Página 1 dos resultados de 2213 itens digitais encontrados em 0.008 segundos

Psicologia Educacional ou Escolar? Eis a questão; Educational Psychology or School Psychology? That is the question; ¿Psicología de la Educación o Psicología Escolar? Esa es la cuestión

Barbosa, Deborah Rosária; Souza, Marilene Proença Rebello de
Fonte: Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional (ABRAPEE) Publicador: Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional (ABRAPEE)
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
76.57%
Este artigo apresenta alguns dados oriundos da tese de doutorado sobre a história do campo de conhecimento e prática da Psicologia em sua relação com a Educação no Brasil. Este estudo foi conduzido baseado no fundamento epistêmico-filosófico do materialismo histórico dialético e na nova história, utilizando fontes bibliográficas históricas e cinco relatos orais de personagens da Psicologia Educacional e Escolar. Os depoimentos e o material das fontes escritas constituíram o corpus documental cuja organização seguiu a metodologia da história oral e historiografia plural. Foi realizada análise descritivo-analítica compreendida em duas etapas: a) análise documental (fontes não orais) e b) construção de indicadores e núcleos de significação dos registros orais. A partir das análises, compôs-se uma periodização da história da Psicologia Educacional e Escolar brasileira por meio de marcos históricos da área. No presente artigo destaca-se a discussão acerca da conceituação e terminologias utilizadas pela Psicologia Educacional e Escolar ao longo do tempo e de como essas mudanças nas nomenclaturas da área refletem questões epistemológicas, ideológicas e políticas.

Contribuições para a construção da historiografia da Psicologia educacional e escolar no Brasil; Contributions for the development of the historiography of educational and school Psychology in Brazil; Contribuciones para la construcción de la historiografía de la Psicología educacional y escolar en el Brasil

Barbosa, Deborah Rosária
Fonte: Conselho Federal de Psicologia Publicador: Conselho Federal de Psicologia
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
76.59%
Este artigo apresenta alguns dados sobre a história do campo de conhecimento e prática da Psicologia em sua relação com a educação no Brasil. Este estudo foi conduzido baseado no fundamento epistêmico-filosófico do materialismo histórico dialético e na nova história, utilizando fontes bibliográficas históricas e cinco relatos orais de personagens da Psicologia educacional e escolar. Os depoimentos e o material das fontes escritas constituíram o corpus documental, cuja organização seguiu a metodologia da história oral e da historiografia plural. Foi realizada análise descritivo-analítica compreendida em duas etapas: a) análise documental (fontes não orais) e b) construção de indicadores e núcleos de significação dos registros orais. A partir das análises, compôs-se uma periodização da história da Psicologia educacional e escolar brasileira por meio de marcos históricos que compreendeu as fases: 1) colonização, saberes psicológicos e educação (1500-1906), 2) a Psicologia em outros campos de conhecimento (1906-1930), 3) desenvolvimentismo - a Escola Nova e os psicologistas na educação (1930-1962), 4) A Psicologia educacional e a Psicologia do escolar (1962-1981), 5) o período da crítica (1981-1990)...

Psicologia educacional : a vez e a voz dos acadêmicos de pedagogia das universidades estaduais do Paraná; Educational psychology : chances and voices of pedagogy students in government universities of the state of Paraná, Brazil

