Página 1 dos resultados de 13782 itens digitais encontrados em 0.012 segundos

Quality of life and discriminating power of two questionnaires in fibromyalgia patients: fibromyalgia Impact Questionnaire and Medical Outcomes Study 36-Item Short-Form Health Survey; A qualidade de vida e o poder de discriminação de dois questionários em pacientes com fibromialgia: fibromyalgia Impact Questionnaire e Medical Outcomes Study 36-Item Short-Form Health Survey

ASSUMPÇÃO, Ana; PAGANO, Tatiana; MATSUTANI, Luciana A.; FERREIRA, Elizabeth A. G.; PEREIRA, Carlos A. B.; MARQUES, Amélia P.
Fonte: Associação Brasileira de Pesquisa e Pós-Graduação em Fisioterapia Publicador: Associação Brasileira de Pesquisa e Pós-Graduação em Fisioterapia
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
36.54%
BACKGROUND: Fibromyalgia is a painful syndrome characterized by widespread chronic pain and associated symptoms with a negative impact on quality of life. OBJECTIVES: Considering the subjectivity of quality of life measurements, the aim of this study was to verify the discriminating power of two quality of life questionnaires in patients with fibromyalgia: the generic Medical Outcomes Study 36-Item Short-Form Health Survey (SF-36) and the specific Fibromyalgia Impact Questionnaire (FIQ). METHODS: A cross-sectional study was conducted on 150 participants divided into Fibromyalgia Group (FG) and Control Group (CG) (n=75 in each group). The participants were evaluated using the SF-36 and the FIQ. The data were analyzed by the Student t-test (α=0.05) and inferential analysis using the Receiver Operating Characteristics (ROC) Curve - sensitivity, specificity and area under the curve (AUC). The significance level was 0.05. RESULTS: The sample was similar for age (CG: 47.8±8.1; FG: 47.0±7.7 years). A significant difference was observed in quality of life assessment in all aspects of both questionnaires (p<0.05). Higher sensibility, specificity and AUC were obtained by the FIQ (96%, 96%, 0.985, respectively), followed by the SF-36 (88%...

Validação e reprodutibilidade de dois questionários específicos para avaliar qualidade de vida de pacientes com câncer de ovário; Validation and reproducibility of two specific questionnaires to assess Quality of Life of Patients with Ovarian Cancer

Schroeter, Débora
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 06/09/2011 PT
Relevância na Pesquisa
36.67%
Introdução: O câncer de ovário é considerado a primeira causa de óbito entre os tumores ginecológicos. Entretanto, com os avanços nos tratamentos as pacientes com câncer de ovário apresentam uma sobrevida maior, sendo fundamental discutir sua qualidade de vida. Objetivos: Validar e analisar a confiabilidade de dois questionários existentes na literatura, a saber: EORTC-OV28 e FACT-O e avaliar a compreensão, preferência e aceitação dos mesmos. Metodologia: O estudo foi realizado nos Ambulatórios de Ginecologia Oncológica e Oncologia Clínica do Hospital do Câncer AC Camargo São Paulo. Foram analisadas 114 mulheres com diagnóstico de câncer de ovário, em qualquer estádio da doença. Para cada questionário foi analisada a consistência interna (alpha de Cronbach), a validade de constructo convergente (coeficiente de correlação de Spearman com os domínios do questionário SF-36 e HADS), a validade de constructo discriminante (comparação das médias dos escores, segundo estadiamento inicial (I e II) x avançado (III e IV), Karnosfky (80-100 por cento x 5070 por cento ), doença atual (sem evidência de doença X com evidência de doença) e tratamento atual (em tratamento e pós tratamento)) e analisado o grau de compreensão dos mesmos. A reprodutibilidade foi verificada após duas semanas e foi analisada por meio da comparação de médias (Wilcoxon)...

