Página 1 dos resultados de 725 itens digitais encontrados em 0.011 segundos

Repensando os distúrbios de aprendizagem a partir da psicologia histórico-cultural

Tuleski, Silvana Calvo; Eidt, Nádia Mara
Fonte: Universidade Estadual de Maringá (UEM), Departamento de Psicologia Publicador: Universidade Estadual de Maringá (UEM), Departamento de Psicologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 531-540
POR
Relevância na Pesquisa
106.37%
A psicologia histórico-cultural assume que o fator biológico determina a base das reações inatas dos indivíduos. Sobre esta base se constitui todo o sistema de reações adquiridas, sendo estas determinadas mais pela estrutura do meio cultural da criança do que pelas disposições biológicas. Se é por meio do processo de apropriação da cultura que cada homem adquire as capacidades humanas, a compreensão atual acerca dos distúrbios de aprendizagem pode ser reconfigurada, demonstrando que mediações adequadas e consistentes podem ter caráter revolucionário para a aprendizagem, ao tornarem presente o talento cultural quando o talento biológico não se revela como esperado.; La psicología histórico-cultural asume que el factor biológico determina la base de las reacciones innatas de los individuos. Sobre esta base se constituye todo el sistema de reacciones adquiridas, siendo éstas determinadas, más por la estructura del medio cultural del niño, que por las disposiciones biológicas. Si es por medio del proceso de apropriación de la cultura que cada hombre adquiere las capacidades humanas, la comprensión actual respecto a los trastornos de aprendizaje puede ser reconfigurada, demostrando que mediaciones adecuadas y consistentes pueden tener carácter revolucionario para el aprendizaje...

Trabalho e atividade: categorias de análise na psicologia histórico-cultural do desenvolvimento

Martins, Lígia Márcia; Eidt, Nádia Mara
Fonte: Universidade Estadual de Maringá (UEM), Departamento de Psicologia Publicador: Universidade Estadual de Maringá (UEM), Departamento de Psicologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 675-683
POR
Relevância na Pesquisa
106.28%
Este artigo é resultado de estudos teóricos e pretende apresentar algumas contribuições ao estudo da psicologia histórico-cultural do desenvolvimento, mais especificamente no que se refere à relação existente entre as categorias de trabalho e atividade. Estudos desta natureza são importantes para psicólogos, pedagogos e demais profissionais envolvidos direta ou indiretamente com a prática educativa, na busca por compreender o problema da periodização do desenvolvimento em uma perspectiva não naturalizante. Nesta direção, a categoria de atividade principal mostra-se central como força motriz do processo de desenvolvimento humano, portanto encontra-se estreitamente ligada ao lugar que cada indivíduo ocupa na sociedade de classes bem como às condições objetivas de sua existência material. O estudo do desenvolvimento coincide com o estudo da pessoa concreta, imersa numa trama de relações sociais e num sistema político e econômico; enfim, outra coisa não é senão o estudo da história objetivada em cada indivíduo particular.; This article is the result of theoretical studies and intends to show some contributions to the Development Historical-Cultural Psychology, more specifically, regarding to the relationship between the work and activity categories. These studies show to be relevant to the psychologists...

