Página 1 dos resultados de 1027 itens digitais encontrados em 0.005 segundos

O processo de reestruturação produtiva em cidades médias do oeste paulista: Araçatuba, Birigui, Marília, Presidente Prudente e São José do Rio Preto; The process of restructuralization in middle cities in the western São Paulo: Araçatuba, Birigui, Presidente Prudente, Marília, São José do Rio Preto

Gomes, Maria Terezinha Serafim
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 07/08/2007 PT
Relevância na Pesquisa
66.84%
Esta tese aborda os indícios da reestruturação produtiva em cidades médias do Oeste Paulista (Araçatuba, Birigui, Presidente Prudente, Marília e São José do Rio Preto). Buscamos analisar as transformações ocorridas na gestão e organização do processo produtivo, bem como no trabalho, segundo o porte das empresas industriais localizadas nessas cidades médias e suas repercussões nas condições de trabalho. A indústria dessas cidades médias tem sua gênese no capital local de origem familiar mantendo uma relação estreita, com a dinâmica agropecuária até conhecer profundas transformações, com a reestruturação produtiva, particularmente após os anos 1990 com a abertura econômica. Essas transformações vão provocar alteração na estrutura produtiva industrial regional com o surgimento de novos ramos industriais de maior uso de tecnologia, como o de química de produtos farmacêuticos. As transformações industriais na gestão e organização do processo produtivo e do trabalho apresentam graus de intensidades diferentes, resultante da própria reestruturação industrial recente. Dessa forma, quanto maior o porte da empresa, maior é a intensidade de transformação. Tais mudanças implicam em alterações nas condições de trabalho...

Crise e reestruturação produtiva na grande empresa têxtil do médio vale do Itajaí; Crisis and productive restructuring in the great textile company on the middle valley of Itajaí

Raulino, Ivo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 22/09/2008 PT
Relevância na Pesquisa
66.93%
Após o período de abertura comercial ocorrido a partir de 1990, tem-se observado um amplo movimento de reestruturação produtiva no país, com implicações econômicas, sociais e espaciais. No Médio Vale do Itajaí, estas modificações também vêm sendo observadas. Desta forma, a pesquisa procurou detectar as causas, avaliar as conseqüências, principalmente do ponto de vista de uma nova organização produtiva do espaço. Como agente principal desse processo, considerou-se a grande empresa têxtil. Para tanto, procedeu-se a um amplo levantamento de informações junto as principais empresas têxteis e do vestuário da região em consideração, que posteriormente foram agregadas com o intuito de permitir estabelecer algumas conclusões, a respeito do que efetivamente vinha ocorrendo. Além disso, análises considerando-se as grandes empresas também foram realizadas. Dentre as principais informações que se levantou estão a produção individual das empresas, que foram agregas, dados referente aos níveis de empregos, exportações, importações, etc. Além das informações de natureza quantitativa, procurou-se também levantar informações de natureza qualitativa, que devidamente consideradas, permitiram estabelecer as causas determinantes do processo de reestruturação produtiva observado na região. Como ponto de partida do processo de mudanças no cotidiano das grandes empresas...

Sistemas de transportes terrestres de passageiros em tempos de reestruturação produtiva na região metropolitana de São Paulo; Terrestrial passengers transport system in productive restructuration times in São Paulo metropolitan area

Ulian, Flávia
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/10/2008 PT
Relevância na Pesquisa
66.88%
Esta Tese foi formulada buscando responder a uma problemática central: a reestruturação produtiva induz a uma redefinição do sistema de transportes terrestres, tanto no que se refere à infra-estrutura quanto aos deslocamentos realizados por passageiros. O objetivo geral desta pesquisa é o estudo da configuração da rede de transporte e dos ritmos dos fluxos urbanos na Região Metropolitana de São Paulo (RMSP), observando que a reengenharia da produção a partir da década de 1990 alterou os fluxos e provocou novas demandas por transportes, configurando novos arranjos espaciais na metrópole. Sob a linha metodológica de análise da realidade pautada sobre os fenômenos empíricos, de dados estatísticos e conhecimento teórico dos fatos que ocorrem na RMSP, no que tange às suas atividades econômicas, utilizamo-nos das quatro categorias do método geográfico de análise do espaço: forma, função, estrutura e processo. A pesquisa nos proporcionou, através do estudo das infra-estruturas de transporte ferroviário, metroviário e rodoviário, o conhecimento da forma. A análise dos fluxos realizados nos proporcionou o entendimento da função. As políticas que determinam a infra-estrutura viária e influem na qualidade dos fluxos de passageiros compuseram a dimensão da categoria de análise estrutura...

