Página 1 dos resultados de 639 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

Caracterização da proteína anônima relacionada à trombospondina 2 (TRAP 2) do protozoário Neospora caninum no processo de invasão celular; Characterization of the thrombospondin related anonymous protein 2 (TRAP 2) of the protozoan Neospora caninum in the cell invasion process.

Pereira, Luiz Miguel
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/04/2009 PT
Relevância na Pesquisa
26.85%
Neospora caninum é um protozoário Apicomplexa, parasita intracelular obrigatório que possui o cão como hospedeiro definitivo e principalmente os bovinos como hospedeiros intermediários, causando nos primeiros encefalopatia e nos últimos abortos com perda da fertilidade, o que acarreta prejuízos significativos na pecuária mundial. O parasita necessita multiplicar de modo intra-celular, utilizando a descarga de proteínas contidas em organelas filo-específicas, como as micronemas que liberam proteínas relacionadas a adesão e invasão ativa, além das roptrias e os grânulos densos. Este trabalho foi realizado sobre um tipo de proteína micronêmica denominada proteína Anônima Relacionada à Trombospondina (TRAP), relacionada à adesão e ligação com o motor intracelular, responsável pelo processo ativo de invasão. TRAP 1 já havia sido descrita pela literatura e o objetivo deste trabalho foi a caracterização molecular do até então desconhecido homólogo TRAP 2, com expressão de suas formas recombinantes e o uso de seus respectivos anti-soros para ensaios funcionais e localização da proteína nativa. Com base em banco dados de ESTs e genômicos de N. caninum e fazendo uso de RLM-RACE (Reação mediada por RNA ligase- amplificação rápida dos términos de cDNA-RNA...

Soroepidemiologia de Neospora caninum em cães no município de Porto Alegre, RS.

Teixeira, Mariana Caetano
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
17.28%
Neospora caninum é um protozoário do filo Apicomplexa que causa infecções associadas com aborto, mortalidade neonatal e alterações neurológicas em várias espécies animais. O cão desempenha papel fundamental na epidemiologia da neosporose por ser o hospedeiro definitivo deste protozoário. A prevalência de anticorpos para este protozoário em cães tem sido avaliada em vários países, inclusive no Brasil, com índices que variam de 4,8% a 45%. O presente trabalho objetivou verificar a prevalência de anticorpos classe IgG para Neospora caninum em cães e os fatores de risco na área urbana do município de Porto Alegre- RS, utilizando a Técnica de Imunofluorescência Indireta (RIFI) e aplicação de questionário epidemiológico com os responsáveis pelos animai. Os animais foram divididos em três grupos, animais domiciliados, errantes e de criatórios comerciais. A freqüência de anticorpos foi de 13,84% (36/260) de amostras positivas nas 260 amostras analisadas. Os títulos sorológicos observados variaram de 50 (44%) a 3200 (3%). Os dados obtidos no questionário foram analisados pelo Teste Exato de Fisher, e observou-se associação entre a positividade e os fatores alimentação e acesso a rua, com maior positividade para os animais que tinham acesso a rua (p<0.001) e recebiam alimentados com comida caseira. Os fatores idade...

Resposta imune-humoral e proteinogramas séricos de bovinos naturalmente infectados pelo Trypanosoma vivax

Sampaio, Paulo Henrique
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: xvi, 42 p. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
27.12%
Pós-graduação em Medicina Veterinária - FCAV; Em bovinos o protozoário Trypanosoma vivax causa enfermidade que pode levar à redução dos índices produtivos ou a morte do animal. O diagnóstico deste protozoário pode ser realizado por testes parasitológicos, sorológicos e moleculares. Entretanto estes testes não são capazes de fornecer prognóstico, indicar a fase da infecção e a responsividade ao tratamento instituído. Por outro lado, o proteinograma sérico pode fornecer tais informações. O objetivo do estudo foi determinar o perfil eletroforético de proteínas de fase aguda de bovinos Girolando naturalmente infectados com T. vivax (NIF), utilizando-se como matriz gel de acrilamida contendo dodecil sulfato de sódio (SDS-PAGE). Foram estudados dois grupos de animais, NIF (n=507) e grupo de bovinos não infectados (NI; n=50). Amostras de soros de ambos os grupos foram submetidas à reação de imunofluorescência indireta (RIFI) e Ensaio de Imunoadsorção Enzimática (ELISA) para detecção de anticorpos anti-T. vivax e realização do fracionamento eletroforético. A porcentagem de soros positivos pela RIFI foi de 89,74% e pelo ELISA 93,09%, sendo que este método mostrou-se capaz de detectar mais amostras positivas do que a RIFI para detecção de anticorpos anti-T. vivax em fases iniciais da infecção. No fracionamento proteico foram consideradas 12 proteínas; sendo elas IgA...