Desempenho dos Questionários Massachusetts Male Aging Study (MMAS) e Androgen Deficiency in the Aging Male (ADAM) na predição da testosterona livre em pacientes com 40 anos ou mais atendidos em ambulatório de urologia; Performance of Massachusetts Male Aging Sudy (MMAS) and Androgen Deficiency in the Aging Male (ADAM) questionnaires in the prediction of free testosterone in patients aged 40 years or older treated in outpatient regimen

Cabral, Renan Desimon
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.54%
Objetivo: Atualmente, a medição de Testosterona Livre calculada é considerado como sendo o padrão-ouro no diagnóstico do hipogonadismo em homens, porém, não está disponível para todos os indivíduos com suspeita de diminuição da função testicular. Portanto, avaliamos se o questionário Adrogen Deficiency in the Aging Male (ADAM) e o questionário Massachusetts Male Ageing Study (MMAS) poderiam ser utilizados como substitutos das determinações bioquímicas na identificação de hipogonadismo em homens com 40 anos ou mais. Métodos: Foram analisados 460 homens, com 40 anos ou mais de idade, participantes voluntários do programa de rastreamento de câncer de próstata do Hospital de Clínicas de Porto Alegre. Foi avaliada a capacidade dos questionários ADAM e MMAS de identificar homens com níveis baixos de Testosterona Total, Livre Calculara e Biodisponível. Resultados: A sensibilidade e especificidade do questionário ADAM, com relação à Testosterona Livre Calculada, foram de 73,6% e 31,9%, respectivamente. O uso de ADAM resultou em uma classificação adequada da nossa população em indivíduos normais ou hipogonádicos em 52,75% dos casos. Para o questionário MMAS, a sensibilidade foi calculada em 59,9% e a especificidade em 42...

Processo de adaptação de próteses auditivas em usuários atendidos em uma instituição pública federal : parte II: resultados dos questionários de auto-avaliação; Hearing aid fitting process in users fitted in a federal public institution : part II: self-assessment questionnaire results

Freitas, Carine Dias de; Costa, Maristela Julio
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.61%
Uma reabilitação eficiente deve reduzir os efeitos da deficiência sobre as habilidades auditivas e comunicativas do indivíduo e aumentar o bem-estar psicossocial. Objetivos: Verificar a viabilidade do uso de questionários de auto-avaliação e comparar os resultados da protetização em usuários de uma instituição pública federal, com e sem queixas relacionadas às características da amplificação. Material e Método: 25 indivíduos, de 13 a 77 anos de idade, usuários de próteses auditivas. Foram aplicados os questionários de auto-avaliação HHIE-S/HHIA (Hearing Handicap Inventory for the Elderly Screening Version ou for Adult) e APHAB (Abbreviated Profile of Hearing Aid Benefit), nos indivíduos sem (Grupo 1) e com queixas relacionados às características da amplificação (Grupo 2). Resultados: Diferenças significantes não foram encontradas entre os grupos nos protocolos HHIE-S/HHIA e APHAB, exceto na subescala facilidade de comunicação do APHAB, onde o Grupo 1 obteve melhor benefício. Também evidenciou-se redução significativa da incapacidade auditiva com o uso das próteses em situações favoráveis de comunicação, ambientes reverberantes e na presença de ruído ambiental para ambos os grupos. Conclusão: Os questionários revelaram ser excelentes preditores das dificuldades enfrentadas pelos usuários...

Melhoria de questionários de satisfação empresariais : criação e aplicação de metodologias

Ornelas, André Vilela de Freitas
Fonte: Universidade Católica Portuguesa Publicador: Universidade Católica Portuguesa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 25/06/2012 POR
Relevância na Pesquisa
36.71%
Um dos mais populares métodos de recolha de informação sobre uma dada população é o preenchimento de inquéritos e questionários. O uso deste tipo de angariação de informação tem a vantagem de abranger uma área geográfica praticamente ilimitada com o uso das novas tecnologias. No entanto, o conceito de questionário actualmente utilizado não garante a qualidade dos dados obtidos. Os resultados extraídos de questionários de satisfação estão directamente relacionados com a tomada de decisão de uma empresa, nomeadamente na alocação de recursos e iniciativas de forma a dar resposta aos índices de satisfação dos serviços por ela prestada. Surge então a necessidade de garantir o mais elevado grau de qualidade dos dados obtidos pelos questionários. Esta dissertação de mestrado visa apontar uma metodologia que i) determine e pondere critérios de qualidade, que variam consoante as necessidades; ii) aponte formas de desenhar esses critérios e de criar métricas para testar até que ponto esses critérios são atingidos ou melhorados comparando com estado anterior; iii) sugira formas de implementar as melhorias que respondam aos critérios de qualidade criados. A adopção da metodologia criada e testada nesta dissertação poderá ter a capacidade de garantir essa qualidade essencial. A aplicação de técnicas de endereçamento de perguntas...

