Página 1 dos resultados de 83 itens digitais encontrados em 0.019 segundos

Desempenho agronômico e qualidade tecnológica de cultivares de feijão-caupi em função da época de semeadura em Uberaba-MG

Almeida, Fernando da Silva
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: xiv, 68 p.
POR
Relevância na Pesquisa
66.15%
Pós-graduação em Agronomia (Produção Vegetal) - FCAV; Even in expanding to other regions of the country, most of cowpea cultivars were developed for the conditions of the northern and northeastern regions of Brazil. Thus, it is necessary to select cultivars which are more adapted to the environmental conditions of the cerrado, and also the best sowing dates in terms of productivity and technological quality of grain crops. The aim of this study was to evaluate the agronomic performance and technological quality of erect and semi-erect cowpea cultivars depending on sowing under rainfed conditions in Uberaba-MG. The experimental design was randomized blocks, in split plots with four replications. The plots were represented by three sowing dates (12/14/2012, 01/14/2013 and 02/14/2013). The subplots consisted on six cultivars (BRS Guariba Potengi BRS, BRS Cauamé, Novaera BRS, BRS Itaim Tumucumaque and BRS). The experimental subplot consisted on four five feet rows in length, spaced 0.40 meters, and the considered floor area was the two central rows. The agronomic performance and technologic quality of cowpea grain cultivars were influenced by environmental conditions of sowing dates. At sowing in December there was a significant vegetative growth of cowpea cultivars resulting in a lower yield. BRS Tumucumaque was the most productive in sowing done in January. In February...

Avaliação agronômica e de qualidade tecnológica de genótipos de trigo com irrigação por aspersão no estado de São Paulo

Felício,João Carlos; Camargo,Carlos Eduardo de Oliveira; Magno,Cristina de Paula Ribeiro dos Santos; Gallo,Paulo Boller; Pereira,José Carlos Vila Nova Alves; Pettinelli Junior,Armando
Fonte: Instituto Agronômico de Campinas Publicador: Instituto Agronômico de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1996 PT
Relevância na Pesquisa
76.06%
Em experimentos com irrigação por aspersão instalados em diferentes zonas tritícolas paulistas, avaliaram-se a produtividade de grãos, as reações aos agentes causais de ferrugem-da-folha, de oídio e de helmintosporiose e a qualidade tecnológica da farinha de dezesseis genótipos de trigo em 1991-93. O genótipo TUI"S" apresentou melhor produtividade e boa adaptação nas diferentes zonas estudadas. Destacaram-se também o IAC 289, IAC 335, IAC 338, IAC 286 e IAC 60. As zonas D (Tatuí) e C (Paranapanema) apresentaram, respectivamente, a maior e a menor produção, diferindo significativamente entre si. A ocorrência da mancha foliar, causada por Helmínthosporium sp., e do oídio foi generalizada em todas as zonas no decorrer do período. De acordo com os parâmetros físicos, químicos e reológicos, os genótipos IAC 24, IAC 315, IAC 334, TUI"S" e IAC 339 apresentaram farinha de qualidade superior (forte), enquanto a dos genótipos 79-218 e NS.55.58/PJN"S" foi considerada de baixa qualidade (fraca).

INTERAÇÃO ENTRE GENÓTIPOS E AMBIENTE NA PRODUTIVIDADE E NA QUALIDADE TECNOLÓGICA DOS GRÃOS DE TRIGO NO ESTADO DE SÃO PAULO

