Página 1 dos resultados de 370 itens digitais encontrados em 0.044 segundos

Bioestratigrafia e paleoambientes da Formação Rio do Rasto na borda leste da bacia do Paraná (permiano superior, Estado do Paraná); Not available.

Rohn, Rosemarie
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 05/08/1988 PT
Relevância na Pesquisa
45.85%
O estudo de fósseis e litologias da Formação Rio do Rasto (Grupo Passa Dois) ao longo de 11 estradas do sul ao nordeste do Estado do Paraná e de 1 estrada no extremo-norte de Santa Catarina deu suporte a correlações entre as colunas de diversas áreas, à definição de biozonas, à interpretação dos possíveis paleoambientes e a novas considerações sobre a história evolutiva da Bacia do Paraná durante o final do Permiano. A parte da seqüência estudada abrange as porções anteriormente designadas Membro Serrinha (cerca de 1/4 da coluna, a partir da base) e Membro do Morro Pelado, cujas características litológicas, no entanto, não parecem sustentar adequadamente estas subdivisões. Do sul ao centro-norte do Estado do Paraná, na área aflorante, a espessura da Formação Rio do Rasto atinge 420 m, diminuindo acentuadamente da região de São Jerônimo da Serra para a Santo Antônio da Platina, onde se encontram porções mais marginais da bacia. As análises dos fósseis (formalmente descritos em outros trabalhos especialmente preparados para esta dissertação) buscaram dados paleoecológicos, de correlação interbacinal, bioestratonômicos e bioestratigráficos; também fundamentaram a maior parte das correlações entre os afloramentos e entre as seções colunares compostas...

Galáxias de núcleo ativo : caracterização do contínuo e das linhas de emissão no infravermelho próximo

Riffel, Rogério
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
45.84%
Realizamos um estudo das propriedades espectroscópicas das linhas de emissão e do contínuo, na região do infravermelho próximo (NIR), de uma amostra de 51 galáxias de núcleo ativo do universo local. A forma do contínuo dos quasares e das galáxias Sy 1 é similar, sendo essencialmente plano nas bandas H e K, e com grandes variações na banda J. Nas Sy 2 o contínuo decresce suavemente a partir de 1.2 μm e na banda J é varíavel. Os espectros de todas as fontes são dominados por intensas linhas de emissão, tais como: Hi, He i, He ii, [S iii], além de notáveis linhas proibidas de alto e baixo grau de ionização. A ausência de linhas de Oi e Fe ii nos espectros das galáxias Sy 2, dão suporte observacional ao modelo que prediz que estas linhas são formadas na região de linhas largas (BLR). A presença de linhas coronais em ambos os tipos de atividade e os maiores valores de FWHM destas linhas relativas ás da região de linhas estreitas (NLR), indicam que as linhas coronais são formadas na parte interna da NLR. A razão de fluxos do [Fe ii] 12570°A/16436°A é um indicador confiável de avermelhamento para a NLR em galáxias Seyfert. As linhas do H2 são comuns á maioria das fontes. Estas linhas são sistematicamente mais estreitas que linhas típicas da NLR...

Região do devir e região do atraso: discurso e representações sobre a região de Presidente Prudente-SP

Dundes, Ana Cláudia
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 314 f. : il. + 1 CD-ROM anexo II
POR
Relevância na Pesquisa
45.95%
Pós-graduação em Geografia - FCT; Esta tese refere-se ao estudo da Região de Presidente Prudente, localizada no oeste do Estado de São Paulo, que se constituiu no auge da expansão da cultura cafeeira paulista no século XX. Trata-se de um estudo de Geografia Regional, que se aproxima da Geografia Histórica, buscando compreender a partir do discurso regional as representações sociais sobre a região e os significados políticos dessas representações. O veículo escolhido para a apreensão do discurso foi o jornal mais antigo da região, ainda editado, que é simultaneamente também um dos sujeitos produtores do discurso regional. O jornal, documento de domínio público, é reconhecido nesta tese como um espaço de diálogo de atores sociais (jornalistas, acadêmicos, empresários, políticos etc.) que enunciam e têm a região como importante base territorial nas relações de poder. No conjunto de discursos apreendidos no jornal e de três obras referenciais sobre a formação da região, identificou-se através das diferentes denominações e imagens regionais, contidas nesses discursos, representações sociais sobre a região. Do Sertão do Vale do Paranapanema à Região de Presidente Prudente, passando pela Alta Sorocabana e 10ª Região Administrativa...

