Página 1 dos resultados de 10881 itens digitais encontrados em 0.007 segundos

38 - Sistemas agrários e melhoramento dos bovinos de raça mirandesa: o caso da freguesia de Paçó

Sousa, Fernando Ruivo de
Fonte: Instituto Politécnico de Bragança Publicador: Instituto Politécnico de Bragança
Tipo: Livro
POR; POR
Relevância na Pesquisa
36.92%
A raça mirandesa, considerada a raça autóctone portuguesa mais importante na primeira metade deste século, tem sofrido nas duas últimas décadas, uma grande erosão dos seus efectivos que a colocam em risco de extinção. Partindo de uma pesquisa bibliográfica sobre a origem, o solar e a caracterização da raça, faz-se uma apreciação das acções de melhoramento da raça levadas a cabo pelos organismos nele implicados desde 1907. Analisou-se ao nível de uma freguesia do seu solar a diversidade e o comportamento dos criadores de bovinos de raça mirandesa, através do estudo do processo de tomada de decisão dos agricultores relativamente a três níveis de objectivos: objectivos gerais, escolhas estratégicas e as escolhas tácticas no maneio dos bovinos. Para o efeito, recorremos a diversos tipos de inquérito, consulta do registo zootécnico do Livro genealógico e observação directa. Na tipologia elaborada diferenciaram-se 6 tipos e 9 subtipos de sistemas famílias-explorações, revelador da ocorrência de uma larga diversidade de situações. Relativamente às escolhas tácticas dos agricultores no maneio de bovinos observou-se que existia uma heterogeneidade étnica dos efectivos nas explorações...

Condições de realização da ordenha de caprinos de raça serrana na região de Trás-os-Montes

Barbosa, José Carlos; Teixeira, A.; Pereira, F.
Fonte: Associação Nacional de Caprinicultores de Raça Serrana, Escola Superior Agrária de Bragança Publicador: Associação Nacional de Caprinicultores de Raça Serrana, Escola Superior Agrária de Bragança
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
46.67%
Nas explorações de caprinos de raça Serrana em Trás-os-Montes, a ordenha é, quase sempre, realizada manualmente no local de alojamento dos animais, em deficientes condições de limpeza e higiene; e obriga o ordenhador a um trabalho duro e penoso. A ANCRAS e a Escola Superior Agrária de Bragança desenvolveram um projecto para a melhoria das condições de realização da ordenha de caprinos em Trás-os-Montes, que envolveu acções de estudo das condições das explorações; experimentação e demonstração de equipamentos de ordenha, em explorações de associados da ANCRAS; divulgação das técnicas e equipamentos de ordenha; e formação dos criadores. Com o presente trabalho, pretendemos apresentar as alterações verificadas nalgumas explorações que adoptaram os equipamentos de ordenha propostos. A utilização destes equipamentos de ordenha, nas explorações que aderiram, permitiu melhorar as condições de limpeza e higiene da ordenha, assim como as condições de trabalho dos criadores Palavras-chave: raça Serrana; ordenha; condições de trabalho na ordenha

Mirandesa

Sousa, Fernando Ruivo de; Sanchéz García, Luciano
Fonte: Associação dos Criadores de Bovinos de Raça Mirandesa Publicador: Associação dos Criadores de Bovinos de Raça Mirandesa
Tipo: Livro
POR
Relevância na Pesquisa
36.83%
No ano de 2009, o Livro Genealógico dos bovinos de raça Mirandesa comemora o quinquagésimo aniversário da publicação do seu Regulamento em Diário da República. Também neste ano se comemoram o trigésimo aniversário da Cooperativa Agropecuária Mirandesa, organização que integra o Agrupamento de Produtores da DOP Carne Mirandesa, e o vigésimo aniversário da Associação dos Criadores de Bovinos de Raça Mirandesa, que gere o Livro Genealógico desde o ano de 1992; por fim, comemora- se ainda o centenário da publicação do Decreto do Governo que institui o registo de descendência para os reprodutores de bovinos de raça Mirandesa. Os bovinos de raça Mirandesa são uma raça portuguesa que teve berço no Planalto Mirandês. Ao longo dos últimos dois séculos tem desempenhado um papel de grande relevo na pecuária nacional. Entre o século XIX e o terceiro quartel do século seguinte foram a principal fonte de tracção para os trabalhos agrícolas numa área muito significativa do território nacional, de Trás-os-Montes ao Alentejo, com excepção das províncias do Minho, Baixo Alentejo e Algarve. Nesta vasta região, além do trabalho, a raça mantinha uma adequada eficiência reprodutiva produzindo carne cuja qualidade foi...

