Página 1 dos resultados de 2 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Resistência de germoplasma silvestre de amendoim (arachis spp.) a Enneothrips flavens Moulton, 1941 (Thysanoptera: Thripidae) e Stegasta bosquella (Chambers, 1875) (Lepidoptera: Gelechiidae)

Janini, Júlio César
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: xii, 112 f. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
26.59%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Agronomia (Entomologia Agrícola) - FCAV; As pragas e doenças estão entre as principais limitações para a cultura do amendoim e a resistência a esses agentes constitui importante objetivo para o melhoramento genético. Entre as pragas, as que mais limitam a produtividade, principalmente no estado de São Paulo, estão o tripes-do-prateamento, Enneothrips flavens Moulton, 1941 (Thysanoptera: Thripidae) e a lagarta-do-pescoço-vermelho, Stegasta bosquella (Chambers, 1875) (Lepidoptera: Gelechiidae). Moderada variabilidade para resistência tem sido observada no amendoim cultivado, Arachis hypogaea, mas, no germoplasma silvestre de Arachis, trabalhos recentes têm mostrado significativas diferenças entre espécies quanto às infestações e danos causados por ambas as pragas. Este trabalho teve como objetivos avaliar e identificar acessos de germoplasma de Arachis potencialmente resistentes ao tripes e lagarta-do-pescoço-vermelho e estudar os possíveis mecanismos envolvidos nesta resistência. Incluem-se entre esses acessos alguns anfidiplóides, híbridos obtidos de cruzamentos entre espécies. Os experimentos foram conduzidos em campo e em laboratório...

Não preferência para alimentação e antibiose em cultivares de amendoim a Stegasta bosquella (Chambers) (Lepidoptera: Gelechiidae)

Di Bello, Mirella Marconato; Sardinha de Souza, Bruno Henrique; Janini, Julio Cesar; Boica Junior, Arlindo Leal
Fonte: Univ Estadual Londrina Publicador: Univ Estadual Londrina
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 619-630
POR
Relevância na Pesquisa
46.6%
This work aimed to evaluate the attractiveness, non-preference for feeding and antibiosis in straight and runner growth habit peanut cultivars to Stegasta bosquella (Chambers). Eight cultivars were evaluated, four of straight growth habit (IAC Tatu, IAC 22, IAC 8112 and IAC 5) and four of runner growth habit (IAC Runner 886, IAC 147, IAC 125 and IAC 503). Free-choice and no-choice feeding tests were performed, using pairs of overlapped leaf discs with 1.0 cm diameter, which were placed in Petri dishes where third instar larvae of S. bosquella were released. The attractiveness to the larvae was assessed in predetermined times, in addition to the dry mass consumed. In the antibiosis assay, the biological parameters were evaluated: period and viability of larvae, pre-pupae, pupae, and total, weight of larvae and pupae, sex ratio and longevity. None of the runner growth habit cultivars exhibited non-preference for feeding-type resistance. Among the straight growth habit cultivars, IAC 5 and IAC 22 were the least attractive and consumed in the free-choice feeding test, and IAC 5 and IAC 8112 were the least attractive in the no-choice test. The runner growth habit cultivars IAC 147 and IAC Runner 886 affected the larval survival of S. bosquella...