Página 1 dos resultados de 285 itens digitais encontrados em 0.056 segundos

Os desafios da estratégia Pós-Kyoto

Oliveira, Gisela M.
Fonte: Edições Universidade Fernando Pessoa Publicador: Edições Universidade Fernando Pessoa
Tipo: Livro
Publicado em //2015 POR
Relevância na Pesquisa
86.24%
As alterações climáticas constituem um problema universal, considerado como um dos grandes desafios mundiais do séc. XXI. O estabelecimento, em 1992, da Convenção Quadro das Nações Unidas sobre as Alterações Climáticas, consolidada mais tarde, em 1997, com Protocolo de Kyoto, formalizou o início de um período de políticas e de estratégias internacionais de atuação para a mitigação das alterações climáticas. O presente texto debruça-se sobre o percurso internacional destas estratégias e políticas de atuação climática, até ao momento e, perante o vazio deixado com o término do Protocolo de Kyoto em dezembro de 2012, também especula sobre as possibilidades de negociação do próximo acordo internacional sobre as alterações climáticas na era pós-Kyoto.

Modelo de decisão para escolha de tecnologia para o tratamento de resíduos sólidos no âmbito de um município; A decision-making model to select technologies for municipal solid waste treatment

Furlan, Walter
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 04/10/2007 PT
Relevância na Pesquisa
86.13%
Recentemente passou a ser aceito por amplos segmentos da sociedade as conclusões de cientistas de que o homem vem provocando a mudança climática global em curso por meio da emissão de gases de efeito estufa. E espera-se, se nada for feito, por um agravamento do aquecimento global, em função do aumento da população mundial e do desenvolvimento econômico, para os próximos anos. O resíduo gerado pela sociedade, quando em decomposição, é forte emissor de metano, um dos gases mais maléficos nesse processo. Organismos internacionais liderados pela ONU participam do esforço de limitar as emissões com a negociação de créditos de carbono do Protocolo de Kyoto, o que pode contribuir para viabilizar a adoção de novas tecnologias de tratamento de resíduos. Esta pesquisa traz aos gestores municipais, e aos empreendedores do setor, um modelo de decisão para escolha estratégica das tecnologias mais recentes para tratamento de resíduos sólidos urbanos. Usando a técnica de abordagem sistêmica (system analysis), com o apoio da teoria de ciclo de vida do produto e do conceito de eco-eficiência, foram traçadas tendências. O modelo de decisão usou a técnica do pensamento focado no valor (Value-Focused Thinking) pertencente à teoria da decisão multiatributo. A partir da percepção de importantes formadores de opinião...

Aplicação do mecanismo de desenvolvimento limpo: o caso Novagerar; Application of Clean Development Mechanism: the case Novagerar

Souza, Gleice Donini de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 24/08/2007 PT
Relevância na Pesquisa
96.3%
A Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas, que tem como objetivo final a estabilização das concentrações de gases de efeito estufa em um nível que impeça a interferência humana perigosa no sistema climático, estabeleceu o Protocolo de Kyoto. O Protocolo é um instrumento que permite aos Países do Anexo I (aqueles historicamente responsáveis pelas emissões de GEE) os meios de atingirem suas metas de redução de emissões de Carbono. Para que as metas sejam atingidas, o Protocolo instituiu mecanismos de flexibilização, dos quais destacamos o Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL). O MDL prevê financiamentos de Países do Anexo I em atividade que resultem em reduções/seqüestro de Carbono em países Não Anexo I. O primeiro projeto de MDL registrado no Comitê Executivo no mundo é o brasileiro NovaGerar, objeto deste estudo. O propósito deste trabalho é discutir o Protocolo de Kyoto, o Mecanismo de Desenvolvimento Limpo e verificar suas oportunidades a partir do projeto NovaGerar.; The United Nation Framework Convention on Climate Change (UNFCCC) has as final target to establish the greenhouse gases concentration on the atmosphere in one level that impedes the dangerous human interference on the climatic system. The UNFCCC established the Kyoto Protocol...

