Página 1 dos resultados de 2409 itens digitais encontrados em 0.006 segundos

Borges e o realismo: o outro da literatura borgeana; Borges and the realism: the other of the Borgesean works

Rocha, Jéssica Aracelli
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/08/2008 PT
Relevância na Pesquisa
37.27%
Busca compreender o conto El Otro, de Jorge Luis Borges. Para tanto, efetua sua análise formal; acrescida pelo exame de um corpus secundário. Uma vez que a narrativa apresenta dois personagens autobiográficos, sendo o jovem similar e estranho à produção deste autor, é necessário comparar tal personagem à obra borgeana de juventude, no tocante ao realismo, engajamento, biografismo e ultraísmo. Verifica que o Borges de 1918 a 1920 não exibe tais concepções literárias, exceto pelo ultraísmo. Na segunda etapa juvenil, entre 1921-1928, encontra ultraísmo, biografismo e alguns pontos de contato, com elementos do realismo. Contudo, observa a existência de realismo, engajamento, biografismo e ultraísmo no contexto literário argentino dos anos vinte. Os três primeiros rasgos estão especialmente ligados ao grupo boedista. No entanto, como o conto alude ao Modernismo, entende-se que não só o Realismo, mas toda a geração de vinte é contemplada na figura do personagem mais novo. Na leitura do conto, entende que as personagens produzem um diálogo entre a obra borgeana e a geração argentina dos anos vinte, na qual, o jovem Borges da realidade fica incluso. A matéria sob o diálogo, tanto nas estruturas quanto na temática...

O realismo nos escritos de Georg Lukács dos anos trinta: a centralidade da ação; Realism on Georg Lukács' writings from the thirties: the centrality of action

Cotrim, Ana Aguiar
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/02/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.17%
Esse trabalho tem o objetivo de analisar e discutir a concepção de Georg Lukács sobre realismo artístico exposta numa seleção de textos estético-literários produzidos durante a década de 1930. Seguimos o percurso de aquisição da teoria do realismo durante o decênio, enfocando o processo de apropriação da ação como elemento literário central, em sua orgânica relação com o típico. Uma vez que o caminho em direção à perspectiva artística do realismo tem início com a sua guinada marxista, de cunho ontológico, em fim dos anos vinte, buscamos apreender as relações entre esse caminho e o processo de sua aproximação a Marx, isto é, às determinações fundantes do ser social descobertas pelo grande revolucionário alemão. O trabalho aborda o significado da guinada marxista e os primeiros desenvolvimentos estéticos de sua concepção madura. Assim, adentra a questão da objetividade do reflexo artístico, a objetividade da forma, o partidarismo, a centralidade da ação e da tipicidade, a defesa da herança literária da burguesia em ascensão, da figuração e da narração. Estende-se também, no contexto das discussões positivas sobre a teoria do realismo, à crítica dos romances de reportagem, da arte de tendência e do naturalismo...

Lakatos, o Realismo Ofensivo e o Programa de Pesquisa Científico do Realismo Estrutural; Lakatos, Offensive Realism and the Structural Realist Research Program

Mendes, Flávio Pedroso
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 14/02/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.12%
Qualquer disciplina científica que se entenda como tal deve, constantemente, avaliar criticamente o mérito interno de suas abordagens, em termos de sua progressividade e da geração de conhecimento relevante. É exatamente a este tipo de reflexão que o presente trabalho doutoral se propõe, tendo como objeto a teoria das relações internacionais. Trata-se, efetivamente, de um exercício situado na fronteira entre a epistemologia, ou teoria do conhecimento, e a apreciação teórica das dinâmicas da política internacional. Precisamente, propõe-se uma análise do fôlego teórico-científico da vertente estrutural do realismo político, da forma desenvolvida seminalmente por Kenneth Waltz, diante de emendas teóricas incorporadas pelo realismo ofensivo de John Mearsheimer. Como uma tal discussão não pode prescindir de uma referência metateórica, optou-se pela aplicação da Metodologia dos Programas de Pesquisa Científicos desenvolvida por Imre Lakatos. Espera-se com esta investigação trazer três contribuições fundamentais ao estudo teórico das relações internacionais: (i) o delineamento da proposta epistemológica de Lakatos e de seus critérios de aplicação, bem como a discussão de sua adequação às ciências sociais...

