Página 1 dos resultados de 434 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Avaliação de uma tecnologia social de capacitação profissional para intervenção psicológica com crianças e adolescentes vítimas de abuso sexual

Damásio, Bruno Figueiredo
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.12%
O presente estudo avaliou a efetividade de uma tecnologia social de capacitação profissional em um modelo de grupoterapia cognitivo-comportamental voltado a psicólogos que trabalham com o atendimento clínico de crianças e adolescentes vítimas de abuso sexual. O Estudo I avaliou o impacto da capacitação profissional nos índices de esgotamento emocional (burnout) e de tensão ocupacional (job strain) dos participantes, bem como o impacto no trabalho. Participaram 30 psicólogos que trabalham em instituições públicas do Estado do Rio Grande do Sul. Do total da amostra, 19 compuseram o grupo experimental (G1, formado por participantes da capacitação profissional) e 11 compuseram o grupo de comparação (G2, formado por não-participantes da capacitação profissional). Os instrumentos utilizados foram o Job Content Questionnaire; o Maslach Burnout Inventory, a Escala de Impacto do Treinamento no Trabalho e uma ficha de dados biosociodemográficos. Para G1, foi observado um elevado índice de impacto no trabalho. Referente aos índices de burnout, a exaustão emocional e a baixa-realização no trabalho mantiveram-se estáveis entre T1 e T2, enquanto a despersonalização diminuiu. Para G2, todos os indicadores de burnout aumentaram significativamente. Em relação aos níveis de tensão ocupacional...

Construção da identidade profissional do psicólogo

Krawulski, Edite
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 1 v.| il.
POR
Relevância na Pesquisa
36.12%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção.; Considerando a preponderância do lugar ocupado pelo trabalho no processo de viver dos trabalhadores e na construção da sua identidade profissional, esta tese teve como objetivo compreender como o psicólogo constrói sua identidade profissional, a partir de suas vivências enquanto ser humano trabalhador e dos significados que atribui à sua profissão. Mediante uma abordagem qualitativa, com trabalho de campo, do tipo multicasos, no período de setembro de 2003 a abril de 2004, a pesquisa utilizou como técnicas de levantamento de dados a entrevista semi-estruturada e, complementarmente, registros gráficos livres. Os participantes foram trabalhadores psicólogos do município de Florianópolis, de ambos os sexos, que se encontram no exercício da profissão, nas suas diversas áreas de intervenção, com mais de cinco anos de formados. No processo de análise houve a identificação de categorias referentes ao significado de ser psicólogo, à escolha pela Psicologia como profissão, às vivências profissionais da trajetória e ao significado dessa trajetória na construção da identidade profissional. Ser psicólogo significa ajudar as pessoas...

Desenvolvimento de comportamentos profissionais de avaliação em psicologia na formação de psicólogos

Silva, André Luiz Picolli da
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
46.08%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Psicologia.; O grau de eficácia na atuação de um profissional está diretamente relacionado ao grau de precisão de sua formação. No que tange ao profissional de Psicologia, existe uma parte de sua formação que parece ser realizada de modo insuficiente: a formação em relação a avaliação de fenômenos psicológicos. Os profissionais da área de Psicologia estão pouco preparados para realizarem essa prática com alto grau de precisão, o que acaba interferindo negativamente na atuação dos psicólogos. Por essa razão é importante delimitar com maior grau de precisão possível, os comportamentos que precisam ser desenvolvidos na graduação em Psicologia, para que o psicólogo esteja apto a realizar a avaliação de fenômenos psicológicos. Para realizar essa delimitação, foi considerada a noção de comportamento como sendo as relações entre um sujeito, suas ações e o ambiente. A partir dessa noção, foi examinada a formação do psicólogo em três diferentes universidades do país, nas quais, foram realizados exames nos nomes e nos objetivos de ensino das disciplinas relacionadas a avaliação de fenômenos psicológicos. Os resultados dos exames indicaram que a formação em relação a essa prática profissional é realizada com baixo grau de precisão. Entretanto...