Paini, Leonor Dias
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 30/11/2006 PT
Relevância na Pesquisa
66.47%
Este trabalho de pesquisa foi elaborado com o objetivo de compreender o papel da disciplina de Psicologia da Educação na formação do educador, na perspectiva dos acadêmicos de cursos de Pedagogia. Buscou subsídios que colaborassem para entender o desempenho dessa disciplina na formação dos educadores que irão atuar no ensino básico. A pesquisa, qualitativa e de caráter teórico-prático, procurou contextualizar o objeto desse estudo. O procedimento metodológico utilizado para obtenção de dados constou de um questionário individual, aplicado a 425 acadêmicos-formandos do curso de Pedagogia de cinco universidades estaduais do Estado do Paraná. Além disso, foi trabalhada a técnica de grupo focal com alguns alunos sujeitos da pesquisa, para esclarecer alguns dados. Esse procedimento possibilitou compreender a relevância e as controvérsias que norteiam essa área. A literatura sobre a formação de professores deixou implícita as múltiplas facetas nesse campo e concluiu que não há consenso nesta área, havendo necessidade de se redimensioná-la. Inclusive, foram pesquisadas as temáticas veiculadas na área de Psicologia da Educação em contraste com os conteúdos programáticos da disciplina de Psicologia da Educação. Concluiu-se que temas como: ?Os processos de desenvolvimento e aprendizagem? e ?O desenvolvimento do psiquismo? acompanharam a Psicologia da Educação...

Estudos para uma história da psicologia educacional e escolar no Brasil; Studies for a history of educational and school psychology in Brazil

Barbosa, Deborah Rosaria
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 18/04/2011 PT
Relevância na Pesquisa
66.61%
Embora a história da Psicologia atualmente seja um fértil campo de produção, ainda são poucos os trabalhos com registros de personagens que viveram esta história e que podem, a partir de seus testemunhos, contribuir para a escrita da mesma. Neste sentido, esta investigação, conduzida com base nos pressupostos da Nova História, teve como objetivo contribuir para a reconstrução da história da constituição do campo de estudo e atuação em Psicologia Educacional e Escolar no Brasil, por meio de depoimentos orais e outras fontes historiográficas. Investigou-se como este campo de conhecimento e prática foi se construindo em nosso solo, especialmente a partir dos anos 1930. Como objetivos específicos, procurou-se identificar as transformações do papel do psicólogo no campo educativo e compreender como ocorreu a inserção desse profissional nos contextos educacionais. Para tanto, a pesquisa construiu um corpus documental composto por fontes historiográficas sobre o tema e depoimentos orais. Foram depoentes cinco personagens pioneiros ou protagonistas da área de Psicologia Educacional e Escolar no Brasil. Definiu-se como pioneiros os primeiros a contribuir para um determinado campo de atuação e como protagonistas, aqueles que colaboraram como personagens ativos num determinado momento histórico da área. Os depoentes também foram escolhidos por terem: a) realizado publicações expressivas na área; b) atuado na área; c) sido docentes e/ou c) participado de órgãos/instituições da área. Os depoentes foram: Samuel Pfromm Netto...

Psicologia e educação a distância : uma revisão bibliográfica; Psychology and distance education : a literature review; Psicología Y educación a distancia : una revisión de la literatura

França, Cristineide Leandro; Matta, Karen Weizenmann da; Alves, Elioenai Dornelles
Fonte: Conselho Federal de Psicologia Publicador: Conselho Federal de Psicologia
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
56.49%
O presente estudo investigou as contribuições da Psicologia para a educação a distância – EAD. Para isso, realizou-se revisão bibliográfica de publicações nacionais, entre 1999 e 2009, nas bases de dados SciELO, Lilacs, PsycINFO, BVS e Google Acadêmico. Foram selecionados 69 estudos, dos quais se excluíram 15, por não serem compatíveis com a pesquisa. Os resultados evidenciaram nove eixos temáticos: (1) tecnologia educacional a distância com fundamentos psicológicos, (2) afeição, (3) papel do tutor/professor, (4) teorias psicológicas, (5) interatividade, (6) evasão, (7) relatos de experiências, (8) avaliação de treinamento, desenvolvimento e educação a distância e (9) outros. Os temas tecnologia educacional a distância com fundamentos psicológicos e afeição obtiveram maior frequência nas publicações. Neste estudo, registrou-se, também, que, embora em ascensão desde 2006, os anos de maiores publicações da Psicologia na educação a distância foram 2008 e 2009. Sugere-se que estudos futuros ampliem esta pesquisa para incluir bases de dados internacionais. ______________________________________________________________________________________________________________ ABSTRACT; This study investigated the contributions of Psychology to Distance Learning. A literature review of national publications between 1999 to 2009 was made in the electronic databases SciELO...

