Página 1 dos resultados de 10 itens digitais encontrados em 0.111 segundos

O rap e o funk na socialização de jovens : um estudo de caso; Rap and funk in the socialization of young people - a case study

Flores, Ludmila Dovizinski
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.18%
A presente pesquisa tem como foco o estudo da música como meio de expressão e socialização de jovens com idades entre 10 e 14 anos que freqüentam o SASE (Serviço de Apoio Sócio-educativo) no turno inverso da escola. Esse espaço educativo está situado na zona Leste de Porto Alegre. Os jovens que usufruem desse serviço são considerados jovens que vivem em situação de vulnerabilidade social. Os estilos de músicas ouvidos por esse grupo são majoritariamente Rap e Funk. Partindo das observações e reflexões realizadas acerca das atitudes desses jovens em relação à música foi elaborado o seguinte problema: Em que medida o consumo musical, especificamente os estilos Funk e Rap operam na subjetivação de sujeitosjovens da periferia? Os principais objetivos dessa pesquisa são visibilizar práticas de Funk e Rap de sujeitos jovens da periferia de Porto Alegre, mostrando como estas contribuem para sua socialização, bem como problematizar a produtividade de tais consumos musicais através das narrativas desses sujeitos na constituição de suas identidades.; This research focuses on the study of music as a means of expression and socialization of young people aged between 10 and 14 years who attend the SASE (Service Support Socio-educational) in the opposite shift of the school. This educational area is located in the east of Porto Alegre. Young people who take advantage of this service are considered young people living in socially vulnerable. The styles of music heard by this group are mostly Rap and Funk. Based on the observations and reflections made about the attitudes of these young people in relation to music was drafted the following issue: To what extent the consumption of music...

Juventude, mídias sonoras e cotidiano escolar: um estudo em escolas de periferia

Vale, Fernanda Feitosa do
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 170 f. : il., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
15.95%
Pós-graduação em Educação - IBRC; A pesquisa teve por objetivo analisar os significados da música na vida dos jovens de periferia, e verificar como os códigos juvenis associados às vivências musicais se fazem presentes na instituição escolar. O estudo foi desenvolvido em duas escolas de periferia situadas no município de Rio Claro – SP. No trabalho de campo distribuímos um questionário para as turmas do 1º e 2º ano do ensino médio matutino das duas escolas, com o objetivo de identificarmos diferentes grupos de jovens e os respectivos estilos musicais inscritos na sociabilidade de cada turma. Na primeira leitura dos dados, verificamos uma multiplicidade de estilos musicais na maioria dos questionários, e também alguns jovens que assinalaram apenas 1 estilo musical. A partir disto, construímos um questionário mais pormenorizado, e solicitamos aos alunos que indicassem os estilos musicais preferidos e aqueles de não afinidade. Responderam este questionário 316 jovens com idades entre 14 e 19 anos, matriculados nas duas escolas. Os estilos musicais mais citados foram o samba/pagode, dance/eletrônica e o funk. O que problematiza a concepção de que os jovens de periferia estariam fixados nos estilos musicais rap e/ou funk. Os dados foram analisados quantitativamente...

"A favela de influencia" : uma analise das praticas discursivas dos Racionais MCs

Ana Raquel Motta de Souza
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 20/12/2004 PT
Relevância na Pesquisa
26.34%
Este trabalho é uma análise das práticas discursivas a que adere o grupo de rap Racionais MCs, considerado por grande parte do público e da mídia como o mais importante grupo deste gênero musical no Brasil. O primeiro capitulo traça um breve panorama histórico do rap (rhythm and poetryj, o que inclui: seu nascimento nos guetos de Nova Iorque, EUA, no final da década de 1960 e sua chegada ao Brasil, mais especificamente a São Paulo, na década de 1980. Faz também uma reconstituição histórica do surgimento e trajetória do grupo Racionais MCs, através da união de seus quatro integrantes: Mano Brown e Ice Biue (da zona sul da periferia paulistana) e Edi Rock e KL Jay (da zona norte da periferia paulistana). Ainda nesse capítulo, estabelece-se uma breve discussão conceituai sobre o rap ser um género independente, que pode ser usado por qualquer grupo social, ou parte de uma determinada formação discursiva. Os segundo e terceiro capítulos aplicam à obra dos Racionais as sete hipóteses do livro Genèses du Discours, do autor francês Dominique Maingueneau. O segundo capítulo engloba as quatro primeiras hipóteses, que vinculam o discurso ao interdiscurso e buscam compor uma teoria acerca da competência discursiva. O terceiro capítulo engloba as três últimas hipóteses de Maingueneau...