Ocorrência de Cryptosporidium spp. em crianças e seus respectivos cães e gatos de estimação no município de Andradina, SP

Coelho, Natalia Marinho Dourado
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 56 f. : il. + 1 CD-ROM
POR
Relevância na Pesquisa
26.85%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Pós-graduação em Ciência Animal - FMVA; O objetivo deste estudo foi avaliar a ocorrência de Cryptosporidium spp. em crianças e seus respectivos cães e gatos de estimação residentes no Município de Andradina, SP, por meio do Teste de Imunoadsorção Enzimática (ELISA). Durante o período de janeiro a agosto de 2009, foram analisadas 188 amostras fecais de crianças, bem como de seus respectivos cães e gatos de estimação para pesquisa de Cryptosporidium spp. O teste quiquadrado (χ2) foi utilizado para verificar a associação entre as variáveis: sexo, idade, raça e consistência fecal, com nível de significância de 5%. Pelo ELISA foi detectado Cryptosporidium spp. em em amostras fecais de 2,1% (4/188) das crianças com idade inferior a sete anos. Entre os animais examinados, 6,8% (9/132) dos cães e 5,4% (3/56) felinos apresentaram amostras positivas para este coccídeo. Tanto nas crianças como nos animais não houve influencia do sexo e da idade na detecção do Cryptosporidium spp. sendo que nestes últimos a raça também não influenciou (P> 0,05). Neste trabalho foi evidenciada uma baixa ocorrência deste parasito nas crianças...

Diagnóstico laboratorial de blastocistose humana - ocorrência de Blastocystis hominis (BRUMPT,1912) em habitantes da região de Araraquara-SP

Miné, Júlio César
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 83 f.
POR
Relevância na Pesquisa
27.28%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Pós-graduação em Biociências e Biotecnologia Aplicadas à Farmácia - FCFAR; Blastocystis hominis é protozoário causador da infecção intestinal denominada blastocistose humana, cujo diagnóstico é realizado pelo exame coproparasitológico e por meio de técnicas de colorações permanentes que foram utilizadas neste estudo para avaliar a prevalência de Blastocystis hominis nos espécimes fecais de habitantes na região de Araraquara-SP. Foram estudadas 503 amostras de fezes submetidas às técnicas de exame direto a fresco, de Faust e cols., de Lutz e de Rugai, Mattos e Brisola, além das colorações pela hematoxilina férrica, tricrômio e de Kinyoun modificada. Do total das amostras analisadas 174 (34,6%) apresentaram-se positivas para a presença de parasitas intestinais. O protozoário e helminto mais freqüentes foram respectivamente: Entamoeba coli (14,6%) e Strongyloides stercoralis (6,7%). Blastocystis hominis foi observado em 23 (4,6%) amostras fecais com consistência predominantemente pastosa, não caracterizando quadro diarréico. Apesar da baixa prevalência de Blastocystis hominis encontrada na região de Araraquara, comparativamente a outras regiões brasileiras...