Impacto da raça e ancestralidade na apresentação e evolução da doença de Crohn no Brasil; The impact of race and ancestry in the presentation and progression of Crohn's disease in Brazil

Poli, Debora Dourado
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 14/05/2007 PT
Relevância na Pesquisa
36.77%
INTRODUÇÃO: A doença de Crohn (DC) é uma doença inflamatória intestinal (DII) crônica de etiologia desconhecida, apesar de fatores genéticos e ambientais estarem envolvidos. Os fatores étnicos relacionados com a DC são muito controversos. Parece haver uma maior incidência em brancos, porém alguns estudos demonstram aumento da prevalência entre negros nos últimos 30 anos e sugerem diferenças na apresentação clínica. O Brasil apresenta uma população miscigenada, com importante imigração européia e africana. Temos dois objetivos principais: 1) caracterizar os pacientes com DC em um centro de referência brasileiro e 2) correlacionar as características fenotípicas dos nossos pacientes com a raça/cor e ancestralidade. MÉTODOS: Foram incluídos 273 pacientes acompanhados no Ambulatório de Intestino do HC-FMUSP com o diagnóstico de DC previamente estabelecido. Dados demográficos, o curso e as características clínicas da doença, manifestações extra-intestinais, uso de medicamentos e escores de gravidade foram registrados a partir dos prontuários e de entrevistas com os pacientes. RESULTADOS: A maioria dos pacientes era do sexo feminino (164 pacientes, 60%). A média da idade dos pacientes foi 40,3 anos + 13...

Relações raça e gênero em jogo: a questão reprodutiva de mulheres negras e brancas ; Relations of race and gender in the game: the reproductive issue of the black and white women.

Souzas, Raquel
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 28/06/2004 PT
Relevância na Pesquisa
36.8%
Introdução: No âmbito das discussões de gênero e raça, as desigualdades que marcam a condição da mulher, nem sempre, são contempladas, ao contrário, há uma série de discursos que visam a naturalizar diferenças, forjadas historicamente. Nesse sentido, indagar sobre o significado dessas diferenças, no âmbito da saúde reprodutiva, apresenta-se como problema de investigação. Nesse campo, decisões e arranjos reprodutivos dos indivíduos partem ou resultam em processos de negociação, não só condicionados pela realidade partilhada entre os mesmos, como pelas ações que são modeladas, segundo valores e normas sociais. Estes se caracterizam por um certo dinamismo e possibilidade de transformação e resignificação. Hipótese e objetivo: Partindo da hipótese básica de que, ao lado da reconhecida transversalidade de gênero, amplamente divulgada na literatura especializada, raça/etnia apresenta-se, igualmente, como tal, nas questões reprodutivas, no presente trabalho propõe-se, como objetivo central, analisar a questão da transversalidade de gênero e de raça, buscando reter de que forma tais transversalidades se apresentam no tratamento de problemas inerentes à área da Saúde Reprodutiva como, por exemplo...

Raça em Revista: identidade e discurso na mídia negra; Raça em Revista: identidade e discurso na mídia negra

Ramos, Daniele Gross
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 13/10/2010 PT
Relevância na Pesquisa
36.8%
Interessados em estudar as minorias sociais em um país de cultura racista, tomamos por objeto de estudo a revista impressa Raça Brasil, principal publicação comercial destinada a um público que, desde 2009, já perfaz a maior representação étnica de nosso país. Buscamos demonstrar a relevância que a mídia tem nas questões da visibilidade e do consumo, tanto no que diz respeito à ampliação da cidadania, como na valorização do indivíduo enquanto ser social. Raça Brasil adquire um papel importante enquanto meio de comunicação, uma vez que incentiva a quebra da invisibilidade social de um grupo étnico, ainda percebido como minoria, apesar de já representar o maior contingente populacional brasileiro. A pesquisa aqui apresentada abarca as questões de identidade/identificação, nos eixos dos Estudos Culturais e da Psicanálise. Desse modo, para atingirmos nosso objetivo de pesquisar a identidade do negro construída pela revista, observando as questões do ethos e da cenografia em sua enunciação, utilizamos duas tipificações metodológicas. A primeira foi o mapeamento dessa publicação (amostragem de 133/139 edições; setembro/1996 a dezembro/2009), abrangendo apenas o conteúdo jornalístico. Para tal, foi desenvolvido um banco de dados em SQL Server Express Edition...