Realismo e racionalidade: o otimismo epistêmico em questão; Realism and rationality: the epistemic optimism in question

Assis, Emerson Ferreira de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 07/02/2014 PT
Relevância na Pesquisa
37.12%
O realismo científico é uma concepção filosófica da ciência que assume uma atitude epistêmica positiva em relação às melhores teorias científicas disponíveis, recomendando, sob algumas circunstâncias (em geral o atendimento de princípios metodológicos bem estabelecidos), a crença nas afirmações que estas teorias fazem a respeito do observável e do inobservável. Hilary Putnam, um dos nomes mais salientes no atual cenário filosófico anglofônico, é um autor que, mesmo tendo mudado diversas vezes concepções centrais de suas propostas filosóficas, tem no realismo científico um interesse perene. Em sua mais recente produção, tem defendido que a relatividade conceitual (uma marca característica de muitas abordagens antirrealistas acerca da ciência) é compatível com o realismo científico (Putnam: 2012; p. 63). Esse trabalho procurará investigar a possibilidade de sustentar a proposta de Putnam, analisando a relatividade conceitual e os pressupostos realistas no campo que efetivamente separa as posições realistas e antirrealistas da ciência: o entendimento do que as melhores teorias científicas afirmam sobre o inobservável. Antirrealistas são em geral agnósticos em relação às proposições sobre o inobservável...

Interpretando a relatividade especial: discutindo o debate realismo e antirrealismo científicos no ensino de ciências; Interpreting the Special Relativity: Discussing Scientific Realism Antirealism Debate in the Science Teaching

Moreira, André Batista Noronha
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 20/02/2014 PT
Relevância na Pesquisa
37.3%
Neste trabalho investigamos, teoricamente e empiricamente, quais são os possíveis aspectos da natureza da ciência, relacionados ao debate realismo e antirrealismo científicos, que emergem da história e filosofia da teoria da relatividade especial e têm potencial para promover debates no ensino de física. Para tal, primeiramente reconhecemos a importância da aproximação histórico-filosófica ao ensino de ciências, assim como a relevância dos aspectos consensuais e não consensuais da natureza da ciência. Argumentamos, em especial, que estes aspectos controversos e não consensuais podem trazer uma visão ainda mais rica e realista da ciência. Fazemos uma exposição sintética sobre algumas das principais características do debate realismo e antirrealismo científicos, suas principais vertentes, categorias e argumentos correntes. Fazemos também um estudo teórico histórico e filosófico sobre a teoria da relatividade, no qual enfatizamos a capacidade do formalismo matemático da teoria ser filosoficamente interpretável. Quatro interpretações históricas da teoria, a de Lorentz (1904), a de Einstein (1905), a de Poincaré (1906) e a de Minkowski (1907) são discutidas e caracterizadas com base no estudo sobre o debate realismo e antirrealismo científicos. Descrevemos em seguida uma pesquisa de campo realizada no primeiro semestre de 2013 aplicada a estudantes de física...

Do realismo burguês ao realismo socialista: um estudo sobre a questão da herança cultural no pensamento de Lukács nos anos 1930; From bourgeois realism to socialist realism: a study on the issue of cultural heritage in Lukács thought in the 1930s

Dias, Fabio Alves dos Santos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 09/05/2014 PT
Relevância na Pesquisa
37.05%
Na presente tese procuramos compreender qual o sentido de Lukács nos anos 1930 defender no campo cultural socialista a herança legada pelo realismo burguês em detrimento das inúmeras experimentações de vanguarda. Estudando sua vasta obra produzida ao longo daquela década, dividimos a tese em quatro capítulos. No primeiro, salientamos como a adoção do pensamento de Marx por Lukács leva o filósofo a conceber o proletariado não apenas como herdeiro da grande filosofia burguesa (a filosofia clássica alemã), mas também da herança cultural burguesa. No segundo, verificamos como Lukács analisa o método realista na grande herança legada pela cultura burguesa. No terceiro, estudamos como Lukács sustenta sua crítica à decadência ideológica burguesa, detendo o olhar sobre a análise do método descritivo na literatura, do naturalismo ao expressionismo. Por fim, no quarto capítulo, nos debruçamos sobre a questão do realismo socialista e sua relação com a herança cultural burguesa, enfatizando a participação de Lukács nos debates da revista alemã Die Linkskurve [Virada a esquerda] durante os anos 1931-1932 e na revista soviética Literaturnji Kritik [Crítica Literária] de 1934 ao ano de 1940. O grande argumento que mobiliza esta tese é que a valorização da herança legada pela literatura clássica burguesa em nada se assemelha a um classicismo conservador...