Validação lingüística dos questionários de qualidade de vida em fibrose cística

Rozov,Tatiana; Cunha,Maristela T.; Nascimento,Oliver; Quittner,Alexandra L.; Jardim,José R.
Fonte: Sociedade Brasileira de Pediatria Publicador: Sociedade Brasileira de Pediatria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2006 PT
Relevância na Pesquisa
36.61%
OBJETIVO: O propósito deste estudo foi validar em português as quatro versões de questionários de qualidade de vida em fibrose cística, desenvolvidos para pacientes com fibrose cística de 6 a 11 anos, de 12 a 13 e mais de 14 anos, e para os pais de pacientes de 6 a 13 anos. MATERIAL E MÉTODOS: A validação das quatro versões de questionários de qualidade de vida em fibrose cística (de 35 e 50 questões, abrangendo nove domínios) constou de: versão inglês-português, aplicação-piloto, tradução retrógrada e aprovação da autora da versão inglesa. As quatro versões foram aplicadas a 90 pacientes estáveis (30 de cada grupo etário) e aos pais de doentes de 6-13 anos (n = 60), em duas entrevistas, com intervalo de 13-17 dias. Foi avaliada a reprodutibilidade pelo coeficiente de correlação intraclasse (CCI). O estudo foi aprovado pela comissão de ética em pesquisa da instituição. RESULTADOS: A reprodutibilidade foi boa (CCI = 0,62 a 0,99) para as quatro versões, em todos os domínios, exceto o digestivo (CCI = 0,59 e CCI = 0,47) para os grupos etários de 6 a 11 e 12 a 13 anos, respectivamente, e domínio papel social (CCI = -0,19 ) para o grupo acima de 14 anos. CONCLUSÃO: A tradução e a adaptação à língua e à cultura brasileiras das quatro versões de questionários de qualidade de vida em fibrose cística mostraram-se de fácil entendimento e boa reprodutibilidade.

Processo de adaptação de próteses auditivas em usuários atendidos em uma instituição pública federal: parte II: resultados dos questionários de auto-avaliação

Freitas,Carine Dias de; Costa,Maristela Julio
Fonte: ABORL-CCF Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial Publicador: ABORL-CCF Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2007 PT
Relevância na Pesquisa
36.61%
Uma reabilitação eficiente deve reduzir os efeitos da deficiência sobre as habilidades auditivas e comunicativas do indivíduo e aumentar o bem-estar psicossocial. OBJETIVOS:Verificar a viabilidade do uso de questionários de auto-avaliação e comparar os resultados da protetização em usuários de uma instituição pública federal, com e sem queixas relacionadas às características da amplificação. MATERIAL E MÉTODOS:25 indivíduos, de 13 a 77 anos de idade, usuários de próteses auditivas. Foram aplicados os questionários de auto-avaliação HHIE-S/HHIA (Hearing Handicap Inventory for the Elderly Screening Version ou for Adult) e APHAB (Abbreviated Profile of Hearing Aid Benefit), nos indivíduos sem (Grupo 1) e com queixas relacionados às características da amplificação (Grupo 2). RESULTADOS: Diferenças significantes não foram encontradas entre os grupos nos protocolos HHIE-S/HHIA e APHAB, exceto na subescala facilidade de comunicação do APHAB, onde o Grupo 1 obteve melhor benefício. Também evidenciou-se redução significativa da incapacidade auditiva com o uso das próteses em situações favoráveis de comunicação, ambientes reverberantes e na presença de ruído ambiental para ambos os grupos. CONCLUSÃO: Os questionários revelaram ser excelentes preditores das dificuldades enfrentadas pelos usuários...

