Página 1 dos resultados de 13 itens digitais encontrados em 0.000 segundos

Analysis of the distribution of endemic and rare arthropods in high endemism areas of Algarve-South Portugal

Gama, Maria Manuela da; Sousa, José Paulo; Ferreira, Cristina Seabra; Barrocas, Helena Maria
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: aplication/PDF
ENG
Relevância na Pesquisa
16.9%
The study of several arthropod groups in high endemism areas (HEA) of Algarve, the Southernmost province of Portugal, has revealed endemic species and species not yet recorded for the Portuguese fauna. The list includes 3 species of Isopoda endemic to Algarve, to Portugal or to the Iberian Peninsula, 2 species new to Portugal and 2 species new to the Iberian Peninsula; 2 species of Pseudoscorpiones not yet cited to Portugal; 11 species of Pauropoda new to Portugal, including one new species probably endemic; 15 species of Collembola endemic to the Portuguese or to the Iberian Peninsula faunas (Gama et al. 1997) and 37 species and 5 subspecies of Staphylinidae endemic to Algarve.; http://www.sciencedirect.com/science/article/B7CW5-4DS311D-17/1/b18a9074bb51b34ba625db02ded56187

Distribuição dos pseudoescorpiões cavernícolas brasileiros: há influência da litologia?; Distribution of Brazilian cave-dwelling pseudoscorpions: is there influence of lithology?

Schimonsky, Diego Monteiro Von
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/05/2014 PT
Relevância na Pesquisa
28.22%
A ordem Pseudoscorpiones possui 3.800 espécies ao redor do globo e contribuem com grande parte da diversidade dentre os Arachnida. Apresentam tamanho reduzido, hábitos criptobióticos e podem ocorrer em diversos hábitats, inclusive em cavernas, as quais ocorrem nas mais diferentes litologias, como calcário, arenito, quartzito, gnaisse, minério de ferro, entre outras. Essas litologias encontram-se espalhadas pelo território nacional nas mais diversas áreas cársticas. Nas cavernas, os pseudoescorpiões são encontrados em diferentes tipos de substratos, os quais podem ser orgânicos (guano, folhiço, troncos) ou inorgânicos (rocha, substrato inconsolidado). No Brasil há 167 espécies descritas em 14 famílias, das quais nove podem ser encontradas no meio hipógeo, com 28 espécies. Desta maneira, levantamos as seguintes questões: 1. Há influência da litologia na distribuição deste táxon no Brasil? 2. Há preferência destes por substratos específicos no habitat hipógeo? 3. Há famílias que são restritas a áreas específicas do país? Para responder essas questões, realizamos um levantamento da fauna pseudoescorpiônica nas cavernas brasileiras e mapeamos a distribuição destes, utilizando dados presentes na literatura e novos levantamentos realizados em diferentes áreas do país. Categorizamos os substratos...

Invertebrados de cavernas do Distrito Federal : diversidade, distribuição temporal e espacial

Silva, Franciane Jordão da
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
POR
Relevância na Pesquisa
16.9%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Departamento de Ecologia, 2006.; Há 4.153 cavidades naturais subterrâneas registradas no Brasil. Apesar disso há escassez de informações sobre os invertebrados da maioria das cavernas devido à enorme carência de especialistas. No Distrito Federal, este é o primeiro trabalho com abordagem ecológica de três cavernas calcárias, que futuramente poderá ser comparado a outros estudos realizados em diferentes regiões do Brasil, para subsidiar políticas de conservação das áreas cársticas brasileiras. Este estudo foi desenvolvido em três cavidades naturais subterrâneas localizadas dentro dos limites da Área de Proteção Ambiental de Cafuringa (15o30’ e 15o40’ S e 47o50’ e 48o12’ W), Brasília, Distrito Federal. A Gruta Sal/Fenda II e a Gruta Labirinto da Lama estão situadas nas Fazendas Santa Sara e Portal dos Angicos, respectivamente (Brazlândia – DF) e a Gruta dos Morcegos em área de mineração da fábrica de cimento Tocantins – Votorantim, Fercal – DF. Esta tese compreende três capítulos que incluem estudos sobre os invertebrados das cavernas já citadas com abordagens ecológicas e conservacionistas. O primeiro capítulo trata da análise da distribuição temporal e espacial de invertebrados cavernícolas durante 13 meses na Gruta Labirinto da Lama. O segundo compara a fauna de invertebrados das três grutas analisando a riqueza e a abundância de morfoespécies na tentativa de identificar os fatores responsáveis pela estruturação das comunidades dessas cavernas e...

