Página 1 dos resultados de 3774 itens digitais encontrados em 0.028 segundos

Estudo experimental da resistência mecânica de junções adesivas.; Experimental study of strength of adhesive joints.

Santos, Demetrio Jackson dos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/08/2007 PT
Relevância na Pesquisa
65.87%
Este trabalho tem como objetivo estudar a resistência mecânica de junções adesivas. A influência das condições de superfície e de cura na resistência de junções adesivas, unidas por adesivo acrílico, foi quantificada através da realização de ensaios de cisalhamento de chapas sobrepostas, com resultados processados através do Planejamento Fatorial 2k. Sobreposição simples de chapas também foi utilizada nos ensaios que permitiram analisar outro fator, o comportamento da resistência em função do comprimento de sobreposição das chapas. Esclarecendo contradição apresentada em diferentes publicações. Um dispositivo modificado de Arcan foi utilizado na realização de experimentos, os quais tornaram possível analisar o comportamento de junções adesivas submetidas a esforços combinados, com diferentes velocidades no deslocamento. Este estudo contribui em projetos que envolvem junções adesivas, apresentando informações de alto nível de importância, a serem utilizadas para determinar a melhor condição de trabalho destas junções.; The aim of this work is to study the mechanical strength of adhesively bonded joints. The influence of surface and cure conditions on the strength were taken in consideration. Such influences were sized through shear tests of single lap joints...

Resistência e deformabilidade de blocos vazados de concreto, prismas e paredes e suas correlações com as propriedades mecânicas dos materiais constituintes; Strength and deformability of hollow concrete blocks, prisms and walls and their correlation to mechanical properties of constituent materials

Barbosa, Claudius de Sousa
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 21/07/2008 PT
Relevância na Pesquisa
66.11%
O objetivo deste trabalho é identificar e correlacionar as propriedades mecânicas do concreto e da argamassa de assentamento com o comportamento estrutural de blocos vazados de concreto, prismas e paredes, por meio de modelagem física e numérica. Realizou-se detalhada investigação experimental, recorrendo à premissa metodológica de se utilizar um mesmo concreto, de consistência plástica, para a moldagem de blocos vazados e corpos-de-prova cilíndricos, para assegurar propriedades idênticas dos materiais em cada série de ensaios. Analisou-se o efeito de confinamento que se apresenta nos ensaios de blocos isolados, o qual induz uma distribuição não-uniforme de deformações e acarreta aumento da sua capacidade resistente em relação à resistência à compressão do concreto. Em ensaios nos quais se reduziu o efeito de confinamento, constatou-se que os blocos apresentam menor capacidade resistente e alteração do modo de ruína, decorrente da distribuição mais uniforme das deformações, similar àquela que se observa nos blocos centrais dos prismas e paredes. Analisou-se também a influência do efeito de confinamento e do processo de cura das juntas de argamassa e se associou parâmetros indicativos do seu comportamento à capacidade resistente e ao modo de ruína de prismas e paredes. As propriedades mecânicas dos materiais...

Efeito do envelhecimento por ciclagem mecânica sobre a resistência à flexão de cerâmicas odontológicas; Effect of aging by mechanical cycling on the flexural strength of dental ceramics

Fukushima, Karen Akemi
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 22/07/2011 PT
Relevância na Pesquisa
56.17%
Os objetivos deste trabalho foram: 1) avaliar o efeito do envelhecimento por ciclagem mecânica (1 milhão de ciclos a uma freqüência de 2 Hz) sobre a resistência à flexão biaxial de três materiais cerâmicos utilizados para a construção infra-estruturas de próteses parciais fixas: a) uma zircônia tetragonal policristalina estabilizada por ítria (Y-TZP); b) uma alumina policristalina (AL) e c) um compósito de alumina e zircônia infiltrado por vidro (ICZ) e 2) determinar a influência da tensão gerada durante a ciclagem sobre a degradação da resistência das cerâmicas estudadas, já que para cada material a ciclagem foi realizada com dois níveis diferentes de tensão. Material e método: Espécimes em forma de disco (12 mm x 2 mm e 12 mm x 1 mm) foram confeccionados conforme as recomendações dos fabricantes. A resistência à flexão desses materiais foi determinada por meio do ensaio de flexão biaxial. Para o grupo controle de todos os materiais estudados (espécimes de 1 mm de espessura), foi realizada estatística de Weibull para determinação da resistência característica (0) e módulo de Weibull (m). Após o envelhecimento por ciclagem mecânica, realizado para todos os materiais nas duas espessuras, os espécimes foram fraturados e os valores obtidos foram comparados com seus respectivos grupos controle. Resultados: O valor de m foi estatisticamente semelhante para todos os materiais...

