Página 1 dos resultados de 738 itens digitais encontrados em 0.017 segundos

Reflexos da reforma da educação profissional técnica de nivel médio: análise documental em uma escola do CEETEPS

Galvanin, Beatriz
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 190 f. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
56.54%
Pós-graduação em Educação - FFC; Esta pesquisa investiga os reflexos das reformas da educação profissional técnica de nível médio: análise documental em uma escola do CEETEPS. O objetivo geral é desenvolver estudo sistematizado da reforma educacional, na perspectiva econômica e política, envolvendo os contextos macro (influência global/ supranacional), meso (nacional/legislação educacional) e micro (Unidade de Ensino/Escola Técnica Prof. Pedro Leme Brisolla Sobrinho) da implantação dessas reformas a partir da LDB 9.394/96 abrangendo os Decretos 2.208/97 e 5.154/2004. Essa análise é importante para desvelar os encaminhamentos desenvolvidos no subsistema Paula Souza, na condição de articulador do modelo nacional e sua concretização na realidade das escolas. O procedimento metodológico selecionado é pesquisa bibliográfica e análise documental – tendo por referência oito Matrizes Curriculares do Curso de Informática por se tratar de um dos cursos mais antigos da unidade de ensino. Os principais aspectos identificados na análise dos documentos foram: a redução da carga horária e tempo de duração do curso, extinção do estágio, adaptação das matrizes às mudanças do mercado, inconsistência nas determinações e reprodução das determinações da legislação educacional; o que nos leva a visualizar os reflexos da reforma educacional na unidade investigada que evidenciam aligeiramento e precarização da formação.; This research investigates the reflexes of reforms of technical professional educational of medium level: documental analysis in a school of CEETEPS. The general objective is to develop a systematized study of educational reform...

Teoria crítica, neoliberalismo e educação: análise reflexiva da realidade educacional brasileira a partir da reforma educacional de 1990

Silva, Odair Vieira da
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 108 f. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
56.47%
Pós-graduação em Educação - FFC; The text presented here is the result of a research project with thematic focus centered on reflective analysis of Brazilian educational politics, since the educational reform of the 1990s. The overall objective of the research was to analyze the neoliberal reforms imposed by corporations and supranational financial agencies, as the International Monetary Fund (IMF) and the World Bank (WB) and its consequences for education. The initial reflection revolved around the reorganization and capital globalization, since the 1960s. To reflect on the historical materiality of these facts and the demands of late capitalism, we use the theoretical references of Critical Theory. Our theoretical approach has been done by the contributions of Max Horkheimer, Theodor Adorno and Herbert Marcuse, based on two frankfurtians concepts : cultural industry and semiformation. Although today, the ideology of educational reform has proclaimed slogans as universal, quality, equity and efficiency of educational services, what we perceive indeed is the worsening of the educational problems. In this sense, we can conclude that during the last two decades, neoliberal proposals have intensified and crystallized in school spaces. These proposals have built business positions and economistic education...

A reforma educacional chilena na América Latina (1990-2000) : circulação e regulação de políticas através do conhecimento; The reform of education of Chile in Latin America (1990-2000) : circulation and regulation of policies through knowledge

Jorge Luis Inzunza Higueras
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 23/04/2014 PT
Relevância na Pesquisa
56.33%
A presente pesquisa procura identificar e analisar os processos de circulação e regulação de políticas na América Latina, durante a década de 1990, associados às reformas educacionais do Chile. Examinamos os mecanismos e dinâmicas de propagação desses conhecimentos através de diversas instâncias: organismos não governamentais, governos, organismos internacionais e redes. Analisamos os antecedentes históricos, sociais e políticos que ajudam a compreender a permanente inovação chilena, ao longo do século XX, no desenvolvimento de políticas educacionais. Nessa perspectiva, apresentamos a condição de "laboratório de políticas educacionais" do Chile como um elemento relevante para explicar seu lugar de referência na região. Identificamos duas ondas de reformas político-educacionais no Chile após o golpe de Estado de 1973, uma de ordem neoliberal, ocorrida no período da ditadura militar (1973-1990), e outra de tipo reformista conservador a partir da restauração democrática nos anos 1990. Os conhecimentos produzidos nessas ondas de políticas se amalgamaram em sua disseminação regional, não sendo fácil estabelecer uma diferenciação entre eles. Destacamos a participação central de redes de políticas...