Educação sexual na escola a partir da psicologia histórico-cultural

Maia, Ana Cláudia Bortolozzi; Eidt, Nádia Mara; Terra, Bruna Mares; Maia, Gabriela Lins
Fonte: Universidade Estadual de Maringá (UEM), Departamento de Psicologia Publicador: Universidade Estadual de Maringá (UEM), Departamento de Psicologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 151-156
POR
Relevância na Pesquisa
96.32%
Este artigo relata um projeto na área da Psicologia da Educação com referencial histórico-cultural. O projeto foi desenvolvido em uma escola de ensino fundamental que teve como objetivo oferecer educação sexual para adolescentes auxiliando-os para viverem com autonomia e responsabilidade sua sexualidade. A intervenção ocorreu em 15 encontros semanais, com o uso de diferentes estratégias metodológicas abrangendo os seguintes temas: 1) Identidade Grupal e levantamento de expectativas, 2) regras de convívio grupal, 3) Conceito de Sexualidade; 4) Conceito social de adolescência, 5) Fisiologia e saúde, 6) Saúde Sexual e reprodutiva, 7) Iniciação Sexual, 8) Gravidez na Adolescência, 9) Violência Sexual, 10) Padrões de Beleza e atitudes de discriminação e 11) Gênero e diversidade sexual. Alunos e professores avaliaram a proposta de intervenção como satisfatória e necessária na escola. Almeja-se a continuidade do projeto com outros alunos e oferecer formação aos professores.; Este artículo informa sobre un proyecto en el área de Psicología de la Educación con referencia histórica y cultural. El proyecto se desarrolló en una escuela primaria que tuvo como objetivo proporcionar educación sexual a los adolescentes para ayudarlos a vivir su sexualidad con autonomía y responsabilidad. La intervención se pasó en 15 encuentros semanales...

Contribuições da psicologia histórico-cultural para a educação do campo

Martins, Lígia Márcia
Fonte: Universidade Estadual Paulista Publicador: Universidade Estadual Paulista
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 86-107
POR
Relevância na Pesquisa
96.4%
Este artículo tiene como objetivo presentar los supuestos básicos de la psicología histórico-cultural con el fin de aclarar sus contribuciones a la educación del campo. Esta teoría psicológica, cuya base filosófica es lo materialismo histórico-dialéctico, afirma el carácter social de la psique humana y la apropiación de signos como estera del desarrollo ilumina el papel indispensable de la educación escolar en la formación de los individuos. En este sentido, aborda los siguientes temas: historia y fundamentos filosóficos-metodológicos de la sicología histórico-cultural; diferenciación entre las propiedades psíquicas heredadas por la naturaleza (funciones síquicas básicas) y aquellas culturalmente formadas (funciones síquicas superiores); expresiones ontogenéticas de la producción y interiorización de la cultura; relaciones de intercondicionabilidad entre prácticas sociales y comportamientos complejos culturalmente formados. Como conclusión señala las alianzas entre la matriz psicológica resaltada y la pedagogía histórico-crítico, ya que para ambas teorías no son cualquiera modelo de educación escolar que apoyan la formación de las personas, sino más bien, una que les ofrece los contenidos culturales históricamente sistematizados y aprobados por la práctica social de todos los hombres.; Esse artigo tem como objetivo apresentar os pressupostos básicos da psicologia histórico-cultural tendo em vista elucidar suas contribuições para a educação do campo. Essa teoria psicológica...

Contribuições da psicologia histórico-cultural para a pedagogia histórico-crítica

Martins, Lígia Márcia
Fonte: Universidade Estadual Paulista Publicador: Universidade Estadual Paulista
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 286-300
POR
Relevância na Pesquisa
96.33%
This article aims to show elements based on historical-cultural psychology, which are reiterative of historically systematized scientific knowledge transmission as condition of human development and essential function of school education. In that way, it points the sign appropriation as decisive mark in the natural psychic basis overcoming towards to culturally established psychophysical properties formation, characterizing the psychism as an interfuncional system answerable for the constitution of the subjective image of objective reality. In the face of such presuppositions, it firms the role of school education in the mentioned image formation, highlighting the qualitative differences resultant of education based to quotidian and spontaneous concepts, as well as scientific ones. It pleads that the defense of sign quality offered to appropriation by school education is the main intersection point between the historical-cultural psychology and the historical-critical pedagogy.; Esse artigo tem como objetivo apresentar elementos fundamentados na psicologia histórico-cultural reiterativos da transmissão dos conhecimentos científicos historicamente sistematizados como condição de desenvolvimento humano e função precípua da educação escolar. Nessa direção...

