Página 1 dos resultados de 10620 itens digitais encontrados em 0.061 segundos

A construção das práticas de consultoria em psicologia organizacional e do trabalho

Grassi, Vanise
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
85.92%
Este estudo teve como objetivo descrever a trajetória de empresas pioneiras na prestação de serviços em psicologia organizacional e do trabalho no Rio Grande do Sul, investigando as relações entre as práticas de consultoria e as configurações políticas, históricas e socioeconômicas do contexto de trabalho das últimas décadas. A pesquisa foi desenvolvida dentro da abordagem qualitativa, fundamentada pelas orientações do estudo de caso. A primeira etapa da pesquisa consistiu na realização de um levantamento sobre os registros de pessoa jurídica do Conselho Regional de Psicologia do Rio Grande do Sul (CRPRS), investigando dados referentes às atividades desenvolvidas pelas empresas e ao tempo de atuação no mercado Foram escolhidas para estudo de caso duas empresas, pioneiras na prestação de serviços em psicologia organizacional e do trabalho, criadas na década de 1970 e que ainda se dedicam ao mesmo campo de atividades. Foram realizadas entrevistas semi-estruturadas com os proprietários das duas empresas e com os demais funcionários que trabalham com atividades vinculadas à psicologia. Procedeu-se ainda o exame de documentos das empresas, como material publicitário impresso, manuais de treinamento e sites na internet. Constatou-se que a prestação de serviços em psicologia clínica é o ramo de atividades escolhido pela maioria dos proprietários das empresas em psicologia com registro no CRPRS. Entre as empresas pioneiras...

Experiências e vivências de psicólogas organizacionais e do trabalho em seleção de pessoal

Schossler, Ticiana
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
85.83%
Na atual fase do capitalismo, o quadro de desemprego ensejou maior oferta de mão-de-obra, e os investimentos em tecnologia contribuíram para que essa mão-de-obra se tornasse cada vez mais descartável, com repercussões na atividade de selecionar pessoas para os postos de trabalho. Considerando a relação entre os processos de seleção de pessoal e de exclusão do mercado de trabalho, e a recorrência desta atividade no campo da psicologia organizacional e do trabalho, este estudo se propôs a identificar as experiências e vivências de psicólogas que realizam esta atividade no seu cotidiano de trabalho. Foram realizadas entrevistas semi-estruturadas com dez psicólogas, submetidas à análise de conteúdo, buscando uma compreensão à luz do referencial teórico norteador da pesquisa. Os resultados apontam para uma diversidade de modalidades de seleção de pessoal, com experiências e vivências também diferenciadas. Vivências positivas foram associadas ao ideário humanista de ajuda ao próximo. Embora a responsabilização do candidato pela sua exclusão no mercado seja um fato, também foram relatadas vivências de sofrimento que tendem a diminuir com os anos de experiência na atividade. Constatou-se, também, que, não obstante haja introdução de novos métodos e técnicas de seleção de pessoal...

Psicologia organizacional e do trabalho no Brasil : desenvolvimento científico contemporâneo; Work and organizational psychology on Brazil: contemporary scientific development

Tonetto, Aline Maria; Amazarray, Mayte Raya; Koller, Silvia Helena; Gomes, William Barbosa
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
85.91%
Trata-se de levantamento de artigos publicados em Psicologia Organizacional e do Trabalho (POT), de 2001 a 2005, nas revistas brasileiras: Estudos de Psicologia, Psicologia e Sociedade, Psicologia em Estudo, Psicologia: Reflexão e Crítica, Psicologia: Teoria e Pesquisa, Psicologia USP, e Psicologia: Organizações e Trabalho. A análise considerou número de artigos, temas, metodologia, referências, formação profissional e área de atuação dos autores. De 1105 textos publicados, 178 (16%) foram em POT. Os artigos foram classificados em nove categorias temáticas. Do total de artigos analisados, 30% eram teóricos e 70% empíricos. A maioria dos autores é de psicólogos e está vinculada às universidades. Dentre os principais resultados, destacam-se a diversidade temática e metodológica da produção científica em POT, bem como a preocupação em contemplar as mudanças sociais, econômicas, políticas e tecnológicas. A produção de conhecimento está voltada tanto para subsidiar intervenções como para impulsionar o desenvolvimento teórico da área.; This paper is a survey about Work and Organizational Psychology (WOP) of articles published from 2001 to 2005 in the following Brazilian journals: Estudos de Psicologia...