Influência das características aromáticas da casta e do seu estado de maturação nas propriedades dos vinhos da região do Dão

Santos, S.; Guedes, P.; Pina, C. M. G.; Santos, C.; Hogg, T.; Vasconcelos, I.
Fonte: Sociedade Portuguesa de Química / Escola Superior Tecnologia Universidade Algarve Publicador: Sociedade Portuguesa de Química / Escola Superior Tecnologia Universidade Algarve
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //1997 POR
Relevância na Pesquisa
65.96%
As características quimicas e consequentenente organolepticas de um Vinho estão dependentes de vários factores, tais como o clima, o tipo de solo; a exposição solar e o modo de condução da vinha, a origen genética das castas, etc. A região do Douro é caracterizada por um clima temperado, onde a vinha está implantada em terrenos de granitos a xistos de fraca fertidade(2). A maturação da uva condiciona a qualidade e mesmo o tipo de vinho, conduzindo a vastas transformações, que se traduzem por um aumento dos açucares, diminuição da acidez, redução da concentração dos álcools superiores e dos acidios gordos de cadeia curta(1). Pretende-se, assim estudar o efeito do estado de maturacão da uva nas propiedades quimicas do vinho e caracterizar aromaticamente vinhos provenientes de quatro castas da região do Dão

Análise do perfil do enoturista da região demarcada do Dão

Costa, Paulo Alexandre da Silva
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
56.04%
O objectivo do presente estudo consistia em efectuar uma caracterização do perfil do visitante / enoturista da Região Demarcada do Dão, utilizando variáveis demográficas e comportamentais, e contribuir para um melhor conhecimento do sector do enoturismo em Portugal, nomeadamente, na perspectiva da procura. Pretendia-se, ainda, constituir, com as conclusões retiradas deste estudo exploratório, um contributo para futuras acções de promoção e marketing de regiões vitivinícolas, sobretudo da região cuja procura foi analisada empiricamente, uma vez que o sucesso das estratégias regionais para atrair turistas depende, em grande medida, do posicionamento dessas mesmas regiões na mente do mercado-alvo. O inquérito à procura, que constitui a base empírica desta tese, foi efectuado entre os meses de Outubro de 2006 e Abril de 2007. ABSTRACT: The aim of this study was to develop a characterization of the profile of the visitor / wine tourist of the Demarcated Dão Region, using demographic and behavioural variables. An additional purpose was to helping in obtaining a better knowledge of the wine tourism sector in Portugal, namely in a demand perspective. The aim was also to contribute, through the conclusions drawn from this exploratory study...

Análise do mercado de vinho e das zonas vitivinícolas nacionais. Posicionamento, segmentação, preferências e atitudes. Caso particular: as sub-regiões do Alentejo