Contribuição ao estudo do valor, das perspectivas e da efetividade do mecanismo de desenvolvimento limpo no Protocolo de Kyoto; CONTRIBUTION TO THE VALUES STUDY, PERSPECTIVES AND EFFECTIVENESS OF THE CLEAN DEVELOPMENT MECHANISM OF THE KYOTOS PROTOCOL

Moraes, Luiz Antonio Grell de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 24/06/2008 PT
Relevância na Pesquisa
116.2%
Esta dissertação trata da história e características do Protocolo de Kyoto (PK), seguido do estudo do valor, das perspectivas e da efetividade do Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL), definido pelo Artigo 12 daquele Protocolo à Convenção Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima (CQNUMC). Nesse propósito, foram desenvolvidas análises conceituais das pretensões, possibilidades, valor e mesmo das equivocações do MDL. A grande importância desse instrumento acaba demonstrada que não é o seu objetivo primeiro, de auxilio nos compromissos dos países desenvolvidos (PDs), mas sim as diversas vantagens que promove para os países em desenvolvimento (PEDs). Esse instrumento de flexibilização, que foi concebido para auxiliar o cumprimento das obrigações (redução das emissões de CO2) dos países desenvolvidos (PDs) no Protocolo, pode ir muito além, com projetos de desenvolvimento sustentável (social, econômico, étnico, cultural, técnico e ambientalmente) adequados e favorável aos PEDs. Seus projetos podem e deve travar um bom combate à pobreza, o que garante também um avanço correto na perseguição do controle das causas e efeitos das mudanças climáticas. O MDL permeia todas essas questões e constitui o instrumento já presente e de conscientização...

O Protocolo de Kyoto e os países em desenvolvimento: uma avaliação da utilização do Mecanismo de Desenvolvimento Limpo; Kyoto Protocol and developing countries: analyses of Clean Development Mechanism adoption

Godoy, Sara Gurfinkel Marques de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 14/02/2011 PT
Relevância na Pesquisa
106.13%
Com base na Nova Economia Institucional, o foco desta pesquisa foi o de identificar os custos de transação existentes nos projetos de MDL (Mecanismo de Desenvolvimento Limpo) e investigar se eles são barreiras para o desenvolvimento do projeto, e se podem afetar a eficiência de projetos já implantados. Mais especificamente, foram analisadas as variáveis que afetam as diferenças entre as reduções de emissões estimadas nos projetos de MDL e as reduções realmente verificadas (Sucesso de Redução - SR), depois do projeto implantado e monitorado. A fim de cumprir esse objetivo, esta pesquisa contou com levantamento de dados secundários relativos aos projetos de MDL realizados em todo o mundo, e dados primários relativos aos projetos brasileiros de MDL. A análise das informações mostrou que os países mais relevantes em número de projetos são Índia, China, Brasil, mas este ranking se altera dependendo da variável analisada (por exemplo, volume de emissão reduzida ou estimada). Os setores mais relevantes em volume de redução são de HFC, N2O, mas este perfil se altera quando analisado o número de projetos, ficando em primeiro lugar biomassa, hidroelétrica e energia eólica. Em relação ao SR, a maior parte dos projetos não apresenta eficiência satisfatória. No entanto...

O Protocolo de Kyoto: a União Européia na liderança do regime de mudanças climáticas

