Página 1 dos resultados de 565 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

Metodologia para mapeamento de informações não estruturadas descritas em laudos médicos para uma representação atributo-valor; A methodology for mapping non-structured medical findings to the attribute-value table format

Honorato, Daniel de Faveri
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/04/2008 PT
Relevância na Pesquisa
36.64%
Devido à facilidade com que informações biomédicas em língua natural são registras e armazenadas no formato digital, a recuperação de informações a partir de registros de pacientes nesse formato não estruturado apresenta diversos problemas a serem solucionados. Assim, a extração de informações estruturadas (por exemplo, no formato atributo-valor) a partir de registros não estruturados é um importante problema de pesquisa. Além disso, a representação de registros médicos não estruturados no formato atributo-valor, permite a aplicação de uma grande variedade de métodos de extração de padrões. Para mapear registros médicos não estruturados no formato atributo-valor, propomos uma metodologia que pode ser utilizada para automaticamente (ou semi-automaticamente, com a ajuda de um especialista do domínio) mapear informações médicas de interesse armazenadas nos registros médicos e descritas em linguagem natural em um formato estruturado. Essa metodologia foi implementada em um sistema computacional chamado TP-DISCOVER, o qual gera uma tabela no formato atributo-valor a partir de um conjunto de registros de pacientes (documentos). De modo a identificar entidades importantes no conjunto de documentos, assim como relacionamentos significantes entre essas entidades...

Indicador de qualidade assistencial úlcera por pressão : análise de prontuário e de notificação de incidente; Indicador de calidad úlcera por presión : análisis de los registros médicos y notificación de incidentes; Pressure ulcer care quality indicator : analysis of medical records and incident report

Santos, Cássia Teixeira dos; Oliveira, Magáli Costa; Pereira, Ana Gabriela Silva; Suzuki, Lyliam Midori; Lucena, Amália de Fátima
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.46%
Estudo transversal, com objetivos de comparar os dados notificados em sistema de indicador de qualidade assistencial de úlcera por pressão (UP), com registros em evoluções de enfermagem nos prontuários dos pacientes, descrever o perfil clínico e os diagnósticos de enfermagem dos pacientes que desenvolveram UP grau II ou mais. Amostra de 188 pacientes em risco para UP, internados em unidades clínicas/cirúrgicas de um hospital universitário do sul do país. Dados coletados retrospectivamente em prontuário e sistema informatizado de indicador assistencial, analisados estatisticamente. Dos 188 pacientes, seis (3%) apresentaram notificação de UP grau II ou mais, entretanto, 19 (10%) tiveram registro nas evoluções de enfermagem, constatando-se subnotificação de dados. A maioria eram mulheres, idosos e portadores de doenças cerebrovasculares. O diagnóstico de enfermagem mais frequente foi Risco de infecção. Utilizar duas ou mais metodologias de pesquisa como dados de notificação de incidente e revisão retrospectiva em prontuário torna o resultado fidedigno.; Estudio transversal con el objetivo de comparar los datos reportados por el indicador de calidad de la atención de las úlceras por presión (UP) con de la evolución de enfermería; describir los diagnósticos clínicos y de enfermería de los que desarrollaron UP grado II o superior. La muestra fue 188 pacientes en riesgo de UP hospitalizado en unidades médicas/quirúrgicas. Los datos se recogieron retrospectivamente de los registros médicos y del sistema informatizado de indicadores...

