Página 1 dos resultados de 455 itens digitais encontrados em 0.010 segundos

"Essa marca que eu tenho na língua" [documento electrónico] : o papel da escrita criativa na reinserção social : um estudo de caso

Fonseca, Teresa Margarida Ferreira
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66.44%
Este é um estudo exploratório em que se pretende indagar acerca da utilidade da poesia e da escrita criativa no ensino da língua e da literatura a jovens em cumprimento de medida tutelar educativa em Centro Educativo do Instituto de Reinserção Social. Na convicção de que experiências diferentes trarão um novo conhecimento de nós próprios/as e do que nos rodeia, procura-se, nesta investigação e partindo da experiência de produção de textos poéticos, da realização de entrevistas em profundidade e de participação em leituras públicas, observar nos alunos os processos de formação de dinâmicas criativas e de reflexão, e, assim, de formas de resistência a um sistema fechado. Este estudo pretende, assim, aceitar a inevitabilidade de ser um acto político de busca de um determinado tipo de conhecimento para uma dinâmica de sobrevivência. Há, neste trabalho, uma opção clara por uma determinada teoria poética – a da L=A=N=G=U=A=G=E School, o que significa a rejeição da adopção de um modelo comunicativo de linguagem na abordagem do tema da escrita criativa e a opção pelas formas contra-hegemónicas de um fazer na linguagem com base num modelo agonista. Ao optar pela defesa da escrita criativa em contexto de centro educativo...

Em vez de prisionizar, socializar : a incompatibilidade entre o encarceramento e a inserção social

Stöhlirck, Denise
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
56.54%
O presente estudo pretende demonstrar os efeitos causados pelo encarceramento no indivíduo que infringe a lei penal, tanto de ordem psicológica como de ordem social, evidenciando a dificuldade de reinserção social do egresso do sistema penitenciário. No primeiro capítulo, procura-se explicar de que maneira se dá o processo de institucionalização do preso, e de que forma este fenômeno age sobre sua identidade. No segundo capítulo, o foco volta-se para a relação do preso com a sociedade. Nesse momento, objetiva-se analisar a estigmatização do condenado perante o corpo social, bem como a influência que a rotulação exerce sobre a atuação das instituições de direito penal. Explica-se de que forma a seletividade dos órgãos oficiais de controle possui papel fundamental na reincidência do condenado. No terceiro capítulo, procura-se, por meio do exame das funções da pena, demonstrar que a pena privativa de liberdade, nos moldes atuais, caminha de encontro ao objetivo de reinserção social do preso. Finalizando o trabalho, pretende-se, por meio da referência às Associações de Proteção e Assistência aos Condenados (APAC), propor uma reflexão acerca da importância do envolvimento e da colaboração da sociedade na reintegração do ex-presidiário ao convívio social.; This study intends to show the effects caused by imprisonment to the one that infringes the law...

Políticas públicas educacionais no âmbito do sistema penitenciário: aplicações e implicações no processo de (re)inserção social do apenado

Serrado Júnior, Jehu Vieira
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 103 f.
POR
Relevância na Pesquisa
56.5%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Educação - FCT; Esta pesquisa está vinculada à linha de pesquisa “Políticas Públicas, Organização Escolar e Formação de Professores” e discute a relação entre as políticas públicas educacionais para o sistema penitenciário, suas implicações e contribuições no processo de reinserção social de pessoas que cumprem pena restritiva de liberdade. Assim, tivemos como objetivos compreender, em um dado sistema penitenciário, quais são as contradições objetivas do ponto de vista da aprendizagem e da promoção humana neste sistema, como essas contradições se materializam e se desdobram na prática, dentro de uma Unidade Prisional do interior do Estado de Mato Grosso do Sul. E ainda, quais são as possibilidades, e os limites, dentro do sistema penitenciário, de se oferecer uma educação que recupere o sentido histórico da EJA, e o que é necessário para que essas possibilidades de concretizem. Para alcançarmos nossos objetivos elaboramos um estudo de caso qualitativo devido ao contato direto com o ambiente e com a situação que está sendo investigada, bem como pela possibilidade de analisar como o objeto analisado teoricamente se manifesta na prática através das atividades...