Educação, diferença e psicologia

Gaitas, Sérgio Miguel Protásio; Morgado, José
Fonte: Instituto Superior de Psicologia Aplicada Publicador: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
66.39%
Os modelos orientadores da intervenção do psicólogo educacional sugerem uma multiplicidade de oportunidades/opções que cada profissional terá que fazer. A investigação tem sugerido que a aprendizagem cooperativa conduz todos os alunos a uma melhor eficácia na aprendizagem. Apesar de muitos psicólogos ainda adoptarem uma perspectiva de intervenção individual, o objectivo deste ensaio é discutir as diferentes abordagens através dos quais a intervenção do psicólogo educacional cria e sustenta modelos de educação inclusiva. Este ensaio tem por base a convicção de Vigotsky de que todas as crianças, independentemente das suas necessidades, devem ter direito a frequentar a escola de ensino regular. Iniciando com a análise de três eixos essenciais: inclusão, necessidades educativas especiais e psicologia; termina com algumas sugestões que ajudam a definir o modo como a psicologia educacional pode contribuir para o sucesso de todos os alunos no ensino regular. ABSTRACT The models guiding the intervention of the educational psychologist suggest a multiplicity of opportunities / options that each professional will have to take. Research has long suggested that learning together leads all students to better results (e.g....

Educação, diferença e psicologia

Gaitas, Sérgio; ISPA-Instituto Universitário; Morgado, José; ISPA – Instituto Universitário
Fonte: ISPA - Instituto Universitário Publicador: ISPA - Instituto Universitário
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em 23/11/2012 POR
Relevância na Pesquisa
56.36%
Os modelos orientadores da intervenção do psicólogo educacional sugerem uma multiplicidade de oportunidades/opções que cada profissional terá que fazer. A investigação tem sugerido que a aprendizagem cooperativa conduz todos os alunos a uma melhor eficácia na aprendizagem. Apesar de muitos psicólogos ainda adoptarem uma perspectiva de intervenção individual, o objectivo deste ensaio é discutir as diferentes abordagens através dos quais a intervenção do psicólogo educacional cria e sustenta modelos de educação inclusiva. Este ensaio tem por base a convicção de Vigotsky de que todas as crianças, independentemente das suas necessidades, devem ter direito a frequentar a escola de ensino regular. Iniciando com a análise de três eixos essenciais: inclusão, necessidades educativas especiais e psicologia; termina com algumas sugestões que ajudam a definir o modo como a psicologia educacional pode contribuir para o sucesso de todos os alunos no ensino regular.

A psicologia educacional e a formação de professores: tendências contemporâneas

Bzuneck,José Aloyseo
Fonte: Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional (ABRAPEE) Publicador: Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional (ABRAPEE)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1999 PT
Relevância na Pesquisa
76.4%
A Psicologia Educacional é uma das disciplinas da formação acadêmica dos professores, mas é também uma área de pesquisa com implicações para a aprendizagem e o ensino. Ela apresenta um meio para compreensão da complexa tarefa educacional no contexto da sala de aula e sociocultural. Os professores precisam ter uma perspectiva psicológica útil para poderem fazer o melhor em seu trabalho.

