Página 1 dos resultados de 2699 itens digitais encontrados em 0.009 segundos

Provisão de recursos financeiros para o fechamento de empreendimentos mineiros. ; Provision of financial resources for the closure mine.

Taveira, Ana Lucia Silva
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2003 PT
Relevância na Pesquisa
56.3%
A fase de fechamento de uma mina, se não for bem administrada, causa impactos ambientais que atingem de forma direta a população do entorno. Historicamente, as minas exauridas eram abandonadas sem que se fossem tomadas providências para reduzir riscos e impactos sócio-ambientais. Na atualidade, em diversos países, as empresas de mineração são responsáveis pela reabilitação das áreas mineradas e por tomar providências visando mitigar os impactos negativos do fechamento de minas. No entanto, muitas vezes ainda se vê uma atitude negligente por parte de certos empreendedores, abandonando a área minerada ou implantando somente medidas insatisfatórias para um adequado fechamento da mina, sob alegação de que não possuem meios para financiarem as medidas necessárias numa fase em que não há mais geração de receita, pois não se fez a provisão de recursos durante a operação do empreendimento. Tal situação é inaceitável diante dos novos rumos tomados pela humanidade, que exige, ainda que de forma incipiente, a promoção do desenvolvimento sustentável. Surge daí, a necessidade de se pensar em métodos para concretizar a implementação de um plano de fechamento para cada mina, de forma a satisfazer às expectativas da comunidade e demais interessados. Neste cenário...

A descentralização de recursos financeiros como indutor da gestão democrática. Estudo sobre as escolas municipais de São Carlos, SP; The financing resources decentralization as a democractic management inductor. Study about the public schools in São Carlos

Silva, Teresa Lúcia
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 30/07/2009 PT
Relevância na Pesquisa
66.4%
A gestão democrática, a autonomia e a participação popular nos processos decisórios são elementos que sintetizam as características das relações sociais que fundamentam um tipo de sociedade pautada em relações transparentes e solidárias. Nesse sentido, a escola pública é local privilegiado para o estabelecimento de relações sociais dessa natureza. A instituição de canais de participação e a oferta de condições institucionais, materiais e humanas para as escolas públicas são elementos indispensáveis para que isso se realize. A implementação de políticas públicas comprometidas com as classes trabalhadoras sugere que o Estado, por intermédio de suas instituições, se aproxime dos usuários dos bens e serviços públicos, provendo-lhes os meios necessários que garantam condições dignas para o exercício da cidadania. No caso das escolas públicas municipais de São Carlos, a regularidade na disponibilização de recursos financeiros para os gestores escolares foi uma forma de descentralização adotada pela Administração Municipal de São Carlos, no período 2001-2004 para garantir as condições materiais de funcionamento das escolas, com a participação popular. A análise dos dados demonstrou que essa política pública é um instrumento importante para atender as necessidades materiais e de serviços mais imediatos das escolas públicas. O desenvolvimento do trabalho mostrou que a prioridade dos gastos foi com a manutenção predial e aquisição de materiais pedagógicos...

Gestão democrática e gestão financeira: o Programa de Transferência de Recursos Financeiros - PTRF - da cidade de São Paulo de 2006 a 2010; Democratic management and financial management: the Transfer Program of Financial Resources PTRF of the city of São Paulo from 2006 to 2010

Souza, Nilson Alves de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 17/12/2012 PT
Relevância na Pesquisa
66.53%
Em meados de 2005, o governo municipal de São Paulo sancionou a Lei nº 13.991 que criou o Programa de Transferência de Recursos Financeiros (PTRF), que consistia em transferir recursos financeiros do orçamento público por meio da Secretaria Municipal de Educação (SME) para as Associações de Pais e Mestres (APM). Essa política atendia o princípio, presente na LDB/96, de estabelecer para as escolas progressivo grau de autonomia de gestão financeira como meio para implementação da gestão democrática. O PTRF foi criado com a justificativa de ser um instrumento de ampliação da autonomia, de descentralização da administração e de participação da comunidade escolar nas tomadas de decisão nas escolas. Partindo do questionamento se o programa de fato fomentou a autonomia das escolas e em que medida criou meios para o fortalecimento da gestão democrática, esta pesquisa teve como objetivo geral analisar o PTRF da Prefeitura Municipal de São Paulo, no período de 2006 a 2010, buscando atingir dois objetivos específicos: 1) analisar se e como o PTRF pode ser uma forma de incentivo à democratização da gestão escolar e quais as repercussões do programa no cotidiano escolar e sua relação com as tomadas de decisão e 2) analisar os usos dos recursos para viabilizar o projeto político pedagógico e a relação do planejamento pedagógico com o planejamento dos gastos dos recursos. Como fundamentação teórica a pesquisa apoiouse em autores que debatem conceitos de democracia e gestão democrática...

