Página 1 dos resultados de 6608 itens digitais encontrados em 0.011 segundos

Finanças locais e recursos naturais em regiões periféricas

Aguiar, Nina
Fonte: APDR - Associação Portuguesa de Desenvolvimento Regional Publicador: APDR - Associação Portuguesa de Desenvolvimento Regional
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
POR
Relevância na Pesquisa
66.43%
O trabalho em curso, do qual aqui se apresenta uma parte inicial, tem como objectivo estudar a utilização de instrumentos fiscais a nível local (impostos locais, taxas e preços públicos) num modelo de gestão dos recursos naturais nas regiões periféricas que abandone a perspectiva conservacionista pura e acolha o conceito de desenvolvimento sustentável. A questão tem fortes condicionantes sociopolíticas, as quais têm determinado a persistência de um modelo de gestão dos recursos naturais baseado numa abordagem conservacionista anquilosada, entravando o desenvolvimento sustentável e criando uma forte dependência das autarquias periféricas em relação às transferências estatais. Considerou-se que todo este trabalho seria improfícuo sem uma base jurídica sólida que permita defender um novo modelo de gestão dos recursos naturais baseado no desenvolvimento sustentável. Com este fim em vista, foi estudada a Carta Europeia da Autonomia Local à luz dos avanços mais actuais nas teorias do federalismo fiscal. Em seguida foi feita uma análise crítica da Lei de Finanças Locais de 2007 e da literatura jurídica com ela relacionada. Pôde constatar-se que a Lei de Finanças Locais de 2007 iniciou em Portugal a transição para um modelo de finanças locais “de segunda geração”. O “federalismo fiscal de segunda geração” caracteriza-se por: i) os entes locais estarem sujeitos a uma efectiva disciplina orçamental; ii) o sistema fiscal subnacional se basear num princípio de responsabilidade fiscal. Este último...

Atividades práticas para o ensino e aprendizagem dos recursos naturais no 8º ano de escolaridade

Jorge, Ana Sofia dos Santos Castanheira
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66.46%
O objetivo principal deste trabalho foi implementar e avaliar atividades práticas no ensino e aprendizagem dos recursos naturais no 8º ano de escolaridade. Os objetivos específicos foram: envolver os alunos nos processos de ensino e aprendizagem; lecionar os conteúdos programáticos de forma transversal e interdisciplinar; promover atitudes de cooperação e solidariedade entre os alunos; e contribuir para o desenvolvimento de competências de cidadania individual e comunitária. O estudo foi realizado com 84 alunos (4 turmas) de uma escola do concelho de Vila Franca de Xira. Foram planeadas, desenvolvidas e implementadas duas atividades práticas, tendo sido construídos materiais didáticos e instrumentos de avaliação. Os objetivos da atividade “Cabaz de Produtos e Recursos” foram: compreender que os produtos que consumimos no dia-a-dia são fabricados/produzidos por inúmeros recursos/matérias-primas; relacionar os produtos manufaturados com os recursos naturais; e desenvolver atitudes e valores associados ao trabalho individual e cooperativo. A atividade prática “À procura dos Recursos Naturais em Vila Franca de Xira” consistiu numa aula de campo, realizada durante a aula semanal da disciplina de Ciências Naturais. Foi efetuado um percurso a pé...

Crescimento econômico, uso dos recursos naturais e degradação ambiental: uma aplicação do modelo EKC no Brasil. ; Economical growth, the utilization of the natural resources and environmental quality: an approach of the EKC model in Brazil.

Kamogawa, Luiz Fernando Ohara
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 23/01/2004 PT
Relevância na Pesquisa
66.39%
O ser humano, já nas primeiras civilizações, tem como objetivo principal na vida prosperar e possuir uma quantidade cada vez maior de riqueza e de bens. A cultura do acúmulo de riqueza e de um consumo cada vez maior de bens e serviços faz parte então dos costumes de qualquer sociedade e economia no mundo. O crescimento econômico é, desta forma, objetivo para qualquer economia ao redor do mundo e logicamente do Brasil. Atualmente conceituado com um aumento da produção, este crescimento econômico gera uma série de impactos negativos (degradação) sobre os recursos naturais e ambientais. No longo prazo, estes impactos negativos podem estar levando a uma deterioração irreversível das reservas destes recursos, prejudicando desta forma o desempenho e a prosperidade das economias. O estudo do nível de degradação dos recursos naturais e ambientais e sua relação com o nível de crescimento econômico de uma nação é, desta forma, de grande importância pelos aspectos apresentados. O objetivo do nosso trabalho é, desta forma, exatamente este, estudar a relação entre o crescimento econômico (conceituado como um aumento do nível de renda) e o nível de degradação dos recursos naturais e ambientais, às luzes do modelo EKC (Environmental Kuznest Curve)...

