Página 1 dos resultados de 438 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Aprender com o corpo: estabelecendo relações entre a psicologia analítica e as técnicas corporais taoístas ; Learning with the body: establishing relations between analytical psychology and taoist body techniques

Miorim, Rinaldo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 22/05/2006 PT
Relevância na Pesquisa
56.5%
O presente trabalho consiste em um estudo teórico que busca relacionar os princípios que norteiam as técnicas corporais fundamentadas na filosofia taoísta com alguns conceitos da psicologia analítica, tomando como eixo o processo de desenvolvimento da personalidade. Como método de trabalho, foi feita uma revisão bibliográfica, procurando sistematizar o assunto por meio da análise de alguns tópicos. A pesquisa começa com a apresentação da técnica corporal terapêutica taoísta chamada qigong (chi kun), situando-a em seus aspectos históricos, depois parte para as pesquisas clínicas que buscam validar seus efeitos terapêuticos, principalmente, explorando alguns conceitos filosóficos que fundamentam sua prática. Em seguida, foi destacada a perspectiva psicossomática como referencial de abordagem aos processos de saúde e doença, e, apresentadas algumas técnicas corporais da psicologia, destacando as técnicas de relaxamento. A partir desses elementos foram identificados nos estudos de C. G. Jung sobre as práticas corporais e meditativas taoístas, relações entre elas e o processo de individuação. O corpo, tomado como um instrumento de intervenção, por meio dos exercícios de relaxamento, alongamento, respiração e meditação...

Reflexões sobre a materialidade numa abordagem imagético-apresentativa : narrativa de um percurso teórico e prático à luz da psicologia analítica; Reflections on materiality in an imagetical-presentative approach : narrative of a theoretical and practical path in the light of the analytical psychology

Oliveira, Santina Rodrigues de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 12/05/2006 PT
Relevância na Pesquisa
56.48%
A dissertação narra o percurso da pesquisadora em torno do conceito “materialidade”, a fim de discutir e ilustrar uma proposta de abordagem imagético-apresentativa, à luz da psicologia analítica. O conceito é cotejado com termos correlatos utilizados por autores que também se ocuparam do tema, como Gaston Bachelard, Alvaro Gouvêa e outros mais alinhados ao pensamento de D. W. Winnicott. Explora, também, aproximações e distanciamentos semânticos em relação a termos similares, como “matéria” e “matéria-prima”, para especificar o sentido atribuído à materialidade neste trabalho. A discussão avança com a apresentação de alguns conceitos da psicologia analítica, principalmente sobre a consciência e o aspecto dinâmico da psique na concepção de C. G. Jung. Além disso, tece considerações sobre o processo de individuação numa perspectiva alquímica, tomando a materialidade como uma opus cum natura. A seguir, apoiada em conceitos de James Hillman, propõe o resgate da noção de anima mundi e aisthesis para fundamentar o aspecto apresentativo da materialidade numa relação dialética com a consciência. Preocupa-se em questionar a postura interpretativa em relação à materialidade, quando tomada em termos exclusivamente representacionais...

A psicologia analítica de Carl Gustav Jung no estudo de instituição : uma proposta teórico-metodológica; The analytical psychology of Carl Gustav Jung in the study of the institution : a theoretical and methodological proposal

Vechi, Luís Gustavo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 11/04/2008 PT
Relevância na Pesquisa
56.29%
Nesta tese, faço uma proposta teórico-metodológica para o estudo de instituição segundo a Psicologia Analítica de C. G. Jung, além de demonstrar a sua aplicação, investigando um serviço de reabilitação psicossocial pelo trabalho para usuários de serviço de saúde mental. Defendo a hipótese de que a visão holográfica do mundo, delimitada mediante a articulação entre os conceitos de psique e de unus mundus, permite definir instituição e um modo para estudá-la que é capaz de valorizar possibilidades de desenvolvimento para essa formação sociocultural e para o indivíduo que nela se insere. Como resultados principais da proposta estabelecida com este trabalho, destaco cinco eixos relacionados à sistematização conceitual e quatro ao aspecto metodológico: Quanto à organização conceitual, o primeiro eixo expõe a visão holográfica do mundo, o segundo deles se refere à individuação como auto-regulação psíquica contextualizada pela experiência subjetiva na instituição, o terceiro corresponde ao conceito de instituição enriquecido pelo de psique institucional, o quarto à auto-organização desse tipo de formação sociocultural e o quinto articula autoregulação psíquica com auto-organização institucional...

