Página 1 dos resultados de 579 itens digitais encontrados em 0.040 segundos

Estilo(s) de liderança dos diretores em escolas públicas não agrupadas no ensino secundário da região do Alentejo

Inocêncio, Serafim António Martins
Fonte: Universidade Aberta de Portugal Publicador: Universidade Aberta de Portugal
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
76.09%
Tese de Doutoramento em Educação na especialidade de Liderança Educacional apresentada à Universidade Aberta; Esta investigação tem como principal objetivo, identificar e caraterizar o estilo(s) de liderança dos diretores em oito escolas secundárias não agrupadas da região do Alentejo, pretendendo compreender a forma como os docentes, os assistentes operacionais e técnicos das escolas em estudo avaliam os comportamentos apresentados pelo Diretor(a) na sua organização escolar através das suas perceções, bem como o modo como essa liderança é percecionada pelos seus diretores. Para tal, tentámos delinear um caminho lógico para a nossa investigação, tendo como referencial teórico as principais teorias nas organizações e as diferentes abordagens sobre as imagens organizacionais da escola. Para analisar e refletir sobre a problemática da liderança nas organizações educativas, considerámos ser necessário realizar uma abordagem normativa da gestão escolar em Portugal, desde a reforma educacional de Veiga Simão, até os nossos dias. Por fim, refletimos sobre a evolução histórica das abordagens conceptuais ao estudo da liderança, bem como a liderança nas organizações educativas que, através da sua análise...

O impacto das capacidades dinâmicas na inovação: uma comparação entre empresas vinícolas da Região do Alentejo e da Região de Provence.

Fonseca, Tânia Domingos
Fonte: Instituto Politécnico de Leiria Publicador: Instituto Politécnico de Leiria
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 18/12/2012 POR
Relevância na Pesquisa
96.16%
Dissertação de Mestrado em Negócios Internacionais apresentada à ESTG - Escola Superior de Tecnologia e Gestão do Instituto Politécnico de Leiria.; O aumento do dinamismo dos mercados exige às empresas uma elevada capacidade de adaptação à mudança com vista a manter sua competitividade. As capacidades dinâmicas e a inovação surgem como potenciais soluções para a sobrevivência nestes mercados. A literatura defende que a relação entre estes dois constructos é positiva. No entanto a investigação empírica nesta área específica da estratégia empresarial ainda é escassa. O principal objetivo deste estudo é a avaliação da relação entre a detenção de capacidades dinâmicas e o grau de inovação da empresa. O estudo é baseado em dados empíricos recolhidos em empresas da indústria vinícola da Região do Alentejo e da Região de Provence, obtidos através de um questionário enviado às empresas. Os resultados determinam que uma das dimensões de capacidades dinâmicas se destaca pela sua associação positiva e estatisticamente significativa a elevados graus de inovação. No entanto, a maioria das restantes capacidades avaliadas, ainda que sem significância estatística, demonstram ser potenciais impulsionadoras da atividade inovadora. Em ambas as regiões existe necessidade de uma maior incorporação de capacidades dinâmicas na definição estratégica da empresa...

Evolução e perspectivas das necessidades de formação turística e hoteleira na Região do Alentejo

Revés, Paulo Fernando Nobre da Costa Vargas
Fonte: Repositório Científico Lusófona Publicador: Repositório Científico Lusófona
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
76.2%
Num mundo cada vez mais global, com alterações constantes nos comportamentos dos consumidores, de novos e emergentes destinos e criativas formas de exploração turística, a diferenciação turística irá fazer-se cada vez mais pela qualidade dos serviços prestados. Essa qualidade terá que passar inevitavelmente pelos seus recursos humanos, e neste domínio o papel da formação profissional na sua qualificação será preponderante. As empresas necessitam ao nível das profissões operacionais, que as pessoas possuam mais competências de adaptação à constante mudança, mais capacidade prospetiva, mais comportamento inovador. Contudo estas não se revelam muito atrativas para as novas gerações, não permitindo uma relação perfeita entre trabalho e usufruto da vida, reconhecimento social e retorno salarial. A recente expansão da formação no turismo e na hotelaria, leva a questionar a sustentabilidade desta progressão em termos de empregabilidade no país ou na região, existindo opiniões quanto à necessidade de ocorrerem mudanças profundas na lógica do sistema de formação profissional. Os vários organismos oficiais que tutelam esta matéria, têm funcionado com notória descoordenação, duplicando atividades e consumindo recursos tão escassos na atual conjuntura. Neste contexto...