Metodologia de tratamento integrado de energia elétrica e recursos naturais para empreendimentos dos setores residencial e comercial.; Integrated treatment of electric energy and natural resources in residential and commercial sectors entrepreneurship.

Brunoro, Claudio Marcelo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/06/2007 PT
Relevância na Pesquisa
66.42%
Esse trabalho busca trazer uma contribuição efetiva e prática ao pensamento sustentável: "Pense globalmente, aja localmente", através da proposição de uma metodologia de avaliação assentada em uma visão integrada dos recursos naturais. Neste sentido, a necessidade de considerar a preservação dos recursos naturais, a redução da emissão de gases de efeito estufa, a conservação e a eficiência energética, se impõe como tema que deve ser abordado nos mais variados setores da economia, envolvendo desde uma visão global da matriz de consumo dos bens do planeta até uma abordagem microlocal, como, por exemplo, em empreendimentos relacionados aos setores residencial (residências, condomínios, prédios, áreas urbanas, etc.) e comercial (hotéis, shoppings, hospitais, restaurantes, etc.). A metodologia apresentada permite a análise da utilização dos recursos de forma racional, privilegiando, além da conservação e do uso eficiente, as sinergias nas suas utilizações. Assim, depois de levantadas as necessidades a serem atendidas em um empreendimento residencial ou comercial, bem como os recursos naturais disponíveis, será possível estabelecer, dentro das possibilidades factíveis, a combinação de recursos que represente o melhor aproveitamento na sua utilização como um todo...

Receitas públicas de recursos naturais no direito financeiro brasileiro; Natural resources revenues in Brazilian public finance law

Rubinstein, Flávio
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 30/11/2012 PT
Relevância na Pesquisa
66.46%
A presente tese de doutorado analisa, de forma crítica, como as receitas de recursos naturais devem ser arrecadadas, distribuídas aos entes federativos e aplicadas no Direito Financeiro Brasileiro. Para tanto, parte-se do exame dos contornos econômicos e políticos da exploração de recursos naturais, apresentando breve histórico sobre a cobrança de royalties no estrangeiro, da evolução da legislação brasileira sobre as compensações financeiras, discutindo então a natureza jurídica destas receitas públicas no direito pátrio. Com base nessas premissas, apresentam-se considerações gerais sobre a concentração geográfica de recursos naturais e o dilema da repartição de receitas provenientes da exploração destes recursos nas federações, procedendo-se então ao estudo do modelo de repartição federativa de receitas de compensações financeiras adotado pelo Brasil. Reconhecendo-se a constante evolução deste modelo e apontando-se suas virtudes e seus defeitos, desenvolve-se uma avaliação de proposições normativas de mudanças dos critérios atualmente adotados, especialmente no que diz respeito à equalização fiscal enquanto elemento de promoção de desenvolvimento subnacional e redução das desigualdades inter-regionais e intrarregionais...

Recursos naturais, diversidade de exportações e crescimento econômico: um estudo empírico em painel

Takara, Reginaldo Togashi
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
Relevância na Pesquisa
66.5%
Esta dissertação estuda a relação entre crescimento econômico, recursos naturais e diversificação das exportações. Para tanto, são construídas quatro variáveis que medem a concentração das exportações totais, das exportações de recursos naturais e das de recursos renováveis e não-renováveis para um painel de 93 países cobrindo o período 1965-2005. Em seguida, um modelo de painel dinâmico é estimado pela abordagem GMM em sistema e em dois estágios (Sys-GMM2). Os resultados indicam que há uma relação positiva e significante entre diversidade das exportações de recursos naturais e crescimento econômico, enquanto que a participação de recursos naturais no produto nacional bruto (PNB) não é estatisticamente significante. Esse resultado sugere que países com abundância de recursos naturais podem, a princípio, promover o crescimento diversificando suas exportações com novos produtos primários ou em setores relacionados, mesmo quando os recursos naturais representem parcela significativa do PNB, evitando assim a chamada “maldição dos recursos naturais”. As conclusões se alinham com estudos teóricos e empíricos recentes sobre recursos naturais e diversificação das exportações.