Patógenos em ostras na Ilha de Santa Catarina-SC e no Estuário do Rio Pacoti-CE, com ênfase no protozoário Perkinsus

Sabry, Rachel Costa
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 123 p.| il., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
37.12%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Aqüicultura, Florianópolis, 2010; A perkinsiose, enfermidade causada pelo protozoário Perkinsus sp., é responsável por mortalidades de moluscos marinhos em todo o mundo. O presente estudo objetivou verificar a presença de patógenos com ênfase em Perkinsus em ostras de Santa Catarina/SC e do Ceará/CE, Brasil. Em SC, as ostras Crassostrea rhizophorae (costão) e Crassostrea gigas (cultivo) foram coletadas no Sambaqui e Ribeirão da Ilha, em março/2008 e abril/2009 (N= 1200). No CE, as ostras C. rhizophorae foram coletadas em 3 pontos do Estuário do Rio Pacoti, em agosto/2008 e dezembro/2009 (N= 900). As técnicas utilizadas foram análise macroscópica, histologia, cultivo em meio líquido de tioglicolato, reação em cadeia da polimerase (PCR), clonagem e sequenciamento de uma região identificada de Perkinsus. Os resultados nas ostras estudadas mostraram: hipertrofia gamética, a presença de bactérias do tipo rickettsia; protozoários: Perkinsus, Nematopsis, Trichodina, Sphenophrya, Ancistrocoma e Steinhausia. As hipertrofias e bactérias foram detectadas nas ostras de SC e Perkinsus somente nas ostras do CE. Os metazoários observados foram poliquetas Polydora...

Remoção de oocistos de Cryptosporidium por meio da filtração direta ascendente em areia : avaliação em escala piloto.

Nascimento, Marcely Ferreira
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
26.85%
Dissertação (Mestrado em Tecnologia Ambiental e Recursos Hídricos)-Universidade de Brasília, Brasília, 2009.; Dentre as doenças de veiculação hídrica que vêm recebendo maior atenção nos últimos anos, destaca-se a Criptosporidiose que é causada pelo protozoário Cryptosporidium. Os oocistos de Cryptosporidium são resistentes ao estresse ambiental e à inativação por cloro e, devido ao seu tamanho, têm facilidade para passar através do processo de tratamento físico de água. Nesse contexto, o presente trabalho teve como objetivo avaliar a remoção de oocistos de Cryptosporidium parvum por meio da filtração direta ascendente em areia. Os experimentos de filtração direta ascendente, em escala piloto, foram realizados com água proveniente do Lago Paranoá inoculada com oocistos de Cryptosporidium parvum de modo a se obter concentração da ordem de 103 ooc./L na água de estudo. A taxa de filtração adotada foi de 120m³/m².d. Em nove experimentos de filtração a água de estudo apresentava valores baixos de turbidez (2,7 a 4,8 UT) e em três experimentos a turbidez era de cerca de 30 UT. Os resultados revelaram que a eficiência de remoção de oocistos de Cryptosporidium parvum no início do experimento de filtração foi...

Co-infecção HIV-1/Tripanossomatídeos em macrófagos humanos efeito da infecção pelo HIV-1 e proteína Tat do HIV-1 sobre a replicação parasitária

Silva, Victor Barreto de Souza Brasil
Fonte: Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Tese de Doutorado
PT_BR
Relevância na Pesquisa
17.62%
Protozoários parasitos aparecem como co-patógenos em infecções pelo vírus da imunodeficiência humana (HIV)-1, resultando em um aumento mútuo na replicação viral e parasitária, e facilitando a progressão clínica de ambas as doenças. Os mecanismos pelos quais o HIV-1 induz um aumento na replicação do protozoário são desconhecidos. Neste trabalho, nós investigamos o papel do HIV-1 e da proteína trans-ativadora (Tat) do HIV-1 no aumento da replicação parasitária em macrófagos humanos primários co-infectados ou não com HIV-1 e Leishmania amazonensis ou com HIV-1 e Blastocrithidia culicis. Em alguns experimentos, macrófagos foram infectados somente com L. amazonensis ou B. culicis e expostos à proteína Tat recombinante do HIV-1. As replicações dos protozoários e do HIV-1 foram analisadas por índice endocítico ou ensaio imunoadsorvente ligado a enzima (ELISA) para p24, respectivamente. A infecção pelo HIV-1 dobrou a replicação da Leishmania em macrófagos, e soro contra o Tat do HIV-1 reduziu significativamente a replicação exacerbada do protozoário, indicando uma importante função desta proteína, a qual é liberada pelas células infectadas com HIV-1, neste processo. Corroborando estes resultados...