Contributos para a identificação da procura social das paisagens do Alentejo

Pinto-Correia, Teresa; Carvalho-Ribeiro, Sónia; Menezes, Helena; Barroso, Filipe; Surová, Diana; Ramos, Isabel Joaquina
Fonte: Comissão de Coordenação da Região do Alentejo Publicador: Comissão de Coordenação da Região do Alentejo
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
96.19%
O projecto ROSA decorreu entre Junho/2009 e Ju- nho/2011, executado por uma equipa do Instituto de Ciências Agrárias e Ambientais Mediterrânicas (ICAAM), da Universidade de Évora, em parceria coma CCDRA e a DRAPAL. O projecto teve como objectivo avaliar a procura social da paisagem na região do Alentejo, através das preferências expressas por vários grupos de utilizadores: caçadores, turistas (incluindo praticantes e turismo mais convencional e eco-turistas), produtores agrícolas, habitantes (incluindo os que sempre aqui viveram e neo-rurais), e visitantes regulares (por laços familiares, razões profissionais ou por aqui possuírem segunda residência). Pretendia-se relacionar esta distri- buição das preferências com a paisagem e as suas trans- formações, tais como resultam das actividades de uso do solo, agrícola e florestal. Para avaliar as preferências foi usado como estímulo visual um conjunto de fotografias dos diferentes tipos de ocupação do solo que ocorrem no Alentejo, e correspondentes às classes consideradas nas estatísticas e na cartografia de ocupação do solo.

Quadro Metodológico para a Elaboração da Conta Satélite do Turismo (CST) para a Região do Alentejo

Marujo, Noémi; Borges, Maria do Rosário; Serra, Jaime
Fonte: RVJEditores Publicador: RVJEditores
Tipo: Livro
POR
Relevância na Pesquisa
96.16%
O presente livro integra o conteúdo dos diversos relatórios de investigação desenvolvidos no âmbito da actividade Conta Satélite do Turismo para a Região do Alentejo, integrada no projeto Observatório Regional de Turismo. O objetivo principal desta atividade foi o de construir um quadro metodológico que permita quantificar os impactos económicos do turismo para a Região do Alentejo, à luz das recomendações internacionais existentes para as economias regionais.

Identificação das principais necessidades de informação para desenvolver uma CST para a Região do Alentejo

Eusébio, Celeste; Milheiro, Eva; Serra, Jaime; Borges, Maria do Rosário; Marujo, Noémi
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Parte de Livro
POR
Relevância na Pesquisa
96.2%
A terceira parte deste livro integra os trabalhos desenvolvidos na segunda fase deste projeto de investigação. Teve como objetivo central identificar as principais necessidades de informação para quantificar os benefícios económicos que o turismo pode originar para uma região de destino, neste caso concreto para a Região do Alentejo. Para concretizar este objetivo, começou-se por descrever alguns princípios gerais que a metodologia a desenvolver para quantificar os benefícios económicos do turismo para a Região do Alentejo deve contemplar. Seguidamente foram apresentadas as necessidades de informação para quantificar a procura turística que é realizada na região e para quantificar a oferta turística. Para concluir esta terceira parte foram enumerados alguns indicadores não-monetários considerados relevantes para que seja possível realizar uma caraterização mais detalhada, tanto da procura turística como da oferta turística.

Inventariação das fontes de informação existentes paradesenvolver uma CST para a Região do Alentejo

Eusébio, Celeste; Borges, Maria do Rosário; Milheiro, Eva; Serra, Jaime; Marujo, Noémi
Fonte: RvjEditores Publicador: RvjEditores
Tipo: Parte de Livro
POR
Relevância na Pesquisa
85.99%
A quarta parte desta monografia integra o trabalho desenvolvido para identificar e caraterizar as fontes de informação secundárias existentes que fornecem informação relevante para o desenvolvimento de uma Conta Satélite do Turismo para a Região do Alentejo (CST da RA). Neste sentido, começou-se por caraterizar as fontes de informação existentes que disponibilizam informação que poderá ser utilizada, de forma direta ou indireta, para desenvolver uma metodologia que permita a quantificação da relevância económica do turismo para a RA. Seguidamente, foram categorizadas as fontes de informação de acordo com o âmbito espacial da informação que fornecem e o tipo de informação que disponibilizam para a quantificação dos impactes económicos do turismo para a RA.

