Página 1 dos resultados de 437 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

Negatividade e participação: a influência do Pseudo Dionísio Areopagita em Tomás de Aquino - teologia, filosofia e educação; Negativity and participation: The influence of Pseudo-Dionysius Areopagite on Thomas Aquinas: Theology, Philosophy and Education.

Castro, Roberto Carlos Gomes de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 13/11/2009 PT
Relevância na Pesquisa
26.93%
Este trabalho sustenta que o teólogo cristão do início do século VI conhecido como Pseudo Dionísio Areopagita exerce profunda influência no pensamento do teólogo e filósofo medieval Tomás de Aquino (1225-1274). Essa influência se dá principalmente em dois temas fundamentais da filosofia tomasiana: negatividade e participação. Negatividade diz respeito ao caráter de mistério que envolve as essências mais íntimas dos seres desde a natureza visível e o homem até o princípio de todas as coisas, Deus e que, portanto, não são plenamente compreensíveis para o entendimento humano. Participação se refere ao fato de que, por outro lado, o mundo participa do ser de Deus e, por isso, revela traços do divino, ainda que de modo deficiente e remoto. Dada essa influência de Dionísio, Tomás de Aquino não pode ser considerado um pensador racionalista, com respostas definitivas para todos os problemas da existência, como costuma ser visto por epígonos o que constitui uma deturpação do pensamento tomasiano, marcado pela consciência da insuficiência da razão. Para Tomás, não é possível aos homens ter clareza absoluta sobre qualquer assunto, daí, por exemplo, a necessidade de eles se conduzirem segundo a clássica doutrina cristã da prudência a virtude de agir corretamente...

A prudência na Ética Nicomaquéia de Aristóteles

Spinelli, Priscilla Tesch
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
26.93%
Resumo não disponível.

O conceito de sinderese na moral de Tomas de Aquino

Carlos Alberto Albertuni
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 06/03/2006 PT
Relevância na Pesquisa
26.93%
Trata-se de uma investigação sobre a teoria dos primeiros princípios da razão prática na obra de Tomás de Aquino. No centro desta teoria está o termo ?sindérese?, cujo conteúdo foi elaborado nas discussões da filosofia e da teologia medievais, a partir de sua menção na Glosa de Jerônimo a Ezequiel. Tal termo designa um conceito que apresenta um caráter inovador dentro da teoria da ação moral em comparação com a ética aristotélica, pois Tomás de Aquino o entende como o hábito dos primeiros princípios da moral, equivalente ao hábito dos primeiros princípios teóricos (intellectus principiorum) de Aristóteles. Dessa forma, o interesse é compreender como o conceito de sindérese é desenvolvido dentro da filosofia moral de Tomás de Aquino, visando detectar a estrutura conceitual na qual se localiza e se relaciona com outros conceitos importantes de sua filosofia moral, tais como, consciência, lei natural e prudência; This work is an investigation of the theory concerning first principles of practical reason in the work of Thomas Aquinas. In the heart of this theory is the term ?synderesis?, which content was built in the discussions of medieval philosophy and theology, from its mention in the Gloss of Jerome on Ezekiel. This term indicates a concept that presents a new character in the moral action theory in comparison with aristotelian ethics...

Auto-hemoterapia, intervenção do estado e bioética

Leite,Denise Ferreira; Barbosa,Patrícia Fernanda Toledo; Garrafa,Volnei
Fonte: Associação Médica Brasileira Publicador: Associação Médica Brasileira
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2008 PT
Relevância na Pesquisa
26.93%
A auto-hemoterapia é uma prática de uso clínico crescente, mas com potencial risco à saúde dos indivíduos, uma vez que se trata de procedimento terapêutico sem comprovação científica. Até o momento não existem estudos clínicos que comprovem a eficácia e a segurança deste procedimento; apenas pesquisas experimentais com resultados questionáveis, tanto em seres humanos quanto em animais. Nos últimos anos, a área de Vigilância Sanitária (VS) do Ministério da Saúde ampliou suas ações preventivas e de controle de riscos tanto no âmbito privado como coletivo. As ações da VS têm, muitas vezes, como base o poder legal de polícia administrativa que a legislação lhe confere. Esse poder é entendido como a faculdade que dispõe a Administração Pública para condicionar e restringir o uso e gozo de bens, atividades e direitos individuais, em benefício da coletividade ou do próprio Estado. Recentemente, o Estado, por meio do poder de polícia da VS, interveio na prática da auto-hemoterapia no Brasil. O presente estudo analisa e defende a ação interventiva da VS na prática clínica da auto-hemoterapia no país, tendo como base de sustentação argumentativa os "Quatro Pês" desenvolvidos pela chamada "Bioética de Intervenção" - prevenção...

