Página 1 dos resultados de 214 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

Amortecimento superficial nos sistemas de micro-drenagem em regiões de baixa declividade.; Peak flow reduction for micro-drainagem systems applied to flat areas.

Csobi, Atila
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 20/04/2011 PT
Relevância na Pesquisa
36.23%
O presente trabalho desenvolve uma proposta para a avaliação da redução da vazão de pico do hidrograma do método racional, no contexto de bacias hidrográficas topograficamente planas. Entendem-se como planas aquelas localidades, cujas declividades médias características e/ou projetadas são inferiores a 0,5%. Pretende-se também neste trabalho apresentar metodologias e práticas de projeto de drenagem usualmente adotadas em regiões de características topográficas semelhantes. No desenvolvimento do estudo, foram discutidas as bases teóricas do Método Racional e outros métodos de avaliação hidrológica que procuram levar em conta o amortecimento da vazão durante o seu escoamento sobre o leito das vias. Apresentam-se também as bases científicas para a criação de um modelo hidrodinâmico a ser usado no estudo para a determinação do fator de redução da vazão de pico do hidrograma racional. A capacidade de escoamento em vias urbanas é então discutida, de forma a se justificar as relações criadas como conclusão do trabalho. O resultado final apresentado é o estabelecimento de uma relação entre a variação do pico da vazão do Método Racional, com a capacidade de armazenamento ou amortecimento de cheias existente nessas vias. Relações estas que...

Sensoriamento remoto como ferramenta para gestão de recursos hídricos: modelagem espaço-temporal dos riscos ecológicos em bacias hidrográficas; Remote sensing as a tool for water resources management: spatiotemporal modeling of watersheds ecological risks

Mantelli, Luiz Rogério
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 18/09/2012 PT
Relevância na Pesquisa
36.45%
Nas últimas décadas a Organização das Nações Unidas apontou que a escassez de água doce disponível para consumo poderia ser uma barreira para desenvolvimento de todos os países. Essa realidade torna-se ainda mais alarmante se for levado em conta o aumento na densidade demográfica, sobretudo nas megalópoles onde os recursos hídricos ainda sofrem por conta da contaminação pelas fontes de poluição pontuais. Nos países subdesenvolvidos esse panorama é ainda mais crítico. A falta de recursos para planejamento e execução de obras de saneamento faz com que a degradação dos corpos d'água ocorra em ritmo ainda mais acelerado, trazendo um risco eminente para a população dessas regiões devido à disseminação de doenças, por exemplo. Face ao exposto, é premente a necessidade de formulação de projetos para monitorar os recursos hídricos, sobretudo aqueles inseridos em áreas urbanas, utilizados para o abastecimento de grande regiões metropolitanas, como é o caso do Complexo Billings-Guarapiranga, situado em São Paulo. Nessas regiões, os rios e reservatórios acabam perdendo a característica de patrimônio público e tornam-se elementos abióticos na paisagem, sem valor cultural ou como necessidade básica para a vida. Contudo...

Análise da alteração do uso do solo em bacias hidrográficas

Dornelles, Tales Farina
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.49%
O planejamento dos recursos hídricos é uma tarefa complexa pois trata diretamente dos interesses de diversos setores da sociedade e gera freqüentemente conflitos pelo uso. Em se tratando de bacias hidrográficas esta relação de interesses se mostra bastante latente pois verifica-se toda a sorte de atividades humanas que se distribuem no espaço, ao mesmo tempo em que se observa o declínio dos recursos ambientais. Assim sendo torna-se evidente a necessidade de se compreender as inter-relações entre as forças que estimulam o processo produtivo na bacia hidrográfica. A tarefa exige um estudo mais amplo da bacia, no qual se considere as relações entre as diversas ações empreendidas pelo homem nesta unidade do espaço geográfico. Neste sentido a alteração do uso do solo se apresenta como um indicador das principais forças que promovem o desenvolvimento de uma região. Compreender como se dá este processo e capturar o padrão de evolução destas atividades no espaço da bacia significa, dentro do contexto dos recursos hídricos, possibilitar um melhor planejamento e gerenciamento das águas, tanto no aspecto qualitativo quanto quantitativo. Esta dissertação discute uma metodologia para simular o padrão de alteração de classes de uso do solo em uma bacia hidrográfica de médio porte. Para isso foram utilizadas técnicas de geoprocessamento...

