Página 1 dos resultados de 8104 itens digitais encontrados em 0.007 segundos

Avaliação nutricional do doente com AVC: aspetos importantes para a reabilitação

Preto, Leonel; Mendes, Eugénia; Gomes, Maria José; Novo, André
Fonte: Associação Portuguesa dos Enfermeiros de Reabilitação (APER) Publicador: Associação Portuguesa dos Enfermeiros de Reabilitação (APER)
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
POR
Relevância na Pesquisa
46.67%
A Desnutrição Associada à Doença (DAD) caracteriza-se por um estado de insuficiente ingestão, utilização ou absorção de nutrientes, devido a fatores individuais e/ou sistémicos resultando em perda de peso e disfunção orgânica, suscetível de associar-se a pior prognóstico e devendo, por isso, ser aceite como um problema clínico (Council of Europe Resolution ResAP, 2003). Um bom estado nutricional que coexiste com massa muscular adequada poderá ajudar no processo de recuperação da força e equilíbrio pós-AVC. Por outro lado, os cuidados de enfermagem gerais e de reabilitação em particular; poderão contribuir para um processo de reeducação e melhoria da capacidade de alimentação nestes doentes. Investigação realizada na Unidade de AVC da Unidade Local de Saúde do Nordeste (ULSN). Estudo de natureza descritiva com o objetivo de avaliar todos os pacientes internados durante o ano de 2011, calculando a prevalência de risco nutricional e classificando e caracterizando os participantes na investigação nas variáveis que considerámos relevantes (alterações da deglutição, tipo de disfagia, Índice de Massa Corporal e severidade do risco nutricional) de modo a percebermos melhor o fenómeno. As avaliações foram realizadas...

Contributos para o Desenvolvimento de Serviços de Reabilitação Psicossocial/Psiquiátrica em Portugal: Situação atual, barreiras e desafios.

Teixeira, Cátia Carina
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Tese de Doutorado
ENG
Relevância na Pesquisa
37.02%
A reabilitação psiquiátrica/psicossocial é a área do sistema de saúde mental que visa melhorar o funcionamento das pessoas com doença mental em determinados papéis da sua escolha no “mundo real”. A Comissão Nacional para a Reestruturação dos Serviços de Saúde Mental desenvolveu um Plano de Ação com vista à reforma do sistema de saúde mental português entre 2007 e 2016, prevendo, entre outras medidas, a implementação de programas de reabilitação psiquiátrica. Seis anos após a publicação do Plano de Ação supramencionado revela-se da máxima importância avaliar a execução prática das recomendações nele contidas. Assim, os principais objetivos desta tese são: 1) analisar a situação atual da reabilitação psiquiátrica em Portugal e as barreiras ao seu desenvolvimento; 2) com base na análise efetuada, formular recomendações para a melhoria dos serviços de reabilitação psicossocial no nosso país. O primeiro capítulo desta tese elucida-nos sobre os programas de reabilitação psicossocial atualmente existentes em Portugal. Foi enviado um inquérito a 70 instituições de todo o país, questionando-as sobre a prestação de diferentes programas de reabilitação psiquiátrica. O nosso objetivo foi avaliar até que ponto programas baseados na evidência e práticas promissoras estão implementados no nosso país. Concluímos que o único programa recomendado pelas orientações internacionais que está razoavelmente implementado no nosso país é a psicoeducação multi-familiar. O emprego apoiado...

A utilização da tomografia computadorizada de feixe cônico na reabilitação das fissuras palatinas

Centurion, Bruna Stuchi; Pagin, Otávio
Fonte: Universidade de São Paulo, Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais; Bauru Publicador: Universidade de São Paulo, Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais; Bauru
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
POR
Relevância na Pesquisa
46.75%
A Tomografia Computadorizada de Feixe Cônico vem revolucionando o diagnóstico por imagem na Odontologia. As características permitem um acesso de visualização das imagens que facilita muitos procedimentos. Sua aplicabilidade na Odontologia é diversa, podendo ser útil para as diversas especialidades, porem há controversas na literatura a cerca da correta prescrição desse exame com a justificativa pertinente. Os pacientes com anomalias craniofaciais apresentam algumas particularidades que tornam o seu processo de reabilitação mais complexo e extenso. A utilização da TCFC na reabilitação desses pacientes é importante para diversas especialidades dentre elas a ortodontia, implantodontia, cirurgia ortognática e também otorrinolaringologia. Entretanto devemos considerar que desde sempre os protocolos imaginológicos envolviam e eram estabelecidos com as radiografias convencionais (panorâmica, telerradiografia, periapical e oclusal), os benefícios das imagens na terceira dimensão são bem conhecidos, porem há sempre um aumento da dose de radiação, visto que são exames que abrangem muitas vezes áreas maiores e trabalham com parâmetros de exposição mais elevados. O principio do ALARA deve sempre ser utilizado quando se trata de prescrição de exames que utilizam radiação ionizante...