Crítica às apropriações psicológicas do trabalho

Bendassolli,Pedro F.
Fonte: Associação Brasileira de Psicologia Social Publicador: Associação Brasileira de Psicologia Social
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2011 PT
Relevância na Pesquisa
95.87%
A psicologia do trabalho fez deste um de seus principais alicerces teóricos. O trabalho é assumido como uma categoria capaz de sustentar processos psíquicos tais como a identidade, a saúde mental e a ação do indivíduo. Contudo, neste artigo mostramos que a psicologia apropria-se do trabalho mediante instrumentais de reconstrução metateóricos, teórico-conceituais e tecnológicos. O artigo analisa as formas de apropriação presentes em três grandes psicologias do trabalho, aqui denominadas de vias organizacional, social e clínica. Em cada uma delas, questionamos o significado de trabalho presente e suas consequências sobre a teoria e pesquisa sobre o trabalho na psicologia.

Produção Offshore na Bacia de Campos (RJ): a perspectiva da Psicologia do Trabalho

Castro,Alexandre de Carvalho
Fonte: Universidade Federal de São Carlos Publicador: Universidade Federal de São Carlos
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2013 PT
Relevância na Pesquisa
95.8%
O objetivo deste artigo é examinar a dinâmica psicológica dos trabalhadores offshore da Bacia de Campos (RJ). A técnica de grupo focal, enquanto metodologia de base qualitativa, foi utilizada para explorar opiniões, percepções, conceitos, atitudes e valores dos petroleiros. Seis grupos focais consistiram no procedimento metodológico por meio do qual foram colhidas informações sobre as condições de trabalho embarcado. RESULTADOS: A análise do processo de trabalho em plataformas marítimas, com sua variabilidade e dificuldade, segundo a perspectiva da Psicologia do Trabalho, evidenciou que o tempo de trabalho, a vida e os ganhos dos trabalhadores são ambíguos, assimétricos e dissociados.

Psicologia do Trabalho e Psicologia Clínica: um ensaio de articulação focalizando o desemprego

Sato,Leny; Schmidt,Maria Luisa Sandoval
Fonte: Programa de Pós-graduação em Psicologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte Publicador: Programa de Pós-graduação em Psicologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2004 PT
Relevância na Pesquisa
95.88%
O presente artigo explora contribuições e limites da psicologia e, mais especificamente, da clínica psicológica, no enfrentamento do sofrimento psíquico advindo do desemprego. Sintetiza idéias construídas a partir de um conjunto de pesquisas que vem sendo desenvolvido pelo Centro de Psicologia Aplicada ao Trabalho e Serviço de Aconselhamento Psicológico do Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo. Baseia-se em pesquisas empíricas sobre as representações de estagiários de psicologia, o lugar do desemprego nas queixas psicológicas, representações da clientela a respeito do sofrimento psíquico e desemprego e sobre as representações e práticas de desempregados sobre temporalidade e desemprego, e em pesquisa teórica sobre as noções de situação e morada. Tais reflexões encaminham-se para uma focalização crítica da visão utilitarista do trabalho, procurando responder de que maneira e em que circunstâncias uma abordagem psicológica pode constituir representações e práticas de ajuda contra-hegemônicas em relação ao utilitarismo.

Condições de trabalho e saúde de motoristas de transporte coletivo urbano

Battiston,Márcia; Cruz,Roberto Moraes; Hoffmann,Maria Helena
Fonte: Programa de Pós-graduação em Psicologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte Publicador: Programa de Pós-graduação em Psicologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2006 PT
Relevância na Pesquisa
85.84%
O objetivo do presente estudo foi caracterizar as condições de trabalho e saúde de motoristas de transporte coletivo urbano da cidade de Florianópolis, Santa Catarina, tendo como suporte principal as contribuições oriundas da Psicologia Ambiental, da Psicologia do Trabalho e da Ergonomia. Foram realizadas observações do local de trabalho, das linhas e do comportamento do motorista durante o percurso na linha. Foram entrevistados 21 motoristas e as falas serviram de recurso para a análise qualitativa organizada em categorias analíticas. Pôde-se concluir que a atividade de dirigir é desgastante, causa fadiga e sua eficácia está relacionada principalmente a fatores ambientais do local de trabalho e a forma como os motoristas lidam com esses fatores. Há a incidência de distúrbios orgânicos (dores na cabeça, nas pernas e problemas auditivos) e psíquicos (como estresse, irritabilidade e fadiga), que afetam não só a atividade de dirigir mas também a vida social e coletiva desse profissional.