Pseudoscorpionida (Arachnida) em galerias de colônias de Passalidae (Coleoptera, Insecta) em troncos caídos em floresta de terra firme da Amazônia, Brasil

Aguiar,Nair Otaviano; Bührnheim,Paulo Friedrich
Fonte: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia Publicador: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2011 PT
Relevância na Pesquisa
16.9%
Em sete municípios do Amazonas, um de Rondônia e um de Roraima, foram examinadas 71 colônias de 24 espécies de Passalidae (Coleoptera), pertencentes aos gêneros: Passalus Fabricius, 1792 (14 espécies); Paxillus Mac Leay, 1819 (três); Popilius Kaup, 1871 (três); Spasalus Kaup, 1869 (uma); Verres Kaup, 1871 (uma); Veturius Kaup, 1871 (duas). Foram registradas doze espécies de pseudoscorpiões, incluindo nove gêneros e cinco famílias, listadas a seguir: Chernetidae - Americhernes aff. incertus Mahnert, 1979, Cordylochernes scorpioides (Linnaeus 1758), Lustrochenes similis (Balzan 1892), L. aff. reimoseri Beier, 1932, L. intermedius (Balzan 1892), Phymatochernes crassimanus Mahnert 1979; Chthoniidae - Pseudochthonius homodentatus Chamberlin, 1929; Lechytiidae - Lechytia chthoniiformis (Balzan 1887); Tridenchthoniidae - Tridenchthonius mexicanus Chamberlin & Chamberlin 1945; Withiidae - Cacodemonius sp., Dolichowithius (D.) emigrans (Tullgren 1907), D. (D.) mediofasciatus Mahnert, 1979. Dentre as espécies mais freqüentes (T. mexicanus, L. intermedius e L. aff. reimoseri), ocorreram todos os estágios de desenvolvimento. Foram coletadas de uma a três espécies de pseudoscorpiões em cada colônia individual de besouros passalídeos. T. mexicanus foi a única espécie encontrada em todos os municípios...

Indicadores de qualidade de solos de área de mineração e metalurgia de chumbo: II - Mesofauna e plantas

Barros,Yara Jurema; Melo,Vander de Freitas; Sautter,Klaus Dieter; Buschle,Brenda; Oliveira,Edilson Batista de; Azevedo,Júlio César Rodrigues de; Souza,Luiz Cláudio de Paula; Kummer,Larissa
Fonte: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo Publicador: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2010 PT
Relevância na Pesquisa
16.9%
A influência do manejo ou a adição de contaminante ao solo, normalmente, induz uma resposta mais rápida sobre a mesofauna do solo do que em outros atributos pedológicos, o que torna esses organismos bons indicadores de qualidade ambiental. Os objetivos deste trabalho foram identificar e quantificar os grupos de organismos da mesofauna dos solos e determinar os teores de Pb e Zn de plantas da área de mineração e metalurgia de Pb, no município de Adrianópolis (PR), de modo que fossem gerados indicadores biológicos da qualidade desses solos. Os solos selecionados apresentaram as seguintes características em relação às formas de contaminação: solo 1 - referência (mata nativa); solo 2 - resíduos incorporados ao perfil; solos 3 e 6 - próximos às chaminés da fábrica, com potencial de aporte de material particulado; e solo 5 - grande volume de rejeitos sobre o solo. Foram utilizados funis de Berlese, coletando-se amostras na profundidade de 0 a 5 cm (20 funis x 5 solos x 1 profundidade x 4 épocas = 400 amostras). Após separação da mesofauna, procedeu-se à triagem e identificação dos organismos com o auxílio de lupa. Amostras de formiga foram digeridas com HNO3 concentrado em sistema fechado de micro-ondas, e os teores de Pb e Zn foram determinados por espectroscopia de emissão atômica com plasma indutivamente acoplado (ICP-AES). Plantas da família Poaceae foram coletadas em todos os solos e...