Fundamentos psicológicos da pedagogia histórico-crítica e fundamentos pedagógicos da psicologia histórico cultural

Martins, Lígia Márcia
Fonte: Universidade Estadual Paulista Publicador: Universidade Estadual Paulista
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 130-143
POR
Relevância na Pesquisa
96.45%
This article presents the theoretical and methodological unity between the historical-critical pedagogy and cultural-historical psychology. It highlights, in addition to the membership of both theories to historical-dialectical materialism, the basic premises that point toward the affirmation of school education as a condition of humanization of individuals, as well as the transmission of historically systematized knowledge as one of the requirements for the achieving this purpose. In this direction, we aim to demonstrate that the historical-critical pedagogy contains, in its innerness, a solid psychological foundation, consistently built by a cultural-historical conception of man, society and educative nature that guides the relationship between them through the human vital activity, that is, through the work. It is in the core of those fundamentals that the alliance between this pedagogical theory and cultural-historical psychology is evident.; En este artículo se presenta la unidad teórica y metodológica entre la pedagogía históricocrítica y la psicología histórico-cultural. En él se destacan, además de la afiliación de ambas teorías en materialismo histórico y dialéctico, las premisas básicas que apuntan hacia la afirmación de la educación como una condición de la humanización de las personas...

Trabalho e atividade: categorias de análise na psicologia histórico-cultural do desenvolvimento

Martins, Lígia Márcia; Eidt, Nádia Mara
Fonte: Departamento de Psicologia - Universidade Estadual de Maringá Publicador: Departamento de Psicologia - Universidade Estadual de Maringá
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 675-683
POR
Relevância na Pesquisa
106.28%
This article is the result of theoretical studies and intends to show some contributions to the Development Historical-Cultural Psychology, more specifically, regarding to the relationship between the work and activity categories. These studies show to be relevant to the psychologists, pedagogues and other professionals involved directly or indirectly with the educational practice, in the quest to understand the problem of development periodization in a non-naturalistic perspective. In this way, the main activity category shows up as a central driving force of human development process and, therefore, it is closely linked to the place which each individual takes up in the class society as well as the objective conditions of his material existence. The development study matches with the study of specific person, immersed in a web of social relations; in a political and economic system; and finally, something else is nothing , but the study of the history objectified in each particular individual.; Este artigo é resultado de estudos teóricos e pretende apresentar algumas contribuições ao estudo da psicologia histórico-cultural do desenvolvimento, mais especificamente no que se refere à relação existente entre as categorias de trabalho e atividade. Estudos desta natureza são importantes para psicólogos...

Contribuições da Psicologia Histórico-Cultural para a formação e atuação do psicólogo em contexto de Educação Inclusiva

Barroco,Sonia Mari Shima; Souza,Marilene Proença Rebello de
Fonte: Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo Publicador: Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2012 PT
Relevância na Pesquisa
106.23%
Este texto objetiva discutir contribuições da Psicologia Histórico-Cultural para a formação e a atuação do psicólogo junto à educação, num contexto de Educação Inclusiva. Destacam-se os fundamentos e princípios da educação para pessoas com deficiência, bem como postulados da teoria de Vigotski referentes à formação e à atuação dos psicólogos. Considera-se que a perspectiva teórica elaborada pelo autor soviético contribui por: destacar a transitoriedade dos eventos e fenômenos; atrelar o mundo das ideias, valores e representações à vida objetiva e à prática social; relacionar propostas educacionais a um dado projeto de sociedade; defender a possibilidade do desvendamento da constituição social do psiquismo e da possível intervenção sobre a mesma; requisitar uma condição de desenvolvimento humano sobre o patamar do homem cultural e livre. Por fim, destaca-se o fato de que a Educação Inclusiva deve se referir ao processo de apropriação e usufruto das produções humanas mais complexas, elaboradas nas diferentes áreas da vida e do conhecimento.

"Por que aprender isso, professora? " Sentido pessoal e atividade de estudo na psicologia histórico-cultural

Asbahr,Flávia da Silva Ferreira; Souza,Marilene Proença Rebello de
Fonte: Programa de Pós-graduação em Psicologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte Publicador: Programa de Pós-graduação em Psicologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2014 PT
Relevância na Pesquisa
106.18%
Esta pesquisa investigou o processo de atribuição de sentido pessoal à atividade de estudo de estudantes do Ensino Fundamental. A referência teórica é a Psicologia Histórico-Cultural. Foi realizada com estudantes de 4ª série de uma escola pública. Os procedimentos metodológicos foram: observação do cotidiano de uma turma; situações orientadas de aprendizagem; grupos focais; entrevistas. Como resultado, buscou-se delimitar a unidade de análise: a relação entre os motivos da atividade de estudo e os fins das ações de estudo. Defende-se a tese de que, para que a aprendizagem escolar ocorra, as ações de estudo dos estudantes devem ter um sentido pessoal correspondente aos motivos e aos significados sociais da atividade de estudo, no sentido da promoção do desenvolvimento humano.