A Formação Profissional como contributo para a Reinserção Social dos Reclusos: o caso específico da formação de formadores no quadro do Projecto Europeu E-Step

Teixeira, Carla Maria de Oliveira
Fonte: Universidade de évora Publicador: Universidade de évora
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66.74%
A Formação Profissional como contributo para a Reinserção Social dos Reclusos O caso específico da formação de formadores no quadro do Projecto Europeu E-Step Resumo Tendo em vista a reinserção social dos reclusos foi desenvolvido um sistema de formação que lhes proporcionasse uma qualificação profissional. O sistema é coordenado pela Direcção Geral dos Serviços Prisionais e é posto em prática por entidades públicas e privadas. Neste quadro, o presente estudo visou analisar os contributos da formação para a reinserção social dos reclusos em Portugal, testando uma estratégia de formação, direccionada a formadores de reclusos e a técnicos responsáveis pelo enquadramento dessa formação. A estratégia foi delineada para os reclusos receberem uma formação que lhes permitisse aumentar as suas competências e, consequentemente, facilitar a sua reinserção social após a sua saída da prisão. O Projecto Europeu E-Step, no quadro do qual o presente estudo foi desenvolvido, tinha especialmente em vista aferir a questão da segurança dos estabelecimentos prisionais, no quadro da formação orientada para a utilização das TIC, incluindo o uso da Internet e do e-learning. Palavras-chave: Educação,Formação Profissional...

Da prisão à liberdade: reinserção social de ex-reclusos

Gomes, Inês Raquel Marques Neto
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2008 POR
Relevância na Pesquisa
66.6%
Mestrado em Sociologia Especialidade em Instituições e Justiça Social, Gestão e Desenvolvimento; Esta investigação tem como principal objectivo mostrar de que forma é feita a reinserção social, se é que esta existe, dos indivíduos cujo comportamento desviante está associado à atribuição de uma pena de prisão efectiva. Na minha visão, este processo tem duas fases: a reinserção social dentro do estabelecimento prisional e após a saída do mesmo. Na primeira fase, é suposto: traçar-se um plano individual de readaptação cujos pressupostos básicos estão relacionados com os objectivos de ressocialização, com as actividades a serem desenvolvidas pelo condenado e com as medidas de apoio a adoptar no sentido de facilitar a reintegração na sociedade; desenvolver políticas de educação, de formação profissional, de saúde, de trabalho, de actividades desportivas, etc., como forma de aproximar este contexto de reclusão ao da sociedade em geral. Todavia, os resultados práticos destas medidas são pouco evidentes ou até inexistentes. O que se verifica é um clima de submissão aos poderes arbitrários do “sistema”, quer das hierarquias formais, quer das informais. Quanto à segunda fase, após ser colocado em liberdade...

O ensino em meio prisional e as expectativas futuras de reinserção social dos reclusos

Fernandes, Carlos Jorge Nunes
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
66.65%
No presente estudo, avalia-se o contributo que as acções educativas, de educação escolar e/ou extra-escolar podem aportar à valorização pessoal e à reinserção social futura dos reclusos dum determinado estabelecimento prisional. Caracteriza-se a população do estudo em relação à formação escolar e profissional, analisa-se a influência das acções educativas perante as concepções de auto-respeito e integração na comunidade prisional bem como a influência das mesmas na criação de expectativas concretas de reinserção social. Recorrendo a uma metodologia de investigação de índole quantitativa e através da análise das regressões lineares efectuadas para cada uma das variáveis consideradas, verificamos como independentemente do grau académico que um recluso deste estabelecimento prisional possua, em nada acresce na sua motivação para a participação em acções educativas, em estabelecer relações de carácter social entre os companheiros dentro do próprio estabelecimento prisional, assim como na intensificação das relações familiares e com os amigos. Destaca-se o regressor Expectativas de Reinserção Social, que apresentou maior poder explicativo sobre as variáveis resposta da maioria dos modelos ajustados. Assim sendo...