Caracterização Morfológica das Lesões de Tipo Neoplásico em Vitelos Infectados por Theileria annulata

Branco, Sandra Maria da Silva
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
26.85%
0 presente trabalho descreve 16 casos de infecções agudas fatais pelo protozoário Theileria annulata em vitelos (idade ≤ 4 meses), que ocorreram no sul de Portugal. Os animais apresentaram intensa infestação por carraças do género Hyalommma e exibiram nódulos multifocais, dispersos na pele e linfoadenomegália generalizada, semelhante a um linfoma maligno multicêntrico. Nos esfregaços de sangue e de linfonodo foram observadas formas de Theileria annulata. Na necrápsia foram identificados nódulos hemorrágicos, ou de halo hemorrágico, na pele, tecido subcutâneo, músculos esqueléticos, músculo cardíaco, faringe, traqueia e serosa intestinal. Histologicamente estes nódulos eram constituídos por células redondas, grandes, semelhantes a células linfoblásticas neoplásicas. Para identificação imunohistoquímica (MC) das células que constituíam as lesões utilizaram-se em fragmentos de pele, tecido muscular esquelético e linfonodos, dois anticorpos monoclonais (anti-CD79acy e anti-proteína mielomonocítica L1) e um policlonal (anti-CD3), respectivamente, para linfócitos B, macrófagos e linfócitos T. As células identificadas eram maioritariamente linfócitos T e macrófagos e mais raramente linfócitos B. Os esquizontes de Theileria annulata foram identificados por IHC através do uso de dois anticorpos monoclonais (1C7 e 1C12) e um anticorpo policlonal (82185)...

Leishmaniose canina: estudo de casos clínicos

Vieira, André Miguel Mateus
Fonte: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Publicador: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
26.85%
Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária, Ciências Veterinárias; A LCan é uma doença endémica e bastante frequente em Portugal. Esta zoonose é causada pelo protozoário Leishmania infantum, sendo os cães os principais hospedeiros reservatórios da infeção para os seres humanos. A forma infetante do parasita é a promastigota desenvolvida no trato gastrintestinal de pequenos insetos do género Phlebotomus, no Velho Mundo, vetores biológicos que transmitem o agente entre hospedeiros mamíferos. Sendo a leishmaniose uma doença sistémica de curso crónico, apresentando um quadro clínico diversificado, o diagnóstico deve ser efetuado o mais precocemente possível e a terapêutica rigorosamente cumprida. Para além disso, é indispensável monitorização laboratorial a intervalos regulares. A implementação de uma profilaxia e controlo eficaz assumem um papel necessário no cão. Durante o período de estágio (Setembro de 2012 a Abril de 2013), no Hospital Veterinário do Baixo Vouga e no Hospital Veterinário de Trás-os-Montes, foram acompanhados diversos casos clínicos de LCan. A seleção dos quatro animais incluídos nesta dissertação teve como intuito eleger casos que apresentassem uma ampla diversidade de sinais clínicos. O diagnóstico foi realizado através da deteção das formas amastigotas de Leishmania em citologias aspirativas por agulha fina de medula óssea e através da quantificação do título de anticorpos anti-Leishmania. Os protocolos terapêuticos instituídos foram: alopurinol de forma isolada...