Utilização de questionários validados para mensurar a adesão ao tratamento da hipertensão arterial: uma revisão integrativa

Borges,José Wicto Pereira; Moreira,Thereza Maria Magalhães; Rodrigues,Malvina Thaís Pacheco; Oliveira,Célida Juliana de
Fonte: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2012 PT
Relevância na Pesquisa
36.54%
Este estudo teve como objetivo analisar na produção científica da saúde coletiva quais questionários validados estão sendo utilizados para avaliar a adesão ao tratamento da hipertensão. Trata-se de uma Revisão Integrativa realizada nas bases de dados SciELO, MEDLINE e LILACS. Foram selecionados nove estudos que utilizaram sete questionários: Teste de Moriski-Green, Cuestionário de Valoración de Adherencia, Cuestionário MBG, Questionário QAM-Q, Teste de Haynes, Escala de Conductas em Salud e Hill-Bone compliance Scale. Concluímos que a avaliação da adesão ao tratamento da hipertensão ainda é campo aberto para pesquisa, os diferentes instrumentos utilizados têm suas limitações e não há um método ideal.

Avaliação psicométrica de três questionários sobre o historial familiar

Monteiro,Ivandro Soares; Maia,Angela da Costa
Fonte: Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2010 PT
Relevância na Pesquisa
36.61%
CONTEXTO: A família é a arena primária na qual a criança desenvolve a sua sociabilização. As experiências tidas neste sistema podem constituir um factor protector ou de risco, contribuindo para a sua vulnerabilidade ou resiliência diante de desordens mentais quando adulto. A avaliação da história familiar de experiências emocionais relevantes é problemática, e o uso de instrumentos psicométricos pode auxiliar a superar certas limitações metodológicas. OBJECTIVOS: Desenvolver três subquestionários para avaliação das experiências emocionais decorridas no contexto familiar da infância até a adolescência. Esses instrumentos são adaptações para o português do Family Background Questionnaire (FBQ) tratando dos cuidados paliativos e do ambiente familiar e são administrados retrospectivamente a adultos. MÉTODOS: Três versões do FBQ que tratam de (1) cuidados paternos, (2) cuidados maternos e (3) ambiente familiar foram produzidas. Os questionários foram aplicados a 280 participantes. A avaliação das propriedades psicométricas desses questionários teve como base a determinação da consistência interna, análise factorial e correlação de Spearman. RESULTADOS: Os três questionários mostraram-se adequados para avaliação de seus respectivos domínios. CONCLUSÕES: A avaliação objetiva das primeiras experiências emocionais no contexto familiar produz insights importantes para a compreensão do desenvolvimento psicológico...

Tradução e adaptação de questionários norte-americanos para a avaliação de habilidades e conhecimentos na prática psiquiátrica brasileira

Camargo,Ibiracy de Barros; Contel,José Onildo B.
Fonte: Sociedade de Psiquiatria do Rio Grande do Sul Publicador: Sociedade de Psiquiatria do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2004 PT
Relevância na Pesquisa
36.61%
INTRODUÇÃO: A bibliografia brasileira não faz referência a instrumentos e guias padronizados de investigação sobre a prática e o ensino de psiquiatria. Como contribuição ao tema, os autores traduziram e adaptaram instrumento norte-americano para avaliar habilidades e conhecimentos em psiquiatria. Os objetivos deste estudo foram: 1) descrever a metodologia para a elaboração de versões em português de questionários de avaliação de habilidades e de conhecimentos em psiquiatria; 2) expor os problemas de tradução e adaptação dos questionários; 3) disponibilizar os questionários na íntegra em língua portuguesa. MÉTODO: A metodologia compreendeu os seguintes estágios: primeira versão profissional; avaliação por psiquiatras bilíngües; avaliação por psiquiatras monolíngües; versão final em português; retrotradução independente por segundo tradutor profissional; revisão final pelo primeiro autor do trabalho original. Todos os estágios foram revisados sistematicamente pelos autores. RESULTADOS: Foram encontrados 11 problemas de tradução e de adaptação na busca da equivalência lingüística, com predomínio de cinco problemas de equivalência técnica. DISCUSSÃO: A pesquisa empírica em educação psiquiátrica é um campo novo e cada vez mais importante na formação de novos especialistas e na educação médica continuada frente aos desafios de uma especialidade em transição. CONCLUSÃO: O pequeno número de adaptações pode significar que a tradução e a adaptação das palavras da língua fonte alcançaram uma equivalência lingüística. O método comum de tradução e retrotradução foi insuficiente e precisou ser acompanhado pela avaliação de psiquiatras bilíngües e monolíngües e pela revisão de cada etapa pelos autores. O presente estudo disponibiliza em língua portuguesa instrumento único para avaliação de habilidades e conhecimentos na prática psiquiátrica brasileira.