Conteúdo dos criadouros larvais e comportamento de adultos de Toxorhynchites (Lynchiella) haemorrhoidalis haemorrhoidalis (Fabricius) (Diptera, Culicidae) numa floresta de terra-firme da Amazônia central

Hutchings,Rosa Sá Gomes
Fonte: Sociedade Brasileira de Zoologia Publicador: Sociedade Brasileira de Zoologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1995 PT
Relevância na Pesquisa
16.9%
The natural breeding sites of Toxorhynchites (Lynchiella) haemorrhoidalis haemorihoidalis (Fabricius, 1794), in two study areas, were sampled monthly, during a period of one year, in an upland "terra-firme" forest of the Central Amazon. These natural breeding sites, consisting of water filled palm bracts on the ground, contained invertobrates and vertebrates along with palm inflorescences, leaves and twigs. The inhabitants of the non-submersed area of the bracts include Diplopoda, Acarina, Araneae, Pseudoscorpiones, Isopoda, Blattodea, Coleoptera (Carabidae, Curculionidae, Scolytidae, Staphilinidae). Collembola, Dermaptera, Diptera (Cecidomyidae, Drosophilidae, Mycetophilidae, Tipulidae), Hemiptera, Hymenoptera and Trichoptera. The submersed areas of the bracts were inhabited by Oligochaeta, Coleoptera (Dysticidae, Helodidae, Histeridae, Hydrophilidae, Limnebiidae), Diptera (Ceratopogonidae, Chirononiidae, Culicidae, Psychodidae, Stratiomyidae, Syrphidae). Odonata, along with immature Dendrobatidae e Hylidae. The ovipositing, resting and feeding behaviors of T. h. haemorrhoidalis adults are described.

Description of two new Stenohya species from China (Pseudoscorpiones, Neobisiidae)

Hu, Jun-Fang; Zhang, Feng
Fonte: Pensoft Publishers Publicador: Pensoft Publishers
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em 01/08/2012 EN
Relevância na Pesquisa
16.9%
Two new species of the genus Stenohya Beier, 1967 are described from China: Stenohya pengaesp. n. (male and female; type locality Daming Mountain, Nanning City, Guangxi Zhuang Autonomous Region) and Stenohya huangi sp. n. (female; type locality Gushan Mountain, Fuzhou City, Fujian Prov.).The presence of Stenohya pengae sp. n. in the tree crown of Castanopsis fabri represents a new habitat for Neobisiidae. A key and a distribution map of the Chinese Stenohya species are also provided.