A descentralização de recursos financeiros e a organização do trabalho pedagógico: o caso de Santo André; The decentralization of financial resources and organization of educational work: the case of Santo André

Silva, Adriana Zanini da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/04/2013 PT
Relevância na Pesquisa
66.55%
Todo o processo educacional vivido no Brasil de forma elitista e seletiva, advindo de políticas descontínuas, concomitante com os baixos resultados de aprendizagem, fomenta discussões sobre a importância da educação e o aumento dos recursos a ela destinados para a melhoria da qualidade do ensino. A redemocratização do país trouxe consigo a defesa da descentralização para o fortalecimento das políticas públicas, para o atendimento das necessidades locais, para a inclusão de diferentes atores nos processos de decisão e acompanhamento das políticas e programas, para a implementação de novas formas de gestão e, prioritariamente, para a autonomia dos entes federados e de suas instituições. Para a escola, trouxe a possibilidade de organizar seu Projeto Político - Pedagógico com vistas às suas demandas e com a participação de toda a comunidade escolar. Nesse contexto, esta pesquisa busca reflexões sobre os avanços e os entraves do financiamento da educação básica no Brasil após a Constituição Federal de 1988, em específico, sobre a descentralização de recursos financeiros às escolas de ensino fundamental. Pretende-se analisar as mudanças propiciadas pela descentralização de recursos financeiros nas relações de poder e...

Os critérios de alocação de recursos financeiros no Sistema Único de Saúde : uma visão a partir das normas operacionais, 1991 a 2002

Costa, Luiz Renato Lima da
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
Relevância na Pesquisa
56.24%
Trata dos critérios utilizados na alocação dos recursos orçamentários do Ministério da Saúde aos governos estaduais e municipais. Apresenta os principais documentos utilizados na regulamentação do relacionamento entre governo federal e demais níveis de governo no âmbito do Sistema Único de Saúde. Identifica os principais critérios de alocação de recursos financeiros no período 1991 a 2002 e as tendências identificadas.

Um estudo sobre a destinação dos recursos nas companhias do setor industrial brasileiro

Dullius, Rodrigo
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
56.32%
Este trabalho analisa a tomada de decisão de companhias de nove setores industriais brasileiros em relação à destinação e aplicação de seus recursos financeiros; verifica também possíveis mudanças nesta tomada de decisão frente à variáveis macroeconômicas. Além disso, constata a relação dos índices de endividamento e rentabilidade destas companhias com a aplicação de seus recursos e com as variáveis macroeconômicas. Para identificar e testar estas tomadas de decisão, são criadas hipóteses, onde correlacionou-se os índices de aplicação dos recursos com alguns indicadores macroeconômicos; também correlacionou-se os índices de rentabilidade e endividamento com as aplicações de recursos e alguns indicadores macroeconômicos. Os resultados para as aplicações de recursos mostram que as companhias estudadas aplicam os mesmos preferencialmente em investimentos no ativo permanente; na correlação das aplicações de recursos com os indicadores macroeconômicos, pode-se destacar uma forte relação nos setores de têxteis e eletroeletrônica. A correlação dos índices de rentabilidade e endividamento com as aplicações de recursos e os indicadores macroeconômicos indicaram poucas ou fracas evidências. Por outro lado...