Novas tecnologias construtivas e acidentes na construção civil: o caso da introdução de um novo sistema de escoramento de formas de laje

Fonseca,Eduardo Diniz; Lima,Francisco de Paula Antunes
Fonte: Fundação Jorge Duprat Figueiredo de Segurança e Medicina do Trabalho - FUNDACENTRO Publicador: Fundação Jorge Duprat Figueiredo de Segurança e Medicina do Trabalho - FUNDACENTRO
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2007 PT
Relevância na Pesquisa
26.93%
Este artigo analisa em que medida a introdução de novas tecnologias no processo produtivo da construção civil pode ser geradora de acidentes. No estudo de caso, procura-se demonstrar como a introdução de um novo tipo de escoramento para lajes nervuradas, utilizado para aumento da qualidade e da produtividade, produz novos riscos para os trabalhadores, causando acidentes. A origem desses acidentes está na ruptura entre a experiência do trabalho desenvolvida na situação anterior e a experiência ainda não plenamente desenvolvida na nova situação de trabalho. Um novo sistema de escoramento para laje pré-fabricada é introduzido imaginando-se ser necessário apenas um saber técnico específico (aprumar, alinhar, etc.), entretanto, a análise ergonômica do trabalho mostra que os acidentes acontecem porque os trabalhadores ainda não desenvolveram os saberes de prudência necessários para dominar os novos riscos.

Nanotecnologia e Direito : entre a inovação e a prudência

Berger Filho, Aírton Guilherme
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
26.93%
Apresenta algumas considerações sobre a relação entre o Direito, a inovação e a prudência no desenvolvimento da nanotecnologia. Traz uma breve análise de algumas das principais aplicações e implicações do desenvolvimento dessa tecnologia.

Da antropologia pragmática à antropologia bioética: o princípio da prudência-ponte dirimindo o reducionismo em bioética pertinente à vida humana no nível molecular

Chaves, Noêmia de Sousa
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Tese de Doutorado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
37.72%
Essa tese tem como objetivo demonstrar que existe um reducionismo em bioética e que este se manifesta a partir de três formas: a) topológico; b) proximidade; e c) laicização da vida. Tais formas de reducionismos impedem a definição de um status moral e também de um trato prudencial com os materiais genéticos e os embriões humanos. Com isso, constata-se o acelerado avanço biotecnológico e a sua intrínseca relação com o mundo da política, da economia e da ciência, que tem gerado uma nova forma de atividade comercial, a saber, da vida humana no nível molecular. Tal situação suscita novos questionamentos. Entre eles, pode-se destacar o seguinte: os materiais genéticos humanos possuem valor ou preço? Tendo em vista a solução dessa questão, considera-se que o resgate do imperativo hipotético da prudência, de matriz kantiana, pode se constituir no fundamento de uma antropologia bioética e, a partir disso, balizar as relações – assimétricas – entre os pesquisadores, de um lado, e os materiais genéticos e os embriões humanos, de outro lado. Para tal, o princípio da prudência deve ser compreendido como prudência-ponte e ter, nesse sentido, realçado o seu caráter reflexivo e preditivo.Para realizar-se o trabalho...

A Prudência da História: A Tradição da Retórica e as Aporias da Modernidade; The Prudence Of History

RIBEIRO, Claudio Fernandes
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em História; Ciências Humanas Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em História; Ciências Humanas
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
26.93%
This work, entitled Prudence of History: Rhetoric Tradition and Aporiae of Modernity, presents an investigation about the elements that rhetoric tradition and practical wisdom (phronesis) associated to it provide to the form of specific knowledge of humanities (or, as it has been called: human science ). At first (chapter 1), we will present an analysis about the process of marginalization suffered by this tradition, in the modernity, at the moment that the method of natural sciences was erected and also when there was an expropriation of traditional experience (this experience means common sense and the limits of human action). Secondly (chapter 2), we will analyze the consequences of this marginalization taking the crises between the categories of time experience as a reference point. Finally (Chapter 3), we will approach the phenomenon of the resumption of rhetoric tradition in the 20th century, aiming to show how this resumption constitutes an effort to the evasion of the phenomenon that we called (based on Koselleck and Ivan Domingues theses) as Aporiae of Modernity , that is: the neutralization of the (present) action in the practical life, which is caused by the (1) rigidities of the past and tradition, and by the (2) belief in a perfectibilist and always deferrable future.; Este trabalho...