Valoração econômica dos recursos naturais : uma aplicação para o setor industrial de Caxias do Sul

Gullo, Maria Carolina Rosa
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.39%
A relação economia e meio ambiente, retratada pela teoria econômica desde autores como David Ricardo, Thomas Malthus e Marx, tornou-se mais evidente após a década de 60 (século XX) em função dos processos de industrialização nos principais países do mundo. Intelectuais, como os que formaram o Clube de Roma, ressaltavam a tendência à escassez dos recursos naturais pela superexploração. Porém, uma área ainda é bastante polêmica dentro da relação entre economia e meio ambiente: a da valoração econômica. Os métodos usualmente propostos tendem a valorar os recursos naturais através da revelação das preferências. Normalmente, os recursos naturais não possuem um mercado real, fazendo-se necessário recorrer-se a um mercado hipotético para revelar a preferência dos agentes econômicos. Para fazer uma discussão acerca do tema, esta tese está dividida em três ensaios. No primeiro fez-se uma revisão sobre as teorias que evidenciam a relação entre economia e meio ambiente. No segundo aplicou-se o método da valoração contingente usando a Represa Dal Bó, em Caxias do Sul, como objeto no qual se desejou encontrar a disposição a pagar por sua preservação. Para o tratamento das informações aplicou-se uma regressão logística do tipo Logit. Por fim...

China contemporânea : paradoxo entre manutenção do crescimento econômico e conservação dos recursos naturais

Brustolin, Gabriela
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.41%
A presença da China na sociedade contemporânea e sua população de mais de 1,3 bilhões de pessoas levam a refletir sobre as desproporções existentes entre o crescimento acelerado e os recursos naturais do país. O objetivo desta pesquisa foi compreender o papel dos recursos naturais no processo de internacionalização da economia chinesa, caracterizando a dependência econômica da China dos recursos naturais e analisando as estratégias utilizadas pelo país para equacionar os recursos naturais e a inserção no mercado externo. Para entender como ocorreu esse processo, a metodologia utilizada foi de abordagem qualitativa, através de levantamento bibliográfico e documental disponíveis. Através da teoria dos dois níveis de Putnam foi possível analisar a China por aspectos internos e externos. O papel dos recursos naturais no contexto do crescimento da economia chinesa foi analisado a partir da noção de desenvolvimento sustentável. Esta análise subsidiou a compreensão dos dilemas em que se encontra o governo em relação a esse crescimento e de que forma ele está sendo encaminhado. Em suma, o governo ascendente já mostra certa preocupação com questões relacionadas à conservação do meio ambiente.; China‟s presence in contemporary society and its population of over 1...

Bandidos na Serra do Mar? : conflitos, estratégias e usos múltiplos dos recursos naturais na Mata Atlântica, São Paulo; Bandits at Serra do Mar? : conflicts, strategies and multiple uses of natural resources in the Atlantic Forest, São Paulo