A reforma educacional espanhola: entrevista com Mariano Enguita e Gimeno Sacristán

Zibas,Dagmar M. L.
Fonte: Fundação Carlos Chagas Publicador: Fundação Carlos Chagas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/11/1999 PT
Relevância na Pesquisa
66.42%
Os renomados especialistas espanhóis Jose Gimeno Sacristán e Mariano F. Enguita respondem a questões sobre a reforma educacional em seu país. Foram focalizados temas que, a juízo da entrevistadora, podem trazer subsídios para a discussão das políticas aqui implementadas.

O Conselho Nacional de Secretários de Educação na reforma educacional do Governo FHC

Aguiar,Márcia Ângela da S.
Fonte: Centro de Estudos Educação e Sociedade - Cedes Publicador: Centro de Estudos Educação e Sociedade - Cedes
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2002 PT
Relevância na Pesquisa
56.37%
Aborda-se, neste texto, a atuação do Conselho Nacional dos Secretários de Educação (CONSED), entidade que reúne os titulares das secretarias de educação dos estados brasileiros, destacando a sua influência na formulação e execução das políticas governamentais voltadas para a educação básica, no contexto da reforma educacional em curso no país. Focalizam-se as relações que foram estabelecidas entre as instâncias da União e dos estados, na área educacional, privilegiando o Executivo federal, representado pelo Ministério da Educação (MEC), e a representação dos secretários estaduais de Educação ¾ o Conselho Nacional dos Secretários de Educação (CONSED), ao longo do período de 1995 a 1998. Explora-se a idéia, com base numa pesquisa documental, de que, durante o primeiro governo de FHC, acentuou-se a aproximação do CONSED com o MEC, atenuando-se os conflitos entre essas instâncias e ampliando-se a influência do Executivo federal na condução das políticas educacionais.

Mudanças estruturais no capitalismo e a política educacional do Governo FHC: o caso do ensino médio

Silva Júnior,João dos Reis
Fonte: Centro de Estudos Educação e Sociedade - Cedes Publicador: Centro de Estudos Educação e Sociedade - Cedes
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2002 PT
Relevância na Pesquisa
56.42%
A proposta deste artigo é compreender o significado político da reforma educacional brasileira para seu nível médio e as conseqüências para a formação do ser social, procurando mostrar a ciência instrumental e os supostos neopragmáticos presentes nos documentos oficiais que orientaram essa reforma, bem como as razões de ordem econômica que deram suporte para essas mudanças na esfera da educação.

Formação docente nos Estados Unidos: aliança conservadora e seus conflitos na atual reforma educacional norte-americana

Diniz-Pereira,Júlio Emílio
Fonte: Centro de Estudos Educação e Sociedade - Cedes Publicador: Centro de Estudos Educação e Sociedade - Cedes
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2008 PT
Relevância na Pesquisa
56.47%
O objetivo deste artigo é discutir o atual processo de reforma educacional nos Estados Unidos e da implantação de mudanças na formação docente desse país, à luz das análises dos professores Michael Apple e Kenneth Zeichner. A principal tese defendida neste texto é de que alianças conservadoras, percebidas por Apple e que vêm sendo estabelecidas na reforma da educação como um todo nos EUA, são mais complexas de serem reproduzidas na implementação de mudanças na formação docente desse país, conforme análise apresentada por Zeichner. Não é propósito deste texto fazer uma análise do tipo " educação comparada" com a reforma educacional e da formação de professores no Brasil. Todavia, o leitor poderá perceber uma série de semelhanças - e também diferenças - entre o que vem acontecendo no vizinho do norte e a realidade do nosso país.

Reforma educacional, intensificação e autointensificação do trabalho docente

Garcia,Maria Manuela Alves; Anadon,Simone Barreto
Fonte: Centro de Estudos Educação e Sociedade - Cedes Publicador: Centro de Estudos Educação e Sociedade - Cedes
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2009 PT
Relevância na Pesquisa
66.36%
O estudo problematiza um conjunto de oito depoimentos de natureza biográfica de professoras de séries iniciais da rede de ensino municipal do Capão do Leão, Rio Grande do Sul, Brasil, estabelecendo um diálogo com as categorias de governamentalidade, intensificação do trabalho docente, cuidado e gênero, a fim de contribuir para o entendimento das mudanças que vêm atingindo o trabalho docente nas séries iniciais, no bojo das políticas de reforma educacional das décadas finais do século XX, no Brasil. A precarização das condições de trabalho dos professores da educação básica, os baixos salários do magistério, as novas demandas de trabalho na gestão da escola, dos currículos e do ensino, as políticas oficiais de profissionalização, o estímulo a uma moral de autorresponsabilização e culpa por parte do discurso oficial, que toma como objeto de governo a subjetividade das professoras e as emoções no ensino, têm como efeitos a intensificação e a autointensificação do trabalho docente.