Política em Rousseau: Utopia e Realismo; Politics in Rousseau: utopia and realism

Cardoso, Eduardo Leonel Corrêa
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/08/2014 PT
Relevância na Pesquisa
37.17%
Diante da diversidade de registros deixados pelo pensador Jean-Jacques Rousseau, a dissertação que se segue propõe analisar sua filosofia política de acordo com duas chaves de leitura política: a utopia e o realismo. Com base nas referências de utopia como transgressão e realismo como redução de danos, encontradas em Renato Janine Ribeiro, pretende-se encontrar uma convergência/aproximação dessas duas tradições de pensamento político no pensamento de Rousseau que se pressupõe transitar justamente entre a utopia e o realismo. É em virtude dessa filosofia tensa que não se pode afirmar que Rousseau é um pensador utópico ou realista, entretanto, há elementos tanto de uma como da outra perspectiva teórica que permitem a utilização dessa hipótese para a investigação de seu pensamento marcadamente paradoxal. O objetivo principal da política do genebrino? O homem; ele é a utopia do cidadão e a utopia íntima; e os danos do realismo, bem como a terapia, são aferidos nele. Sendo assim, a dissertação foi dividida em duas partes: a primeira trata dos aspectos utópicos de Rousseau, enquanto a segunda dos realistas. À guisa de considerações finais consta o possível vínculo entre as duas leituras políticas de Rousseau...

Um estudo do argumento do milagre na defesa do realismo científico; A study of the miracle argument in defense of scientific realism

Souza, Edna Alves de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 11/12/2014 PT
Relevância na Pesquisa
37.22%
O objetivo principal desta tese é argumentar a favor da intuição básica do realismo científico, com o apoio de uma versão fortalecida e articulada do argumento do milagre. O realismo científico é uma concepção filosófica da ciência que assume uma atitude epistêmica otimista frente aos resultados da investigação científica que abrangem aspectos do mundo tanto observáveis como inobserváveis. Segundo o realismo científico, as entidades inobserváveis postuladas pelas teorias científicas bem-sucedidas têm existência real e essas teorias são verdadeiras ou aproximadamente verdadeiras. Essa atitude positiva é contestada por diversas perspectivas filosóficas conhecidas coletivamente como formas de antirrealismo científico (positivismo lógico, instrumentalismo, empirismo construtivo, historicismo, construtivismo social etc.). Procuramos analisar e rebater três importantes modalidades de argumentação antirrealista: a subdeterminação empírica das teorias, a indução pessimista e a circularidade viciosa da inferência da melhor explicação. Argumentamos que não obstante as diferenças que se mantêm entre as concepções realistas da ciência, o chamado argumento do milagre constitui uma peça central na defesa do realismo científico. Esse argumento se expressa na célebre formulação de Putnam (1975...

Realismo crítico e teoria econômica : quatro ensaios sobre metodologia econômica; Critical realism and economics : four essays on economic methodology

José Ricardo Fucidji
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 02/08/2012 PT
Relevância na Pesquisa
37.22%
O objetivo desta tese é expor, avaliar e aplicar a abordagem metodológica do realismo crítico para a ciência econômica. O realismo crítico em economia propõe-se como uma alternativa os pólos do falseacionismo popperiano e ao relativismo das abordagens construtivistas. O ponto a ressaltar é que o realismo crítico dá precedência às questões ontológicas (a natureza do que existe na realidade econômica e das práticas científicas) sobre as questões epistemológicas (o status das diversas teorias como veículos do conhecimento aceito). Ao defender que o método de investigação ou inferência deve ser adequado ao objeto de análise (que neste caso é algum item da realidade sócio-econômica), o realismo crítico aponta diversas razões para o insucesso das teorias econômicas ortodoxas como instrumentos de previsão e controle dessa realidade. Ao supor uma realidade social que é complexa, diferenciada, estruturada, sistêmica, aberta, sempre em mudança e radicalmente incerta, além de internamente relacionada, essa abordagem coloca-se também como um fundamento metodológico para as correntes heterodoxas em economia. Após discutir o conteúdo dessa abordagem, bem como a concepção ontológica particular sobre a qual é sustentada...