Dramatização espontânea e psicologia analítica de Jung: consideração da sombra em um grupo de psico-sociodrama; Spontaneous dramatization and the Analytical Psychology of Jung: Consideration of the shadow in a psycho-sociodrama group

Quilici, Marcia Alves Iorio
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 20/03/2009 PT
Relevância na Pesquisa
56.25%
Esta dissertação estuda, a partir do referencial da psicologia analítica de Jung, um grupo vivencial que utiliza a dramatização espontânea como recurso expressivo. Procura investigar se este instrumento é um facilitador para a exploração da sombra em grupos. Parte da hipótese que, ao dramatizarmos espontaneamente, a sombra tem a possibilidade de adquirir expressão, aproximarse e ser reconhecida pela consciência. Este diálogo entre a esfera consciente e inconsciente estimulado pelo drama improvisado e compartilhado pelo grupo pode permitir a emergência, o desenvolvimento e a estruturação de uma consciência que funcione em alteridade, pois há uma abertura para o reconhecimento daquilo que é diverso em si e no outro, com uma atitude de inclusão deste aspecto. Como método de investigação, há a pesquisa de um ato psicosociodramático no Centro Cultural São Paulo que utiliza a ação dramática espontânea para o desenvolvimento de grupos. É feito o relato de uma vivência e entrevistas com quatro participantes e a diretora dessa atividade procurando identificar, na vivência e nas respostas dos entrevistados, os momentos nos quais a sombra se expressou e quais foram as atitudes então tomadas pela consciência diante desta situação. A fundamentação se dá principalmente através dos conceitos de sombra...

Separação amorosa e individuação feminina: uma abordagem em grupo de mulheres no enfoque da psicologia analítica; Separation from love relationships and womens individuation: an approach into a group of women in the focus of the Analytical Psychology

Parisi, Silvana
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 22/05/2009 PT
Relevância na Pesquisa
56.29%
O presente trabalho teve como objetivo a compreensão da separação amorosa vivenciada pela mulher de meia idade relacionada ao processo de individuação através de um trabalho realizado em grupo vivencial sob o enfoque da Psicologia Analítica. O método utilizado na pesquisa foi qualitativo sob a perspectiva simbólico arquetípica. Foram realizados oito encontros de grupo com sete participantes na faixa etária de quarenta a cinqüenta e cinco anos que estavam vivenciando uma separação amorosa. No grupo foram utilizados recursos expressivos, contos e mitos para favorecer a elaboração simbólica. A partir do material coletado observou-se uma grande diversidade de experiências em relação à perda como sentimentos de tristeza, solidão, desamparo, raiva, desejos de vingança, sensação de vazio e desorganização. Um tema comum manifestado pelas participantes foi a sensação de perda de identidade no relacionamento anterior ou em decorrência da separação. Identificou-se que esta perda estava associada a conteúdos inconscientes projetados no parceiro e na conjugalidade que ainda não haviam sido reintegrados à consciência. Verificou-se que em alguns casos a identidade estava alicerçada no vínculo simbiótico mantido com o parceiro. Reconhecer a raiva que estava na sombra do relacionamento...