Reestruturação produtiva e modos de gestão de pessoas em uma empresa do setor eletro-eletrônico de Santa Catarina

Mafra, Rafael Alexandre
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.91%
Em razão da globalização dos mercados e da economia, as empresas procederam a uma reestruturação produtiva do trabalho que visou a atender aos novos parâmetros de competitividade e produtividade. Esse trabalho se trata de um estudo de caso realizado numa empresa de grande porte do setor eletro-eletrônico do estado de Santa Catarina. Os sujeitos da pesquisa foram cinco gestores e treze trabalhadores em geral, totalizando dezoito sujeitos. Os dados foram coletados através de entrevistas individuais semi-estruturadas, fontes documentais e fontes iconográficas. A análise dos dados se deu à luz do referencial teórico e buscou compreender como a reestruturação produtiva do trabalho repercutiu nos modos de gestão de pessoas, desde a perspectiva dos gestores e dos trabalhadores em geral. Os resultados indicam que, com a reestruturação produtiva do trabalho, acontecida na empresa A, tanto no que se refere às mudanças relativas a gestão de pessoas, quanto ao que se refere às mudanças relativas às inovações tecnológicas, surgiram percepções distintas ao corpo de gestores e ao corpo de trabalhadores em geral; os gestores e os trabalhadores em geral interagiram frente à reestruturação produtiva do trabalho, ora de forma divergente...

Resistência à mudança em tempos de reestruturação produtiva do trabalho em uma empresa do setor plástico

Fedrizzi, Fabricia
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.95%
A presente dissertação discute a resistência à mudança em tempos de reestruturação produtiva do trabalho, desde a perspectiva de trabalhadores que ocupam postos ditos de gestão e de execução. Trata-se de um estudo de caso realizado em uma empresa de médio porte considerada de terceira geração do setor plástico, situada em Caxias do Sul/Rio Grande do Sul. Os sujeitos da pesquisa foram dez trabalhadores da linha de produção e dois gestores. A coleta de dados deu-se através de entrevistas semiestruturadas, fontes documentais e iconográficas, e observação assistemática do cotidiano do trabalho dos trabalhadores. A análise dos dados priorizou o entendimento qualitativo da realidade apresentada à luz do referencial teórico pertinente e discutiu três eixos centrais, assim apresentados: as facetas da reestruturação produtiva do trabalho na empresa A; os modos de resistência à mudança provenientes da reestruturação produtiva do trabalho desde a perspectiva dos gestores e os modos de resistência à mudança provenientes da reestruturação produtiva do trabalho desde a perspectiva dos trabalhadores que ocupam postos ditos de execução. Os resultados da pesquisa evidenciaram que a resistência à mudança é um comportamento que se faz notar tanto nos trabalhadores que ocupam postos ditos de execução quanto nos gestores que são incubidos de implementar as mudanças. A resistência aparece como um enigma central no cotidiano do trabalho da empresa A...