FELÍCIO,JOÃO CARLOS; CAMARGO,CARLOS EDUARDO DE OLIVEIRA; GERMANI,ROGÉRIO; MAGNO,CRISTINA DE PAULA RIBEIRO DOS SANTOS
Fonte: Instituto Agronômico de Campinas Publicador: Instituto Agronômico de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1998 PT
Relevância na Pesquisa
96.09%
Avaliou-se a influência do ambiente na produtividade e na qualidade tecnológica de dezenove genótipos de trigo, mediante seis experimentos instalados, em condições de sequeiro e de irrigação por aspersão, em 1992, em duas regiões tritícolas paulistas. Destacaram-se para a produtividade de grãos os genótipos IAC 304, IAPAR 60, IAC 303, IAC 313, IAC 350, IAC 332, IAC 306, IAC 309, IAC 297, IAC 324 e IAC 325, na condição de sequeiro, e IAC 312 e IAPAR 60, quando se empregou irrigação. A diferença na produtividade com a irrigação por aspersão foi de 124% na média geral entre os experimentos. As condições climáticas da região de Mococa (SP) e o uso da irrigação por aspersão apresentaram tendência de melhorar o peso hectolítrico, o rendimento em farinha, a sedimentação e a energia de deformação da massa (W). Entretanto, não influenciou os parâmetros farinográficos, como percentual de absorção de água, tempo de desenvolvimento da massa e estabilidade. Somente o índice de tolerância à mistura foi influenciado para melhor nessa condição. Os genótipos IAC 24, IAC 287, IAC 353, IAC 297, Anahuac e IAC 311 apresentaram alto valor de estabilidade e IAC 24, IAC 353, IAC 297, Anahuac, IAC 306, IAC 313...

Novos genótipos de triticum durum L.: rendimento, adaptabilidade e qualidade tecnológica

FELICIO,JOÃO CARLOS; CAMARGO,CARLOS EDUARDO DE OLIVEIRA; MAGNO,CRISTINA DE PAULA DOS SANTOS; FREITAS,JOSÉ GUILHERME DE; BORTOLETTO,NELSON; PETTINELLI JUNIOR,ARMANDO; GALLO,PAULO BOLLER; PEREIRA,JOSÉ CARLOS VILA NOVA ALVES
Fonte: Instituto Agronômico de Campinas Publicador: Instituto Agronômico de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1999 PT
Relevância na Pesquisa
76.21%
Compararam-se dezoito genótipos de Triticum durum L. e dois de Triticum aestivum L. em experimentos semeados em condições de irrigação por aspersão em diferentes regiões tritícolas paulistas, durante o período de 1995-97. Analisaram-se os seguintes parâmetros: rendimento de grãos, altura de plantas, ciclo da emergência à maturação, resistência às manchas foliares causadas por helmintosporiose, adaptabilidade, estabilidade, e qualidade tecnológica. O IAC 24 (T. aestivum) foi o mais produtivo, não diferindo dos genótipos de T. durum ALTAR/STN (12), MEMOS "S"/YAV79/3/SAPI"S"/TEAL"S"//HUI"S" (17), STN"S"/3/TEZ"S"/YAV79//HUI"S" (6), ALTAR/STN (11) e WIN"S"/SBA81A//STIL"S" (14) na comparação das médias para rendimento de grãos. Verificou-se que, em Ribeirão Preto, o rendimento médio de grãos foi de 5.332 kg/ha no período. Observaram-se valores semelhantes do coeficiente de determinação (R2) para a maioria dos genótipos estudados, exceto para IAC 24 e IAC 1001. Este e o Anahuac apresentaram-se instáveis quanto à produção de grãos nos ambientes desfavoráveis e estável nos favoráveis, ao contrário do IAC 24. As infecções do agente causal de mancha-foliar foram baixas, sendo as ocorrências mais generalizadas em Tatuí. Os melhores genótipos de T. durum em relação à qualidade tecnológica foram os tratamentos IAC 1003 (1)...

Qualidade tecnológica de grãos de genótipos de feijoeiro cultivados em diferentes ambientes

Carbonell,Sérgio Augusto Morais; Carvalho,Cássia Regina Limonta; Pereira,Valéria Russo
Fonte: Instituto Agronômico de Campinas Publicador: Instituto Agronômico de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2003 PT
Relevância na Pesquisa
56.04%
No procedimento de registro e muitas vezes de proteção de novo cultivar de feijão, certas exigências de mercado têm de ser atendidas e, entre elas, tão importantes quanto à produtividade e à resistência a doenças, está a qualidade tecnológica do produto (grão) comercializado, que vai chegar ao consumidor final. Desse modo, em um programa de melhoramento, visando ao processo de aceitação do novo cultivar no comércio, deve-se observar a importância da seleção de genótipos que apresentem tanto o tempo de cocção reduzido, com tegumentos que não se partam durante o cozimento, como também a alta expansão volumétrica após o cozimento. O objetivo deste trabalho foi avaliar a qualidade tecnológica de dezenove genótipos de feijoeiro que compuseram os experimentos regionais (7 locais; 12 experimentos) para determinar o Valor de Cultivo e Uso (VCU), nas épocas da seca, de inverno e das águas em 2000, no Estado de São Paulo, bem como as diferenças entre os genótipos e as correlações existentes nos caracteres avaliados. As avaliações revelaram que as condições locais de obtenção dos grãos para análise de qualidade tecnológica influenciam nos resultados e na diferenciação entre os genótipos, indicando alta interação Genótipo x Ambiente. Também reportaram que os genótipos FT-Porto Real...