Poética da prudência: a expansão portuguesa quinhentista na tradição épica

Felipe, Cleber Vinicius do Amaral
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
37.2%
As epopeias católicas quinhentistas, em geral, demonstravam como os homens, através da prudência, poderiam servir a um propósito maior, providencial. Instrumentos do rei e, por extensão, de Deus, estes homens, merecedores de canto imperecível, iluminam os itinerários para um futuro promissor e adequado. A poesia épica evidencia a trajetória de uma vida humana cujo exemplo deveria ser aplicado a toda e qualquer situação, ou seja, sua conduta seria universalmente difundida e aceita porque recupera o melhor da humanidade. Pretendemos investigar como os exemplares épicos Os Lusíadas (1572), de Camões, e Prosopopeia (1601), de Bento Teixeira, inventam o agir prudente e fazem dele um exemplo a ser imitado pelos auditórios históricos. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT; The Catholic epics of the sixteenth century, in general, showed how the men, with prudence, could serve a providential purpose. Instruments of the king and, by extension, of God, these men, worthy of everlasting song, are references for an adequate and promising future. The epic poetry shows the trajectory of a life whose example should be applied to any situation. In other words, their conduct would be widespread and universally accepted because it retrieves the best of humanity. We intend to investigate how the epics Os Lusíadas (1572)...

Desenvolvimento sustent??vel: o desafio da admininstra????o p??blica brasileira nas dimens??es da relev??ncia social, da prud??ncia ecol??gica e da viabilidade econ??mica; Desarrollo sostenible: el desaf??o de la administraci??n p??blica brasile??a en las dimensiones de la importancia social, de la prudencia ecol??gica y de la viabilidad econ??mica; Sustainable development: the challenge of the Brazilian public administration in the dimensions of the social relevance, the ecological prudence and the economic viability

Jesus, Anderson Macedo de
Fonte: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP); Revista do Servi??o P??blico (RSP) Publicador: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP); Revista do Servi??o P??blico (RSP)
Tipo: Artigo de Revista Científica
IDIOMA::PORTUGU??S:PORTUGU??S:PT
Relevância na Pesquisa
26.93%
Partindo do conceito de bem-estar social, definido em lei como de responsabilidade da administra????o p??blica, especialmente no que diz respeito ?? preserva????o dos recursos naturais para a manuten????o da decente qualidade de vida dos cidad??os, o artigo foi estruturado a partir do relat??rio de pesquisa de inicia????o cient??fica financiada pela Funda????o de Amparo ?? Pesquisa do Estado de S??o Paulo (Fapesp) e desenvolvido na Universidade Estadual de S??o Paulo (Unesp). Tal relat??rio objetivou investigar os par??metros de regularidade da administra????o p??blica, analisando-se a jurisprud??ncia dos tribunais. Foram evidenciadas irregularidades na atua????o da administra????o p??blica, constatando a desarticula????o da gest??o p??blica ao gerir as tr??s dimens??es que definem o desenvolvimento sustent??vel: a relev??ncia social, a viabilidade econ??mica e a prud??ncia ecol??gica. Foi poss??vel constatar com esta pesquisa que a administra????o p??blica brasileira d?? mais import??ncia para a quest??o econ??mica que ??s quest??es sociais e ambientais. Pudemos perceber que enquanto o meio ambiente ?? degradado e a sociedade prejudicada com a piora da qualidade de vida, o econ??mico vem sendo privilegiado constantemente. Sendo assim...