Silvério, Marta da Conceição Soares da Silva Cruz
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
45.98%
"Sem resumo feito pelo autor"; Com este trabalho procurou-se caracterizar o mercado do vinho, de acordo com dados secundários e primários, sendo estes últimos obtidos através de um processo de amostragem não probabilística dirigida, logo os resultados não poderão ser transportados para a população. Através dos dados secundários, concluiu-se que o vinho é produzido, essencialmente, na Europa É também neste continente que se encontram os países com maior consumo per capita. Verificou-se que Portugal é um país tradicionalmente produtor e consumidor e que, nos últimos anos, tem visto as suas produções diminuírem, assim como o consumo. O decréscimo do consumo é devido em parte às campanhas anti-álcool, que invadem os consumidores diariamente e ao aumento bastante significativo do consumo de cerveja, nos últimos anos. Com o objectivo de criarem-se dados primários, foram efectuadas 1247 entrevistas a indivíduos, que tivessem consumido do vinho, nos últimos dois meses, das quais foram validados 1001. 0 questionário foi construído de forma a que os seguintes objectivos fossem alcançados:  estabelecer uma relação entre as percepções face ao consumo do vinho e às zonas vitivinícolas;  analisar as zonas vitivinícolas mais importantes do mercado nacional...

As origens da Região Demarcada do Dão: política administrativa e ordenamento territorial do espaço beirão (1907-1912)

Fonseca, Ângelo
Fonte: Instituto Politécnico de Viseu Publicador: Instituto Politécnico de Viseu
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /11/2004 POR
Relevância na Pesquisa
66.14%
Este trabalho tem por objecto de estudo a “região demarcada do Dão”. O seu desígnio é surpreender os processos implicados na criação dessa zona vinícola, em inícios do século XX. E a hipótese de trabalho de que ele parte é a seguinte: a de que a emergência dessa região demarcada traduz uma situação não apenas decorrente da particular conjuntura económica portuguesa da época, resultando também, em não menor grau, do panorama administrativo português na passagem da Monarquia para a República e dos fenómenos de reordenamento territorial e de redefinição social do próprio espaço beirão. Não se trata, como está bom de ver, de uma perspectiva verdadeiramente inédita. De modo mais ou menos explícito ou apenas sugerido, estas dimensões do problema têm estado presentes nos estudos anteriores sobre o assunto. Parece-nos, contudo, que uma maior atenção à segunda daquelas vertentes, ou, para ser mais rigorosos, uma maior preocupação com a complementaridade necessariamente buscada entre ambas, pode recolocar a problemática, contribuindo para tornar mais claro aquilo que verdadeiramente pode estar em jogo na criação de uma região demarcada.Dito isto, compreender-se-ão melhor, por certo, os eixos nucleares em que assenta este estudo: a) uma preocupação vincada em trabalhar os diversos assuntos numa lógica contextual (a única...

Caracterização Química do Folhelho Branco e do Folhelho Tinto Proveniente de Castas Típicas da Região do Dão

Mendes, Joana;; Lopes, Sónia; Prozil, Sónia; Evtuguin, Dmitry; Cruz‐Lopes, Luísa
Fonte: Instituto Politécnico de Viseu Publicador: Instituto Politécnico de Viseu
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /06/2014 POR
Relevância na Pesquisa
65.99%
Resumo O presente trabalho avalia e compara a composição química do folhelho branco e tinto, proveniente de castas típicas da região do Dão. A análise química mostra que o folhelho é constituído essencialmente por celulose, hemiceluloses, proteínas e extratáveis em água. Os compostos solúveis em água são constituídos principalmente por açúcares monoméricos (glucose e frutose) e por uma mistura complexa de hemiceluloses. A celulose do folhelho branco e tinto foi avaliada por difração de raios-X (DRX) e verificou-se que se trata de celulose I com um grau de cristalinidade de 66,1 e 72,8%, no folhelho tinto e branco, respetivamente. O teor de celulose no folhelho branco (12,5%) é bastante inferior quando comparado com o do folhelho tinto (20,8%). Os métodos espectroscópicos, nomeadamente RMN CP/MAS de 13C, permitiram verificar a presença de material ceroso e cuticular em ambos os folhelhos. Os extratáveis em diclorometano dos folhelhos são constituídos maioritariamente por ácidos gordos e terpenos.; Abstract The present study evaluates and compares the chemical composition of white and red grape skins, from grapes of the typical caste Dão region. Chemical analysis shows that grape skins are constituted essentially by cellulose...

