Página 1 dos resultados de 477 itens digitais encontrados em 0.047 segundos

Caracterização da Qualidade do Ambiente Interior num Edifício Escolar Recentemente Requalificado

Parreiral, Ana Rita Vaz
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
126%
Esta dissertação tem como objectivo a caracterização da qualidade do ambiente interior do Bloco C, da Escola Básica 2,3 Dr. José Lopes de Oliveira, que recentemente foi alvo de uma intervenção de reabilitação. Para a concretização deste objectivo foram efectuadas medições das concentrações de CO2 e PM10, da temperatura e da humidade relativa do ar interior, níveis de iluminação e de ruído no interior de algumas salas do Bloco C. Posteriormente foi efectuado o tratamento dos dados registados e verificadas as suas conformidades com a legislação actual. Os caudais de ar novo efectivos em cada uma das salas foram obtidos através das taxas de renovação de ar, determinadas pela aplicação da técnica dos gases traçadores em período de decaimento da concentração. Neste caso, usou-se como gás traçador o CO2 emitido pelos ocupantes (CO2 metabólico). Conhecidos os valores dos caudais de ar novo efectivos, foram comparados com os caudais de ar novo adequados às diferentes salas monitorizadas, de modo a que a média da concentração de CO2 no período considerado apresentasse conformidade com a legislação (< 1500 ppm). Foi, assim, possível determinar quais as salas que apresentavam um défice de ar novo. No que diz respeito à iluminação...

Estudo do conforto térmico, do consumo energético e da qualidade do ar interior em salas cirúrgicas, através da simulação computacional e análise de layout; Study of the thermal comfort, the energy consumption and indoor air quality in operating rooms, through computational simulation and architectural analysis

Melhado, Monica do Amaral
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
115.96%
No presente trabalho foi feita a simulação computacional de três salas cirúrgicas e de alguns ambientes contíguos. Este estudo teve como objetivo verificar a influência dos diferentes layouts no conforto térmico dos ocupantes, na qualidade do ar interior, no dimensionamento dos equipamentos de climatização e no gasto energético. Todos os ambientes foram simulados para as condições climáticas de cinco capitais Brasileiras: Belém, Brasília, Porto Alegre, Recife e São Paulo. Estudou-se três tipos de distribuição arquitetônica. No Caso 1, o layout apresentado foi uma sala cirúrgica e um corredor. No Caso 2 foram analisados a sala cirúrgica, um corredor limpo e um corredor “sujo” (corredor de expurgo); enquanto no Caso 3, a sala cirúrgica, antecâmara e corredor. Os ambientes estudados são hipotéticos. As características construtivas e parâmetros ambientais (temperatura, umidade relativa, velocidade do ar, etc.) foram pré-estabelecidos segundo o tipo de cirurgia, baseando-se em normas brasileiras e algumas internacionais. Os tipos de cirurgias estudadas foram a ortopédica e a abdominal, considerando-as, respectivamente, asséptica e séptica. O conforto térmico foi calculado para os seguintes ocupantes: paciente...

A sustentabilidade e o conforto das construções

Silva, Sandra Monteiro
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em 18/12/2009 POR
Relevância na Pesquisa
96.11%
Tese de doutoramento em Engenharia Civil (ramo de conhecimento em Processos de Construção); O ambiente construído produz grandes impactes no meio ambiente, na saúde humana e na economia. Adoptar estratégias de construção que garantam a Qualidade do Ambiente Interior e a sustentabilidade é uma forma de minimizar os impactes sócio-ambientais e maximizar o desempenho económico dos edifícios. Um ambiente interior saudável e confortável é uma premissa básica em todos os edifícios, é durante a fase de projecto que os conceitos de sustentabilidade dos edifícios devem ser aplicados, através da implementação de uma estratégia combinada que permita melhorar o conforto global e o comportamento energético, ao mesmo tempo que o impacte ambiental é reduzido, através de uma selecção judiciosa dos materiais, das tecnologias e dos métodos de construção a ser utilizados. A forma e configuração dos edifícios são o resultado de um processo complexo, em que devem ser considerados factores funcionais, técnicos e estéticos. A exposição aos ventos, o acesso solar, a protecção conferida pela envolvente, a qualidade do ar e o nível sonoro do local de implantação vão afectar a relação entre o edifício e o ambiente que o envolve...