Efeito do desafio erosivo nas propriedades e na estabilidade de união de materiais restauradores ao esmalte e dentina de dentes decíduos; Effect of erosive challenge on the properties and bond stability of restorative materials to enamel and dentin of primary teeth

Tedesco, Tamara Kerber
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 05/12/2014 PT
Relevância na Pesquisa
56.16%
Este estudo avaliou o efeito do desafio erosivo nas propriedades e na estabilidade de união de materiais restauradores ao esmalte e dentina decídua. Duzentos e quarenta molares decíduos foram alocados em 24 grupos, de acordo com substrato - esmalte ou dentina, condição prévia do substrato - hígido ou erodido, material restaurador - resina composta associada ao sistema adesivo - RC, cimento de ionômero de vidro de alta viscosidade - CIVAV, ou modificado por resina - CIVMR, e tratamento após procedimento adesivo - controle (imersão em solução salina/7dias) ou desafio erosivo (imersão em bebida a base de cola por 5 min/3x ao dia/7 dias). Os dentes dos grupos esmalte e dentina erodidos foram submetidos ao desafio erosivo previamente aos procedimentos restauradores. Cânulas de polietileno foram posicionadas sobre superfícies planas dos substratos pré-tratados, para então serem preenchidas por um dos materiais avaliados. Após armazenamento por 24h a 37°C, os espécimes foram submetidos a um dos tratamentos propostos. Metade dos espécimes foi submetida imediatamente ao teste de microcisalhamento e a outra metade após 12 meses de armazenamento em água a 37ºC. Posteriormente, a análise do padrão de fratura foi realizada em estereomicroscópio (400X). Para a análise de resistência à flexão (RF) e rugosidade superficial (RS)...

Estudo teórico-experimental dos efeitos de tamanho e de velocidade de deformação em estruturas de aço

Morquio Dovat, Atílio Anibal
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.15%
o objetivo principal da pesquisa é analisar a influência conjunta do tamanho e da velocidade de deformação (ou velocidade de alongamento) nas propriedades mecânicas do aço, procurando determinar a possível existência de acoplamento produzido com a variação conjunta dos dois parâmetros. A pesquisa inclui a revisão bibliográfica, a análise teórica do assunto e um estudo experimental com 130 corpos de prova de diferentes tamanhos, extraídos duma única chapa grossa de aço, ensaiados com diferentes velocidades de deformação, obtendo resultados de distintas variáveis (resistência à tração, deformação de ruptura, energia consumida por unidade de volume, deformação correspondente à resistência à tração e redução da área na zona de escoamento). As principais conclusões da análise teórica são: a) Levando em consideração que o conceito de comprimento característico do material é de fundamental importância para interpretar o efeito de tamanho, se determina a forma geral da função f que define o fenômeno, para materiais com um e dois comprimentos característicos. b) Por analogía, para analisar o efeito produzido pela velocidade de deformação se pode supor a existência de uma, o mais de uma, velocidade de deformação característica do material...