Psicologia educacional nos cursos de licenciatura: a motivação dos estudantes

Guimarães,Sueli Édi Rufini; Bzuneck,José Aloyseo; Sanches,Samuel Fabre
Fonte: Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional (ABRAPEE) Publicador: Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional (ABRAPEE)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2002 PT
Relevância na Pesquisa
56.36%
Estudo de natureza exploratória, investigou as orientações motivacionais e o envolvimento na disciplina Psicologia Educacional de 246 alunos de cursos de licenciatura da Universidade Estadual de Londrina. Foram administradas a todos os participantes escalas de avaliação da motivação intrínseca e extrínseca (Work Preference Inventory) e do esforço alegado na disciplina. Os participantes também responderam a um questionário referente aos dados demográficos e à intenção de atuar no ensino. Análises de variância e estudos correlacionais revelaram diferenças significativas entre as medidas empregadas e as variáveis demográficas investigadas. Os resultados são discutidos em termos de sua contribuição para compreensão aprofundada dos padrões motivacionais dos estudantes e para a melhoria do ensino da disciplina Psicologia educacional em cursos de formação de professores.

O adolescente com transtorno de conduta: um estudo filosófico no âmbito da psicologia educacional e esportiva

Codea,Janaina de Souza Marinho Teles; Beresford,Heron
Fonte: Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional (ABRAPEE) Publicador: Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional (ABRAPEE)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2004 PT
Relevância na Pesquisa
56.48%
O valor de uma intervenção da psicologia escolar/educacional e esportiva junto ao adolescente com transtorno de conduta social, sob o ponto de vista moral e existencial, surgiu da necessidade de uma proposta educacional de cunho psicológico, para tal indivíduo. O presente estudo visou estabelecer uma fundamentação filosófica de natureza fenomenológica e axiológica existencial transubjetiva como referência para uma intervenção positiva da psicologia escolar/educacional e esportiva, por meio de atividades físicas, junto ao indivíduo em questão. Buscou também compreensões fenomenológica e axiológica do adolescente com o transtorno citado e uma ordenação axiológica relacionando tais compreensões à atividade física. A metodologia utilizada foi o método fenomenológico com suas três etapas, substituindo-se a terceira pela ordenação axiológica. Os resultados permitiram verificar que a fundamentação filosófica evidenciada adequou-se como referência para uma intervenção positiva da psicologia escolar/educacional e esportiva na vida do adolescente com transtorno de conduta social.

La psicología educacional y el sistema de educación en Cuba

Arias Beatón,Guillermo
Fonte: Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional (ABRAPEE) Publicador: Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional (ABRAPEE)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2009 ES
Relevância na Pesquisa
66.38%
Este trabajo incluye un análisis del papel de la Psicología Educacional en el desarrollo y organización del Sistema Nacional de Educación cubano. Se mostrará la evolución del pensamiento filosófico, psicológico y pedagógico desde el siglo XVIII hasta nuestros días y cómo se ha enriquecido con el debate que exige la necesidad de una aplicación práctica de los contenidos teóricos y de las investigaciones empíricas en el perfeccionamiento de la Educación de un pueblo, impulsados por la concepción de que las personas pueden y deben apropiarse de los contenidos de la educación, como condición para promover el desarrollo sostenido de un proyecto social y cultural revolucionario. La necesidad de realizar estudios y sistematizaciones críticas de los contenidos teóricos, metodológicos y empíricos de toda la psicología, para construir un sistema de Educación que garantice la calidad necesaria para que se logre el aprendizaje de todos los escolares con su diversidad. La importancia que tiene para una lucha contra el colonialismo cultural, que la psicología y los psicólogos, en conjunto con las demás ciencias afines a la Educación, participen en el debate científico y técnico y de base a las políticas públicas sobre la Educación y cómo...

Psicologia da Educação: uma disciplina em crise no pós-construtivismo

Bezerra,Giovani Ferreira; Araujo,Doracina Aparecida de Castro
Fonte: Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional (ABRAPEE) Publicador: Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional (ABRAPEE)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2012 PT
Relevância na Pesquisa
56.39%
Este ensaio discute a existência de uma crise epistemológica recente na Psicologia da Educação, defendendo a ideia de que o descrédito atual quanto ao paradigma construtivista-cognitivista, de inspiração piagetiana, provocou, no meio educacional, uma reação negativa às contribuições da Psicologia da Educação para a práxis pedagógica e para a formação docente. Em contrapartida, sugere-se a busca por novos fundamentos epistemológicos, que devolvam a esta disciplina seu status científico, de uma perspectiva crítica, reflexiva e emancipadora. Para tanto, a abordagem da Psicologia Histórico-Cultural é apresentada como uma referência básica para se (re)pensar e ensinar, hoje, Psicologia da Educação.