Incremento da captação de fundos investimentos governo através dos recursos provenientes de convênios de repasses federais efetuados pelas prefeituras

Guedes Júnior, Jairo Renato
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
56.34%
Os recursos financeiros são de fundamental importância aos entes públicos municipais para atendimento dos seus programas e a promoção do bem estar social. Dentre estes, os recursos provenientes dos repasses federais são os principais pelo seu montante e a regularidade em que são repassados. Em função de determinação legal e também visando sua proteção frente os efeitos inflacionários os recursos devem ser aplicados financeiramente enquanto não utilizados nos programas a que foram destinados em sua origem. Aos Bancos os recursos disponíveis dos municípios pelo seu montante já justificam a atuação na área do setor público, além disto, às instituições financeiras oficiais onde o Banco do Brasil é uma delas, oportuniza-se em maior grau devido à determinação legal dos recursos deverem estar depositados em bancos públicos e obrigatoriamente investidos. Apesar da importância do investimento para o Banco do Brasil e aos municípios o montante aplicado em Fundos de investimentos do Banco voltados ao Setor Público não tem se modificado significativamente no Estado do RS. Desta forma o trabalho tem como problema principal à identificação dos problemas que dificultam a captação dos recursos federais repassados às prefeituras pela rede de agências do Banco no Estado e visa atender os objetivos do trabalho que procura detectar os motivos que dificultam a captação destes recursos pelas agências e a partir disto propor ações para incrementar do montante investido nos fundos de Investimentos Governo disponibilizados pelo Banco. Os resultados obtidos no trabalho de pesquisa fizeram concluir que o baixo conhecimento dos funcionários quanto aos produtos de captação da área de governo e a falta de eficiência na comunicação do Banco sobre os recursos federais destinados para este fim são fatores que dificultam o incremento dos saldos dos fundos de investimento Governo do Banco. A partir das informações obtidas e visando atender um dos objetivos do trabalho de possibilitar o incremento da captação dos recursos federais transferidos às prefeituras aos fundos de investimentos Governo...

Universíade (Porto Alegre, 1963) - Reportagem sobre Recursos Financeiros e Infraestrutura de Porto Alegre

Koch, Rodrigo
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Reportagem Formato: audio/mpeg; 09 minutos e 45 segundos
POR
Relevância na Pesquisa
66.3%
Reportagem produzida pelo jornalista Rodrigo Koch sobre os Recursos Financeiros e a Estrutura de Porto Alegre nos Jogos Mundiais Universitários de 1963 (Universíade 63). Veiculada na Rádio Gaúcha em 2003.; Os Jogos Mundiais Universitários foram realizados em Porto Alegre (RS) no período de 30 de agosto a 08 de setembro de 1963. O áudio foi doado por Rodrigo Koch que autorizou sua divulgação.

Proposição de uma estrategia para alocação de recursos financeiros em atividades de manutenção e restauração de pavimentos flexiveis

Thayse Balarotti Pedrazzi
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/02/2004 PT
Relevância na Pesquisa
56.49%
Os estudos descritos neste trabalho fazem parte de uma abrangente pesquisa para desenvolver uma compreensiva estratégia para alocação de recursos financeiros em atividades de manutenção e restauração de pavimentos flexíveis, considerando as condições de disponibilidade plena recursos financeiros e de restrição de orçamento para a execução das atividades. Os estudos realizados incluem: processos de degradação de pavimentos flexíveis, principais defeitos de pavimentos flexíveis, métodos para avaliação da condição do pavimento, atividades de manutenção e restauração, procedimentos para seleção de atividades apropriadas de manutenção e restauração e métodos para alocação de recursos financeiros. Além de um extensivo estudo dos métodos de dimensionamento de reforço estrutural de pavimentos flexíveis usados pelos órgãos rodoviários no Brasil. A estratégia proposta tem o objetivo de auxiliar no desenvolvimento de um plano anual de ações de manutenção e restauração para os diferentes segmentos de pavimentos de uma malha rodoviária com os recursos financeiros disponíveis; The studies described in this work are part of a wide research to develop a comprehensive strategy to allocate funds in maintenance and rehabilitation activities of flexible pavements...

