Página 1 dos resultados de 10056 itens digitais encontrados em 0.020 segundos

Um dos desafios da questão social: adolescentes em cumprimento de medida sócioeducativa em Araraquara-SP

Beretta, Regina Célia de Souza
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 228 f. : il. color., grafs., foto, tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
66.08%
Pós-graduação em Serviço Social - FCHS; O presente trabalho tem como objeto a discussão das medidas sócio-educativas no município de Araraquara - SP, analisando a sua eficácia, eficiência e efetividade e seus impactos na inclusão social dos adolescentes no cumprimento de medidas de privação de liberdade e meio aberto. Ao se discutir adolescentes nas medidas sócio-educativas, freqüentemente a ênfase é dada às medidas de privação de liberdade e muito pouco se sabe sobre as medidas em meio aberto, campo ainda pouco explorado. Considerando que Araraquara se diferencia pela existência de programas sócio-educativos para todas as medidas previstas no ECA, adotou-se como universo de pesquisa o sistema de justiça, segurança e medidas sócio-educativas para entendimento desses programas. Desde o inicio foi discutido o papel do Estado na atenção à criança e ao adolescente, apontando para a gênese, a evolução dos direitos e o referencial jurídico-normativo que atravessou o tempo e o espaço, realizando uma discussão critica sobre a ruptura de paradigmas conservadores propostos pelo ECA, o sistema de garantia de direitos e a construção da cidadania de crianças e adolescentes. O referencial teórico transitou entre a questão social e as violências visíveis e invisíveis que determinam a vida cotidiana dos adolescentes revelando as mediações com o mundo que implicam na pratica delituosa...

Adolescente em Conflito com a lei: uma questão social ou questão jurídica?

Dutra, Tamara Liana
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: xx f.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.1%
TCC (Graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro Socioeconômico. Serviço Social.; Este trabalho tem como objetivo principal pensar se o adolescente em conflito com a lei seria uma questão social ou uma questão jurídica, para tanto, espera-se despertar no leitor a necessidade de rediscussão das atuais políticas de atenção as crianças e adolescentes, reconhecendo-se o considerável desafio de enfrentamento da criminalidade, tendo em vista a explanação de dados, junto a considerações, análises e argumentos apresentados à cerca do gradativo e considerável aumento de adolescentes em conflitos com a lei. Entre os objetivos secundários, busca-se abordar o Fenômeno da Judicialização, e outras questões atuais, ainda pouco discutidas, como o SINASE e o Paradigma da Justiça Restaurativa, implantado pelo Tribunal de Justiça de Santa Catarina. A metodologia utilizada para desenvolver este Trabalho de Conclusão de Curso consiste em pesquisa documental, com coleta de dados, de natureza quantitativa e qualitativa e pesquisa bibliográfica, com estudo aprofundado em doutrinas, postulações e demais bibliografias relacionadas ao tema. Para tanto, apresentar-se-á uma discussão à cerca das atuais políticas de atenção às crianças e adolescentes...

A (nova) questão social e as estratégias

Stein, Rosa Helena
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
66.07%
Este artigo trata da nova questão social e das políticas de bem-estar pluralistas. Para tal, compreende dois momentos. No primeiro, contextualiza-se a emergência da questão social, gerada pelas grandes transformações sociais, políticas e econômicas produzidas pela revolução industrial, bem como a origem de um novo tipo de regulação, com base no direito do cidadão e no dever do Estado - o Estado de Bem-Estar. No segundo, busca-se problematizar a crise/reestruturação do Estado de Bem-Estar, num período marcado por grave crise econômica e acentuada crítica de setores conservadores.

Pobreza, "questão social" e seu enfrentamento

Montaño,Carlos
Fonte: Cortez Editora Ltda Publicador: Cortez Editora Ltda
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2012 PT
Relevância na Pesquisa
66.07%
Visamos aqui problematizar as diferentes concepções de pobreza e "questão social" na tradição liberal, e suas formas típicas de enfrentamento, no contexto do liberalismo clássico, no século XIX, do keynesianismo, no século XX, e do neoliberalismo, a partir da atual crise do capital. Com isto, oferecemos uma reflexão sobre aspectos para uma caracterização histórico-crítica de pobreza e "questão social". Finalmente, procuramos problematizar os caminhos para a busca de diminuição da desigualdade social, mediante políticas compensatórias no contexto atual.