Vivências de tutor: estudo qualitativo na abordagem da psicologia analítica; Mentors experiences: a qualitative study in an analytical psychology approach

Gonçalves, Marina de Castro Nascimento
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/04/2011 PT
Relevância na Pesquisa
66.34%
INTRODUÇÃO: O Mentoring, relação em que uma pessoa mais experiente acompanha e orienta um jovem iniciante em seu percurso, tem sido adotado nas escolas médicas como estratégia para oferecer suporte pessoal e estimular o desenvolvimento profissional do futuro médico. Estudos da área assinalam que também os mentores referem mudanças e benefícios ao longo do tempo, mas não aprofundam a dinâmica e o significado dessas transformações. A partir da consideração de que aspectos inconscientes estão presentes na relação de Mentoring, este estudo aborda o tema segundo alguns conceitos da Psicologia Analítica, com destaque para o arquétipo do Herói, articulando-os ao campo da Educação Médica. OBJETIVOS: Explorar as percepções e o significado atribuído por tutores, com papel de mentores, às suas vivências, buscando compreender suas motivações, vicissitudes, recursos e transformações percebidas ao longo do tempo. MÉTODO: A investigação consiste em um estudo qualitativo junto a catorze tutores do Programa de Tutoria da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Procurou-se, intencionalmente, a heterogeneidade do grupo investigado. Os dados foram coletados ao longo do segundo semestre de 2008 e janeiro de 2009...

Cuidando de ser psicólogo no hospital: uma cartografia de experiências sobre a construção de um lugar, contadas sob inspiração da psicologia analítica de C. G. Jung; Being psychologist in a hospital: a cartography of experiences of the making of a place, under C. G. Jungs analytical psychology inspiration

Silva, Simone Correa
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/04/2011 PT
Relevância na Pesquisa
56.36%
O ofício do psicólogo numa instituição hospitalar é como uma arte que se modula dia-apósdia de trabalho e revela realidades desafiadoras no que se refere à sua inserção e à sua prática. A proposta deste estudo foi discutir o processo de construção do lugar do psicólogo no hospital geral com inspiração no referencial da psicologia analítica. Adotei a cartografia como metodologia de trabalho, utilizando narrativas obtidas a partir de diários de bordo que descreveram inquietações, questionamentos e reflexões sobre situações vivenciadas ao longo do percurso de minha prática enquanto psicóloga num hospital geral do município de São Paulo. O termo lugar, que transcende o espaço físico, foi entendido como disponibilidade emocional mediante situações diversas que se dão em termos de tempo e espaço no hospital. Refere-se a um jeito próprio de ocupar uma morada e que se configura por uma atitude clínica, no seu sentido etimológico. Apropriar-se de seu lugar é um processo de construção, fundamentação e manutenção, permeado por variáveis tais como: formação, supervisão, análise pessoal, conhecimento sobre a realidade e contexto da instituição e apropriação de uma persona criativa para transitar nesse contexto que corresponde a um self institucional. Essa construção se mostra em sincronia com o processo de individuação do psicólogo...

Imagem, símbolo e narrativa na psicologia analítica de C.G. Jung

Vieira, André Guirland
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.34%
O presente trabalho estuda a narrativa e a imagem como elementos da linguagem do brincar simbólico. Para isto, três crianças foram acompanhadas em um processo de psicoterapia por um período aproximado de um ano. O brincar simbólico das crianças na caixa de areia - sandplay - foi analisado em termos da organização narrativa e da construção de significado a partir da teoria e do método de Psicologia Analítica de C. G. Jung e da teoria narrativa de J. Bruner. Nosso estudo demonstra que o brincar simbólico é uma forma de linguagem e que através dele a criança constrói um texto o qual apresenta-se como uma narrativa ou como uma imagem; que este texto está repleto de elementos os quais aparecem como outras narrativas ou imagens que se interpõem às narrativas construídas pelas crianças. Mostra também que a criança organiza a sua experiência do mundo e a sua experiência da vida através deste texto. Finalmente, indica que o brincar simbólico tem uma função cognitiva de organizar a experiência de vida da criança.