Otimização das condições de ventilação natural em edifícios de serviço para assegurar a qualidade do ar interior sem consumos excessivos de energia; Natural ventilation optimization in office buildings

Amorim, Diogo Fernandes Ferreira
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
105.99%
Dissertação de mestrado integrado em Engenharia Civil; A saúde e o bem-estar em locais de trabalho são dois pré-requisitos fundamentais para a existência de um bom desempenho dos seus ocupantes. Assim, a permanência prolongada de trabalhadores no interior de locais de trabalho fechados pode prejudicar a sua saúde e reduzir a produtividade da empresa e consequentemente acarretar prejuízos financeiros. É neste contexto que a ventilação natural desempenha um papel importante no controle dos níveis de poluição no interior de edifícios. Todavia as condições de conforto térmico também devem ser tidas em conta, uma vez que o calor ou frio excessivo contribuem para a redução de produtividade e para o aumento de queixas dos utilizadores, e para maiores consumos energéticos de climatização. Para compreender como estes três parâmetros se correlacionavam foram realizadas medições in situ da qualidade do ar interior e foram administrados inquéritos aos ocupantes de dois edifícios de serviço. Estas medições contribuíram para a identificação das principais fontes de poluição, das condições de conforto térmico e da perceção dos ocupantes relativamente ao ambiente interior de edifícios desse tipo. Os resultados das medições da qualidade do ar e a análise do desempenho dos edifícios mostraram que as condições da qualidade do ar interior e do conforto térmico não eram adequadas...

Identificação e caracterização dos principais fatores que afetam os parâmetros que caracterizam a qualidade do ambiente interior dos edifícios; Indoor environmental quality analysis in residencial buildings

Ferreira, Luís Filipe da Cunha
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
136.11%
Dissertação de mestrado integrado em Engenharia Civil; Um ambiente interior saudável e confortável é uma condição básica em todos os edifícios, e pode manifestar grandes impactos na saúde humana, no meio ambiente e na economia. Um ambiente interior confortável, tal como qualquer outra noção de conforto, resulta de sensações humanas com forte componente subjetiva, dependendo de vários tipos de fatores, nomeadamente; físicos, fisiológicos e psicológicos. A Qualidade do Conforto do Ambiente Interior, tema principal do presente trabalho, tem vários parâmetros que contribuem para um conforto global, nomeadamente o conforto térmico, conforto acústico, a qualidade do ar interior e o conforto lumínico. Estes parâmetros devem ser considerados na fase de projeto inicial, pelos Arquitetos e Engenheiros, de modo a assegurar as condições de conforto nos edifícios. O objetivo do presente estudo foi identificar os principais fatores que afetam os parâmetros (conforto térmico, acústico, lumínico e a qualidade do ar interior) que caracterizam a Qualidade do Ambiente Interior dos edifícios. Este estudo consistiu na realização de ensaios in situ, em três habitações, que permitem avaliar o conforto térmico, acústico...

Estudo de edifício visando eficiência energética e qualidade do ambiente interior; Refurbishment of a building aiming energy efficiency and indoor environmental quality

Barros, Cátia Carolina Alves
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
136.05%
Dissertação de mestrado integrado em Engenharia Civil (área de especialização em Perfil de Construções); A reabilitação energética e a qualidade do ambiente interior, têm vindo a ganhar cada vez mais relevância devido à crise económica e à dependência das fontes de energia externas. O setor dos edifícios é um dos grandes consumidores de energia, no qual devem ser tomadas medidas que permitam eliminar as barreiras associadas à dificuldade em aumentar a eficiência energética, estudando assim soluções que minimizem o consumo energético e sejam viáveis economicamente. Para assegurar o cumprimento das metas definidas na EPBD-recast, é essencial intervir no parque edificado existente. Assim, a reabilitação de edifícios, é uma das principais formas de atingir os objetivos da EPBP-recast e também de aumentar as condições de conforto e de qualidade do ar interior. As principais intervenções, devem ser feitas tendo em conta a eficiência energética e a qualidade do ambiente interior. Para realizar uma reabilitação adequada, há necessidade de conhecer os consumos energéticos do edifício em estudo e assim propor soluções de melhoria tendo em conta a sua viabilidade económica. Neste sentido...