Interpolação geoespacial da evapotranspiração de referência (ETo) em regiões com escassez de dados: estudo de caso no Sul de Minas Gerais, Brasil

Vilanova, Mateus Ricardo Nogueira; Simões, Silvio J. C.; Trannin, Isabel C. B.
Fonte: Instituto de Pesquisas Ambientais em Bacias Hidrográficas Publicador: Instituto de Pesquisas Ambientais em Bacias Hidrográficas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 179-194
POR
Relevância na Pesquisa
36.23%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); The reference evapotranspiration is an important hydrometeorological variable; its measurement is scarce in large portions of the Brazilian territory, what demands the search for alternative methods and techniques for its quantification. In this sense, the present work investigated a method for the spatialization of the reference evapotranspiration using the geostatistical method of kriging, in regions with limited data and hydrometeorological stations. The monthly average reference evapotranspiration was calculated by the Penman-Monteith-FAO equation, based on data from three weather stations located in southern Minas Gerais (Itajubá, Lavras and Poços de Caldas), and subsequently interpolated by ordinary point kriging using the approach calculate and interpolate. The meteorological data for a fourth station (Três Corações) located within the area of interpolation were used to validate the reference evapotranspiration interpolated spatially. Due to the reduced number of stations and the consequent impossibility of carrying variographic analyzes...

Analise de regionalização de vazão maxima para pequenas bacias hidrograficas / Alyne da Silva Peralta

Alyne da Silva Peralta
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em //2003 PT
Relevância na Pesquisa
36.4%
Este trabalho visa analisar a metodologia que utiliza o fator de adimensionalização para regionalização de vazões máximas em pequenas bacias hidrográficas, destacando seus aspectos mais relevantes. Nos estudos de regionalização são utilizados, geralmente, dados de limnímetro, mas pela importância do conhecimento das vazões máximas instantâneas em pequenas bacias, esta análise também será realizada utilizando dados de limnígrafo. Os dados de limnímetro e limnígrafo dos postos fluviométricos serão adimensionalizados através de dois tipos de fator: sendo um a média das vazões máximas diárias anuais e o outro, a vazão média de longo período. Foram analisadas as possibilidades de se obter equações regionalizadas de ambas as vazões, usadas como fator de adimensionalização, em função de características físicas das bacias. A determinação de regiões homogêneas, uma das finalidades do estudo de regionalização, foi feita através da análise de freqüência de curvas regionais adimensionais de probabilidade dos postos fluviométricos estudados, utilizando dados de vazão média diária máxima anual e vazão instantânea máxima anual. Esta metodologia foi aplicada a 20 pequenas bacias hidrográficas do Estado de São Paulo.; Not informed.

Metodologia de delimitação das unidades hidrográficas no âmbito do Distrito Federal

Barbosa, Felipe Lima Ramos
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
36.49%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Humanas, Departamento de Geografia, Programa de Pós-Graduação em Geografia, 2012.; O Brasil possui uma vasta e rica rede de drenagem cujos recursos hídricos são utilizados para os mais diversos fins, tais como uso urbano, industrial, agropecuário, dentre outros, constituindo-se num bem de domínio público, dotado de valor econômico e natureza limitada (Lei no 9.433/97, art. 1o , I e II). Sendo assim é de suma importância priorizar sua eficiente gestão a fim de garantir a devida disponibilidade quali-quantitativa às gerações futuras. Com isso, a própria Lei das Águas (Lei no 9.433/97, art. 1o , V) preconiza a bacia hidrográfica como unidade territorial de implementação das ações do mencionado diploma. Limitando-se ao contexto espacial do Distrito Federal, o objetivo desse trabalho foi propor um método de delimitação das Unidades Hidrográficas (UH’s), com base em técnicas de geoprocessamento e comparar com o atual e vigente mapeamento das UH’s do Distrito Federal, cujo enfoque era mostrar as limitações e potencialidades do método ora proposto. Essas citadas UH’s são provenientes do Mapa das Unidades Hidrográficas do DF...