O papel da Educação Física na escola: estudo centrado em Presidentes do Conselho Pedagógico de Agrupamentos de Escolas da Região do Dão

Escaroupa, Dalila Inês Costa Lobo Marques
Fonte: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Publicador: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66.03%
Dissertação de Mestrado em Ensino de Educação Física, nos Ensinos Básico e Secundário; As representações dos Presidentes do Conselho Pedagógico constituem variáveis fundamentais à compreensão do processo aprendizagem e permitem obter informação capaz de contribuir para a melhoria do ensino, que pode ser fundamental para o sucesso dos alunos. Este estudo pretende descrever e compreender as representações, práticas e aspirações de Presidentes do Conselho Pedagógico de 8 (oito) Escolas da Zona Sul da Região do Dão, relativamente à disciplina de Educação Física. A natureza descritiva e exploratória dos estudo justifica a opção pelo método qualitativo, recorrendo-se às técnicas de análise de conteúdo para a análise de dados e utilizando-se a entrevista como instrumento de recolha de dados. Os principais resultados deste estudo revelam que os Presidentes do Conselho Pedagógico consideram a disciplina como fundamental/nuclear na Escola, bem como na formação dos alunos criando hábitos de vida saudável, transmissão de valores e cumprimento de regras. Veem a Educação Física como uma disciplina importante para a construção de uma Escola de qualidade, pois desenvolve algumas valências onde as outras disciplinas têm mais dificuldade. Consideram e afirmam que a carga horária da disciplina é insuficiente. Revelam que a preferência dos alunos pela disciplina é grande e prende-se principalmente aos Desportos Coletivos e à parte competitiva. Encaram a avaliação como a adequada e não há nenhum aspeto da Educação Física que não valorizem. Concordam que as atividades extracurriculares são indispensáveis pois dão mais dinâmica à Escola. Referiram que o apoio que o Conselho Pedagógico poderá dar à disciplina de Educação Física e aos seus profissionais é a aprovação das atividades propostas.; The performances of the School Board Principals are essential variables to the understanding of the learning process and allow obtaining information capable of contributing to the teaching improvement...

Poda mecânica vs poda manual na casta Touriga Nacional na Região do Dão

Camilo, João Pedro Silva
Fonte: Universidade Técnica de Lisboa Publicador: Universidade Técnica de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2009 POR
Relevância na Pesquisa
86.08%
Mestrado em Viticultura e Enologia - Instituto Superior de Agronomia / Universidade do Porto; Abstract The main objective of this study was the comparison between mechanical hedging and manual pruning systems regarding the agronomy and physiology of Touriga Nacional variety vines conducted in LYS. The experiment was conducted at Quinta da Aguieira, wine producing region of Dão, property owned by Sociedade dos Vinhos Borges. The mechanical hedging originated a significant higher number of nodes per vine. These vines showed self regulation given that both budburst and fertility index were significantly lower when compared with the obtained with the manual pruning. In the mechanical hedging system the total leaf area registered was significantly higher. A higher number of principal leafs with a smaller area per unit was identified. The secondary leaf area was significantly higher in the manual pruning system. Although these differences between the two systems were identified, no significant differences were found regarding the pre-dawn leaf potential. Sugar accumulation was delayed on hedge pruning, although the berry weight, titratable acidity, anthocyanin concentration and Folin-Ciocalteu índex had shown no siginificant diferences between hedged and manual pruning. Significant differences were found in the sugar content of the must witch was higher in manual pruning. The wine produced from the mechanical hedging system vines showed an alcohol index slightly lower than the one produced from the manual pruning system vines.-------------------------------------No presente trabalho pretendeu-se comparar o efeito da poda mecânica em sebe e da poda manual no comportamento agronómico e fisiológico da casta Touriga Nacional no sistema de condução LYS. Este estudo decorreu na Quinta da Aguieira...