A supervisão enquanto dispositivo: narrativa docente do estágio profissional em psicologia do trabalho

Duarte,Daniele Almeida
Fonte: UNESP Publicador: UNESP
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2015 PT
Relevância na Pesquisa
95.76%
Este texto versa sobre a supervisão enquanto dispositivo, ao apresentar o quadro teórico-conceitual que norteou a atuação e sua metodologia. Ao se debruçar sobre três campos de estágio, explicita o desafio de promover não apenas a saúde do trabalhador de saúde, mas, também, construir uma práxis questionadora da relação universidade-sociedade e formação. A partir da narrativa docente do estágio profissional em Psicologia do Trabalho, dimensiona-se como se constituiu a pesquisa-intervenção em bases interdisciplinares capazes de deslocar o saber centrado no expert para tencionar ações de coletivos transformadores, que, mediante a aproximação e o diálogo, oportunizassem o forjar de solidariedades e cooperação. Elementos profícuos para a ressignificação dessas esferas foram: a construção do diagnóstico institucional vinculado à demanda e o dispositivo supervisão, capaz de produzir narrativas originais para construir experiências de protagonização – correspondentes aos princípios da Política de Humanização.

De outras tecituras possíveis em Psicologia do Trabalho

Tubino,Carmela de Lima; Pedruzzi-Reis,Marcia Giovana; Silva,Rosane Neves da
Fonte: Conselho Federal de Psicologia Publicador: Conselho Federal de Psicologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2009 PT
Relevância na Pesquisa
105.84%
Este escrito se propõe a discutir uma experiência de estágio em Psicologia do Trabalho, a partir das indagações advindas de um estranhamento suscitado no encontro com práticas e discursos cristalizados relativos ao fazer do psicólogo em uma organização. Para tal reflexão, tomamos a prática do acompanhamento funcional (af), realizada junto a servidores considerados ‘funcionários-problema’, como um analisador que tensiona o engessamento de estratégias de intervenção centradas nos conflitos individuais do trabalhador. Ao longo de nossa experiência, percebeu-se que a escuta do trabalhador poderia ser uma via de acesso às relações de trabalho, uma vez que os funcionários ocupavam o lugar de porta-vozes de um grupo, possibilitando uma análise da produção de demanda do local. Apesar de nos depararmos com uma prática cristalizada do af, centrada no indivíduo-problema, ressaltamos ser imprescindível que o psicólogo possa se movimentar dentro deste instituído e compreender as formas como o local de trabalho se organiza, e, através de uma análise de implicação, pensar como a própria Psicologia vem se organizando, naquele local, para atender aos pedidos que lhe são dirigidos.

Significado do Trabalho e Escolha Acadêmico-Profissional: um estudo com universitários primeiranistas

Vilela, Elson da Cunha
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Psicologia; Psicologia, Sociedade e Qualidade de Vida Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Psicologia; Psicologia, Sociedade e Qualidade de Vida
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
95.85%
Relations between the meaning attributed to work by first year university students and their academic and professional choice were analyzed. The participants were 921 students, 17-52 years old (M = 22; SD = 4.9), enrolled in 16 courses common to two college level institutions of the city of Natal, RN, one public, the other private. A questionnaire was designed for collecting data about the academic-professional choice, with open-ended and multiple choice questions. Work meaning was obtained by means of two questions on centrality and two scales pertaining to the Inventory of Motivation and Work Meaning: value and descriptive attributes. A socio-demographic set of questions ended the questionnaire. Data was entered in a SPSS (Statistical Package for the Social Sciences) database, allowing for the pertinent statistical analyses, such as frequency, t test, chi square, factor analysis, cluster analysis and ANOVA. Results indicated that the decision about academic-professional career was made by the majority of the participants (in first option, N = 921) without the adequate consideration of the socio-professional reality (80.7%) and personal internal resources (98.5%). When considering the second option (N = 654), only the first criterion was taken into account...