Abortos por Neosporacaninum em bovinos do sul de Minas Gerais

Orlando,Débora R.; Costa,Rafael C.; Soares,Bruno A.; Oliveira,Natália S.C.; Nascimento,Lismara C.; Peconick,Ana P.; Raymundo,Djeison L.; Varaschin,Mary S.
Fonte: Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA; Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA) Publicador: Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA; Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/11/2013 PT
Relevância na Pesquisa
26.85%
Este estudo avaliou a participação de Neospora caninum em casos de abortos em bovinos provenientes de propriedades rurais da região sul de Minas Gerais por meio de análises histopatológicas, imuno-histoquímicas (IHQ) e pela reação em Cadeia de Polimerase (PCR). O material utilizado foi obtido de um estudo retrospectivo de casos de aborto recebidos pelo Setor de Patologia Veterinária da Universidade Federal de Lavras e de fetos necropsiados durante os anos de 2011 a 2013. De 60 fetos estudados, 30 (50%) tinham lesões microscópicas. Destes, 19 (63%) apresentaram lesões compatíveis com aborto por N. caninum, caracterizadas principalmente por encefalite não supurativa multifocal, necrose e gliose multifocal, assim como, miocardite e miosite não supurativa. Em 14 fetos chegou-se ao diagnóstico definitivo. Destes, cinco tiveram sua confirmação somente pela marcação IHQ e cinco foram positivos somente na PCR. Quatro fetos foram positivos tanto na IHQ quanto na PCR. Cinco fetos, provenientes do estudo retrospectivo apresentaram lesões compatíveis com N. caninum, mas a presença do protozoário não foi confirmada pela marcação IHQ. Os achados demonstram que o N. caninum é um importante agente associado ao aborto em bovinos na região sul de Minas Gerais. Para tanto...

Infeccao de Schistocerca palles (Orthoptera acridae) pelo protozoario Nosema locustae (Microspora: nosematidae).

SILVA, J.B.T.da; SILVA JUNIOR, A.L.da.
Fonte: In: EMBRAPA. Centro Nacional de Pesquisa de Recursos Geneticos e Biotecnologia. (Brasilia, DF). Talento estudantil do CENARGEN, 1996: resumos dos trabalhos. Brasilia, 1996. p. 26.(Embrapa-CENARGEN. Documentos, 21). Publicador: In: EMBRAPA. Centro Nacional de Pesquisa de Recursos Geneticos e Biotecnologia. (Brasilia, DF). Talento estudantil do CENARGEN, 1996: resumos dos trabalhos. Brasilia, 1996. p. 26.(Embrapa-CENARGEN. Documentos, 21).
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
26.85%
1996

Eficiência de Vairimorpha necatrix (protozoario) no controle de lagartas e Spodoptera frugiperda de diferentes idades.

CRUZ, I.; VALICENTE, F.H.
Fonte: In: CONGRESSO NACIONAL DE MILHO E SORGO, 19.; REUNIÃO TÉCNICA ANUAL DE MILHO, 37.; REUNIÃO TÉCNICA ANUAL DO SORGO, 21., 1992, Porto Alegre. Resumos. Porto Alegre: SAA, 1992. p. 81. Publicador: In: CONGRESSO NACIONAL DE MILHO E SORGO, 19.; REUNIÃO TÉCNICA ANUAL DE MILHO, 37.; REUNIÃO TÉCNICA ANUAL DO SORGO, 21., 1992, Porto Alegre. Resumos. Porto Alegre: SAA, 1992. p. 81.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
26.85%
1992

NcROP4 como um marcador de fase crônica no sorodiagnóstico da infecção por Neospora caninum

Ramos, Eliézer Lucas Pires
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
26.85%
Neospora caninum é um parasito intracelular obrigatório, capaz de causar doença em uma variedade de hospedeiros. Desde sua primeira descrição, a infecção por N. caninum tem emergido como uma importante doença em cães e bovinos em todo o mundo. Testes sorológicos como imunofluorescência indireta (RIFI) e ELISA são classicamente utilizados no diagnóstico da neosporose, sendo o primeiro considerado padrão ouro no sorodiagnóstico. Entretanto, ainda não há testes comerciais que visam avaliar o estágio da infecção, uma vez que os principais sinais clínicos são relatados durante a fase aguda ou reativação do parasito. Diversos alvos proteicos do patógeno vem sendo testados a fim de verificar a fase de infecção do hospedeiro, apresentando resultados satisfatórios, todavia, novos alvos devem ser avaliados para desenvolver um diagnóstico efetivo para os estágios da infecção. Desse modo, o presente trabalho objetivou avaliar o potencial da proteína NcROP4 de N. caninum como marcador de fase da infecção pelo protozoário. Para tanto, avaliou-se a expressão e localização de NcROP4 durante o processo de infecção em células HeLa para investigar a possível exposição da proteína a anticorpos. Posteriormente...