Trajetória histórica da reabilitação na cidade de São Paulo; Trajectory of rehabilitation in the city of Sao Paulo

Souza, Luciana Aparecida de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 08/07/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.01%
O interesse mundial pela Reabilitação ocorreu principalmente por quatro acontecimentos históricos: as duas grades guerras mundiais, o processo acelerado de urbanização e industrialização o que direta ou indiretamente favoreceu a propagação de epidemias e aumento de acidentes de trabalho, com isso, emerge a necessidade de restituir as pessoas que necessitavam de reabilitação quanto às capacidades físicas, emocionais, sociais e familiares. O surgimento de instituições de atendimento a pessoas com deficiências no Brasil, data de períodos históricos diferentes e adotam modelos também diferentes de acordo com as circunstâncias e agentes de sua constituição, bem como com o tipo de deficiência a que se destina reabilitar. No tocante à enfermagem, o papel educativo e reabilitador do enfermeiro, são considerados desde o início da Enfermagem Moderna, quando Florence Nightingale, na Guerra da Criméia em 1859, prova a eficiência das enfermeiras treinadas para a recuperação dos soldados na manutenção e continuidade da vida, do retorno ao lar e à família. Esse estudo tem como objetivo descrever a trajetória histórica dos serviços que proporcionavam aos indivíduos incapacitados assistência no âmbito da reabilitação...

As regras e as práticas : factores organizacionais e transformações na política de reabilitação profissional das pessoas com deficiência

Veiga, Carlos
Fonte: Secretariado Nacional para a Reabilitação e Integração de Pessoas com Deficiência Publicador: Secretariado Nacional para a Reabilitação e Integração de Pessoas com Deficiência
Tipo: Parte de Livro
Publicado em //2006 POR
Relevância na Pesquisa
46.81%
Este trabalho resulta de uma investigação realizada no campo da reabilitação profissional das pessoas com deficiência, tendo como centro de interesse a acção dos agentes das organizações cuja actividade social consiste na formação profissional e no apoio ao emprego dessas pessoas. O seu objectivo principal consiste em demonstrar como, a partir da análise de algumas das suas práticas, transformadoras das regras da política de reabilitação profissional, emergem consequências não intencionais da acção que contribuem para a reprodução do sistema de regras sociais sobre a deficiência.; Secretariado Nacional para a Reabilitação e Integração de Pessoas com Deficiência

Prefácio [a "As regras e as práticas : factores organizacionais e transformações na política de reabilitação profissional das pessoas com deficiência"]

Martins, Moisés de Lemos
Fonte: Secretariado Nacional para a Reabilitação e Integração das Pessoas com Deficiência Publicador: Secretariado Nacional para a Reabilitação e Integração das Pessoas com Deficiência
Tipo: Parte de Livro
Publicado em //2006 POR
Relevância na Pesquisa
46.85%
Prefácio a "As regras e as práticas : factores organizacionais e transformações na política de reabilitação profissional das pessoas com deficiência", de Carlos Veloso da Veiga; (Excerto) O estudo da política de reabilitação profissional das pessoas com deficiência tem sido o principal objecto de investigação de Carlos Veiga, desde que, há cerca de quinze anos, começou uma carreira académica no Departamento de Sociologia da Universidade do Minho. Depois de, em 1999, ter publicado Cooperativas de Educação e Reabilitação de Crianças lnadaptadas. Uma Visão Global, nas Edições do Secretariado Nacional para a Reabilitação e Integração das Pessoas com Deficiência, Carlos Veiga da agora a estampa um estudo que constitui a refundação da tese de doutoramento, que defendeu na Universidade do Minho, em Julho de 2004.