Psicologia Educacional ou Escolar? Eis a questão

Barbosa,Deborah Rosária; Souza,Marilene Proença Rebello de
Fonte: Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional (ABRAPEE) Publicador: Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional (ABRAPEE)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2012 PT
Relevância na Pesquisa
76.52%
Este artigo apresenta alguns dados oriundos da tese de doutorado sobre a história do campo de conhecimento e prática da Psicologia em sua relação com a Educação no Brasil. Este estudo foi conduzido baseado no fundamento epistêmico-filosófico do materialismo histórico dialético e na nova história, utilizando fontes bibliográficas históricas e cinco relatos orais de personagens da Psicologia Educacional e Escolar. Os depoimentos e o material das fontes escritas constituíram o corpus documental cuja organização seguiu a metodologia da história oral e historiografia plural. Foi realizada análise descritivo-analítica compreendida em duas etapas: a) análise documental (fontes não orais) e b) construção de indicadores e núcleos de significação dos registros orais. A partir das análises, compôs-se uma periodização da história da Psicologia Educacional e Escolar brasileira por meio de marcos históricos da área. No presente artigo destaca-se a discussão acerca da conceituação e terminologias utilizadas pela Psicologia Educacional e Escolar ao longo do tempo e de como essas mudanças nas nomenclaturas da área refletem questões epistemológicas, ideológicas e políticas.

Contribuições para a construção da historiografia da Psicologia educacional e escolar no Brasil

Barbosa,Deborah Rosária
Fonte: Conselho Federal de Psicologia Publicador: Conselho Federal de Psicologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2012 PT
Relevância na Pesquisa
76.54%
Este artigo apresenta alguns dados sobre a história do campo de conhecimento e prática da Psicologia em sua relação com a educação no Brasil. Este estudo foi conduzido baseado no fundamento epistêmico-filosófico do materialismo histórico dialético e na nova história, utilizando fontes bibliográficas históricas e cinco relatos orais de personagens da Psicologia educacional e escolar. Os depoimentos e o material das fontes escritas constituíram o corpus documental, cuja organização seguiu a metodologia da história oral e da historiografia plural. Foi realizada análise descritivo-analítica compreendida em duas etapas: a) análise documental (fontes não orais) e b) construção de indicadores e núcleos de significação dos registros orais. A partir das análises, compôs-se uma periodização da história da Psicologia educacional e escolar brasileira por meio de marcos históricos que compreendeu as fases: 1) colonização, saberes psicológicos e educação (1500-1906), 2) a Psicologia em outros campos de conhecimento (1906-1930), 3) desenvolvimentismo - a Escola Nova e os psicologistas na educação (1930-1962), 4) A Psicologia educacional e a Psicologia do escolar (1962-1981), 5) o período da crítica (1981-1990)...

Psicologia educacional e escolar: inspirando ideias para a formação continuada de educadores por meio da arte