Significados e sentidos da música: uma breve "composição" a partir da psicologia histórico-cultural

Wazlawick,Patrícia; Camargo,Denise de; Maheirie,Kátia
Fonte: Departamento de Psicologia - Universidade Estadual de Maringá Publicador: Departamento de Psicologia - Universidade Estadual de Maringá
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2007 PT
Relevância na Pesquisa
106.18%
Este artigo discute a construção dos significados e sentidos da música a partir da Psicologia Histórico-Cultural, principalmente com a contribuição de L. S. Vygotski, buscando tecer uma interface com as idéias dos musicoterapeutas noruegueses Even Ruud e Brynjulf Stige, com base na filosofia de Ludwig Wittgenstein. Quando se vivencia a música, não se estabelece relação apenas com a matéria musical em si, mas com toda uma rede de significados construídos no mundo social, em contextos coletivos mais amplos e em contextos singulares. Dessa forma, os significados e sentidos da música são construídos a partir do contexto social, econômico, político, de vivências concretas e da "utilização viva" da música por sujeitos em relação, onde articulam sua dimensão afetiva, desejos e motivações.

Repensando os distúrbios de aprendizagem a partir da psicologia histórico-cultural

Tuleski,Silvana Calvo; Eidt,Nadia Mara
Fonte: Departamento de Psicologia - Universidade Estadual de Maringá Publicador: Departamento de Psicologia - Universidade Estadual de Maringá
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2007 PT
Relevância na Pesquisa
106.23%
A psicologia histórico-cultural assume que o fator biológico determina a base das reações inatas dos indivíduos. Sobre esta base se constitui todo o sistema de reações adquiridas, sendo estas determinadas mais pela estrutura do meio cultural da criança do que pelas disposições biológicas. Se é por meio do processo de apropriação da cultura que cada homem adquire as capacidades humanas, a compreensão atual acerca dos distúrbios de aprendizagem pode ser reconfigurada, demonstrando que mediações adequadas e consistentes podem ter caráter revolucionário para a aprendizagem, ao tornarem presente o talento cultural quando o talento biológico não se revela como esperado.

Trabalho e atividade: categorias de análise na psicologia histórico-cultural do desenvolvimento

Martins,Lígia Márcia; Eidt,Nádia Mara
Fonte: Departamento de Psicologia - Universidade Estadual de Maringá Publicador: Departamento de Psicologia - Universidade Estadual de Maringá
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2010 PT
Relevância na Pesquisa
106.18%
Este artigo é resultado de estudos teóricos e pretende apresentar algumas contribuições ao estudo da psicologia histórico-cultural do desenvolvimento, mais especificamente no que se refere à relação existente entre as categorias de trabalho e atividade. Estudos desta natureza são importantes para psicólogos, pedagogos e demais profissionais envolvidos direta ou indiretamente com a prática educativa, na busca por compreender o problema da periodização do desenvolvimento em uma perspectiva não naturalizante. Nesta direção, a categoria de atividade principal mostra-se central como força motriz do processo de desenvolvimento humano, portanto encontra-se estreitamente ligada ao lugar que cada indivíduo ocupa na sociedade de classes bem como às condições objetivas de sua existência material. O estudo do desenvolvimento coincide com o estudo da pessoa concreta, imersa numa trama de relações sociais e num sistema político e econômico; enfim, outra coisa não é senão o estudo da história objetivada em cada indivíduo particular.