Considerações sobre a autonomia e o empowerment na reinserção social de toxicodependentes residentes na Covilhã

Pinto, José António de Oliveira
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
66.44%
A investigação descrita na presente dissertação incide sobre o desenvolvimento da autonomia e empowerment psicológico em pessoas toxicodependentes que frequentaram um programa de reinserção social na Covilhã, como parte da sua recuperação. Através da recolha pré e pós-formação de dados quantitativos e qualitativos, comparar-se-á os resultados obtidos com os apresentados pelo grupo de controlo. Ademais, comparar-se-á as evidências pré e pós-formação para a inclusão encontradas nos participantes do grupo experimental. Os dados demonstram níveis inferiores de competências intrapessoais, interpessoais e profissionais no grupo experimental, pós-formação, enquanto expõem níveis totais superiores de competências de vida no grupo de controlo, após o segundo momento de colheita. Apesar de ambos os grupos demonstrarem algumas dificuldades na concretização do empowerment psicológico, o primeiro reflete maior equilíbrio entre as componentes desta variável. O grau de escolaridade e a coesão entre os elementos entrevistados podem explicar as diferenças observadas. Notaram-se dissemelhanças entre os elementos do grupo experimental, pré e pós-formação, devido a aspetos subjetivos. Salienta-se a presença de sinais de desenvolvimento das duas variáveis estudadas num formando...

A percepção profissional e comunitária sobre a reinserção social dos usuários de drogas

Paiva,Fernando Santana de; Ferreira,Maira Leon; Martins,Maria Zilda Fernandes; Barros,Selma Luísa César de Farias; Ronzani,Telmo Mota
Fonte: Associação Brasileira de Psicologia Social Publicador: Associação Brasileira de Psicologia Social
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2014 PT
Relevância na Pesquisa
76.59%
O processo de reinserção social de usuários de substâncias psicoativas tem se configurado como uma das principais estratégias da Política Nacional sobre Drogas. Haja vista que o uso de substâncias emerge como um dos principais problemas de saúde pública na atualidade, o presente artigo teve como objetivo compreender as percepções dos atores sociais inseridos nas políticas da saúde, assistência social e lideranças comunitárias acerca do processo de reinserção social dos usuários de drogas. Trata-se de uma pesquisa de cunho qualitativo, onde foram realizadas doze entrevistas semiestruturadas com diferentes informantes-chave, inseridos em um território com elevados indicadores de uso de drogas. Os resultados apontam para os desafios no processo de inserção efetiva dos usuários de drogas em razão da existência de uma rede assistencial multissetorial, um profundo processo de estigmatização social, a naturalização do uso de drogas, a responsabilização da família, além da sobrecarga de trabalho nas políticas públicas.

Reinserção social de psicóticos: componentes verbais e não-verbais do comportamento assertivo, em situações de fazer e receber críticas

Bandeira,Marina; Machado,Elaine Leandro; Pereira,Edinéia Aparecida
Fonte: Curso de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Curso de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2002 PT
Relevância na Pesquisa
66.44%
Foram investigados os componentes verbais e não-verbais da assertividade para lidar com críticas de 35 pacientes psicóticos desinstitucionalizados, comparativamente a 35 sujeitos não-clínicos. Dois observadores treinados observaram os sujeitos interagindo com interlocutores em quatro situações sociais de asserção negativa, de fazer e receber críticas, em desempenho de papéis gravados em vídeo. Variou-se o tipo de situação e o gênero do interlocutor. Os resultados mostraram que a freqüência e duração dos componentes verbais e não-verbais da assertividade foram significativamente inferiores no grupo clínico. Observou-se uma correlação significativa entre componentes verbais e não-verbais. Os dois grupos foram mais assertivos nas situações de fazer críticas do que nas de receber crítica. Ambos os grupos apresentaram maior assertividade diante do interlocutor masculino, para a maioria dos componentes. Estes resultados replicam dados de outros pesquisadores, indicando a necessidade do treinamento de assertividade em programas de reinserção social, em nosso contexto.

Reinserção social de portadores de sofrimento psíquico: o olhar de usuários de um Centro de Atenção Psicossocial

Paranhos-Passos,Fernanda; Aires,Suely
Fonte: IMS-UERJ Publicador: IMS-UERJ
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2013 PT
Relevância na Pesquisa
66.72%
Com o objetivo de possibilitar o convívio social mais amplo dos portadores de sofrimento psíquico, a Reforma Psiquiátrica preconiza a ruptura do modelo de internação hospitalar e a consequente reinserção social desses sujeitos. Considerando que a reforma encontra-se em processo de construção, são necessárias pesquisas sobre a reinserção social visando contribuir para uma maior eficácia da rede de saúde mental. O presente artigo objetiva analisar a visão dos usuários de um serviço de saúde mental acerca da reinserção social dos portadores de sofrimento psíquico. O estudo contou com a participação de 20 usuários de um CAPS, que responderam a uma entrevista semiestruturada; os dados obtidos foram submetidos a uma análise discursiva. A análise aponta que o serviço é percebido como um local de acolhimento, seguro para os usuários; no entanto, os portadores de sofrimento psíquico ainda são vistos com preconceito por frequentarem um local de assistência psicológica. Além disso, os usuários do serviço não estão inseridos no mercado de trabalho. A partir do exposto, considera-se que o serviço ainda não proporciona plenamente a reinserção social dos usuários. Fica clara a positiva mudança nos modos de tratamento da saúde mental...