Manejo de água e de fertilizante potássico na cultura de arroz irrigado

Santos,Alberto Baêta dos; Fageria,Nand Kumar; Stone,Luis Fernando; Santos,Cyntia
Fonte: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira Publicador: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/1999 PT
Relevância na Pesquisa
96.06%
O manejo da água de irrigação e as doses e épocas de aplicação de fertilizantes tornam-se aspectos de extrema importância no êxito do aproveitamento das várzeas para o cultivo de arroz (Oryza sativa L.) irrigado ou este seguido de outras espécies. Com o objetivo de comparar distintas formas de manejo de água e de fertilizante potássico no comportamento do arroz irrigado, foram conduzidos experimentos por três anos consecutivos, em um Inceptissolo. Foram estudados os efeitos de manejo de água (MA1 - inundação contínua e MA2 - inundação intermitente seguida de contínua) e o modo de aplicação de fertilizante potássico (K1 - na semeadura; K2 - parcelada e K3 - meia dose parcelada). O manejo de água apresentou efeito mais expressivo sobre o comportamento do arroz que o do fertilizante potássico. A inundação contínua durante todo o ciclo da cultura proporcionou maiores rendimentos de grãos, expressando maiores valores dos parâmetros produtivos, e melhorou a qualidade industrial dos grãos. Com esta irrigação, o parcelamento da adubação potássica aumentou o aproveitamento do fertilizante. Os manejos do fertilizante potássico afetaram diferentemente o comportamento da cultura do arroz nas distintas formas de manejo de água.

Qualidade tecnológica de grãos e farinhas de trigo nacionais e importados

Costa,Maria das Graças da; Souza,Evandro Leite de; Stamford,Tânia Lúcia Montenegro; Andrade,Samara Alvachian Cardoso
Fonte: Sociedade Brasileira de Ciência e Tecnologia de Alimentos Publicador: Sociedade Brasileira de Ciência e Tecnologia de Alimentos
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2008 PT
Relevância na Pesquisa
96.2%
A farinha de trigo possui variadas aplicações na indústria de alimentos, apresentando um importante papel no aspecto econômico e nutricional da alimentação humana. Sabe-se, que as características nutricionais e tecnológicas da farinha de trigo sofrem interferência direta das condições de cultivo, colheita, secagem e armazenamento dos grãos de trigo utilizados como matéria-prima. Este estudo objetivou avasliar a qualidade tecnológica de amostras de grãos de trigo nacionais e importados, bem como de amostras de farinhas produzidas a partir destes grãos, através da análise de parâmetros físico-químicos (umidade, cinzas, glúten úmido, número de quedas e peso hectolitro) e da farinografia (absorção de água, tempo de desenvolvimento e estabilidade). As análises físico-químicas mostraram diferenças significativas (p < 0,05) para os valores de cinzas, glúten úmido e número de quedas entre as amostras de grãos de trigo nacionais e importados, bem como entre as amostras de farinhas obtidas a partir destes grãos. A umidade foi o único parâmetro físico-químico que não apresentou diferença significativa (p < 0,05) entre as amostras nacionais e importadas. As amostras de grãos de trigo importados e de suas farinhas apresentaram os mais altos valores de glúten úmido (28-33...

