Página 1 dos resultados de 2 itens digitais encontrados em 0.001 segundos

Flora pteridofitica das matas ciliares da bacia do Rio Jacare-Pepira,Estado de São Paulo, Brasil

Alexandre Salino
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em //1993 PT
Relevância na Pesquisa
17.17%
Foi realizado o levantamento das pteridofitas ocorrentes em 3 áreas de mata ciliar da Bacia do Rio Jacaré-Pepira, Estado de São Paulo, Brasil, como uma contribuição ao conhecimento da composição florística da formação florestal citada, bem como da flora pteridofitica do Estado de São Paulo. Nas 3 áreas estudadas foram registradas 91 espécies distribuidas em 39 gêneros e 14 familias. São apresentadas chaves de identificação, descriGbes e comentários das famílias, gêneros e espécies, bem como fotos de aproximadamente metade das espécies. São apresentados ainda dados relativos ao habitat e distribuiGão geográfica das espécies. E proposta uma nova combinação taxonômica: Thelvpteris shwackeana (c. Chr.) A. Salino. As afinidades florísticas entre ps 3 áreas estudadas também são discutidas neste trabalho.; A floristic survey of the pteridophytes from three areas of Gallery Forest of the Jacaré-Pepira River Basin, located in São Paulo State, Brazil, was carried out as a contribution to the knowledge of the floristic composition of the foregoing forest formation as well as of the pteridophyte flora of State of São Paulo. In the 3 areas considered, 91 species were registred, distributed in 39 genera and 14 families. Analytical keys...

Morfologia e germinação de esporos de pteridofitas dos cerrados do Estado de São Paulo

Luciano Mauricio Esteves
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 04/01/1989 PT
Relevância na Pesquisa
17.17%
Foram estudadas a morfologia e a germinação sob luz e escuro a 25?GRAUS? de nove espécies de pteridófitas. Todas são encontradas no cerrado da Reserva Biológica de Moji-Guaçu (SP). As espécies são as seguintes: Adiantum serratodentatum, Anemia flexuosa, Anemia raddiana, Dorypteris concolor, Polypodium hirsutissimum, Polypodium latipes, Polypodium pleopeltifolium, Polypodium polypodioids e Polypodium squamulosum, Polypodium latipes foi a espécie estudada mais profundamente, por ser a mais freqüente nos cerrados do Estado de São Paulo, como também pela facilidade de obtenção do material. Para o estudo morfológico os esporos foram medidos e fotografados sob microscópio óptico e eletrônicos após serm acetolisados e eventualmente tratados com carbonato de sódio. A análise permitiu a caracterização das espécies e a criação de uma chave de identificação paras as mesmas. A germinação dos esporos foi realizadas em meio de cultura líqueido, em câmara de crescimento com luz e temperatura controladas. As curvas de germinação mostraram que as espécies são fotoblásticas positivas a 25?GRAUS?C . Das espécies estudadas, apenas Polypodium pleopeltifolium e P. polypodioides apresentem algum germinação no escuro...