Página 1 dos resultados de 1574 itens digitais encontrados em 0.036 segundos

Desempenho e características de carcaça e da carne de cordeiros cruzados alimentados com dietas com caroço de algodão normal ou aquecido; Performance and meat and carcass characteristics of crossbred lambs fed normal or heated whole cottonseed

Corte, Rosana Rüegger Pereira da Silva
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 14/01/2008 PT
Relevância na Pesquisa
106.12%
O caroço de algodão é uma semente oleaginosa e sua inclusão na alimentação de ruminantes pode aumentar os níveis de ácidos graxos insaturados na carne, melhorando os benefícios potenciais da carne vermelha para a saúde. Contudo, como o tipo de dieta pode influenciar o sabor e aroma e a qualidade da carne produzida é possível que a utilização do caroço de algodão em diferentes níveis na dieta de ovinos confinados altere esses parâmetros. Neste experimento objetivou-se estudar o efeito da adição de diferentes níveis de caroço de algodão e do aquecimento do mesmo no desempenho e características da carcaça e da carne de cordeiros confinados após a desmama. Foram utilizados 36 cordeiros cruzados, 16 machos e 16 fêmeas, em um delineamento de blocos casualizados. O aquecimento do caroço de algodão não causou deterioração lipídica na semente. A utilização de caroço de algodão resultou em maior eficiência alimentar e menor ingestão de matéria seca. As dietas experimentais não alteraram as características de carcaça, a maciez objetiva, a cor e as características organolépticas da carne. Quanto ao perfil de ácidos graxos da carne, o caroço de algodão aumentou o teor saturados e diminuiu os monoinsaturados. O colesterol da carne não foi inflenciado pelos tratamentos alimentares.; Whole cottonseed is an oil seed and its inclusion on ruminants diets could alter meat unsaturated fat levels...

Efeito da dieta contendo caroço de algodão no desempenho, características quantitativas da carcaça e qualitativas da carne de novilhos Nelore confinados; Effects of whole cottonseed-enriched diet on performance, quantitative characteristics of the carcass and qualitative characteristics of the meat of feedlot Nelore cattle

Pesce, Domingos Marcelo Cenachi
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 17/03/2008 PT
Relevância na Pesquisa
96.15%
O presente trabalho teve como objetivo avaliar o desempenho e as características quantitativas de carcaça e qualitativas da carne de novilhos Nelore confinados. Os animais foram confinados com quatro dietas contendo 80% de concentrado, em porcentagem da matéria seca: uma controle, sem adição de caroço de algodão (CA0), outra contendo 10% (CA10) ou 20% (CA20) de caroço de algodão e outra contendo 20% (CA20H) de caroço de algodão aquecido em câmara climática. Ao final do período experimental, não foram encontradas diferenças entre os tratamentos para a ingestão de matéria seca. Entretanto, o ganho diário de peso, o peso vivo e a eficiência alimentar foram maiores para os animais alimentados com dietas contendo caroço de algodão, que não diferiram entre si. Os valores encontrados para N-uréico no sangue foram significativamente maiores para os tratamentos contendo caroço de algodão, enquanto que os valores de glicose e de proteína total sérica não diferiram entre os tratamentos. O rendimento de carcaça, a área de olho de lombo, a espessura de gordura subcutânea, as gorduras renal e pélvica, o peso da carcaça quente e fria, o peso do fígado e os valores de pH da carcaça não foram significativamente diferentes. Houve diferença apenas para a temperatura da carcaça 1 hora e 24 horas após o abate...

Variação nos genes dos receptores mineralocorticoide e glicocorticoide e suas implicações proteômicas na qualidade da carne de bovinos Nelore; Variation in the mineralocorticoid and glucocorticoid receptors genes and proteomics implications for meat quality in cattle of Nellore breed