Avaliação da estabilidade e adaptabilidade de genótipos de feijoeiro (Phaseolus vulgaris L.) baseada na análise multivariada da "performance" genotípica

Perina,Eliana Francischinelli; Carvalho,Cássia Regina Limonta; Chiorato,Alisson Fernando; Gonçalves,João Guilherme Ribeiro; Carbonell,Sérgio Augusto Morais
Fonte: Editora da Universidade Federal de Lavras Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2010 PT
Relevância na Pesquisa
66.04%
Neste estudo, objetivou-se avaliar a estabilidade e a adaptabilidade de genótipos de feijoeiro, cultivados em diferentes ambientes, por meio da análise multivariada da performance genotípica, empregando-se os teores de água, o valor protéico e os parâmetros de qualidade tecnológica dos grãos (porcentagem de absorção de água antes e após o cozimento, tempo de cozimento, porcentagem de grãos inteiros, expansão volumétrica e sólidos solúveis totais no caldo), em conjunto com a produtividade média dos genótipos cultivados em diversos ambientes, visando a identificar as linhagens e/ou cultivares mais estáveis e adaptadas para o conjunto de caracteres de importância para a cadeia produtiva do feijoeiro. Para tanto, foram avaliados 19 genótipos de feijoeiro pertencentes aos ensaios de VCU (Valor de Cultivo e Uso) 2005/2006/2007 de grãos dos grupos comerciais carioca e preto para o estado de São Paulo. Os resultados obtidos pela análise multivarida para a o conjunto das três épocas de semeadura reportaram o genótipo Gen 96A98-15-3-52-1 e a cultivar IAC-Alvorada como estáveis, responsivas à melhoria dos ambientes e tolerantes nos ambientes desfavoráveis. Por meio dos resultados obtidos, conclui-se que a análise de estabilidade e adaptabilidade multivariada proposta por Carneiro (1998)...

Efeitos de processo de secagem e tempo de armazenamento na qualidade tecnológica de trigo

Deliberali,Janete; Oliveira,Maurício; Durigon,Angelise; Dias,Alvaro Renato Guerra; Gutkoski,Luiz Carlos; Elias,Moacir Cardoso
Fonte: Editora da Universidade Federal de Lavras Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2010 PT
Relevância na Pesquisa
56.12%
Neste trabalho, objetivou-se estudar a influência dos processos de secagem estacionário e intermitente e do tempo de armazenamento na qualidade tecnológica de grãos de trigo, cultivar Embrapa 16 colhidos com teor de água de 15% e 19%. Grãos de trigo (Triticum aestivum L) foram produzidos em lavoura comercial da Granja Bretanhas, Cooperativa Arrozeira Extremo Sul, no município de Jaguarão, RS. O experimento foi conduzido em delineamento inteiramente casualizado, utilizando dois teores de água de colheita (15% e 19%), dois processos de secagem (estacionário e intermitente) e quatro tempos de armazenamento. A secagem foi realizada até o teor de água de 13% e os grãos acondicionados em embalagens de algodão, em sistema de armazenamento convencional pelo período de 12 meses. Nos tempos zero, 4, 8 e 12 meses foram realizadas as análises de teor de água, peso hectolitro, cinzas, lipídios, acidez graxa, número de queda e alveografia. Os parâmetros mais efetivos para avaliar o efeito dos processos de secagem de trigo intermitente e estacionário em função do tempo de armazenamento foram peso do hectolitro, lipídios e acidez graxa indicando melhor qualidade tecnológica na secagem realizada em secador intermitente. O trigo...

Efeitos de sistemas de colheita e de aplicação de fungicidas no desempenho da soca do arroz irrigado

Santos,Alberto B. dos; Prabhu,Anne S.
Fonte: Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG Publicador: Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2003 PT
Relevância na Pesquisa
66.02%
O cultivo da soca de arroz pode constituir-se em uma fonte de renda significativa; entretanto, para o seu êxito é necessário um sistema de colheita adequado da cultura principal. Com o objetivo de se avaliar a resposta da soca da cultivar Epagri 108 de arroz irrigado aos equipamentos da colhedora, alturas de corte, manejos da palhada após a colheita mecanizada e fungicidas, conduziram-se experimentos por dois anos consecutivos. No primeiro ano, foram avaliados três equipamentos de colhedoras: picador de palha, espalhador de palha e sem picador e espalhador de palha; duas alturas de corte e quatro tratamentos fungicidas e, no segundo ano, além dos equipamentos de colheita foram avaliados também três manejos da palhada: passada de rolo compactador; passada de roçadora e sem manejo, e cinco tratamentos fungicidas. O picador de palha propiciou melhor qualidade e maior produtividade de grãos, em comparação com o sistema de colheita em que não se o utiliza. A roçadora danificou os colmos das plantas, reduzindo o perfilhamento e a produtividade, enquanto os fungicidas proporcionaram maior produtividade e menor incidência de doenças nos grãos e, conseqüentemente, melhor qualidade do produto colhido. O rolo compactador não trouxe benefícios ao crescimento nem à produtividade da soca de arroz irrigado...