Avaliação das adaptações transculturais e propriedades de medida de questionários relacionados às disfunções do ombro em língua portuguesa: uma revisão sistemática

Puga,Vanessa O. O.; Lopes,Alexandre D.; Costa,Leonardo O. P.
Fonte: Associação Brasileira de Pesquisa e Pós-Graduação em Fisioterapia Publicador: Associação Brasileira de Pesquisa e Pós-Graduação em Fisioterapia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2012 PT
Relevância na Pesquisa
36.61%
OBJETIVOS: Avaliar os procedimentos de tradução/adaptação cultural e das propriedades de medida de questionários que avaliam dor e disfunções no ombro, os quais já foram traduzidos/adaptados para a língua portuguesa. MÉTODOS: Foram realizadas buscas sistematizadas nas bases de dados eletrônicas MEDLINE, EMBASE, CINAHL, SCIELO e LILACS para identificar os estudos relevantes. Foram extraídos os dados referentes à tradução e adaptação cultural, além dos dados das propriedades de medida de cada estudo. Todos os estudos foram analisados quanto à sua respectiva qualidade metodológica de acordo com as diretrizes para adaptação cultural e para as propriedades de medida. RESULTADOS: Um total de 876 estudos foi identificado nas buscas, e, desses, apenas 11 foram considerados elegíveis, sendo que eles adaptaram e/ou testaram sete instrumentos diferentes (DASH, WORC, SPADI, PSS, ASORS, ASES e UCLA). A maioria deles cumpriu adequadamente as recomendações das diretrizes de adaptação transcultural. Dois dos sete questionários não foram testados para nenhuma propriedade de medida (PSS e ASES), e apenas dois questionários (WORC e DASH) foram testados para praticamente todas as propriedades de medida, porém nem todas foram testadas adequadamente. Nenhum questionário testou por completo todas as propriedades de medida. CONCLUSÕES: Os processos de tradução e adaptação transcultural foram realizados de maneira adequada para a maioria dos instrumentos...

Traduções para a língua portuguesa de questionários que avaliam lesões de joelho

Nunes,Guilherme; Castro,Lisaura Veiga de; Wageck,Bruna; Kume,Vanessa; Chiesa,Gabriela Sulzbach; Noronha,Marcos de
Fonte: Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia Publicador: Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2013 PT
Relevância na Pesquisa
36.67%
O objetivo desta revisão sistemática foi revisar a qualidade de traduções e as propriedades de medida de questionários que avaliam lesões de joelho. Foram incluídos questionários desenvolvidos em língua estrangeira que foram traduzidos à língua portuguesa. Foram realizadas buscas nas bases CINAHL, SPORTDiscus, LILACS, PUBMED e SCIELO. Ao final das buscas 868 estudos foram encontrados e 16 foram incluídos. A maioria dos questionários incluídos apresentaram todas as etapas do processo de tradução. Entretanto, quanto às propriedades de medida foi observada uma carência de análises entre os questionários. O questionário VISA-P foi o melhor questionário em relação à qualidade metodológica traduzido para o português do Brasil, foi o único que testou todas as propriedades de medida com valores adequados. O VISA-P é específico para tendinopatia patelar, desta forma, o melhor questionário para avaliar condições gerais do joelho seria o LEFS. Quanto ao português de Portugal, o questionário não específico KOS-ADLS foi considerado o melhor, pois foi o único que cumpriu adequadamente as etapas de tradução e foi testado para todas as propriedades de medida.