Definição de estratégias de ventilação natural para assegurar a qualidade do ar interior de um edifício

Amorim, Diogo Fernandes Ferreira; Silva, Sandra Monteiro; Almeida, Manuela Guedes de
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em /04/2014 ENG
Relevância na Pesquisa
115.96%
A qualidade do ar interior tem um papel fundamental na saúde, bem-estar e produtividade dos ocupantes dos edifícios. Assim, aquando da realização de um projeto de reabilitação de um edifício é importante assegurar a qualidade do ar interior e não apenas a sua eficiência energética. O estudo realizado neste trabalho consistiu na definição das estratégias de ventilação necessárias para assegurar a qualidade do ar interior e a eficiência energética de um edifício de serviços localizado no centro histórico de Guimarães aquando da execução do seu projeto de reabilitação. Na primeira fase do estudo foram identificados os principais problemas apresentados pelo edifício no que concerne a qualidade do ar interior e as condições de conforto térmico dos ocupantes. Foram realizadas medições das concentrações de poluentes e das condições de conforto térmico. Adicionalmente foi também avaliada a perceção dos ocupantes do edifício em relação às condições existentes. Os resultados mostraram que, apesar das condições de conforto térmico serem satisfatórias, as concentrações de poluentes excediam os valores máximos regulamentares, em particular as concentrações de dióxido de carbono. Uma vez que a qualidade do ar interior pode ser melhorada com o aumento da taxa de fornecimento de ar novo...

Medidas para a melhoria da Qualidade do Ambiente Interior e da eficiência energética das habitações de famílias de baixo rendimento

Camacho, Gustavo; Silva, Sandra Monteiro
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em /10/2014 ENG
Relevância na Pesquisa
135.93%
As preocupações com a Qualidade do Ambiente Interior e com os consumos energéticos dos edifícios, têm vindo a ganhar importância ao longo dos tempos. Os esforços políticos feitos na área da energia, juntamente com a entrada em vigor da regulamentação térmica, e o aumento da exigência da mesma, estão a provocar uma melhoria na qualidade dos novos edifícios. No entanto, o Parque Habitacional Português apresenta um estado de conservação que impõe a necessidade de intervenção, nomeadamente no que respeita à eficiência energética. A par desta realidade, a crise económica que Portugal enfrenta, faz com que muitas famílias não tenham possibilidades para manter, ou melhorar as condições de conforto e qualidade das suas habitações, pelo que o presente trabalho tem como objetivo a definição de um conjunto de medidas e soluções que sirvam de apoio aos projetos de reabilitação de habitações de famílias de baixo poder económico.

Reabilitação integrada de um edifício visando a melhoria da qualidade do ambiente interior; Integrated rehabilitation of a building aiming to improve the indoor environmental quality

Pinto, Vera Lúcia Rodrigues
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
135.98%
Dissertação de mestrado integrado em Engenharia Civil; No setor habitacional, a qualidade dos edifícios e o grau de conforto dos ocupantes tem aumentado particularmente nos últimos anos. Porém, este nível mais elevado de conforto manifesta-se geralmente num acréscimo de investimento e num maior consumo de energia, que representa uma parcela significativa nas despesas de um lar. Assim, é urgente integrar princípios de racionalização de energia nos edifícios novos e nos que necessitam de obras de reabilitação, para evitar que os consumos energéticos aumentem drasticamente. O conforto no interior dos edifícios é ditado pelas soluções selecionadas para a sua construção. Para assegurar uma qualidade do ar interior dos edifícios, um bom comportamento térmico e acústico e suficientes condições de iluminação natural é necessário selecionar sistemas construtivos e materiais de construção que otimizem o conforto dos ocupantes e reduzam os consumos energéticos. Com este trabalho pretende-se propor soluções de reabilitação para edifícios selecionados, de maneira a otimizar as condições globais de conforto através dos principais parâmetros que afetam a qualidade do ambiente interior. O estudo foi feito em dois edifícios...