Um estudo do símbolo na psicoterapia de crianças com orientação na psicologia analítica

Haubert, Clarice Regina
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.34%
O presente trabalho estuda a função da produção simbólica na psicoterapia de crianças com orientação na Psicologia Analítica. A investigação foi realizada a partir de um estudo de caso, com a participação de um menino de 8 anos atendido em psicoterapia. Os dados foram coletados através de entrevistas com pais e professoras, registro diário das sessões, desenhos, pinturas, modelagens, brincar simbólico na caixa de areia e sonhos relatados pela criança. A análise da produção simbólica mostrou que o conflito central referia-se à sexualidade, tendo como origem a história e os problemas vivenciados pela família. O estudo concluiu que o trabalho sobre a expressão simbólica exerce uma função terapêutica, na medida em que possibilita uma melhor compreensão dos conflitos por parte do psicoterapeuta, da família e da própria criança. O estudo também mostra a importância da participação da família tanto na origem dos conflitos psicológicos da criança como em sua resolução.; This work studies the function of symbolic production in Analytical Psychology-oriented children psychotherapy. The investigation was performed on a case study, with the participation of an 8-year-old boy who attended psychotherapy sessions. Data was gathered from interviews with parents and teachers...

A dominação masculina de Pierre Bourdieu: críticas e reflexões a partir da psicologia analítica

Lazdan, Alessandra Munhoz; Reina, Fabio Tadeu; Muzzeti, Luci Regina; Ribeiro, Paulo Rennes Marçal
Fonte: Universidade Estadual Paulista Publicador: Universidade Estadual Paulista
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 470-487
POR
Relevância na Pesquisa
56.42%
This bibliographical article aimed to analyze the work Masculine domination of Pierre Bourdieu, considering the concepts of Analytical Psychology from C. G. Jung. Among other issues, this psychological theory is based on the analysis of the masculine and feminine principles in order to bring a different apparatus for discussion of the ideas brought by Bourdieu that involves masculine domination. The Analytical Psychology concepts understand this domination from the patriarchal view of society, according to Bourdieu in submission question that this culture imposes on women. However, there were counterpoints regarding the quality and validation of female reference that Bourdieu’s theory seems to disqualify. Among the permanencies and changes of the structures that reproduce the masculine order, both theories show agreement with updates regarding the patriarchal structure.; O presente artigo, de cunho bibliográfico, teve como objetivo fazer uma reflexão da obra A dominação masculina de Pierre Bourdieu a partir dos conceitos da Psicologia Analítica de C. G. Jung. Esta corrente da Psicologia fundamenta-se, entre outras questões, na análise dos princípios masculino e feminino, trazendo um aparato diferenciado para a discussão das ideias trazidas por Bourdieu que envolvem a dominação masculina. A leitura da Psicologia Analítica compreende a questão desta dominação a partir da visão patriarcal da sociedade...

Mulheres e o abandono da figura paterna: considerações teórico-clínicas a partir da psicologia analítica

Lima,Antonio Paulo Pinheiro
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Pontifícia Universidade Católica de Campinas Publicador: Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Pontifícia Universidade Católica de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2012 PT
Relevância na Pesquisa
66.34%
Este trabalho busca demonstrar, a partir de vinhetas clínicas, as consequências negativas trazidas na vida de mulheres pela experiência de terem sido abandonadas pela figura paterna. Neste estudo, o referencial teórico foi principalmente a psicologia analítica, além dos conceitos psicanalíticos de compulsão à repetição e melancolia. São também descritos os progressos alcançados no atendimento dos casos a partir da atuação psicoterapêutica baseada no método clínico junguiano. As conquistas obtidas, em termos gerais, dizem respeito a maior integração psíquica por parte dessas mulheres, que conseguiram estabelecer maior equilíbrio interno entre as polaridades masculina e feminina. Esse equilíbrio trouxe impactos positivos para elas, como melhora da autoestima e maior sentimento de autoconfiança, além de capacitá-las para o estabelecimento de relações afetivas mais saudáveis e menos calcadas em submissão e dependência.