Professor: protagonista e obstáculo da reforma

Evangelista,Olinda; Shiroma,Eneida Oto
Fonte: Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2007 PT
Relevância na Pesquisa
56.48%
O artigo discute a formação docente no contexto da reforma do Estado no Brasil, articulada às recomendações dos organismos internacionais para a Educação no início do século XXI. Para tanto, utiliza-se do conceito de Agenda Globalmente Estruturada para a Educação (AGEE), proposto por Roger Dale. Esse conceito permite pensar sobre tais reformas, apreendendo-as na dinâmica estabelecida entre países centrais e países periféricos no interior da divisão internacional do trabalho. A análise incide sobre três grandes projetos para a Educação na América Latina e Caribe: o Proyecto Regional de Educación para América Latina y el Caribe - PREALC -, patrocinado pela UNESCO; o Plan de Cooperación, resultante das Cumbre Iberoamericana de Educación, patrocinadas pela OEI; e os Proyectos hemisféricos en educación, patrocinados pela OEA. Privilegia-se, neste artigo, o modo pelo qual essas organizações procuram construir o professor como protagonista e, ao mesmo tempo, como obstáculo à reforma educacional, desqualificando-o teórica e politicamente. Procura-se evidenciar que, no corpus documental dos organismos indicados, dois conceitos são fundamentais para a compreensão da reforma da formação: profissionalização e gerencialismo. A centralidade atribuída a ambos tem em vista ampliar o controle sobre a categoria do magistério e sua potencial capacidade de opor-se às reformas e ao Estado. Corrobora-se a tese de que a reforma educacional tem pouco a ver com questões propriamente educativas e muito mais com a busca de uma nova governabilidade da Educação pública.

Reforma educacional, intensifica????o e autointensifica????o do trabalho docente

Garcia, Maria Manuela Alves; Anadon, Simone Barreto
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande Publicador: Universidade Federal do Rio Grande
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
66.36%
O estudo problematiza um conjunto de oito depoimentos de natureza biogr??fica de professoras de s??ries iniciais da rede de ensino municipal do Cap??o do Le??o, Rio Grande do Sul, Brasil, estabelecendo um di??logo com as categorias de governamentalidade, intensifica????o do trabalho docente, cuidado e g??nero, a fim de contribuir para o entendimento das mudan??as que v??m atingindo o trabalho docente nas s??ries iniciais, no bojo das pol??ticas de reforma educacional das d??cadas finais do s??culo XX, no Brasil. A precariza????o das condi????es de trabalho dos professores da educa????o b??sica, os baixos sal??rios do magist??rio, as novas demandas de trabalho na gest??o da escola, dos curr??culos e do ensino, as pol??ticas oficiais de profissionaliza????o, o est??mulo a uma moral de autorresponsabiliza????o e culpa por parte do discurso oficial, que toma como objeto de governo a subjetividade das professoras e as emo????es no ensino, t??m como efeitos a intensifica????o e a autointensifica????o do trabalho docente.; This study problematizes eight biographical accounts of public elementary school teachers in Cap??o do Le??o, a small town in Rio Grande do Sul, Brazil. It strives to contribute to understand better the transformations in teachers??? work embedded in the late 20th century educational reform policies by establishing a dialogue among the following analytical categories: governmentality...

A reforma do ensino de língua inglesa no Brasil no contexto da reestruturação produtiva

Duarte, Magali Saddi
Fonte: Universidade Federal de Goiás Publicador: Universidade Federal de Goiás
Tipo: Artigo publicado em periódico científico
PT_BR
Relevância na Pesquisa
56.45%
v. 32, n. 1, p. 173-199, jan./jun. 2007; Este artigo é parte da dissertação O ensino de inglês para o nível médio na reforma educacional brasileira: a noção de competência comunicativa no livrotexto e tenta apreender a relação da reforma educacional brasileira do ensino de inglês no nível médio, com base nos referenciais econômicos e políticos que se desenvolveram na década de 1990, sob a ótica das competências. Apresenta os princípios básicos da reforma no que refere ao ensino de inglês para o nível médio apoiando-se em documentos produzidos pelo governo federal e conclui que, de fato, existe uma relação entre as produções teóricas sobre aquisição de língua estrangeira, políticas econômicas e educacionais. _______________________________________________________________________________________________________________________ ABSTRACT _______________________________________________________________________________________________________________________ This paper is part of the thesis “The teaching of English at the high school level in the Brazilian educational reform: the notion of communicative competence in the text-book.” and it attempts to understand the relation of the Brazilian educational reform regarding the teaching of English supported by the economical and political references that were developed in the 1990 decade...