Reabilitação sustentável de estruturas em betão armado; Sustainable rehabilitation of reinforced concrete structures

Carvalho, Márcia Filomena Santos
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
37.02%
Dissertação de mestrado integrado em Engenharia Civil; A minha dissertação consistiu na reabilitação sustentável de estruturas de betão armado. Estudou-se um caso de estudo, um reservatório de abastecimento de água que se encontrava bastante degradado. As técnicas de reabilitação estudadas foram reabilitação com argamassa de reparação e laminados e carbono colados com uma cola possuindo resinas epóxi e reabilitação com betão projectado e laminados de carbono colados também com uma cola possuindo resinas epóxi. Dentro destas técnicas havia duas hipóteses, ou se reabilitava todo o reservatório ou restituía-se a cobertura e reabilitava-se a estrutura. Para saber-se qual a técnica de reabilitação mais sustentável foi necessário estimar os custos de reabilitação através de um software que foi o CYPE. Feita a orçamentação concluiu-se que a técnica economicamente mais sustentável era a reabilitação com argamassa de reparação e laminados de carbono que custa cerca de 19.653,32 euros para reabilitar toda a estrutura, enquanto que a reabilitação com betão projectado e laminados de carbono custa cerca de 47.122,09 euros. A hipótese mais vantajosa do ponto de vista económico é a reabilitação de todo o reservatório (19.653...

Análise de estratégias para implementação da reabilitação urbana e salvaguarda do património vernacular; Strategies review for the implementation of Urban Interventions and Protection of Vernacular Architecture

Tavares, A.; Costa, A.; Varum, H.
Fonte: LNEC Publicador: LNEC
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
POR
Relevância na Pesquisa
37%
A reabilitação urbana apresenta-se de variadas formas no contexto nacional e internacional, regendo-se muitas vezes por princípios semelhantes que constam de documentos de instituições de referência, como a UNESCO e o ICOMOS. No entanto, os resultados da prática da intervenção de reabilitação com frequência demonstram que não ficaram garantidos os níveis adequados de salvaguarda da identidade do lugar que está inerente ao seu edificado. O presente estudo procurou analisar casos portugueses de reabilitação urbana, os casos de Bath e Bristol em Inglaterra, o de Kyoto do Japão, o de Istambul na Turquia e o de Bagan em Myanmar. O objetivo principal foi verificar que níveis de autenticidade do lugar foram garantidos após as estratégias de reabilitação, que metodologias foram seguidas e se revelaram mais adequadas, que níveis de participação cívica e da investigação entraram nessas estratégias e de que forma os processos têm potencialidade de aplicação a outras áreas urbanas, nomeadamente portuguesas. Foi dado um especial destaque à vertente habitacional da reabilitação e ao edificado vernacular que ainda se pode considerar como a imagem de muitas das nossas cidades. Como problemas a destacar nos processos de reabilitação analisados encontramos: desvio aos princípios e orientações de Cartas internacionais; implementação de intervenções sem estudos prévios aprofundados sobre a caracterização do edificado e da sua envolvente/lugar; intervenções sem garantia da manutenção do valor cultural e tecnológico dos edifícios...

Ensino de Enfermagem de Reabilitação em Portugal 1965-1987

Bule, Maria José; Fernandes, Manuel Agostinho Matos; Pires, Elsa; Rocha, João M.
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
37.01%
Questão de investigação: Como evoluiu a formação especializada em enfermagem de reabilitação em Portugal no período de 1965 a 1987? Objectivos: - Descrever as características dos cursos de especialidade em enfermagem de reabilitação (CEER) em Portugal: 1965 – 1987; - Descrever as tendências na formação especializada em enfermagem de reabilitação. Metodologia: Investigação histórica, Estudo descritivo. Métodos: Análise documental (Corpus de análise constituído pelos planos de estudos 1965- 1987). Resultados: A recuperação dos acidentados de guerra levaria à criação do Centro de Medicina Física e Reabilitação do Alcoitão (CMFRA) e no ano lectivo de 1964-1965 à organização do 1º CEER com inicio em 18 de Outubro de 1965. O primeiro plano de estudos nacional, foi elaborado por uma comissão em 1965, foi aprovado em 10 de Maio de 1967. Em 1973 é nomeado um grupo de trabalho para revisão do programa do CEER e foi aprovado a 12 de Agosto de 1974. Em 1983 o INSA- DEE aprovou o plano de estudos com a duração de 18 meses que foi revisto em 1987. Os planos mantiveram constantes algumas áreas: Enfermagem de reabilitação, reabilitação, anatomia, fisiologia e patologia. A partir de 1983 houve o incremento das ciências sociais e humanas. Também nas áreas constantes nos planos de estudo...