Avaliação da vacina antitetânica na gravidez em Campinas, SP : o informado e o registrado; Evaluation of tetanus vaccine in pregnancy on Campinas, SP : the informed and the registered

Sabrina Momesso Viganô
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 04/07/2013 PT
Relevância na Pesquisa
36.32%
Objetivo: Avaliar os registros acerca da vacinação antitetânica na gestação e verificar a conformidade deles com o relato das pacientes. Metodologia: Trata-se de um estudo transversal com abordagem quantitativa e caráter avaliativo. Foi realizado estudo piloto e Validação de Conteúdo do Instrumento de Coleta de Dados. Os dados foram coletados por entrevista semi-estruturada com puérperas, fotografia de Cartões de Gestante e de Fichas Obstétricas. Para análise dos dados foi utilizado o programa estatístico SAS 9.2 e calculado o coeficiente Kappa. O estudo está em conformidade com a Resolução 196/96. Resultados: 38 (12,30%) puérperas relataram não ter recebido vacina na gestação. 39,11% (106 de 309) das mulheres referiram ter recebido a vacina antitetânica na gestação, 50,16% (155) dos Cartões de Gestante e 20,06% (62) de Fichas Obstétricas continham registro desta vacina. Quanto a vacina antitetânica na gestação, o relato da mulher comparado ao registro do Cartão de Gestante é pouco coincidente (Kappa 0,55, moderado), o registro do Cartão de Gestante com o registro da Ficha Obstétrica é menos coincidente (Kappa 0,27, suave) e o relato com o registro da Ficha Obstétrica é menos coincidente ainda (0...

Padrões de dados, terminologias e sistemas de classificação para o cuidado em saúde e enfermagem

Barra,Daniela Couto Carvalho; Sasso,Grace Teresinha Marcon Dal
Fonte: Associação Brasileira de Enfermagem Publicador: Associação Brasileira de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2011 PT
Relevância na Pesquisa
46.23%
A informação é essencial para o cuidado de Enfermagem, pois subsidia o enfermeiro na tomada de decisão clínica para a resolução e diminuição dos problemas em saúde. Este estudo de revisão integrativa identificou nas publicações de periódicos nacionais e internacionais os principais padrões de dados, terminologias e sistemas de classificação utilizados no cuidado em saúde e Enfermagem. A pesquisa foi realizada nas bases de dados MEDLINE, CINAHL e SCIELO utilizando os descritores: Sistemas de Informação, Informática em Enfermagem, Informática Médica, Sistemas Computadorizados de Registros Médicos, Terminologia e Nomenclatura Sistematizada de Medicina. Foram selecionados 91 artigos sendo analisados em duas categorias empíricas: "padrões de dados para o cuidado em saúde e enfermagem" e "terminologias e sistemas de classificação em Enfermagem". A partir dos diversos padrões de dados, terminologias e sistemas existentes, considera-se importante que a Enfermagem se aproprie dos mesmos visando aprimorar e renovar a qualidade do cuidado.

Discrepâncias entre o informe verbal e os registros no cartão da gestante, um instrumento negligenciado

Barreto,Fabiano Djalma Figueirôa Paes; Albuquerque,Rivaldo Mendes de
Fonte: Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia Publicador: Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2012 PT
Relevância na Pesquisa
46.28%
OBJETIVO: Comparar o preenchimento do cartão da gestante em serviço-escola e em outros serviços, assim como verificar a concordância entre esses registros e as informações verbais das puérperas. MÉTODOS: Realizou-se estudo epidemiológico, transversal, misto, com duas etapas, adotando amostragem estratificada proporcional ao número de partos. Na primeira, os registros no cartão da gestante de um serviço-escola foram comparados aos de unidades não vinculadas ao ensino superior na área de saúde, em Recife (PE). Na segunda etapa, foram coletadas informações sobre o pré-natal de puérperas, por meio de questionário semiestruturado. Foram incluídas 262 puérperas com mais de 19 anos de idade, que portavam o cartão da gestante quando do parto, ocorrido entre maio e julho de 2008. Foram empregados testes estatísticos do χ², t de Student ou de Mann-Whitney, todos unicaudais à direita, com nível de significância de 5%. RESULTADOS: As informações mais frequentemente registradas no cartão da gestante, no serviço-escola, foram escolaridade (86,5 contra 70,3%; p=0,002), estado civil (83,7 contra 70,9%; p=0,01), peso anterior à gestação (72,1 contra 46,8%; p<0,001), estatura (62,5 contra 45,6%; p=0,007) e práticas educativas (76...