Flora das vinhas da Região Demarcada do Dão

Caetano, Maria de Fátima Piedade Baeta
Fonte: Universidade Técnica de Lisboa Publicador: Universidade Técnica de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2009 POR
Relevância na Pesquisa
76.1%
Mestrado em Engenharia Agronómica - Instituto Superior de Agronomia; This work presents a characterization of vegetation composition in Winegrowing Region of Dão. In spring 2008, vineyards were surveyed and winemakers inquires were carried out in Dão. 206 taxa were recorded and distributed in 31 families, with predominance of the Fabaceae, Asteraceae and Poaceae. The taxa with a relative frequency higher than 75% were Cerastium glomeratum, Chamaemelum fuscatum, Hypochaeris radicata, Ornithopus compressus, Poa annua, Raphanus raphanistrum, Rumex acetosella ssp. angiocarpus and Stellaria media. The perennials Convolvulus arvensis and Cynodon dactylon showed a frequency higher than 40% and abundance higher than 20 and 12 plants m-2, respectively. The predominant vineyard soil management, in inter row, was cover cropping (53 %), mostly by resident vegetation, and soil tillage (41%). Herbicides were applied mostly in the row (46%) of the vineyards, only 4% were applied in total area and 2% in inter row. The soil management in 50% of the rows was soil tillage. CCA analysis showed that specific species were associated to the variables of geographical situation and soil management. Some species appeared associated with cover cropping...

Coeficientes culturais da casta Touriga Nacional na região do Dão

Rodrigues, P.; Pedroso, V.; Gouveia, J.P.; Martins, S.; Lopes, C.; Alves, I.
Fonte: Universidade Técnica de Lisboa Publicador: Universidade Técnica de Lisboa
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em /09/2011 POR
Relevância na Pesquisa
55.84%
Com o objectivo de estudar o efeito da rega e do regime hídrico no comportamento da casta Touriga Nacional foi instalado um ensaio de rega numa vinha do Centro de Estudos Vitivinícolas do Dão, em Nelas. A transpiração da sebe de vinha foi estimada a partir dos registos de temperatura radiativa da sua superfície, recorrendo a um modelo bi-camada que tem por base o princípio da partição do balanço energético entre os componentes do coberto vegetal (videiras, solo e subcoberto herbáceo) admitindo que, do ponto de vista energético, a sebe e o substrato (solo+subcoberto) actuam separadamente e em paralelo. Os fluxos de calor latente da sebe de videiras são determinados a partir dos fluxos de calor sensível e do balanço de radiação. A evolução temporal de Ec/ETo na modalidade de rega plena (FI) permite identificar três fases e corresponde à forma geral da curva de Kcb indicada para a generalidade das culturas. A relação entre o coeficiente de secura (Ks) e fracção de água utilizável do solo até 130 cm de profundidade (FTSW130) é bifásica. Para valores de FTSW130 superiores a 40-50%, o Ks é aproximadamente constante, registando valores em torno de 1, correspondente a condições de conforto hídrico. Com valores de FTSW130 inferiores...

Densidade do coberto e monda na casta Alfrocheiro na Região do Dão

Moreira, Manuel Adão Marques Pacheco Botelho
Fonte: ISA/UTL Publicador: ISA/UTL
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2007 POR
Relevância na Pesquisa
45.86%
Mestrado em Viticultura e Enologia - Instituto Superior de Agronomia; Throughout two years (2005 and 2006), have been studied the effects of three canopy management techniques (reduction of shoot density, basal leaf removal and qualitative cluster thinning), on the behaviour of the vine variety ‘Alfrocheiro’. The trial, installed in Dão region, in a private vineyard (Dão Sul - Soc. Vitivinícola, S.A.), had three shoot densities (test, 18 and 12 shoots/m of canopy), two different treatments of basal leaf removal (test and basal leaf removal at veraison). Two treatments of qualitative cluster thinning have also been evaluated (test and qualitative cluster thinning at veraison, of the more delayed and with less quality clusters - “monda qualitative”). The shoots suppression and basal leaf removal decreased the number of leaf layers, the percentage of interior clusters and increased the penetration of the PAR in the fruit zone, improving the clusters microclimate. The reduction of shoot density, as well as cluster thinning, reduced the yield in both years. The basal leaf removal didn’t have any influence on this parameter. The factor “year” assumed a preponderant importance on grapes composition. Relatively to the three studied canopy management techniques...