Características dos comportamentos profissionais de psicólogos que atuam em organizações escolares na região da grande Florianópolis/SC

Fernandes, Carine Suder
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
36.18%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Psicologia; Os comportamentos profissionais de psicólogos são relações complexas e, em grande parte, desconhecidas, o que produz incertezas acerca da adequação das intervenções de psicólogos em seu contexto de trabalho. Apesar disso, houve avanço no conhecimento a respeito das práticas profissionais. Tradicionalmente a prática do psicólogo escolar é marcada pelo atendimento a alunos com dificuldades de aprendizagem, desconsiderando os aspectos institucionais dos processos de ensinar e aprender. Alguns profissionais apresentam práticas diferenciadas, mas os dados a respeito desse tipo de atuação são escassos e dificultam a avaliação adequada dos resultados e das implicações éticas da atuação profissional. Assim, caracterizar os comportamentos profissionais de psicólogos que atuam em organizações escolares é uma forma de avançar no conhecimento científico existente, bem como constituir subsídios para o aprimoramento profissional dos psicólogos escolares. Para tanto, foram realizadas entrevistas semi-estruturadas com 10 psicólogas que atuam em organizações escolares na região da Grande Florianópolis/SC. As falas das psicólogas foram transformadas em descrições comportamentais e organizadas em tabelas de contingência tríplice...

Atuação profissional dos psicólogos a serviço das comunidades onde ocorre atividade turística sazonal

Claro, María Marcela Fernández de
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 200 f.| il., tabs., grafs.
POR
Relevância na Pesquisa
36.27%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Psicologia.; O fenômeno da sazonalidade turística transforma os costumes, ritmos, paisagens e comportamentos das comunidades onde ele ocorre. Entre a alta e a baixa estação turística, há mudanças nas condições econômicas e no modo de vida das pessoas que vivem do turismo. Identificar necessidades como ponto de partida para uma atuação profissional socialmente significativa é uma das competências que os profissionais precisam possuir. Os psicólogos precisam apresentar comportamentos profissionais que promovam transformações e que viabilizem o desenvolvimento da sociedade. A delimitação desses comportamentos exige a produção de conhecimento que responda à pergunta que comportamentos profissionais os psicólogos estão apresentando em relação às necessidades específicas das comunidades onde ocorre atividade turística sazonal? Para responder essa pergunta foram feitas entrevistas com 50 psicólogos que atuavam profissionalmente em seis localidades litorâneas. Para isso, foram utilizados roteiros semi-estruturados, com perguntas abertas e com perguntas que continham opções de resposta. Entre os resultados alcançados foi notado que a maioria desses psicólogos é jovem e do sexo feminino...

Classes de comportamentos profissionais que compõem a formação do psicólogo para intervir por meio de pesquisa sobre fenômenos psicológicos, derivadas a partir das diretrizes curriculares nacionais para cursos de graduação em pesicologia e da formação desse profissional

Viecili, Juliane
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 2 v.| il.
POR
Relevância na Pesquisa
36.16%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Psicologia.; A formação profissional de psicólogos no Brasil é discutida desde a regulamentação da profissão em 1962 e a implementação do Currículo Mínimo em 1963. Desde então, muito conhecimento foi produzido em Psicologia e ocorreram mudanças sociais que contribuíram para que a formação em Psicologia sofresse uma diversidade de críticas por parte das próprias entidades responsáveis pela formação de psicólogos. Com a necessidade de Diretrizes Curriculares (a partir da LDB, 1996), como orientadoras da organização do ensino de graduação no país foram realizadas discussões sobre a reestruturação da formação de psicólogos na superação de formação técnica característica da atuação até então e culminou na aprovação das Diretrizes Curriculares Nacionais para os cursos de graduação em Psicologia (DCNP), em 2004. A reestruturação curricular dos cursos de Psicologia no Brasil foi feita com a exigência de garantir ao psicólogo ser capaz de intervir diretamente sobre fenômeno psicológico e indiretamente por meio de produção de ensino e de pesquisa. Dessa forma...