Ambiente virtual de aprendizagem integrado a mundo virtual 3D e a experimento remoto aplicados ao tema resistência dos materiais

Marcelino, Roderval
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
75.89%
A cada dia convive-se com novas tecnologias da informação. As novas gerações estão sendo chamadas de “nativos digitais”, ou seja, nascem envolvidas no mundo informatizado. As distâncias estão tornando-se cada vez mais curtas e o mundo cada vez mais globalizado. O uso das novas tecnologias da informação e comunicação (NTIC´s) é um desafio para a humanidade quando o foco é a educação. Este trabalho representa a tentativa de submeter as NTIC´s no ensino superior como forma de flexibilizar a aprendizagem para cursos das áreas científicotecnológicas. Cada vez mais percebe-se a evasão nos cursos de engenharia, principalmente devido às disciplinas de exatas. Esta tese apresenta o desenvolvimento de uma plataforma tecnológica para dar suporte ao ensino presencial através de um ambiente de aprendizado virtual 3D. Este ambiente, baseado em software gratuito, simula a realidade de uma sala de aula e pode ser uma nova fronteira para o aluno do século XXI. O conceito de imersão é aplicado. Além disto, integrado a este ambiente virtual 3D, tem-se acoplado um experimento remoto que permite ao acadêmico realizar as atividades práticas do módulo de elasticidade envolvendo conceitos fundamentais da conformação mecânica. Com a realização da tese um laboratório de experimentação remota foi montado...

Criação de mídias para um programa didático de resistência dos materiais

Machado, Verônica Dreyer; Segovia Gonzalez, Luis Alberto; Masuero, Joao Ricardo
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
65.86%

Efeito da termociclagem e do citrato sobre a deformação permanente e resistencia a tração da união de um reembasador resiliente unido a resina acrilica

Marcia Mika Nakaoka
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/02/2005 PT
Relevância na Pesquisa
66.17%
O objetivo deste trabalho foi avaliar e comparar o desempenho de um material reembasador resiliente à base de resina acrílica (Eversoft com ou sem adição de citrato à composição), submetido ou não ao envelhecimento (termociclagem), sobre as propriedades de deformação permanente e resistência à tração da união com resina acrílica (QC-20®). Para a realização dos ensaios foram confeccionadas 80 amostras, metade para cada ensaio, separadas por composição e submetidas ou não à termociclagem, totalizando 8 grupos. Para o ensaio de tração, foram utilizadas matrizes retangulares de 10mm2 de secção transversal e um espaçador de 3mm de espessura para padronizar o espaço para a base resiliente, cujo molde impresso no silicone polimerizado por reação de condensação foi preenchido com resina acrílica e material resiliente. A resina acrílica foi incluída com o espaçador e após a polimerização, o espaçador foi removido, as amostras de resina acrílica retiradas do molde e realizado o acabamento. As amostras de resina acrílica retornaram ao molde, e no lugar do espaçador, os materiais resilientes foram prensados e termopolimerizados de acordo com as instruções dos fabricantes. Para o ensaio de deformação permanente...

Resistencia dos materiais a usinagem : conceito, medida e aplicações da nova propriedade

Jose Paulo Breda Destro
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 20/12/1995 PT
Relevância na Pesquisa
66.11%
Este trabalho propõe a introdução de uma nova propriedade: Resistência à Usinagem, que independe de um material-padrão, que deve ser exaustivamente ensaiado, e não está sujeita a critério qualquer, definido pelo usuário. Neste sentido, a princípio, apresenta-se a necessidade de caracterização do desempenho de materiais em usinagem, para guiar a pesquisa e desenvolvimento (P&D) de materiais de corte fácil (sobretudo) e verificação de sua qualidade, durante a produção e a recepção dos mesmos. Em seguida, discute-se a propriedade tecnológica relacionada: usinabilidade e, porque esta não se aplica à caracterização intrínseca de materiais. São detalhadas as hipóteses básicas e requisitos para a nova propriedade e, definidos o parâmetro de medição e metodologia. Descrevem-se e executam-se ensaios preliminares para verificação dos fatores de influência na medição e sensibilidade da medida, que culminam no desenvolvimento de uma proposta de norma para sua determinação, que envolve o Teste de Calibração e Teste de Medição. A referida propriedade é, então, quantificada pelo valor médio das forças médias de avanço (evolutivas com o desgaste da ferramenta), obtidas num ensaio, em que 8 corpos-de-prova do material a ser testado são submetidos a 4 condições diferentes de usinagem...