Questão social e questão urbana: laços imperfeitos

Ivo,Anete B. L.
Fonte: Universidade Federal da Bahia - Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas - Centro de Recursos Humanos Publicador: Universidade Federal da Bahia - Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas - Centro de Recursos Humanos
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2010 PT
Relevância na Pesquisa
66.16%
O artigo discute a relação problemática entre questão urbana e questão social, desde os estudos clássicos aos dilemas contemporâneos. Recorrendo a autores franceses, este ensaio tematiza a crise das cidades como a expressão aguda da questão social contemporânea. Apresenta a passagem das abordagens clássicas de classe social sobre a estruturação urbana, que orientaram os estudos urbanos dos anos 60-70; as desregulações dos anos noventa, que produziram processos de dessocialização social; e o paradoxo da visão gerencialista da cidade, afastada da dimensão de redistribuição do Estado social. Analisa a polarização urbana através das noções de exclusão, da underclass e da periferização nas cidades e conclui mostrando como o território questiona o Estado e a sociedade através de uma cultura da violência urbana cotidiana. Ao final, esclarece que o desafio não se restringe às relações mercantis, ou a uma política da ordem, mas diz respeito à política e às condições de a "cidade" produzir "sociedade".

Judicialização da questão social: rebatimentos nos processos de trabalho dos assistentes sociais no Poder Judiciário

Aguinsky,Beatriz Gershenson; Alencastro,Ecleria Huff de
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Serviço Social e Curso de Graduação em Serviço Social da Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Programa de Pós-Graduação em Serviço Social e Curso de Graduação em Serviço Social da Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2006 PT
Relevância na Pesquisa
76.13%
Embora sejam inegáveis as conquistas civilizatórias dos direitos humanos, seu reconhecimento e sua operacionalização têm demandado, além de lutas históricas, de modo cada vez mais intenso, a interpelação do Poder Judiciário. O fenômeno da judicialização da questão social ocorre em uma superposição de responsabilidades do Judiciário às demais instâncias da esfera pública. Esta forma de acesso à justiça se dá, via de regra, de forma individual e por um segmento seletivo de sujeitos - os que conhecem ou conseguem acessar este canal jurídico. Mas a efetivação dos direitos dependerá de outros fatores que não somente o seu reconhecimento, como a capacidade de atendimento e de financiamento à demanda apresentada. Diante deste quadro, discute-se este processo de efetivação de direitos que, ao privilegiar cada vez mais a via judicial, rebate no descomprometimento do Estado com o enfrentamento da questão social e na despolitização da esfera pública. Esta conjuntura adversa desafia os assistentes sociais a fazerem sentido ético-político em suas respostas profissionais às demandas de judicialização da questão social que se apresentam cotidianamente ao Poder Judiciário.

Entre o público e o privado: as estratégias atuais no enfrentamento à questão social

Bonfim,Paula
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Serviço Social e Curso de Graduação em Serviço Social da Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Programa de Pós-Graduação em Serviço Social e Curso de Graduação em Serviço Social da Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2010 PT
Relevância na Pesquisa
76.08%
O objetivo deste artigo é refletir sobre a relação público/privado no Estado burguês e sobre a relação destas esferas no que se refere ao enfrentamento da questão social. Inicia apresentando a origem dessas relações com o desenvolvimento da sociedade burguesa para, a seguir, contextualizar as situações e relações surgidas com a transição ao capitalismo monopolista. Busca demonstrar que nas várias etapas do capitalismo são construídas estratégias econômicas, políticas, sociais e culturais, no intuito de responder às demandas geradas pela contradição entre capital e trabalho. Finaliza apontando as formas atuais destas estratégias que, reformuladas, a partir da década de 1970, sinalizam novos padrões de intervenção na questão social.