Expectativas de responsáveis por setores de recursos humanos em relação à atuação dos psicólogos em organizações

Tosi, Patrícia Consuelo Silveira
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: x, 183 f.| tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
46.02%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Psicologia.; As transformações ocorridas na economia, na política, nas relações sociais e nas relações de produção têm levado a mudanças nas estruturas e no funcionamento das organizações. Todos esses aspectos são responsáveis pelo surgimento de múltiplas expectativas relacionadas à atuação do psicólogo e pela ampliação do seu campo de trabalho. Dada a importância do ensino superior no desenvolvimento e formação dos alunos, é demandatório reconhecer quais as aprendizagens necessárias para formar um psicólogo organizacional capaz de trabalhar nessa realidade social e com os problemas que sua atuação encontrará. Uma das possibilidades para fazer isso, é examinar aquilo que as empresas necessitam ou têm de expectativas em relação ao que o psicólogo possa ou deva fazer. Primeiramente, foram selecionadas empresas de pequeno e médio porte do setor de serviços e comércio, localizadas em um município do meio-oeste do Estado de Santa Catarina. Os sujeitos foram quatro proprietários responsáveis pelos setores de recursos humanos dessas empresas que supervisionavam atividades de estágio realizadas por estudantes de Psicologia na organização...

Características do processo de trabalho dos psicólogos peritos examinadores de trânsito na avaliação das condições psicológicas para dirigir

Dagostin, Carla Giovana
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 267 f.| tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
36.18%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Psicologia.; O objetivo do estudo foi caracterizar o processo de trabalho dos psicólogos peritos examinadores de trânsito na avaliação das condições psicológicas para dirigir, tendo como suporte a literatura nacional sobre esse campo de atuação profissional - conhecido como Psicotécnico - e as características da produção do conhecimento em Psicologia do Trânsito. Outro aspecto pesquisado na literatura foram as técnicas e instrumentos de avaliação das condições psicológicas, assim como os critérios para tomada de decisão no processo de trabalho do psicólogo perito. Também foram caracterizados alguns fatos históricos sobre a Psicologia do Trânsito no Estado de Santa Catarina referente ao exercício profissional do psicólogo perito. A pesquisa caracteriza-se como descritiva e exploratória, sendo que as informações foram obtidas por meio da observação da situação de trabalho, da consulta a fontes documentais e do depoimento de 12 psicólogos peritos que atuam no sul de Santa Catarina na avaliação das condições psicológicas para dirigir. Os instrumentos de coleta de dados utilizados foram um questionário estruturado...

Oficina lúdica e mediação estética na formação continuada de psicólogos escolares

Mendes, Ana Clara Manhães
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
36.15%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, 2011.; É fundamental que a produção de conhecimento em Psicologia Escolar possa transpor a barreira da constatação da precariedade da formação do psicólogo e parta para a construção de práticas transformadoras da realidade. A urgência pela mudança e a consciência da importância de uma constante reflexão sobre a atuação, com vistas à melhoria na qualidade do serviço oferecido, têm levado os pesquisadores a destacarem a importância da formação continuada como um contexto privilegiado para mediação do desenvolvimento psicológico de competências complementares às possibilidades de intervenção profissional. Essa formação deve proporcionar aos psicólogos escolares um embasamento consistente para subsidiar sua prática, em articulação a uma argumentação teórica, conceitual e metodológica coerente e segura, qualificando, assim, a práxis. A partir dos fundamentos da abordagem históricocultural, acredita-se haver especificidades em processos mediacionais que podem, mais efetivamente, afetar os sujeitos em sua complexidade e promover a mobilização de processos psicológicos necessários para a transformação de sua atuação. A atividade lúdica...