A dimensão ética da psicologia analítica: individuação como "realização moral"

Barreto,Marco Heleno
Fonte: Departamento de Psicologia da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro Publicador: Departamento de Psicologia da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2009 PT
Relevância na Pesquisa
76.39%
O artigo expõe a centralidade da dimensão ética inerente à Psicologia Analítica de Carl Gustav Jung através de uma minuciosa referência a passagens fundamentais do texto junguiano, frequentemente não percebidas na importância que têm para uma correta compreensão da natureza da praxis psicoterapêutica formulada por Jung. O autor sustenta ainda que a (in)atualidade da clínica junguiana no cenário contemporâneo deve ser pensada à luz da (in)compatibilidade entre esta dimensão ética específica e as tendências que organizam hoje o modo humano de ser-no-mundo.

Psiconeurociencia y arquetipos: construyendo un diálogo entre Psicología Analítica y neurociencia

Saiz,Mario E.; Amézaga,Pilar
Fonte: Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo Publicador: Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2005 ES
Relevância na Pesquisa
66.32%
El sostenido desarrollo de las neurociencias en el estudio del cerebro y la conducta humana, junto al desarrollo de puentes epistemológicos entre las psicociencias, especialmente referidos al estudio de la mente y al alma humana, ha comenzado a generar una complementariedad e integración del conocimiento desde diferentes disciplinas científicas, buscando la formulación de una teoría unificada cerebro-mente. En el contexto de esta generación de conocimiento, ha surgido la propuesta de los autores de un espacio transdisciplinario de estudio de las relaciones entre la mente y el cerebro, entre neurociencias y psicociencias, que denominan Psiconeurociencia. Desde esta perspectiva los autores plantean una re-visión de la noción de arquetipo formulada por la Psicología Analítica a la luz de los aportes de la neurociencia y de la psicología cognitiva, para describir a modo de ejemplo de este re-formulación, los patrones de organización que interactúan en los trastornos depresivos.

O réu interior: neutralidade, psicologia analítica e a influência do inconsciente do julgador nas decisões judiciais dos crimes contra a liberdade sexual

Divan, Gabriel Antinolfi
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Dissertação de Mestrado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
66.45%
A presente dissertação traz uma proposta de olhar Crítico acerca da atividade jurisdicional decisória, utilizando como pano de fundo os processos criminais que envolvam os delitos definidos no Código Penal brasileiro como “Contra a liberdade sexual”. Para tanto, se vale de uma construção epistemológica que utiliza contatos interdisciplinares, no intuito de ultrapassar a visão eminentemente jurídico-dogmática do objeto em foco (principalmente dialogando com a Psicologia Analítica). Propõe urna análise reflexiva do ato da decisão judicial sob o prisma da impossibilidade humana para a prática do julgamento (decisão) cientificamente entendido enquanto plenamente neutro, demonstrando a existência e a ação de fatores que coexistem junto à apreensão cognitiva racional do julgador, e podem (direta ou indiretamente) alterar visivelmente os rumos meritórios do julgamento. Procura-se, sobretudo, demonstrar a fragilidade e o alcance - por vezes - fraco, do raio de proteção exercido pelos princípios constitucionais e processuais (garantistas) quanto à questão, vez em que se tem como premissa exibir as possibilidades de problemas envolvendo a questão da decisão judicial, e fatores que a fustigam, localizados, esses...