Subjetividade em tempos de reestruturação produtiva do trabalho bancário e programa de apoio à demissão voluntária

Bessi, Vânia Gisele
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.76%
A presente dissertação discute o Programa de Apoio à Demissão Voluntária – PADV – como uma ferramenta central da gestão de pessoas, em tempos de reestruturação produtiva do trabalho bancário. Trata-se de um estudo de caso que contou com um total de cento e doze sujeitos, assim distribuídos: cento e quatro sujeitos dos estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina, que aderiram à terceira edição do referido programa, cinco gestores desses sujeitos e três funcionários da área de recursos humanos da empresa. A coleta de dados deu-se através de questionário, entrevistas individuais semi-estruturadas e fontes documentais. Analisaram-se os dados quantitativos com uso do software Sphinx e os dados qualitativos por meio da análise de conteúdo à luz do referencial teórico de autores como Pelbart em relação a aspectos da subjetividade; Chanlat e Enriquez em relação à gestão; e Dejours em relação ao sofrimento e prazer no trabalho. Os resultados da pesquisa indicam que, por ocasião do PADV, ocorre uma intensa atuação da empresa no sentido de desfazer a expectativa cultural e socialmente construída de um emprego que proporciona aos sujeitos boas condições financeiras e vínculo empregatício estável através dos tempos. A construção da adesão ao PADV...

Reestruturação produtiva e social em uma empresa globalizada : o caso da Conaplole no Uruguai

Robertt Niz, Pedro Alcides
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.9%
A presente tese busca contribuir para o debate sobre os processos de reestruturação produtiva ocorridos na indústria de transformação a partir das duas últimas décadas do século XX. Tomou-se por referência empírica um estudo de caso da Conaprole, empresa uruguaia de laticínios que vem passando por um forte processo de modernização desde o final da década de 90. As principais transformações da Conaprole em sua área industrial, referem-se ao forte processo de enxugamento da força de trabalho, à reestruturação de plantas com realocação dos trabalhadores, à modificação na organização do processo de trabalho e à busca de um novo regime de mobilização da força de trabalho. Nessa empresa, o processo de reestruturação produtiva vem sendo conduzido através da institucionalização do diálogo entre a direção da Conaprole e a direção do sindicato, uma novidade em relação às transformações implementadas no período ora enfocado, em empresas localizadas nos países da América Latina, especialmente, no Brasil. A tese está organizada em quatro partes: uma primeira que aborda questões teóricas, tais como a definição da empresa como um espaço de lutas, as orientações gerenciais de cunho estratégico ou dialogal...

Resistência à mudança em tempos de reestruturação produtiva do trabalho em uma empresa do setor plástico

Grisci, Carmem Ligia Iochins; Fedrizzi, Fabricia
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.84%
O artigo discute a resistência à mudança em tempos de reestruturação produtiva do trabalho, desde a perspectiva dos gestores e dos trabalhadores em geral. Trata-se de um estudo de caso realizado em uma empresa de terceira geração do setor plástico. A coleta de dados deu-se através de entrevistas semiestruturadas, fontes documentais e iconográficas, e observação assistemática do cotidiano do trabalho. A análise dos dados priorizou a análise de conteúdo à luz do referencial teórico pertinente e discutiu dois eixos centrais: as facetas da reestruturação produtiva do trabalho na empresa; os modos de resistência à mudança provenientes da reestruturação produtiva do trabalho desde a percepção dos gestores e dos trabalhadores em geral. Os resultados indicam que a resistência à mudança, embora manifestada de forma diferenciada, se faz notar tanto nos trabalhadores em geral quanto nos gestores que são incumbidos de implementar as mudanças. A resistência aparece como um enigma no cotidiano do traba lho, atingindo os modos de ser e de viver dos gestores e dos trabalhadores em geral. Mostra-se de forma sutil, diferentemente da forma visível e de oposição comumente encontrada na literatura clássica.