Metodologia proposta para quantificar os impactes económicos do turismo para a Região do Alentejo

Eusébio, Celeste; Serra, Jaime; Borges, Maria do Rosário; Marujo, Noémi; Milheiro, Eva
Fonte: RvjEditores Publicador: RvjEditores
Tipo: Parte de Livro
POR
Relevância na Pesquisa
85.99%
Na quinta e última parte deste estudo, foi proposta uma metodologia para quantificar os benefícios económicos do turismo para a RA. Esta parte foi dividida em três pontos. O primeiro descreve um conjunto de métodos passíveis de serem utilizados para desenvolver uma CST para a RA. Também apresenta alguns resultados referentes ao ano mais recente para o qual existe informação em termos de CST de Portugal (2007), que foram obtidos recorrendo, exclusivamente, a métodos indiretos. O segundo ponto inclui a metodologia proposta para quantificar os multiplicadores turísticos. Por fim, no último ponto, descreveuse a metodologia a utilizar para quantificar os impactes económicos totais (diretos, indiretos e induzidos) do turismo na Região do Alentejo.

Exames andrológicos em bovinos de carne na região do Alentejo, Portugal#

Romão, R.; Cargaleiro, K.; Martelo, R.; Paralta, D.; Carolino, N.; Bettencourt, E.
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Aula
POR
Relevância na Pesquisa
76.09%
É referida a importância do exame andrológico em bovinos explorados em regime extensivo e como este serviço médico-veterinário tem vindo a ser oferecido em Portugal. Descrevem-se os resultados encontrados por uma equipa médico-veterinária em contexto prático na região do Alentejo e discute-se como podem ser avaliados estes resultados com critérios o mais objectivo possiveis para selecção dos melhores touros.

Marketing no turismo rural: caso: região do Baixo Alentejo

Damiano, Luís Miguel Caixeirinho
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
76.27%
O presente trabalho analisa o turismo em espaço rural na região do Baixo Alentejo, focalizando o estudo da oferta de alojamento, assim como os meios de distribuição e de comunicação das unidades de alojamento e nas parcerias existentes. A primeira parte do estudo consiste numa abordagem teórica, apoiada por uma revisão bibliográfica, sobre turismo em áreas rurais e o seu potencial enquanto fator de desenvolvimento. No estudo aborda-se também a especificidade do marketing de produtos turísticos, dando especial ênfase aos meios de distribuição e de comunicação, salientando a importância das novas tecnologias e das parcerias existentes. Este trabalho apoia-se também num estudo empírico, baseado num questionário, dirigido aos agentes da oferta, responsáveis pelos empreendimentos de turismo de habitação e de turismo no espaço rural da região do Baixo Alentejo, que visa caracterizar a oferta existente, assim como o contexto de utilização dos meios de distribuição e de comunicação por parte destas unidades de alojamento. Para este efeito foram estudadas dezasseis unidades de alojamento. Os resultados mostraram que estas unidades recorrem essencialmente ao marketing direto e possuem um baixo nível de associativismo; Abstract: Marketing in Rural Tourism. Case Study: The Region of Baixo Alentejo The current study analyses the rural tourism in the Baixo Alentejo area and it is focused on the accommodation offer available as well as the means of distribution...

Influência do maneio na prevalência de parasitoses gastrointestinais em pequenos ruminantes: estudo comparativo entre a região do Alentejo e a região de Andaluzia

Guerreiro, Carla Marisa Correia
Fonte: Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária Publicador: Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em 01/06/2009 POR
Relevância na Pesquisa
76.29%
Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária; No âmbito do estágio curricular realizado na Clínica Veterinária Vet + em Montemor-o- Novo (Portugal) e na Faculdade de Medicina Veterinária de Córdova (Espanha), acompanhei actividades na área da sanidade e clínica de grandes animais, assim como técnicas de diagnóstico parasitológico a nível laboratorial. As parasitoses gastrointestinais de Pequenos Ruminantes merecem um lugar de destaque ao longo de toda esta dissertação, sendo o principal objectivo estabelecer uma relação entre o maneio existente nas explorações e a prevalência de parasitoses gastrointestinais. Para tal foram estudadas 18 explorações, 9 na região do Alentejo e outras 9 na região de Andaluzia, Espanha, nas quais foram colhidas amostras de fezes e preenchido um inquérito relativo ao maneio existente. Os resultados obtidos estão de acordo com a bibliografia consultada no que respeita às parasitoses existentes na Península Ibérica. Na região do Alentejo os Estrongilídeos Gastrointestinais são o grupo de parasitas com maior prevalência (73%), o que se deve à predominância de explorações em regime semi-extensivo e à não aplicação de técnicas de maneio que permitem diminuir de forma significativa estes valores (controlo integrado de parasitoses gastrointestinais). De realçar que nesta região a desparasitação é realizada uma vez por ano e sem qualquer carácter estratégico. Na região de Andaluzia as coccidioses causadas por Eimeria spp. são as que apresentam maior prevalência (76%)...