Ensino do direito e filosofia : a prudência e a hermenêutica jurídicas, aprendidas com o estudo de caso de identidade crítica, como fundamentos da formação para a justiça como prática social; Law teaching education and philosophy : prudence and legal hermeneutics, studied by case method on a critical identity, aiming justice to the foundations to law education as a social practice

André Gonçalves Fernandes
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 25/02/2014 PT
Relevância na Pesquisa
37.37%
Estuda a formação do profissional de Direito e os fins da formação da Escola de Direito. Descreve os antecedentes pedagógicos no ensino do Direito desde a Grécia até a Idade Moderna e desde a fundação dos cursos jurídicos no Brasil até os dias atuais. Desenvolve os pressupostos para uma educação entendida como um processo de evolução, inserção e encontro, lastreada na natureza espiritual do homem, na dimensão prática e fenomenológica da tarefa pedagógica propriamente dita e na essência ético-virtuosa do agir humano. Analisa os fundamentos e formas institucionais e políticas da formação na área do Direito e questiona suas contradições e reducionismos. Apresenta uma reflexão crítica sobre a prática do ensino do direito e destaca o conceito aristotélico-tomista de prudência, no contexto histórico, filosófico e jurídico, como principal excelência do profissional do Direito na tarefa de discernir e assinalar as coisas no âmbito da distribuição da justiça. Avoca a prudência jurídica como fundamento epistemológico do Direito, entendido este como o justo concreto ¿ o dar a cada um o seu ¿ matizado, quando necessário, pela equidade. Analisa a potencialidade formadora da Hermenêutica Jurídica clássica em diálogo com Hermenêutica Gadameriana...

El arte de emprender : soluciones desde la prudencia, comentarios al arte de la prudencia de Baltasar Gracián

Arribas Pérez, Felisa (Coord.)
Fonte: Madrid : Fundación EOI, 2011. Publicador: Madrid : Fundación EOI, 2011.
Tipo: Livro Formato: application/pdf
SPA
Relevância na Pesquisa
27.2%
233 p. ; 30 cm; En este libro, emprendedores y empresarios han participado comentando los aforismos de Gracian y dando su punto de vista del mundo empresarial. Participaren presidentes de empresas referentes tales como Coca Cola España, Danone España, Vueling y Hewlett Packard entre muchas otras.; Prólogo 18 Amparo Fernández, Subsecretaria del Ministerio de Industria, Turismo y Comercio y Presidenta del Patronato EOI 22 Se ha llegado a la mayor complejidad, pero la suprema es formar a un buen hombre Fernando Díaz Pividal, EOI 22 Lleva las cosas creando suspenso Jaime del Pozo Hernando, EOI y fundador y director de The Business Advisory Group 24 Saber y valor… pero también innovación Vicente Moreno, presidente de Accenture 26 Disimula los defectos de tu país Félix Bellido, EOI 28 Haz fama y fortuna, las dos en una Ana Isabel López-Casero, directora general de la Fundación Horizonte XXII 30 El jardín y el jardinero Eva Levy, socia directora de Eva Levy & Partners 32 Fondo y forma Carlos Nieva, director de operaciones de Ericsson Iberia34 Combina el saber con la recta intención Jesús Martín, EOI y presidente de AEDHE 36 Ser hombre de su época Mario Alonso Ayala, EOI y presidente de Auren 38 El arte de la suerte Carlos Barrabés...

Rey y «Totalidad Nacional» en la obra de Don Duarte: en torno a los conceptos de prudencia y consejo

Beceiro Pita, Isabel; Cavalho Homem, Armando Luís de
Fonte: Consejo Superior de Investigaciones Científicas (España) Publicador: Consejo Superior de Investigaciones Científicas (España)
Tipo: Artículo Formato: 116469 bytes; application/pdf
SPA
Relevância na Pesquisa
27.2%
[ES] En el marco de lo que podemos designar como «orígenes intelectuales del Estado Moderno » ha sido examinada reiteradamente la posición del individuo frente a la «teocracia », la feudalidad, el derecho común romano-canónico y las ideas políticas de fines de la Edad Media. En el presente trabajo se procede a una prospección de la problemática de lo «individual» y de lo «social/nacional» en la obra de D. Duarte el Elocuente (1391-1438, rey a partir de 1433), no tanto al nivel del ideario –ya suficientemente abordado- como del léxico, analizando las apariciones de los términos «prudéncia» y «conselho» en el «Leal Conselheiro» y en el «Livro da Cartuxa».; [EN] When surveying the intellectual origins of the Modern State, there has been continued interest with regards to the position of the «individual» in relation to «teocracy», «feudality, Sage Rights» and late Medieval political ideas. This study will examine the problem of «individual» and «social / national» in the works of King Edward, «the Eloquent» (1391-1438, king since 1433), by analysing the context and frequency with which the words «prudência» (prudence) and «conselho» (counsel) occur in «Leal Conselheiro» and «Livro da Cartuxa».; Peer reviewed