Domingos, Nicole de Paula
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 136 f.
POR
Relevância na Pesquisa
86.16%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Relações Internacionais (UNESP - UNICAMP - PUC-SP) - FFC; Esta pesquisa analisa os fatores que levaram a União Européia a adotar uma estratégia de liderança nas negociações multilaterais sobre mudanças climáticas, principalmente após a recusa dos Estados Unidos em ratificar o Protocolo de Kyoto no ano de 2001. O trabalho aponta que o posicionamento da UE, aparentemente paradoxal, deve ser compreendido a partir de duas dimensões centrais. A primeira discute o cenário econômico-energético do bloco e sugere que esta postura pró-Kyoto sofre influência não só do aprofundamento da integração econômica, mas também da necessidade de garantir segurança energética no continente europeu. A segunda dimensão se utiliza de debates sobre política internacional para mostrar que esta estratégia pode ser interpretada como forma de consolidar a capacidade de atuação internacional dos europeus enquanto bloco. Em particular, deve-se destacar que a liderança da UE tem se consolidado especialmente em áreas onde os norte-americanos têm se desengajado progressivamente; This research analyzes the factors that led the European Union to adopt a strategy of leadership during the multilateral negotiations on climate change issues...

Influência dos créditos de carbono na viabilidade financeira de três projetos florestais

Nishi,Marcos Hiroshi; Jacovine,Laércio Antônio Gonçalves; Silva,Márcio Lopes da; Valverde,Sebastião Renato; Nogueira,Haroldo de Paiva; Alvarenga,Antônio de Pádua
Fonte: Sociedade de Investigações Florestais Publicador: Sociedade de Investigações Florestais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2005 PT
Relevância na Pesquisa
96.01%
O presente trabalho teve como objetivo estudar a influência dos créditos de carbono na viabilidade financeira de três projetos florestais. Os projetos analisados foram: heveicultura, eucalipto e pinus para produção de borracha, celulose e resina, respectivamente. O Valor Presente Líquido (VPL), a Taxa Interna de Retorno (TIR), o Valor Esperado da Terra (VET) e o Valor Anual Equivalente (VAE) foram os indicadores utilizados na avaliação financeira, a uma taxa de desconto de 10% ao ano. Os resultados deste trabalho indicaram que, com esta taxa, os projetos de eucalipto e pinus foram viáveis sem os recursos adicionais dos CERs (Certificados de Emissões Reduzidas), ressaltando-se que a inclusão dos créditos de carbono propiciou aumento da viabilidade financeira destes. Já o projeto da heveicultura mostrou-se viável apenas com os Certificados de Carbono. A receita advinda da venda dos CERs aumentou consideravelmente a viabilidade financeira dos três projetos, mesmo considerando a tonelada de CO2 a US$3,00. Caso o Protocolo de Kyoto seja ratificado, haverá um incremento no preço pago pela tonelada de CO2, que ocasionará o aumento da contribuição dos CERs em projetos florestais.

A hipótese da curva de Kuznets ambiental global: uma perspectiva econométrico-espacial

Carvalho,Terciane Sabadini; Almeida,Eduardo
Fonte: Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas - FIPE Publicador: Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas - FIPE
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2010 PT
Relevância na Pesquisa
86.07%
Com o objetivo de averiguar a relação entre crescimento econômico e aquecimento global, este trabalho analisa uma curva de Kuznets ambiental por meio de uma abordagem econométrica espacial. Estimou-se uma CKA para emissões de CO2 per capita contra a renda per capita e seu termo ao quadrado, controlando, para exportações per capita, o consumo de energia per capita, uma dummy indicando os países que ratificaram o Protocolo de Kyoto. Os resultados sugerem que existem evidências de uma CKA na forma de "U" invertido, isto é, o crescimento reduz o impacto ambiental da atividade econômica. Porém, a incorporação do termo cúbico para a renda revela que as emissões eventualmente voltam a aumentar em níveis muito elevados de crescimento, fazendo que a CKA global estimada apresente o formato de "N". Outra descoberta foi a evidência de que os países que ratificaram o Protocolo reduziram significativamente suas emissões de CO2 per capita.