Reestruturação produtiva e modos de gestão de pessoas em uma empresa do setor eletro-eletrônico de Santa Catarina

Mafra, Rafael Alexandre; Grisci, Carmem Ligia Iochins
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.76%
O artigo resulta de um estudo de caso realizado em uma empresa de grande porte do setor eletro-eletrônico do estado de Santa Catarina, que buscou compreender como a reestruturação produtiva repercutiu nos modos de gestão de pessoas. Os sujeitos foram 05 gestores e 13 trabalhadores em geral. Os dados foram coletados através de entrevistas individuais semiestruturadas e fontes documentais, e sofreram análise de conteúdo à luz do referencial teórico pertinente. Como resultados, tem-se que com a reestruturação produtiva do trabalho, tanto as mudanças relativas à gestão de pessoas, quanto às relativas às inovações tecnológicas, produziram percepções distintas entre os gestores e os trabalhadores em geral. Os gestores adotaram em seu trabalho novos mecanismos de relações sociais baseados no consenso, na responsabilidade e na reciprocidade. Através deles obtiveram bons resultados em relação às ações desencadeadas junto aos trabalhadores em geral. A competitividade e a criatividade se mostraram presentes nos dois grupos que diferiram em relação aos seus interesses pessoais. Os trabalhadores em geral buscavam estabilidade de emprego, maiores oportunidades e salários, já os gestores buscavam aumentar a produtividade...

Nomadismo involuntário na reestruturação produtiva do trabalho bancário

Grisci, Carmem Ligia Iochins; Cigerza, Gilles Chemale; Hofmeister, Pedro Mendes; Becker, Joao Luiz
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.83%
Este artigo trata das conseqüências humanas advindas dos modos de trabalhar e de gerir implementados pela reestruturação produtiva do trabalho. Mapeia e analisa a mobilidade – transferências de lugar e/ou de cargo – de sujeitos da reestruturação numa instituição bancária pública; e apresenta as conseqüências da reestruturação a partir da visão dos bancários. O estudo de caso foi utilizado como estratégia de pesquisa, cujos dados foram coletados via documentos da empresa, entrevistas informativas e entrevistas semiestruturadas em 1998 e 2003. Os dados sofreram análise estatística e de conteúdo. Os resultados indicam que a reestruturação produtiva acarretou mobilidade de modo diferenciado, e os efeitos mais perversos recaíram sobre sujeitos mais velhos e com mais tempo de serviço, já que estes descenderam na hierarquia da empresa. Como conseqüências humanas, têm-se nomadismo involuntário, instabilidade na estabilidade do emprego, relacionamentos de curto prazo, ruptura dos laços de confiança e sofrimento psíquico.; This paper deals with the human consequences caused by modes of working and managing in the restructuring of banking work. It analyzes the mobility – transferences of place and/or position – of employees submitted to restructuring in a public banking institution and presents the consequences of restructuring from the viewpoint of the bank workers. It is a case study...

A indústria de calçados de Birigui: origem, reestruturação produtiva e formação de uma economia de aglomeração

Cicero, Elaine Cristina
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: xiii, 170 f. : il., mapas, gráfs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
66.76%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Pós-graduação em Geografia - FCT; As transformações nos processos de trabalho, no consumo, nas configurações geográficas e no papel do Estado no final do século XX, abrem para uma nova fase do modo de produção industrial, na medida em que altera os pressupostos fordistas de produção. Para lidar com estas transformações, as empresas industriais passaram por processos de reestruturação produtiva, que envolveu as formas de organização da produção, as relações de trabalho, as estratégias espaciais, o papel do Estado etc. Esta pesquisa analisa as particularidades do processo de reestruturação produtiva na indústria de calçados do município de Birigüi-SP e constata que o mesmo esta permeado por mudanças inspiradas no modelo toyotista e por permanências do modelo de produção anterior. Da mesma forma, buscamos entender como surge a indústria calçadista em Birigui bem como suas articulações com o processo de desconcentração industrial no Estado de São Paulo. A história do desenvolvimento industrial na cidade mostrou que se trata de um caso típico de industrialização endógena...