Ações modernizadoras em Minas Gerais: a reforma educacional Francisco Campos (1926–30)

Oliveira, Pâmela Faria
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
56.42%
Esta dissertação objetiva caracterizar a educação de Minas Gerais na década de 1920, período em que houve muitas transformações nos setores político, econômico, social e educacional do país. Para tanto, a pesquisa enfocou a Reforma Educacional Francisco Campos a fim de identificar sua relação com a proposta de desenvolvimento do estado e situar seus fundamentos no processo de modernização de Minas Gerais. Esse propósito pressupôs entender o processo de modernização do país a fim de compreender mais amplamente a sociedade mineira de então, sobretudo entre 1926 e 1930, período de atuação de Francisco Campos como secretário dos Negócios do Interior de Minas Gerais. Os procedimentos metodológicos incluíram pesquisa bibliográfica para contextualização histórica e leitura crítica de discursos oficiais do governo Antônio Carlos Ribeiro de Andrada — que Campos compôs — a fim de contrastar o discurso oficial com o projeto político do governo. Tal contraste poderia evidenciar as relações entre os ideais da modernização, do liberalismo e da escola nova e as propostas educacionais apresentadas pela reforma para a educação em Minas Gerais. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT; This master’s degree dissertation aimed at characterizing education in the state of Minas Gerais in the 1920s...

Reforma educacional neoliberal: uma análise política da concessão de bônus-mérto do governo José Serra (2007-2010) aos professores da rede estadual paulista

Loureiro, Bráulio Roberto de Castro
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 130 f.
POR
Relevância na Pesquisa
56.54%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Ciências Sociais - FFC; O presente trabalho tem como objetivo analisar a política de concessão de bônus do governo José Serra (2007-2010) aos professores da rede pública estadual de ensino e suas implicações no trabalho docente e na educação paulista. Para isto, a partir de fontes documentais e análise de legislação, examinamos o Decreto 52.719/08 do governo José Serra, que regulamentou e definiu critérios para a concessão de bônus aos integrantes do quadro do magistério paulista. Também produzimos revisão bibliográfica a respeito da reforma educacional neoliberal paulista, da influência do Banco Mundial na educação dos países periféricos e das definições sobre o neoliberalismo. Procuramos, com isso, analisar o bônus-mérito pago aos professores a partir de uma totalidade política, estabelecendo relações entre o Decreto 52.719/08 e as múltiplas dimensões nas quais este se insere. A partir da década de 1990, a educação paulista passou por um processo de racionalização com objetivos de redução de gastos e gestão eficiente do sistema educacional; uma reforma de caráter neoliberal que estaria se intensificando no atual governo José Serra. Entendemos que o Decreto 52.719/08...

Liberalismo e reforma educacional : os parametros curriculares nacionais

Rita de Cassia Ribeiro Barbosa
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 14/12/2000 PT
Relevância na Pesquisa
56.36%
Neste trabalho analisamos a rearticu1ação da ideologia liberal para a manutenção do modo de produção capital destacando a centralidade da questão educacional nesse ideário. A educação foi apresentada ao longo da história do pensamento liberal como condição para o progresso individual e como fator essencial para a promoção do bem-estar geral. Em particular, os liberais atribuíram à educação escolar a tarefa de construir uma sociedade 'Justa", ou seja, o papel de realizar a integração social.Verificamos que as diretrizes da atual reforma educacional, nos âmbitos internacional e nacional estão impregnadas de objetivos ideológicos a pretexto de promover a "inclusão social". Desta forma, analisamos a ampliação da concepção de conteúdo escolar proposta pelos Parâmetros Curriculares do Brasil e sua função de legitimar a "nova ordem" econômica.; This work analyses the alteration of the liberal ideology in order to maintain the capitalist way of production. It emphsyses the centricity of the educational point concerning this thought. Education has been presented along the history of the liberal thought as an essential tool for the individual progress and as a necessary item to promote the general well-being. The liberalist assigned to school education the task of building a "fair society"...