Representational Realism in Cross-Cultural Perspective: Changing Visual Cultures in Mughal India and Safavid Iran, 1580-1750

Botchkareva, Anastassiia Alexandra
Fonte: Harvard University Publicador: Harvard University
Tipo: Thesis or Dissertation
EN_US
Relevância na Pesquisa
37.32%
The concept of realism in visual representation has been defined and deployed largely within the domain of the Western artistic canon. In the field of art history, the term is often used in ways that depend on implicit, culturally coded assumptions about its connection with the formal markers of optical-naturalism. The Persianate tradition of pictorial representation by contrast, has been traditionally characterized in modern scholarship as stylized and decorative, with little acknowledgment of an interest in realism in its own visual language. Furthermore, normative Euro-centric attitudes have perpetuated the assumption that an engagement with realism entered Persianate artistic practices with the advent of Europeanizing modes of depiction in Safavid and Mughal spheres of production around the late sixteenth-century. This dissertation explores the topic of realism from the perspective of Persianate visual culture. In so doing, it proposes to refine our understanding of the concept in terms that accommodate the varied artistic production of cultures that laid claims to cultivating representational realism in their own primary sources. The first chapter draws on multi-disciplinary discussions to challenge art historical treatments of pictorial realism as a style...

Realism, disciplinary history and European Union studies

Hussey, Barry
Fonte: University of Limerick Publicador: University of Limerick
Tipo: Doctoral thesis; all_ul_research; ul_published_reviewed; ul_theses_dissertations; none
ENG
Relevância na Pesquisa
37.05%
peer-reviewed; This thesis is a realist, disciplinary history of European Union Studies (EUS). It begins by examining a number of criticisms aimed at realist IR theory. By considering these criticisms it is possible to illustrate a more productive approach to realism. It will be shown that realism has two distinct uses, practical and hermeneutical, and that these are based on three core principles. These are the centrality of philosophical and ethical scepticism towards progress and naturalist epistemology; a belief in the centrality of power competition between all forms of social community; and a link to ‘reality’ as the foundation to any research. This part of the analysis is linked into a criticism of the dominance of unsuitable scientific divisions in IR Theory. Instead of the existing approach which assumes total explanatory power on the part of each theory, this research returned to the belief of many classical realists that realism alone was insufficient to understand and improve the practice of politics. Instead what is required is dialectic between realist and idealist modes of thought. This is argued to be the healthy condition of a discourse through the work of Karl Mannheim. Where this is not present, disciplinary history assists in understanding why this is the case. This realist disciplinary history framework deconstructs the development of EUS. Its Integration theory and politybuilding phases show that the discipline is hegemonised by liberal...

Depressive realism and the effect of intertrial interval on judgements of zero, positive, and negative contingencies

Msetfi, Rachel, M.; Murphy, Robin, A.; Simpson, Jane
Fonte: Psychology Press Publicador: Psychology Press
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; all_ul_research; ul_published_reviewed
ENG
Relevância na Pesquisa
37.05%
peer-reviewed; In three experiments we tested how the spacing of trials during acquisition of zero, positive, and negative event–outcome contingencies differentially affected depressed and nondepressed students’ judgements. Experiment 1 found that nondepressed participants’ judgements of zero contingencies increased with longer intertrial intervals (ITIs) but not simply longer procedure durations. Depressed groups’ judgements were not sensitive to either manipulation, producing an effect known as depressive realism only with long ITIs. Experiments 2 and 3 tested predictions of Cheng’s (1997) Power PC theory and the Rescorla–Wagner (1972) model, that the increase in context exposure experienced during the ITI might influence judgements most with negative contingencies and least with positive contingencies. Results suggested that depressed people were less sensitive to differences in contingency and contextual exposure. Together we propose that a context-processing difference between depressed and nondepressed people removes any objective notion of “realism” that was originally employed to explain the depressive realism effect (Alloy & Abramson, 1979).