Reestruturação produtiva e qualificação profissional: um estudo de caso sobre a cadeia do fumo

Faria, Andréia Farina de
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 126 f. : il., gráfs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
66.85%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Pós-graduação em Ciências Sociais - FCLAR; A dissertação busca retratar a dinâmica da cadeia produtiva do fumo. O objetivo geral envolve dois aspectos: discutir a reestruturação produtiva do setor que se estende do campo à produção fabril, e problematizar a qualificação profissional dos trabalhadores envolvidos na cadeia do fumo, visto que se trata de uma cadeia coordenada por multinacionais que detém as inovações tecnológicas utilizadas ao longo da cadeia produtiva do fumo/cigarro. O objetivo específico é discutir tais aspectos a partir de um estudo de caso, envolvendo a empresa Souza Cruz S/A, visto que esta está presente nos dois ramos da produção, ou seja, na produção agrícola integrada e na fabricação de cigarros. O controle da cadeia se dá então de forma específica, coordenada por uma política integrada, denominada Supply Chain, na qual a ausência de qualificação profissional no campo torna-se um instrumento de controle no campo, ao passo que na indústria o discurso da qualificação profissional aumenta a intensificação do trabalho na fábrica. Ademais também caracterizamos uma nova forma de relação interfirmas existente entre empresas fumageiras...

A Industrialização e o m ercado de trabalho brasileiro perante reestruturação produtiva.

Palacios, Felipe da Silva Saldias
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 71 f.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.76%
TCC (graduação)- Universidade Federal de Santa Catarina,Centro Sócio-Econômico, Curso de Ciências Econômicas.; Este trabalho é a sistematização pedagógica e científica resultante da realização do curso de Graduação em Ciências Econômicas. Tem por objetivo principal analisar as relações ocorridas no mercado de trabalho, entre trabalhadores e empresas, bem como contextualizar essas relações no atual processo de Reestruturação Produtiva. A pesquisa procura analisar as relações trabalhistas entre trabalhadores e empresas no Brasil, apontando o contexto histórico e as características pertinentes para compreensão da estrutura atual do mercado de trabalho. A metodologia baseia-se em uma pesquisa exploratória e qualitativa, de caráter documental. Ao concluir o trabalho observou-se a importância das instituições representativas após a inserção brasileira no contexto de reestruturação produtiva na década de noventa.

Terceirização: uma análise critica de suas causas e dos seus efeitos para o mundo do trabalho no contexto da reestruturação produtiva dos anos 90

Matos, Fabiano Moreira de
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 61 f.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.91%
TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro Sócio-Econômico. Economia.; Neste trabalho analisa-se o fenômeno da terceirização, dentro do contexto de um processo de reestruturação produtiva, com inicio na crise do modelo de produção fordista até a implantação do modelo de produção toyotista, o que levou a um novo padrão de acumulação, chamado de acumulação flexível. Esta reestruturação causou profundas alterações na realidade produtiva e na forma de estruturação do proletariado. A classe trabalhadora passou por um processo de complexificação (desproletarização, subproletarização, heterogeneização e fragmentação). A partir da década de 1990, a terceirização é umas das principais características do processo de reestruturação produtiva. Assiste-se em todos os setores de atividade econômica a adoção de tal prática. 0 dinamismo da reestruturação produtiva, tem como conseqüência as transformações organizacionais, acompanhado pelas inovações tecnológicas, especialmente em tecnologias de informação e comunicação, desempenhando um papel no conjunto de modificações que revolucionaram o mundo do trabalho nos últimos vinte anos. Ao mesmo tempo em que estas novas tecnologias permitem maior flexibilidade na produção...