Resistencia a usinagem : uma contribuição a caracterização dos materiais

Jose Paulo Breda Destro
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/02/1993 PT
Relevância na Pesquisa
66.09%
Este trabalho tem o objetivo de propor uma nova propriedade intrinseca dos materiais: Resistência à Usinagem. Tal propriedade foi idealizada para substituir a propriedade tecnologica usinabilidade, exclusivamente no que tange à caracterização dos materiais durante o seu desenvolvimento e controle de qualidade durante sua produção. Para a medida da Resistencia à usinagem foi definido o índice RU, que traduz a resistencia do material à usinagem em termos da força ativa necessária para usiná-lo e da taxa de desgaste sofrido pela ferramenta após um dado volume de cavaco removido. Foram realizadas medidas das propriedades para aços ABNT-1212, -12L14, INOX 303. Os resultados destas medidas mostraram-se coerentes quando comparados com indices universais de usinabilidade; The aim of this work is the conception of a new material property: Strength to Machining, which is only inherent to it. This property was conceived to replace the technological property of machinability, only regarding to material characterization during its research, development and quality control within its production. Tne index RU was defined in order to allow and express its measurement. It means the machining strength in relation to the active force, required to machine it...

Efeito de diferentes tratamentos superficiais em uma liga níquel-cromo na resistência e microestrutura de sua união com cerâmicas odontológicas

Pereira, Sílvia Fontes do Amaral
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: viii, 74 f.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
56.12%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico, Programa de Pós-Graduação em Ciência e Engenharia de Materiais, Florianópolis, 2009.; O objetivo do presente estudo in vitro foi verificar, através de teste de cisalhamento, a resistência de união da liga WironiaÒlight, a base de níquel-cromo sem berílio, sujeita a diferentes tratamentos de superfície, às cerâmicas Vita VM13 e Noritake. Foram confeccionados oitenta espécimes cilíndricos metálicos, nas dimensões de 4 mm de diâmetro por 5 mm de altura, que tiveram suas superfícies avaliadas em Microscópio Eletrônico de Varredura (MEV) associado ao espectrômetro dispersivo em energia de raios-X (EDS). Os espécimes foram divididos em oito grupos (n=10), de acordo com o tipo de tratamento superficial aplicado à liga metálica e com o tipo de cerâmica testada: sem qualquer tratamento; jateamento com óxido de alumínio; ataque com ácido fluorídrico 55%; utilização de broca diamantada. Os corpos-de-prova foram colocados no interior de matriz de aço inoxidável, para estabilização dos mesmos, e levados à máquina de ensaio mecânico universal, onde a cerâmica exposta teve a força medida por célula de carga de 50kgf do aparelho...

Geração de superfícies de interação pelo método da regressão linear múltipla com o modelo de dano em vigas de Timoshenko 3D; Generation of surfaces of interaction for the method of the multiple lineal regression with the model of damage in beams of Timoshenko 3D

Vieira, Pedro Cláudio dos Santos
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
POR
Relevância na Pesquisa
75.9%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Tecnologia, Departamento de Engenharia Civil e Ambiental, 2004.; Na literatura técnica, existem formulações analíticas que trabalham com superfícies de interação em resultantes de tensões. Estes tipos de superfícies são importantes para evitar o processo de integração numérica, por exemplo na seção transversal, nas análises estruturais. Geralmente, as funções de escoamento f trabalham no espaço de tensões e dentro deste escopo, vê-se que a interação entre as tensões normal e tangencial pelo critério de Mises, aplicadas para os principais pontos de tensão numa seção metálica, é usualmente considerada como um limite para projetos elásticos de elementos resistentes. Expressões em tensões, que dependem dos esforços dados pela Resistência dos Materiais, permitem aplicações de condições limites de forma direta. Quando esta forma de critério é dada, a interação de surpefícies limites para trios de esforços aplicados resulta em planos, quádricas, surperfícies mais complexas, ou uma mistura destas. Técnicas que usam formulações analíticas são mais ou menos complexas e dependem de características, como por exemplo: combinação de tensões ou de esforços seccionais...