O comprometimento no trabalho e o significado do trabalho :um estudo com os funcionários do Banco do Nordeste do Brasil S/A

Lima, Ana Maria de Souza
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Psicologia; Psicologia, Sociedade e Qualidade de Vida Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Psicologia; Psicologia, Sociedade e Qualidade de Vida
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
85.84%
The current study analyses the relation between commitment (focusing on organization, career and syndicate) and the meaning of the work for 123 employees from a bank of mixed economy, crowed in agencies located in the Northeast capitals and also in four capitals out of this region: Belo Horizonte-MG, Brasília-DF, Rio de Janeiro-RJ and São Paulo-SP. It explores the commitment variability in the work of participants, as well as the score combination in foci, generating the commitment patterns, having used as an instrument a questionnaire consisting: a reduced version of OCQ Organizational Commitment Questionnaire (09 items), which measures the organizational commitment; the reduced Gordon s Scale (10 items), which measures the syndicate commitment; and the Blau s Scale, which measures the commitment to the career/occupation. It speculates, likewise, the meaning of work variability to the sample, seeking for the value attributes (what work should be), descriptive attributes (what work is) and its hierarchy, for which the ISMT-Inventário do Significado e Motivação no Trabalho has been applied; the work centrality, for which two specific inquires were used. The answers were registered in data at SPSS-Statically Package for Social for Windows...

A Psicologia do trabalho e das organizações na formação do psicólogo no Brasil

Lima, Fellipe Coelho
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Psicologia; Psicologia, Sociedade e Qualidade de Vida Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Psicologia; Psicologia, Sociedade e Qualidade de Vida
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
105.92%
This research has aimed to analyze the presence of the Work and Organizational Psychology (WOP) at the psychologist s undergraduate education after 2004 s National Curricular Guidelines in Brazil. It has investigated in 43 Brazilian undergraduate courses of Psychology how their Course Pedagogical Projects (CPPs) approach the WOP issues. For that investigation, the CPPs, the subjects programmes related to the WOP and the curriculum grid have been accurately read and analyzed. Categories created by similar studies have also been used. The studied knowledge field has been cited by 41 courses, mainly on the definition of the egress s professional profile, on the expected competences and on the psychologist s formation process lines. Moreover, 28 courses have disposed curricular emphasis on the WOP and 12 have provided professional practices on that Psychology s field. All the courses have displayed, at least, one subject related to the WOP and in 29 cases there have been found between two and six subjects concerned to that field of Psychology, occupying nearby 10% of the whole courses credit hours. It has been verified that the Work and Organizational Psychology is allied to discussions about Quality of Life and Health of the Worker...

O significado do trabalho entre os jovens na transição de estudante universitário a profissional

Melo, Simone Lopes de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Psicologia; Psicologia, Sociedade e Qualidade de Vida Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Psicologia; Psicologia, Sociedade e Qualidade de Vida
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
85.84%
The present study analyses the variability of the meaning of the work among young people on the transition from university to professional life, divided according to: university levels, knowledge area and graduation course. A hundred seventeen young people answered the questionaries structured on the components of the meaning of work. Semi-structured interviews were also made with parts of the sample about the themes related to the meaning of work on this way the information of the questionaries became complete. The answers of the interviews were studied through the analysis of the thematic contents. The results of such analysis and the answers of the questionaries were registered on the data base SPSS for Windows. The results of the statistic analysis made indicated that: (1) the centrality of work and the articulations among stronger spheres do not present variability according to level, area or course; (2) the course makes more difference values factors and descriptives factors than area and level; (3) the hierarchy of values presents variability according to area and the descriptive hierarchy presents variability according to course; (4) the level makes more difference specific attributes of the meaning of the work than area and course; (5) the standards of the meaning of work do not present variability according to level...

A motivação e o significado do trabalho de bancários: estudo comparativo entre dois momentos do processo de reestruturação produtiva

Varella, Janine Maranhão de Campiello
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Psicologia; Psicologia, Sociedade e Qualidade de Vida Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Psicologia; Psicologia, Sociedade e Qualidade de Vida
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
85.84%
This master s dissertation deals with motivation and the meaning of work amongst bank employees. This is done considering a cognitive perception. Work is understood here under a social and subjective comprehension, once it deals with significance attribution. Motivation is the process that rules choice of the different possibilities of individual behavior, all of which according to the Expectation Theory. This study aims to analyze the implications of the productive restructure, since it is related to technological innovation, organizational changes and management, in motivation and work significance. Thus, the objective of the research is to verify motivational differences and the meaning of work amongst bank employees. This is done in two distinct moments of the productive restructure of bank employees in Natal-RN. The research is divided in two parts. In the first one, changes that occurred in banks between 1999 until 2005 were identified by the means of interviews with 7 bank managers. The analyzed perspective was training intensifying, quality emphasis of customer attendance, the use of automation/technology, staff stabilization, change in staff profile, work intensification, etc. In the second study the Inventory of Motivation and Work Meaning was applied. Thus...

Representa??es sociais da Psicologia do Trabalho: o olhar de formandos em Psicologia da Universidade Federal do Par?