A questão ambiental e a condição da pobreza

Schons,Selma Maria
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Serviço Social e Curso de Graduação em Serviço Social da Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Programa de Pós-Graduação em Serviço Social e Curso de Graduação em Serviço Social da Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2012 PT
Relevância na Pesquisa
66.1%
O presente artigo traz reflexões sobre a questão ambiental no que se refere ao o aquecimento global, tomando-o como sua mais atual e impactante manifestação. Situa tanto a questão social quanto a ambiental na raiz de um sistema que, em seu modo de produzir, ao mercantilizar o homem e a terra produz desigualdade pobreza e depredação. Procura desvendar, a partir de leituras críticas ao sistema, as contradições nele ínsitas, à medida que se apropria, de forma privada, tanto dos bens produzidos pelo homem quanto pela natureza. Estimula a compreensão e a tomada de consciência desta questão para formar resistências e, assim, inscrever na agenda política uma situação mais favorável à vida no planeta.

Gênero, questão social e serviço social : um olhar feminista

Marques Dantas de Oliveira, Silvia; de Lourdes Meira Cordeiro, Rosineide (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.27%
A literatura recente do Serviço Social considera que a gênese da profissão é a ques-tão social. Em 1996, a questão social foi estatuída como seu objeto. O contato com a literatura sobre a questão social e sobre a questão de gênero durante o Mestra-do de Serviço Social instigou a pesquisadora a indagar se a questão social en-quanto categoria de análise daria conta para explicar as desigualdades e diferen-ças vivenciadas pelas mulheres e anunciadas pelo Movimento Feminista, tal como explica as desigualdades de classe. A literatura produzida pelo Serviço Social sobre a questão social tem como enfoque a teoria crítica marxista, centrada na contradição fundamental capital-trabalho. Por outro lado, a literatura produzida pelas assistentes sociais que desenvolvem pesquisas sobre mulheres e/ou gênero, em geral, definem que gênero, classe e raça/etnia são contradições fundantes da sociedade. A leitura desta literatura provocou uma nova indagação: será que há um contínuo entre as categorias analíticas gênero e questão social, ao ponto de justapor um conceito ao outro? O objetivo desta investigação foi, então, analisar as descontinuidades, conti-nuidades e contradições que a categoria de gênero produz no objeto da profissão a questão social e como elas se operam nos discursos das assistentes sociais fe-ministas acadêmicas. Para a consecução deste objetivo foi feito: a) um estudo sobre o aparecimento da questão social no Serviço Social; b) uma análise sobre o momen-to em que a questão social foi estatuída pelo Serviço Social...

O Pauperismo de ontem e de hoje: raízes materiais e humano-sociais da questão social

Santos, Edlene Pimentel
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.16%
Este texto é uma reflexão sobre a problemática do pauperismo na sociedade capitalista e suas conseqüências, tomando como base o sistema de causalidades da pauperização do trabalhador no processo de produção capitalista e de suas reações às más condições de vida e de trabalho, conforme visto por Karl Marx, enquanto cerne do conflito comumente denominado questão social . Defende-se, com fundamento nas elaborações teóricas de István Mészáros, que expressões do pauperismo e suas derivações a partir da crise estrutural do capital em seu processo de expansão e acumulação, encontram-se traços da questão social que atingem diretamente grande parcela da humanidade. Faz-se um contraponto às formulações de Robert Castel e Pierre Rosanvallon quanto à existência de uma nova questão social associada à desfiliação dos trabalhadores e à exclusão social ante o fenômeno do desemprego na atualidade, em face do esgarçamento da sociedade salarial que põe em risco a coesão social

O enfrentamento da questão social no governo FCH : um estudo do projeto Portal do Alvorada no município de Escada - Pernambuco