Arqueoentomologia

Macari, Bruna Pasqualinoto
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
16.9%
Resumo: Arqueoentomologia é uma nova abordagem da Entomologia, ainda pouco difundida no Brasil, que se utiliza da análise dos insetos preservados em deposições arqueológicas para o entendimento das transformações ambientais decorrentes da ação antrópica. O presente trabalho traz uma revisão das potencialidades dos insetos à elucidação das condições vinculadas a morte de indivíduos, a dieta humana e interação dos homens com o meio, bem como para reconstituições paleoambientais. Foi também realizada a triagem microscópica do sedimento de uma urna funerária Tupiguarani de enterro primário do sítio Lagoa Xambrê 1 (PR-XA-001), escavado em 1976 em Altônia, Paraná, Brasil. Foram recuperados Arthropoda das classes Arachnida (Araneae, Mesostigmata, Oribatida, Pseudoscorpiones) e Insecta (Blattaria, Coleoptera, Dermaptera, Diptera, Hemiptera, Hymenoptera, Isoptera, Lepidoptera e Psocoptera), Mollusca da classe Gastropoda, restos vegetais, dentre outros vestígios. Registrou-se as primeiras ocorrências dos coleópteros Corticaria sp. (Latridiidae: Corticariinae) para o Brasil e Bembidion sp. (Carabidae: Trechinae) para o estado do Paraná. O hábito da maioria das espécies foi condizente com a localização do sítio...

História natural e comportamento no pseudoescorpião social Paratemnoides nidificator (Balzan, 1888) (Arachnida): cuidado parental, cooperação e divisão de trabalho; Natural history and behavior of the social pseudoscorpion Paratemnoides nidificator (Balzan, 1888) (Arachnida): parental care, cooperation and division of labor

Pedroso, Everton Tizo
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
17.62%
O comportamento social é raro entre os aracnídeos. As formas mais complexas são encontradas nas aranhas cooperativas, existindo sobreposição de gerações, ninhos comunais, partilha de alimento e cuidado parental cooperativo. As duas únicas espécies sociais de pseudoescorpiões são encontradas na América do Sul. Estas espécies apresentam a mesma estrutura social observada nas aranhas cooperativas, denominada “socialidade permanente não-territorial”. O presente estudo investigou a história natural e o comportamento social de Paratemnoides nidificator, um atemnídeo social muito comum no Cerrado brasileiro, em campo e laboratório ao longo de quatro anos. Este pseudoescorpião constitui grandes agradados familiares, caracterizado por cuidado parental cooperativo estendido até que os filhotes atinjam a fase adulta, que pode culminar em matrifagia. P. nidificator é um predador de espreita generalista, capaz de atacar e abater cooperativamente presas sessenta vezes mais pesadas que um único indivíduo. A dispersão nesta espécie ocorre de duas formas: por forésia e fissão da colônia. Os agregados são caracterizados por divisão etária e sexual de trabalho, na qual indivíduos de sexo ou estádio diferentes se especializam em tarefas específicas de manutenção da colônia. Este é o primeiro estudo tão abrangente sobre a história natural e comportamento de um pseudoescorpião social. Estas informações...

Ecologia e evolução do comportamento social em pseudoescorpiões neotropicais: o exemplo de Paratemnoides nidificator (Atemnidae); Ecology and evolution of social behavior in Neotropical pseudoscorpions: the example of Paratemnoides nidificator (Atemnidae)

Pedroso, Everton Tizo
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
27.62%
Nas últimas duas décadas foram descobertas novas espécies vivendo em complexas organizações sociais, além dos himenópteros e isópteros. Exemplos como ratos-toupeira, camarões, afídeos, pulgões e besouros foram adicionados às listas de espécies eussociais. Estágios intermediários de socialidade também foram descritos em novos aracnídeos como as aranhas, amblipígeos e uropigídeos, opiliões, escorpiões, e agora pseudoescorpiões. Embora ainda existam grandes ressalvas no uso das classificações do comportamento social, que geralmente privilegiam as espécies eussociais, não se pode negar que muitas espécies tomaram caminhos convergentes. Independentemente do grau de complexidade social, cada espécie tem um poder único de abrir novas perspectivas na compreensão da evolução dos comportamentos cooperativos, em especial as espécies intermediárias. Neste manuscrito apresento a história de um pequeno aracnídeo social obrigatório, capaz de constituir grandes colônias mantidas pelo trabalho coletivo e complexos comportamentos cooperativos. Embora não seja novo para a ciência, ainda conhecemos muito pouco sobre seu comportamento social. Atualmente, sabemos que apenas duas dentre as mais de três mil espécies conhecidas de pseudoescorpiões vivem em complexas sociedades permanentes. Neste volume apresentaremos a história natural de Paratemnoides nidificator (Balzan...