Raça e comportamento político em perspectiva comparada: evidências de Belo Horizonte e da Cidade do Cabo; Race and political behavior in comparative perspective: evidence from Belo Horizonte and Cape Town

Bueno, Natalia Salgado
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 16/09/2010 PT
Relevância na Pesquisa
36.91%
O objetivo deste trabalho é discutir a relação entre raça e comportamento político, em especial o papel da raça na participação política não eleitoral (organizações políticas e ativismo político). A partir da abordagem baseada em recursos, estabelecem-se os estatutos analíticos imputados à raça através, principalmente, dos trabalhos de Sidney Verba e seus colaboradores. Para além de identificar as contribuições (e as críticas a essas contribuições) sobre o papel da raça na participação política na abordagem dos recursos, foram identificadas as proposições das literaturas sobre Brasil e África do Sul, uma vez que foram analisados os casos de Belo Horizonte e da Cidade do Cabo. Para qualificar a análise empírica, lançou-se mão da literatura sobre categorização racial no Brasil e na África do Sul, com o intuito de qualificar as hipóteses e proposições da literatura sobre raça e comportamento político a partir dos significados de raça em cada país. Em síntese, encontrou-se que, na Cidade do Cabo, a probabilidade de participar politicamente aumenta substantivamente quando um indivíduo se identifica como African, enquanto ter mais recursos como escolaridade e renda não afeta a probabilidade de participar. Já em Belo Horizonte a posse de recursos como renda e escolaridade eleva substantivamente a probabilidade de participar ao passo que a identificação racial não distingue quem participa e quem não participa. Em ambas as cidades...

Leishmaniose Visceral: raça canina e perfil lipídico; Visceral leishmaniasis: canine breeds and lipid profile

Fonseca, Andre Luis Soares da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 05/12/2013 PT
Relevância na Pesquisa
36.83%
A leishmaniose visceral, causada no Brasil por protozoários da espécie Leishmania (L.) infantum, apresenta-se nos canídeos com manifestações similares à doença humana. Diversos trabalhos tem investigado a relação entre raças caninas e suscetibilidade/resistência à doença sendo as alterações lipídicas consideradas também nessa avaliação. Para avaliar o grau de comprometimento conforme a raça e as alternações lipídicas nos cães portadores de leishmaniose visceral, analisamos alterações hematológicas e bioquímicas frente à manifestação da doença em diferentes raças ou grupos raciais. Para tanto, incluímos 162 cães de área endêmica, sem histórico de outras patologias ou de vacinação contra leishmaniose, organizados em grupos de cães naturalmente infectados segundo a raça, quais sejam, Boxer, Labrador, Pit Bull, Sem Raça Definida (SRD) e Outras Raças, e grupo controle não infectados. Na avaliação das manifestações clínicas, dividimos os animais, dentro de cada grupo de cães infectados em assintomáticos (sem nenhum sinal clínico), oligossintomáticos (de 1 a 3 sinais clínicos) e polissintomáticos (acima de 3 sinais clínicos). As raças/grupos formadas pelo total de cães infectados (assintomáticos + oligossintomáticos + polissintomáticos) também foram avaliados segundo o escore de gravidade da infecção. Para analisar as possíveis alterações laboratoriais decorrentes da infecção de cães por Leishmania (L.) infantum foram realizados hemograma...