Jorge Calvimontes Ugarte
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 05/09/2013 PT
Relevância na Pesquisa
66.38%
O histórico da relação entre os moradores e os gestores do Núcleo Picinguaba do Parque Estadual da Serra do Mar (PESM), localizado no litoral norte do Estado de São Paulo, o mais rico e desenvolvido do país, está caracterizado pelos conflitos relacionados aos direitos de permanência e de uso dos recursos naturais. Criado em 1977, durante a última ditadura militar e seguindo premissas preservacionistas, o PESM permaneceu no papel até inícios dos anos 1980, quando começaram os primeiros contatos com os moradores. Estes moradores, trabalhadores do campo e pescadores, viram, então, deslegitimados seus direitos ao trabalho e à continuação de suas atividades produtivas e culturais. Desde então, passaram a serem considerados clandestinos, ilegais, irregulares ou, segundo suas próprias palavras, "bandidos", devido a que a legislação proíbe a presença permanente de moradores no interior das Unidades de Conservação de Proteção Integral. O objetivo desta pesquisa foi analisar os conflitos, as ações, as estratégias e a organização dos diversos atores sociais (moradores, gestores, membros de ONG, membros do poder público, pesquisadores) vinculados ao Núcleo Picinguaba a respeito do uso dos recursos naturais e acesso a terra...

A soberania permanente sobre os recursos naturais do povo Saaraui: autodeterminação dos povos

Donatti, Lana Priscila
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 115 f.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.38%
TCC(graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro de Ciências Jurídicas. Direito.; Este trabalho de conclusão de curso aborda alguns aspectos relevantes sobre o direito à soberania permanente sobre os recursos naturais do povo saaraui. O estudo da temática inserese num contexto internacional caracterizado por intensas discussões referente ao exercício desta soberania como elemento fundamental do direito dos povos à autodeterminação. Partindo da demonstração de algumas das diversas faces do direito à autodeterminação dos povos, tais como sendo um princípio da Carta das Nações Unidas, como exercício do direito à descolonização e como princípio cuja composição compreende o princípio da soberania permanente sobre os recursos naturais, busca-se destrinchar o conflito no Saara Ocidental e expor os interesses envolvidos na questão. Com esses pressupostos definidos, visa-se estudar a relação entre a exploração dos recursos naturais disponíveis no Saara Ocidental pela potência ocupante, o Reino do Marrocos, com a manutenção do seu status político, como território não autônomo. Com mais essa construção consolidada, observa-se que a ocupação do território pelo Marrocos é ilegítima e...

O uso dos recursos naturais na agricultura familiar em assentamentos rurais do semi-árido alagoano

Maria Quaresma Johner, Juliana; Santiago Fragoso Selva, Vanice (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.39%
Este trabalho tem como propósito básico analisar as formas de organização da produção e as conseqüências ambientais desencadeadas no processo de apropriação dos recursos naturais. Assim, o tema ora proposto: O Uso dos Recursos Naturais na Agricultura Familiar em Assentamentos Rurais do Semi-árido Alagoano originou-se do interesse de analisar a dinâmica ambiental do espaço rural, limitado à região de Xingó, no semi-árido nordestino no sub-médio São Francisco, tendo como foco assentamento de Reforma Agrária. Especificamente, objetivou-se discutir a sustentabilidade de sistemas produtivos em assentamento rural; os principais problemas, causas e efeitos ambientais nos sistemas produtivos; como as práticas/ações interferem na sustentabilidade do sistema produtivo em assentamento e analisar os resultados das intervenções nos sistemas produtivos pelas políticas públicas e pelas práticas aplicadas pelos assentados. Como referencial buscou-se contribuições teóricas de: Altieri (1989); Bergamasco (2003); Cavalcanti (1994); Diegues (1995-2000); Gliessman (2005); Leff (1998-2001); Vieira e Weber (2002); Villasante Y Garrido (2002); Wanderley (1996,1998, 2004). Como plano metodológico recorreu-se ao enfoque participativo e abordagem qualitativa...

Modelo de uso multiplo dos recursos naturais da Floresta Nacional do Jamari

Zachow, Randolf, 1954-
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
66.42%
O presente trabalho consistiu, principalmente, na elaboração de um modelo de uso múltiplo dos recursos naturais da Floresta Nacional do Jamari. Esta Floresta possui 225.794,82 ha, fica situada no Norte do estado de Rondônia no município de Porto Velho, entre os km 100 e 142,2 da rodovia 364. Essa característica, entre outras coloca esta floresta em situação favorável à implantação de um sistema de uso múltiplo. Neste trabalho, revisou-se os objetivos das Floresta Nacionais, os conceitos e as aplicações práticas de uso múltiplo, legislação sobre os recursos naturais, recuperação de áreas degradadas e a exploração florestal: com o objetivo de subsidiar o modelo de uso múltiplo proposto e fornecer ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), bases sólidas para o manuseio dessas Florestas, fez-se um estudo detalhado dos recursos existentes nesta Unidade de Conservação, tomando-se como base os conceitos de aproveitamento racional e sustentado. Como objetivo definidos foram realizados os seguintes estudos: - Revisão do conceito de uso múltiplo procurando adaptá-lo a realidade da Floresta Nacional do Jamari - Formulação de bases de uma Política Ambiental para exploração mineral na área da Floresta Nacional...