Psicologia escolar em organização não governamental : um estudo sobre o perfil profissional

Fortes, Pollianna Galvão Soares
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
POR
Relevância na Pesquisa
36.1%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Programa Pós-Graduação em Processos de Desenvolvimento Humano e Saúde, 2014.; Esta pesquisa investigou os indicadores para atuação do psicólogo escolar em ONG educativa. A Psicologia Escolar, como campo de reflexão teórica, produção de conhecimento e intervenção profissional, tem ampliado sua atuação para contextos educativos menos tradicionais. As ONGs se apresentam no recente cenário do terceiro setor como meio de fomento para ações e programas socioeducativos que atuam em benefício das camadas populares da sociedade. O trabalho desenvolvido por essas organizações desencadeia uma preocupação acerca das intenções e estratégias educacionais, que visam formar os sujeitos para o exercício da cidadania, ora se confundindo, ora se aproximando da função sociopolítica da escola. A Psicologia Escolar é convidada a desenvolver o seu trabalho em um espaço que se compromete com a diminuição das desigualdades sociais por meio de ações que investem na ampliação formativa de educandos de baixa renda. Essa pesquisa investigou indicadores para uma atuação do psicólogo escolar em um contexto de ONG. Foram delineados cinco objetivos específicos: (a) mapear as ONGs no Brasil e no Distrito Federal; (b) identificar a existência de psicólogos escolares que trabalham em ONGs no Distrito Federal; (c) conhecer otrabalho desenvolvido por psicólogos escolares em ONGs; (d) analisar as características institucionais e educativas de uma ONG no DF; e (e) levantar...

A formação pessoal de psicólogos/as e o trabalho com violência doméstica contra a mulher

Guimarães, Maisa Campos
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
36.15%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Departamento de Psicologia Escolar e do Desenvolvimento, Programa de Pós-Graduação em Processos de Desenvolvimento Humano e Saúde, 2014.; Este trabalho discute sobre violência doméstica contra a mulher e o trabalho da Psicologia, com foco na práxis e na formação pessoal de psicólogos/as. A pesquisa fundamenta-se a partir de compreensões sócio-históricas e psicanalíticas sobre violência, gênero, Psicologia e o desenvolvimento humano. Buscamos construir reflexões que perpassem questões éticas, políticas e sociais da práxis psicológica. Nosso objetivo foi fazer uma análise das práticas profissionais de psicólogos/as que atuam com situações de violência doméstica contra a mulher e refletir sobre a formação pessoal e profissional do/a psicólogo/a. A pesquisa foi desenvolvida com oito psicólogos/as que trabalham no Serviço de Atendimento a Famílias em Situação de Violência (SERAV) do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT). Pressupostos metodológicos de caráter qualitativo orientaram esta pesquisa participante inspirada no método do Grupo Balint. Foram realizados cinco encontro em grupo que propiciaram espaços de fala e escuta sobre angústias profissionais e pessoais relacionadas a esse trabalho. Os/as participantes apresentaram diversas angústias e discutiram as que mais os mobilizavam. Destas...

A identidade profissional dos psicólogos na intervenção precoce

Abreu, Cátia Fabiana Mendes Câmara
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
36.1%
A intervenção precoce é uma prática interventiva que incide no apoio a famílias e a crianças até aos 6 anos de idade que apresentem, ou estejam em risco de apresentar, dificuldades no desenvolvimento. Esta prática interventiva é realizada em equipa por vários profissionais da área da saúde, educação e segurança social, entre eles os psicólogos. É nosso objetivo com este estudo compreender como é que o psicólogo caracteriza a sua actividade, o seu perfil e a sua identidade profissional neste domínio específico. Para o efeito desenvolvemos um estudo de natureza qualitativa a partir da realização de entrevistas semi-estruturadas, a psicólogos integrados em equipas de intervenção precoce da Região do Alentejo. Os dados foram analisados com base na abordagem da Grounded Theory de Strauss e Corbin (1990). Os resultados obtidos indicam-nos que os psicólogos não possuem, ainda, uma identidade profissional claramente definida nas equipas de intervenção precoce; ### Professional Identity of Psychologists in early intervention Abstract: Early intervention is an important practice in supporting children from 0 to 6 years old who have or are at risk manifest of developmental difficulties. This practice is carried out by a team of various professionals in health...