Densidade do coberto vegetal e monda dos cachos - efeito no comportamento da casta Alfrocheiro na Região do Dão

Botelho, Manuel; Cruz, Amândio; Costa-Rodrigues, Carlos; Rodrigues, Ana; Castro, Rogério
Fonte: Universidade Técnica de Lisboa Publicador: Universidade Técnica de Lisboa
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2009 POR
Relevância na Pesquisa
65.98%
Na casta Alfrocheiro foram estudados, ao longo de três anos (2004 a 2006), os efeitos de três intervenções em verde (densidade de sarmentos, desfolha e monda). O ensaio, instalado na região do Dão numa vinha privada (Dão Sul S.A.), comportou três densidades de sarmentos (testemunha, 18 e 12 sarmentos/m de sebe), duas modalidades de desfolha (desfolha basal ao pintor e testemunha). Em 2005 e 2006 avaliaram-se ainda duas modalidades de monda (monda ao pintor, dos cachos mais atrasados e de menor qualidade - “monda qualitativa” e não monda). A supressão de sarmentos e a desfolha originaram redução do número de camadas de folhas, da percentagem de cachos interiores e aumento da penetração da PAR na zona de frutificação, melhorando o microclima dos cachos. A redução da densidade de sarmentos e a monda diminuíram o rendimento nos dois anos, enquanto a desfolha não influenciou este parâmetro. Ao nível da composição das uvas, apenas o factor “ano” assumiu importância preponderante. De facto, apesar de a correcção da densidade de sarmentos provocar reduções da produção da ordem das 3t/ha, o TAP aumentou somente 0,4% (V/V). No caso da monda de cachos as diferenças de produção são maiores (ca. 6t/ha)...

Efeitos da densidade do coberto e da monda no comportamento agronómico e ecofisiológico da casta Alfrocheiro

Botelho, Manuel; Cruz, Amândio; Rodrigues, Carlos; Rodrigues, Ana; Gomes, Casimiro; Castro, Rogério
Fonte: Universidade Técnica de Lisboa Publicador: Universidade Técnica de Lisboa
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2007 POR
Relevância na Pesquisa
45.82%
Na casta ‘Alfrocheiro’ foram estudados, ao longo de três anos (2004 a 2006), os efeitos de três intervenções em verde (densidade de sarmentos, desfolha e monda). O ensaio, instalado na região do Dão numa vinha privada (Dão Sul – Soc. Vitivinícola, S.A.), comportou três densidades de sarmentos (26, 18 e 12 sarmentos/m de sebe), duas modalidades de desfolha (desfolha basal ao pintor e testemunha). Em 2005 e 2006 avaliaram-se ainda duas modalidades de monda (monda ao pintor, dos cachos mais atrasados e de menor qualidade - “monda qualitativa” e testemunha). A supressão de sarmentos e a desfolha originaram redução do número de camadas de folhas, percentagem de cachos interiores e aumento da penetração da PAR na zona de frutificação, melhorando o microclima dos cachos. A menor densidade de sarmentos, tal como a monda, reduziu o rendimento nos 3 anos. A desfolha aumentou o rendimento em 2004, em resultado de cachos mais pesados. Ao nível da composição das uvas o factor “ano” assumiu uma importância preponderante. Relativamente às 3 intervenções em verde estudadas, a intensidade corante foi o único parâmetro tendencialmente incrementado por todas as intervenções em estudo. Na poda, o resultado mais relevante foi a redução do tempo de poda registado nas densidades mais baixas