Relatório profissional: qualidade do ar interior e certificação

Matos, Ema Maria Monteiro de
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
96%
Este relatório tem como objetivo apresentar o percurso académico e profissional da candidata, iniciado em 1980 com o ingresso na Universidade de Aveiro, dando especial ênfase ao percurso profissional e à atividade desenvolvida na área da qualidade do ar, nomeadamente a qualidade do ar interior. Inclui uma apresentação detalhada de todo o percurso profissional, abrangendo desde o trabalho desenvolvido no projeto de fim de curso, passando pelas funções desempenhadas em instituições estatais, como a Direção Regional de Ambiente do Centro e o Gabinete de Apoio Técnico de Águeda, às funções de coordenação da unidade de ambiente e laboratórios do Centro da Biomassa para a Energia, culminando na atual atividade de consultoria. No âmbito do tema de desenvolvimento selecionado é feita uma abordagem e enquadramento da qualidade do ar interior, sua influência na saúde humana e regulamentação aplicável. O relatório termina com uma análise da evolução da experiência profissional, evidenciando a sua relevância como atividade da especialidade do Mestrado em Engenharia do Ambiente.; This report aims to present the candidate’s academic and professional path which started in 1980 with the enrollment at the University of Aveiro...

Qualidade do Ambiente Interior em Edifícios de Habitação

Pinto, Manuel; Viegas, João; Freitas, Vasco
Fonte: Instituto Politécnico de Viseu Publicador: Instituto Politécnico de Viseu
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2007 POR
Relevância na Pesquisa
105.97%
Fazia parte dos hábitos quotidianos dos portugueses a necessidade de abrir janelas para proceder à ventilação dos edifícios. Contudo, as preocupações com os consumos de energia, as alterações do modo de vida das pessoas (as famílias encontram-se ausentes da habitação durante grande parte do dia) e a utilização de caixilharias de melhor qualidade, com menor permeabilidade ao ar, conduziram à diminuição drástica das renovações horárias de ar aumentando o risco de condensações, bem como reduziram a qualidade do ar interior. A humidade é uma das principais causas das patologias dos edifícios e da degradação dos elementos de construção, nomeadamente através dos fenómenos de condensação. Frequentemente as condensações resultam de uma concepção inadequada da envolvente: incorrecto tratamento das pontes térmicas, insuficiente isolamento térmico, ventilação reduzida e não homogénea dos espaços das habitações e aquecimento muitas vezes insuficiente ou inexistente. O ambiente interior dos edifícios é contaminado por substâncias que resultam da utilização corrente desses espaços ou que são emanadas pelos materiais que integram os edifícios (admitindo que o ar exterior não é fonte de poluição). Essas substâncias...