La reforma educacional en el relato de jóvenes estudiantes urbano poopulares de establecimientos municipalizados de la comuna de Valparaíso

Opazo Medina, Claudio
Fonte: Universidad de Chile Publicador: Universidad de Chile
Tipo: Tesis
ES
Relevância na Pesquisa
56.39%
Magíster en Ciencias Sociales con mención en Sociología de la Modernización; La Educación entendida como la acción emprendida por los Estados para la formación de capital humano y como herramienta que permite a las personas mejorar las condiciones de vida, ha sido y es para las sociedades contemporáneas, una necesidad fundamental para enfrentar los cambios que se producen con la modernidad y sus procesos de modernización. Históricamente se ha manejado la hipótesis de que la educación es una fuente que produce una “mayor equidad y mayor movilidad social”. De esta manera en la actualidad se espera que la educación sea la encargada de mejorar las condiciones de integración, reduciendo la brecha social que se produce entre las personas y los grupos. Cuando se pone la mirada sobre la díada jóvenes-educación durante la década de los ´90, según los antecedentes recabados, se puede establecer que en Chile el aumento de cobertura de la enseñanza secundaria, que es de un 90% -según los datos entregados por MIDEPLAN en la encuesta CASEN 2000- beneficia directamente a los sectores urbano populares que logran acceder a la educación que antes estaba reservada para algunos, pero donde se aprecia que el sistema escolar chileno se caracteriza por una alta segmentación por nivel socioeconómico. Es decir...

Professor: protagonista e obstáculo da reforma; Teacher: protagonist and obstacle to the reform

Evangelista, Olinda; Shiroma, Eneida Oto
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Educação Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Educação
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2007 POR
Relevância na Pesquisa
56.48%
O artigo discute a formação docente no contexto da reforma do Estado no Brasil, articulada às recomendações dos organismos internacionais para a Educação no início do século XXI. Para tanto, utiliza-se do conceito de Agenda Globalmente Estruturada para a Educação (AGEE), proposto por Roger Dale. Esse conceito permite pensar sobre tais reformas, apreendendo-as na dinâmica estabelecida entre países centrais e países periféricos no interior da divisão internacional do trabalho. A análise incide sobre três grandes projetos para a Educação na América Latina e Caribe: o Proyecto Regional de Educación para América Latina y el Caribe - PREALC -, patrocinado pela UNESCO; o Plan de Cooperación, resultante das Cumbre Iberoamericana de Educación, patrocinadas pela OEI; e os Proyectos hemisféricos en educación, patrocinados pela OEA. Privilegia-se, neste artigo, o modo pelo qual essas organizações procuram construir o professor como protagonista e, ao mesmo tempo, como obstáculo à reforma educacional, desqualificando-o teórica e politicamente. Procura-se evidenciar que, no corpus documental dos organismos indicados, dois conceitos são fundamentais para a compreensão da reforma da formação: profissionalização e gerencialismo. A centralidade atribuída a ambos tem em vista ampliar o controle sobre a categoria do magistério e sua potencial capacidade de opor-se às reformas e ao Estado. Corrobora-se a tese de que a reforma educacional tem pouco a ver com questões propriamente educativas e muito mais com a busca de uma nova governabilidade da Educação pública.; The article discusses teacher education within the context of the reform in the Brazilian State...

La reforma educacional chilena: impacto en las aptitudes de estudiantes de educación pública

Olivera Rivera,Eduardo
Fonte: Consejo Mexicano de Investigación Educativa A.C. Publicador: Consejo Mexicano de Investigación Educativa A.C.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2012 ES
Relevância na Pesquisa
66.54%
Este artículo examina el impacto de la reforma educacional chilena en el desarrollo de las aptitudes matemática, verbal y espacial en estudiantes de enseñanza media científico-humanista de liceos de gestión municipal y, con ello, cómo mejorar la acción pública en contextos con índice de alta vulnerabilidad educacional. La discusión se sustenta en los resultados de una investigación longitudinal, de diseño no experimental, que incluyó a 2 mil 854 estudiantes de la provincia de Curicó, Región del Maule, Chile. Los resultados muestran que no existen diferencias significativas (p valor f 0.05) en las competencias de los estudiantes que egresaron bajo el diseño curricular sin reforma respecto de aquellos que lo hicieron bajo la nueva política. Sólo se observan diferencias en la habilidad aritmética. En síntesis, revela información sobre el impacto y calidad de la reforma educacional chilena en la calidad de los aprendizajes construidos por los jóvenes, que permita beneficiar a los usuarios de la educación pública.