Condicionantes do atendimento do saneamento nas regiões hidrográficas brasileiras

Silva, Ana Catarina Nogueira da Costa
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
56.49%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Humanas, Departamento de Geografia, 2013.; A ausência dos serviços de saneamento ambiental gera externalidades sobre o meio ambiente, a saúde e o desenvolvimento econômico. Considerando a importância de se examinar os serviços de saneamento sob a ótica da bacia hidrográfica, o objetivo principal da dissertação foi compreender os fatores que influenciam a desigualdade do atendimento dos serviços de abastecimento de água e coleta de esgoto nas Regiões Hidrográficas brasileiras. Inicialmente, foi apresentado um histórico do setor de saneamento no Brasil e elaborado um panorama dos serviços de saneamento. Após isso, foi realizada uma caracterização da cobertura de saneamento, por meio de análises descritivas das seguintes variáveis: a) demográficas (tamanho da população, taxa de urbanização, localização da sede); b) socioeconômicas (taxa de analfabetismo, porcentagem de pobres, renda domiciliar média) e c) de gestão (modelo de gestão dos prestadores de serviços e existência de instrumento regulador). E ainda, nas bacias Amazônica e do Paraná foi avaliado o efeito dessas variáveis no atendimento dos serviços de saneamento, por meio de modelos de regressão linear múltiplo. Os resultados das análises descritivas mostraram que...

Participação pública nos planos de gestão das regiões hidrográficas

Macedo, Pedro; Barros, Dora; Machado, Arnaldo; Silva, Margarida
Fonte: ARH Norte / Sociedade Portuguesa de Simulação Ambiental e Avaliação de Riscos (SOPSAR) Publicador: ARH Norte / Sociedade Portuguesa de Simulação Ambiental e Avaliação de Riscos (SOPSAR)
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
46.37%
A participação pública é essencial para o sucesso da Directiva Quadro da Água, assumindo particular importância no processo de elaboração e execução dos Planos de Gestão das Regiões Hidrográficas, responsabilidade assumida pela Administração da Região Hidrográfica do Norte I.P. É apresentada uma síntese das acções desenvolvidas até ao momento no âmbito da elaboração dos Planos.

PARTICIPAÇÃO DE ACTORES SOCIAIS NA GESTÃO DE BACIAS HIDROGRÁFICAS: ESTUDO DE CASO DA BACIA DO RIO ARDILA

Durão, Anabela; Viegas Piteira, António José; Morais, Manuela
Fonte: VII Congresso Português de Sociologia Publicador: VII Congresso Português de Sociologia
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
36.22%
O Alentejo confronta-se com alteração da paisagem sobre os recursos naturais resultantes da alteração do uso de solo devido à maior disponibilidade de água proveniente da construção do Empreendimento de Fins Múltiplos do Alqueva (EFMA) em 2002. A Directiva Quadro da Água [DQA] transposta para Portugal (LA) tem como fim proteger as massas de água, estabelecendo objectivos ambientais. Os planos de gestão para as regiões hidrográficas deverão integrar um programa de medidas que permitam alcançar os objectivos definidos, sendo a participação pública um dos requisitos. Neste trabalho é estudada a bacia hidrográfica do rio Ardila com o objectivo de conhecer percepções e opiniões dos actores sociais, actividades desenvolvidas e alterações dos usos de solo. Para o efeito, efectuou-se: pesquisa documental e empírica para identificar os potenciais impactes no rio Ardila e afluentes; inquérito com questionário base para saber a visão dos diferentes intervenientes e identificar os principais problemas da qualidade da água no rio; questionários específicos por actividade desenvolvida. Os resultados contribuem para a definição de estratégias sustentáveis com vista a: diminuição de conflitos por falta de informação; conhecimento local sobre as questões ambientais; maior participação na tomada de decisões. Pretende-se assim...