Migra??o, sistemas sociais e uso dos recursos naturais: O caso de uma comunidade agr?ria do Nordeste Paraense, Amaz?nia Oriental

MELO J?NIOR, Luiz Cl?udio Moreira
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66.39%
O presente trabalho trata das rela??es entre migra??o, sistemas sociais e uso dos recursos naturais na comunidade de S?o Lu?s do Caripi, munic?pio de Igarap?-A??, estado do Par?. O objetivo ? identificar de que forma a migra??o, entendida como uma vari?vel interveniente, afeta os padr?es de uso e acesso dos recursos naturais e o sistema social comunit?rio em S?o Lu?s do Caripi. Parte-se do pressuposto de que a migra??o ? um fator de extrema relev?ncia tanto no uso dos recursos naturais quanto no papel dos sistemas sociais. Constatou-se que a migra??o pode resultar em novos padr?es de acesso e uso dos recursos naturais, podendo ainda exercer press?o sobre esses recursos, afetando a pegada ecol?gica de uma determinada ?rea, entendida como o impacto humano sobre o meio ambiente. Entende-se tamb?m que a migra??o pode funcionar como um fator articulador ou desarticulador do sistema social.; ABSTRACT: The present work deals with the relationships between migration, social systems and the use of natural resources in the community of S?o Lu?s do Caripi, Municipio of Igarap?-A??, State of Par?. The goal is to identify how the migration, seen as an intervening variable, affects the patterns of use and access to natural resources and social system community of the S?o Lu?s do Caripi. It starts from the assumption that migration is a factor of extreme importance in both the use of natural resources and the role of social systems. It was found that migration can result in new patterns of access and use of natural resources...

Pol?ticas p?blicas e manejo comunit?rio de recursos naturais na Amaz?nia

BENATTI, Jos? Heder; MCGRATH, David Gibbs; OLIVEIRA, Ana Cristina Mendes de
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
66.5%
Este texto pretende descrever os principais resultados da pesquisa realizada no ?mbito dos Projetos de Pesquisa Dirigida do Subprograma de Ci?ncia e Tecnologia - SPC&T, Programa Piloto para a Prote??o das Florestas Tropicais do Brasil - PPG7,1 entre fevereiro de 2000 a junho de 2003. O trabalho contou com o apoio do Instituto de Pesquisa Ambiental da Amaz?nia, como institui??o executora. A pesquisa buscou contribuir para o estabelecimento de diretrizes e pol?ticas p?blicas ambientais, relativas ?s pr?ticas de manejo comunit?rio dos recursos naturais, nas ?reas de v?rzea e terra firme. Atrav?s do estudo de iniciativas de manejo em andamento, promissoras ou n?o, foi poss?vel fornecer subs?dios para o reconhecimento destas experi?ncias no ?mbito das pol?ticas p?blicas. Desta forma, espera-se estar contribuindo para o estabelecimento de uma rela??o menos conflituosa entre as necessidades de desenvolvimento local e a conserva??o ambiental da regi?o. O conceito de manejo comunit?rio de recursos naturais apareceu com maior intensidade a partir da d?cada de 80, quando cientistas naturais e sociais insistiam em demonstrar a rela??o entre degrada??o ambiental e quest?es de justi?a social, empobrecimento rural e direitos ind?genas. Este conceito traz consigo as pr?ticas de gest?o participativa disseminadas na Amaz?nia no final do s?culo passado...

Avaliação econômica dos recursos naturais.; Economic evaluation of natural resources.