O regime internacional de mudança climática e o Brasil

Viola,Eduardo
Fonte: Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais - ANPOCS Publicador: Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais - ANPOCS
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2002 PT
Relevância na Pesquisa
86.25%
Este artigo analisa o processo de formação do regime internacional de mudança climática desde as negociações e a assinatura da convenção Quadro das Nações Unidas sobre Mudança Climática, no Rio de Janeiro (1992), passando pela negociação e assinatura do Protocolo de Kyoto (1997), até a conclusão dos pontos pendentes do protocolo na VII Conferência das Partes em Marrakesh (2001). Também são estudados as políticas públicas relacionadas às emissões de carbono no Brasil, na década de 1990, e o posicionamento brasileiro em relação ao regime de mudança climática. No Protocolo de Kyoto (1996-2001), o Brasil propôs o Fundo de Desenvolvimento Limpo e opôs-se a compromissos de redução da taxa de crescimento futuro das emissões de gás carbono por parte dos países emergentes, ao estabelecimento de mecanismos flexibilizadores de mercado e à inclusão das emissões derivadas de mudança do uso da terra. Finalmente, analisam-se as perspectivas futuras do Protocolo de Kyoto depois dos Acordos de Bonn e Marrakesh, particularmente em relação à sua viabilidade a longo prazo sem a presença dos Estados Unidos.

O Protocolo de Kyoto e a geração de energia elétrica pela biomassa da cana-de-açúcar como mecanismo de desenvolvimento limpo

Meneguello,Luiz Augusto; Castro,Marcus Cesar Avezum Alves de
Fonte: Universidade Católica Dom Bosco Publicador: Universidade Católica Dom Bosco
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2007 PT
Relevância na Pesquisa
106.14%
Este artigo faz uma breve explanação sobre as causas do aquecimento global e suas conseqüências para o clima na Terra e apresenta as exigências necessárias às usinas de açúcar e álcool para a apresentação de projetos com vistas a sua classificação como Mecanismos de Desenvolvimento Limpo conforme estabelecido pelo protocolo de Kyoto. Também faz uma análise das possibilidades de aumento da mitigação dos gases do efeito estufa através da modernização dos processos de produção nas empresas do setor sucroalcooleiro.

Rediscutindo o papel dos ecossistemas terrestres no sequestro de carbono.

ROSCOE, R.
Fonte: Cadernos de Ciência & Tecnologia, Brasília, v. 20, nº 2, p. 209-223, maio/ago. 2003. Publicador: Cadernos de Ciência & Tecnologia, Brasília, v. 20, nº 2, p. 209-223, maio/ago. 2003.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
86.19%
À luz das crescentes evidências do caráter antrópico de significativa parcela das mudanças climáticas globais observadas nos últimos 200 anos, a comunidade científica vem buscando entender os processos que levam ao aquecimento global. O seqüestro de carbono nos ambientes terrestres vem sendo apontado como uma alternativa mitigadora das mudanças climáticas, sendo contemplada em acordos internacionais como o Protocolo de Kyoto. As análises sobre os potenciais de seqüestro pelos ambientes terrestres, em sua maioria, têm sido feitas de forma pontual e segmentada, não sendo comum uma análise mais abrangente dos processos envolvidos no ciclo biogeoquímico dos gases de efeito estufa. Com o objetivo de se ampliar a discussão sobre o assunto, faz-se uma análise mais profunda sobre o papel dos ecossistemas terrestres no balanço de CO2 (principal gás de efeito estufa) na atmosfera, enfatizando as potencialidades e limitações de atividades mitigadoras relacionadas às mudanças no uso da terra, no âmbito do Protocolo de Kyoto. Conclui-se que a fixação de carbono nos ecossistemas terrestres seria ineficiente e inócua para mitigar os problemas causados pelo acúmulo de CO2 na atmosfera, caso sejam mantidos os atuais padrões de consumo de combustíveis fósseis. Considerações sobre os processos envolvidos e implicações para as políticas publicas são apresentadas...