Aloca????o equitativa de recursos financeiros: uma alternativa para o caso brasileiro

Porto, Silvia Marta; Viacava, Francisco; Szwarcwald, Celia Landmann; Martins, M??nica Silva; Travassos, Claudia Maria de Rezende; Vianna, Solon Magalh??es; Piola, Francisco Sergio; Uga, Maria Alicia Dominguez; Vianna, Cid Manso
Fonte: Centro Brasileiro de Estudos de Sa??de Publicador: Centro Brasileiro de Estudos de Sa??de
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
56.27%
Diversos pa??ses t??m realizado esfor??os a fim de definir metodologias eq??itativas para distribui????o geogr??fica de recursos destinados ao setor sa??de. Entretanto, as experi??ncias internacionais mostraram-se pouco apropriadas ao caso brasileiro. Neste trabalho, apresenta-se umametodologia alternativa para o caso brasileiro. Os resultados distributivos obtidos a partir dessa metodologia apontampara a exist??ncia de iniq??idades na aloca????o de recursos financeiros, efetuada pelo Minist??rio da Sa??de no ano de 1999, e permitiram verificar que a maior iniq??idade est?? relacionada aos repasses destinados ao financiamento de assist??ncia hospitalar e ambulatorial.

Estudo da implementação da Gestão dos Recursos Financeiros partilhada na Guarda Nacional Republicana

Regueira, Diogo
Fonte: Academia Militar. Direção de Ensino Publicador: Academia Militar. Direção de Ensino
Tipo: Outros
Publicado em 01/08/2012 POR
Relevância na Pesquisa
66.56%
O sistema informático de Gestão dos Recursos Financeiros Partilhada, que comporta o registo contabilístico dos processos orçamental, administrativo e financeiros, consoante as regras definidas no Plano Oficial de Contabilidade Pública, está a ser disseminado por todos os organismos da Administração Pública, inclusivé, na GNR. A presente investigação encontra-se subordinada ao tema: “Estudo da Implementação da Gestão dos Recursos Financeiros Partilhada na Guarda Nacional Republicana”. Uma vez que, a GNR é uma organização que está dispersa por todo o território Nacional, surge como objetivo geral, desta investigação, reunir um conjunto de dados que permita facilitar a tomada de decisão de implementar o GeRFiP de forma centralizada no Comando da Administração dos Recursos Internos, ou descentralizada até aos Comandos Territoriais/Unidades, levando-nos à pergunta de partida: “Qual a melhor forma de implementação da Gestão dos Recursos Financeiros Partilhada na GNR?”. No sentido de averiguar a temática em questão, realizou-se uma revisão de literatura e um trabalho de investigação empírico. No primeiro, apresentam-se os conceitos de Contabilidade Pública e Serviços Partilhados assim como as caraterísticas da aplicação Gestão dos Recursos Financeiros Partilhada. O trabalho empírico implicou a realização de entrevistas exploratórias...

Avaliação de uma metodologia de alocação de recursos financeiros do setor saúde para aplicação no Brasil

Porto,Silvia; Martins,Mônica; Travassos,Claudia; Viacava,Francisco
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2007 PT
Relevância na Pesquisa
56.24%
No início da década de 1990, foi desenvolvida na Inglaterra uma nova metodologia para alocação de recursos financeiros aos serviços de saúde baseada nas necessidades de saúde da população. Essa metodologia caracteriza-se por adotar o modelo teórico de demanda aos serviços de saúde e por empregar dados de utilização dos serviços para estimar o uso com base na necessidade de saúde. Este artigo objetivou avaliar a aplicabilidade dessa metodologia para alocação de recursos federais no Brasil. Empregaram-se dados do Sistema de Informações Hospitalares do Sistema Único de Saúde sobre as internações de curta permanência ocorridas no Brasil em 1999. Foram analisadas 134 áreas geográficas, que cobrem o país como um todo. Os modelos estatísticos para estimar o uso testaram as seguintes variáveis de necessidades: mortalidade infantil; mortalidade geral padronizada; percentual de analfabetos; percentual de domicílios permanentes chefiados por mulheres e média de pessoas por domicílio. Todos os modelos de estimativa do uso de testados apresentaram coeficientes de regressão com sinal negativo, o que indica que a metodologia estudada apresenta restrições em contextos com grandes desigualdades sociais no uso de serviços de saúde...