Lima de Carvalho Soares, Adriana; Falcão de Oliveira, Edelweiss (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.16%
Esta pesquisa procura discutir as novas formas de enfrentamento da Questão Social a partir da análise do Projeto Alvorada, realizado no município de Escada Pernambuco. Em seu escopo, o referido projeto tinha por objetivo focalizar, nas regiões com menor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), ações de contribuição para a geração de renda, o acesso à educação e a melhoria das condições de saúde da população. Neste sentido, o foco central da análise efetuada refere-se ao período referente à implantação e desenvolvimento do projeto mencionado, ocorridos nos anos 2001/2002. A pesquisa foi realizada de forma a permitir a compreensão das mediações que incidem nos processos que produzem e reproduzem a Questão Social , bem como as formas empreendidas pelo Estado para o seu enfrentamento e controle. Utilizamos em nossa análise um enfoque qualitativo, privilegiando o estudo de caso, sendo acrescidos de uma ampla pesquisa bibliográfica e documental; não obstante, houve também a utilização de dados quantitativos, devido a sua importância no contexto de análise de um projeto. A dissertação apresenta inicialmente a categoria Questão Social , citando as diferentes interpretações teóricas acerca desta categoria...

O Serviço social nas organizações não-governamentais: tendências e particularidades

Duarte, Janaína Lopes do Nascimento
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Serviço Social; Serviço Social, Formação Profissional, Trabalho e Proteção Social; Serviço Social, Cultura e Relaçõe Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Serviço Social; Serviço Social, Formação Profissional, Trabalho e Proteção Social; Serviço Social, Cultura e Relaçõe
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.15%
The present study is about the professional exercise of the Social Worker in ONGs associated with the ABONG in Natal city, state of Rio Grande do Norte, referring to the work conditions, claims and professional responses in front of the capital restructuration circumstances. The group of socio-historical transformations, as a result of the after-1970 dynamic capitalism, conducts a process of new configurations in the relationship between State and society that directly affect the social question nowadays, destroying social rights historically conquered for the workers. In this context, the ONGs assume a strategical social function of the social question, contributing with the change of responsibilities with the social from the State to the third sector. This social movement causes changes to the Social Work since this is one of the professions that act on the immediate expressions of the social question. After a qualitative research based on a theoricalmethodological critical and dialectical perspective, it was possible to discover some contradictions, details and tendencies of the professional exercise of the Social Worker in ONGs. Summarizing, the results of the research show that: a) it was detected a tendency of precarization, instability...

Evasão escolar na rede pública do Distrito Federal: uma questão social

Ciqueira, Leticia Kassia Santos Leite Chaves
Fonte: Universidade Católica de Brasília Publicador: Universidade Católica de Brasília
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: Texto
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.13%
O presente artigo aborda a evasão escolar na rede pública de ensino do Distrito Federal. Os objetivos do artigo foram: analisar os principais motivos que levam à evasão escolar no Centro de Ensino Fundamental 10 de Taguatinga, identificar o perfil dos alunos atendidos pelo CEF 10; identificar as ações que a instituição pesquisada desenvolve para enfrentar o problema da evasão escolar e levantar as dificuldades vivenciadas pelo CEF 10 para enfrentar a evasão escolar e configurar teoricamente a evasão escolar enquanto expressão da questão social e proceder a uma revisão de literatura sobre educação e questão social no contexto do capitalismo. Foi realizada uma pesquisa bibliográfica e documental com ênfase nos aspectos qualitativos. A hipótese levantada de qual seria a razão da evasão escolar no Distrito Federal e, especificamente, no Centro de Ensino Fundamental 10 de Taguatinga, em que os objetivos implícitos no conceito de educação escolar não têm sido atingidos, foi parcialmente confirmada, pois, no que se refere à evasão escolar há a necessidade de construir estratégias efetivas de enfrentamento e superação em torno das expressões da questão social que repercutem ou implicam de forma negativa no processo de ensino-aprendizagem do aluno...

Evasão escolar na rede pública do Distrito Federal: uma questão social.