Rua e escola : o Hip Hop como movimento porta voz dos sem vez; Street and school : the Hip Hop as movement spokes person of the without time

Cristina Maria Campos
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/02/2007 PT
Relevância na Pesquisa
36.1%
O tema da presente pesquisa é a influência da cultura de rua no cotidiano escolar, estudada através de fragmentos narrativos de uma professora de escola pública que focalizam as fronteiras/limites da rua e da escola na ótica da juventude de periferia da cidade de Campinas, tomando como eixo para sua visada o movimento Hip Hop e a cultura produzida no entorno da escola: sua arte e valores, buscando partilhar experiência de ressignificação e inclusão no espaço escolar para a juventude que não se sente reconhecida nesse espaço. Utilizando a investigação narrativa, seu processo de escritura resgata a história de formação da própria professora-pesquisadora, inúmeros fragmentos da história do movimento Hip Hop em Campinas e a literatura produzida no nível local, buscando algumas inserções destas no movimento internacional. O foco da investigação é o registro dos grupos existentes, das letras de raps que circulam e afazem a cabeça' de parte da juventude de periferia de Campinas. Utilizam-se como instrumentos de pesquisa entrevistas informais, gravações das músicas, registros de leiras e encontros informais com rappers. Com esse processo de 'resgate/engate", expõe outros lados e versões, via de regra silenciados na cultura oficial e nos registros homogêneos da escola institucionalizada...

Música rap: narrativa dos jovens da periferia de Teresina - PI; Música rap: narrativa de los jóvenes de la periferia de Teresina-PI; Rap music: youth narrative from Teresina’s outskirts

Silva, Antonio Leandro da
Fonte: Universidade de São Paulo. Instituto de Psicologia Publicador: Universidade de São Paulo. Instituto de Psicologia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2006 POR
Relevância na Pesquisa
46.38%
O objetivo principal deste artigo consiste em discutir a importância da música rap e do hip hop para a socialização dos jovens da periferia de Teresina-PI. A pesquisa, baseada em relevantes aportes teóricos sobre “memória” e “narrativa”, analisa o rap como uma “nova forma de narrativa” contemporânea. Optamos também pela história oral de vida como técnica qualitativa porque as narrativas dos sujeitos entrevistados nos ajudaram a mapear os espaços de sociabilidade juvenil, reconstruir a trajetória do movimento hip hop e analisar as implicações do hip hop e do rap na construção das identidades étnicas desses jovens.; El objetivo principal de este artículo consiste en discutir la importancia de la música rap y del hip hop para la socialización de los jóvenes da periferia de Teresina-PI. La investigación, com base en relevantes aportes teóricos sobre “memoria” y “narrativa”, analisa el rap como una “nueva forma de narrativa” contemporanea. Asimismo, optamos por la historia oral de vida como técnica cualitativa porque las narrativas de los sujetos entrevistados nos ayudaron a mapear los espacios de sociabilidad juvenil, reconstruir la trajetória del movimiento hip hop y analisar las implicaciones del hip hop y del rap en la construcción de las identidades étnicas de esos jóvenes.; The main objective of this article consists in arguing about the importance of Rap and Hip Hop music for the youth socialization in Teresina’s outskirts. The research based on significant theoretical studies about “memory” and “narrative” shows that Rap is a new form of contemporary narrative. We also opted for verbal life history as a qualitative technique because the interviews helped us map youthful socialization spaces...

O rap e o funk na socialização da juventude; The rap and the funk in the socialization of youngsters

Dayrell, Juarez
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Educação Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Educação
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2002 POR
Relevância na Pesquisa
46.14%
O texto se propõe a discutir a importância dos grupos musicais juvenis nos processos de socialização vivenciados por jovens pobres na periferia de Belo Horizonte, problematizando o peso e o significado de ser membro de um grupo musical no conjunto da vida de cada um. Tem como foco os integrantes de três grupos de rap e três duplas de funk, procurando analisar as suas experiências culturais e o sentido que tais práticas adquirem no conjunto dos processos sociais que os constituem como sujeitos. Significa compreender como eles elaboram as suas vivências em torno do estilo, e os significados que atribuem a elas, no contexto social onde se inserem como jovens pobres. A discussão aponta que os jovens rappers e funkeiros encontram poucos espaços nas instituições do mundo adulto para construir referências e valores por meio dos quais possam se construir como sujeitos. Os estilos rap e funk assumem uma centralidade na vida desses jovens por intermédio das formas de sociabilidade que constroem, da música que criam, e dos eventos culturais que promovem. Esses estilos possibilitaram e vem possibilitando a esses jovens práticas, relações e símbolos por meio dos quais criam espaços próprios, significando uma referência na elaboração e vivência da sua condição juvenil...

Comunicação, educação, práticas de consumo e cidadania: em perspectiva o rap da periferia paulistana / Communication, education, consumption practices and citizenship: focusing on the rap from the outskirts of São Paulo

Budag, Fernanda Elouise; Marcelino, Rosilene Moraes Alves; Junqueira, Antonio Helio
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 03/04/2014 POR
Relevância na Pesquisa
36.13%
O presente artigo consiste em uma apresentação de resultados parciais de uma pesquisa mais ampla que propõe investigar o universo simbólico do hip hop, atendo-se à vertente do rap. Mais especificamente, analisar, a partir de revisão de literatura e da perspectiva da análise de discurso de linha francesa, as produções de um grupo de rap que nasceu na periferia de São Paulo, os Racionais MC’s, na intenção de compreender como a cultura midiática e a de consumo figuram em suas narrativas (letras das mú- sicas) e, nisso, procurar entender também como se constrói o sentido de cidadania. 