Psicologia Histórico-Cultural e desenvolvimento da atenção voluntária: novo entendimento para o TDAH

Leite,Hilusca Alves; Tuleski,Silvana Calvo
Fonte: Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional (ABRAPEE) Publicador: Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional (ABRAPEE)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2011 PT
Relevância na Pesquisa
106.26%
Este artigo discute o desenvolvimento da atenção voluntária de acordo com a Psicologia Histórico-Cultural, tendo o intuito de possibilitar nova compreensão do Transtorno de Déficit de Atenção/Hiperatividade (TDAH). Compreensão esta que vai de encontro às concepções hegemônicas a respeito do problema, entendido como decorrente de desajustes no organismo do sujeito. Para o texto apresentado, primeiramente, foi feita uma exposição deste entendimento predominante sobre o assunto, destacando dados a respeito da venda de medicamentos para tratar casos de TDAH e problemas relacionados ao diagnóstico deste. Em seguida, apresenta-se a compreensão de desenvolvimento humano para a Psicologia Histórico-Cultural, dando ênfase ao desenvolvimento da atenção voluntária e às possibilidades de superação da concepção hegemônica sobre o TDAH que esta teoria apresenta. Conclui-se que a perspectiva teórica utilizada possibilita não apenas um novo olhar para os problemas de desatenção e comportamentos hiperativos, mas também novo planejamento de práticas capazes de promover o desenvolvimento da atenção.

A contribuição da psicologia histórico-cultural de Vigotski para formação de professores e educação escolar

Linhares, Renata
Fonte: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Educação (FE); Faculdade de Educação - FE (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Educação (FE); Faculdade de Educação - FE (RG)
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
96.44%
This thesis was elaborated in the post-graduation program in Education of the Federal University of Goiás and is related to the line of research Fundamentals of the educational processes. The present work investigates the contribution of the historic-cultural psychology to teacher training and to schooling education, inserted in a broader discussion on the relationship between psychology and education. In order to develop this work, we recovered the history of the relationship psychology-education in Brazil highlighting the possible contributions of psychology to teacher training. We utilized the work of several authors respected for their production on the history of psychology and education; amongst them we can cite Mitsuko A. M. Antunes and Dermeval Saviani. In order to understand the contributions of the historic-cultural psychology to the educational field, some works of Lev Semenovich Vigotski was analyzed searching for the fundaments of the historic-cultural psychology and schooling education. Such fundaments were systematized into categories, although they cannot be dissociated from the totality of the theory: learning and development; development of superior psychological functions, concept construction and the superiority of the scientific concepts over the everyday concepts. From the same perspective of systematizing vigotskian thought...

Sentidos do Respeito para Alunos: uma Análise na Perspectiva da Psicologia Histórico-Cultural

Barbosa,Eveline Tonelotto; Souza,Vera Lúcia Trevisan de
Fonte: Conselho Federal de Psicologia Publicador: Conselho Federal de Psicologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2015 PT
Relevância na Pesquisa
106.18%
Este artigo apresenta parte dos resultados de uma pesquisa cujo objetivo foi analisar os sentidos do respeito para alunos do 6° ano do ensino fundamental de uma escola pública estadual do interior de São Paulo, em que se utilizou como estratégias metodológicas a contação e produção de histórias. Trata-se, pois, de uma pesquisa-intervenção, que teve como aporte teórico-metodológico a Psicologia histórico-cultural, sobretudo o conceito de imaginação para Vigotski. Foram sujeitos da pesquisa três classes de alunos de 6º ano do ensino fundamental, com aproximadamente 30 alunos cada, com idades entre 12 e 13 anos. Realizaram-se 14 encontros com cada uma das classes, em que se desenvolveram atividades de contação de histórias seguidas de discussão, bem como de produção de histórias orais e escritas pelos alunos. As histórias envolviam temáticas de interesse dos grupos, escolhidas a partir de suas sugestões. Neste artigo, tomamos como fonte de informação apenas a produção escrita dos alunos sob a forma de histórias. Os resultados indicaram que existe uma contradição entre o investimento escolar para instituir o respeito por meio de suas regras e normas e a maneira como solucionar os problemas nas relações escolares...