Ciqueira, Leticia Kassia Santos Leite Chaves
Fonte: Universidade Católica de Brasília Publicador: Universidade Católica de Brasília
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: Texto
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.13%
O presente artigo aborda a evasão escolar na rede pública de ensino do Distrito Federal. Os objetivos do artigo foram: analisar os principais motivos que levam à evasão escolar no Centro de Ensino Fundamental 10 de Taguatinga, identificar o perfil dos alunos atendidos pelo CEF 10; identificar as ações que a instituição pesquisada desenvolve para enfrentar o problema da evasão escolar e levantar as dificuldades vivenciadas pelo CEF 10 para enfrentar a evasão escolar e configurar teoricamente a evasão escolar enquanto expressão da questão social e proceder a uma revisão de literatura sobre educação e questão social no contexto do capitalismo. Foi realizada uma pesquisa bibliográfica e documental com ênfase nos aspectos qualitativos. A hipótese levantada de qual seria a razão da evasão escolar no Distrito Federal e, especificamente, no Centro de Ensino Fundamental 10 de Taguatinga, em que os objetivos implícitos no conceito de educação escolar não têm sido atingidos, foi parcialmente confirmada, pois, no que se refere à evasão escolar há a necessidade de construir estratégias efetivas de enfrentamento e superação em torno das expressões da questão social que repercutem ou implicam de forma negativa no processo de ensino aprendizagem do aluno...

Políticas de educação profissional: naturalização das expressões da questão social?

Ramos, Moacyr Salles; Stampa, Inez Terezinha
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Política Social da UFES Publicador: Programa de Pós-Graduação em Política Social da UFES
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 23/12/2015 POR
Relevância na Pesquisa
76.04%
O artigo analisa a função das políticas sociais de educação profissional no contexto do atual processo de recomposição capitalista, desencadeado pela crise estrutural do capitalismo contemporâneo. Apresentamos como as transformações técnicas e políticas no “mundo do trabalho” têm redefinido a pedagogia das políticas de formação dos trabalhadores, buscando educar a visão de mundo desses sujeitos acerca das expressões da questão social. Para tanto, a oferta de vagas em educação profissional tem sido democratizada, mas com precarização dos processos formativos. A principal função é internalizar nos trabalhadores a ideia de que todos têm as mesmas condições de estudo, logo, de acesso e permanência no mercado de trabalho, sendo o insucesso resultante de incompetência individual. Para exemplificar essa pedagogia, apresentamos o PRONATEC, que se desenvolve por mecanismos de inclusão excludente.

QUESTÃO SOCIAL E SERVIÇO SOCIAL NA FORMAÇÃO SÓCIO-HISTÓRICA BRASILEIRA

Silva, Ivone Maria Ferreira da
Fonte: Temporalis Publicador: Temporalis
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; método dialético Formato: application/pdf
Publicado em 31/08/2013 POR
Relevância na Pesquisa
66.2%
este artigo tem como discussão central a emergência e legitimidade da questão social no Brasil. Como resultado das lutas sociais históricas, partimos do reconhecimento de suas raízes ainda que latentes como provenientes dos antagonismos da sociedade e da economia colonial-escravista, mesmo compreendendo que a questão social só adquire reconhecimento e publicização, tardia, nas primeiras décadas do século XX com o desenvolvimento do capitalismo moderno e mediante o processo de industrialização e urbanização da sociedade brasileira. Nesse contexto constituem-se novas classes fundamentais que a partir da sua posição antagônica nas relações sociais de produção dão nova qualidade à questão social e contribuem, dessa forma, para o processo de implantação do Serviço Social no Brasil. Sua vinculação e o papel do Serviço Social no enfrentamento da questão é outro aspecto aqui discutido.