Reforma sanitária e informação em saúde: avaliação dos registros médicos em um distrito sanitário de Salvador, Bahia

Modesto,Márcia G.; Moreira,Esdras C.; Almeida-Filho,Naomar de
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/1992 PT
Relevância na Pesquisa
46.23%
O presente estudo objetivou avaliar a qualidade dos registros médicos dos serviços de atenção primária à saúde no Distrito Sanitário de Itapagipe, em Salvador/Bahia, Brasil, antes e depois da reforma sanitária do Sistema Unificado e Descentralizado de Saúde (SUDS), iniciada em 1987. Foram analisados 961 prontuários novos para o ano de 1986 e 850 para o ano de 1989, em relação aos seguintes aspectos: padronização do prontuário, legibilidade e preenchimento dos itens básicos de uma anamnese de primeira consulta. Comparando-se os períodos pré e pós-reforma sanitária, observou-se uma melhoria em relação à padronização dos prontuários (de 49% para 94%) e ao registro de prescrição e de diagnósticos (30% dos prontuários sem registro de diagnóstico apresentavam registro de prescrição em 1986, passando a 7% em 1989). Entretanto, ocorreu um decréscimo na proporção de prontuários legíveis (de 76% para 71%) e um aumento importante na freqüência de prontuários em branco (de 6% para 19%), indicando que, apesar da melhoria no suprimento de recursos materiais, não se observou um avanço correspondente na qualidade da informação em saúde. Finalmente, apesar de uma acentuada melhoria na proporção de prontuários com qualidade satisfatória (de 5% para 24%)...

Auditoria médica: avaliação de alguns procedimentos inseridos no programa de atenção integral à saúde da mulher no posto de saúde da Vila Municipal, Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil

Costa,Juvenal Soares Dias da; Roman,Vania Rosa; Luz,Rafael Moura da; Manzolli,Patricia Portantiolo; Correa,Pedro; Recuero,Luis Fernando
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1998 PT
Relevância na Pesquisa
46.23%
Este estudo, mediante auditoria médica, avalia a qualidade da atenção médica no Posto de Saúde da Vila Municipal, Pelotas, Rio Grande do Sul. Por meio do levantamento de dados registrados nos prontuários de família em 1992, 1993 e 1994, foram coletadas informações referentes às atividades do Programa de Atenção Integral à Saúde da Mulher (PAISM), como, por exemplo, a idade da paciente, número de consultas médicas e não médicas, aferição de pressão arterial, se as mamas haviam sido examinadas, cobertura do exame citopatológico e uso de método contraceptivo. Verificou-se que, em média, as mulheres consultam-se neste serviço 3,5 a quatro vezes por ano. Destas, 53% encontram-se na faixa etária entre vinte e 39 anos de idade. Quanto à cobertura de exame citopatológico, encontrou-se registro de 42,5% procedimentos realizados nos últimos três anos. Entre as mulheres que tiveram suas mamas examinadas, 19,4% foram registradas. A aferição da tensão arterial foi o procedimento estudado que atingiu a cobertura mais elevada nesta auditoria. Acredita-se que o cuidado ao paciente também depende da qualidade do registro; portanto, a baixa qualidade dos registros médicos encontrados servirá para fomentar discussões com a equipe...

Registros em saúde: avaliação da qualidade do prontuário do paciente na atenção básica, Rio de Janeiro, Brasil