O programa pró-equidade de gênero e raça e o enfrentamento das desigualdades no mundo do trabalho: um estudo a partir dos sentidos construídos pela secretaria de políticas para as mulheres

Ortiz, Marilia Sorrini Peres
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.77%
Esta dissertação discute os efeitos da competição sobre os sentidos que envolvem as políticas afirmativas em prol da igualdade de oportunidades e tratamento entre mulheres e homens no mundo do trabalho formal. Para tanto, toma como objeto de pesquisa o Programa Pró-Equidade de Gênero e Raça, buscando revelar as ideias e ações que estruturam e movem sua intencionalidade na Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM) do governo federal – instituição responsável pela política. A fonte prioritária das análises aqui produzidas são as narrativas de atrizes-chave que participaram da concepção e da implementação do Programa. Utiliza-se a Análise Crítica do Discurso (ACD) como metodologia e o contexto epistêmico de “ações afirmativas” e de “gestão diversidade” para localizar os campos discursivos das narrativas acessadas. A compreensão de sentidos é fundamentada com base em aportes teóricos afeitos ao campo de estudos organizacionais com vistas a revelar a materialidade ideológica por trás dos discursos. Com base no trabalho de Thoenig (2007) analisou-se de que forma a interdependência entre diferentes campos organizacionais internos e externos à SPM mobiliza a construção do padrão que fundamenta o Programa Pró-Equidade de Gênero e Raça. Complementarmente...

Gênero, raça e classe social no currículo

Carvalho, Marie Jane Soares
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.85%
As questões de gênero, raça e classe social compõem a tríade da estruturação social. No currículo atualizam-se as posicionalidades de sujeito através de processos que podem manter, gerar, intensificar e/ou questionar as discriminações e desigualdades de gênero, raça e classe social. Destaca-se a conexão entre as propostas político-partidárias para a educação, as condições humanas e os recursos pedagógicos para sua realização. Analisa-se os avanços, os impasses, as limitações das propostas político-pedagógicas e dos projetos pedagógicos no currículo organizado por seriação e por ciclos de formação. Examina-se as questões de gênero, de raça e de classe social e sua dinâmica no cotidiano da escola e na prática pedagógica. Compreende-se o currículo como a relação dialética entre práticas e discursos cotidianos tanto intencionais (as ações pensadas, discutidas, planejadas e executadas) como não intencionais (os efeitos deletérios ou não do processo de ensino-aprendizagem). Com o objetivo de perscrutar os processos pedagógicos, a perspectiva metodológica baseia-se nos estudos feministas. Os métodos empregados foram o registro etnográfico, a observação participante e a análise de diferentes documentos internos e externos às escolas da pesquisa. A estratégia analítica assentou-se na comparação em triangulação de dados qualitativos e quantitativos de três escolas com diferentes propostas políticopedagógicas e projetos pedagógicos. A escola é um espaço de atualização e aprendizagem das posicionalidades de sujeito que envolvem gênero...

Caracterização do ciclo estral de éguas da raça pantaneiro e campeiro no planalto central; Characteristics of oestrus cycle in the Pantaneiro and Campeiro mares on Central Plateou

Nascimento, Jessica Neri
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
36.83%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia, e Medicina Veterinária, 2014.; O cavalo Campeiro e Pantaneiro são raças localmente adaptadas que possuem importantes características adaptativas como rusticidade, resistência a longas caminhadas e capacidade de tração. Com o intuito de conservação deste recurso genético e visando a seleção e o melhoramento genético destas raças diversos estudos estão sendo realizados com estes animais. Neste sentido, objetivou-se com este Experimento avaliar as principais características do ciclo estral das éguas da raça Campeiro e Pantaneiro nas diferentes estações do ano. Foram utilizadas seis éguas de cada raça (n=6). Um ciclo estral de cada égua foi acompanhado por palpação retal e ultrassonografia em cada uma das diferentes estações do ano. As raças foram separadas em capítulos. O capítulo 2 mostra que para as éguas da raça Pantaneiro, houve diferença na duração do ciclo estral. Os meses de Outono e Inverno apresentaram o ciclo estral mais prolongado quando comparados aos meses de Primavera e Verão. Sobre dia de divergência e tamanho folicular, dia de dominância e tamanho folicular, tamanho do folículo pré ovulatório e tamanho da estrutura lútea nas éguas Pantaneiras não houve diferença entre as estações do ano. A maioria das éguas Pantaneiras se mantiveram cíclicas durante as estações do ano no Outono (06/06)...