Handling social problems in the courts: repercussions for social assistants in the Judiciary Branch; Judicialização da questão social: rebatimentos nos processos de trabalho dos assistentes sociais no Poder Judiciário

Aguinsky, Beatriz Gershenson; PUCRS - Porto Alegre - RS; Alencastro, Ecléria Huff de; UNISINOS - Porto Alegre - RS
Fonte: Editora da Universidade Federal de Santa Catarina (Edufsc) Publicador: Editora da Universidade Federal de Santa Catarina (Edufsc)
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2006 POR
Relevância na Pesquisa
66.16%
Although the civilizing conquests of human rights are undeniable, their recognition and enactment have required, in addition to increasingly intense historic struggles, the involvement of the Judicial Branch. The judicial treatment of social issues overlaps the responsibilities of the Judiciary with other public institutions. Access to justice takes place, as a rule, individually and by a select group of subjects – those who know how to access this legal channel. But the effective enactment of rights depends on other factors that include not only its recognition, but the capacity to attend to and finance the demand presented. Given this situation, this paper discusses the process of the effective enactment of rights, which by increasingly emphasizing judicial channels, leads to a reduced commitment of the State as a whole, to face social issues and toward the depoliticization of the public sphere. This adverse situation challenges social assistants to take an ethical-political direction in their professional responses to the demands of judicialization of the social question that is presented daily to the Judicial Branch.; http://dx.doi.org/10.1590/S1414-49802006000100002Embora sejam inegáveis as conquistas civilizatórias dos direitos humanos...

Financeirização do Capital e Questão Social no Contexto do Novo-Desenvolvimentismo

Trindade, Mably; Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ)
Fonte: UnB-BCE Publicador: UnB-BCE
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Avaliado por pares; Formato: application/pdf
Publicado em 30/03/2015 POR
Relevância na Pesquisa
66.1%
Este artigo problematiza o fenômeno da mundialização financeira e o recrudescimento da questão social brasileira na cena contemporânea, tendo como pano de fundo o chamado novo-desenvolvimentismo. A partir de uma análise crítica do cenário que ensejou o processo de financeirização do capital iniciado na década de 1970, são expostas algumas causas do acirramento das refrações da questão social. O artigo aborda, ainda, as recomendações adotadas pelos países latino-americanos em função do Consenso de Washington, bem como os deletérios reflexos provocados pela implantação do receituário neoliberal. Ao final, diante do quadro traçado, salienta-se a necessidade de o Serviço Social, em contraponto ao receituário neoliberal, firmar sua posição nas lutas da classe trabalhadora, com vistas à construção de uma sociedade mais justa e solidária, enfatizando-se os impasses, desafios e limites enfrentados pela profissão na mediação constante e contínua da relação entre capital e trabalho.

A (nova) questão social e as estratégias para seu enfrentamento

Stein, Rosa Helena
Fonte: UnB-BCE Publicador: UnB-BCE
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Avaliado por pares; Formato: application/pdf
Publicado em 10/03/2010 POR
Relevância na Pesquisa
66.08%
Este artigo trata da nova questão social e das políticas de bem-estar pluralistas. Para tal, compreende dois momentos. No primeiro, contextualiza-se a emergência da questão social, gerada pelas grandes transformações sociais, políticas e econômicas produzidas pela revolução industrial, bem como a origem de um novo tipo de regulação, com base no direito do cidadão e no dever do Estado - o Estado de Bem-Estar. No segundo, busca-se problematizar a crise/reestruturação do Estado de Bem-Estar, num período marcado por grave crise econômica e acentuada crítica de setores conservadores.

O serviço social e a questão social

Furlan, Amabile
Fonte: Serviço Social & Saúde Publicador: Serviço Social & Saúde
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 13/05/2015 POR
Relevância na Pesquisa
76.16%
Este artigo apresenta uma reflexão sobre Serviço Social e questão social, tomando por base as idéias e analises veiculada na produção teórica de cientistas sociais e de professores e profissionais do Serviço Social a partir de 1996 até neste início de milênio. Procura relacionar o entendimento que se tem sobre a questão social e o posicionamento da profissão do Serviço Social diante dela. O serviço Social toma a questão social como eixo central, tanto sobre o ponto de vista teórico, quanto sobre a sua prática. O que requer tornar vivo o debate sobre esta relação, onde também comparecem as categorias: trabalho, proteção social e Estado. Este último, como regulador das relações que se estabelece neste campo.