SANTOS, Eliana Cavalcante Mau?s
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
85.92%
Este estudo percorreu quest?es sociais contempor?neas que envolveram o Sujeito, o Trabalho e a Psicologia na perspectiva das Representa??es Sociais: A forma??o do psic?logo do trabalho na Universidade Federal do Par?. A pesquisa identificou a Psicologia do Trabalho na vis?o dos estudantes concluintes do curso de Psicologia da UFPA. Analisou-se as quest?es paradigm?ticas que a ?rea est? inserida, as viv?ncias dos formandos nos est?gios supervisionados, a quest?o do trabalho como fonte de identidade e as mudan?as da p?s-modernidade para os futuros profissionais da Psicologia do Trabalho, assim como suas perspectivas no mercado profissional. Embasou-se em Serge Moscovici (1978, 2001, 2005, 2007) e na grande teoria das Representa??es Sociais-RS, e em Denise Jodelet (2001, 2005, 2009) com a abordagem processual em Representa??es Sociais. As RS se inseriram como a teoria fundante da tem?tica, que privilegiou as rela??es cotidianas a partir das comunica??es humanas, que foram formadoras de representa??es, para a proposi??o de uma nova perspectiva da Psicologia Social. Optou-se pela pesquisa qualitativa e utilizou-se o M?todo da Explicita??o do Discurso Subjacente ? MEDS, para os instrumentos de coleta e an?lise de dados. As an?lises das representa??es apontaram para as diversas dificuldades encontradas pelos estudantes que buscavam os est?gios: a substitui??o de atividades de est?gio por pesquisas espec?ficas sobre o mundo do trabalho e exerc?cios acad?micos on line...

Território e (in)justiça ambiental: uma agenda científica para a psicologia organizacional e do trabalho; Territory and environmental (in)justice: a scientific agenda for organizational and work psychology

Leão, Luís Henrique da Costa
Fonte: Universidade de São Paulo. Instituto de Psicologia Publicador: Universidade de São Paulo. Instituto de Psicologia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 30/12/2013 POR
Relevância na Pesquisa
85.84%
Este artigo aborda a relação entre a psicologia organizacional e do trabalho (POT) com as categorias território e justiça ambiental, a fim de discutir elementos para conformar uma agenda de produção de conhecimentos frente às demandas socioambientais do atual modelo produtivo. O objetivo do artigo foi analisar os conceitos de justiça ambiental e território, bem como a produção de conhecimentos em POT, identificando desafios para a investigação e a ação de pesquisadores e profissionais desse campo. Foi realizada uma análise do conceito de território – conforme Milton Santos – e da construção histórica do conceito de justiça ambiental, bem como uma análise dos anais dos Congressos Brasileiros de Psicologia Organizacional e do Trabalho. Os resultados demonstram que a POT não incorporou categorias como território e justiça ambiental e que suas ênfases incidem sobre as esferas intraorganizacionais. Por fim, são discutidas as possibilidades de uma agenda de pesquisa que repense o papel das organizações e dos trabalhadores para fora dos muros institucionais, entendendo-os a partir de uma visão crítica, em um ambiente e em um território ampliado, que superem uma concepção de responsabilidade socioambiental-corporativa.; This paper discusses the relation between organizational and work psychology and territory and environmental justice...

Psicologia do Trabalho: aspectos históricos, abordagens e desafios atuais

Leão, Luís Henrique da Costa; Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca (Fundação Oswaldo Cruz)/ Universidade Federal Fluminense
Fonte: ECOS - Estudos Contemporâneos da Subjetividade; ECOS - Estudos Contemporâneos da Subjetividade Publicador: ECOS - Estudos Contemporâneos da Subjetividade; ECOS - Estudos Contemporâneos da Subjetividade
Tipo: ; Ensaio teórico Formato: application/pdf
Publicado em 21/12/2012 PT
Relevância na Pesquisa
95.89%
Esse artigo apresenta aspectos da trajetória histórico-conceitual das relações entre a Psicologia e o Trabalho. Problematiza a emergência dessa interface no início do séc. XX e a noção de “campo” da psicologia do trabalho, considerando a heterogeneidade epistemológica, conceitual, metodológica e técnica dessa disciplina e seu caráter multi e interdisciplinar. Debate as variadas concepções de trabalho enfatizadas nessa área, conforme suas abordagens principais (organizacional, social e clínica). Parte-se de uma compreensão da história não como acontecimentos cumulativos, lineares e aglutinados no tempo, mas como movimentos eivados de contradições e controvérsias (Foucault). Por fim, são descritas algumas perspectivas e desafios atuais para a produção do conhecimento e desenvolvimento de novas possibilidades de intervenções e práticas profissionais no contexto brasileiro.