A naturalização das queixas escolares em periódicos científicos: contribuições da Psicologia Histórico-Cultural

Leonardo,Nilza Sanches Tessaro; Leal,Záira Fátima de Rezende Gonzalez; Rossato,Solange Pereira Marques
Fonte: Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional (ABRAPEE) Publicador: Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional (ABRAPEE)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2015 PT
Relevância na Pesquisa
106.18%
Para o desenvolvimento deste estudo realizou-se, por meio de indexadores nacionais e internacionais, uma busca em periódicos científicos por artigos que tratassem da queixa/fracasso escolar (dificuldade de aprendizagem). Com o estudo objetivamos verificar as perspectivas teóricas e as concepções de queixa/fracasso escolar presentes nesses artigos. Os 77 artigos encontrados foram estruturados a partir de categorias e analisados do ponto de vista da Psicologia Histórico-Cultural. Os resultados revelaram que as concepções que embasam as reflexões sobre a queixa/fracasso escolar são centradas no indivíduo (67%), voltadas à questão institucional (9%), relacionadas à formação profissional (5%) e não centradas no indivíduo (19%). Quanto à perspectiva teórica, destaca-se uma perspectiva não crítica (65%). Enfatizamos que as produções científicas devem contribuir para desvelar a crença de que as crianças e adolescentes com dificuldades de aprendizagem são naturalmente fracassadas, e que é preciso refletir por que tantos estudos ainda têm como foco o insucesso escolar.

Contribuições da Psicologia Histórico-Cultural para a formação e atuação do psicólogo em contexto de Educação Inclusiva; Historical-cultural psychology contributions to the psychologist s professional training and practice in the context of inclusive education; Contributions de la psychologie historique-culturel pour la formation et performance du psychologue dans contexte d'éducation inclusive; Contribuciones de la Psicología Histórico-Cultural para la formación y actuación del psicólogo en contexto de Educación Inclusiva

Barroco, Sonia Mari Shima; Souza, Marilene Proença Rebello de
Fonte: Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo Publicador: Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
106.36%
Este texto objetiva discutir contribuições da Psicologia Histórico-Cultural para a formação e a atuação do psicólogo junto à educação, num contexto de Educação Inclusiva. Destacam-se os fundamentos e princípios da educação para pessoas com deficiência, bem como postulados da teoria de Vigotski referentes à formação e à atuação dos psicólogos. Considera-se que a perspectiva teórica elaborada pelo autor soviético contribui por: destacar a transitoriedade dos eventos e fenômenos; atrelar o mundo das ideias, valores e representações à vida objetiva e à prática social; relacionar propostas educacionais a um dado projeto de sociedade; defender a possibilidade do desvendamento da constituição social do psiquismo e da possível intervenção sobre a mesma; requisitar uma condição de desenvolvimento humano sobre o patamar do homem cultural e livre. Por fim, destaca-se o fato de que a Educação Inclusiva deve se referir ao processo de apropriação e usufruto das produções humanas mais complexas, elaboradas nas diferentes áreas da vida e do conhecimento.

Dos desafios para a psicologia histórico-cultural à reflexão sobre a pesquisa nas ciências humanas: entrevista com Pablo del Río; Challenges to the historical-cultural psychology to reflect on the research in the humanities: Interview with Pablo del Río

Rego, Teresa Cristina; Braga, Elizabeth dos Santos
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Educação Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Educação
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/06/2013 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
96.29%
O texto apresenta reflexões instigantes de Pablo del Río Pereda, renomado professor espanhol da Faculdade de Humanidades, Comunicação e Documentação da Universidade Carlos III de Madri, editor e revisor (em conjunto com Amelia Álvarez) da Coleção Obras Escogidas, de Lev Semienovitch Vigotski, e presidente da Fundación Infancia y Aprendizaje (FIA). Considerado um dos principais responsáveis pela divulgação dos trabalhos de Vigotski no mundo ocidental, Pablo del Río é muito respeitado no cenário acadêmico internacional pelo fato de ser um profundo conhecedor e intérprete da chamada psicologia histórico-cultural. Nessa linha, tem desenvolvido e coordenado importantes projetos de investigação em diversas universidades e instituições, como a Universidade Complutense de Madri (Grupo GOMEL), a Universidade de Salamanca (Centro Tecnológico de Diseño Cultural) e a própria Fundación Infancia y Aprendizaje. Atualmente dirige o Laboratorio de Investigación Cultural (LIC) e o Master Oficial Universitario en Investigación Aplicada a Medios de Comunicación. A entrevista foi realizada em agosto de 2012. Por um lado, o relato de Pablo del Río expressa a solidez de sua formação, sua erudição e sua experiência como investigador da psicologia; por outro...