Qualidade tecnológica de grãos de quatro genótipos de arroz-vermelho

Boêno,Josianny A; Ascheri,Diego P. R.; Bassinello,Priscila Z.
Fonte: Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG Publicador: Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/2011 PT
Relevância na Pesquisa
76.13%
Estudou-se, no presente trabalho, a qualidade tecnológica de quatro genótipos de arroz-vermelho para verificar sua adaptação às exigências do mercado consumidor e se determinaram, nos grãos, comprimento, grau de polimento, brancura e transparência, temperatura de gelatinização, teor de amilose, teste de panela, tempo mínimo de cocção, expansão de volume e absorção de água. Os grãos foram classificados como longos e médios. A maioria dos genótipos estudados apresentou teor de amilose intermediário, característica de grãos macios e, após resfriamento, característica de grãos duros e soltos, o que não se previa tendo em vista que o arroz-vermelho costuma apresentar baixo teor de amilose. Todos os genótipos tiveram alta temperatura de gelatinização. O genótipo MNACH0501 reuniu o maior número de características desejáveis em relação à qualidade tecnológica, favoráveis ao atendimento ao consumidor do arroz-vermelho, o que o torna adequado para o lançamento direcionado a esse nicho de mercado.

Manejo de agua e de fertilizante potassico na cultura de arroz irrigado.

SANTOS, A.B. dos; FAGERIA, N.K.; STONE, L.F.; SANTOS, C.
Fonte: Pesquisa Agropecuaria Brasileira, Brasilia, v.34, n.4, p.565-73, abr. 1999. Publicador: Pesquisa Agropecuaria Brasileira, Brasilia, v.34, n.4, p.565-73, abr. 1999.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
85.98%
O manejo da agua de irrigacao e as doses e epocas de aplicacao de fertilizantes tornam-se aspectos de extrema importancia no exito do aproveitamento das varzeas para o cultivo de arroz (Oryza sativa L.) irrigado ou este seguido de outras especies. Com o objetivo de comparar distintas formas de manejo de agua e de fertilizante potassico no comportamento do arroz irrigado, foram conduzidos experimentos por tres anos consecutivos, em um Inceptissolo. Foram estudados os efeitos de manejo de agua (MA1 - inundacao continua e MA2 - inundacao intermitente seguida de continua) e o modo de aplicacao de fertilizante potassico (K1 - na semeadura; K2 - parcelada e K3 - meia dose parcelada). O manejo de agua apresentou efeito mais expressivo sobre o comportamento do arroz que o do fertilizante potassico. A inundacao continua durante todo o ciclo da cultura proporcionou maiores rendimentos de graos, expressando maiores valores dos parametros produtivos, e melhorou a qualidade industrial dos graos. Com esta irrigacao, o parcelamento da adubacao potassica aumentou o aproveitamento do fertilizante. Os manejos do fertilizante potassico afetaram diferentemente o comportamento da cultura do arroz nas distintas formas de manejo de agua.; 1999

Qualidade tecnológica de grãos de quatro genótipos de arroz-vermelho.

BOÊNIO, J. A.; ASCHERI, D. P. R.; BASSINELLO, P. Z.
Fonte: Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, Campina Grande, v. 15, n. 7, p. 718-723, jul. 2011. Publicador: Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, Campina Grande, v. 15, n. 7, p. 718-723, jul. 2011.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
56.09%
Estudou-se, no presente trabalho, a qualidade tecnológica de quatro genótipos de arroz-vermelho para verificar sua adaptação às exigências do mercado consumidor e se determinaram, nos grãos, comprimento, grau de polimento, brancura e transparência, temperatura de gelatinização, teor de amilose, teste de panela, tempo mínimo de cocção, expansão de volume e absorção de água. Os grãos foram classificados como longos e médios. A maioria dos genótipos estudados apresentou teor de amilose intermediário, característica de grãos macios e, após resfriamento, característica de grãos duros e soltos, o que não se previa tendo em vista que o arroz-vermelho costuma apresentar baixo teor de amilose. Todos os genótipos tiveram alta temperatura de gelatinização. O genótipo MNACH0501 reuniu o maior número de características desejáveis em relação à qualidade tecnológica, favoráveis ao atendimento ao consumidor do arroz-vermelho, o que o torna adequado para o lançamento direcionado a esse nicho de mercado.; 2011