Psicólogos no processo de reforma psiquiátrica: práticas em desconstrução?

Sales,André Luis Leite de Figueiredo; Dimenstein,Magda
Fonte: Departamento de Psicologia - Universidade Estadual de Maringá Publicador: Departamento de Psicologia - Universidade Estadual de Maringá
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2009 PT
Relevância na Pesquisa
45.88%
Esse trabalho é resultado de uma investigação realizada com psicólogos da rede de CAPS do município de Natal/RN. Trata-se de uma pesquisa de cunho qualitativo feita a partir de entrevistas semiestruturadas e observações sistemáticas orientadas por um olhar cartográfico. Os focos da investigação foram: a relação entre a formação acadêmica recebida nos cursos de graduação e as demandas de trabalho, e um mapeamento das atividades realizadas no cotidiano dos serviços. No primeiro eixo encontrou-se um distanciamento entre os conteúdos discutidos na universidade e as questões presentes no cotidiano do serviço, apontando para as fragilidades da formação dos profissionais para atuação nestes espaços. As principais atividades realizadas foram: acolhimento dos usuários, triagens, coordenação e participação de oficinas diversas, grupos operativos e terapêuticos, além de atendimentos individuais, sendo esse último alvo de análise

Representações sociais de juventudes pobres para psicólogos/as que atuam no sistema único da assistência social

Lira, Vladya Tatyane Pereira de; Cruz, Fatima Maria Leite (Orientadora)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Dissertação
BR
Relevância na Pesquisa
36.1%
Analisamos, nesta pesquisa, as representações sociais da juventude pobre por psicólogos/as que atuam no Sistema Único da Assistência Social (SUAS) em Recife e Região Metropolitana do Recife (RMR) e prestam serviços a jovens. A complexidade do tema se destaca por sua ambiguidade, imprecisão e pelo seu caráter historicamente construído, o que provocou uma pluralidade conceitual e no âmbito da Psicologia. Como objetivos: identificamos os sentidos compartilhados de juventudes e juventudes pobres pelos/pelas psicólogos/as que atuam nos serviços para jovem no SUAS; analisamos os componentes curriculares relacionados ao Desenvolvimento e concepções de juventudes presentes nos cursos de Psicologia em Recife e RMR; e relacionamos as representações de juventudes dos/das psicólogos/as participantes com a sua formação acadêmica. Adotamos como referencial teórico-metodológico a Abordagem Estrutural das representações sociais de Abric, a qual nos possibilitou identificar o conteúdo das representações sociais de juventudes e sua estrutura. No método, qualitativo e plurimetodológico, realizamos na fase 1 a análise documental das matrizes dos componentes curriculares de 07 cursos de Psicologia de Recife e RMR referentes às concepções de juventudes nos ementários de 1980 a 2012; na fase 2...