Projeto QUAMIS: Avaliação da Qualidade do Ambiente Interior em Salas de Aula

Lemos, Luís; Pinho, Paulo; Almeida, Ricardo; Figueirinha, Artur; Brás, Isabel; Simões, Luís; Pinto, Manuel; Lopes, Sérgio
Fonte: Instituto Politécnico de Viseu Publicador: Instituto Politécnico de Viseu
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em 06/11/2013 POR
Relevância na Pesquisa
126.01%
O projeto QUAMIS- Qualidade do ambiente interior em salas de aula desenvolvido pela Escola Superior de Tecnologia e Gestão do Instituto Politécnico de Viseu- ESTGV/IPV, envolvendo elementos dos Departamentos de Ambiente e de Engenharia Civil, tem como objetivo contribuir para a melhoria do ambiente interior em salas de aula na Zona Centro de Portugal, com base no conhecimento extensivo, sustentado e integrado das condições existentes. Trata-se de um projeto sem financiamento externo, concretizado a partir de uma série de parcerias com entidades exteriores. Os estudantes passam cerca de um terço do dia em estabelecimentos escolares, sobretudo em salas de aula. É cientificamente consensual que as condições ambientais no interior das salas de aula influenciam não só a saúde dos estudantes mas também a respetiva atitude e desempenho [1,2]. Os aspetos de saúde são particularmente importantes em crianças e jovens, já que estes são mais suscetíveis aos efeitos adversos de condições ambientais inadequadas, nomeadamente deficiente qualidade do ar com presença de poluentes ou condições acústicas inapropriadas [3,4]. O controlo das condições ambientais no interior das salas de aula deve ser encarado como uma prioridade...

Qualidade do ar interior num estabelecimento de Ensino Superior: caso de estudo: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro

Lourenço, Sónia das Neves Gonçalves
Fonte: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Publicador: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
95.95%
Dissertação de Mestrado em Engenharia do Ambiente.; A qualidade do ar interior (QAI) é uma temática que cada vez mais desperta a atenção da comunidade científica. A população passa grande parte do seu tempo em ambientes fechados, desta forma, o estudo da QAI torna-se cada vez mais importante para o bem-estar e saúde humana. O principal objectivo do presente trabalho foi estudar a metodologia adequada para medições de QAI na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, visto ser um ambiente público e colectivo com uma grande complexidade. Pretendeu-se determinar a representatividade temporal da monitorização da qualidade do ar interior, bem como, optimizar o momento e a duração das medições nas salas de aulas, em função do tipo de ocupação, área, e localização dos espaços em estudo para diversos poluentes com valor limite no Regulamento dos Sistemas Energéticos de Climatização em Edifícios (RSECE). Nesta investigação foram realizadas medições contínuas de CO2, COVT, PM10 no ar interior, bem como dos parâmetros físicos como temperatura e humidade do ar que são objecto de verificação de conformidade no âmbito das auditorias periódicas previstas no RSECE. Estas medições realizaram-se durante uma semana...

Edifícios saudáveis. Especificação de materiais e de componentes construtivos para a qualidade do ambiente interior.

Souza, Paula Cristina Borges de
Fonte: Universidade de Lisboa. Faculdade de Arquitetura. Publicador: Universidade de Lisboa. Faculdade de Arquitetura.
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /07/2006 POR
Relevância na Pesquisa
116%
Dissertação para obtenção do grau de Mestre em Arquitetura Bioclimática.; Identifica-se o problema da qualidade do ar interior para a saúde, o conforto e a produtividade. Procede-se, então, à caracterização do leque das potenciais causas de baixa qualidade do ambiente interior, em especial, de poluição do ar interior e demonstra-se a importância da intervenção em fase de projecto, quer na adopção de estratégias arquitectónicas, nomeadamente no arranjo dos espaços contíguos, que não prejudiquem o objectivo da qualidade do ar, quer na especificação dos materiais aplicados em obra; e, no último lugar, também a opção pela estratégia de ventilação mais adequada. Propõe-se, de seguida, uma metodologia de intervenção em fase de projecto que privilegie edifícios menos energívoros e com garantia da acolhida da qualidade do ambiente interior. A metodologia proposta é então aplicada ao caso de estudo. Sem prejuízo de se reconhecer que não se pode ir muito mais além, sublinha-se a importância de uma tal metodologia como via de aproximar o projectista da vida “a prazo” do objecto projectado.; ABSTRACT: The emerging problem of indoor air quality is identified on its impact on health, comfort and productivity as well as on its causes. Among the main causes...