Criação e implementação de um laboratório pedagógico de estruturas na Universidade do Minho; Creation and implementation of a pedagogical structures laboratory of the University of Minho

Silva, Luís Miguel Freitas da
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
65.91%
Dissertação de mestrado integrado em Engenharia Civil (área de especialização em Perfil de Estruturas e Geotecnia); Nas unidades curriculares de estruturas, por vezes, os métodos clássicos de ensino não são suficientes para obter um bom resultado por parte dos alunos. É essencial utilizar métodos de ensino diferentes dos habituais, que sejam mais apelativos para os alunos, e respondam de melhor forma as exigências que a sociedade impõe. Com base nestas necessidades, o principal objetivo desta dissertação é a criação e implementação de um Laboratório Pedagógico de Estruturas na Universidade do Minho, para auxiliar o ensino das unidades curriculares de estruturas. Neste trabalho procurou-se fazer uma revisão bibliográfica do processo de ensino/aprendizagem, de modo a perceber como é realizada a transmissão de conhecimento e quais as estratégias que têm sido utilizadas mais recentemente. Discute-se as implicações do processo de Bolonha nas escolhas dessas estratégias e analisam-se alguns casos de laboratórios pedagógicos implementados a nível internacional. Numa fase seguinte, procede-se a uma recolha de dados com o objetivo de conhecer as dificuldades dos alunos nas unidades curriculares de estruturas e o seu contexto. Mais adiante...

Síntese e caracterização de materiais híbridos do tipo orgânico/inorgânico com base em fibras de celulose

Sequeira, Sónia Maria dos Santos Carvalho
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
56.11%
Desenvolveu-se e optimizou-se a síntese de novos materiais híbridos biodegradáveis, do tipo orgânico/inorgânico, preparados com base em fibras de celulose e alcóxidos de silício por processos sol-gel. Como fonte de celulose testaram-se pastas kraft de Eucalyptus globulus, numa perspectiva de criação de produtos de maior valor acrescentado, e resíduos fibrosos das indústrias de produção de pasta de papel (lamas do tratamento primário de efluentes), numa perspectiva de valorização de resíduos sólidos. Como fonte de silício utilizou-se TEOS. Analisou-se a influência dos parâmetros processuais mais importantes, nomeadamente a razão H2O:TEOS, o tipo de catalisador, o pH e a temperatura, na velocidade de reacção e na composição e estrutura dos materiais híbridos. A utilização de heteropoliácidos como catalisador constitui uma abordagem inovadora com resultados muito promissores e com vantagens acrescidas face aos ácidos minerais mais comuns (concretamente não são voláteis). O material híbrido preparado a partir da pasta branca refinada, sintetizado à temperatura ambiente, é o que incorpora quantidades superiores de SiO2 (~50% m/m); as condições experimentais que maximizam o teor de sílica correspondem a uma razão H2O/TEOS de 4.4...

Efeito de escala em provetes de geometria TDCB: comportamento da curva-R

Meireles, António José Oliveira
Fonte: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Publicador: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66.15%
Dissertação de Mestrado em Engenharia Mecânica; Em estruturas entalhadas, o comportamento à fratura de materiais quase frágeis como a madeira, o osso, o betão, o gelo glaciar, algumas argilas, entre outros, é caracterizado pela formação de uma zona de dano localizada na extremidade da fenda, de dimensões não negligenciáveis quando comparadas com as da estrutura. Nessa zona de dano, designada por zona de processo de fratura (ZPF), ocorrem vários mecanismos de endurecimento, tais como micro fendas, ramificação de fendas ou pontes de fibras, responsáveis pela redistribuição das tensões locais, favorecendo a dissipação de energia na frente de fenda. Estes fenómenos de degradação localizada são responsáveis pelo desenvolvimento de uma curva de Resistência, que permite estimar, em regime estacionário, a taxa crítica de libertação de energia de fratura GRc. Uma limitação que resulta diretamente do desenvolvimento da ZPF é a impossibilidade de se medir o comprimento de fenda real. Assim, a Teoria da Mecânica da Fratura Linear Elástica nestes casos não tem validade, pelo que se impõe a utilização de métodos alternativos baseados no conceito de fenda equivalente, no sentido de descrever os fenómenos de degradação observados no material. A rotura de materiais quase frágeis ocorre...