Estudo epidemiológico e geoespacial de Thelazia spp. em bovinos da região do Alentejo, Portugal

Brás, Ana Luísa Lopes
Fonte: Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária Publicador: Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 26/11/2012 POR
Relevância na Pesquisa
76.27%
Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária; A thelaziose é uma parasitose ocular causada por nemátodes do género Thelazia, afectando humanos, animais domésticos e silvestres. A transmissão ocorre pela acção de vectores e hospedeiros intermediários da família Muscidae. Nos bovinos as principais espécies de Thelazia conhecidas são: T. rhodesi, T. skrjabini e T. gulosa, produzindo sinais clínicos de gravidade variável que podem ser confundidos com outros agentes etiológicos, como a Moraxella bovis. No presente trabalho comprovou-se a presença de Thelazia spp. em bovinos da região do Alentejo. A monitorização de Thelazia foi realizada entre Novembro de 2011 e Maio de 2012 no Matadouro Regional de Alto Alentejo SA, Sousel. De entre os 571bovinos examinados 5,1% (n=29) apresentavam nemátodes oculares, maioritariamente da espécie T. rhodesi. A prevalência de infecção apresenta características de sazonalidade (p<0,001), com o valor máximo em Novembro (18,5%) e decrescendo até Abril e Maio (0,7% e 0,8%, respectivamente). A idade dos animais influencia a ocorrência da parasitose (p<0,05), sendo que animais adultos (≥12 meses) são mais susceptíveis à infecção. O sexo, a raça e a ocorrência de lesões oculares não foram associados à thelaziose (p>0...

Inventariação e distribuição dos ropalóceros (Lepidoptera: Papilionoidea & Hesperioidea) nos montados de sobro e azinho da Região do Alentejo

Sardinha, Maria Otília Ferreira Miralto
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
76%
Introdução - As borboletas diurnas ou Ropalóceros são, provavelmente, um dos grupos de insectos melhor conhecidos. Foi a sua conspicuidade, traduzida numa enorme diversidade de cores e formas, a principal razão do interesse pelas borboletas de muitos entomólogos e coleccionadores. A sua observação é muito acessível e relativamente simples, não só pelo seu talo (médio ou grande), mas também pela actividade diurna e cores "chamativas", podendo ser efectuada sem recorrer à morte dos indivíduos. Além disso, a sistemática do grupo e as espécies, pelo menos as europeias, estão relativamente bem estudadas, a sua identificação não é demasiado complexa e existem amplos conhecimentos de aspectos importantes da biologia, ecologia e distribuição geográfica de muitas espécies (Olano et a1, 1990). Tal como outros insectos fitófagos, as borboletas estão intimamente relacionadas com as plantas. São fitófagos durante a sua fase larvar, com uma particularidade - a sua oligofagia. Isto é, cada espécie alimenta-se de uma pequena variedade de plantas ou, de uma única espécie vegetal. Este vínculo do insecto à sua, ou suas, plantas hospedeiras faz com que a área de distribuição destas condicione a distribuição do insecto...

Rota dos Arquivos do Alentejo: divulgar e qualificar arquivos

Janeiro, Jorge; Arquivo Distrital de Évora
Fonte: Actas do Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas Publicador: Actas do Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; article Formato: application/pdf
Publicado em 16/07/2015 POR
Relevância na Pesquisa
76.1%
Esta apresentação tem como objetivo explicitar as motivações e o percurso subjacentes à criação da Rota dos Arquivos do Alentejo.O Arquivo Distrital de Évora, com a colaboração de entidades públicas e privadas detentoras de arquivos históricos com relevância para a história local e regional, pretende estabelecer a Rota dos Arquivos do Alentejo com dois grandes objectivos: a) divulgar o património arquivístico regional; b) contribuir para a qualificação dos arquivos da região.A ideia foi lançada pelo Arquivo Distrital de Évora, tendo-se associado ao projecto várias entidades da região. Para poderem aderir à Rota dos Arquivos as entidades devem oferecer: a) sala de leitura; b) instrumentos de descrição documental; c) visitas guiadas.Cada entidade mantém total autonomia, continuando a definir a forma de acesso aos documentos e o funcionamento dos seus serviços.A Rota divulga as iniciativas dos arquivos e o património arquivístico na sua página Web e no facebook (no qual cada entidade poderá colocar informações) e articula iniciativas conjuntas dos vários arquivos aderentes.