O ambiente interior e a saúde dos ocupantes de edifícios de habitação

Abreu, Catarina Fabíola Cardoso
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
96.07%
O tema ambiente interior em edifícios surge forçosamente associado à energia e ao conforto. A energia está sempre associada ao consumo de energia e o objectivo será sempre o de reduzir o consumo para níveis aceitáveis. Já o conforto é um parâmetro muito complexo e difícil de quantificar, já que depende não só de diversos parâmetros externos mas também da sensibilidade e tipo de reacção dos indivíduos, do seu comportamento e actividade. O conceito de qualidade do ambiente interior é um tema bastante complexo e abrangente, que depende de um grande número de factores como a temperatura, a humidade relativa, a velocidade do ar, a existência de odores, a concentração de micro-organismos ou poeiras em suspensão no ar e a iluminação, entre outros. Estes factores podem ser agrupados em quatro grandes áreas, a qualidade do ar, a qualidade higrotérmica, a qualidade acústica e a qualidade da iluminação. A preocupação relativa à qualidade do ambiente interior aumenta com o crescimento do número de “edifícios doentes”. A utilização adequada dos equipamentos e de soluções construtivas mais eficientes ao nível dos edifícios constituem uma forma de alcançar significativas poupanças de energia...

Qualidade do ar interior e conforto térmico : um estudo em espaços de estacionamento em Natal/RN

Costa, Juliana Magna da Silva
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo; Conforto no Ambiente Construído; Forma Urbana e Habitação Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo; Conforto no Ambiente Construído; Forma Urbana e Habitação
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
115.86%
The recent tendency to utilize parking lots for other purposes has demonstrated that more time has been spent by visitors, mainly in great cities. Therefore, this paper investigates the thermal comfort and the air quality indoors in areas specifically used as parking lots by analyzing the direct relation between such environments and vehicular pollution. The thermal comfort and the quality of air indoors in parking lots with different architectonic typology (ground-floor and underground) are also studied, aiming to contribute to the proposition of suitable new areas designated to human usage. Field research was done, in two distinct periods within different weather conditions (January and July) in, two naturally cooled, parking lots located in Natal - RN. The internal environment agents were measured by using tools for air temperature, humidity, speed and direction; interviews with employees and visitors and chemical analysis through appropriate tools to analyze specific material, carbon monoxide and ozone. The results showed that chemical agents densely concentrate mostly in the closed parking space, aggravated by weather conditions, which dissatisfied the visitors. Still, it was shown that architectonic typology, alongside topographical aspects compromise internal environmental conditions...

Qualidade do ar interior em escolas e saúde das crianças

Ferreira, Ana Maria da Conceição
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
96.06%
O moderno e crescente padrão de consumo tem consequências no ambiente que, inevitavelmente, se refletem na saúde humana. Diariamente, a qualidade do ar afeta o nosso bem estar e pode afetar o nosso futuro, razão pela qual a qualidade do ar interior (QAI) tem sido apontada como um dos principais riscos ambientais para a saúde pública. Na Europa, a poluição atmosférica é considerada como uma questão ambiental premente por ter um grande impacte na saúde dos cidadãos. Entre estes, as crianças são consideradas como sendo um grupo particularmente vulnerável. O nível de poluição do ar interior dos edifícios, pode atingir valores 2 a 5 vezes superiores ao do ar exterior. Os níveis de contaminação do ar interior adquirem mais relevância quando se tem em consideração que na sociedade moderna as pessoas passam cerca de 80 a 90% do seu tempo dentro dos edifícios. Apesar da existência de alguns estudos epidemiológicos relativos à QAI em escolas, pouco ainda se sabe sobre a QAI em escolas portuguesas, nomeadamente em escolas do concelho de Coimbra. A perceção dos problemas de QAI é relevante para avaliar os riscos para a saúde e rendimento dos estudantes, e para propor medidas de redução da exposição a poluentes indesejáveis. Este trabalho pretende ser um contributo para a compreensão da qualidade do ar interior em escolas do 1º Ciclo do Ensino Básico do Concelho de Coimbra e saúde das crianças. Neste estudo avaliaram-­‐se as concentrações do monóxido de carbono (CO)...