Efeitos do uso do solo na ecohidrologia de bacias hidrográficas

Ilhéu, Maria; Batista, Teresa; Matono, Paula; Corte-Real, João; Sampaio, Elsa
Fonte: Rede de Estudos Ambientais de Países de Língua Portuguesa. Publicador: Rede de Estudos Ambientais de Países de Língua Portuguesa.
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
36.69%
A ocupação e uso do solo, desempenham um importante papel nos fenómenos das mudanças globais constituindo um importante fator que afeta a integridade dos ecossistemas terrestres e aquáticos. Muitas bacias hidrográficas de regiões Mediterrânicas e semi-áridas, caracterizadas durante séculos por sistemas de produção agrícola em extensivo de sequeiro, nas últimas décadas sofreram uma mudança bastante acelerada nos sistemas de produção agrícola devido à perspetiva de uma agricultura de regadio rentável. Apesar do crescente reconhecimento dos impactos dos sistemas agrícolas intensivos, tem-se assistido a um forte incentivo à produção dirigido à intensificação de diversas culturas. Os sistemas de produção agrícola intensivos são caracterizados por uma elevada densidade de plantas, rega sistemática e colheita mecanizada, com incorporação de grandes quantidades de energia e água à custa dos recursos naturais. Estes sistemas associados a um clima em alteração onde os eventos extremos se estão a tornar mais frequentes e mais intensos, têm impactos ambientais negatives fortes, particularmente na erosão do solo, escoamento para corpos de água, degradação de habitats e exploração e contaminação de recursos aquáticos escassos...

A comparabilidade de organismos equivalentes no contexto da avaliação de serviços

Fonseca, Margarida Azevedo
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
46.37%
Mestrado em Administração Pública; A presente proposta de trabalho de projecto situa-se no âmbito do Sistema Integrado de Gestão e Avaliação do Desempenho da Administração Pública (SIADAP), no subsistema 1, relativo à Avaliação de Serviços. Dentro deste Subsistema, pretende-se ainda considerar a avaliação de organismos equivalentes ou “unidades homogéneas” conforme são referidos na alínea i) do artigo 4º da Lei 66-B/2007, considerando estes organismos como serviços desconcentrados ou periféricos da administração directa e indirecta do Estado que desenvolvem o mesmo tipo de actividades ou fornecem o mesmo tipo de bens ou prestam o mesmo tipo de serviços. Tendo sido verificada a necessidade de uma metodologia de avaliação para estes organismos, o objectivo geral deste projecto é propor uma metodologia passível de ser utilizada na avaliação de serviços públicos considerados como organismos equivalentes, e que permita igualmente elaborar uma lista de ordenação que traduza a sua eficiência relativa, dotando o Departamento de Prospectiva, Planeamento e Relações Internacionais e restantes organismos avaliadores de um instrumento objetivo de avaliação de organismos equivalentes. No primeiro capítulo pretendeu-se analisar...

Regionalização de curvas de permanência de vazão de regiões hidrográficas do estado do Pará

Costa,Andréia Silva; Cariello,Brunna Lucena; Blanco,Claudio José Cavalcante; Pessoa,Francisco Carlos Lira
Fonte: Sociedade Brasileira de Meteorologia Publicador: Sociedade Brasileira de Meteorologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2012 PT
Relevância na Pesquisa
46.5%
O presente artigo aborda a regionalização de curvas de permanência de vazões para os rios das regiões hidrográficas da Calha Norte e do Xingu no Estado do Pará. Os modelos tiveram como base de dados 25 estações fluviométricas localizadas nas referidas regiões. As curvas de permanência foram calibradas utilizando-se 5 modelos matemáticos de regressão (potência, exponencial, logarítmico, quadrático e cúbico). O modelo cúbico foi o que se ajustou melhor aos dados observados das estações da Calha Norte. Já para a região do Xingu, foi o modelo exponencial, que melhor se ajustou. Modelos de regionalização foram estabelecidos, usando-se a técnica de regressão múltipla. A variação espacial dos parâmetros dos modelos, foi explicada em termos de área de drenagem, precipitação média anual, comprimento e desnível do rio. Os modelos foram validados através de duas bacias-alvo de cada região, obtendo resultados satisfatórios pelos ajustes gráficos das vazões simuladas e observadas. Matematicamente, o bom ajuste foi representado pelos erros quadráticos relativos médios percentuais e coeficientes de Nash-Sutcliffe calculados para o modelo cúbico (Calha Norte) e exponencial (Xingu). O bom desempenho dos modelos...