Vivas Aguero, Pedro Hubertus
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/05/1996 PT
Relevância na Pesquisa
66.41%
Este estudo tem como objetivo principal examinar se os recursos naturais considerados como bens de consumo ou fatores de produção, tem valor econômico e como este valor pode ser quantificado. Na primeira parte, fez-se uma revisão cronológica da literatura existente sobre o assunto, encontrando-se um grande número de estudos esparsos, relacionados de alguma forma com o tema da tese. Analogamente, procedeu-se a uma revisão conceitual e temática das principais escolas do pensamento econômico, com a finalidade de identificar as concepções dos autores e aproveitar os instrumentos já existentes relacionados à avaliação econômica dos recursos naturais. A seguir, procurou-se definir a melhor forma de analisar e avaliar os recursos naturais em relação ao consumo, produção e distribuição, e sob os aspectos estático e dinâmico. A partir desses cuidados, concluiu-se que os recursos naturais, quando quantificados como bens escassos, devem fazer jus a um valor econômico, para garantir o seu melhor uso e a sua conservação ao longo do tempo. Alicerçados nas considerações anteriores, passou-se a formalizar e a construir métodos para avaliar economicamente os principais recursos naturais, considerando e interpretando os antecedentes já disponíveis e...

Inovação em recursos naturais: acumulação de capacidade em uma empresa de mineração no Brasil (1994-2008)

Silva, André Fonseca da
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.41%
Ao longo dos últimos 40 anos tem havido uma profusão de estudos sobre acumulação de capacidades tecnológicas em empresas de economias emergentes. Porém, são escassos os estudos que examinem, de maneira conjunta e de uma perspectiva dinâmica, o relacionamento entre trajetórias de acumulação de capacidades tecnológicas e os mecanismos subjacentes de aprendizagem. São ainda mais escassos estudos sobre este relacionamento em firmas atuando na indústria de processamento de recursos naturais. O interesse neste último está em oferecer uma visão alternativa de alguns autores quando se referem a estas indústrias como 'maduras', de 'baixa tecnologia' ou meramente produtoras de 'commodities' e 'no fim da linha de inovação'. Logo, neste estudo, defende-se que as inovações tecnológicas estão bem presentes em empresas baseadas em processamento de recursos naturais, principalmente em empresas de mineração. Buscando preencher essas lacunas da literatura, examinam-se, nesta dissertação, essas questões à luz de modelos analíticos disponíveis na literatura internacional -, adaptados para o contexto desta dissertação. O modelo para examinar a acumulação de capacidades tecnológicas identifica as capacidades para as funções tecnológicas de processos e organização da produção. Para a análise das fontes de capacidades tecnológicas...

A segurança dos recursos naturais estratégicos em Moçambique: Desafios para as Forças Armadas de Defesa de Moçambique no Quadro da SADC

Nhamutole, António
Fonte: Academia Militar. Direção de Ensino Publicador: Academia Militar. Direção de Ensino
Tipo: Outros
Publicado em /07/2015 POR
Relevância na Pesquisa
66.45%
O presente Relatório Científico Final do Trabalho de Investigação Aplicada, intitulado “A segurança dos recursos naturais estratégicos em Moçambique: Desafios para as Forças Armadas de Defesa de Moçambique no quadro da SADC”, tem como objetivo principal analisar o processo de exploração dos recursos naturais e energéticos em Moçambique, de forma a identificar os possíveis impactos e desafios para a Segurança Nacional e regional, e analisar ainda a forma como as Forças Armadas de Defesa de Moçambique poderão contribuir para garantir a exploração adequada dos recursos naturais estratégicos num clima de paz e segurança, contribuindo para o desenvolvimento sustentado de Moçambique. Este estudo encontra-se dividido em duas partes fundamentais. Na primeira parte desenvolve-se a sustentação teórica, com base na análise documental sobre a situação de segurança em Moçambique e na SADC, Forças Armadas de Defesa de Moçambique, e o processo de exploração dos recursos naturais e energéticos em Moçambique. A segunda parte versa sobre a apresentação, análise e discussão dos dados recolhidos através das 15 entrevistas realizadas com vista a identificar possíveis implicações do processo de exploração dos recursos naturais e energéticos em Moçambique para a Segurança Nacional e regional e...