Contribuições da Psicologia Histórico-Cultural para a formação e atuação do psicólogo em contexto de Educação Inclusiva; Contribuciones de la Psicología Histórico-Cultural para la formación y actuación del psicólogo en contexto de Educación Inclusiva; Historical-cultural psychology contributions to the psychologist’s professional training and practice in the context of inclusive education; Contributions de la psychologie historique-culturel pour la formation et performance du psychologue dans contexte d'éducation inclusive

Barroco, Sonia Mari Shima; Souza, Marilene Proença Rebello de
Fonte: Universidade de São Paulo. Instituto de Psicologia Publicador: Universidade de São Paulo. Instituto de Psicologia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/03/2012 POR
Relevância na Pesquisa
106.4%
Este texto objetiva discutir contribuciones de la Psicología Histórico-Cultural para la formación y la actuación del psicólogo junto a la educación, en un contexto de Educación Inclusiva. Se destacan los fundamentos y principios de la educación para personas con deficiencia, así como postulados de la teoría de Vigotski referentes a la formación y a la actuación de los psicólogos. Se considera que la perspectiva teórica elaborada por el autor soviético contribui por: destacar la transitoriedad de los eventos y fenómenos; atrelar el mundo de las ideas, valores y representaciones a la vida objetiva y a la práctica social; relacionar propuestas educacionales a un determinado proyecto de sociedad; defender la posibilidad del desvendamiento de la constitución social del psiquismo y de la posible intervención sobre la misma; requisitar una condición de desarrollo humano sobre el patamar del hombre cultural y libre. Por fin, se destaca el hecho de que la Educación Inclusiva debe se referir al proceso de apropiación y usufruto de las producciones humanas más complejas, elaboradas en las diferentes áreas de la vida y del conocimiento.; Este texto objetiva discutir contribuições da Psicologia Histórico-Cultural para a formação e a atuação do psicólogo junto à educação...

A saúde na escola: da medicalização à perspectiva da psicologia histórico-cultural

Spazziani, Maria de Lourdes
Fonte: ETD - Educação Temática Digital Publicador: ETD - Educação Temática Digital
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; bibliográfica Formato: application/pdf
Publicado em 27/11/2008 POR
Relevância na Pesquisa
96.32%
Este trabalho analisa os fundamentos das práticas pedagógicas da saúde na escola por meio do discurso do processo de medicalização da sociedade apresentado por Foucault, a partir da instauração da medicina moderna. A análise dos programas curriculares apresentados na literatura, no decorrer do século XX revelam que os pressupostos medicalizantes ecoam nas inúmeras propostas curriculares, quer seja àquelas relacionadas ao escolanovismo, à teoria da privação cultural, às propostas democráticas da década de 80, ou àquelas recentemente apresentadas nos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN). O estudo conclui pela necessidade de rever os fundamentos das práticas pedagógicas da saúde a partir dos pressupostos da psicologia histórico-cultural para o desenvolvimento do aprendizado, que mais do que reorganizar os conteúdos do ensino, propõe os saberes escolares como um processo que requer uma elaboração que envolva a transformação dos modos de conceituar do aluno no sentido do conhecimento sistematizado, através das relações interpessoais, das trocas dialógicas sobre objetos ou fenômenos em que o conhecimento sistematizado está intimamente inter-relacionado ao conhecimento do cotidiano. Palavras-chave Medicalização; Práticas pedagógicas; Propostas curriculares; Psicologia histórico-cultural; Conceitos científicos e cotidianos Abstract This work analyzes the practical beddings of the pedagogical ones of the health in the school by means of the speech of the process of medicalização of the society presented for Foucault...