Fotointerpretação de padrões de drenagem de bacias hidrográficas na caracterização de solos desenvolvidos de rochas eruptivas básicas no estado do Paraná

Demattê,J.A.M.; Demètrio,V.A.
Fonte: São Paulo - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" Publicador: São Paulo - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz"
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/1995 PT
Relevância na Pesquisa
36.33%
Utilizando fotografias aéreas na escala 1:25.000, o presente trabalho teve por objetivo caracterizar os padrões da rede de drenagem, a partir de bacias hidrográficas de 3ª ordem de ramificação, em três regiões de solos desenvolvidos de rochas eruptivas básicas no Estado do Paraná. As unidades de mapeamento são: brunizem avermelhado+litossolos associados, terra roxa estruturada e latossolo roxo. A densidade de drenagem, freqüência de rios e a razão de textura média foram as propriedades mais significativas na separação dos solos das áreas, permitindo também constatar variações de drenagem dentro de uma mesma unidade de solo. Pelo teste de semelhança geométrica foi possível obter "grupos" de bacias representativas de uma mesma unidade de mapeamento. Há estreita correlação entre densidade de drenagem e índices de intemperismo dos solos.

Interpolação geoespacial da evapotranspiração de referência (ETo) em regiões com escassez de dados: estudo de caso no Sul de Minas Gerais, Brasil

Vilanova,Mateus Ricardo Nogueira; Simões,Silvio J. C.; Trannin,Isabel C. B.
Fonte: Instituto de Pesquisas Ambientais em Bacias Hidrográficas Publicador: Instituto de Pesquisas Ambientais em Bacias Hidrográficas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2012 PT
Relevância na Pesquisa
36.23%
A evapotranspiração de referência é uma importante variável hidrometeorológica, cuja medição é escassa em grande parte do território brasileiro, exigindo a aplicação de métodos e técnicas alternativas para sua quantificação. Nesse sentido, o presente trabalho avalia o processo de espacialização da evapotranspiração de referência por meio do método geoestatístico de krigagem, em regiões com pouca disponibilidade de estações e dados hidrometeorológicos. A evapotranspiração de referência média mensal foi calculada pela equação de Penman-Monteith-FAO, a partir de dados de três estações meteorológicas localizadas no Sul de Minas Gerais (Itajubá, Lavras e Poços de Caldas) e, posteriormente, interpolada por krigagem ordinária pontual, utilizando a abordagem "calcular e interpolar". Os dados hidrometeorológicos de uma quarta estação (Três Corações), localizada dentro da área de interpolação, foram utilizados para validar as evapotranspirações de referência interpoladas espacialmente. Devido à reduzida quantidade de estações e conseqüente inviabilidade de se realizarem análises variográficas, a comparação entre as ETo calculadas e interpoladas para a estação Três Corações foi realizada por meio do coeficiente de correlação (r)...

Redefinição dos limites das sub-bacias hidrográficas do estado do Mato Grosso do sul com o auxílio de técnicas computacionais.