Vasconcellos,Miguel Murat; Gribel,Else Bartholdy; Moraes,Ilara Hammerli Sozzi de
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2008 PT
Relevância na Pesquisa
46.21%
Com o objetivo de contribuir para a avaliação da Atenção Básica, desenvolveu-se estudo que tem por referência a qualidade de prontuários dos pacientes, considerando os registros dos atendimentos realizados em quatro municípios acima de 100 mil habitantes no Estado do Rio de Janeiro, Brasil, em 2004, esta pesquisa se trata de estudo transversal com base em dados primários, levantados por verificação direta no prontuário. Os atendimentos foram sorteados em amostra probabilística por conglomerado em dois estágios: estabelecimentos de atenção básica e atendimentos/prontuários. Verificou-se a completitude de atributos relativos à identificação dos usuários atendidos, em todos os prontuários, e a características do processo de atendimento (como peso, pressão arterial, colpocitologia e glicemia) nos prontuários de mulheres acima de 19 anos, hipertensas e diabéticas. Na identificação dos usuários, encontrou-se baixa presença dos atributos sociais e somente metade dos prontuários possuía registro da data de abertura. Os registros de características do processo de atendimento em mulheres, hipertensas e diabéticas, ficaram longe das proposições do Ministério da Saúde. A análise da completitude sugere discutível qualidade na continuidade do cuidado oferecido...

Avaliação dos registros de enfermeiros em prontuários de pacientes internados em unidade de clínica médica

Franco,Maria Teresa Gomes; Akemi,Elizabeth Nishio; D´Inocento,Maria
Fonte: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo Publicador: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2012 PT
Relevância na Pesquisa
46.28%
OBJETIVO: Analisar os registros de enfermagem (RE) realizados por enfermeiros em prontuários de pacientes da Clínica Médica (CM) de um hospital público. MÉTODOS: A amostra do estudo foi composta de 240 (100%) prontuários de pacientes que tiveram alta ou óbito, de fevereiro a abril de 2008. Os critérios de classificação para o preenchimento, basearam-se nos estabelecidos pela instituição pesquisada. RESULTADOS: Os registros foram preenchidos de forma completa na maioria dos itens: histórico de enfermagem (99,9%); evolução multidisciplinar (80,0%) e avaliação de risco (99,6%). Quanto à conformidade do preenchimento, destacaram-se: 88,4% de prescrições de enfermagem classificadas como conforme, diagnóstico e evolução de enfermagem 58,7% e 64,6% como não conformes, respectivamente. Quanto à identificação do enfermeiro: 98,3% completa no histórico de enfermagem, 87,9% na evolução e 75,4% no diagnóstico e prescrição de enfermagem. CONCLUSÃO: As não conformidades encontradas confrontam a importância dada pela instituição para realização dos registros, treinamentos e a vigilância da comissão de auditoria de enfermagem.

Óbitos neonatais: por que e como informar?

Pedrosa,Linda Délia Carvalho de Oliveira; Sarinho,Silvia W.; Ordonha,Manoelina de Albuquerque Rocha
Fonte: Instituto de Medicina Integral Prof. Fernando Figueira Publicador: Instituto de Medicina Integral Prof. Fernando Figueira
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2005 PT
Relevância na Pesquisa
46.32%
Os óbitos neonatais se constituem no mais importante componente da mortalidade infantil (MI) no Brasil, tendo como principais causas a asfixia, o baixo peso ao nascer, as afecções respiratórias do recém-nascido, as infecções e a prematuridade. São situações vinculadas a falhas de prevenção e a ampla rede de determinantes desses óbitos precisa ser conhecida a partir das informações disponibilizadas pelos sistemas nacionais de informação. Uma boa cobertura do sistema, agilidade e coleta de informações confiáveis em todos os níveis e o controle do fluxo dessas informações, asseguram a validade dos indicadores gerados, permitindo a escolha da melhor abordagem preventiva. Neste artigo, são apresentadas as diversas fontes de pesquisa em óbitos neonatais, seus usos e limitações ressaltando o papel dos profissionais de saúde na geração de dados confiáveis. Foram consultados manuais técnicos do Ministério da Saúde, teses, dissertações e livros sobre o tema e realizada uma revisão nos bancos de dados eletrônicos Medline, LILACS, SCIELO e PAHO em artigos disponíveis de 1980 a 2004, a partir dos descritores "mortalidade infantil", "mortalidade neonatal", "mortalidade neonatal precoce", "causa básica de óbito"...