Um exame dos fluxos financeiros do Ministério da Saúde em pesquisa e desenvolvimento (2003-2005), segundo a Agenda Nacional de Prioridades de Pesquisa em Saúde

Silva,Rondineli Mendes da; Caetano,Rosangela
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2011 PT
Relevância na Pesquisa
56.24%
O trabalho mapeou a aplicação dos recursos financeiros em pesquisa e desenvolvimento em saúde (P&D/S) pelo Ministério da Saúde no período 2003-2005, conforme a Agenda Nacional de Prioridades de Pesquisa em Saúde (ANPPS), estabelecida em 2004. Utilizaram-se dados procedentes de pesquisa realizada com a finalidade primária de mensurar esses fluxos de investimento no período. Foi computado apenas o financiamento direto e efetivamente pago em pesquisas, excluindo-se dispêndios com salários. As pesquisas foram categorizadas segundo as 24 subagendas da ANPPS por dois pesquisadores independentes, com as discordâncias resolvidas por consenso. Foram aplicados cerca de R$ 409,7 milhões, com uma concentração nas subagendas: doenças transmissíveis, complexo produtivo da saúde, pesquisa clínica, assistência farmacêutica e doenças não-transmissíveis (79% do total). Todas as subagendas receberam algum financiamento no período. O estudo estabelece um marco zero para avaliações do potencial indutor deste instrumento e da aproximação entre os investimentos em P&D/S e as necessidades sanitárias.

Distribuição de recursos financeiros em editais de projetos competitivos com modelos baseados em DEA.

GOMES, E. G.; LIMA, S. M. V.; SOUZA, G. da S. e
Fonte: IN: SIMPÓSIO BRASÍLEIRO DE PESQUISA OPERACIONAL, 40., 2008, João Pessoa. Publicador: IN: SIMPÓSIO BRASÍLEIRO DE PESQUISA OPERACIONAL, 40., 2008, João Pessoa.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
56.4%
Este artigo tem como objetivo usar um modelo de produção baseado na Análise de Envoltória de Dados (DEA) com Ganhos de Soma Zero (DEA-GSZ), para alocar recursos financeiros de editais de projetos competitivos aos centros de pesquisa da Emprresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. As unidades sob avaliação são os 37 centros de pesquisa da empresa. Como variável produto usou-se a quantidade de recursos financeiros disponíveis. Os insumos são proxies para formalização de projetos com captação externa de recursos, gestão de projetos e participação em esforço complexo de pesquisa. Os resultados obtidos são os que geram a alocação de recursos mais eficiente.; 2008

Avaliação da captação de recursos financeiros : operações de leasing como estudo de caso da CHESF

Carolina de Avelar Monteiro, Maria; Chaves Lima, Ricardo (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.36%
As mudanças ocorridas no setor elétrico brasileiro têm atraído a atenção dos investidores no segmento de produção de energia elétrica. Com a diminuição do papel do Estado e dos Organismos de Fundos Multilaterais na participação dos novos investimentos para financiar a expansão do setor, o governo vem dividindo com a iniciativa privada a tarefa de desenvolver e aumentar a capacidade de geração e transmissão, já instaladas no país. Um número de leilões de venda de energia elétrica e de concessões justificam a busca por um ferramental de análise eficiente para avaliação de projetos de investimentos. Este trabalho ilustra, através de exemplos, a avaliação de captação de recursos financeiros, identificando as tendências de produtos financeiros no mercado e as novas fontes financiadoras. Apresenta, como estudo de caso, a análise comparativa entre as operações de compra e o leasing financeiro na CHESF, sendo aplicado o critério de valor presente líquido e o benefício fiscal, resultantes do financiamento através do leasing

Estudo sobre metodologias de alocação de recursos financeiros da saúde. Pernambuco - Brasil