ESQUERDO, J. C. D. M.; SILVA, J. dos S. V. da.
Fonte: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE AGROINFORMÁTICA, 8., 2011, Bento Gonçalves. Anais... Florianópolis: UFSC; Pelotas: UFPel, 2011. Publicador: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE AGROINFORMÁTICA, 8., 2011, Bento Gonçalves. Anais... Florianópolis: UFSC; Pelotas: UFPel, 2011.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: Não paginado.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.49%
RESUMO: As bacias hidrográficas constituem-se como unidades territoriais para a aplicação da Política Nacional de Recursos Hídricos, sendo consideradas em muitos estados como unidades de gerenciamento e planejamento. No Mato Grosso do Sul, a delimitação das sub-bacias foi realizada em 1990 a partir da interpretação de mapas na escala 1:1000.000, não havendo detalhamento suficiente para o planejamento regional. Um novo mapa com uma delimitação mais detalhada das sub-bacias do estado vem sendo realizado e, neste sentido, o objetivo deste estudo foi aplicar uma metodologia automática baseada em técnicas computacionais para redefinir e detalhar os limites das sub-bacias hidrográficas do estado. Os resultados mostraram que as técnicas computacionais utilizadas facilitaram o processo de delimitação das sub-bacias, sendo que os melhores resultados foram alcançados nas regiões com maior variação do relevo. A metodologia adotada representa uma alternativa viável e de baixo custo no apoio às atividades de delineamento de bacias hidrográficas.; 2011; SBIAgro 2011.

Analise do processo chuva-vazão de duas bacias hidrograficas na região litoranea do Estado do Parana, atraves do modelo de tanque

Oliveira, Sulayre Mengotti de
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Teses e Dissertações Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
36.56%
Resumo: Nas regiões tropicais, como a Bacia Litorânea do Estado do Paraná os fenômenos pluviométricos são naturalmente mais intensos do que nas regiões temperadas, provocando assim um desequilíbrio mas acentuados no ciclo hidrológico. A presença da Serra do Mar na Bacia Hidrográfica Litorânea do Estado do Paraná faz os fenômenos fluviométricos serem acelerados devido a topografia bem acentuada. Desta forma, o processo chuva-vazão é violentamente rápido e intenso. Entretanto, não há até hoje, nenhum trabalho que desenvolvesse um modelo matemático sobre o processo chuva-vazão da região. O presente trabalho teve como principal objetivo desenvolver um programa computacional do Modelo de Tanque, que seja adequado para as Bacias Marumbi e Nhundiaquara pertencentes a Bacia Hidrográfica Litorânea do Estado do Paraná, e avaliar o processo chuva-vazão das mesmas. A calibração do modelo foi realizado pelo método de tentativa e erro e teve como dados de entrada precipitação, vazão medida, ETR estimada. A calibração apresentou razoavelmente bons resultados, principalmente na parte de recessão dos hidrogramas. A função erro utilizada no Modelo de Tanque apresentou uma média de 44 % para Fi e 38 % para F2 na Bacia Marumbi e 44 % para Fi e 36 % para F2 na Bacia Nhundiaquara. Os coeficientes de escoamento e infiltração utilizados para calibrar o modelo tiveram comportamentos semelhantes nos anos estudados (1978 a 1995). O escoamento de base ficou em média com 61...

Zoneamento ambiental no planejamento e gestão de bacias hidrográficas

Oliveira, Paulo Tarso Sanches de
Fonte: Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Publicador: Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
36.77%
No desenvolvimento de estudos ambientais em bacias hidrográficas é fundamental a análise das características morfométricas de bacias hidrográficas, pois, essas características exercem importante papel nos processos do ciclo hidrológico e hidrossedimentológico. A erosão hídrica é caracterizada como uma das principais formas de degradação ambiental em bacias hidrográficas, ocasionando diversos efeitos prejudiciais ao solo e a água, que envolvem desde aspectos de perda de produtividade agrícola até impactos sobre os recursos hídricos. Assim, a predição de perda de solo é importante para avaliar os riscos de erosão do solo e determinar adequados usos e manejos do solo. Dentre os modelos de predição da erosão do solo, destacase a Universal Soil Loss Equation (USLE), que apesar de algumas limitações, continua sendo o modelo de erosão mais utilizado mundialmente, fornecendo informações úteis no planejamento conservacionista do solo e água. Os valores de perda de solo média anual, estimados pela USLE, podem ser comparados com valores de tolerância a perda de solo (T), com intuito de verificar áreas de risco a erosão e subsidiar o adequado uso e manejo do solo a partir da implantação do zoneamento ambiental. No Estado de Mato Grosso do Sul...