Estratégias de gestão do coberto vegetal e da produção na casta Touriga Nacional na Região do Dão

Costa-Rodrigues, Carlos; Cruz, Amândio; Botelho, Manuel; Rodrigues, Carlos; Castro, Rogério
Fonte: Universidade Técnica de Lisboa Publicador: Universidade Técnica de Lisboa
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
65.91%
Entre 2004 e 2006, na região do Dão, numa vinha plantada em 1990 com a casta Touriga-Nacional, conduzida em MVA, avaliaram-se os efeitos de diferentes densidades de varas por metro de sebe (D23; D17; D11), de realizar, ou não, quer desfolha (F1; F0), quer monda ao pintor (M1; M0), no microclima do coberto, no rendimento e na qualidade da uva e do vinho. Nenhuma das intervenções provocou alterações significativas na expressão vegetativa, sendo possível produzir vinhos de qualidade para valores de lenha de poda até 1,0kg/m de sebe. A monda, a desfolha e a redução de D23 para D11 não se traduziram na melhoria de qualquer dos parâmetros qualitativos avaliados nos bagos à vindima, no mosto e no vinho. O rendimento foi elevado: 8,5 a 13,1t/ha em 2004; 10,2 a 16,4t/ha em 2005 e 12,2 a 17,9t/ha em 2006. A grande desvantagem verificada em D23 foi o tempo de poda, que aumentou de ≈30hr/ha em D11 e D17 para cerca de 90hr/ha em D23. Os resultados obtidos, sugerem, como melhor estratégia para obter um produto que maximize produtividade e qualidade, efectuar a espoldra no tronco e braços, deixando cerca de 17 varas/m de sebe, sem desfolha e sem monda (D17F0M0).

Padrão de extracção de água do solo numa vinha da casta Touriga Nacional no "terroir" do Dão

Rodrigues, P.; Gouveia, J.P.; Pedroso, V.; Martins, S.; Lopes, C.; Alves, I.
Fonte: Universidade Técnica de Lisboa Publicador: Universidade Técnica de Lisboa
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
65.83%
Libro de Actas - X Simposium Hispano Português de Relaciones Hidricas, 2010; Com base em medições dos perfis de humidade efectuadas regularmente até à vindima, em duas parcelas de vinha da casta Touriga Nacional na região do Dão, são caracterizados os padrões de extracção de água do solo em plantas não regadas, com rega deficitária e rega plena realizada com um sistema de rega gota-a-gota. Embora globalmente, em plantas não regadas, as várias camadas do solo, até à profundidade de 200 cm, contribuam de forma sensivelmente igual para a satisfação das necessidades hídricas, o padrão de extracção revela uma grande dinâmica sazonal. Na vinha regada com sistema de rega gota-a-gota, durante o período de rega, a extracção de água do perfil concentra-se à superfície, junto ao gotejador. Após a rega, à medida que o teor de água na zona humedecida diminui, as plantas estendem progressivamente a extracção as camadas mais profundas e à entrelinha.