Avaliação da qualidade tecnológica do feijão durante o armazenamento

Fonte: Editora da Universidade Federal de Lavras Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
PT
Relevância na Pesquisa
66.12%
No presente trabalho, conduziram-se os estudos para avaliar a qualidade tecnológica dos grãos de feijão, durante quatro meses de armazenamento, em condições ambientais e na presença do inseto-praga Acanthocelides obtectus. Foram utilizados grãos de feijão com teor de água de aproximadamente 18 (%b.s.). Para infestação do produto, foram colocados 20 insetos adultos em cada pote de vidro, que foi fechado com uma tampa telada. As análises tecnológicas foram realizadas no produto com e sem o inseto-praga, no início do experimento e a cada 28 dias, totalizando 112 dias de armazenagem. O teste de cocção foi realizado com aparelho de Mattson utilizando-se amostras previamente imersas por 12 horas. Para a determinação da absorção de água, as amostras foram submetidas à imersão em água destilada, durante um período de 12 horas, em diferentes temperaturas (20, 30, 40 e 50 °C). Com base nos resultados obtidos, pode-se concluir que a presença do inseto-praga causa a deterioração intensa dos grãos de feijão, resultando na redução da sua qualidade tecnológica. A temperatura de embebição aumenta a absorção de água dos grãos de feijão, sendo intensificada pela presença do inseto-praga ao longo do período de armazenamento.

Avaliação da estabilidade e adaptabilidade de genótipos de feijoeiro (Phaseolus vulgaris L.) baseada na análise multivariada da "performance" genotípica

Fonte: Editora da Universidade Federal de Lavras Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
PT
Relevância na Pesquisa
66.04%
Neste estudo, objetivou-se avaliar a estabilidade e a adaptabilidade de genótipos de feijoeiro, cultivados em diferentes ambientes, por meio da análise multivariada da performance genotípica, empregando-se os teores de água, o valor protéico e os parâmetros de qualidade tecnológica dos grãos (porcentagem de absorção de água antes e após o cozimento, tempo de cozimento, porcentagem de grãos inteiros, expansão volumétrica e sólidos solúveis totais no caldo), em conjunto com a produtividade média dos genótipos cultivados em diversos ambientes, visando a identificar as linhagens e/ou cultivares mais estáveis e adaptadas para o conjunto de caracteres de importância para a cadeia produtiva do feijoeiro. Para tanto, foram avaliados 19 genótipos de feijoeiro pertencentes aos ensaios de VCU (Valor de Cultivo e Uso) 2005/2006/2007 de grãos dos grupos comerciais carioca e preto para o estado de São Paulo. Os resultados obtidos pela análise multivarida para a o conjunto das três épocas de semeadura reportaram o genótipo Gen 96A98-15-3-52-1 e a cultivar IAC-Alvorada como estáveis, responsivas à melhoria dos ambientes e tolerantes nos ambientes desfavoráveis. Por meio dos resultados obtidos, conclui-se que a análise de estabilidade e adaptabilidade multivariada proposta por Carneiro (1998)...

Efeitos de processo de secagem e tempo de armazenamento na qualidade tecnológica de trigo