Benchmarking na gestão de unidades de saúde: Relevância, aplicabilidade e construção de um modelo de Benchmarking para o serviço de Fisioterapia de Medicina Física e Reabilitação do Hospital de Braga

Silva e Couto, HM
Fonte: Serviço de Medicina Física e Reabilitação, Hospital de Braga Publicador: Serviço de Medicina Física e Reabilitação, Hospital de Braga
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
46.81%
O trabalho realizado aborda a temática do Benchmarking em Gestão de Unidades de Saúde, a criação de um modelo de Benchmarking e indicadores não clínicos para a Fisioterapia do serviço de Medicina Física e Reabilitação do Hospital de Braga. Um modelo de Benchmarking adota várias fases que integram passos específicos que estruturam o processo, tornando-o uma ferramenta poderosa na análise comparativa e de melhoria continua. De acordo com a proposta apresentada, foi construído um modelo de Benchmarking específico para o serviço, focando os esforços na análise de indicadores e medidas para possibilitar a medição do sucesso dos processos determinados pela gestão inerentes ao funcionamento do serviço. Esta abordagem premiou a análise do impacto dos processos determinados pela gestão do serviço no Acesso e Equidade do utente do SNS no serviço de Fisioterapia de Medicina Física e Reabilitação do Hospital de Braga. Os indicadores foram submetidos a aprovação por parte dos Fisiatras e Fisioterapeutas do serviço de Medicina Física e Reabilitação, sendo validados e apresentados para futuras considerações Realizou-se uma análise do investimento na implementação do modelo construído. Como conclusão a ferramenta do Benchmarking na saúde poderá abordar indicadores de processo não clínicos. Existe potencial para a recolha de dados e utilidade dos indicadores...

A Medicina Física e de Reabilitação no Tratamento Multidisciplinar da Fibrose Quística

Francisco, R; Fonseca, F; Seixo, I; Pires, M
Fonte: Medicina Física e Reabilitação, Hospital Dona Estefânia, Centro Hospitalar Lisboa Central, EPE Publicador: Medicina Física e Reabilitação, Hospital Dona Estefânia, Centro Hospitalar Lisboa Central, EPE
Tipo: Outros
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
46.67%
A Fibrose Quística (FQ), é a doença hereditária mais comum na população caucasiana. Há uma grande variedade na apresentação e na gravidade clínicas. Os orgãos mais afectados são o pulmão e o pâncreas. Na maioria dos pacientes, a doença apresenta-se, na infância, como infecções recorrentes ou persistentes do tracto respiratório, malabsorção intestinal e má progressão ponderal. A maioria da morbilidade e mais de 90% da mortalidade correlaciona-se com doença pulmonar crónica e suas complicações. O papel da MFR no tratamento desta doença, está relacionado com a redução da obstrução das vias aéreas, melhorando a drenagem de secreções no sentido de melhorar a função pulmonar e tolerância ao exercício, manutenção/ melhoria da massa óssea, manutenção das amplitudes articulares e promoção do exercício aeróbio. A reabilitação respiratória, essencial no tratamento desta patologia, utiliza técnicas de limpeza das vias aéreas, de drenagem postural, drenagem autogénica, percussão torácica, pode auxiliar-se de dispositivos de pressão expiratória positiva. A utilização de técnicas com o objectivo de colheita de expectoração é de extrema importância, especialmente na criança mais pequena...