Pseudoscorpiões foréticos de Stenodontes spinibarbis (Lin., 1758) (Coleoptera) e redescrição de Lechytia chthoniiformis (Balzan, 1890) (Pseudoscorpiones, Chthoniidae) da Ilha de Maracá - Roraima.

Aguiar,Nair Otaviano; Bührnheim,Paulo F.
Fonte: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia Publicador: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1991 PT
Relevância na Pesquisa
16.9%
Em excursão à ilha de Maracã, Estação Ecológica da Secretaria Especial do Meio Ambiente, Roraima, Brasil, de 16 a 22/3/1988, foram coletados com isca luminosa (luz mista de mercúrio), seis exemplares de Stenodontes spinibarbis (Lin., 1758). Quatro desses coléopteros carregavam Pseudoscorpiões de três espécies: Lechutia chthoniiformis (Balzan, 1980), Neocheiridium carticum (Balzan,1890) e Lustrochernes intermedius (Balzan, 1891). As duas primeiras espécies são assinaladas agora na Amazônia e pela primeira vez em forésia. A última, já registrada para a região Amazônica, ainda não tinha sido encontrada em forésia. Fornecem-se dados sobre estes exemplares e redescreve-se Lechytia chthoniiformis.

Nuevos registros de pseudoescorpiones (Arachnida: Pseudoscorpiones) en Chiapas, México

CÓRDOVA-TABARES,Víctor Manuel; VILLEGAS-GUZMÁN,Gabriel A.
Fonte: Instituto de Ecología A.C. Publicador: Instituto de Ecología A.C.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2013 ES
Relevância na Pesquisa
27.62%
Dar a conocer los nuevos registros del orden Pseudoscorpiones para Chiapas, con base a ejemplares recolectados en diferentes localidades durante el periodo de abril del 2004 a noviembre del 2006, principalmente en los municipios de Ocosingo y Palenque. Los ejemplares se colectaron bajo troncos, en hojarasca y trampas pitfall. Además se revisó el material depositado en las Colecciones Nacionales de Ácaros (CNAC) y Arácnidos (CNAN) del Instituto de Biología de la UNAM. Se obtuvo un total de 137 pseudoescorpiones (75 hembras, 36 machos y 26 ninfas), de nueve familias, 13 géneros y 15 especies: siete son nuevos registros para Chiapas: Tyrannochthonius aff. pallidus (probable especie nueva), Albiorix conodentatus, Albiorix mexicanus, Menthus rossi, Ideoblothrus mexicanus, Withius piger, Chelifer cancroides, y Haplochelifer philipi un nuevo registro para México. Las especies con el mayor número de ejemplares y más amplia distribución fueron Ideoblothrus mexicanus, con 43 ejemplares encontrados en tres municipios, y Lustrochernes grossus, con 35 ejemplares en cinco municipios. Se incrementa el número de especies para Chiapas de 24 a 32, así como para el país de 161 a 162. El número de municipios en Chiapas con registros de pseudoescorpiones aumenta de diez a 15...

First record of the family Pseudochiridiidae (Arachnida: Pseudoscorpiones) from Cuba

BARBA DÍAZ,René; ALEGRE BARROSO,Aylin
Fonte: Instituto de Ecología A.C. Publicador: Instituto de Ecología A.C.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2013 EN
Relevância na Pesquisa
16.9%
Se registra Pseudochiridium insulae Hoff, 1964 para Cuba, constituyendo el primer registro de la familia Pseudochiridiidae Chamberlin, 1923 para esta isla de las Antillas. Se describen los ejemplares y se ofrecen datos de su variabilidad morfométrica.