Poleti, Mirele Daiana
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 15/03/2013 PT
Relevância na Pesquisa
96.16%
O eixo hipotálamo-pituitária-adrenal é o principal sistema neuroendócrino envolvido na regulação e adaptação da resposta ao estresse e, o principal hormônio secretado é o cortisol. O cortisol exerce seus efeitos por meio dos receptores mineralocorticoide (MR) e glicocorticoide (GR). Variações nos genes desses receptores têm sido associadas à sensibilidade aos glicocorticoides e mudanças no perfil metabólico. O objetivo geral desse trabalho foi compreender a variabilidade existente em relação às respostas fisiológicas de bovinos por meio da identificação de polimorfismos genéticos em genes envolvidos na resposta ao estresse e, verificar as consequências dessa variação genética em características de qualidade da carne. Dessa forma, três abordagens foram propostas: (1) avaliar a incidência de carne DFD (dark, firm and dry) e seu impacto no perfil metabólico, endócrino e características de qualidade da carne bovina, uma vez que o estresse é um dos principais fatores que levam a essa condição desfavorável; (2) avaliar a contribuição de fatores genéticos, por meio da identificação de polimorfismos de nucleotídeo único (SNPs), no gene do MR e GR, e suas associações com as características mensuradas; (3) avaliar os efeitos desses polimorfismos sobre o perfil proteico do músculo bovino. Foram utilizados 241 bovinos da raça Nelore. Os resultados evidenciaram implicações direta do pH 24 horas post-mortem nos atributos de cor e perdas por cozimento da carne. A incidência de carnes DFD (pH>=5...

Avaliação de parâmetros da qualidade da carne de frangos alimentados com farelo de trigo e fitase ou com adição de ácido fítico na dieta; Evaluation of meat quality parameters of broiler fed on wheat bran and phytase or with addition of phytic acid in the diet

Vargas, Taís Dufau de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
96.21%
Com o objetivo de avaliar a qualidade da carne de frangos recebendo dietas com inclusão de ácido fítico (AF) ou com farelo de trigo (FT) e adição ou não de fitase, foram utilizados 216 frangos de corte Cobb 500®, machos, de 22 a 35 dias de idade. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado com 6 tratamentos e 6 repetições com 6 animais cada. Foram testadas 6 dietas: 1- dieta controle (a base de milho e farelo de soja); 2- dieta controle com adição de AF; 3- dieta com 25% de FT e sem fitase; 4- dieta com 25% de FT + 6-fitase/2500 FTU/g (fitase A); 5- dieta com 25% de FT + 6-fitase/5000 FTU/g (fitase B); 6- dieta com 25% de FT + 3-fitase/5000 FTU/g (fitase C). Os parâmetros avaliados foram: peso da carcaça, peso e rendimento dos cortes de peito, de coxa e de perna de frango, pH inicial e final da carne, cor, lipídeo total, colesterol total (CT), oxidação lipídica (TBARS), perda de peso por descongelamento (PPD), perda de peso por cocção (PPC) e força de cisalhamento (FC). Os resultados indicaram não haver interação das diferentes dietas para as respostas de: peso da carcaça, peso e rendimento dos cortes, lipídio total, PPD, PPC e pH inicial, ou seja, todas estas variáveis mostraram-se semelhantes entre as dietas testadas...

Efeito de Dois Níveis de Lisina e do Sexo sobre o Rendimento e Qualidade da Carne de Peito de Frangos de Corte

Almeida, Ibiara Correia de Lima; Mendes, Ariel Antonio; Oliveira, Edson Gonçalves de; Garcia, Rodrigo Garófallo; Garcia, Edivaldo Antônio
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 1744-1752
POR
Relevância na Pesquisa
96.15%
Um experimento foi realizado para avaliar o efeito de dois níveis de lisina na dieta sobre o rendimento e qualidade da carne de peito de frangos de corte. Dois mil pintos de um dia da linhagem Ross foram distribuídos em um delineamento inteiramente casualizado, em esquema fatorial 2 x 2 (dois sexos e dois níveis de lisina). As aves foram alimentadas com dietas iniciais (1 a 21 dias), crescimento (22 a 42 dias) e acabamento (43 a 49 dias), contendo 100% dos níveis de lisina recomendados pelo NRC (1994), ou 110% nas rações iniciais e de crescimento e 120% na ração de acabamento. Dessa maneira, os níveis de lisina recomendados foram de 1,10, 1,00 e 0,85% ,respectivamente, enquanto os níveis considerados altos foram de 1,21, 1,10 e 1,02%, respectivamente, nas rações iniciais, de crescimento e de acabamento. As aves foram abatidas aos 28, 35, 42 e 49 dias de idade para avaliar o rendimento e a qualidade da carne do peito. Os níveis de lisina não afetaram os valores de pH, a composição química da carne de peito e a perda de peso por cozimento. A altura, largura e o comprimento do peito apresentaram menores valores, em todas as idades, nas aves alimentadas com níveis altos de lisina. Com base nos resultados obtidos neste trabalho...