O impacto da educação e do trabalho como programas de reinserção social na política de execução penal do Rio de Janeiro

Julião,Elionaldo Fernandes
Fonte: Editora Autores Associados Publicador: Editora Autores Associados
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2010 PT
Relevância na Pesquisa
66.44%
Considerando-se que hoje, no Brasil, não há informações consistentes sobre a reincidência entre egressos penitenciários que, sem qualquer fundamentação empírica, é identificada como alta no país, este artigo tem como objetivos: compreender como vêm funcionando os programas educativos e laborativos no sistema penitenciário brasileiro, qual a percepção dos diversos agentes operadores da execução penal quanto aos programas de ressocialização, e qual o impacto efetivo da educação e do trabalho na ressocialização dos detentos. Pretendeu-se verificar se realmente os programas de ressocialização de cunho educacional e laborativo interferem diretamente na reinserção social do apenado, bem como qual seu efetivo impacto na execução penal.

Eu acho que a pessoa doente mental pode trabalhar ; Eu trabalho e não sou doente mental? : o processo de reinserção da pessoa com transtorno mental no mercado de trabalho

da Silva Frazão, Iracema; Cristina Brito Arcoverde, Ana (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
56.61%
A tese em apreço surgiu a partir da necessidade de compreender melhor como ocorre a reinserção de pessoas com transtorno mental no mercado de trabalho, na cidade do Recife, Pernambuco. Como ponto de partida, considerou-se que a reestruturação produtiva que promove a redução significativa dos postos de trabalho torna cada vez mais difícil o acesso aos referidos postos e em muitos casos inviabiliza a participação de pessoas com vulnerabilidades. Por outro lado, o transtorno mental não deve ser considerado um impeditivo para o trabalho, e partindo desse pressuposto, questionou-se quais seriam os fatores que além do biológico poderiam interferir no reengajamento de pessoas com transtornos mentais em atividades produtivas geradoras de renda. Para obter tais respostas, foram ouvidas 44 pessoas, sendo 16 usuários, 12 familiares e 14 técnicos de serviços de saúde mental tipo CAPS no segundo semestre de 2006. Através da análise do conteúdo das falas dos entrevistados, com auxílio do software ALCESTE, foi possível concluir que apesar do trabalho ser considerado um direito e um elemento de suma importância na vida dos seres humanos, quando se trata de pessoas com transtorno mental, o estigma e a falta de conhecimento sobre o assunto...

Estudo normativo da versão Portuguesa do YLS/CMI – Inventário de avaliação do risco de reincidência e de gestão de caso para jovens

Pimentel, Alberto; Direção Geral de Reinserção e Serviços Prisionais / Escola de Criminologia, Faculdade de Direito, Universidade do Porto; Quintas, Jorge; Faculdade de Direito da Universidade do Porto - Escola de Criminologia; Fonseca, Ernesto; Esco
Fonte: ISPA - Instituto Universitário Publicador: ISPA - Instituto Universitário
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em 10/04/2015 POR
Relevância na Pesquisa
56.47%
O presente artigo reporta o processo de adaptação e validação da versão portuguesa do Youth Level of Service/Case Management Inventory (YLS/CMI) numa amostra de 2363 jovens em contacto com a ex-Direção Geral de Reinserção Social, Ministério da Justiça, Portugal. Este inventário avalia risco/necessidades criminógenas e fatores de proteção dos jovens delinquentes para utilização na assessoria técnica aos tribunais e na gestão de casos. Procedeu-se à tradução, retroversão e adaptação linguística do instrumento e à acreditação de profissionais como seus utilizadores. Foram estabelecidos os dados normativos para Portugal e perfis de risco que permitem diferenciar os jovens em função da fase processual, medida aplicada, antecedentes criminais, tipo de crime e diversas variáveis relativas ao seu contexto sociocultural.