Burnout em psicólogos: prevalência e fatores associados

Rodriguez, Sandra Yvonne Spiendler
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Tese de Doutorado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
46.15%
A Síndrome de Burnout (SB) é um fenômeno psicossocial que ocorre como uma resposta crônica aos estressores interpessoais ocorridos na situação de trabalho. Os psicólogos são profissionais de risco devido às especificidades de seu trabalho, uma vez que lidam cotidianamente com pessoas com demandas emocionais intensas. Esses profissionais, se acometidos pela SB, comprometem sua saúde e a qualidade do trabalho prestado. Estudos sobre Burnout em psicólogos podem subsidiar formas de prevenção e promoção de qualidade de vida no trabalho desse grupo ocupacional. Assim, o objetivo geral da tese foi o de investigar a prevalência e os fatores associados à SB em Psicólogos. O estudo realizado foi organizado em duas seções: uma teórica e uma empírica. Na seção teórica apresenta-se um estudo de revisão sistemática da literatura elaborada com o objetivo de reunir e analisar as evidências disponíveis na literatura que contribuíssem na compreensão do Burnout em psicólogos. Tais resultados permitiram proporcionar a base teórica da tese e a construção dos objetivos específicos.A segunda seção, empírica, constitui-se de dois estudos de delineamento observacional analítico transversal. O primeiro objetivou avaliar a prevalência da SB em psicólogos e a associação das variáveis sociodemográficas e laborais em uma amostra de 518 psicólogos que trabalhavam no Estado do Rio Grande do Sul. Os resultados evidenciaram uma prevalência de 7...

A queixa escolar nos ambulatórios de saúde mental da rede pública de Uberlândia: práticas e concepões dos psicólogos

Marçal, Viviane Prado Buiatti
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
46.1%
Com o ingresso de psicólogos em ambulatórios dos serviços públicos de Saúde Mental a partir da década de 1980, houve um aumento significativo nos encaminhamentos de problemas escolares, de comportamento e de disciplina, por parte das escolas a estes ambulatórios. Os psicólogos neles alocados buscaram dar respostas a esses casos, por meio de orientações às famílias e atendimentos psicoterapêuticos às crianças, deixando de lado os mecanismos ideológicos da escola que contribuem para a produção do fracasso escolar. O presente estudo refere-se a um levantamento realizado junto aos psicólogos que atuam na rede pública de Saúde Mental de Uberlândia- MG, com a finalidade de verificar o movimento da demanda de queixas escolares, bem como o atendimento e a compreensão desses profissionais a respeito dessa demanda. A pesquisa delineou-se sob a perspectiva histórico-cultural, e a construção dos dados foi organizada a partir de entrevistas semidirigidas, gravadas em áudio e realizada de outubro de 2003 a novembro de 2004, com dezesseis psicólogos alocados em doze ambulatórios. Constatou-se a presença maciça de mulheres, na faixa etária acima de 30 anos, em sua maioria com experiência profissional de no mínimo dois anos. Também procedeu-se a um levantamento dos dados de prontuários de crianças encaminhadas aos ambulatórios desde o ano 2000...

Avaliação, a partir de documentos oficiais, das classes de comportamentos de psicólogos como profissionais de centros de atenção psicossocial

Rohrbacher, Carlos Leonardo
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 195 p.| grafs., ils., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
36.13%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Florianópolis, 2014; Os Centros de Atenção Psicossocial (Caps) são as unidades especializadas em saúde onde trabalha grande parte dos psicólogos do Sistema Único de Saúde (SUS). O modelo de atenção psicossocial vem como substituto ao modelo manicomial, de internamento por longos períodos. A intervenção proposta favorece a melhoria do usuário de modo mais estruturado, pois as mudanças podem ser desenvolvidas para além da patologia diagnosticada no modelo médico patológico. O trabalho em Caps pode possibilitar a intervenção nas condições de saúde relacionadas ao usuário em território, onde ele vive e interage com familiares e outras pessoas da sociedade. A proposta de Caps é cada vez mais conhecida, mas o que é feito para que seja implantada está em desenvolvimento, boa parte dos procedimentos do modelo médico patológico foram mantidos, reflexo disso é que essas unidades ainda estão centradas no uso de medicamentos. Mudar o modelo de atenção, mais do que mudar o nome ou o local da atenção depende de identificar as contribuições possíveis aos profissionais que compõem as equipes. O psicólogo é um desses profissionais...