O Lugar do Trabalho na Vida do Egresso do Sistema Prisional: Um Estudo de Caso

Lidiane de Almeida Barbalho; UFMG; Vanessa Andrade de Barros; UFMG
Fonte: UFMG / UFU / UFSJ / UFJF Publicador: UFMG / UFU / UFSJ / UFJF
Tipo: Avaliado por Pares; Formato: application/save
Publicado em 05/04/2011 PT
Relevância na Pesquisa
85.86%
Através de um estudo de caso, teve-se como objetivo conhecer o lugar que o trabalho ocupa na vida de um egresso do sistema prisional, de que forma esse sujeito se depara com o mundo após sua saída da prisão e como o trabalho perpassa suas relações sociais pós-presídio. Para tal, adotamos como metodologia de pesquisa o método recolhimento da história de vida, que analisará as condições subjetivas e objetivas do sujeito pesquisado, na perspectiva da Psicologia do Trabalho e da Psicossociologia.

Aconselhamento profissional a desempregados: relato de uma experiência de formação acadêmica para o psicólogo organizacional e do trabalho; Professional counseling for the unemployed: report of an experience of academic training for psychological organization and work

de Almeida, Ánderson Bevilaqua; Gondim, Sônia Maria Guedes; UFBA - Salvador - BA; Pena, Anderson Córdova; UNIPAC - Barbacena - MG; Filgueiras, Júlio
Fonte: Revista Psicologia: Organizações e Trabalho Publicador: Revista Psicologia: Organizações e Trabalho
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2001 POR
Relevância na Pesquisa
95.88%
O propósito desse artigo é o de apresentar e discutir um programa de estágio curricular em Psicologia do Trabalho desenvolvido no período de julho de 1999 a dezembro de 2000, do qual participaram 18 estudantes do curso de Psicologia de uma universidade pública federal. Trata-se de uma modalidade de aconselhamento profissional dirigida a desempregados, com os seguintes objetivos:dar apoio psicológico ao desempregado, oferecer informações para que ele avalie o mercado de trabalho e venha a desenvolver habilidades mais compatíveis com os perfis profissionais atuais e, por último, orientar o redimensionamento de sua trajetória profissional, para que ele assuma um papel mais proativo no seu projeto de carreira. O aconselhamento profissional foi dividido em quatro módulos, sendo desenvolvido em grupos de qautro a seis participantes, com duração média de dois meses. A experiência foi avaliada, principalmente, na perspectiva de três estudantes de Psicologia que participaram do projeto; atuais psicólogos e co-autores deste artigo. Algumas vantagens do projeto foram discutidas, notadamente no que tange à melhoria na condição de empregabilidade pessoal, visualizada a partir do aconselhamento de alguns egressos do programa de aconselhamento profissional.; The purpose of this study is to present and discuss a trainnee program in work psychology developed from July 1999 to December 2000. Eighteen students from the psychology course of federal universities of Brazil participated in this study. The students trainnig consisted on offering professional counselling to the unemployed. The objective of the program was to offer psychological support to the unemployed...

A supervisão enquanto dispositivo: narrativa docente do estágio profissional em psicologia do trabalho

Duarte,Daniele Almeida
Fonte: UNESP Publicador: UNESP
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2015 PT
Relevância na Pesquisa
95.76%
Este texto versa sobre a supervisão enquanto dispositivo, ao apresentar o quadro teórico-conceitual que norteou a atuação e sua metodologia. Ao se debruçar sobre três campos de estágio, explicita o desafio de promover não apenas a saúde do trabalhador de saúde, mas, também, construir uma práxis questionadora da relação universidade-sociedade e formação. A partir da narrativa docente do estágio profissional em Psicologia do Trabalho, dimensiona-se como se constituiu a pesquisa-intervenção em bases interdisciplinares capazes de deslocar o saber centrado no expert para tencionar ações de coletivos transformadores, que, mediante a aproximação e o diálogo, oportunizassem o forjar de solidariedades e cooperação. Elementos profícuos para a ressignificação dessas esferas foram: a construção do diagnóstico institucional vinculado à demanda e o dispositivo supervisão, capaz de produzir narrativas originais para construir experiências de protagonização – correspondentes aos princípios da Política de Humanização.