Fonte: Editora da Universidade Federal de Lavras Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
PT
Relevância na Pesquisa
56.12%
Neste trabalho, objetivou-se estudar a influência dos processos de secagem estacionário e intermitente e do tempo de armazenamento na qualidade tecnológica de grãos de trigo, cultivar Embrapa 16 colhidos com teor de água de 15% e 19%. Grãos de trigo (Triticum aestivum L) foram produzidos em lavoura comercial da Granja Bretanhas, Cooperativa Arrozeira Extremo Sul, no município de Jaguarão, RS. O experimento foi conduzido em delineamento inteiramente casualizado, utilizando dois teores de água de colheita (15% e 19%), dois processos de secagem (estacionário e intermitente) e quatro tempos de armazenamento. A secagem foi realizada até o teor de água de 13% e os grãos acondicionados em embalagens de algodão, em sistema de armazenamento convencional pelo período de 12 meses. Nos tempos zero, 4, 8 e 12 meses foram realizadas as análises de teor de água, peso hectolitro, cinzas, lipídios, acidez graxa, número de queda e alveografia. Os parâmetros mais efetivos para avaliar o efeito dos processos de secagem de trigo intermitente e estacionário em função do tempo de armazenamento foram peso do hectolitro, lipídios e acidez graxa indicando melhor qualidade tecnológica na secagem realizada em secador intermitente. O trigo...

Rendimento de grãos e qualidade tecnológica de genótipos de trigo em três zonas tritícolas do Estado de São Paulo no biênio 1994-95

FELICIO,JOÃO CARLOS; CAMARGO,CARLOS EDUARDO DE OLIVEIRA; GERMANI,ROGERIO; FREITAS,JOSÉ GUILHERME DE; FERREIRA-FILHO,ANTONIO WILSON PENTEADO
Fonte: Instituto Agronômico de Campinas Publicador: Instituto Agronômico de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2000 PT
Relevância na Pesquisa
56%
Foram avaliados o rendimento de grãos, a estabilidade e adaptabilidade ambiental, a tolerância ao alumínio tóxico e a qualidade tecnológica da farinha de vinte genótipos de trigo em três regiões tritícolas do Estado de São Paulo (Zonas A e B, sequeiro; Zona H, com irrigação por aspersão), no biênio 1994-95. Os resultados mostraram que: (a) os genótipos tiveram comportamento regional diferenciado quanto ao rendimento de grãos; (b) os genótipos IAC 289, IAC 340 e BR 18 mostraram-se, em média os mais produtivos, não diferindo do 'IAC 304', 'OCEPAR 14', 'IAC 350', 'Panda', 'IAC 60' e 'IAC 348'; (c) os genótipos apresentaram, em geral, boa estabilidade produtiva nas diferentes condições ambientais; (d) os genótipos IAC 289, IAC 340 e IAC 304 foram responsivos à melhoria ambiental e 'IAC 227', adaptado a ambientes desfavoráveis; (e) os genótipos IAC 24, IAC 120, IAC 227, OCEPAR 14, IAC 348, Panda, BR 18, IAC 319, IAC 346, IAPAR 60, IAC 332 e IAC 347 foram tolerantes à toxicidade de Al3+; (f) a farinha dos diferentes genótipos apresentou baixa atividade amilásica; (g) os genótipos IAC 340, IAC 227, IAC 319 e IAC 60 propiciaram farinha com baixos valores de W (energia de deformação da massa) e baixa estabilidade...

Parâmetros de qualidade tecnológica de grãos em seis genótipos de feijão-caupi cultivados em regime irrigado.

BARROS, G. A. de A.; SANTOS, C. A. F.; SANTOS, I. C. N. dos.
Fonte: In: CONGRESSO NACIONAL DE FEIJÃO- CAUPI, 1.; REUNIÃO NACIONAL DE FEIJÃO- CAUPI, 6., 2006, Teresina, PI. Tecnologias para o agronegócio: anais. Teresina: Embrapa Meio-Norte, 2006. Publicador: In: CONGRESSO NACIONAL DE FEIJÃO- CAUPI, 1.; REUNIÃO NACIONAL DE FEIJÃO- CAUPI, 6., 2006, Teresina, PI. Tecnologias para o agronegócio: anais. Teresina: Embrapa Meio-Norte, 2006.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
86.14%
O presente trabalho foi conduzido na Embrapa Semi-Árido, em Petrolina, PE, com o objetivo de avaliar a qualidade tecnológica em genótipos de feijão-caupi em regime irrigado. Foram avaliadas as seguintes variáveis: porcentagem de embebição de água antes do cozimento (PEANC), porcentagem de embebição de água após o cozimento (PEAPC), determinação da taxa de expansão volumétrica dos grãos após o cozimento (EV) e porcentagem de grãos inteiros após o cozimento (PGI). Os quadrados médios de tratamento foram significativos (p<0,05) pelo teste F para as variáveis PEANC e PGI. O 'Canapu' apresentou o maior valor para PEANC, deferindo significativamente dos demais tratamentos. A variável PEANC variou de 116,8% a 134,3%. A PEAPC variou de 78,7% a 90,3%, tendo sido maior para a linhagem PC 95-05-12-2-2, que diferiu significativamente da cultivar IPA 206. Apenas a correlação fenotípica entre Peapc x EV foi significativa, tendo sido negativa. No geral, estes resultados são indicativos de que as linhagens selecionadas na Embrapa Semi-Árido apresentam qualidade tecnológica de grãos aceitáveis pelo mercado, sendo que um esforço maior deverá ser enfatizado no sentido de elevar a porcentagem de embebição antes do cozimento para níveis próximos ao 'Canapu'...