Investigando os sentidos da atuação profissional de psicólogos na educação infantil

Ferreira, Camila de Amorim
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 152 p.| il.
POR
Relevância na Pesquisa
36.11%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Florianópolis, 2015.; A Psicologia Escolar e Educacional tem ampliado e repensado suas intervenções em diversos campos incluindo o da educação infantil e, nesse contexto, a literatura da área tem apontado para diversas possibilidades de trabalho ? como a formação docente, o trabalho com as famílias e a promoção do desenvolvimento infantil, para citar algumas. Nessa linha, este trabalho analisa os sentidos que os psicólogos escolares atuantes em contexto de educação infantil atribuem à atividade que desenvolvem. Para alcançar esse objetivo, o grupo focal foi composto por sete psicólogas diretamente ligadas à Educação e com atuações na Educação Infantil ? cinco da rede pública de ensino e duas da rede privada ? localizadas na região da Grande Florianópolis e Vale do Itajaí. O referencial teórico utilizado na pesquisa foi a psicologia histórico-cultural de Vygotski e o instrumento de análise e organização das informações foi constituído pelos núcleos de significação que auxiliam a apreender os sentidos das informações qualitativas. Identificamos e caracterizamos os psicólogos...

Identidade profissional dos psicológos clínicos portugueses: a percepção da eficácia no processo de construção identitário

Santos, Maria Albertina Grosso dos
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
36.18%
A identidade profissional dos psicólogos clínicos é algo pouco estudada. Deste modo, este estudo objetivou explorar a identidade profissional dos psicólogos clínicos portugueses e o papel das dimensões qualidade, eficácia e sucesso terapêutico na mesma. Para tal, foram entrevistados 20 psicólogos clínicos com cinco anos ou mais de prática clinica continuada e os discursos foram analisados através da metodologia qualitativa de análise de conteúdo. Os resultados revelaram que os psicólogos portugueses fazem uma autoavaliação positiva do seu trabalho e que têm os seus pacientes como principais avaliadores dos seus desempenhos profissionais. A perceção que os psicólogos têm dos seus desempenhos e o feedback dos pacientes afiguram-se como dimensões da sua identidade profissional; ABSTRACT: The professional identity of clinical psychologists is something rarely studied. So, this study aimed to explore the professional identity of clinical psychologists and the role of Portuguese dimensions quality, efficiency and therapeutic success in it. To this end, we interviewed 10 clinical psychologists with five or more years of continued clinical practice and speeches were analyzed using qualitative methods of content analysis. The results revealed that the Portuguese psychologists do a positive self-assessment of their work and they have their patients like main evaluators of their professional performances. The perception that psychologists have of their performance and the feedback from patients appear as dimensions of their professional identity.

Interfaces da psicologia com a educação profissional, científica e tecnológica : quereres e fazeres

Prediger, Juliana
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.12%
Vivemos atualmente no Brasil um massivo incremento da Educação profissional, científica e tecnológica, especialmente representada pelos Institutos Federais. Este incremento prevê, além da expansão da rede, criando centenas de novas unidades, também um grande investimento de recursos financeiros e contratação de milhares de profissionais. Assim, é crescente o número de psicólogos e psicólogas que estão começando a atuar na educação profissional. Além de um momento de expansão, a educação profissional também está sendo repensada, tomando a forma de uma política pública, prevendo a formação profissional de setores historicamente marcados por desvantagens sociais e econômicas. Este trabalho busca especialmente conhecer o diálogo que está se dando entre estes objetivos colocados atualmente à educação profissional com a prática dos psicólogos nestas instituições. Traça-se então uma pesquisa-intervenção, onde foi tecida uma rede entre alguns psicólogos atuantes na educação profissional e que colocaram-se disponíveis a iniciar a construção deste debate instalado em uma margem entre concepções da Educação Profissional e da Psicologia Escolar.; Nowadays, we live in Brazil a massive increment of professional...