Espectroscopia e estrutura eletrônica do composto SrRuO3

Guedes, Eduardo Bonini
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
55.71%
Resumo: Na presente dissertação, a estrutura eletrônica da perovskita SrRuO3 foi estudada. Os métodos experimentais combinaram espectroscopia de fotoemissão (ressonante) de raios X (XPS) e espectroscopia de absorção de raios X (XAS). Os espectros experimentais foram interpretados com modelo de cluster estendido, que trata ambos os efeitos de covalência e de correlação eletrônica. O modelo incluiu um canal de blindagem não-local para dar conta de contribuições de outros clusters. Os resultados do modelo de cluster estendido foram também comparados com cálculos de estrutura de bandas realizados dentro da aproximação GGA (Generalized Gradient Approximation). Os resultados para a amostra volumétrica mostraram que o composto está em um regime de transferência de carga negativo, o que significa que seu estado fundamental é composto principalmente por estados com buracos na banda de O 2p. Esse regime leva a uma complexa e intricada estrutura eletrônica, especialmente próxima ao nível de Fermi. Nos espectros de nível interno e de banda de valência, as regiões de baixa energia são devidas a estados finais bem-blindados. Em energias de ligação maiores, as contribuições vêm dos estados fracamente blindados, que dão origem aos satélites de transferência de carga no nível interno e aos estados de Ru 4d misturados na banda de O 2p. A espectroscopia de fotoemissão ressonante na borda de Ru L3 foi capaz de identificar a contribuição de estados de Ru por toda a banda de valência. Em particular...

Estudo comparativo das castas tintas nobres do Dão: Touriga Nacional, Jaen, Tinta Roriz e Alfrocheiro

Borges, Pedro Manuel Marques; Lima, Maria João, orient.; Lemos, Edite Teixeira de, orient.; Silva, Carlos Costa e, co-orient.
Fonte: Instituto Politécnico de Viseu. Escola Superior Agrária Publicador: Instituto Politécnico de Viseu. Escola Superior Agrária
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /10/2012 POR
Relevância na Pesquisa
66.23%
Dissertação de Mestrado em Qualidade e Tecnologia Alimentar; Os vinhos DOC (Denominação de Origem Controlada)Dão, são reconhecidos pelos consumidores e pela crítica, como vinhos de excelência, fruto da sua tipicidade e qualidade invulgares. Sendo as castas nobres do Dão a Touriga Nacional, o Jaen, a Tinta Roriz e o Alfrocheiro considerámos pertinente o estudo das características sensoriais e físico-químicas de vinhos monocasta produzidos a partir das referidas castas da Região Demarcada do Dão (RDD). Para prossecução desse objectivo dividiu-se o presente trabalho em duas partes distintas. Numa primeira parte foi realizado um levantamento dos dados documentados existentes referentes à região, nomeadamente sobre os vestígios históricos da produção de vinho na RDD; referindo-se ainda em detalhe a criação da Região Demarcada do Dão (origens, regulamentação, demarcação), é feita de igual modo uma caracterização do seu património vitícola, a evolução, regulamentação e caracterização das castas aptas à produção de 'Dão Nobre', bem como os principais estudos encontrados sobre a caracterização dos vinhos produzidos na Região Demarcada do Dão entre 1953 a 2012. A segunda parte da dissertação é constituída pelo trabalho experimental...

Rural de Porto Alegre : percepções de moradores de municípios da região metropolitana

Bastian, Lillian
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
45.93%
A noção de rural revisitada após a década de 1970, período em que o modelo de desenvolvimento é questionado, passa a figurar abordando as diversidades deste espaço. Neste espaço, que era reduzido ao agrícola, passam a ser identificadas atividades não-agrícolas, que auxiliam na composição das rendas familiares e atividades ligadas ao consumo, onde pessoas residentes em cidades grandes sentem-se atraídas por modos de vida em ambientes mais naturais. Nestas situações, há aproximações entre populações urbanas e rurais ocorrendo distintas relações. Em Porto Alegre, o interesse pelo rural tem acontecido de diferentes formas. Nesta pesquisa, são identificadas três maneiras que se dão pela Feira Ecológica José Bonifácio, pelos roteiros turísticos Caminhos Rurais e quando se observa que residentes do urbano mudam seus locais de moradia para o espaço rural (novos rurais). A prática de contato com o rural de distintas formas indica que estas pessoas têm percepção do rural. Isto porque as percepções estão na base da prática assim como de todo o saber. Partindo desta perspectiva os objetivos desta pesquisa estão circunscritos a identificar quais são as percepções do rural de Porto Alegre em pessoas que se relacionam de distintas formas com este espaço (usuários da feira...