Efeito da densidade populacional sobre desempenho, rendimento de carcaça e qualidade da carne em frangos de corte de diferentes linhagens comerciais

Moreira, Joerley; Mendes, Ariel Antônio; Roça, Roberto de Oliveira; Garcia, Edivaldo Antônio; Naas, Irenilza de Alencar; Garcia, Rodrigo Garófallo; Paz, Ibiara Correia Lima de Almeida
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 1506-1519
POR
Relevância na Pesquisa
96.16%
O trabalho foi realizado objetivando-se avaliar o efeito da densidade populacional e da linhagem sobre as características de desempenho, o rendimento de carcaça e a qualidade da carne de peito (perda de peso por cozimento, força de cizalhamento e pH) em frangos de corte. Foram utilizados 2.925 pintos de um dia, sexados, distribuídos em um delineamento experimental inteiramente casualizado, em fatorial 3x3x2, sendo três linhagens (Ross 308, Cobb 500 e Hybro PG), três densidades (10, 13 e 16 aves/m²) e dois sexos, com duas repetições com número variável de aves em função da densidade. A densidade afetou o ganho de peso nas fases inicial e final e no período total, sendo que a densidade de 10 aves/m² apresentou o melhor ganho de peso, porém, as densidades de 13 e 16 aves/m² não diferiram entre si. O aumento da densidade promoveu maior produção de peso vivo/m² de galpão, além de incrementar a renda bruta. No entanto, não afetou o rendimento de carcaça e das partes, bem como as características de qualidade da carne. As linhagens diferiram para ganho de peso em todas as fases e para o consumo de ração na fase final e no período total de criação, porém não diferiram para o rendimento de carcaça, apesar de diferirem para o rendimento de peito...

Avaliação de desempenho, rendimento de carcaça e qualidade da carne do peito em frangos de linhagens de conformação versus convencionais

Moreira, Joerley; Mendes, Ariel Antônio; Garcia, Edivaldo Antônio; Oliveira, Ricardo Pinto de; Garcia, Rodrigo Garófallo; Almeida, Ibiara Correia Lima de
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 1663-1673
POR
Relevância na Pesquisa
96.16%
O trabalho foi conduzido com o objetivo de avaliar o efeito de diferentes linhagens (conformação versus convencionais) sobre o desempenho, rendimento de carcaça e partes, medidas físicas (espessura, largura e comprimento do filé do peito) e qualidade da carne do peito (perda de peso por cozimento, maciez e pH) em frangos de corte com 35, 42 e 49 dias. Foram utilizados 2400 pintos de um dia, distribuídos em um delineamento inteiramente casualizado em fatorial 5x2, com cinco linhagens (conformação A, B e C ; e convencionais D e E) e dois sexos, com quatro repetições de 60 aves cada. O crescimento das aves foi diferente, havendo linhagens com maior crescimento tanto entre as de conformação quanto entre as convencionais. As linhagens apresentaram desempenho diferenciado para ganho de peso, consumo de ração e conversão alimentar. Os animais de algumas linhagens de conformação apresentaram desempenho superior às convencionais, mas o oposto também foi verificado. O rendimento de carcaça diferiu aos 35 dias, com as linhagens de conformação apresentando os maiores rendimentos. O rendimento de pernas e carne de pernas foi semelhante ou melhor nas linhagens convencionais e os maiores rendimentos de peito e carne de peito ocorreram nas linhagens de conformação. A gordura abdominal diferiu aos 42 dias somente entre as linhagens de conformação. A espessura...

Expressão de genes relacionados à qualidade da carne do músculo longissimus dorsi em Nelore (Bos indicus) e canchim (5/8 Bos taurus x 3/8 Bos indicus)