Wege in den Realismus. Die ländliche Lebenswelt in skandinavischen und deutschen Erzählungen des 19. Jahrhunderts.; Ways to Realism. Rural life in Scandinavian and German narratives of the 19th century.

Kunz, Dorothea
Fonte: Universidade de Tubinga Publicador: Universidade de Tubinga
Tipo: Dissertação
DE
Relevância na Pesquisa
37.25%
Die komparatistisch angelegte Arbeit untersucht die Entwicklung einer realistischen Literatur in Skandinavien im 19. Jahrhundert. Zunächst werden die poetologischen und theoretischen Grundlagen dargestellt, wobei ein maßgeblicher Einfluss der idealistischen Philosophie angenommen wird. Vor dem Hintergrund gesellschaftlicher und politischer Umbrüche gewinnt zudem der Gegenstand der ländlich-bäuerlichen Lebenswelt an Gewicht. Die anschließenden Analysen exemplarisch ausgewählter Texte gehen der Frage nach, welche Möglichkeiten dieses Sujet für eine realistische Ästhetik eröffnet und welche spezifischen literarischen Verfahren die Autoren dabei entwickeln. Ebenso werden auch Parallelen zur deutschsprachigen realistischen Dichtung untersucht. Unter dem Eindruck der Hegelschen Identitätsphilosophie propagiert der Däne Johan Ludvig Heiberg eine wirklichkeitsnahe Kunst, die absolute Wahrheiten anschaulich macht. Somit folgt die Dichtung einem Verklärungs- und Versöhnungsanspruch, der auch den Poetischen Realismus der deutschen Literatur bestimmt und von Ulf Eisele als „empiristischer Realismus“ beschrieben wird. Heibergs Forderungen werden in der skandinavischen Realismusdiskussion weiter modifiziert. Ein historischer Überblick über den ländlich-bäuerlichen Stoffbereich zeigt...

An Examination of the Creation and Limitation of Realism in the Elegies of Propertius

Burkowski, Jane Marie Christine
Fonte: Quens University Publicador: Quens University
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 615491 bytes; application/pdf
EN; EN
Relevância na Pesquisa
37.25%
This thesis is an examination of realism in the love elegies of Propertius: of how it is created, how it is limited, and how its limitations increase its effectiveness rather than diminishing it. The first half analyzes the variety and subtlety of the creation of realism in elegies 1.3, 2.29b, and 4.7, three poems that, because of shared features that link them to each other and set them apart from the rest of Propertius's elegies, represent a case study of realism. The second half begins by describing how the realism in these poems is limited, and how these limitations intensify the effect of their realism by drawing attention to the poet's agency in creating it. This effect is then related to larger trends in the creation and limitation of realism in Propertius's remaining love elegies, in which the same pattern is observed, by means of the analysis of recurring techniques. This examination of aspects of realism in Propertius's poetry provides insight not only into his poetic method, but into his attitude to his genre and its potential.; Thesis (Master, Classics) -- Queen's University, 2008-06-09 15:40:16.227

What is ”true” in internal realism?

Medina, José
Fonte: Universidade Autônoma de Barcelona Publicador: Universidade Autônoma de Barcelona
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em //1996 ENG
Relevância na Pesquisa
37.05%
This paper is a critical examination of Putnam's theory of truth as it evolves from metaphysical to internal realism. First, I analyze the model-theoretic argument that led Putnam to abandon the metaphysical concept of truth as correspondence and to adopt and epistemic view of truth. Though a powerful critique of the metaphysical realist conception of truth, this argument does not establish conclusively that the concept of truth has any epistemic content. Secondly, I discuss Putnam's idealization theory of truth, arguing that the identification of truth with “acceptability under ideal conditions” is at odds with the claim that truth is context-transcendent, since the notion of justification is intrinsically context-dependent and no amount of idealization can reedeem its contextual character. Finally, I suggest that the realist intuitions that Putnam's internal realism tries to capture call for no more than a deflationary view of truth. Acceptance of this view requires abandoning not only the idea that truth is an epistemic property, but also the idea that truth is a substantive property that all true statements share and, therefore, a proper object of philosophical theorizing.; Aquest article és un examen critic de la teoria de la veritat de Putnam en la seva evolució des d'un realisme metafisic a un realisme intern. En primer lloc...