Reabilitação e Prevenção de Sequelas na Criança Queimada

Seixo, I; Nunes, D; Castro, A
Fonte: Medicina Física e Reabilitação, Hospital Dona Estefânia, Centro Hospitalar Lisboa Central, EPE Publicador: Medicina Física e Reabilitação, Hospital Dona Estefânia, Centro Hospitalar Lisboa Central, EPE
Tipo: Outros
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
46.75%
Neste trabalho as autoras salientam os principais aspectos do tratamento da Medicina Física e de Reabilitação (MFR) na criança queimada no sentido de prevenir ou minimizar as sequelas estéticas, funcionais ou psicológicas e as respectivas repercussões no seu desenvolvimento psicomotor. Após a abordagem sucinta das particularidades das queimaduras na criança são referidos os objectivos do programa de reabilitação. Quando é que este deve ser iniciado e o contexto que deve ser efectuado, assim como as diferentes áreas de intervenção da MFR (fisioterapia, terapia ocupacional, terapia da fala) e as suas particularidades. No internamento, destaca-se a importância dos posicionamentos e das diferentes técnicas cinesiológicas, como a cinesioterapia respiratória e as diversas formas de mobilização. No ambulatório, a necessidade de acompanhamento periódico em consulta, e a avaliação dos critérios para uso do material compressivo assim como a importância da colaboração dos pais no sucesso do tratamento da criança queimada As complicações que podem ocorrer, no decurso da evolução do processo cicatricial e que são mais frequentes na criança, nomeadamente o aparecimento de cicatrizes hipertroficas...

Reabilitação Funcional da Mão

Seixo, I
Fonte: Medicina Física e Reabilitação, Hospital Dona Estefânia, Centro Hospitalar Lisboa Central, EPE Publicador: Medicina Física e Reabilitação, Hospital Dona Estefânia, Centro Hospitalar Lisboa Central, EPE
Tipo: Outros
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
46.85%
A autora neste trabalho foca a complexidade anatómica e funcional da mão e procede há caracterização da etiologia das diferentes patologias que a afectam, destacando as de carácter traumático. Salienta a importância do exame objectivo no diagnóstico e da intervenção multidisciplinar no tratamento dessas patologias e das suas eventuais complicações. O tratamento de reabilitação deve ser iniciado precocemente e estabelecido em função da etiologia, idade e repercussão funcional. Destaca as particularidades da reabilitação da mão na criança e no adulto e os riscos que a incorrecta orientação terapêutica pode ter no desenvolvimento da criança. Referencia as diferentes modalidades terapêuticas utilizadas pela Medicina Física e de Reabilitação, nomeadamente as técnicas cinesiológicas e a utilização de ortoteses seus objectivos e indicações e os riscos da imobilização prolongada. Na reabilitação da mão salienta ainda a importância da terapia ocupacional nomeadamente na área da reeducação sensitiva.

Reabilitação de Reimplantação do Antebraço Distal Pós-Amputação - a Propósito de um Caso Clínico

Pisa, F; Dias, P; Moura, M; Braz, D; Fonseca, F; Rasteiro, D
Fonte: Sociedade Portuguesa de Medicina Física e de Reabilitação Publicador: Sociedade Portuguesa de Medicina Física e de Reabilitação
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
46.81%
Actualmente, o desafio da reimplantação do membro superior pós-amputação tornou-se uma realidade alcançável e minuciosamente aperfeiçoada nas últimas décadas, e em permanente evolução. A opção cirúrgica de reimplantação deve ter em conta não apenas a análise exclusiva da viabilidade do reimplante, mas, fundamentalmente o seu potencial de recuperação funcional a longo prazo. Apresenta-se o caso clínico de um jovem de 18 anos, fumador, transferido do Hospital do Barreiro, vítima de acidente de trabalho, com traumatismo por corte, do qual resultou amputação distal do antebraço direito. O tempo de isquemia quente foi de 4horas, tendo sido submetido a cirurgia de reimplantação conjunta por Ortopedia e Cirurgia Plástica e Reconstrutiva (CPR) para reimplantação. Na sequência da cirurgia, foi precocemente referenciado a Medicina Física e de Reabilitação (MFR), realizando um programa de reabilitação funcional sequencial. Este trabalho visa enfatizar a importância do papel da MFR num precoce, criterioso e extenso programa de reabilitação, factor fundamental na recuperação funcional e prognóstico a longo prazo destas lesões e prevenção de complicações.