Documentação fotográfica intra-operatória

Tavares,Marcelo Versiani; Cotta,Fernando Barbosa; Corrêa,André Giannini; Gomes,Rafael Carlos Barra; Barros,Virgínia Magalhães de; Maia,Mariana Rabelo; Avelar,Luiz Eduardo Toledo; Mercadante,Gustavo Graça
Fonte: Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica Publicador: Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2010 PT
Relevância na Pesquisa
46.23%
O prontuário médico é um dever ético, sendo a documentação fotográfica uma extensão deste, e muitas vezes de grande importância, principalmente na Cirurgia Plástica. A documentação fotográfica pré-operatória e pós-operatória em Cirurgia Plástica é rotineiramente utilizada, enquanto a fotografia intra-operatória ainda não, apesar de facilitar e auxiliar as divulgações científicas e ser uma forte aliada nos registros médicos. O presente artigo apresenta uma forma simples, de baixo custo, capaz de permitir a documentação fotográfica intra-operatória com ótima qualidade, preservando-se o ângulo de visão do próprio cirurgião, com menores riscos de contaminação, demandando menor tempo de interrupção e independente de auxiliares externos. Tal ferramenta consiste na associação de uma capa à prova de água à câmera fotográfica digital.

Concordância entre a ingestão alimentar relatada pelo paciente cirúrgico e a registrada em prontuário pelos enfermeiros; Conformity between acceptance of oral intake referred by surgical patients and registered nurses in the medical records; Concordancia entre la aceptación de la dieta oral reportada por los pacientes quirúrgicos y reportados por enfermeras registradas en los registros médicos

Azambuja, Fernanda Braga
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.33%
Introdução: Ainda que pacientes apresentem irregular aceitação da via oral, a avaliação sistemática e precisa sobre a ingestão não está incorporada às rotinas assistenciais de enfermagem. Objetivo: Avaliar a concordância entre a aceitação da alimentação por via oral referida por pacientes e os registros em prontuário desta aceitação, assim como os diagnósticos e cuidados de enfermagem prescritos. Método: Em uma coorte de adultos cirúrgicos do Hospital de Clínicas de Porto Alegre, entre agosto de 2011 e outubro de 2012, foram avaliados inquéritos de ingestão alimentar por meio de recordatório de 24 horas, registros nos prontuários da ingestão alimentar pelos enfermeiros, diagnósticos de enfermagem (DE) e prescrição de cuidados referentes à nutrição. Considerou-se “boa aceitação”: ingestão ≥75% das calorias totais prescritas no dia; “regular aceitação”: 50 a 74,9%; “pouca aceitação”: <50% e NPO (nada por via oral), conforme prescrição médica. Adotou-se Coeficiente de Kappa para avaliação da concordância. Resultados: A proporção de respostas coincidentes entre o relato do paciente e registro do enfermeiro foi de 91,3% nas situações de NPO, 87,1% para “boa aceitação”...

Análisis de registros de tensión arterial en pacientes de 3-20 años por pediatras en la historia clínica electrónica

Busaniche,Julio; Eymann,Alfredo; Otero,Paula; Llera,Julián
Fonte: Archivos argentinos de pediatría Publicador: Archivos argentinos de pediatría
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2008 ES
Relevância na Pesquisa
46.49%
Introducción. El control de la tensión arterial (TA) es una práctica recomendada por lo menos una vez al año, para todos los niños sanos mayores de 3 años y antes de esta edad en aquellos niños con riesgo elevado de desarrollar hipertensión arterial. Los médicos pediatras cumplen en forma irregular esta recomendación. Objetivos. Conocer la prevalencia de registros de tensión arterial en una historia clínica informatizada en pacientes de 3-20 años de edad en el servicio de Clínica Pediátrica y la prevalencia de registros de TA elevados (hipertensión arterial y TA alta o prehipertensión) según sexo, edad y percentilo de talla. Población, material y métodos. Se realizó un estudio transversal, descriptivo y analítico. Se evaluaron 8.140 registros de pacientes de 3-20 años de edad atendidos al menos en una oportunidad entre enero y junio de 2005 por su médico de cabecera. Para definir hipertensión arterial, prehipertensión y registros de tensión arteriales normales se utilizó la recomendación publicada en Pediatrics 2004 Aug; 114: 555-76. Resultados. A 2.723 de los 8.140 pacientes atendidos se les registró la TA (33,4%). El 76% de los registros fueron de normotensión, el 17% de prehipertensión y el 7% de hipertensión. El porcentaje de prehipertensión fue significativamente mayor en los varones (21...