Pessoa, Camila Turati
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
66.53%
Nesta dissertação buscamos entender como a Psicologia Educacional e Escolar, juntamente com a Arte, pode contribuir para a formação continuada de educadores. Sabemos que o trabalho em Educação requer a todo o momento partilhar e pensar conjuntamente práticas abrangendo todos os profissionais destes contextos.Além da atuação no cotidiano da escola, é preciso pensar-se também nos referenciais teóricos que sustentam estas ações de modo que possam integrar-se efetivamente às atividades educacionais. Considerando esta articulação entre teoria e prática e oferecendo espaços para que educadores possam compartilhar e estudar sobre aspectos que envolvem seus fazeres, oferecemos uma proposta de formação continuada, em grupo, buscando contribuir com o desenvolvimento do educador nos aspectos cognitivos, afetivos, sociais e estéticos. Escolhemos a Arte para ser nosso mote por considerarmos que ela, em suas diferentes linguagens, instiga de forma diferenciada o desenvolvimento das funções psíquicas superiores e também amplia o repertório cultural dos sujeitos, além de trabalhar a expressividade, criatividade e outros aspectos imprescindíveis para a função docente. Além disto, para que o profissional consiga propor atividades diferenciadas em sala de aula...

La práctica profesional como escenario de construcción del conocimiento y quehacer profesional del psicólogo educacional; Sistematización de una experiencia.

Abarca Carrazana, Pablo; Espinoza Zuñiga, Claudia
Fonte: Universidad de Chile Publicador: Universidad de Chile
Tipo: Tesis
ES
Relevância na Pesquisa
56.4%
Memoria para optar al Título de Psicólogos; Una característica que define a la psicología educacional es la multiplicidad de demandas y expectativas que se ponen en la figura de psicólogos y psicólogas que se desempeñan en este ámbito. El quehacer de estos profesionales está también atravesado por una variedad de enfoques de intervención, y por diversas exigencias propias del sistema educacional chileno, que demandan intervención individual, grupal e institucional. A este marco general deben incorporarse los psicólogos recién egresados que inician sus prácticas en psicología educacional. Sin embargo, en éstos casos se agrega una nueva complejidad: la del proceso de profesionalización. Es por esto que, para el desarrollo del presente documento, se define como eje central la pregunta acerca de cómo se configura el quehacer profesional del psicólogo en su primera experiencia profesional. Para responder a esta pregunta, se desarrolla una sistematización de la práctica profesional de los autores, desde una propuesta narrativa y vivencial, siendo posible identificar los momentos centrales de la experiencia, así como elementos relevantes para poder comprender la configuración del quehacer profesional del psicólogo educacional en la práctica. Las principales conclusiones apuntan a reflexionar en torno al ejercicio profesional desarrollado y a la configuración del conocimiento y la práctica profesional...

Exploraciones en psicología educacional: escenas y configuraciones de la autoridad en contextos de enseñanza y aprendizaje

Greco,M. Beatriz
Fonte: Anuario de investigaciones Publicador: Anuario de investigaciones
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2013 ES
Relevância na Pesquisa
66.36%
Este artículo propone situarse en el campo de la psicología educacional a fin de analizar escenas y configuraciones de la autoridad en contextos de enseñanza y aprendizaje. En esta perspectiva de análisis se combina la lectura crítica de la filosofía de la emancipación, particularmente de Jacques Rancière y de sus categorías conceptuales para explorar y analizar fenómenos educativos concretos, a partir de la construcción de "escenas" que adquieren visibilidad mediante el "uso" de las herramientas teóricas que provee el pensamiento de dicho autor. El "anudamiento inédito entre universal y particulares", la "interrupción de un orden sucesivo de causas y efectos naturalizados", la "producción de nuevos significados y de lo sensible en un sentido igualitario", creando "un mundo dentro de otro mundo" hace trabajar a la psicología educacional en torno a una autoridad que guarda la asimetría que la caracteriza aunque sosteniendo con firmeza la igualdad como principio.