Édipo em Colona à luz da filosofia ética aristotélica

Ter Reegen, Jan Gerard Joseph; Barros Leal, Tito
Fonte: Universidade Autônoma de Barcelona Publicador: Universidade Autônoma de Barcelona
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em //2009 POR
Relevância na Pesquisa
27.2%
Nosso objetivo é refletir sobre a influência da obra sofocliana na construção do pensamento ético aristotélico. Utilizamos aqui a tragédia Édipo em Colona para discutir questões centrais do pensamento ético do Estagirita, tais como: sabedoria prática, juízo e prudência. Para tanto, tentamos reconstruir a rota transitorial entre o pensamento mítico-político, expresso na temporalidade mítica das tragédias e o pensamento ético-político, experienciado no cotidiano da Atenas do século V a. C. Nossa proposta de análise é histórica e pretende mensurar sobre a validade de uma ou outra forma (mítico ou política) de interpretar a realidade e de nela se posicionar e agir. Apresentamos, pois, um olhar comparativo entre essas duas possibilidades intelectivas a fim de tentar compreender como uma contribuiu para a construção da outra.; The main purpose presented in this article is to analyze how the Sophoclean works influenced the Aristotelian ethical thought construction process. In order to conduct this analysis, the tragedy Oedipus at Colonus is used to arouse the discussion on central questions in the ethical thought of Aristotle, such as practical wisdom, caution and prudence. Therefore, it was necessary to re-compound the transition route between the political-mythical thought...

O PRUDENTE E O ASTUTO: UM ESTUDO SOBRE AS CAPACIDADES INTELECTUAIS QUE ACOMPANHAM A PRUDÊNCIA

D’Oca, Fernando Rodrigues Montes
Fonte: Archai: Journal on the origins of Western thought; Archai: Revista de estudos sobre as origens do pensamento ocidental Publicador: Archai: Journal on the origins of Western thought; Archai: Revista de estudos sobre as origens do pensamento ocidental
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Avaliado por Pares Formato: application/pdf
Publicado em 26/04/2010 POR
Relevância na Pesquisa
37.37%
O objetivo principal do presente artigo é apresentar a diferença entre o prudente e o astuto na Ethica Nicomachea de Aristóteles, ou ainda, é tentar entender se estes dois tipos morais diferem apenas moralmente ou também racionalmente. Procede-se, para tanto, com: a) uma apresentação da prudência, da habilidade e da astúcia; b) uma apresentação das disposições intelectuais que acompanham a prudência, sýnesis, gnóme e noûs; e c) uma análise sobre se tais disposições são de fato disposições ou se são capacidades intelectuais.

La crisis del concepto prudencia a causa del tránsito de las normas nacionales austriacas de información financiera a las normas internacionales

Reeh,Michael Matthias; Molina Roa,Nelson Andrés
Fonte: Facultad de Contaduría y Administración, UNAM Publicador: Facultad de Contaduría y Administración, UNAM
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2013 ES
Relevância na Pesquisa
37.37%
Al ser un país miembro de la Unión Europea (UE), la nación austríaca ha venido incorporando paulatinamente las International Financial Reporting Standards (IFRS), Normas Internacionales de Información Financiera (NIIF) en español, a sus procesos contables y de revelación de información financiera en remplazo de las normas nacionales locales conocidas como Unternehmensgesetzbuch (UGB). Durante este proceso de convergencia, el principio prudencia ha entrado en crisis dentro del marco conceptual de las IFRS a cambio del principio valor justo o razonable. Es por ello que este trabajo presenta los principios básicos del sistema austriaco nacional, UGB, en comparación con los de las IFRS con el fin de analizar, por un lado, las razones por las cuales el concepto prudencia entro en crisis y, por otro, si el principio valor justo o razonable es el indicado para remplazar al primero.