Nomadismo involuntário na reestruturação produtiva do trabalho bancário

Grisci,Carmem Ligia Iochins; Cigerza,Gilles Chemale; Hofmeister,Pedro Mendes; Becker,João Luiz
Fonte: Fundação Getulio Vargas, Escola de Administração de Empresas de S.Paulo Publicador: Fundação Getulio Vargas, Escola de Administração de Empresas de S.Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2006 PT
Relevância na Pesquisa
66.83%
Este artigo trata das conseqüências humanas advindas dos modos de trabalhar e de gerir implementados pela reestruturação produtiva do trabalho. Mapeia e analisa a mobilidade - transferências de lugar e/ou de cargo - de sujeitos da reestruturação numa instituição bancária pública; e apresenta as conseqüências da reestruturação a partir da visão dos bancários. O estudo de caso foi utilizado como estratégia de pesquisa, cujos dados foram coletados via documentos da empresa, entrevistas informativas e entrevistas semiestruturadas em 1998 e 2003. Os dados sofreram análise estatística e de conteúdo. Os resultados indicam que a reestruturação produtiva acarretou mobilidade de modo diferenciado, e os efeitos mais perversos recaíram sobre sujeitos mais velhos e com mais tempo de serviço, já que estes descenderam na hierarquia da empresa. Como conseqüências humanas, têm-se nomadismo involuntário, instabilidade na estabilidade do emprego, relacionamentos de curto prazo, ruptura dos laços de confiança e sofrimento psíquico.

Reestruturação produtiva, trabalho e estratégias de desenvolvimento local à luz da teoria do novo regionalismo

Souza,Simone de; Carvalho Neto,Antonio
Fonte: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas Publicador: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2009 PT
Relevância na Pesquisa
66.8%
Este artigo busca contribuir com a discussão sobre a influência do processo de reestruturação produtiva do setor siderúrgico brasileiro na década de 1990 sobre o desenvolvimento local. A agenda das ciências sociais tem discutido os impactos dessa transformação na estrutura produtiva das empresas e no nível de emprego das cidades. Diante desse panorama, o poder local está assumindo uma série de políticas de atração de empresas e atividades econômicas para seus territórios. O enfoque teórico escolhido foi a teoria do novo regionalismo, abordagem de desenvolvimento mais rara na literatura. Este estudo de caso foi realizado na cidade pólo da região do Vale do Aço, leste de Minas Gerais, com o intuito de analisar os impactos da reestruturação produtiva de uma grande corporação industrial siderúrgica no mercado de trabalho local e o papel dos stakeholders da cidade em articular coalizões para promover o desenvolvimento. Os resultados analisados reproduzem o que foi encontrado na literatura afim, no que diz respeito à perda de significância do setor industrial em contraposição ao ocorrido nos setores de serviços e de comércio no mercado de trabalho daquela região, bem como o papel dos stakeholders da cidade na articulação de coalizões para promover o desenvolvimento local. Também se constatou que a rede de cooperação entre os stakeholders é limitada para estimular o crescimento do município.

A motivação e o significado do trabalho de bancários: estudo comparativo entre dois momentos do processo de reestruturação produtiva

Varella, Janine Maranhão de Campiello
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Psicologia; Psicologia, Sociedade e Qualidade de Vida Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Psicologia; Psicologia, Sociedade e Qualidade de Vida
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.84%
This master s dissertation deals with motivation and the meaning of work amongst bank employees. This is done considering a cognitive perception. Work is understood here under a social and subjective comprehension, once it deals with significance attribution. Motivation is the process that rules choice of the different possibilities of individual behavior, all of which according to the Expectation Theory. This study aims to analyze the implications of the productive restructure, since it is related to technological innovation, organizational changes and management, in motivation and work significance. Thus, the objective of the research is to verify motivational differences and the meaning of work amongst bank employees. This is done in two distinct moments of the productive restructure of bank employees in Natal-RN. The research is divided in two parts. In the first one, changes that occurred in banks between 1999 until 2005 were identified by the means of interviews with 7 bank managers. The analyzed perspective was training intensifying, quality emphasis of customer attendance, the use of automation/technology, staff stabilization, change in staff profile, work intensification, etc. In the second study the Inventory of Motivation and Work Meaning was applied. Thus...