Comportamento agronômico e qualidade culinária de feijão-caupi no Vale do São Francisco

Santos,Carlos Antonio F; Barros,Gustavo Adolfo de A; Santos,Ierla Carla CN dos; Ferraz,Michel G de S
Fonte: Associação Brasileira de Horticultura Publicador: Associação Brasileira de Horticultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2008 PT
Relevância na Pesquisa
66%
Foi avaliado o comportamento de 64 linhagens e quatro cultivares de feijão-caupi (Vigna unguiculata (L.) Walp.), em dois experimentos de diferentes densidades populacionais, em diversos ambientes do Vale do São Francisco em 2004 e 2005, em regime irrigado ou de sequeiro, visando à recomendação de cultivares para a região. Os experimentos foram conduzidos em blocos ao caso, com três repetições, nas densidades de 100.000 e 200.000 plantas/ha, tendo sido analisados a produtividade, parâmetros genéticos, tolerância as algumas viroses, peso de 100 grãos, dias para a maturação e variáveis de qualidade tecnológica dos grãos. Observou-se forte interação genótipo x ambiente para as variáveis analisadas. Os valores médios observadas no experimento sob irrigação superaram aqueles do experimento de sequeiro em mais que o dobro, nas duas densidades populacionais. Algumas linhagens não apresentaram sintomas de virose, sendo que as cultivares BR 17 Gurguéia e Canapu foram as mais suscetíveis. O peso médio de 100 grãos foi em torno de 20 g nas duas densidades de plantio. O 'Canapu' apresentou o maior valor de embebição de água antes do cozimento, diferindo significativamente dos demais tratamentos. O valor de embebição de água após o cozimento apresentou correlação negativa significativa com a taxa de expansão volumétrica dos grãos após o cozimento. A linhagem PC 95-05-12-2-2 que apresentou valores próximos de 1...

Avaliação da qualidade tecnológica do feijão durante o armazenamento

Resende,Osvaldo; Corrêa,Paulo César; Faroni,Lêda Rita D'Antonino; Cecon,Paulo Roberto
Fonte: Editora da Universidade Federal de Lavras Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2008 PT
Relevância na Pesquisa
66.12%
No presente trabalho, conduziram-se os estudos para avaliar a qualidade tecnológica dos grãos de feijão, durante quatro meses de armazenamento, em condições ambientais e na presença do inseto-praga Acanthocelides obtectus. Foram utilizados grãos de feijão com teor de água de aproximadamente 18 (%b.s.). Para infestação do produto, foram colocados 20 insetos adultos em cada pote de vidro, que foi fechado com uma tampa telada. As análises tecnológicas foram realizadas no produto com e sem o inseto-praga, no início do experimento e a cada 28 dias, totalizando 112 dias de armazenagem. O teste de cocção foi realizado com aparelho de Mattson utilizando-se amostras previamente imersas por 12 horas. Para a determinação da absorção de água, as amostras foram submetidas à imersão em água destilada, durante um período de 12 horas, em diferentes temperaturas (20, 30, 40 e 50 °C). Com base nos resultados obtidos, pode-se concluir que a presença do inseto-praga causa a deterioração intensa dos grãos de feijão, resultando na redução da sua qualidade tecnológica. A temperatura de embebição aumenta a absorção de água dos grãos de feijão, sendo intensificada pela presença do inseto-praga ao longo do período de armazenamento.