Sobre maldições e bênçãos: é possível gerir recursos naturais de forma sustentável? Uma análise sobre os royalties e as compensações financeiras no Brasil; Texto para Discussão (TD) 1412: Sobre maldições e bênçãos: é possível gerir recursos naturais de forma sustentável? Uma análise sobre os royalties e as compensações financeiras no Brasil; About curses and blessings: it is possible to manage natural resources sustainably? An analysis of the royalties and compensation rates in Brazil

Cruz, Bruno de Oliveira; Ribeiro, Márcio Bruno
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Texto para Discussão (TD)
PT-BR
Relevância na Pesquisa
66.39%
O trabalho procura analisar os riscos e as oportunidades inerentes à gestão e à alocação das rendas provenientes da exploração de recursos naturais no Brasil. Inicialmente, discute-se a questão da maldição dos recursos naturais e, com base na experiência internacional, são apresentados alguns exemplos de como lidar com seus possíveis efeitos perversos. Em seguida, são apresentados os principais aspectos da legislação brasileira referente às rendas de exploração dos recursos hídricos e minerais. Faz-se ainda uma análise da atual distribuição espacial das compensações oriundas do setor petrolífero, na qual fica evidenciada a concentração dos recursos nos níveis estadual e municipal. Por fim, são apresentadas as propostas mais recentes de mudança na legislação brasileira quanto à sistemática de distribuição das compensações financeiras.; 40 p. : il.

A geopolítica dos recursos naturais da Rússia: uma análise sob a perspectiva de Vladimir Putin

Chagas, Debora Cristina Nascimento; CENTRO UNIVERSITÁRIO UNINTER
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 07/08/2014 POR
Relevância na Pesquisa
66.39%
Este trabalho pretende revisar a geopolítica russa de seus recursos naturais e como esta influencia na atuação do país no contexto internacional. Os recursos naturais desempenham papel de extrema importância na geopolítica global, desde o fim do Século XIX. Todas as grandes potências, que já detiveram importantes posições no cenário global, buscam independência de outros Estados no que tange o abastecimento energético, mesmo que seja necessário construir meios de dominação dos recursos naturais de países sem condições de explorá-los. A Rússia não fica atrás quando de trata de administrar seus recursos energéticos, especialmente com a chegada de Putin a Presidência. Na verdade, a estratégia geopolítica russa compreende-se na boa administração de seus recursos naturais para que se mantenha como agente preponderante no cenário internacional, a ponto do Estado intervir diretamente nas regras do jogo da indústria do petróleo e do gás.

Os Recursos Naturais Amazônicos: de uma competitividade sustentável para uma sustentabilidade competitiva

Suzenir Aguiar da Silva Sato; Eugênio Ávila Pedrozo; Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS
Fonte: Revista de Administração e Negócios da Amazônia Publicador: Revista de Administração e Negócios da Amazônia
Tipo: Artigo Avaliado por Pares; Formato: application/pdf
Publicado em 24/01/2013 PT
Relevância na Pesquisa
66.39%
O presente ensaio teórico tem como objetivo o de propor um framework que abarque a seguinte questão de pesquisa: como a Base da Pirâmide (BoP) pode fazer uso dos recursos naturais renováveis (PFNMs) de um local e mobilizá-los a partir de pequenas organizações orientadas pelas capacidades locais, para promover um  desenvolvimento sustentável inclusivo, no megabioma amazônico. Foi desenvolvido e norteado pelos temas: Demandas Institucionais Conflitantes; Recursos Naturais; Recursos Naturais Amazônicos – Produtos Florestais Não Madeiráveis – PFNMs; Visão Baseada em Recursos Internos (VBRI); Sustentabilidade e Desenvolvimento Sustentável; e, Base da Pirâmide (BoP). Dessa maneira, é proposto um framework que pode contribuir para o uso de recursos naturais renováveis amazônicos por micro, pequenas e médias organizações locais para elevarem a qualidade de vida local ao melhor explorar as oportunidades existentes na Amazônia. Assim, deve promover a convergência de ações entre empresas e outros atores da sociedade local, ou seja, deve-se buscar promover um desenvolvimento inclusivo.