Educação, diferença e psicologia

Gaitas,Sérgio; Morgado,José
Fonte: Instituto Superior de Psicologia Aplicada Publicador: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2010 PT
Relevância na Pesquisa
66.39%
Os modelos orientadores da intervenção do psicólogo educacional sugerem uma multiplicidade de oportunidades/opções que cada profissional terá que fazer. A investigação tem sugerido que a aprendizagem cooperativa conduz todos os alunos a uma melhor eficácia na aprendizagem. Apesar de muitos psicólogos ainda adoptarem uma perspectiva de intervenção individual, o objectivo deste ensaio é discutir as diferentes abordagens através dos quais a intervenção do psicólogo educacional cria e sustenta modelos de educação inclusiva. Este ensaio tem por base a convicção de Vigotsky de que todas as crianças, independentemente das suas necessidades, devem ter direito a frequentar a escola de ensino regular. Iniciando com a análise de três eixos essenciais: inclusão, necessidades educativas especiais e psicologia; termina com algumas sugestões que ajudam a definir o modo como a psicologia educacional pode contribuir para o sucesso de todos os alunos no ensino regular.

A psicologia escolar e o ensino de psicologia: dilemas e perspectivasEducational psychology and the teaching of psychology: dilemmas and perspectives

Souza, Marilene Proença Rebello de
Fonte: ETD - Educação Temática Digital Publicador: ETD - Educação Temática Digital
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Avaliado pelos pares; bibliográfica Formato: application/pdf
Publicado em 03/12/2008 POR
Relevância na Pesquisa
56.5%
Este texto tem como objetivo apresentar e discutir algumas questões relativas à área de Psicologia Escolar e Educacional e sua interface tanto com a atuação do psicólogo na educação, quanto com a docência no Ensino Médio, por meio da disciplina Psicologia. A partir das críticas iniciadas na área da Psicologia Escolar nos anos 1980, considerou-se fundamental compreender as dimensões históricas e sociais da constituição do sujeito psicológico. Essa concepção tem norteado as ações do psicólogo no campo do ensino de psicologia, construindo novas referências nesta área. Palavras-chave Psicologia; Ensino de psicologia; Educação; Psicologia escolar; Psicologia educacional Abstract This text aims at presenting and discussing some issues concerning the area of Educational Psychology and its interaction either with the psychologist in education, or with teaching it high school. From the critics raised in the Psychology area during the 1980s, it was considered fundamental to comprehend the historical and social dimensions of the psychological subject’s constitution. This conception has guided the actions of the psychologist in the field of teaching psychology, building new references in this area. Keywords Psychology; Teaching psychology; Education; School psychology; Educational psychology

AS INTERFACES HISTÓRICAS ENTRE PSICOLOGIA E EDUCAÇÃO

Paini, Leonor Dias; Rosin, Sheila Maria; Cambaúva, Lenita Gama
Fonte: Revista HISTEDBR On-line Publicador: Revista HISTEDBR On-line
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 23/08/2012 POR
Relevância na Pesquisa
56.41%
Esta pesquisa apresenta o estudo do desenvolvimento do histórico da Psicologia eEducação, a fim de compreender a sua identidade e ressaltar as diferentes temáticas eenfoques que constitui esse campo de conhecimento. O procedimento teóricometodológicoprivilegia a compreensão da relação entre Psicologia e Educação, a qual nãopode prescindir de uma contextualização dos aspectos históricos, políticos, econômicos esociais. Os resultados deste estudo mostram que, em diferentes momentos históricos,concebe-se a condição humana, o sentir e o agir de uma maneira diferenciada. Com oacelerado desenvolvimento tecnológico, redimensionam-se as relações sociais deprodução. E, mais uma vez, a Psicologia e a Educação vêm sendo chamadas a entender astramas nas relações sociais vigentes na humanidade. Como reflexo desse quadrosituacional, o campo disciplinar da Psicologia Educacional passa por uma crise deidentidade, pois ora pertence à educação, ora à psicologia. Somado a isso, incorporam-se eavolumam-se inúmeras temáticas. Todavia, duas linhas caracterizam o seu percursohistórico: o desenvolvimento do psiquismo humano e os problemas de aprendizagem. Aliteratura consultada constata a relevância da Psicologia Educacional pela sua contribuiçãopara embasar e subsidiar a prática pedagógica/escolar.