Uma contribuição para a discussão sobre as imagens psíquicas no contexto da Psicologia Analítica

Sant'Anna,Paulo Afrânio
Fonte: Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo Publicador: Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2005 PT
Relevância na Pesquisa
66.34%
A discussão sobre a natureza das imagens psíquicas ocorre desde os primórdios da Psicologia. Nas últimas décadas, o tema vem ganhando destaque em todas as abordagens, notadamente em modalidades clínicas que se apóiam predominantemente no discurso imagético. Para a Psicologia Analítica, a questão da imagem tem sido tema de diversas discussões, destacando-se três direcionamentos teórico-práticos - clássico, desenvolvimentista e arquetípico -, que vão determinar diferentes perspectivas sobre a questão. Observa-se uma tendência em abordar a imagem a partir de sua própria fenomenologia, em detrimento de sua interpretação e, apesar da importância das imagens para o contexto clínico, o tema está praticamente ausente dos programas de graduação em Psicologia e da própria estruturação das teorias psicológicas. Nesse sentido, algumas propostas são discutidas a título de possibilidades de aprendizado e de teorização no campo da imagem. Como a relação dialética entre teoria e prática é necessária para que a teoria permaneça atualizada e vitalmente ligada à realidade sociocultural contemporânea, por meio de dados obtidos em entrevistas com psicoterapeutas brasileiros, buscou-se identificar contribuições para a discussão sobre as imagens no contexto clínico.

El Demonio y la Sombra El problema del Mal desde la psicología analítica de Carl Gustav Jung

Barrionuevo Durán, Camilo
Fonte: Universidad de Chile Publicador: Universidad de Chile
Tipo: Tesis
ES
Relevância na Pesquisa
66.58%
Magíster en Psicología Clínica de Adultos; El problema que aquí nos convoca es tan antiguo como el nacimiento de la consciencia de sí en el hombre, pues conjuntamente con la capacidad de autopercatación deviene –como ya lo señala el Génesis– la consciencia del bien y del mal como posibilidades de representación simbólica. Incluso en la psique primitiva, sumergida mayormente en el magma difuso de la inconsciencia (Jung, 1931b), emerge la noción de lo maligno. Es por tanto necesario un grado de diferenciación de la consciencia bien básico para que ya aparezca en la psique la distinción religiosa entre las entidades luminosas y benéficas de las demoniacas y oscuras. No hay cultura sobre el planeta, ni época alguna en que un pueblo humano no se haya enfrentado a la noción del mal y lo demoniaco. Por más primitiva que sea la cultura, en la medida que ya exista algún grado de reflexión consciente, se instala indefectiblemente en el corazón del hombre la intuición sobre el lado oscuro de la naturaleza y la divinidad, emerge la pregunta por las entidades de la noche, del mundo de los muertos, de los dioses y demonios que encarnan una cualidad oscura y malévola (Hillman, 1979). ¿Cuántas generaciones y generaciones de hombres han sido ya atrapados por la quemante reflexión?: ¿Que es el mal?...

As imagens do deslocamento nos espaços e os espaços para o deslocamento nas imagens; Imágenes del desplazamiento en los espacios y los espacios para el desplazamiento en las imágenes; The images of dislocations in spaces and the spaces for dilocations in images

Mendes, André
Fonte: Universidade de São Paulo. Instituto de Psicologia Publicador: Universidade de São Paulo. Instituto de Psicologia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2006 POR
Relevância na Pesquisa
56.52%
Na psicologia analítica formulada por Jung mostrase evidente, embora nem sempre reconhecida, a relação entre o homem, seu tempo e a sociedade. No entanto, no tocante às coletividades humanas, essa relação refere-se, em geral, a condições abrangentes. Preocupados em avaliar essa relação num campo mais restrito, circunscrito à realidade brasileira, gostaríamos de apresentar uma pesquisa que buscou considerar o campo em sua manifestação concreta e específica por meio da observação participante, realizada junto à Pastoral dos Migrantes da comunidade Nossa Senhora das Graças, localizada na periferia da cidade de São Paulo. Tomando como principal fonte de dados os diários de campo e apoiados no referencial da psicologia arquetípica, tecemos reflexões sobre as imagens do espaço e do deslocamento. Essas experiências foram concebidas de forma não-literal e analisadas com base no emprego da linguagem metafórica. Acreditamos que os resultados obtidos apontam para a íntima relação entre as ocorrências de campo e a dinâmica psicológica, relativizando a divisão entre mundo externo e mundo interno, e, alternativamente, propõem que a atividade psíquica ocorre no encontro concreto entre o indivíduo e o espaço que ocupa; adicionalmente...