A Medicina Física e de Reabilitação no Tratamento Multidisciplinar da Fibrose Quística

Francisco, R; Fonseca, F; Seixo, I; Pires, M
Fonte: Medicina Física e Reabilitação, Hospital Dona Estefânia, Centro Hospitalar Lisboa Central, EPE Publicador: Medicina Física e Reabilitação, Hospital Dona Estefânia, Centro Hospitalar Lisboa Central, EPE
Tipo: Outros
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
46.67%
A Fibrose Quística (FQ), é a doença hereditária mais comum na população caucasiana. Há uma grande variedade na apresentação e na gravidade clínicas. Os orgãos mais afectados são o pulmão e o pâncreas. Na maioria dos pacientes, a doença apresenta-se, na infância, como infecções recorrentes ou persistentes do tracto respiratório, malabsorção intestinal e má progressão ponderal. A maioria da morbilidade e mais de 90% da mortalidade correlaciona-se com doença pulmonar crónica e suas complicações. O papel da MFR no tratamento desta doença, está relacionado com a redução da obstrução das vias aéreas, melhorando a drenagem de secreções no sentido de melhorar a função pulmonar e tolerância ao exercício, manutenção/ melhoria da massa óssea, manutenção das amplitudes articulares e promoção do exercício aeróbio. A reabilitação respiratória, essencial no tratamento desta patologia, utiliza técnicas de limpeza das vias aéreas, de drenagem postural, drenagem autogénica, percussão torácica, pode auxiliar-se de dispositivos de pressão expiratória positiva. A utilização de técnicas com o objectivo de colheita de expectoração é de extrema importância, especialmente na criança mais pequena...

Reabilitação e Prevenção de Sequelas na Criança Queimada

Seixo, I; Nunes, D; Castro, A
Fonte: Medicina Física e Reabilitação, Hospital Dona Estefânia, Centro Hospitalar Lisboa Central, EPE Publicador: Medicina Física e Reabilitação, Hospital Dona Estefânia, Centro Hospitalar Lisboa Central, EPE
Tipo: Outros
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
46.75%
Neste trabalho as autoras salientam os principais aspectos do tratamento da Medicina Física e de Reabilitação (MFR) na criança queimada no sentido de prevenir ou minimizar as sequelas estéticas, funcionais ou psicológicas e as respectivas repercussões no seu desenvolvimento psicomotor. Após a abordagem sucinta das particularidades das queimaduras na criança são referidos os objectivos do programa de reabilitação. Quando é que este deve ser iniciado e o contexto que deve ser efectuado, assim como as diferentes áreas de intervenção da MFR (fisioterapia, terapia ocupacional, terapia da fala) e as suas particularidades. No internamento, destaca-se a importância dos posicionamentos e das diferentes técnicas cinesiológicas, como a cinesioterapia respiratória e as diversas formas de mobilização. No ambulatório, a necessidade de acompanhamento periódico em consulta, e a avaliação dos critérios para uso do material compressivo assim como a importância da colaboração dos pais no sucesso do tratamento da criança queimada As complicações que podem ocorrer, no decurso da evolução do processo cicatricial e que são mais frequentes na criança, nomeadamente o aparecimento de cicatrizes hipertroficas...

Reabilitação Funcional da Mão

Seixo, I
Fonte: Medicina Física e Reabilitação, Hospital Dona Estefânia, Centro Hospitalar Lisboa Central, EPE Publicador: Medicina Física e Reabilitação, Hospital Dona Estefânia, Centro Hospitalar Lisboa Central, EPE
Tipo: Outros
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
46.85%
A autora neste trabalho foca a complexidade anatómica e funcional da mão e procede há caracterização da etiologia das diferentes patologias que a afectam, destacando as de carácter traumático. Salienta a importância do exame objectivo no diagnóstico e da intervenção multidisciplinar no tratamento dessas patologias e das suas eventuais complicações. O tratamento de reabilitação deve ser iniciado precocemente e estabelecido em função da etiologia, idade e repercussão funcional. Destaca as particularidades da reabilitação da mão na criança e no adulto e os riscos que a incorrecta orientação terapêutica pode ter no desenvolvimento da criança. Referencia as diferentes modalidades terapêuticas utilizadas pela Medicina Física e de Reabilitação, nomeadamente as técnicas cinesiológicas e a utilização de ortoteses seus objectivos e indicações e os riscos da imobilização prolongada. Na reabilitação da mão salienta ainda a importância da terapia ocupacional nomeadamente na área da reeducação sensitiva.