Realism in Literary Criticism of Luckács and Adorno; O realismo na crítica literária de Lukács e Adorno

Oliveira, Irenísia Torres de
Fonte: Universidade de São Paulo, Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo, Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 29/06/2013 POR
Relevância na Pesquisa
37.12%
ESTE ARTIGO PROPÕE UMA DISCUSSÃO SOBRE O REALISMO COM BASE NA CRÍTICA LITERÁRIA DE LUKÁCS E ADORNO. A NOÇÃO DE REALISMO COMO REPRESENTAÇÃO DA REALIDADE É VISTA CONTRA A REIFICAÇÃO COMO OFUSCAMENTO DO MUNDO. ENSAIOS SOBRE BALZAC, DOSTOIÉVSKI, KAFKA, ALDOUS HUXLEY, ENTRE OUTROS, AJUDAM A ESPECIFICAR ABORDAGENS E AVALIAÇÕES DO REALISMO NOS ESTUDOS LITERÁRIOS DOS DOIS CRÍTICOS. TAMBÉM SE DISCUTE AQUI COMO DIFERENTES CONCEPÇÕES DO INDIVÍDUO E DO HUMANISMO OCIDENTAL ESTÃO RELACIONADAS AOS SEUS CONCEITOS DE REALISMO E AOS VALORES DE SUA CRÍTICA LITERÁRIA.; THIS ARTICLE PROPOSES A DISCUSSION OF REALISM BASED ON THE LITERARY CRITICISM OF LUKÁCS AND ADORNO. THE NOTION OF REALISM AS REPRESENTATION OF REALITY IS SEEN AGAINST THAT ONE OF REIFICATION AS OBFUSCATION OF THE WORLD. ESSAYS ON BALZAC, DOSTOIÉVSKI, KAFKA, ALDOUS HUXLEY, AMONG OTHERS, HELP TO SPECIFY APPROACHES AND EVALUATIONS OF REALISM IN THE LITERARY STUDIES OF BOTH CRITICS. ITS IS ALSO DISCUSSED HOW DIFFERENT CONCEPTIONS OF THE INDIVIDUAL AND OF THE WESTERN HUMANISM ARE RELATED TO THEIR CONCEPTS OF REALISM AND THE VALUES OF THEIR LITERARY CRITICISM.

Critical Realism: an Ethical Approach to Global Politics

Lee, Ming-Whey Christine
Fonte: Universidade Duke Publicador: Universidade Duke
Tipo: Dissertação Formato: 1847641 bytes; application/pdf
Publicado em //2009 EN_US
Relevância na Pesquisa
37.27%

My dissertation, Critical Realism: An Ethical Approach to Global Politics, investigates two strands of modern political realism and their divergent ethics, politics, and modes of inquiry: the mid- to late 20th century realism of Hans Morgenthau and E.H. Carr and the scientific realism of contemporary International Relations scholarship. Beginning with the latter, I engage in (1) immanent analysis to show how scientific realism fails to meet its own explanatory protocol and (2) genealogy to recover the normative origins of the conceptual and analytical components of scientific realism. Against the backdrop of scientific realism's empirical and normative shortcomings, I turn to Morgenthau and Carr to appraise what I term their critical realism. I map out the constellation of their political thought by reconstructing the interrelations between (1) the historical crises motivating their writings, (2) their philosophical and methodological criticisms and commitments, (3) their political prescriptions and ethics. My dissertation demonstrates how reading realist texts through the lens of contemporary methodological conventions decisively shapes our theoretical purview, empirical knowledge, and political judgments. Beyond illuminating the underappreciated radical...

