dos participantes do estudo, 52,2% eram trabalhadores formais, 27,7% informais, 10% desempregados e 10,2% estavam fora do mercado de trabalho. Foram identificadas diferenças significativas relativas à idade, escolaridade, renda domiciliar, posição no domicílio e região de residência. O desemprego, o trabalho informal e, sobretudo, a exclusão do mercado de trabalho estiveram associados à pior condição de saúde entre adultos brasileiros...

Situação do indivíduo no mercado de trabalho e iniqüidade em saúde no Brasil

Giatti,Luana; Barreto,Sandhi Maria
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2006 PT
Relevância na Pesquisa
75.92%
OBJETIVO: Investigar as desigualdades na condição de saúde pessoal e na utilização de serviços de saúde em relação à situação do indivíduo no mercado de trabalho. MÉTODOS: Foram estudados 39.925 homens de 15 a 64 anos de idade residentes em 10 regiões metropolitanas brasileiras, participantes da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios de 1998. Eles foram classificados como trabalhadores formais, informais, desempregados ou fora do mercado de trabalho. Os demais trabalhadores foram comparados aos trabalhadores formais em relação às características sociodemográficas, indicadores de saúde e de utilização de serviços de saúde. A análise incluiu o qui-quadrado de Pearson e associação independente entre situação no mercado de trabalho e indicadores de saúde e utilização de serviços de saúde foi feita por meio de regressão logística multinomial. RESULTADOS: Dos participantes do estudo, 52,2% eram trabalhadores formais, 27,7% informais, 10% desempregados e 10,2% estavam fora do mercado de trabalho. Foram identificadas diferenças significativas relativas à idade, escolaridade, renda domiciliar, posição no domicílio e região de residência. O desemprego, o trabalho informal e, sobretudo, a exclusão do mercado de trabalho estiveram associados à pior condição de saúde entre adultos brasileiros...