Caracterização sócio-ambiental das bacias hidrográficas do Estado de Goiás e Distrito Federal; Socio-environmental basins of State of Goiás and Distrito Federal

MEDEIROS, Levindo Cardoso
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Geografia; Ciências Humanas Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Geografia; Ciências Humanas
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.49%
The sustainable development is one of the great objectives of the current society, however, still of difficult reach due to several factors, and one of them refers to the intensity of the human occupation in the last years, without the due planning and cares with the environment. This human occupation of the territories, it has not been assuring significant developments social, economical and institutional for all of the social sectors, in many regions of the planet. The objective of this work is to propose an index of social-environmental quality, which it varies from zero to one, quantifying the level of existent integration among the variables social, economical, environmental and institutional, necessary for the sustainable development. This proposed index was applied in the watersheds of the State of Goiás and Federal District, showing the level of difficulty for the execution of public politics that promote the sustainable development in those watersheds. After the resolution of several inherent subjects to the processes of watersheds delimitation and processing of variables social, economical, environmental and institutional in the geographical domain of watersheds, it was found for the study area the medium value of the index of social-environmental quality equal to 0.406...

Aspectos conceituais da gestão de recursos hidricos e sua aplicação no caso das bacias hidrograficas dos rios Piracicaba, Capivari e Jundiai, SP

Antonio Luiz Pinhatti
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/03/1998 PT
Relevância na Pesquisa
36.33%
O conceito de Gestão de Recursos Hídricos vem incorporando princípios consagrados sobre o uso das águas, que consistem, basicamente, na descentralização e na participação da sociedade na administração dos recursos hídricos, na consideração da Bacia Hidrográfica como unidade de gestão e no reconhecimento da água como um recurso de valor econômico. Os países, gradativamente, estão adotando esses princípios em suas legislações e instituindo políticas adequadas ao novo conceito de gestão adquirido a partir de uma visão holística da água. Este trabalho faz uma análise da adequação e da evolução da gestão de recursos hídricos no Brasil e aborda desde os aspectos políticos e jurídico-institucionais até as questões técnicas e sócio-econômicas, bem como, resgata alguns exemplos da experiência estrangeira para evidenciar a eficácia do modelo de gestão. Todo o embasamento teórico reunido para essa análise é utilizado, também, para verificar a aplicação do modelo no caso das bacias hidrográficas dos rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí, no Estado de São Paulo, que compõem uma Unidade de Gerenciamento de Recursos Hídricos. A escolha dessa unidade, para esse estudo, se deu em função de sua importância como pioneira na implementação desse modelo no Brasil e...

Fotointerpretação de padrões de drenagem de bacias hidrográficas na caracterização de solos desenvolvidos de rochas eruptivas básicas no estado do Paraná; Drainage pattern photointerpretation in the characterization of soils developed from basaltic rocks in the state of Paraná, Brazil

Demattê, J.A.M.; Demètrio, V.A.
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz Publicador: Universidade de São Paulo. Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/1995 POR
Relevância na Pesquisa
36.33%
Utilizando fotografias aéreas na escala 1:25.000, o presente trabalho teve por objetivo caracterizar os padrões da rede de drenagem, a partir de bacias hidrográficas de 3ª ordem de ramificação, em três regiões de solos desenvolvidos de rochas eruptivas básicas no Estado do Paraná. As unidades de mapeamento são: brunizem avermelhado+litossolos associados, terra roxa estruturada e latossolo roxo. A densidade de drenagem, freqüência de rios e a razão de textura média foram as propriedades mais significativas na separação dos solos das áreas, permitindo também constatar variações de drenagem dentro de uma mesma unidade de solo. Pelo teste de semelhança geométrica foi possível obter "grupos" de bacias representativas de uma mesma unidade de mapeamento. Há estreita correlação entre densidade de drenagem e índices de intemperismo dos solos.; Aerial photographs in the scale of 1:25.000 were used to study the drainage network and its Quantitative and descriptive characteristics in 3 areas located in Paraná , for soils developed from basaltic rocks. The soil mapping units were the following: reddish brunizen or an argiudoll, terra roxa estruturada or a rodudalf and "roxo" latosol or an acrortox. The drainage density...