O Mecanismo de desenvolvimento limpo e a suinocultura no oeste catarinense

Gonçalves, Verônica Korber
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 128 p.| il., grafs.
POR
Relevância na Pesquisa
86.23%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Sociologia Política, Florianópolis, 2010; As diversas organizações sociais passaram a proferir, a partir de meados de 1980, um discurso quase homogêneo acerca da existência do problema das mudanças climáticas, divergindo, porém, quanto aos índices de aquecimento do planeta, e quanto às medidas a serem tomadas para #solucionar# o problema. A principal resposta jurídica ao problema ambiental anunciado é o Protocolo de Quioto, que estabelece metas de redução de emissão dos gases do efeito estufa e cria instrumentos de flexibilização das metas, entre os quais se destaca o mecanismo de desenvolvimento limpo (MDL). Porém, o fato de existir um acordo internacional que reconheça o problema das mudanças climáticas não permite concluir quais serão as conseqüências da implementação da norma. A análise da eficácia destas pode ser feita a partir da verificação da implementação do Protocolo, dos mecanismos de flexibilização e dos impactos destes na realidade. O objetivo da pesquisa é analisar os impactos de um projeto de MDL numa localidade específica. O estudo de caso escolhido refere-se ao #Programa 3S# da empresa Sadia...

Oportunidades para el sector eléctrico colombiano dentro del marco del protocolo de Kyoto

Correa Castrillón, Jairo Andrés
Fonte: Universidad EAFIT; Especialización Organización Industrial y Regulación Económica; Escuela de Economía y Finanzas. Departamento de Economía Publicador: Universidad EAFIT; Especialización Organización Industrial y Regulación Económica; Escuela de Economía y Finanzas. Departamento de Economía
Tipo: bachelorThesis; Trabajo de grado; acceptedVersion
Relevância na Pesquisa
106.26%
La preocupación mundial por el Cambio Climático Global es creciente debido a los Gases de Efecto Invernadero (GEI), la Convención Marco de Naciones Unidas sobre Cambio Climático (UNFCCC) ha motivado en 1997 el Protocolo de Kyoto (PK) a tomar medidas correctivas para reducir GEI en no menos del 5.2% respecto a los niveles de las de 1990. Para reducir los costos de transacción y las cargas económicas de estos países, se han diseñado diferentes mecanismos: Comercio de Emisiones (CE), Implementación Conjunta (IC) y Mecanismo de Desarrollo Limpio (MDL), mediante bonos o certificados que pueden ser transados internacionalmente en los “Mercados de Carbono”. El Sector Eléctrico Colombiano ya se ha beneficiado con algunos proyectos MDLs, pero se prevé que se beneficie mucho más tanto en el Mercado Regulado (MR) como en el Mercado Voluntario (MV). Las Pequeñas Centrales Hidráulicas (PCH) son un ítem importante en los proyectos actuales de MDL en Colombia, pero van a tomar mucha más relevancia por las condiciones del mercado y sus características hídricas.; 90 p.; Contenido parcial: Protocolo de Kyoto (PK) -- Comercio de Emisiones (CE) -- Mecanismo de Desarrollo Limpio (MDL) -- Certificados de Reducción de emisiones (CERs) -- Generación con fuentes renovables -- Energía hidráulica -- Energía eólica -- Oportunidades de MDL en el sector eléctrico colombiano.

La participación del Estado colombiano en la implementación del Protocolo de Kyoto. Iniciativas propuestas frente al Mecanismo de Desarollo Limpio (MDL)

Rojas Castellanos, Camilo Andrés
Fonte: Facultad de Relaciones Internacionales Publicador: Facultad de Relaciones Internacionales
Tipo: info:eu-repo/semantics/bachelorThesis; info:eu-repo/semantics/acceptedVersion Formato: application/pdf
Publicado em 08/04/2011 SPA
Relevância na Pesquisa
106.28%
A partir de la firma del Protocolo de Kyoto el Estado colombiano ha elaborando herramientas político-jurídicas a nivel local, para implementar y sacar provecho de las oportunidades que genera el Mecanismo de Desarrollo Limpio en el país. El resultado son 161 proyectos a la fecha.; Since the signning of Kyoto Protocol, the colombian State has made policy-lay measures, in order to implement and profit from the oportunities created by the CDM. The results are 161 projects up to date.