Giusti, Juliana
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: ix, 64 f.: il.
POR
Relevância na Pesquisa
96.17%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Genética e Melhoramento Animal - FCAV; Todas as características de um organismo vivo são controladas pela expressão de genes específicos, e na qualidade da carne não é diferente. O presente estudo teve como objetivo correlacionar a expressão dos genes μ-Calpaína (CALP 1), m-Calpaína (CALP 2), Calpastatina (CAST), Tireoglobulina (TG), Diacilglicerol aciltransferase 1 (DGAT1) e a Leptina (LEP) com a qualidade da carne do Longissimus dorsi em dois grupos genéticos: Nelore (Bos indicus) e Canchim (5/8 de Bos taurus x 3/8 Bos indicus) em dois períodos (carne não maturada e com sete dias de maturação), e utilizá-la como marcador genético. Foram analisados 30 touros jovens, 15 Nelore e 15 Canchim, todos mantidos nas instalações do confinamento experimental da FMVZ-UNESP Botucatu, recebendo a mesma dieta e mesmo manejo. Alcançando peso de 370 kg e espessura de gordura de cobertura de 4 mm, foram abatidos e amostras do músculo Longissimus dorsi foram coletadas para análises de: lipídeos totais (LT), força de cisalhamento (FC), índice de fragmentação miofibrilar (MFI) e análise da expressão gênica por RT-qPCR. Entre as características de qualidade da carne...

ESTUDO DOS EFEITOS DA DESOSSA A QUENTE E MATURAÇÃO NA QUALIDADE DA CARNE DE BOVINOS

Feijó,Gelson Luís Dias; Müller,Lauro
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/1994 PT
Relevância na Pesquisa
96.16%
Foram avaliados os efeitos da associação da desossa a quente e maturação sobre a qualidade da carne bovina. Foram utilizados 36 novilhos Polled Hereford, abatidos com 24 meses de idade e peso médio ao abate de 436kg. A desossa a quente constou da retirada do músculo Longissimus dorsi logo após a entrada das carcaças no resfriamento. A maturação foi realizada mantendo-se a carne, embalada a vácuo, à temperatura de 2°C por 14 dias. O tipo de desossa não influenciou as curvas de queda da temperatura (P > 0,05) e pH (P > 0,05), coloração após o resfriamento e quebras ao descongelamento e cocção (P > 0,05). A desossa a quente provocou maior exsudação na embalagem a vácuo (P < 0,05). O tipo de desossa não afetou a suculência, palatabilidade, maciez e força de cisalhamento (P > 0,05), porém houve maior encurtamento do sarcômero (P < 0,05) com a desossa a quente (1,66µ) do que com a normal (1,85µ). A maturação promoveu um escurecimento da carne (P < 0,05), assim como tendeu a aumentar o grau de exsudação. Pode-se concluir que a desossa a quente, apesar de não prejudicar a maciez da carne, aumentou a exsudação e promoveu um encurtamento do sarcômero. A maturação não melhorou a qualidade da carne desossada em pré-rigor.

A CONTRIBUIÇÃO DO GENE HALOTANO SOBRE AS CARACTERÍSTICAS DE QUALIDADE DA CARNE SUÍNA

Culau,Paulete de Oliveira Vargas; López,Jorge; Rubensam,Jane Maria; Lopes,Rui Fernando Félix; Nicolaiewsky,Sérgio
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2002 PT
Relevância na Pesquisa
96.2%
O objetivo deste trabalho foi o de avaliar o efeito do gene halotano sobre as características de qualidade da carne suína. Foram utilizadas 151 carcaças de suínos híbridos comerciais, sendo 93 carcaças com genótipo halotano normal (HalNN), 51 heterozigotos (HalNn) e 7 recessivas (Hal nn). As medidas efetuadas foram: espessura de toucinho e de músculo, percentagem de carne, peso da carcaça, pH aos 45 minutos e 24 horas após o abate, no músculo Longissimus dorsi, cor, perda de líquido por gotejamento e identificação do genótipo halotano em amostras de gordura através de PCR-RFLP. Suínos HalNn apresentaram maior espessura de músculo e percentagem de carne do que os suínos HalNN. Houve diferença significativa entre suínos HalNn e HalNN quanto ao pH inicial e à cor . Em relação à espessura de toucinho, pH final e perda de líquido, não houve diferença significativa entre os genótipos. A qualidade da carne de suínos HalNn foi inferior à de suínos HalNN, em termos de pH e cor. A qualidade da carcaça de suínos HalNn não se mostrou melhor do que a dos suínos Hal nn, em relação à espessura de toucinho e músculo e à percentagem de carne. A relação entre quantidade e qualidade da carne parece depender da presença do gene halotano.