Araújo Rosas, Marina; Falangola Benjamin Bezerra, Adriana (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
56.4%
As metodologias que propõem a alocação de recursos financeiros da saúde de forma equânime vêm recebendo uma crescente atenção dos pesquisadores brasileiros e os estudos de Machado et al. (2004) e Nunes (2004) destacam-se na área. Portanto, o objetivo do presente estudo foi testar metodologias para alocação de recursos financeiros da saúde, a saber, Machado et al. (2004), Nunes (2004) e GPEPS (2010), e relacionar os resultados com o valor per capita das despesas com saúde do Sistema Único de Saúde. Tratou-se de uma pesquisa metodológica e apresentou como campo de estudo o estado de Pernambuco. A coleta das informações para compor os FA, que distribuiu os municípios em quartis, foi realizada através de bases de dados de domínio público e de informações disponibilizadas pela Secretaria Estadual de Pernambuco. A análise estatística descritiva das dezenove variáveis selecionadas revelou que, em termos médios, as localidades estudadas apresentaram valores altos de mortalidade até os cinco anos e por doenças do aparelho circulatório, percentual de nascidos vivos com pré-natal inadequado e de pessoas com renda per capita abaixo de R$ 75,50. Quanto às médias encontradas para a taxa de alfabetização, percentual de domicílios com coleta de lixo e mortalidade por doenças infecciosas e parasitárias...

Captação de recursos financeiros em organizações sem fins lucrativos: a utilização de indicadores de gestão para os doadores e beneficiários dos projetos sociais; Financial funding for non-profit organizations: management indicators for donors and beneficiaries of social projects

Santos, Nilceia Cristina dos; Sublaban, Cleusa Satico Yamamoto; Sacomano Neto, Mário; Giuliani, Antônio Carlos; Spers, Valéria Rueda Elias
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2008 POR
Relevância na Pesquisa
56.27%
As organizações sem fins lucrativos encontram dificuldades na captação de recursos financeiros destinados a projetos sociais, já que mais organizações dessa natureza surgem a cada ano e as instituições financiadoras não tendem a surgir na mesma proporção. Dessa forma, é imprescindível a existência de métricas que possam auxiliar os gestores de tais empresas na efetividade da captação dos recursos. O objetivo deste artigo é justamente contribuir para a eficácia dos gestores nesse processo de gestão. Mais especificamente, o artigo propõe uma adaptação do modelo de indicadores de desempenho baseado no marco lógico desenvolvido pela United States Agency for International Development (USAID) e no balanced scorecard (BSC) de Kaplan e Norton, de modo a auxiliar as organizações sem fins lucrativos na captação de recursos. Neste artigo, são construídas quatro proposições sobre indicadores de desempenho. Também são fornecidos dois quadros com indicadores de desempenho para as associações voltadas às crianças e adolescentes, no intuito de traduzir as proposições e resultados da discussão efetuada. Dessa forma, o artigo busca contribuir com novas idéias, especificando melhor os conceitos teóricos desenvolvidos pela USAID e por Kaplan e Norton e fornecendo constructos operacionalizáveis para uma melhor gestão das empresas sociais e sem fins lucrativos.; Non-profit organizations face difficulties in obtaining financial funding for their social projects because there are more new competing organizations while the number of funding sources does not grow at the same rate. Therefore managers must have appropriate measuring means enabling them to achieve efficiency in financial funding. For this reason adaptation of the model of performance indicators based on those developed by the United States Agency for International Development (USAID) and the Balanced Scorecard by Kaplan & Norton were proposed to help non-profit organizations raise funds. Four propositions of performance indicators were presented as well as two tables of performance indicators for organizations oriented to young children in order to exemplify the propositions and discussion results. The intention was to contribute new ideas for a better description of the theoretical concepts developed by USAID and Kaplan & Norton for supplying operational references to enhance management of social and non-profit organizations and facilitate funding.