Procedimentos metodológicos empregados em questionários de frequência alimentar elaborados no Brasil: uma revisão sistemática

Silva,Thays de Ataide e; Vasconcelos,Sandra Mary Lima
Fonte: Pontifícia Universidade Católica de Campinas Publicador: Pontifícia Universidade Católica de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2012 PT
Relevância na Pesquisa
36.76%
Esta revisão teve como objetivo analisar e discutir os procedimentos metodológicos empregados nos Questionários de Frequência Alimentar elaborados no Brasil. Foram consultadas as bases de dados PubMed, SciELO, Lilacs, IBECS, MedLine e Cochrane Library, e encontrados vinte e dois Questionários de Frequência Alimentar elaborados para populações brasileiras. Entre os Questionários de Frequência Alimentar encontrados 50% deles (n=11) foram elaborados a partir de recordatório de 24 horas, 27,27% (n=6) de Questionários de Frequência Alimentar pré-existentes, 13,63% (n=3) de registro alimentar e 9,09% (n=2) de outras fontes; 72,72% (n=16) apresentaram listas com 50 a 100 itens, número ideal. Quanto ao tipo, 45,45% (n=10) eram quantitativos, 45,45% (n=10) semiquantitativos e 9,09% (n=2) qualitativos. Apenas 27,27% (n=6) relataram teste em estudo-piloto e apenas 45,45% (n=10) referiram teste de validação ou validação e reprodutibilidade. Quanto à faixa etária, apenas 36,36% (n=8) dos Questionários de Frequência Alimentar apresentavam público-alvo específico: crianças, adolescentes ou adultos. O maior número de Questionários de Frequência Alimentar (54,54%; n=12) foi desenvolvido na região Sudeste, especialmente no estado de São Paulo. A revisão da literatura permitiu conhecer os Questionários de Frequência Alimentar elaborados para a população brasileira e suas respectivas metodologias...

Principais instrumentos para avaliação da disfunção temporomandibular, parte I: índices e questionários; uma contribuição para a prática clínica e de pesquisa

Chaves,Thaís Cristina; Oliveira,Anamaria Siriani de; Grossi,Débora Bevilaqua
Fonte: Universidade de São Paulo Publicador: Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2008 PT
Relevância na Pesquisa
36.67%
Na literatura especializada, encontram-se variados instrumentos para avaliação da disfunção temporomandibular (DTM), sob a forma de índices, questionários, protocolos, escalas de avaliação e critérios de diagnóstico. Este estudo, dividido em duas partes, visou caracterizar os principais instrumentos de avaliação da DTM disponíveis na literatura, para auxiliar o clínico e o pesquisador na correta escolha da ferramenta apropriada para contemplar seus objetivos clínicos ou científicos. Nesta parte I são apresentados dois índices clínicos e três questionários (anamnésicos e funcionais); na parte II, um questionário funcional e dois conjuntos de critérios diagnósticos. Os índices são ferramentas que organizam a avaliação de sinais e sintomas, pela obtenção de pontuações. Os questionários são melhor aplicados para traçar perfis populacionais em estudos epidemiológicos. Para avaliação dos eventuais impactos da DTM nas atividades de vida diária, os questionários funcionais são mais adequados. Finalmente, há poucos conjuntos de critérios sistematizados para obter o diagnóstico da disfunção. A utilização de uma ou outra ferramenta depende de sua aplicabilidade e dos objetivos do profissional que a irá utilizar.

Correlação entre perda auditiva e resultados dos questionários Hearing Handicap Inventory for the Adults: Screening Version HHIA-S e Hearing Handicap Inventory for the Elderly - Screening Version - HHIE-S

Menegotto,Isabela Hoffmeister; Soldera,Cristina Loureiro Chaves; Anderle,Paula; Anhaia,Tanise Cristaldo
Fonte: Fundação Otorrinolaringologia Publicador: Fundação Otorrinolaringologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2011 PT
Relevância na Pesquisa
36.71%
INTRODUÇÃO: Os questionários de autoavaliação são úteis para quantificar as consequências emocionais e sociais/situacionais percebidas em função da perda de audição, podendo ser utilizados em diversas situações na rotina clínica, como a triagem auditiva. OBJETIVO: Verificar a sensibilidade e a especificidade dos questionários HHIA-S e HHIE-S na detecção de perda auditiva e suas aplicabilidades em triagens auditivas e analisar a capacidade desses questionários em detectar diferentes graus de comprometimento auditivo na população estudada. MÉTODO: Estudo retrospectivo, 51 indivíduos, entre 18 e 88 anos, responderam aos questionários Hearing Handicap Inventory for Adults Screening Version - HHIA-S e Hearing Handicap Inventory for the Elderly Screening Version - HHIE-S em sala de espera de um ambulatório de otorrinolaringologia do SUS. RESULTADOS: Os instrumentos revelaram baixa sensibilidade (47%), não identificando indivíduos com perda auditiva; porém, apresentaram alta especificidade (75%), identificando, corretamente, indivíduos que não apresentavam problemas de audição. Ainda, não existiu associação significativa entre o grau da perda auditiva e o grau de restrição de participação. CONCLUSÃO: Os referidos questionários apresentaram baixa sensibilidade e alta especificidade...