Geoquímica, mineralogia e luminescência de um mundo pré-histórico em negativo: do neolítico à idade do bronze região do Alentejo

Santos, Ana Luísa Sebastião Rodrigues dos
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
76.16%
Os trabalhos de investigação arqueológica realizados nos últimos anos no Sul de Portugal têm revelado a existência de estruturas arqueológicas negativas com arquiteturas e funcionalidades inéditas, que levantaram questões quanto à sua dinâmica de preenchimento e cronologia. Estas estruturas (fossos, fossas e hipogeus) estão associadas a sociedades Pré-Históricas, do Neolítico à Idade do Bronze, e foram escavadas em formações carbonatadas e materiais de alteração de granitos, e de dioritos e gabros associados. Neste trabalho estudaram-se diferentes fracções granulométricas de materiais de preenchimento das estruturas negativas e contexto geológico com uma nova abordagem: (i) composição química (ativação neutrónica e fluorescência de raios-X), (ii) composição mineralógica (difração de raios-X), (iii) estudos de luminescência estimulada oticamente e termicamente, e (iv) datação por luminescência dos materiais de preenchimento. As diferenças encontradas na granulometria, composição química e mineralógica, nomeadamente da fração argilosa das diferentes formações estudadas, permitiram definir condições paleoambientais para os materiais de preenchimento das estruturas negativas, bem como diferenciar as formações carbonatadas: (i) calcretos freáticos...

Comissões de Coordenação Regional. O passado na óptica do desenvolvimento: o caso específico da Comissão Regional do Alentejo

Brito, Mónica Belchior Morais de
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66.33%
Introdução - ( ... ) "Não é este o local para fazer a avaliação do que foi, ao longo de quase um quarto de século, a contribuição dada pelo trabalho das Comissões de Coordenação Regional para o desenvolvimento do País. A seu tempo ela será feita e convirá que seja por alguém mais afastado do que eu da vida de uma delas ou da tutela do seu conjunto." (Oliveira, 1996: 57). Oliveira (1996) salienta a necessidade de uma avaliação futura das CCR's com vista à determinação do seu papel e da sua posição na estrutura administrativa portuguesa. A nossa própria percepção da realidade leva-nos a interrogar sobre a funcionalidade destas estruturas e sobre a adequação do seu desempenho às reais necessidades dos agentes de desenvolvimento e da região em que actuam, numa perspectiva de desenvolvimento. O entendimento desta previsão como um desafio, aliado às nossas interrogações, conduziu-nos à escolha do tema sobre o qual se concentra este estudo. A complexidade do objecto de estudo e da sua teia de relações com o meio envolvente e com o processo de desenvolvimento permite uma multiplicidade de abordagens, o que dificulta uma análise global e impõe a restrição do campo de estudo. A ausência de tradição avaliativa no nosso país...

Decisão em contexto de incerteza: o comportamento dos agricultores na região de sequeiro do Alentejo face à reforma intercalar da política agrícola comum

Coelho, Luís Alberto Godinho
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
66.27%
A incerteza do rendimento dos agricultores tem sido uma das grandes preocupações das sucessivas reformas da Política Agrícola Comum. Estas políticas têm procurado estabilizar os resultados dos agricultores através de subsídios. Estes subsídios tornaram-se um dos principais critérios de decisão dos agricultores. Com a reforma intercalar da Política Agrícola Comum de 2003, que permite dissociar total ou parcialmente os subsídios da produção, os agricultores passarão a tomar decisões de produção com base nas condições edafo-climáticas e nos sinais revelados pelos mercados agrícolas. Esta situação pode conduzir a uma diminuição da produção agrícola por parte dos agricultores da região de sequeiro do Alentejo em Portugal. Este trabalho caracteriza e modela o comportamento dos agricultores na região de sequeiro do Alentejo sob a Agenda 2000; prevê o seu comportamento quando confrontados com a reforma intercalar da Política Agrícola Comum; e, avalia o seu comportamento face à introdução de um seguro multirisco de área no contexto da nova Política Agrícola Comum. A análise do comportamento dos agricultores face à reforma intercalar da Política Agrícola Comum é baseada na Teoria das Expectativas Cumulativa...