Qualidade do ar interior em Escolas Básicas de 1.º ciclo: QAI em ambientes escolares: estudo orientado para as Escolas Básicas de 1.º ciclo de um agrupamento escolar

Ferreira, Daniela
Fonte: Instituto Politécnico do Porto. Escola Superior de Tecnologia da Saúde do Porto Publicador: Instituto Politécnico do Porto. Escola Superior de Tecnologia da Saúde do Porto
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
105.84%
A Qualidade do Ar Interior (QAI) é um fator de grande preocupação. A importância de manter um ambiente salubre é mais acentuada em estabelecimentos escolares (EE), tendo em conta, que no interior destes permanecem crianças durante um elevado período de tempo. É fundamental garantir uma boa QAI nos edifícios escolares, de forma a salvaguardar a saúde, o bem-estar e o conforto dos ocupantes, bem como, não comprometer o seu desempenho escolar. Recentemente, foram construídos novos edifícios escolares e alguns dos existentes foram alvo de obras de remodelação. Contudo, a crescente tendência em construir edifícios cada vez mais herméticos, com vista à diminuição dos gastos de energia, origina problemas como a reduzida ventilação dos espaços. Vários estudos têm demonstrado a influência das atividades de limpeza na QAI. No entanto, verifica-se que na maioria das escolas não existem ainda procedimentos de limpeza padronizados. A falta de instruções de trabalho e a ausência de formação às assistentes operacionais pode comprometer a eficácia dos procedimentos de higienização, o que poderá ter influência na QAI dos espaços. Este estudo teve como principal objetivo avaliar a QAI em escolas básicas de 1.º ciclo. Foram contemplados no estudo fatores como a tipologia do edifício...

O ambiente interior e a saúde dos ocupantes de edifícios de habitação

Abreu, Catarina Fabíola Cardoso
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
96.07%
O tema ambiente interior em edifícios surge forçosamente associado à energia e ao conforto. A energia está sempre associada ao consumo de energia e o objectivo será sempre o de reduzir o consumo para níveis aceitáveis. Já o conforto é um parâmetro muito complexo e difícil de quantificar, já que depende não só de diversos parâmetros externos mas também da sensibilidade e tipo de reacção dos indivíduos, do seu comportamento e actividade. O conceito de qualidade do ambiente interior é um tema bastante complexo e abrangente, que depende de um grande número de factores como a temperatura, a humidade relativa, a velocidade do ar, a existência de odores, a concentração de micro-organismos ou poeiras em suspensão no ar e a iluminação, entre outros. Estes factores podem ser agrupados em quatro grandes áreas, a qualidade do ar, a qualidade higrotérmica, a qualidade acústica e a qualidade da iluminação. A preocupação relativa à qualidade do ambiente interior aumenta com o crescimento do número de “edifícios doentes”. A utilização adequada dos equipamentos e de soluções construtivas mais eficientes ao nível dos edifícios constituem uma forma de alcançar significativas poupanças de energia...

Desenvolvimento de um sistema remoto de monitorização e análise de qualidade do ambiente interior em edifícios

Fernandes, Maria Francisca Menezes Vaz
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2015 POR
Relevância na Pesquisa
125.97%
Tese de mestrado integrado, Engenharia da Energia e do Ambiente, Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2015; Nowadays in modern societies people spend about 90% of their times inside buildings. Thus, the maintenance of the occupants’ indoor comfort is important due to the fact that poor indoor environmental quality (IEQ) tends to reduce the occupants’ productivity and it may also negatively affect their health. Furthermore, indoor comfort parameters monitoring and analysis allows for a better energy management of HVAC systems. The goal of this thesis was the development and testing of a low cost IEQ monitoring system which has been based on a previously developed system. The measured IEQ parameters are temperature, relative humidity, CO2 concentration, lighting and sound level pressure. The system is based on the Arduino microcontroller, it is portable and features wireless communication to the Internet (WiFi and GSM/GPRS mobile networks). The creation of an online MySQL database allows the storage of gathered data and the development of a website allows the monitored parameters and their qualitative evaluation to be immediately accessed. A business model was also proposed in regards to the possible future commercialization.; Atualmente...