Avaliação técnico-económica da produção de caprinos da raça Serpentina em seis explorações agrícolas - contextos da PAC actual e da PAC pós 2013

Fernandes, Luís; Rosado, Maria; Marques, Fernando; Cachatra, António; Carreira, Paulo; Saraiva, Vitor; Babo, Helena; Gomes, Patrícia
Fonte: SPREGA Sociedade Portuguesa de Recursos Genéticos Animais e SERGA Sociedad Espanola para los Recursos Genéticos Animales Publicador: SPREGA Sociedade Portuguesa de Recursos Genéticos Animais e SERGA Sociedad Espanola para los Recursos Genéticos Animales
Tipo: Aula
POR
Relevância na Pesquisa
36.8%
Avaliação técnico-económica da produção de caprinos da raça Serpentina em 6 explorações agrícolas - contextos da PAC actual e da PAC pós 2013 Fernandes, L.*, Rosado, M.*, Marques, F.*, Cachatra, A.**, Carreira, P.**, Saraiva, V.**, Babo, H.**, Gomes, P.*** * Universidade de Évora; ** Associação Portuguesa de de Caprinicultores da Raça Serpentina; *** aluna de Ciência e Tecnologia Animal da Universidade de Évora Palavras-chave: caprinos raça Serpentina, exploração agrícola, sistemas de produção, cenários da PAC, resultados técnico-económicos O presente trabalho teve por base dados técnicos e económicos recolhidos em explorações agrícolas associadas na APCRS - Associação Portuguesa de Caprinicultores da Raça Serpentina – e respeitantes ao período 2010/2011. O registo da informação técnica e económica implicou que para cada exploração agrícola integrante do estudo se procedesse à identificação, caracterização e valorização económica dos recursos associados à produção de caprinos da raça Serpentina (terras e águas, melhoramentos fundiários, construções e instalações, máquinas e equipamentos, reprodutores), assim como à contabilização dos produtos e serviços adquiridos e dos proveitos obtidos (vendas de leite e de animais...

Mortalidade infantil segundo raça/cor no Brasil: o que dizem os sistemas nacionais de informação?

Cardoso,Andrey Moreira; Santos,Ricardo Ventura; Coimbra Jr.,Carlos E. A.
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2005 PT
Relevância na Pesquisa
36.83%
O trabalho analisa a consistência dos Sistemas de Informações Sobre Mortalidade (SIM) e Sobre Nascidos Vivos (SINASC) como fontes de dados para a avaliação de desigualdades em raça/cor em saúde no Brasil. Foram obtidas taxas de mortalidade infantil (TMI) segundo raça/cor informada nas declarações de óbitos e nascidos vivos (NV), para o país e grandes regiões, no período 1999/2002. Estimou-se também a TMI segundo raça/cor a partir da incorporação dos óbitos e NV com raça/cor não informada por dois critérios. Compararam-se as TMI obtidas no estudo com as TMI estimadas por métodos indiretos. Foram também calculadas razões das TMI entre categorias de raça/cor. Observou-se redução substancial do número de óbitos e NV com raça/cor não informada no período. Em 2002, a mortalidade infantil das crianças pretas superou em 30,0% e 80,0% a mortalidade infantil das brancas e em 40,0% e 80,0% a das pardas; o diferencial de mortalidade entre crianças indígenas e brancas ou pardas variou de 40,0% a 90,0% a mais para as primeiras. Espera-se que a melhoria dos registros do SIM e do SINASC permita um aprofundamento da discussão sobre desigualdades em saúde segundo raça, cor e etnia no país.

Estimativa de coeficiente de endogamia (Fis) de uma amostra de touros representativa das principais linhagens da raça Nelore