Protocolo de Kyoto, análisis e implicancias de sus mecanismos.

Moreno Rojas, Mónica
Fonte: Universidad de Chile; Universidad de Chile. Programa Cybertesis Publicador: Universidad de Chile; Universidad de Chile. Programa Cybertesis
Tipo: Tesis
ES
Relevância na Pesquisa
116.14%
Memoria (licenciado en ciencias jurídicas y sociales); El objeto principal de la investigación, consiste en la saga del Protocolo de Kyoto, sus fundamentos jurídicos y políticos, sus factores explicativos, su relevancia para Chile y las innovaciones que a partir de él, podrían esperarse

A hipótese da curva de Kuznets ambiental global: uma perspectiva econométrico-espacial

Carvalho, Terciane Sabadini; Almeida, Eduardo
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/09/2010 POR
Relevância na Pesquisa
86.22%
With the aim of checking the relationship between income growth and global warming, the present study analyzes a global environmental Kuznets curve for a sample of 187 countries through a spatial econometric approach. An EKC for conventional per capita CO2 emissions was run on per capita income and its square value, controlling for per capita exports, per capita energy consumption, a dummy variable indicating the countries that ratified the Kyoto Protocol. The results suggested that there is evidence of an inverted U shaped EKC, that is, growth reduces the environmental impact of economic activity. However, the incorporation of a cubic term for per capita income shows that emissions eventually return to increase at a very high level of growth, leading the estimated EKC has an N shape. Furthermore, another finding was that there are evidences that countries that ratified the Kyoto Protocol reduced significantly their per capita CO2 emissions.; Com o objetivo de averiguar a relação entre crescimento econômico e aquecimento global, este trabalho analisa uma curva de Kuznets ambiental por meio de uma abordagem econométrica espacial. Estimou-se uma CKA para emissões de CO2 per capita contra a renda per capita e seu termo ao quadrado...

Management of carbon credits: a multiple case research; Gestión de créditos de carbono: un estudio de casos múltiples; Gestão de créditos de carbono: um estudo multicasos

Conejero, Marco Antonio; Neves, Marcos Fava
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2007 POR
Relevância na Pesquisa
86.23%
The Kyoto Protocol was approved in February 2005 and the carbon market without rules, played by pioneer companies interested in learning by doing and worried about their corporate image, started working towards a formality. As the market of Certified Emissions Reduction (CER) has already established Institutional Environment, it is interesting to study, based on the Transaction Cost Economics (TCE) theory, how the transaction costs induce alternative ways of production, in particular the contracts between private companies, with CDM (Clean Development Mechanism) projects, and the commercialization channels developed by multilateral organizations. For this, the research uses the case studies method to obtain private information about the transactions of CER, and their contracts between Brazilian companies and a multi-lateral organization, the World Bank. A result is that, in contrast with the spot market relationship, the Brazilian CDM projects benefited - in terms of reduction of transaction costs - with the CERs transactions (contracts) involving the World Bank since this bank does all distribution channel functions except the acquisition of CERs property rights.; El Protocolo de Kyoto fue ratificado en febrero de 2005 y, con ello...

DIAGNOSIS OF ENVIRONMENTAL MANAGEMENT FROM THE KYOTO PROTOCOL PERSPECTIVE: THE CASE OF UNIT PRODUCTION OF PIGLETS; Diagnóstico da gestão ambiental à luz do Tratado de Kyoto. O caso da UPL – Unidade Produtora de Leitões