Confiabilidade e análise de desempenho de dois questionários de avaliação da adesão ao tratamento anti-hipertensivo : teste de morisky-green e brief medication questionnaire

Ben, Ângela Jornada
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.67%
Introdução A Hipertensão é uma doença prevalente que afeta aproximadamente 35% dos adultos maiores de 40 anos no Brasil. Embora as evidências demonstrem que o tratamento efetivo da Hipertensão tenha diminuído mortalidade por doença cardiovascular e o número de hipertensos em tratamento tenha aumentado, cerca de 50% dos hipertensos ainda apresenta controle inadequado da doença. A não adesão ao tratamento anti-hipertensivo é considerada como barreira ao controle pressórico em mais de dois terços dos hipertensos. A baixa adesão pode ser avaliada pelo relato dos pacientes, pela resposta clínica, pela contagem de comprimidos, mas os questionários são mais factíveis por apresentarem custo relativamente baixo e possibilidade de aplicação a grandes populações. Assim, essa dissertação objetiva analisar a confiabilidade e o desempenho de dois questionários utilizados na avaliação da adesão ao tratamento anti-hipertensivo e comparar o perfil dos hipertensos com baixa e alta adesão identificados por esses dois questionários Materiais e Métodos Trata-se de um estudo transversal onde foram selecionados de forma aleatória simples, hipertensos inscritos há pelo menos seis meses no programa de assistência a indivíduos hipertensos e diabéticos (HIPERDIA)...

Questionários: recomendações para formatação; Texto para Discussão (TD) 1063: Questionários: recomendações para formatação; Questionnaires: recommendations for formatting

Medeiros, Marcelo
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Texto para Discussão (TD)
PT-BR
Relevância na Pesquisa
36.61%
Os aspectos que devem ser considerados no planejamento dos questionários podem ser divididos entre aqueles que se referem à sua forma, à sua estrutura e ao seu conteúdo. Esse texto faz recomendações para o planejamento da forma do questionário e inclui elementos relacionados à formatação gráfica das questões, à apresentação de instruções para preenchimento e processamento, à composição das folhas e cadernos etc. Essas recomendações destinam-se a levantamentos de pequeno porte, mas algumas podem ser úteis a outros tipos de pesquisa mais sofisticadas. Discute-se a relação entre a forma dos questionários e o processo completo de pergunta, de resposta e de registro que caracteriza uma entrevista, e como a redação orientada à leitura, a tipografia orien-tada ao preenchimento e ao processamento, o fornecimento de instruções no ques-tionário, o controle do registro de respostas, a disposição dos enunciados, as instruções e as alternativas de resposta e mecanismos de filtragem de resposta podem ser úteis. Também é apresentado um modelo geral que pode ser usado como guia.; 42 p. : il.

Principais instrumentos para avaliação da disfunção temporomandibular, parte I: índices e questionários; uma contribuição para a prática clínica e de pesquisa; Main instruments for assessing temporomandibular disorders, part I: indices and questionnaires; a contribution to clinicians and researchers