Efeito de Dois Níveis de Lisina e do Sexo sobre o Rendimento e Qualidade da Carne de Peito de Frangos de Corte

Almeida,Ibiara Correia de Lima; Mendes,Ariel Antonio; Oliveira,Edson Gonçalves de; Garcia,Rodrigo Garófallo; Garcia,Edivaldo Antonio
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/2002 PT
Relevância na Pesquisa
96.15%
Um experimento foi realizado para avaliar o efeito de dois níveis de lisina na dieta sobre o rendimento e qualidade da carne de peito de frangos de corte. Dois mil pintos de um dia da linhagem Ross foram distribuídos em um delineamento inteiramente casualizado, em esquema fatorial 2 x 2 (dois sexos e dois níveis de lisina). As aves foram alimentadas com dietas iniciais (1 a 21 dias), crescimento (22 a 42 dias) e acabamento (43 a 49 dias), contendo 100% dos níveis de lisina recomendados pelo NRC (1994), ou 110% nas rações iniciais e de crescimento e 120% na ração de acabamento. Dessa maneira, os níveis de lisina recomendados foram de 1,10, 1,00 e 0,85% ,respectivamente, enquanto os níveis considerados altos foram de 1,21, 1,10 e 1,02%, respectivamente, nas rações iniciais, de crescimento e de acabamento. As aves foram abatidas aos 28, 35, 42 e 49 dias de idade para avaliar o rendimento e a qualidade da carne do peito. Os níveis de lisina não afetaram os valores de pH, a composição química da carne de peito e a perda de peso por cozimento. A altura, largura e o comprimento do peito apresentaram menores valores, em todas as idades, nas aves alimentadas com níveis altos de lisina. Com base nos resultados obtidos neste trabalho...

Avaliação de desempenho, rendimento de carcaça e qualidade da carne do peito em frangos de linhagens de conformação versus convencionais

Moreira,Joerley; Mendes,Ariel Antônio; Garcia,Edivaldo Antônio; Oliveira,Ricardo Pinto de; Garcia,Rodrigo Garófallo; Almeida,Ibiara Correia Lima de
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2003 PT
Relevância na Pesquisa
96.16%
O trabalho foi conduzido com o objetivo de avaliar o efeito de diferentes linhagens (conformação versus convencionais) sobre o desempenho, rendimento de carcaça e partes, medidas físicas (espessura, largura e comprimento do filé do peito) e qualidade da carne do peito (perda de peso por cozimento, maciez e pH) em frangos de corte com 35, 42 e 49 dias. Foram utilizados 2400 pintos de um dia, distribuídos em um delineamento inteiramente casualizado em fatorial 5x2, com cinco linhagens (conformação A, B e C ; e convencionais D e E) e dois sexos, com quatro repetições de 60 aves cada. O crescimento das aves foi diferente, havendo linhagens com maior crescimento tanto entre as de conformação quanto entre as convencionais. As linhagens apresentaram desempenho diferenciado para ganho de peso, consumo de ração e conversão alimentar. Os animais de algumas linhagens de conformação apresentaram desempenho superior às convencionais, mas o oposto também foi verificado. O rendimento de carcaça diferiu aos 35 dias, com as linhagens de conformação apresentando os maiores rendimentos. O rendimento de pernas e carne de pernas foi semelhante ou melhor nas linhagens convencionais e os maiores rendimentos de peito e carne de peito ocorreram nas linhagens de conformação. A gordura abdominal diferiu aos 42 dias somente entre as linhagens de conformação. A espessura...

Efeito da densidade populacional sobre desempenho, rendimento de carcaça e qualidade da carne em frangos de corte de diferentes linhagens comerciais

Moreira,Joerley; Mendes,Ariel Antônio; Roça,Roberto de Oliveira; Garcia,Edivaldo Antônio; Naas,Irenilza de Alencar; Garcia,Rodrigo Garófallo; Paz,Ibiara Correia Lima de Almeida
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2004 PT
Relevância na Pesquisa
96.16%
O trabalho foi realizado objetivando-se avaliar o efeito da densidade populacional e da linhagem sobre as características de desempenho, o rendimento de carcaça e a qualidade da carne de peito (perda de peso por cozimento, força de cizalhamento e pH) em frangos de corte. Foram utilizados 2.925 pintos de um dia, sexados, distribuídos em um delineamento experimental inteiramente casualizado, em fatorial 3x3x2, sendo três linhagens (Ross 308, Cobb 500 e Hybro PG), três densidades (10, 13 e 16 aves/m²) e dois sexos, com duas repetições com número variável de aves em função da densidade. A densidade afetou o ganho de peso nas fases inicial e final e no período total, sendo que a densidade de 10 aves/m² apresentou o melhor ganho de peso, porém, as densidades de 13 e 16 aves/m² não diferiram entre si. O aumento da densidade promoveu maior produção de peso vivo/m² de galpão, além de incrementar a renda bruta. No entanto, não afetou o rendimento de carcaça e das partes, bem como as características de qualidade da carne. As linhagens diferiram para ganho de peso em todas as fases e para o consumo de ração na fase final e no período total de criação, porém não diferiram para o rendimento de carcaça, apesar de diferirem para o rendimento de peito...