Resistência ao desgaste abrasivo a três corpos de chapas comerciais de desgaste

Penagos, Jose Jimmy; Andrade, Gustavo Tressia de; Carvalho, Glauber Diniz Cézar; Sinatora, Amilton
Fonte: ABCM; Uberlândia Publicador: ABCM; Uberlândia
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
POR
Relevância na Pesquisa
56.18%
Neste trabalho estuda-se a resistência à abrasão de diferentes materiais comerciais de chapas de desga ste comumente utilizados na construção de superfícies d e equipamentos de mineração e de agricultura submet idos ao contato continuo com minerais. Foram estudados quat ro materiais, sendo que dois deles possuem composiç ão química semelhante, Hardox 500 e Hardox 600, se diferindo a penas na dureza resultante de diferentes tratamento s térmicos, ambos apresentando matriz martensítica. Outro dos m ateriais estudados trata-se de um revestimento por soldadura, CDP, com presença de segunda fase dura; e por últim o um material de referencia, o aço S235JRG2, com ma triz martensítica, na condição de temperado e revenido. Para o estudo da resistência ao desgaste foram real izados ensaios de abrasão utilizando a configuração roda de borrac ha empregando areia como abrasivo. Medições de micr o e macro dureza foram realizadas utilizando o método Vickers . A caracterização da microestrutura foi realizada utilizando microscópio óptico. As marcas de desgaste e os abra sivos utilizados foram analisados em Microscópio El etrônico de Varredura (MEV). Os resultados obtidos permitem hie rarquizar os materiais quanto à resistência à abras ão correlacionando-a aos valores de dureza medidos. O material com maior valor de dureza apresentou a mai or resistência ao desgaste abrasivo...

Influence of the energy density on the physical properties and bond strength of two restorative systems = : Influência de densidade de energia nas propriedades físicas e na resistência de união de dois sistemas restauradores; Influência da densidade de energia nas propriedades físicas e na resistência de união de dois sistemas restauradores

Anderson Catelan
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 11/10/2012 PT
Relevância na Pesquisa
56.11%
O propósito deste estudo foi avaliar a influência de diferentes densidades de energia nas propriedades físicas e na resistência de união de sistemas restauradores a base de metacrilato [Clearfil SE Bond (Kuraray) + FiltekZ250 (3M ESPE)] e silorano [sistema Filtek P90 (3M ESPE)], foto ativados com LED de segunda geração de acordo com os grupos experimentais. Espécimes foram confeccionados para o teste de grau de conversão (GC); os espectros de absorção foram obtidos por meio da espectroscopia FT-IR e FT-Raman para os adesivos (n = 10) e compósitos (n = 5), respectivamente. A dureza Knoop (DK) foi avaliada no topo e base dos compósitos (n = 10). Após 24 h de imersão em etanol absoluto, nova leitura de DK foi realizada para obtenção da plastificação (P) pela redução percentual da dureza. Os testes de sorção de água (SA) e solubilidade(S) dos adesivos (n = 5) e compósitos (n = 5) foram realizados de acordo com a norma 4049:2009, exceto para o tamanho dos espécimes e protocolo de fotoativação. Para os testes de resistência de união (n = 7) e nanoindentação (n =3), cavidades Classe II foram realizadas nas proximais de molares humanos, as quais foram restauradas com os sistemas restauradores avaliados. O teste demicrotração foi realizado em uma máquina de ensaio universal sob velocidade constante de 0...