TIZIOTO, P. C.; SANTIAGO, A. C.; SIQUEIRA, F.; ROSA, A. do N.; SILVA, L. O. C. da; TORRES JUNIOR, R. A. de A.; ALENCAR, M. M. de.
Fonte: In: JORNADA CIENTÍFICA-EMBRAPA SÃO CARLOS, 2009, São Carlos, SP. Anais... São Carlos: Embrapa Pecuária Sudeste: Embrapa Instrumentação Agropecuária, 2009. Editado por Luiz Francisco Zafalon, Simone Cristina Méo Niciura. Publicador: In: JORNADA CIENTÍFICA-EMBRAPA SÃO CARLOS, 2009, São Carlos, SP. Anais... São Carlos: Embrapa Pecuária Sudeste: Embrapa Instrumentação Agropecuária, 2009. Editado por Luiz Francisco Zafalon, Simone Cristina Méo Niciura.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Formato: p. 35
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.83%
A raça Nelore é de origem indiana e, em seu país de origem, é utilizada para produção de leite. No final do século XIV, esses animais foram importados da Índia e adaptaram-se muito bem em nosso país, devido às semelhanças das condições ambientais do Brasil com as da Índia. No Brasil, essa raça foi incluída em programas de melhoramento genético, sendo utilizada para a produção de carne. O rebanho de zebuínos corresponde a cerca de 80% do rebanho nacional, sendo a raça Nelore a que predomina. Essa predominância pode ser explicada pelos altos índices de desempenho reprodutivo e produtivo apresentados pelo Nelore. Os coeficientes de fixação, inclusive o Fis, são parâmetros importantes em genética quantitativa e de populações, pois podem ser úteis para informar sobre homozigosidade, deriva, endogamia e variação quantitativa. O Fis estima o coeficiente de endogamia intrapopulacional. O objetivo deste trabalho foi estimar o coeficiente de endogamia Fis de uma amostra de touros representativos das principais linhagens da raça Nelore. Foram utilizados 30 touros, escolhidos para representar a variabilidade da raça. O DNA dos touros foi obtido a partir de sêmen congelado, proveniente de centrais de inseminação artificial. Os 30 touros foram caracterizados geneticamente...

Estudo da associação entre um SNP do gene FABP4 e espessura de gordura subcutânea em uma população de bovinos da raça Canchim.

TIZIOTO, P. C.; VENERONI, G. B.; MEIRELLES, S. L.; IBELLI, A. M. G.; ALENCAR, M. M. de; OLIVEIRA, H. N.; REGITANO, L. C. de A.
Fonte: In: REUNIÃO ANUAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA ZOOTECNIA, 47., 2010, Salvador. Empreendorismo e progresso científicos na zootecnia brasileira de vanguarda - anais. Salvador: SBZ: UFBA, 2010. Publicador: In: REUNIÃO ANUAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA ZOOTECNIA, 47., 2010, Salvador. Empreendorismo e progresso científicos na zootecnia brasileira de vanguarda - anais. Salvador: SBZ: UFBA, 2010.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.8%
O Canchim é uma raça composta, que foi criada procurando reunir a rusticidade do Nelore com a produtividade do Charolês. Esta raça vem sendo incorporada como uma opção para produção de carne no Brasil, entretanto é tardia em relação à deposição de gordura quando criada somente a pasto. Pesquisas têm sido realizadas com o objetivo identificar marcadores moleculares associados com a variação da espessura de gordura subcutânea (EGS) em bovinos de corte. O gene FABP4 é candidato para influenciar a característica em questão. O objetivo deste trabalho foi investigar a associação entre um polimorfismo de única base (SNP) localizado no gene FABP4 e EGS em bovinos da raça Canchim. Para essa análise foram utilizados 558 bovinos da raça Canchim criados a pasto. A associação entre os genótipos dos marcadores e medidas de espessura de gordura subcutânea foi analisada com um modelo animal, usando o método de máxima verossimilhança restrita através do programa ASREML. Foi observado efeito significativo (P<0,05) do SNP estudado sobre EGS nesta população da raça Canchim. Os resultados sugerem que a substituição de um alelo G por um alelo A pode conduzir à uma diminuição de 0,11 mm na média de EGS dessa população da raça Canchim.; 2010

Diferenças socioeconômicas entre autoclassifi cação e heteroclassifi cação de cor/raça = Socioeconomic differences between self- and interviewer-classification of color/race; Diferencas socioeconomicas entre autoclassifi cacao e heteroclassifi cacao de cor/raca = Socioeconomic differences between self- and interviewer-classification of color/race