Dinâmicas espaciais na região Alentejo: o envelhecimento e o despovoamento

Piteira, Paula Alexandra de Ferreira Monteiro Rosado
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66.36%
Introdução - As preocupações com a evolução demográfica estão hoje na agenda de trabalhos dos responsáveis de qualquer país de mundo. Já não são só os velhos países europeus que têm de se preocupar com a evolução das suas populações, enfrentando o seu crescente envelhecimento e procurando soluções para as suas consequências económicas e sociais. A clivagem clássica que opôe, por um lado, os países desenvolvidos, ricos e envelhecidos, e por outro, os países em desenvolvimento, pobres e jovens, torna-se cada vez menos pertinente. De facto, as diferenças entre os níveis de fecundidade e de mortalidade entre eles deram origem a uma dualidade de estruturas etárias perfeitamente distintas: nos países em desenvolvimento encontramos estruturas em que 40% ou mesmo 50% da população tem menos de 15 anos (países africanos) e níveis de fecundidade elevados, ao passo que nos países desenvolvidos os jovens não ultrapassam 20% e os níveis de fecundidade são francamente baixos. Pelo contrário, nos primeiros, os idosos (+ 65 anos) não ultrapassam os 4% e nos segundos representam cerca de 12% a 15% da população'. Contudo, os últimos estudos realizados a nível mundial, vêm demonstrar que os países se encontram numa nova fase de transição demográfica...

Território, desenvolvimento rural e políticas públicas: estudo de avaliação económica intercalar da execução da medida agro-ambiental protecção integrada aplicada ao sector vitivinícola na Região do Alentejo

Bazílio, Fábio José Nunes
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
76.1%
A presente Dissertação, realizada no âmbito do Mestrado em Economia da Universidade de Évora visa, na ótica do território e desenvolvimento rural, avaliar economicamente a execução da Medida Agroambiental Proteção Integrada aplicada ao Sector Vitivinícola na Região do Alentejo. Este Estudo encontra-se dividido em oito pontos principais. No primeiro ponto é abordada a relevância e objetivos deste estudo. O segundo ponto realiza um enquadramento teórico na ótica da avaliação de Políticas Públicas e da sua aplicabilidade e adaptabilidade à investigação pretendida. No terceiro ponto, procura-se contextualizar o estudo e no quarto expõe-se toda a “arquitetura” da Medida Agroambiental Proteção Integrada nos seus vários domínios. O quinto ponto contempla dados e indicadores territoriais, sendo o sexto ponto dedicado a georreferenciar e avaliar os resultados de execução, sendo portanto, também um suporte para a avaliação global, que terá lugar no sétimo ponto. Finalmente no oitavo ponto serão agrupadas as conclusões e sugestões. /ABSTRACT - The present dissertation, accomplished within the compass of the Master's degree in Economy of the University of Évora seeks, in what concerns the territory and rural development...

Protecção do ambiente e consumo de produtos tradicionais de origem animal da Região do Alentejo

Canada, Ana Rita Figueira Boavida
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
86.28%
Com o presente trabalho pretendemos compilar as condicionantes Iegais da produção e transformação dos produtos tradicionais do Alentejo, de origem animal, caracterizados por terem origem em animais explorados em regime extensivo (vacas, ovelhas e porcos), alimentados ao ar livre na pastagem de restolho ou no montado, assim como o mel proveniente de flores da flora regional e os queijos com reconhecida tradição no Alentejo. Na revisão bibliográfica que efetuámos, analisámos os condicionalismos Iegais da produção, transformação e consumo destes produtos alimentares e pretendemos investigar de que forma o consumidor pode ou não prejudicar o ambiente com os seus hábitos de consumo. Pretendemos tentar contribuir, para o enriquecimento do estudo da relação do bem-estar ambiental com a qualidade alimentar. Saber consumir com qualidade, permitindo às gerações futuras um ambiente sadio e ecologicamente equilibrado, com a certeza de que também elas poderão ser consumidores conscientes. É o que se pretende com a política dos 4 R's: reduzir; recolher, reciclar e reutilizar, de que apenas fará sentido falar, quando nos detivermos perante a conciliação de consumidores conscientes nas suas escolhas, com a proteção do ambiente. O consumo inconsequente...