A educação profissional e a reestruturação produtiva no Mundo do Trabalho: os impactos na formação da força de trabalho do SENAC (Sistema Nacional de Aprendizagem Comercial) da cidade de Montes Claros/ MG

Rego, Thaís Cristina Figueiredo
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
66.84%
Esta pesquisa está inserida na Linha de Políticas e Gestão em Educação articulada ao Grupo de Estudo Trabalho, Educação e Formação Humana do Programa de Pós-Graduação em Educação da Faculdade de Educação da Universidade Federal de Uberlândia e teve como objetivo discutir o processo de reestruturação produtiva, com foco na formação profissional, do SENAC (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial) Montes Claros/MG a partir dos documentos que regulamentam a educação profissional no Brasil. A reestruturação produtiva, que deu origem ao regime de acumulação flexível, originou-se com a intenção de fortalecer o capital após a crise do taylorismo/fordismo em meados dos anos 1970. Esse paradigma de acumulação promoveu mudanças significativas no mundo produtivo, tais como, precarização e terceirização do trabalho; e ainda provocou a necessidade de um trabalhador com formação mais ampla, fundamentada no que foi denominado de pedagogia de competências, ou seja, capacidade de responder às inúmeras contingências trazidas pela aceleração tecnológica com autonomia, liderança e criatividade. Enquanto no modelo de qualificação - própria do taylorismo/fordismo - as instituições de ensino tinham como função especializar o trabalhador em uma determinada fase da produção...

Reestruturação produtiva e trabalho docente: um estudo sobre a reestruturação na educação básica e os impactos no trabalho docente na rede estadual de Patos de Minas – MG a partir da década de 1990

Maciel, Rosana Mendes
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
66.83%
O presente trabalho consiste na concretização de uma pesquisa de Mestrado, pertencente ao Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Educação da Universidade Federal de Uberlândia, na linha de pesquisa intitulada “Políticas e Gestão em Educação”. Trata-se do trabalho realizado através de leituras, debates e reflexões desenvolvidas no Grupo de Pesquisa Trabalho, Educação e Sociedade – GPTES e conta com o apoio da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES. O estudo discute a reestruturação produtiva na esfera educacional e seus impactos no trabalho docente da rede pública estadual de Minas Gerais, a partir de 1990 quando se intensificam as reformas educacionais no Brasil, particularmente em Patos de Minas - MG. Mais especificamente visa discutir os processos de proletarização e precarização do trabalho docente no que se refere à intensificação do trabalho, condições de trabalho e controle sobre o processo de trabalho; contextualizar e reestruturação da educação e do trabalho docente no cenário de mundialização do capital, especialmente no âmbito nacional, face às reformas educacionais dos anos 1990. O estudo inclui revisão de literatura, análise de documentos tais como Constituição Federal de 1988...

Reestruturação produtiva em cidades médias: uma análise das empresas industriais do oeste paulista; Reestruturação produtiva em cidades médias: uma análise das empresas industriais do oeste paulista

Gomes, Maria Teresinha Serafim
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Geografia Humana. Universidade de São Paulo. Publicador: Programa de Pós-Graduação em Geografia Humana. Universidade de São Paulo.
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 30/08/2010 POR
Relevância na Pesquisa
66.93%
O presente texto aborda o processo de reestruturação produtiva em empresas industriais, tendo como referência o aglomerado urbano fora do espaço metropolitano. Tem como objetivo revelar as mudanças na organização e gestão do processo produtivo, bem como do trabalho em empresas industriais de cidades médias do Oeste Paulista no contexto da reestruturação produtiva.Analisando o processo de reestruturação produtiva fora do espaço metropolitano observou-se que as empresas industriais do Oeste Paulista estão passando por um processo de reestruturação implementando práticas e métodos mais flexíveis ao mesmo tempo permanecem com as práticas tradicionais. Dessa forma, há uma coexistência do “novo” e do “velho” no interior da mesma empresa.; The present text approaches the process of productive restructuring in industrial companies, having as reference the urban agglomeration outside the metropolitan area. The objective is to reveal the changes in the organization and management of the productive process, as well as the labor in the industries of middle-size cities in the west region of São Paulo State (Brazil), in a context of productive restructuring. In the analyze of this process outside the metropolitan area has been observed that the industries of the west region of São Paulo are experiencing a restructuring process where practical and more flexible methods has been implemented at the same time as remains the traditional practices. Therefore...