Efeito do genótipo halotano, da ractopamina e do sexo do animal na qualidade da carne suína

Bridi,Ana Maria; Oliveira,Audiléia Rocha de; Fonseca,Nilva Aparecida Nicolao; Shimokomaki,Massami; Coutinho,Luiz Lehmann; Silva,Caio Abércio da
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2006 PT
Relevância na Pesquisa
106.25%
Este trabalho foi realizado com o objetivo de avaliar o efeito da adição de ractopamina na ração sobre a qualidade da carne de suínos dos genótipos halotano homozigoto dominante (HalNN) e heterozigoto (HalNn). Durante o experimento (21 dias), 24 suínos machos castrados e 12 fêmeas (metade de cada genótipo) com peso médio inicial de 72,6 kg de PV foram avaliados segundo delineamento experimental em blocos casualizados, em arranjo fatorial 2 x 2 x 2 (dois genótipos halotano; duas rações: controle e com adição de 10 ppm de ractopamina; e dois sexos: machos castrados e fêmeas). A análise do DNA genômico foi realizada por intermédio das técnicas de PCR-RLPC. A avaliação da qualidade da carne foi realizada no músculo Longissimus dorsi e o pH da carne foi medido 45 minutos (pH inicial) e 24 horas após o abate (pH final). Avaliaram-se a perda de água por gotejamento durante o degelo e a cocção, a cor da carne, o grau de marmoreio e a maciez objetiva. Não houve interação genótipo ´ ractopamina para as características de qualidade da carne avaliadas. Nenhum animal do genótipo homozigoto dominante apresentou carne PSE (textura mole, cor pálida e com pouca água), ao passo que os suínos do genótipo heterozigoto apresentaram carne com 33...

Consumo alimentar residual como índice de eficiência alimentar e suas implicações na qualidade de carne de novilhos Nelore.

SOUZA, A. R. D. L.; MEDEIROS, S. R. de; LANNA, D. P. D.; FALCHI FILHO, D.; SILVA, R. A.; MARTELO, L. L.; OLIVEIRA, J. C. P.; ARAÚJO, J. G. F. P.
Fonte: In: JORNADA CIENTÍFICA DA EMBRAPA GADO DE CORTE,5., 2009, Campo Grande, MS. [Anais da ...]. Campo Grande, MS: Embrapa Gado de Corte, 2009. Publicador: In: JORNADA CIENTÍFICA DA EMBRAPA GADO DE CORTE,5., 2009, Campo Grande, MS. [Anais da ...]. Campo Grande, MS: Embrapa Gado de Corte, 2009.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 p.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
106.2%
A eficiência alimentar caracteriza-se como uma medida bruta obtida através da razão entre o consumo e o ganho de peso. Por ser correlacionada com peso vivo, pode apresentar limitações de utilização como parâmetro de identificação de animais eficientes por promover aumento no tamanho adulto do rebanho. Um índice alternativo de eficiência que não levaria este aumento é o Consumo Alimentar Residual (CAR). Porém, há indícios que este índice esteja associado a mudanças na composição corporal, onde os animais mais eficientes tendem a apresentar carcaças com menor espessura de gordura de acabamento e intramuscular. Este ensaio é parte do projeto ?Estratégias genéticas para melhoria da eficiência de produção e qualidade de carne bovina no Brasil? (Sistema Embrapa de Gestão - Macroprograma 1), no qual em três anos serão avaliados geneticamente 800 novilhos, filhos de 30 touros selecionados do sumário Nacional de Touros da raça Nelore. O objetivo desta proposta será avaliar, em dois anos, as relações entre CAR, características de carcaça e qualidade de carne de 300 novilhos Nelore. Em cada ano serão confinados 150 novilhos castrados, com 18 meses de idade. A dieta irá conter 14,7% de proteína bruta e 74...