Registros de salud: evaluación estadística de su calidad

Castillo Rivas,Jacqueline
Fonte: Revistas de Ciencias Administrativas y Financieras de la Seguridad Social Publicador: Revistas de Ciencias Administrativas y Financieras de la Seguridad Social
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1997 ES
Relevância na Pesquisa
36.38%
El expediente de salud es la descripción detallada de los datos relativos a la salud de una persona; es la base del sistema de información de la atención del paciente y un medio de comunicación entre médicos y otros profesionales que colaboran con ella. Si está bien estructurado y completo facilita la medición de la calidad y eficiencia de la atención brindada. Sirve además para proteger los aspectos médico - legales tanto del paciente, del dentro de salud o del cuerpo médico y provee datos para la investigación educación, la administración, la planificación y la evaluación de las acciones en salud. En el país se ha detectado la falta de uniformidad en el registro de la información, así como la no anotación de datos básicos y necesarios para llevar a cabo un control continuo de la calidad. Por esa razón, se elaboró una metodología para evaluar estadísticamente la calidad de los registros de salud. La elaboración de esta metodología se basó en una muestra de expedientes, para la cual se diseñaron una serie de formularios para la recolección de la información y se construyeron dos índices de calidad, uno de completitud y el otro de aplicabilidad para cada uno de los registros contenidos en el expediente de salud. Dicha metodología ha sido probada por estudiantes de los cursos de Registros Médicos...

Modificaciones en las perspectivas de los médicos sobre el registro médico electrónico: investigación cualitativa longitudinal

Dawidowski,Adriana Ruth; Toselli,Luzia; Roberto Luna,Daniel; Oberti,Pablo Fernando; Soto,María Aracelli; González Bernaldo de Quirós,Fernán
Fonte: Gaceta Sanitaria Publicador: Gaceta Sanitaria
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; journal article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: text/html; application/pdf
Publicado em 01/10/2007 SPA
Relevância na Pesquisa
46.28%
Objetivos: Conocer las creencias de los médicos sobre un registro médico electrónico para la atención ambulatoria en diferentes etapas del proceso de implementación del sistema. Métodos: Investigación cualitativa longitudinal basada en entrevistas en profundidad (desde julio de 2001 hasta diciembre de 2003), desarrolladas en el Hospital Italiano de Buenos Aires (Argentina). Se entrevistó a 20 cardiólogos de atención ambulatoria con perfiles profesionales diversos (muestreo intencional) antes, durante y al finalizar la implementación del sistema (10 entrevistas por etapa). El análisis fue realizado por 2 investigadores independientes y las categorías refinadas conjuntamente. Resultados: Antes y durante la primera etapa de la implementación los médicos esperaban que el sistema mejorara los procesos administrativos de la atención y la disponibilidad de los datos individuales que cada uno había registrado en consultas anteriores, pero no imaginaban que la información colectiva pudiera modificar los aspectos médicos de la atención. Al finalizar la implementación, en cambio, percibieron que el sistema les permitía acceder a una visión integral del paciente que modificaba el desempeño profesional. Durante la implementación...