Some notes on “realism” and “ultra-realism” in Sartre; Algumas notas sobre “realismo” e “ultrarealismo” em Sartre

Carrasco, Alexandre de Oliveira Torres; Universidade Federal de São Paulo
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 25/10/2006 POR
Relevância na Pesquisa
37.22%
This paper int e nds to re s e a rch the possibility of thinking the several elements of Sartre’s works according to one axe named “realism”. It is important to explain what “realism” means here. Not intending find out a definitive definit ion of “realism”, he re “realism” means the struc t u ral tre nd of west letters towards “representing the reality”. Otherwise, the main objective of this paper is not de f i n i ng strictly the sense of “realism”. Our main objective is related all i m p o r t a nt Sartre’s work eleme nts – the philosophical eleme nt s, the critic i s m elements, the literary eleme nts – in a way that ma kes clear the integrity of sartrean project.; O presente texto explora a possibilida de de articular os vários elementos do corpus sartreano segundo um eixo por nós denominado realismo. Vale notar que aqui, realismo, igualmente problema, diz respeito à tendência estrutural das letras ocidentais para a “representação da realidade”. Entretanto, o sentido manifesto do artigo é menos definir este “realismo” e mais articular os elementos especulativos, críticos e literários sartreanos “por dent ro”, de modo a tornar evidente, contra as aparências e contra alguns críticos, a integridade do projeto sartreano...

Can realism be naturalised? Putnam on sense, Commonsense, and the senses

Norris, Chistopher; Univeristy of wales
Fonte: Federal University of Santa Catarina – UFSC Publicador: Federal University of Santa Catarina – UFSC
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2000 POR
Relevância na Pesquisa
37.17%
Hilary Putnam has famously undergone some radical changes of mind with regard to the issue of scientific realism and its wider epistemological bearings. In this paper I defend the arguments put forward by early Putnam in his essays on the causal theory of reference as applied to natural-kind terms, despite his own later view that those arguments amounted to a form of 'metaphysical' realism which could not be sustained against various lines of sceptical attack. I discuss some of the reasons for Putnam's retreat, first to the theory of 'internal (or framework-relative) realism proposed in his middle-period writings, and then to a commonsensepragmatist stance which claims to resituate this whole discussion on ground that has not been trorldden into ruts by the contending philosophical schools. In particular I examine his protracted engagement with various forms of anti-realist doctrine (Michael Dummett's most prominent among them), with Wittgenstein's thinking about language-games or meaning-as-use, and with a range of sceptical- relativist positions adopted in the wake of Quine's influential attack on the two last 'dogmas' of logical empiricism. My paper seeks to show that Putnam has been over-impressed by some of the arguments — from these and other sources — which he takes to constitute a knock-down case against the kind of extemalist and causal-realist approach developed in his early essays. It concludes by re-stating that position in summary form and relating it to other...

Realismo afetivo: evocar realismo além da representação; Affective Realism: evoke realism beyond representation

Schøllhammer, Karl Erik; Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro - PUC-Rio
Fonte: Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea; Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea; Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea Publicador: Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea; Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea; Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em // POR
Relevância na Pesquisa
37.17%
O ensaio discute formas de expressão literária que procuram estabelecer vias de "realismo" sem propriamente dar continuidade às formas diversas de Realismo histórico e representativo que se desenvolvem nos séculos XIX e XX. Tratam-se de experiências literárias no limite da representação e que lançam mão de estratégias de performance e agenciamento à procura de efeitos e afetos no seu processo integral de realização. Aqui o Realismo representativo é questionado pelo compromisso com a realidade social do objeto, por um lado, e, por outro, pela necessidade de encontrar estratégias criativas que se relacionem com a realidade ao valorizar a atividade literária e artística. Assim, ambiciona-se desenvolver a discussão estética das estratégias de expressão de uma realidade que desafia a representação e problematiza a criatividade literária e sua possibilidade de criar impactos afetivos e assim acentuar sua potência transformativa na realidade brasileira contemporânea.; This essay will discuss different kinds of literary expression in search for ways to "realism" without giving continuity of the historical realism that appears during the 19th and 20th century. The focus is on literary experiences on the edges of representation aiming to develop strategies of performance and agency in search of effect and affects during its integral process of realization. Here the representative Realism is questioned by the commitment to the social reality of the object...