Chaves, Thaís Cristina; Oliveira, Anamaria Siriani de; Grossi, Débora Bevilaqua
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2008 POR
Relevância na Pesquisa
36.67%
Na literatura especializada, encontram-se variados instrumentos para avaliação da disfunção temporomandibular (DTM), sob a forma de índices, questionários, protocolos, escalas de avaliação e critérios de diagnóstico. Este estudo, dividido em duas partes, visou caracterizar os principais instrumentos de avaliação da DTM disponíveis na literatura, para auxiliar o clínico e o pesquisador na correta escolha da ferramenta apropriada para contemplar seus objetivos clínicos ou científicos. Nesta parte I são apresentados dois índices clínicos e três questionários (anamnésicos e funcionais); na parte II, um questionário funcional e dois conjuntos de critérios diagnósticos. Os índices são ferramentas que organizam a avaliação de sinais e sintomas, pela obtenção de pontuações. Os questionários são melhor aplicados para traçar perfis populacionais em estudos epidemiológicos. Para avaliação dos eventuais impactos da DTM nas atividades de vida diária, os questionários funcionais são mais adequados. Finalmente, há poucos conjuntos de critérios sistematizados para obter o diagnóstico da disfunção. A utilização de uma ou outra ferramenta depende de sua aplicabilidade e dos objetivos do profissional que a irá utilizar.; Several instruments for assessing temporomandibular disorders (TMD) are available in literature...

Avaliação psicométrica de três questionários sobre o historial familiar; Evaluation of psychometric properties of three questionnaires addressing early experiences in family context

Monteiro, Ivandro Soares; Maia, Angela da Costa
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina. Instituto de Psiquiatria Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina. Instituto de Psiquiatria
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2010 POR
Relevância na Pesquisa
36.61%
CONTEXTO: A família é a arena primária na qual a criança desenvolve a sua sociabilização. As experiências tidas neste sistema podem constituir um factor protector ou de risco, contribuindo para a sua vulnerabilidade ou resiliência diante de desordens mentais quando adulto. A avaliação da história familiar de experiências emocionais relevantes é problemática, e o uso de instrumentos psicométricos pode auxiliar a superar certas limitações metodológicas. OBJECTIVOS: Desenvolver três subquestionários para avaliação das experiências emocionais decorridas no contexto familiar da infância até a adolescência. Esses instrumentos são adaptações para o português do Family Background Questionnaire (FBQ) tratando dos cuidados paliativos e do ambiente familiar e são administrados retrospectivamente a adultos. MÉTODOS: Três versões do FBQ que tratam de (1) cuidados paternos, (2) cuidados maternos e (3) ambiente familiar foram produzidas. Os questionários foram aplicados a 280 participantes. A avaliação das propriedades psicométricas desses questionários teve como base a determinação da consistência interna, análise factorial e correlação de Spearman. RESULTADOS: Os três questionários mostraram-se adequados para avaliação de seus respectivos domínios. CONCLUSÕES: A avaliação objetiva das primeiras experiências emocionais no contexto familiar produz insights importantes para a compreensão do desenvolvimento psicológico...

Questionnaires for measuring physical activity in the elderly; Questionários de medidas de atividade física em idosos

Maluf Rabacow, Fabiana; Programa de Pós-Graduação em Educação Física –PPGEF. Centro de Desportos; de Almeida Gomes, Marcius; Professor Auxiliar da Universidade do Estado da Bahia –Campus XII.; Marques, Priscilla; Programa de Pós-Graduação em
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; "Avaliado por Pares","Artigo Solicitado"; "Avaliado por Pares", "Artigo Solicitado"; Descritiva Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 19/12/2006 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
36.71%
The identifi cation of the best amount of physical activity is fundamental so that coherent physical activity practices can be advised regarding the amount, intensity, and frequency, as well as intervention programs can be built to minimize and control problems from functional decline with age. Amongst the methods and techniques, questionnaires have been the most used tool to evaluate physical activity and energy expenditure. Thus, the present study proposed to evaluate psychometric characteristics, advantages and limitations of questionnaires that measure physical activity level in the elderly. A literature review in electronic databases was performed using Ovid Medline and also in personal fi les. After identifying the questionnaires, a new search was run. Six questionnaires were found, and their characteristics were presented. The Baecke and the IPAQ questionnaires are the only forms translated into Portuguese and validated. The IPAQ seemed to show the best conditions to be applied in aged Brazilians. Thus, the questionnaires evaluating physical activity level in the elderly population in Brazil have good reliability, but low validity.; Identifi car a quantidade ideal de atividade física é fundamental para que se possa orientar práticas coerentes em relação à quantidade...