Bastos, J.; De Anselmo Peres, M.; Glazer De Anselmo Peres, K.; Dumith, S.; Gigante, D.
Fonte: Revista de Saude Publica Publicador: Revista de Saude Publica
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2008 EN
Relevância na Pesquisa
36.8%
OBJETIVO: Avaliar (1) a consistência entre cor/raça autoclassificada e determinada por entrevistador segundo variáveis socioeconômicas e demográficas e (2) a magnitude das desigualdades étnico-raciais de renda e condição socioeconômica utilizando cor/raça autoclassifi cada e heteroclassifi cada. MÉTODOS: Estudo transversal de base populacional com indivíduos >20 anos (N=3.353), de ambos os sexos, conduzido na zona urbana de Pelotas, Rio Grande do Sul, em 2005. O processo de amostragem ocorreu em dois estágios e a coleta de dados foi domiciliar. Foram utilizados questionários padronizados e pré-codifi cados, aplicados sob a forma de entrevistas face-a-face. A consistência entre cor/raça autoclassifi cada e determinada pelo entrevistador foi verifi cada por meio da proporção de concordância e estatística kappa. Desigualdades étnico-raciais de renda e condição socioeconômica foram estimadas com os modelos de regressão linear e logística ordinal, ajustando-se para sexo, idade e escolaridade. RESULTADOS: A taxa de resposta foi de 93,5%. Apesar da alta reprodutibilidade observada para cor/raça, verificou-se tendência de branqueamento dos entrevistados. Autoclassifi cados pardos e pretos tiveram 1,4 e 1,5 vezes mais chance de serem classifi cados como brancos do que como pretos e pardos...

Caracterització estructural i racial de la raça ovina aranesa

Parés i Casanova, Pere-Miquel
Fonte: Bellaterra : Universitat Autònoma de Barcelona, Publicador: Bellaterra : Universitat Autònoma de Barcelona,
Tipo: Tesis i dissertacions electròniques; info:eu-repo/semantics/doctoralThesis Formato: application/pdf
Publicado em //2009 CAT; CAT
Relevância na Pesquisa
36.85%
Consultable des del TDX; Títol obtingut de la portada digitalitzada; Aquesta tesi mostra, primerament, els resultats de l'enquesta efectuada als titulars d'explotacions araneses d'ovins, així com la caracterització morfològica de la raça Aranesa mitjançant l'estudi de 31 mesures morfològiques quantitatives, 17 índexs d'interès etnològic i funcional, i les variables qualitatives més importants en etnologia, així com un estudi de la llana. En total s'han enquestat 54 ramaderies, amidat 197 animals adults per a la biometria i mostrejat 53 animals per a l'estudi de la llana. El cens oví aranès l'any 2003 era de 2.569 ovelles i 92 marrans, estimant-se en unes 1.489 ovelles i uns 61 marrans els ovins purs aranesos. Aquestes xifres fan entrar l'Aranesa dins la categoria 4, estatus de perill d'extinció, d'acord amb els criteris de l'EAAP (European Association for Animal Production). Els ramats són de dimensions enormement variables i s'exploten en sistema extensiu en pastures naturals, amb aprofitament estival en peixius d'alta o mitjana muntanya. L'Aranès és un tipus oví d'aptitud càrnia poc marcada, que produeix corders de tipus pasqual pesat, criats "a braguer". El maneig productiu és força dissimilar entre explotacions. Poc menys de la meitat de les explotacions sincronitzen els zels mitjançant la separació dels mascles; en aquestes explotacions...

La Raça bovina Bruna dels Pirineus : qualitat de la canal i de la carn : característiques bioquímiques del múscul longissimus thoracis en set races autòctones