Reabilitação de Reimplantação do Antebraço Distal Pós-Amputação - a Propósito de um Caso Clínico

Pisa, F; Dias, P; Moura, M; Braz, D; Fonseca, F; Rasteiro, D
Fonte: Sociedade Portuguesa de Medicina Física e de Reabilitação Publicador: Sociedade Portuguesa de Medicina Física e de Reabilitação
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
46.81%
Actualmente, o desafio da reimplantação do membro superior pós-amputação tornou-se uma realidade alcançável e minuciosamente aperfeiçoada nas últimas décadas, e em permanente evolução. A opção cirúrgica de reimplantação deve ter em conta não apenas a análise exclusiva da viabilidade do reimplante, mas, fundamentalmente o seu potencial de recuperação funcional a longo prazo. Apresenta-se o caso clínico de um jovem de 18 anos, fumador, transferido do Hospital do Barreiro, vítima de acidente de trabalho, com traumatismo por corte, do qual resultou amputação distal do antebraço direito. O tempo de isquemia quente foi de 4horas, tendo sido submetido a cirurgia de reimplantação conjunta por Ortopedia e Cirurgia Plástica e Reconstrutiva (CPR) para reimplantação. Na sequência da cirurgia, foi precocemente referenciado a Medicina Física e de Reabilitação (MFR), realizando um programa de reabilitação funcional sequencial. Este trabalho visa enfatizar a importância do papel da MFR num precoce, criterioso e extenso programa de reabilitação, factor fundamental na recuperação funcional e prognóstico a longo prazo destas lesões e prevenção de complicações.

Reabilitação de edifícios-construção nova situação na Beira Interior

Gomes, Joana Filipa Martins Machado
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
37.01%
Em Portugal, o sector da construção está direccionado para a construção nova. Após décadas de construção exaustiva, surge a questão do que fazer com os edifícios antigos que se foram degradando, sendo necessário redireccionar os investimentos para a reabilitação dos edifícios. Com este trabalho pretende-se fazer uma análise da actual situação de construção nova e reabilitação de edifícios em Portugal e em particular na região da Beira Interior. Nesse sentido, faz-se uma exposição dos investimentos do sector da construção em Portugal, no que respeita a obras concluídas e licenciadas, reabilitação de edifícios e estrutura das empresas. De forma a tentar contrariar a ideia geral de que há falta de apoios à reabilitação, faz-se uma pesquisa a nível nacional dos programas de apoio e benefícios fiscais, e especificamente nos concelhos da Beira Interior, das isenções/reduções nas taxas municipais e programas municipais de apoio à reabilitação. São ainda referenciados os principais diplomas regulamentares que regem o sector da construção, focando os pontos que mencionam a reabilitação de edifícios, particularmente aqueles que se referem à obrigatoriedade de conservação e manutenção do património. Desenvolve-se um modelo de avaliação da qualidade dos projectos de reabilitação...

Reabilitação de edifícios-construção nova situação na Beira Interior

Gomes, Joana Filipa Martins Machado
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
37.01%
Em Portugal, o sector da construção está direccionado para a construção nova. Após décadas de construção exaustiva, surge a questão do que fazer com os edifícios antigos que se foram degradando, sendo necessário redireccionar os investimentos para a reabilitação dos edifícios. Com este trabalho pretende-se fazer uma análise da actual situação de construção nova e reabilitação de edifícios em Portugal e em particular na região da Beira Interior. Nesse sentido, faz-se uma exposição dos investimentos do sector da construção em Portugal, no que respeita a obras concluídas e licenciadas, reabilitação de edifícios e estrutura das empresas. De forma a tentar contrariar a ideia geral de que há falta de apoios à reabilitação, faz-se uma pesquisa a nível nacional dos programas de apoio e benefícios fiscais, e especificamente nos concelhos da Beira Interior, das isenções/reduções nas taxas municipais e programas municipais de apoio à reabilitação. São ainda referenciados os principais diplomas regulamentares que regem o sector da construção, focando os pontos que mencionam a reabilitação de edifícios, particularmente aqueles que se referem à obrigatoriedade de conservação e manutenção do património. Desenvolve-se um modelo de avaliação da qualidade dos projectos de reabilitação...