Características de carcaça e qualidade da carne bovina medidas no contrafilé (M. longissimus) na altura da 7 e na altura da 12 costela.

CRUZ, G. M. da; TULLIO, R. R.; CORRÊA, L. de A.; RIBEIRO, G. M.; ALENCAR, M. M. de; SAMPAIO, A. A. de M.
Fonte: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE CARNES, 4., 2007, Campinas, SP. Mercado do Século XXI: qualidade, segurança alimentar, certificação e rastreabilidade - anais. Campinas: ITAL: CTC, 2007. Publicador: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE CARNES, 4., 2007, Campinas, SP. Mercado do Século XXI: qualidade, segurança alimentar, certificação e rastreabilidade - anais. Campinas: ITAL: CTC, 2007.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 CD-ROM.; p. 272
PT_BR
Relevância na Pesquisa
106.05%
Avaliar as características da carcaça e de qualidade de carne, quais sejam, a espessura de gordura externa, a área de olho de lombo e o teor de extrato etéreo do músculo logissimus, em amostras na altura da 12 costela e da 7 costela.; 2007

Novas metodologias para avaliar a qualidade da carne - avaliação da qualidade da carne e derivados pela ressonância magnética nuclear.

COLNAGO, L. A.; FORATO, L. A.; TULLIO, R. R.; CRUZ, G. M. da
Fonte: In: SIMPÓSIO SOBRE QUALIDADE DA CARNE, 3.; SIMPÓSIO INTERNACIONAL SOBRE QUALIDADE DA CARNE, 2006, Jaboticabal, SP. Anais...São Carlos: Embrapa Pecuária Sudeste; Jaboticabal: Funep, 2006. Publicador: In: SIMPÓSIO SOBRE QUALIDADE DA CARNE, 3.; SIMPÓSIO INTERNACIONAL SOBRE QUALIDADE DA CARNE, 2006, Jaboticabal, SP. Anais...São Carlos: Embrapa Pecuária Sudeste; Jaboticabal: Funep, 2006.
Tipo: Capítulo em livro técnico-científico (ALICE) Formato: 1 CD-ROM
PT_BR
Relevância na Pesquisa
136.18%
Neste trabalho, serão apresentadas as principais aplicações da ressonância magnética nuclear (RMN) na avaliação da qualidade de carne e de seus derivados. O fenômeno da RMN é observado em todos os materiais que contenham núcleos atômicos com número impar de prótons e/ou de nêutrons. Trata-se de isótopos que apresentam momento magnético e spin nuclear e que, quando colocados em um campo magnético (ímã), passam a pressionar com uma freqüência característica (freqüência de ressonância), que normalmente ocorre na faixa da onda de rádio ou de rádiofreqüência. Assim, com a irradiação (excitação) da amostra com esta onda de rádio específica, a amostra passa a emitir o seu sinal de rádio, que é o sinal de RMN. A intensidade, a freqüência e a duração do sinal são proporcionais à concentração, à composição química e à mobilidade do material, respectivamente.; 2006

Características quali quantitativas da carne e da carcaça de bovinos Nelore Mocho pertencentes a uma população segregante selecionada para maciez; Quantitative and qualitative characteristics of carcass and meat quality of Polled Nellore cattle beloning of a selected segregating population for meat tenderness

Moreira, Ligia da Cunha
Fonte: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Ciência Animal (EVZ); Escola de Veterinária e Zootecnia - EVZ (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Ciência Animal (EVZ); Escola de Veterinária e Zootecnia - EVZ (RG)
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
96.2%
Genetic selection of animals with potential for improved carcass and meat quality is a strategy that should be employed in Brazilian livestock. The country occupies a prominent position in global agribusiness, possessing the largest commercial cattle herd in the world and being one of the largest exporters of beef. However, Brazilian beef is classified as medium to low quality. The aim of the present study was to evaluate quantitative and qualitative characteristics of the carcass and beef in Polled Nellore belonging to a segregating population selected for meat tenderness. There were 68 male animals, with age average six months and initial weights 215.5 kg. The animals were slaughtered when they reached a minimum weight of 500 kg and 5 millimeters of fat backfat, forming groups of 17 or 18 animals of each slaughter. The slaughter occurred in a commercial slaughterhouse under Federal Inspection (SIF 431). The experimental design was a randomized block design with two treatment types (low and high WBSF). Data were subjected to an analysis of variance using the GLM procedure in SAS. The treatment means were compared by the Duncan test at 5% significance. Sensory analyses were submitted to the NPAR1WAY procedure, and means were compared by the non-parametric Kruskal- Wallis test. There weren’t significant differences for the carcasses characteristics evaluated. The shear force was high for animals with high WBSF analyzed in both methods (1.55 kgf and 2.48 kgf texturometer Warner Bratzler). The high group WBSF had a value of 5.99 for pH...