Ocorrencia de Cryptosporidium spp. e Giardia spp. em hortaliças da região metropolitana de Campinas (SP) : sua relação com a comunidade de trabalhadores e com a area agricola; Occurence of Cryptpsporidium spp., Giardia spp. in vegetables of the metropolitan area of Campinas, SP : her relationship with the wokers' community and and with the agricultural area

Mirna Aparecida Pereira
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 28/02/2008 PT
Relevância na Pesquisa
26.85%
Cryptosporidium spp. e Giardia spp. são parasitos causadores de gastroenterites destacando se pela elevada incidência de casos, características de resistência aos tratamentos químicos e capacidade de permanência no meio ambiente. O importante papel desses protozoários em vários surtos epidêmicos de veiculação hídrica e alimentar coloca em evidência as hortaliças que, por serem ingeridas cruas, favorecem a aquisição destas parasitoses. No Brasil, são escassos os dados sobre a ocorrência destes protozoários em vegetais como alface e rúcula, alimentos frescos amplamente consumidos pela população. O propósito deste estudo foi investigar a ocorrência destes parasitos em amostras de hortaliças cultivadas na região agrícola de Campinas (SP), e comercializadas pela Central de Abastecimento de Campinas S.A. CEASA, avaliar a água utilizada na irrigação das mesmas, e as condições higiênico sanitárias das Unidades de Produção Agrícola UPAs estudadas (n=15). Para tanto, a presença de oocistos e cistos foi determinada em amostras de alface (Lactuca saliva) e rúcula (Eruca saliva) e parâmetros fisico químicos foram estabelecidos para a água de irrigação destes vegetais, em diferentes épocas do ano. As coletas foram realizadas durante dois anos consecutivos...

Infecção pelo Cryptosporodium sp., linhagem humana MMC, em camundongos C.B-17/Uni scid, C57BL/6/Uni bg, C3H/Uni nu e C57BL/6 KO para INF-'gama'

Delma Pagolo Alves
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 10/09/2004 PT
Relevância na Pesquisa
26.85%
Cryptosporidium é um protozoário oportunista que causa diarréia em indivíduos imunocompetentes e imunodeficientes. A duração e severidade dos sintomas clínicos dependem do sistema imunológico do hospedeiro. Nas pessoas imunocompetentes, a infecção pode ser as sintomática ou induzir uma diarréia autolimitante, enquanto nos indivíduos imunodeficientes, resulta em doença acentuada ou diarréia que pode ser fatal. O objetivo deste estudo foi avaliar a evolução da infecção experimental pela linhagem MMC, de Cryptosporidium sp de origem humana, nas linhagens de camundongos imunodeficientes C57BL/6 KO para IFN-y, C.B-17/Uni scid,' C57BL/Uni bg, C3H/Uni nu e imunocompetentes BALB/c/Uni e C57BL/6/Uni. Para tanto, a manutenção do cultivo "in vivo" da linhagem MMC de Cryptosporidium sp foi realizada mediante várias passagens em camundongos neonatos imunocompetentes e camundongos adultos KO para IFN-y. Foram utilizadas remeas SPF com 04 a 06 semanas de vida das linhagens imunodeficientes e imunocompetentes, inoculadas com 105 oocistos de Cryptosporidium sp por tubagem esofágica. Para a avaliação da dinâmica da eliminação de oocistos de Cryptosporidium sp, as fezes dos animais foram colhidas diariamente, durante 15 dias e armazenadas em dicromato de potássio 2...

Proteômica de Trypanosoma cruzi : variações em subproteomas durante a amastigogênese