Vitalismo y desubjetivación: La ética de la prudencia en Gilles Deleuze

Antonelli,Marcelo Sebastián
Fonte: UAM, Unidad Iztapalapa, División de Ciencias Sociales y Humanidades Publicador: UAM, Unidad Iztapalapa, División de Ciencias Sociales y Humanidades
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2013 ES
Relevância na Pesquisa
37.2%
En el marco del debate sobre los lineamientos fundamentales de la ética de Deleuze, diversos autores (Badiou, Braidotti, Hardt, Mengue) han reparado en nociones destacadas de su obra: el deseo, el devenir, la afirmación, el nomadismo. Mi propuesta en este artículo es desarrollar una vía poco estudiada, que gira alrededor de la idea de prudencia práctica experimental. Según mi hipótesis, este concepto reúne perspectivas relevantes de la producción deleuzeana posterior a L'Anti-Œdipe, en particular su orientación vitalista, su opción por la desubjetivación y su apelación a una dimensión ascética vinculada con el deseo como impulsor de la experimentación.

La prudencia en Aristóteles: una héxis praktikè

Araiza,Jesús Manuel
Fonte: Universidad Panamericana, Facultad de Filosofía Publicador: Universidad Panamericana, Facultad de Filosofía
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2014 ES
Relevância na Pesquisa
37.2%
Según la definición aristotélica de EN VI (1140b20), la phrónēsis es una héxis práctica, verdadera, acompañada de razón y se refiere a los bienes humanos. El presente ensayo se propone responder una doble pregunta: qué es una disposición habitual (héxis) y por qué la phrónēsis es una especie de héxis. La respuesta se encuentra, en parte, en Metafísica Delta 20 y 23 y en parte en Categorías 8. Esta investigación es solo el punto de partida de una pregunta más amplia que se busca responder en un momento ulterior: ¿cuál es la relación entre prudencia y verdad? Y ¿por qué la phrónēsis es siempre verdadera, tal como siempre son verdaderos la ciencia, el arte, la sabiduría y la virtud?

Entre la moral y la prudencia: el comportamiento hacia uno mismo

Ortiz-Millán,Gustavo
Fonte: Instituto de Investigaciones Filosóficas, UNAM Publicador: Instituto de Investigaciones Filosóficas, UNAM
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/05/2008 ES
Relevância na Pesquisa
37.2%
Alejandro Tomasini coincide conmigo en la inexistencia de deberes hacia uno mismo; sin embargo, mientras que yo sostengo que son falsos deberes porque entrañan una contradicción, él argumenta que la expresión "deberes hacia uno mismo" es asignificativa. También argumenta que el comportamiento hacia uno mismo pertenece al ámbito de la prudencia, no al de la moral, como yo sostengo. En este artículo discuto ambas objeciones, pero me centro en la segunda. Argumento que en el comportamiento hacia uno mismo se traslapan lo moral y lo prudencial. Las razones de interés propio no están reñidas con la moralidad. Las virtudes morales que tienen que ver con nosotros mismos son partes constitutivas de nuestro propio bienestar y, en esa medida, están en nuestro interés propio.

ENSINO E PRUDÊNCIA: ASPECTOS ESSENCIAIS À ÉTICA EM SANTO TOMÁS DE AQUINO

Oliveira, Terezinha
Fonte: Revista HISTEDBR On-line Publicador: Revista HISTEDBR On-line
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 23/10/2012 POR
Relevância na Pesquisa
37.2%
O objetivo deste trabalho é tecer considerações sobre o entendimento de homem, no séculoXIII, a partir do olhar de Tomás de Aquino. Neste sentido, torna-se relevante compreendera realidade histórica do autor, bem como suas proposições. Dois aspectos serão destacadosnesta análise. O primeiro vincula-se à ambiência citadina que se espelha nas corporaçõesde ofícios, sendo a Universidade uma delas. A segunda diz respeito ao conceito de pessoa econhecimento que este ambiente constrói e no qual o mestre dominicano Tomás é um deseus maiores expoentes. Para nós, estes dois ângulos se explicitam na forma como seprocessa o ensino no qual a prudência é uma de suas características vitais. Destacamos que,para o primeiro aspecto, nos basearemos na historiografia e em autores medievos e, para osegundo, nos pautaremos nas questões 47 da Suma de Teologia (IIa- IIae).