Arte; um instrumento transformador; HUMA; proposta para um modelo de reinserção social incluso

Oliveira, Jorge Manuel Marques de
Fonte: [s.n.] Publicador: [s.n.]
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2011 OTHER
Relevância na Pesquisa
66.64%
Tese apresentada à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Doutor em Ciências Sociais, especialização em Psicologia.; Este trabalho de investigação pretende sistematizar e validar as ideias que estão na génese do Espaço t. Uma filosofia que procurou e procura desenvolver actividades e ferramentas que promovam a reinserção social, numa perspectiva inclusiva – de todos e para todos. O trabalho que o Espaço t desenvolve tem 17 anos de história. Como muitas outras histórias, esta também pode ser contada com muitas ou poucas palavras. Mas, é, sobretudo, uma narrativa dita por muitos; em permanente construção, em constante mudança como a própria vida. É uma história que nasce de ideias e vontades, da necessidade de transgredir e de fazer diferente. Assim, ao atingir quase a maioridade teve a necessidade de se definir melhor e de perceber de que forma as suas práticas encontram uma âncora teórica e uma validade científica que sustente o seu caminho. A arte é o elemento fundador deste projecto e deste trabalho. A arte surge como um fenómeno catalisador da relação interna do indivíduo consigo próprio e com o grupo. Aqui, a arte não é o artístico, é a expressão de cada um… é a linguagem das emoções...

Enfermeira e familia compartilhando o processo de reinserção social do doente mental

Waidman, Maria Angelica Pagliarini
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
56.5%
Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciencias da Saude. Programa de Pós-Graduação em Enfermagem; Trata-se de um estudo realizado no domicílio de familiares de doentes mentais desinstitucionalizados clientes do Centro Integrado de Saúde Mental no Município de Maringá - Paraná, no período de abril a julho de 1997. Teve como objetivo compartilhar os problemas decorrentes da reinserção social, enfrentados pelos familiares de doentes mentais e ajudá-los a encontrar subsídios necessários para reintegração do doente na comunidade, sem que haja agravamento do seu estado mental. Participaram desta pesquisa duas famílias de doentes mentais. O método de coleta de dados utilizado foi observação participante. Os problemas levantados foram trabalhados baseados nos princípios do relacionamento terapêutico de Joyce Travelbee, de acordo com as necessidades de cada família. Os resultados demonstraram que elas têm interesse em manter o doente mental no domicílio após alta hospitalar, porém não tem infra estrutura necessária para que isso aconteça, desconhecem a doença mental, os sintomas que indicam agravamento do quadro psiquiátrico, faltando-lhes habilidades para lidar com o doente mental no domicílio...

Considerações sobre a autonomia e o empowerment na reinserção social de toxicodependentes residentes na Covilhã

Pinto, José António de Oliveira
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
66.44%
A investigação descrita na presente dissertação incide sobre o desenvolvimento da autonomia e empowerment psicológico em pessoas toxicodependentes que frequentaram um programa de reinserção social na Covilhã, como parte da sua recuperação. Através da recolha pré e pós-formação de dados quantitativos e qualitativos, comparar-se-á os resultados obtidos com os apresentados pelo grupo de controlo. Ademais, comparar-se-á as evidências pré e pós-formação para a inclusão encontradas nos participantes do grupo experimental. Os dados demonstram níveis inferiores de competências intrapessoais, interpessoais e profissionais no grupo experimental, pós-formação, enquanto expõem níveis totais superiores de competências de vida no grupo de controlo, após o segundo momento de colheita. Apesar de ambos os grupos demonstrarem algumas dificuldades na concretização do empowerment psicológico, o primeiro reflete maior equilíbrio entre as componentes desta variável. O grau de escolaridade e a coesão entre os elementos entrevistados podem explicar as diferenças observadas. Notaram-se dissemelhanças entre os elementos do grupo experimental, pré e pós-formação, devido a aspetos subjetivos. Salienta-se a presença de sinais de desenvolvimento das duas variáveis estudadas num formando...