Resistência ao impacto de compósitos híbridos

Santos, Paulo Sérgio Pina dos
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
66.11%
Actualmente vem-se a assistir a um aumento significativo do uso de materiais compósitos reforçados com fibras em aplicações de engenharia e existe uma forte indicação de que este fenómeno tende a continuar. Contudo, a resistência e rigidez destes materiais é fortemente afectada pelos defeitos que decorrem durante o processo de fabrico e/ou de cargas de impacto que surgem ao longo da sua vida activa. Neste contexto ocorrem enormes decréscimos da resistência residual destes materiais. O presente trabalho pretende assim contribuir para um maior conhecimento e melhoria da resistência ao impacto dos materiais compósitos. Para tal foi utilizada uma resina epóxi nano-transformada tendo-se concluido que a adição de nanopartículas promove melhorias significativas nas performances ao impacto.

Melhoria da resistência ao impacto em paineis de autocarros

Rodrigues, Nuno Filipe Soares
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2008 POR
Relevância na Pesquisa
56.12%
A ideia de efectuar um estudo de resistência ao impacto partiu de relatos de acidentes em Inglaterra, em que após despiste dos autocarros ocorre, muitas vezes, intromissão de ramos de árvores e outros objectos no interior dos veículos. Actualmente, em termos de impacto, os passageiros estão protegidos pelo chapeamento lateral e pela estrutura. O chapeamento lateral é feito com recurso a chapa de aço ou alumínio com espessura variável. As zonas do motorista e guia são as mais expostas devido à grande superfície vidrada que os envolve e pela sua maior exposição, dada a sua localização mais baixa relativamente aos restantes passageiros. Nesta zona a protecção existente é efectuada pela estrutura, chapa e fibra de vidro, dependendo das áreas. O presente estudo compara, assim, o comportamento de diferentes materiais ao impacto como o alumínio, uma sanduíche alumínio/pecolit/alumínio e aços de elevada resistência Docol 1000 e Docol 1200. O alumínio, por exemplo, é usado em muitas aplicações na indústria automóvel, com a vantagem do seu baixo peso específico associado à poupança energética e menores emissões poluentes. As sanduíches além de apresentarem uma boa resistência mecânica, possuem ainda uma grande capacidade de absorção de energia. Estas propriedades tornam este tipo de materiais bastante utilizados em aplicações sujeitas ao impacto...

Avaliação da resistência ao desgaste dos aços SAE 52100 e SAE 1045 lubrificados com biodiesel e óleo diesel comercial

Castro, Victor Velho de
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Dissertação de Mestrado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
66.06%
O presente trabalho tem por objetivo avaliar a resistência ao desgaste de dois diferentes materiais (três amostras de SAE 1045 e três amostras de aço SAE 52100) em diferentes condições microestruturais, sem lubrificação e com lubrificação (utilizando biodiesel B100, óleo diesel B50 e óleo diesel comercial B7). Duas amostras de cada material foram submetidas a tratamento térmico de têmpera (850°C resfriado em água nas amostras de SAE 1045 e 830°C resfriado em óleo nas amostras de aço SAE 52100) seguida de revenimento (100°C e 300°C nas amostras de SAE 1045 e 100°C e 200°C nas amostras de aço SAE 52100). Assim, foram obtidas amostras com quatro durezas diferentes e diferentes condições microestruturais (martensita revenida no aço SAE 1045 e martensita revenida com uma terceira fase prioritariamente de carbeto de cromo no aço SAE 52100). Os ensaios foram realizados em um tribômetro do tipo pino-sobre-disco, com rotação de 300 RPM, 1,5kg de carga e 4400m de distância percorrida, seguindo as recomendações da norma ASTM G99–04, medição da microdureza superficial da pista de desgaste e avaliação da superfície desgastada das amostras com um Microscópio Eletrônico de Varredura (MEV). Ao final dos ensaios...