A CASE STUDIES MULTIPLE ON THE MANAGEMENT OF FINANCIAL RESOURCES IN THE THIRD SECTOR ORGANIZATIONS; UM ESTUDO MULTICASO SOBRE A GESTÃO DE RECURSOS FINANCEIROS EM ORGANIZAÇÕES DO TERCEIRO SETOR

Lopes, Leandro Costa; Universidade Federal de Pernambuco - UFPE; Andrade, Cacilda Soares; Universidade Federal de Pernambuco - UFPE; Meira, Juliana Matos; Universidade Federal de Pernambuco - UFPE; Santos, Aldemar Araújo; Universidade Federal de Pernambu
Fonte: UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ - ACCOUNTING DEPARTMENT Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ - ACCOUNTING DEPARTMENT
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 20/12/2012 POR
Relevância na Pesquisa
56.46%
This paper aims to investigate how Third Sector Organizations control financial resources donated through formal agreements with financing institutions, and used to accomplish their social activities. The literature search focused on a theoretical framework which highlights the need for more concern by managers of Third Sector Organizations with the way they are managing the financial resources sent to them for the achievement of their social aims. The literature shows that the improvement of internal control and the management of these organizations is very important in order to fulfil the financing institutions requirements, to build trust and to receive more financial resources, and as a result, continue developing their proposed social activities and improving their own internal managerial structure. The methodology adopted in this research is based on multiple case studies with seven organizations in Pernambuco’s State (Northeast of Brazil). Data was collect by using documents, interviews and direct observation. The findings of this research reveal that there are faults in the process of managing financial resources, mainly due to the lack of division of labour functions between team members who act in the projects. Moreover...

Avaliação de uma metodologia de alocação de recursos financeiros do setor saúde para aplicação no Brasil

Porto,Silvia; Martins,Mônica; Travassos,Claudia; Viacava,Francisco
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2007 PT
Relevância na Pesquisa
56.24%
No início da década de 1990, foi desenvolvida na Inglaterra uma nova metodologia para alocação de recursos financeiros aos serviços de saúde baseada nas necessidades de saúde da população. Essa metodologia caracteriza-se por adotar o modelo teórico de demanda aos serviços de saúde e por empregar dados de utilização dos serviços para estimar o uso com base na necessidade de saúde. Este artigo objetivou avaliar a aplicabilidade dessa metodologia para alocação de recursos federais no Brasil. Empregaram-se dados do Sistema de Informações Hospitalares do Sistema Único de Saúde sobre as internações de curta permanência ocorridas no Brasil em 1999. Foram analisadas 134 áreas geográficas, que cobrem o país como um todo. Os modelos estatísticos para estimar o uso testaram as seguintes variáveis de necessidades: mortalidade infantil; mortalidade geral padronizada; percentual de analfabetos; percentual de domicílios permanentes chefiados por mulheres e média de pessoas por domicílio. Todos os modelos de estimativa do uso de testados apresentaram coeficientes de regressão com sinal negativo, o que indica que a metodologia estudada apresenta restrições em contextos com grandes desigualdades sociais no uso de serviços de saúde...

Um exame dos fluxos financeiros do Ministério da Saúde em pesquisa e desenvolvimento (2003-2005), segundo a Agenda Nacional de Prioridades de Pesquisa em Saúde

Silva,Rondineli Mendes da; Caetano,Rosangela
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2011 PT
Relevância na Pesquisa
56.24%
O trabalho mapeou a aplicação dos recursos financeiros em pesquisa e desenvolvimento em saúde (P&D/S) pelo Ministério da Saúde no período 2003-2005, conforme a Agenda Nacional de Prioridades de Pesquisa em Saúde (ANPPS), estabelecida em 2004. Utilizaram-se dados procedentes de pesquisa realizada com a finalidade primária de mensurar esses fluxos de investimento no período. Foi computado apenas o financiamento direto e efetivamente pago em pesquisas, excluindo-se dispêndios com salários. As pesquisas foram categorizadas segundo as 24 subagendas da ANPPS por dois pesquisadores independentes, com as discordâncias resolvidas por consenso. Foram aplicados cerca de R$ 409,7 milhões, com uma concentração nas subagendas: doenças transmissíveis, complexo produtivo da saúde, pesquisa clínica, assistência farmacêutica e doenças não-transmissíveis (79% do total). Todas as subagendas receberam algum financiamento no período. O estudo estabelece um marco zero para avaliações do potencial indutor deste instrumento e da aproximação entre os investimentos em P&D/S e as necessidades sanitárias.