Queiroz, Rayner Myr Lauterjung
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
POR
Relevância na Pesquisa
26.85%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Medicina, Pós-Graduação em Patologia Molecular, Laboratório de Bioquímica e Química de Proteínas, 2013.; O Trypanosoma cruzi é o protozoário causador da doença de Chagas, uma enfermidade que afeta milhões de pessoas especialmente na América latina onde é endêmica. O parasito passa por diversos processos de diferenciação para adaptar-se a diferentes condições dentro dos seus hospedeiros mamíferos e triatomíneos. A respeito especialmente do hospedeiro mamífero, os tripomastigotas, a forma sanguínea infectiva do T. cruzi, diferencia-se intracelularmente em amastigotas replicativos após um período de incubação dentro de fagolisossomos ácidos, em um processo denominado amastigogênese. Aqui buscamos encontrar novas informações concernentes a esse processo através da análise do subproteoma de superfície celular dos estágios de vida presentes no homem e do repertório protéico secretado/excretado por tripomastigotas em pH fisiológico e também nas primeiras 3 horas de amastigogênese axênica. Também realizamos uma análise quantitativa do proteoma total e do fosfoproteoma durante a amastigogênese. Todos os subproteomas foram aqui analisados por LC-MS/MS com um espectrômetro de massas Orbitrap Velos. Primeiro utilizamos epimastigotas...

Detecção e identificação de Cryptosporidium spp. Tyzzer, 1907 em fezes de animais e em água do Zoológico Municipal de Curitiba, Paraná Brasil

Bosa, Cláudia Regina
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 109f. : il. algumas color., grafs., tabs., maps.; application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
26.85%
Orientadora : Profª Drª Edilene Alcântara de Castro; Co-orientadora : Profª Drª Adriana Oliveira Costa; Tese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Ciencias Biológicas (Microbiologia, Parasitologia e Patologia Básica). Defesa: Curitiba, 30/09/2014; Inclui referências; Resumo: O protozoário Cryptosporidium pertence ao filo Apicomplexa. Possui capacidade de infectar todas as classes de vertebrados (aquáticos, aéreos, terrestres), inclusive o ser humano. Atualmente, são reconhecidas vinte e uma espécies de Cryptosporidium e aproximadamente 40 genótipos foram identificados. A infecção ocorre por meio da ingestão de oocistos liberados infectantes nas fezes dos hospedeiros. Algumas espécies apresentam potencial zoonótico, como C. parvum e C. meleagridis. Cryptosporidium causa diarreia, normalmente com cura espontânea, sendo mais grave em indivíduos imunodeprimidos ou portadores de doenças autoimunes. As coleções de água potável e de recreação são as principais fontes de infecção. Em países desenvolvidos faz-se o monitoramento da água, para consumo, distribuída à população, porém naqueles em desenvolvimento o mesmo não ocorre e a doença é considerada negligenciada. No mundo poucos trabalhos são encontrados tratando da prevalência e dinâmica da transmissão da criptosporidiose em zoológicos...

Incidência de Giardia sp. Kunstler, 1879 (Mastigophora-Hexamitidae) em cães de rua da cidade de São Paulo — Brasil; Incidence of Giardia sp. Kunstler, 1879 (Mastigophora- Hexamitidae) in mongrel from São Paulo City — Brazil

Mello, Edson de Barros Figueira de; Maugê, Gabriel de Carvalho; Campos, Milton Santos de; Porto, Arlete Dell'
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 15/06/1974 POR
Relevância na Pesquisa
26.85%
Pesquisou-se a incidência de Giardia sp., em 73 cães de rua da cidade de São Paulo — Brasil e concluiu-se que para este gênero de protozoário, utilizando-se técnicas coproparasitológicas juntamente com a pesquisa post-necropsia a incidência foi de 58,9%.; The incidence of Giardia sp. in 73 street dogs of São Paulo — Brazil was found to be 58.9%. Three fecal examinations and also necropsyof the dogs were used for the diagnosis.

Trichomonas tenax: Protozoario Flagelado de la Cavidad Bucal. Consideraciones Generales

Pardi,Germán
Fonte: Facultad de Odontología -UCV Publicador: Facultad de Odontología -UCV
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2002 ES
Relevância na Pesquisa
37.12%
En el presente artículo se describen los principales aspectos relacionados con Trichomonas tenax, protozoario que se encuentra en la cavidad bucal humana de algunos individuos, en donde se destacan: Historia, taxonomía, características morfológicas, fisiológicas y de cultivo, estructura antigénica, biología molecular, así como algunas consideraciones en referencia a la ecología y a la patogenicidad por parte de este microorganismo tanto dentro como fuera de los límites de la cavidad bucal.