Modificaciones en las perspectivas de los médicos sobre el registro médico electrónico: investigación cualitativa longitudinal

Dawidowski,Adriana Ruth; Toselli,Luzia; Roberto Luna,Daniel; Oberti,Pablo Fernando; Soto,María Aracelli; Bernaldo de Quirós,FernánGonzález
Fonte: Ediciones Doyma, S.L. Publicador: Ediciones Doyma, S.L.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2007 ES
Relevância na Pesquisa
46.28%
Objetivos: Conocer las creencias de los médicos sobre un registro médico electrónico para la atención ambulatoria en diferentes etapas del proceso de implementación del sistema. Métodos: Investigación cualitativa longitudinal basada en entrevistas en profundidad (desde julio de 2001 hasta diciembre de 2003), desarrolladas en el Hospital Italiano de Buenos Aires (Argentina). Se entrevistó a 20 cardiólogos de atención ambulatoria con perfiles profesionales diversos (muestreo intencional) antes, durante y al finalizar la implementación del sistema (10 entrevistas por etapa). El análisis fue realizado por 2 investigadores independientes y las categorías refinadas conjuntamente. Resultados: Antes y durante la primera etapa de la implementación los médicos esperaban que el sistema mejorara los procesos administrativos de la atención y la disponibilidad de los datos individuales que cada uno había registrado en consultas anteriores, pero no imaginaban que la información colectiva pudiera modificar los aspectos médicos de la atención. Al finalizar la implementación, en cambio, percibieron que el sistema les permitía acceder a una visión integral del paciente que modificaba el desempeño profesional. Durante la implementación...

Evaluación externa de registros de cáncer de base poblacional: la Guía REDEPICAN para América Latina

Navarro,Carmen; Molina,José Antonio; Barrios,Enrique; Izarzugaza,Isabel; Loria,Dora; Cueva,Patricia; Sánchez,María José; Chirlaque,María Dolores; Fernández,Leticia
Fonte: Organización Panamericana de la Salud Publicador: Organización Panamericana de la Salud
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/11/2013 ES
Relevância na Pesquisa
46.31%
OBJETIVO: Evaluar la factibilidad y la adecuación de la Guía REDEPICAN (Red Iberoamericana de Epidemiología y Sistemas de Información en Cáncer) a la situación actual de los Registros de Cáncer de Base Poblacional (RCBP) en América Latina y el Caribe como herramienta útil para mejorar dichos registros. MÉTODOS: La Guía fue diseñada por expertos en registros de cáncer y auditorías sanitarias, y se establecieron siete dominios para evaluarla. Para cada dominio se eligieron varios criterios con sus correspondientes estándares. Se determinaron tres niveles de cumplimiento del estándar. Se organizaron dos cursos de formación de evaluadores externos y tres paneles de discusión con expertos. La Guía se probó en seis RCBP de América Latina y España. RESULTADOS: La Guía contiene 68 criterios, 10 de ellos considerados esenciales para un RCBP. De acuerdo con la puntuación alcanzada, el registro se considera como aceptable (41-199), bueno (200-299) o excelente (300-350). El dominio sobre Métodos de registro representa el 25% de la puntuación, seguido por la Exhaustividad y validez (19%), la Difusión de resultados (19%), la Estructura (13%), la Confidencialidad y aspectos éticos (11%), la Comparabilidad (9%) y el Manual de procedimiento (3%). El proyecto piloto permitió: 1) perfeccionar criterios y estándares...

Auditoria médica: avaliação de alguns procedimentos inseridos no programa de atenção integral à saúde da mulher no posto de saúde da Vila Municipal, Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil

Costa,Juvenal Soares Dias da; Roman,Vania Rosa; Luz,Rafael Moura da; Manzolli,Patricia Portantiolo; Correa,Pedro; Recuero,Luis Fernando
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1998 PT
Relevância na Pesquisa
46.23%
Este estudo, mediante auditoria médica, avalia a qualidade da atenção médica no Posto de Saúde da Vila Municipal, Pelotas, Rio Grande do Sul. Por meio do levantamento de dados registrados nos prontuários de família em 1992, 1993 e 1994, foram coletadas informações referentes às atividades do Programa de Atenção Integral à Saúde da Mulher (PAISM), como, por exemplo, a idade da paciente, número de consultas médicas e não médicas, aferição de pressão arterial, se as mamas haviam sido examinadas, cobertura do exame citopatológico e uso de método contraceptivo. Verificou-se que, em média, as mulheres consultam-se neste serviço 3,5 a quatro vezes por ano. Destas, 53% encontram-se na faixa etária entre vinte e 39 anos de idade. Quanto à cobertura de exame citopatológico, encontrou-se registro de 42,5% procedimentos realizados nos últimos três anos. Entre as mulheres que tiveram suas mamas examinadas, 19,4% foram registradas. A aferição da tensão arterial foi o procedimento estudado que atingiu a cobertura mais elevada nesta auditoria. Acredita-se que o cuidado ao paciente também depende da qualidade do registro; portanto, a baixa qualidade dos registros médicos encontrados servirá para fomentar discussões com a equipe...

Registros em saúde: avaliação da qualidade do prontuário do paciente na atenção básica, Rio de Janeiro, Brasil

Vasconcellos,Miguel Murat; Gribel,Else Bartholdy; Moraes,Ilara Hammerli Sozzi de
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2008 PT
Relevância na Pesquisa
46.21%
Com o objetivo de contribuir para a avaliação da Atenção Básica, desenvolveu-se estudo que tem por referência a qualidade de prontuários dos pacientes, considerando os registros dos atendimentos realizados em quatro municípios acima de 100 mil habitantes no Estado do Rio de Janeiro, Brasil, em 2004, esta pesquisa se trata de estudo transversal com base em dados primários, levantados por verificação direta no prontuário. Os atendimentos foram sorteados em amostra probabilística por conglomerado em dois estágios: estabelecimentos de atenção básica e atendimentos/prontuários. Verificou-se a completitude de atributos relativos à identificação dos usuários atendidos, em todos os prontuários, e a características do processo de atendimento (como peso, pressão arterial, colpocitologia e glicemia) nos prontuários de mulheres acima de 19 anos, hipertensas e diabéticas. Na identificação dos usuários, encontrou-se baixa presença dos atributos sociais e somente metade dos prontuários possuía registro da data de abertura. Os registros de características do processo de atendimento em mulheres, hipertensas e diabéticas, ficaram longe das proposições do Ministério da Saúde. A análise da completitude sugere discutível qualidade na continuidade do cuidado oferecido...

Reforma sanitária e informação em saúde: avaliação dos registros médicos em um distrito sanitário de Salvador, Bahia

Modesto,Márcia G.; Moreira,Esdras C.; Almeida-Filho,Naomar de
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/1992 PT
Relevância na Pesquisa
46.23%
O presente estudo objetivou avaliar a qualidade dos registros médicos dos serviços de atenção primária à saúde no Distrito Sanitário de Itapagipe, em Salvador/Bahia, Brasil, antes e depois da reforma sanitária do Sistema Unificado e Descentralizado de Saúde (SUDS), iniciada em 1987. Foram analisados 961 prontuários novos para o ano de 1986 e 850 para o ano de 1989, em relação aos seguintes aspectos: padronização do prontuário, legibilidade e preenchimento dos itens básicos de uma anamnese de primeira consulta. Comparando-se os períodos pré e pós-reforma sanitária, observou-se uma melhoria em relação à padronização dos prontuários (de 49% para 94%) e ao registro de prescrição e de diagnósticos (30% dos prontuários sem registro de diagnóstico apresentavam registro de prescrição em 1986, passando a 7% em 1989). Entretanto, ocorreu um decréscimo na proporção de prontuários legíveis (de 76% para 71%) e um aumento importante na freqüência de prontuários em branco (de 6% para 19%), indicando que, apesar da melhoria no suprimento de recursos materiais, não se observou um avanço correspondente na qualidade da informação em saúde. Finalmente, apesar de uma acentuada melhoria na proporção de prontuários com qualidade satisfatória (de 5% para 24%)...