Os tipos psicológicos na psicologia analítica de Carl Gustav Jung e o inventário de personalidade “Myers-Briggs Type Indicator (MBTI)”: contribuições para a psicologia educacional, organizacional e clínicaThe psychological types in analytical psychology of Carl Gustav Jung and the inventory of personality “Myers-Briggs Type Indicator (MBTI)”: contributions for the educational, organizational and clinical psychology

Ramos, Luís Marcelo Alves
Fonte: ETD - Educação Temática Digital Publicador: ETD - Educação Temática Digital
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Avaliado pelos pares; bibliográfica Formato: application/pdf
Publicado em 12/11/2008 POR
Relevância na Pesquisa
66.56%
O texto apresenta os princípios da Teoria dos Tipos Psicológicos, a mais conhecida face da Psicologia Analítica do psicólogo e psiquiatra suíço Carl Gustav Jung (1875-1961), bem como os fundamentos do Inventário de Personalidade “Myers-Briggs Type Indicator (MBTI)”, constituído a partir da tipologia junguiana, e que vem sendo cada vez mais utilizado nos campos da Psicologia Educacional, Organizacional e Clínica. Palavras-chave Psicologia analítica; Teorias da personalidade; Tipos psicológicos; Inventários de personalidade; MBTI Abstract The text presents the principles of the Theory of Psychological Types, the most known face of the Analytical Psychology of the Swiss psychologist and psychiatrist Carl Gustav Jung (1875-1961), as well as the fundamentals of the Inventory of Personality “Myers-Briggs Type Indicator (MBTI)”, constituted from the Jungian typology, and which has been more used nowadays by Educational, Organizational and Clinical Psychology. Keywords Analytical psychology; Theories of personality; Psychological types; Inventories of personality; MBTI

Apontamentos sobre a psicologia analítica de Carl Gustav Jung

Ramos, Luís Marcelo Alves
Fonte: ETD - Educação Temática Digital Publicador: ETD - Educação Temática Digital
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; bibliográfica Formato: application/pdf
Publicado em 05/12/2008 POR
Relevância na Pesquisa
66.61%
O texto faz uma introdução à Psicologia Analítica do psicólogo e psiquiatra suíço Carl Gustav Jung: define o conceito de Psicologia Analítica, traz uma biografia resumida de Carl Gustav Jung, indica as principais diferenças entre a Psicologia Analítica e a Psicanálise, descreve a estrutura e o funcionamento da psique e, por fim, apresenta sinteticamente as características dos tipos de personalidades traçadas por Jung. Palavras-chave Psicologia Analítica; Psicanálise; Freud e Jung; Psique; Tipos psicológicos Abstract

A psicologia analítica de Carl Gustav Jung: apontamentos de aulaThe analytical psychology of Carl Gustav Jung: notes of lesson

Ramos, Luís Marcelo Alves
Fonte: ETD - Educação Temática Digital Publicador: ETD - Educação Temática Digital
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Avaliado pelos pares; bibliográfica Formato: application/pdf
Publicado em 12/11/2008 POR
Relevância na Pesquisa
66.54%
O texto traz o conteúdo de uma aula sobre Teorias da Personalidade com foco nos fundamentos da Psicologia Analítica do psicólogo e psiquiatra suíço Carl Gustav Jung (1875-1961), cuja obra vem apresentando significativas contribuições para a Psicologia Educacional, Organizacional e Clínica. Palavras-chave Psicologia analítica; Teorias da personalidade Abstract The text brings the content of a lesson on Theories of Personality focused in the fundamentals of the Analytical Psychology of the Swiss psychologist and psychiatrist Carl Gustav Jung (1875-1961), whose work has been presenting significant contributions for Educational, Organizational and Clinical Psychology. Keywords Analytical psychology; Theories of personality