Benetti, Juliana Eliza; Universidade Regional de Blumenau; Fiorentin, Marlene; Universidade Regional de Blumenau; Lavarda, Carlos Eduardo Facin; Universidade Regional de Blumenau
Fonte: UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ - ACCOUNTING DEPARTMENT Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ - ACCOUNTING DEPARTMENT
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 09/05/2011 POR
Relevância na Pesquisa
86.1%
The worldwide concern with the environment, the threat to survival and global warming due to greenhouse gas emissions, make the environmental management and the Kyoto Protocol occupy a prominent place in international debates. The aim of this study is to verify how the environmental management of the business unit UPL - Unit Production Piglets is performed according to the Kyoto Protocol. Regarding the methodology work appears as a descriptive research through an illustrative case with a qualitative approach to the problem. Data were collected through desk research, questionnaires and interviews with managers responsible for UPL. It was found in the unit's concern to apply techniques of sustainable development and environmental preservation such as waste treatment systems through digesters, which in addition to preventing pollution from methane gas in the air, is utilized to generate all energy consumed inside the barn. The company's concern is not only within the UPL, but provides technical support to customers. The company is awaiting the release of the United Nations to sell carbon credits.; A preocupação em escala mundial com o meio ambiente, a ameaça à sobrevivência e o aquecimento global devido à emissão de gases poluentes...

Discurso, imagem e cultura: a representação do protocolo de Kyoto

Bonfiglioli, Cristina Pontes; ECA - USP
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 17/06/2008 POR
Relevância na Pesquisa
86.08%
: This essay intends to present some aspects of the relation between discourse and image taking into consideration the analysis of their use to represent the Kyoto Protocol. Epistemological questions about the production and the effects of significance and meaning, related to the publicizing of ecological speech and of images related to it, suggest that there is a complex interaction between cultural imaginary shaped by the ideas of the modern project, which is base of the ecological discourse, and the seducement of the photographic image that represents it. This interaction create paradoxes in communicative negotiations, which we defend as a disconnection between discourse and image due to the distinctive operation inherent to the specificities of the language-discourse relations on one side and to the image-code relations on the other.; Este ensaio pretende levantar alguns aspectos da relação entre discurso e imagem tendo como referência a análise da representação discursiva e imagética do Protocolo de Kyoto. Questões epistemológicas sobre produção e efeitos de significação e de sentido relativas à divulgação do discurso ecológico e de imagens a ele vinculadas sugerem que há uma complexa interação entre o imaginário cultural calcado no ideário do projeto moderno...

As Teorias Econômicas implícitas no Protocolo de Kyoto; The implicit economic theories on the Kyoto Protocol

Simão, Nathalia; Martins, Gilberto; Centro de Engenharia, Modelagem e Ciências Aplicadas (CECS) da Universidade Federal do ABC (UFABC).; Favareto, Arilson; Coordenador do Bacharelado em Ciências e Humanidades e membro do Centro de Engenharia, Modelagem
Fonte: Editora de Livros IABS Publicador: Editora de Livros IABS
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 09/09/2014 POR
Relevância na Pesquisa
126.28%
O principal objetivo deste artigo é analisar as influências implícitas nas bases de construção do Protocolo de Kyoto a partir de três vertentes da economia: economia ambiental neoclássica, a economia ecológica e economia institucionalista. A partir desta análise foi possível compreender e fomentar a discussão sobre a lógica pela qual surgiu o Protocolo e como foram desenvolvidos seus instrumentos de atuação. Verificou-se que a proposta apresenta-se como uma instituição que tem como ponto de partida princípios que mais se assemelham à abordagem da economia ecológica, haja vista o próprio intento de prevenção/contenção do aquecimento global ao qual se propõe. No entanto, apesar de almejar objetivos mais amplos, a racionalidade econômica e os princípios nos quais se baseiam a economia neoclássica ainda prevaleceram, sob a forma de instrumentos e mecanismos de mercado.; The main objective of this paper is to analyze the implicit influences on the basis for construction of the Kyoto Protocol using three different theoretical basis: neoclassical environmental economics, ecological economics and institutionalist economics. From this analysis it was possible to understand the logic whereby the Protocol emerged and how its instruments and mechanisms were developed.It was observed that the proposal itself may be considered as an institution which presents as starting point principles that more closely resemble the approach of ecological economics...