O rap dos Racionais MC\'s em sala de aula como via de emancipação de jovens na periferia de São Paulo: análises de oficinas musicais com ênfase no rap; The rap of Racionais MC´s in the classroom as a route of emancipation for teenagers living at the outskirts in São Paulo: analyses of workshops emphasizing rap

Martins, Raquel Mendonça
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 02/10/2015 PT
Relevância na Pesquisa
66.46%
A presente dissertação de mestrado teve o propósito de pesquisar em que medida a estética multifacetada do rap pode ser utilizada nos processos de formação de adolescentes pobres e moradores das periferias, em sua maioria, afrodescendentes. Ao identificar no rap um potencial de ruptura e de resistência frente às formas atuais de discriminação racial - tanto em seus aspectos musicais, quanto narrativos - foram realizadas oficinas de música com ênfase no rap, envolvendo jovens entre treze e quinze anos. As oficinas foram realizadas entre os anos de 2011 e 2013 em dois momentos distintos. O primeiro ocorreu na ONG Casa do Zezinho, situada no Capão Redondo, zona sul da cidade de São Paulo; o segundo foi realizado na Escola Municipal de Ensino Fundamental Amorim Lima, situada no Butantã, zona oeste da mesma cidade. As oficinas eram destinadas à promoção de atividades musicais, lúdicas e intelectuais, fundamentadas na estética do rap, tais como: improvisação musical livre com instrumentos de percussão, audições de rap e gêneros musicais de vanguarda, entre outras. Inicialmente, o objetivo da pesquisa norteou-se pela sensibilização de uma escuta musical que fosse propiciadora de uma ruptura com os modos de percepção homogeneizadores da indústria cultural. Inicialmente...

Expressões estéticas contemporâneas de resistência da juventude urbana e a luta por reconhecimento: uma leitura a partir de Nietzsche e Axel Honneth; Contemporary aesthetical expressions of resistance by the urban youth and the struggle for recognition: a reading of Nietzsche and Axel Honneth

Amaral, Mônica G. T. do
Fonte: Universidade de São Paulo. Instituto de Estudos Brasileiros Publicador: Universidade de São Paulo. Instituto de Estudos Brasileiros
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 18/12/2013 POR
Relevância na Pesquisa
36.14%
O artigo propõe um debate a partir das proposições de Nietzsche sobre a genealogia da moral e de suas ideias sobre a moral nobre e a moral doescravo, a moral de rebanho e o espírito livre, tomando esse conjunto de proposições como ferramenta de leitura de algumas letras de rap. Ao mesmo tempo, inspirado por um trabalho de pesquisa em educação com o rap na periferia, pretende provocar novas tensões nas ideias deste pensador, refletindo particularmente sobre as condições que têm sido enfrentadas pelas populações historicamente prejudicadas em nossa sociedade, por meio da leitura da gramática moral do conflito proposta por Axel Honneth.; The article proposes a debate based on Nietzsche’s propositions about the genealogy of morals and his ideas about the master and the slave morality, the herd morality and the free spirit, by taking all these tools to approach some rap lyrics. At the same time, inspired by a field research about education through rap in the outskirts, we intend to provoke new tensions in this thinker’s ideas, particularly by reflecting on the conditions that populations historically harmed in our society have been facing, with the understanding of the moral grammar of conflicts as proposed by Axel Honneth.

A sociabilidade juvenil e a rua: novos conflitos e ação coletiva na cidade; Juvenille sociability and the street: new conflicts and collective action in the city

Sposito, Marilia Pontes
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/1993 POR
Relevância na Pesquisa
26.08%
As novas formas de sociabilidade que se gestam entre os jovens, moradores dos bairros periféricos das grandes cidades, nascem principalmente da socialização no mundo da rua, suas esquinas e pontos de encontro, onde desenvolvem relações de amizade e lazer, enfrentam os mecanismos da violência urbana e vivem, na luta pela sobrevivência, o confronto diário com os aparelhos repressivos. Neste espaço buscam construir identidade coletivas e diversas modalidades de sociabilidade. Algumas formas de ação reúnem atividades expressivas em torno da música e da dança de rua, como o RAP - Rhythm and Poetry - na periferia de São Paulo e outras cidades brasileiras. Agrupando jovens, em suas maioria negros e pobres, o RAP por meio da dança e da música, praticadas sobretudo nas ruas, denuncia a exclusão cultural, a violência policial e critica a discriminação, sofrida no mundo do trabalho e da escola.; News forms of collective action spring up in the realm of urban life and feature as main actors the young dwellers of the outskirts of cities like São Paulo (Brazil). Brought about from the sociability in the world of the streets, these forms of action structure the young actors around various trends which may result in the formation of gangs...