Serra i Dalmau, Xavier
Fonte: Bellaterra : Universitat Autònoma de Barcelona, Publicador: Bellaterra : Universitat Autònoma de Barcelona,
Tipo: Tesis i dissertacions electròniques; info:eu-repo/semantics/doctoralThesis Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em //2001 CAT; CAT
Relevância na Pesquisa
36.83%
Descripció del recurs: 11 de juliol de 2002; Consultable des del TDX; Títol obtingut de la pantalla digitalitzada; L'objectiu principal d'aquesta tesi és la caracterització de la raça bovina Bruna dels Pirineus per tal de conèixer, per una banda, la variabilitat de la raça en relació a la qualitat de la canal, la qualitat de la carn i les característiques bioquímiques del múscul longissimus thoracis (pigments hemo, percentatge de miosina MHC I mitjançant ELISA i activitats enzimàtiques lactat deshidrogenasa i isocitrat deshidrogenasa) i, per l'altra, l'estudi de les seves relacions amb les variables o atributs de l'anàlisi sensorial (olor de vedella, olor de fetge, flavor de vedella, flavor de fetge, tendresa i sucositat), a fi de poder avaluar objectivament el potencial d'aquesta raça. Un total de 74 vedells mascles de la raça Bruna dels Pirineus (provinents de 22 ramaders i engreixats al llarg dels anys 1996-98) van ser deslletats als 7 mesos de mitjana d'edat i amb un pes mitjà de 268 kg. L'alimentació del període d'engreix (171 dies de mitjana) va ser ad libitum, amb una dieta exclusivament vegetal, a base de pinso concentrat i suplementada amb farratge. El pes viu de sacrifici dels animals fou de 541,3 ±29...

Mortalidade infantil segundo raça/cor no Brasil: o que dizem os sistemas nacionais de informação?

Cardoso,Andrey Moreira; Santos,Ricardo Ventura; Coimbra Jr.,Carlos E. A.
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2005 PT
Relevância na Pesquisa
36.83%
O trabalho analisa a consistência dos Sistemas de Informações Sobre Mortalidade (SIM) e Sobre Nascidos Vivos (SINASC) como fontes de dados para a avaliação de desigualdades em raça/cor em saúde no Brasil. Foram obtidas taxas de mortalidade infantil (TMI) segundo raça/cor informada nas declarações de óbitos e nascidos vivos (NV), para o país e grandes regiões, no período 1999/2002. Estimou-se também a TMI segundo raça/cor a partir da incorporação dos óbitos e NV com raça/cor não informada por dois critérios. Compararam-se as TMI obtidas no estudo com as TMI estimadas por métodos indiretos. Foram também calculadas razões das TMI entre categorias de raça/cor. Observou-se redução substancial do número de óbitos e NV com raça/cor não informada no período. Em 2002, a mortalidade infantil das crianças pretas superou em 30,0% e 80,0% a mortalidade infantil das brancas e em 40,0% e 80,0% a das pardas; o diferencial de mortalidade entre crianças indígenas e brancas ou pardas variou de 40,0% a 90,0% a mais para as primeiras. Espera-se que a melhoria dos registros do SIM e do SINASC permita um aprofundamento da discussão sobre desigualdades em saúde segundo raça, cor e etnia no país.

To self produce black at brazil: a study of the didatic and pedagogical devices present in raça brasil magazine; Producirse negro en brasil: un estudio de los dispositivos didáctico-pedagógicos presentes en la revista raça brasil; Produzir-se negro no Brasil: estudo dos dispositivos didático-pedagógicos na revista Raça Brasil

Vitorino, Artur José Renda; Montanari, Paula Bernadete
Fonte: ETD - Educação Temática Digital Publicador: ETD - Educação Temática Digital
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Pequisa Histórica Formato: application/pdf
Publicado em 06/03/2014 POR
Relevância na Pesquisa
36.85%
As from the teachings of Michel Foucault about self-government , it was made an analysis of the national magazine titled Raça Brasil , whose target audience is the black Brazilian with a view to show the didactic and pedagogical devices present in the magazine. To evaluate this discourse, it was analyzed a set of fifteen magazines which covered the period of January 2000 to May 2001 , where it was choose an edition for  research through Foucaultian concepts , comparing the results with the bibliography. It indicated that the Raça Brasil magazine, from the devices dotted throughout the article, intends to model the Brazilian black identity, which has is common among its members the culture and memory called african-Brazilian, proposing thus, in the society, a taxonomy between blacks and whites. In short, was made an effort of the analysis about the discourse and commercials present in the highlighted number , pretending to understand what the magazine sees as "Black Brazilian" and what features, proposed in its discourse, about Brazilian black identity.; A partir de las enseñanzas de Michel Foucault y el autogobierno, se hizo un análisis de la revista nacional titulado "Raça Brasil" , cuyo público objetivo es el negro brasileño...