Reforma educacional e produção de modos de ser e pensar: A experiência do Rio Grande do Sul nos anos 30 a 50 do século 20

Quadros,Claudemir de; Stephanou,Maria
Fonte: Centro de Estudos e Intervenção em Educação e Formação (CeiEF); Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias Publicador: Centro de Estudos e Intervenção em Educação e Formação (CeiEF); Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2011 PT
Relevância na Pesquisa
66.42%
A partir da segunda metade da década de 1930, instalou-se, no Estado do Rio Grande do Sul, Brasil, uma intensa reforma educacional conduzida pelo Estado. Essa reforma abrangeu a proposição e execução de políticas públicas educacionais, normatização e intervenção sobre a organização do ensino e a orientação das atividades didático-pedagógicas das escolas do sistema público de ensino. Nesse contexto, foram produzidos e postos em circulação discursos que buscavam constituir uma disciplina moral, cultural, social e higiênica da população. A aprendizagem dos conteúdos curriculares devia dar-se concomitantemente à aquisição de valores morais, cuja repetição quotidiana informaria a natureza de todos e de cada um. Destacam-se, também, os pressupostos da religião católica e o exemplo de vida dos heróis, que eram apresentados como fundamento do trabalho da direção das escolas e dos professores. Para isso, promoveramse comemorações por ocasião da Semana da Pátria, da Semana da Criança, da Semana da Economia, foram prescritas leituras, instalaram-se cooperativas e bibliotecas escolares e promoveram-se campanhas vinculadas à educação sanitária. Nesse sentido, discursos construídos acerca da educação não são...

A reforma educacional de Minas Gerais: a promoção da autonomia escolar

Mattos, Maria José Viana Marinho de
Fonte: ETD - Educação Temática Digital Publicador: ETD - Educação Temática Digital
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; bibliográfica Formato: application/pdf
Publicado em 08/01/2009 POR
Relevância na Pesquisa
66.6%
Este estudo é parte da pesquisa realizada sobre a avaliação do processo de implementação da política de autonomia escolar - proposta da reforma educativa implantada nas escolas estaduais de Minas Gerais - período de 1991 a 1998. Entre outros objetivos, tal estudo analisou a implementação de medidas no sentido de se efetivar a política de autonomia escolar articulada a outras prioridades, assim identificadas: fortalecimento da direção da escola, aperfeiçoamento e capacitação dos funcionários, avaliação do sistema educacional e integração com os municípios. Por último, analisa os projetos e subprojetos do Programa Qualidade na Educação Básica de Minas Gerias, eixo principal desta política. Palavras-chave Política educacional; Reforma educacional; Implementação; Desconcentração; Municipalização; Autonomia escolar Abstract This study is part of the research accomplished about the evoluation of the process of implementation of the politics school autonomy - proposal of the educational reform implanted in the state schools of Minas Gerais - period from 1991 to 1998. Among other objectives, such a study analyzed the implementation of measures in the sense to carry out the politics of articulate school autonomy to other priorities...

Comunitarismo, sociedade civil e a reforma da educação na era FHC (1995-2002)Communitarianism, civil society and the education reforms in Brazil during the Fernando Henrique Cardoso government (1995-2002)

Silva, Sidney Reinaldo da; Pansardi, Marcos Vinicius
Fonte: ETD - Educação Temática Digital Publicador: ETD - Educação Temática Digital
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; bibliográfica Formato: application/pdf
Publicado em 14/11/2008 POR
Relevância na Pesquisa
56.42%
Este artigo discute a relação entre as reformas da educação e a concepção de sociedde civil na era FHC, a partir de uma crítica ao comunitarismo. Apontamos que a concepção de formação humana pressuposta nas reformas do período em questão, voltada para a aprendizagem do trade off econômico e moral (ajudar os pobres como forma de compensar os benefícios recebidos pela sociedade, como o emprego, bolsas de estudos) coaduna-se com o neoliberalismo e com o reforço da histórica cisão “moral” da sociedade brasileira. Palavras-chave Comunitarismo; Valores liberais; Reforma educacional; Governo brasileiro Abstract This paper argues the relationship between education reforms and the civil society conception in Brazil during the Fernando Henrique Cardoso government (1995-2002). We analizes the communitarian people moral formation conception of such reforms showing how it harmonises with the neoliberal values like the exigence of the apprenticeship of the economic and moral trade-off: the market rationality. But such a trend does not help the brazilian people eliminate his historical moral cision grounded on deep economic inequalities conected with an “imoral” social subornination even for liberal values. Keywords Communitarianism; Liberal values; Education reform; Brazilian government