O ensino em meio prisional e as expectativas futuras de reinserção social dos reclusos

Fernandes, Carlos Jorge Nunes
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
66.65%
No presente estudo, avalia-se o contributo que as acções educativas, de educação escolar e/ou extra-escolar podem aportar à valorização pessoal e à reinserção social futura dos reclusos dum determinado estabelecimento prisional. Caracteriza-se a população do estudo em relação à formação escolar e profissional, analisa-se a influência das acções educativas perante as concepções de auto-respeito e integração na comunidade prisional bem como a influência das mesmas na criação de expectativas concretas de reinserção social. Recorrendo a uma metodologia de investigação de índole quantitativa e através da análise das regressões lineares efectuadas para cada uma das variáveis consideradas, verificamos como independentemente do grau académico que um recluso deste estabelecimento prisional possua, em nada acresce na sua motivação para a participação em acções educativas, em estabelecer relações de carácter social entre os companheiros dentro do próprio estabelecimento prisional, assim como na intensificação das relações familiares e com os amigos. Destaca-se o regressor Expectativas de Reinserção Social, que apresentou maior poder explicativo sobre as variáveis resposta da maioria dos modelos ajustados. Assim sendo...

A aplicabilidade do RDD e a reinserção social do condenado na sociedade

Livramento, Moysés Sousa do
Fonte: Universidade Católica de Brasília Publicador: Universidade Católica de Brasília
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: Texto
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.55%
O presente trabalho visa falar sobre a reinserção social do condenado e a aplicabilidade do RDD. O estudo de tais institutos e de grande relevância, haja vista, que a lei de execuções penais tem por objetivo punir e humanizar o condenado, no entanto, algumas medidas punitivas parecem incompatíveis com os princípios norteadores da LEP. Desta forma, será analisado se a aplicação do RDD afronta o principio da reinserção social do condenado.; Direito

O papel dos Centros Educativos no processo de reinserção dos jovens delinquentes : o Centro Navarro de Paiva

Barreiro, Susana Maria
Fonte: Repositório Científico Lusófona Publicador: Repositório Científico Lusófona
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
56.62%
O presente trabalho tem como temática “o papel dos centros educativos no processo de reinserção social da delinquência juvenil, em especial o Centro educativo Navarro de Paiva.” Partindo da conceptualização da delinquência juvenil e utilizando uma metodologia integrada, de cariz qualitativo e quantitativo, e sobretudo o método do “estudo de caso” procurou-se, não só, explicitar a importância dos centros educativos no quadro das medidas da organização tutelar, mas também a eficácia e eficiência do modelo educativo no processo de reinserção dos jovens delinquentes juvenis, neles integrados. Por outro lado, explica-se o funcionamento do Centro Navarro de Paiva, único centro em Lisboa que integrava jovens delinquentes de ambos os sexos até julho de 2014, inquirindo-se o pensamento do universo dos respetivos técnicos quanto aos resultados efetivos do modelo educativo vigente, constatando-se a falta de unanimidade quanto à eficácia deste modelo tutelar no processo da reinserção dos jovens delinquentes.; The current thesis aims to examine “the role young offender institutions* play in the process of juvenile delinquency social reintegration, particularly the Young Offender Institution Navarro de Paiva”. Starting from the conceptualisation of juvenile delinquency...

Reinserção social: processo que implica continuidade e cooperação

Ganev, Eliane; Lima, Wagner de Lorence
Fonte: Serviço Social & Saúde Publicador: Serviço Social & Saúde
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Bibliográficooooo Formato: application/pdf
Publicado em 20/02/2015 POR
Relevância na Pesquisa
76.67%
O presente artigo propõe uma reflexão em torno do conceito de reinserção social de indivíduos que se tornaram dependentes de drogas, com o objetivo de oferecer uma contribuição na construção de políticas públicas sobre drogas capazes de fazer frente a este importante problema de saúde pública na contemporaneidade. Além dos aspectos conceituais da reinserção social, discutimos seus pressupostos e objetivos; seu contexto sempre atravessado pelas complexidades e singularidades características da dependência de drogas; aspectos tais como abstinência, riscos de recaídas, desconstrução e reconstrução de estilos de vida; o caráter multidisciplinar e a necessidade do trabalho continuado e metódico, no curto, médio e longo prazos, exigindo a cooperação de distintos agentes e sujeitos implicados nos desafios da reinserção social. Abstract: In this paper, we propose an analysis about the concept of social reinsertion of individuals who have become drug addicts. We want to help in planning public actions about drugs which can face this important public health problem nowadays. Apart from the conceptual aspects of social reinsertion, we hereby discuss its proposals, objectives and its context which is permanently affected by the complexities and peculiarities of drug dependency; aspects such as withdrawal...