Polimorfismos dos genes CAPN1, CAST, LEP, TG e DGAT1 como possíveis indicadores da qualidade da carne em bovinos zebuínos e cruzados abatidos em idade jovem; Polymorphisms of the genes CAPN1, CAST, LEP, TG and DGAT1 as possible markers for bovine meet quality traits in zebu and crosses slaughtered in young age

Fortes, Marina Rufino Salinas
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/07/2007 PT
Relevância na Pesquisa
96.23%
Mais de 200 milhões de bovinos, em sua maioria animais da raça Nelore ou produtos de cruzamento com Nelore, compõem o rebanho do maior exportador de carne in natura do mundo, o Brasil. No entanto, o faturamento por kg de carne exportada poderia ser elevado se a qualidade do produto atendesse a mercados mais exigentes. A maciez da carne, a quantidade de gordura entremeada, a cobertura de gordura da carcaça e área do músculo Longissimus dorsi são fatores relevantes na procura por qualidade e padronização. A seleção genética assistida por marcadores moleculares poderá ter impacto positivo no melhoramento animal, principalmente em características de mensuração tardia e difícil para o pecuarista. Polimorfismos dos genes da tiroglobulina (TG), µ-calpaína (CAPN1) e calpastatina (CAST) são hoje marcadores disponíveis comercialmente, implicados na maciez e na marmorização da carne. Os genes do diacilglicerol O-aciltranferase (DGAT1) e da leptina (LEP) são candidatos pesquisados no desenvolvimento de marcadores relacionados à qualidade da carne. Leptina, tiroglobulina e diacilglicerol O-aciltranferase influenciam no metabolismo energético e na deposição de gordura. A calpastatina inibe a atividade proteolítica de µ-calpaína regulando o processo de amaciamento da carne no postmortem. Este trabalho avaliou as freqüências alélicas e genotípicas de polimorfismos dos genes CAPN1...

Carcaça e qualidade da carne dez jacarés (Caiman latirostris ou jacaré de-papo amarelo e Caiman jacaré); Carcass and meat characterization of "yacare overo" (Caiman latirostris) and "yacare negro" (Caiman yacare)

Cossu, María Elena; Gonzáles, Olga Mabel; Wawrzkiewicz, Marisa; Moreno, Diego; Vieites, Carlos María
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2007 ENG
Relevância na Pesquisa
96.15%
Dez jacarés (Caiman latirostris ou jacaré de-papo amarelo e Caiman jacaré) de diferentes comprimentos e pesos vivos foram carneados com o fim de determinar valores de rendimento de carcaça e qualidade da carne. O rendimento de carcaça foi de 54% correspondendo um 62% a porção cárnea. A relação Carne/Osso da carcaça se estimou em aproximadamente 1,51 enquanto que 6,4% correspondeu a depósitos gordurosos, fundamentalmente periviscerais. O rabo representou 27,4% do peso de carcaça estando composta por 21,9% de carne e 5,5% de osso. O valor de pH post mortem, 6,88 ± 0,22 medido no rabo, decresceu até 6,49 ± 0,23 às 24h e 5,85 ± 0,12 logo de descongelamento. As perdas de cocção se contiveram (<0,3%) e a dureza Warner Bratzler mostrou valores inferiores a 3 kg. A análise da cor da carne crua permite caracterizá-la como una carne luminosa (L*=67,7) e clara (C*= 5,5). Enquanto que o conteúdo gorduroso variou significativamente em função do peso (2,5-29,8%MS), a porcentagem protéica foi relativamente constante e próxima a 65%MS. Do total de ácidos gorduroso do rabo, 41,4% foram saturados, 39,1% monoinsaturados e 10,7% poliinsaturados, com uma relação n-6/n-3 próxima a ótimo (3,16). O ácido gorduroso foi o predominante seguido pelos ácidos palmítico...