Página 1 dos resultados de 2381 itens digitais encontrados em 0.019 segundos

Tradutores e propagandistas: da tradução como ferramenta de propaganda do Estado Novo no estrangeiro e da indústria que se desenvolveu em torno desta no Secretariado da Propaganda Nacional-Secretariado Nacional de Informação

Cotrim, João Pedro Caeiro da Silva Bernardo
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
36.11%
Desde 1933, o Secretariado da Propaganda Nacional (a partir de 1944, Secretariado Nacional de Informação) procurou levar a cabo uma complexa acção de propaganda de Portugal e do Estado Novo no estrangeiro, por meio de publicações sobre os mais diversos assuntos nacionais, desde a propaganda comercial e turística à cultural e, em especial, à política. Para tal, necessitou do apoio de um rol de tradutores para língua estrangeira, funcionários do Secretariado ou contratados fora do mesmo. Partindo da análise documental dos arquivos do SPN/SNI, este estudo procura traçar um mapa da cadeia global de tradução dentro deste organismo, identificar os tradutores (cuja identidade esteve sempre ausente das diversas publicações), revelar linhas de acção e possíveis constrangimentos, abrindo assim mais uma janela sobre a história da tradução em Portugal, neste caso sobre o trabalho de tradução e o ofício do tradutor num organismo de propaganda do Estado Novo.; Since 1933, the Secretariado da Propaganda Nacional (Secretariado Nacional de Informação, from 1944 on) had carried out a detailed plan concerning propaganda about Potugal and the Estado Novo abroad, publishing literature on topics as diverse as tourism and commerce to cultural and political propaganda. To achieve it...

Brigadas muralistas e cartazes de propaganda da Experiência Chilena (1970-1973); The murals and posters produced in Chile during the presidential campaign (1970-1973)

Dalmás, Carine
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 21/12/2006 PT
Relevância na Pesquisa
36.08%
O presente trabalho tem como propósito analisar os murais e os cartazes produzidos no Chile durante a campanha presidencial e o governo da Unidade Popular (UP) liderado por Salvador Allende (1970-1973). Neste período foi formulado o projeto de realizar, no Chile, a transição para o socialismo pela via pacífica. Consideramos que as pinturas murais e os cartazes foram expressões da luta política encabeçada por partidos de esquerda de diferentes tendências que se uniram em torno deste projeto comum. Partimos da hipótese de que estas imagens produzidas para fazer propaganda política do projeto da UP traduzem, enquanto documentos históricos, não apenas os valores políticos e ideológicos da coligação, mas também as suas tensões políticas internas. As imagens de propaganda tinham o objetivo de conscientizar e conquistar o apoio da sociedade para a transformação do Chile num país socialista e, sendo assim, contribuíram para a construção de um imaginário socialista. O estudo da forma pela qual a propaganda visual da UP difundiu este imaginário constitui o eixo central desta análise que se circunscreve, do ponto de vista historiográfico, no campo da história das representações. Entendemos que a análise das imagens expressas nos murais e nos cartazes permitirá apreender o significado do imaginário que orientou as práticas políticas do governo...

Hollywood e a contenção do 'mal': propaganda e legitimação das ações de repressão ao comunismo na era McCarthy, 1947-1954; Hollywood and the containment of "evil": propaganda and legitimation of repression actions to communism in the McCarthy era, 1947-1954

Espinosa, Nanci
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/01/2015 PT
Relevância na Pesquisa
36.08%
Nos primeiros anos após a Segunda Guerra a sociedade estadunidense mergulhou em uma campanha de combate ao comunismo. Diversas manifestações políticas e culturais responderam aos anseios trazidos pela Guerra Fria. O cinema de Hollywood, tendo sua importância como meio de propaganda reconhecida, participou ativamente dessa campanha. Assim, analisamos cinco obras do cinema hollywoodiano produzidas nesses primeiros anos da Guerra Fria, que operaram como propagandas anticomunista, Big Jim McLain, I Was a Communist for The FBI, The Woman on Pier 13, My Son John e Red Planet Mars. Buscou-se, a partir das análises, discutir as mensagens expressas por essas obras, levantando suas influências e construções. As diferentes representações do enfrentamento contra o comunismo nas obras, nos apontaram como conveniente uma divisão das discussões em três eixos temáticos: a representação das ações do Estado, da família e da religião, na luta anticomunista. A partir dessas discussões percebemos a pluralidade de inquietações sociais da época, que acabaram por ser mobilizadas e, possivelmente, reforçadas a partir da propaganda produzida pelo cinema. Para tanto, examinamos de que maneira as obras lidaram com as inquietações sociais e escolhas ideológicas em sua criação estética...

A influência da propaganda nazista no marketing político atual

Marosin, Jônatas
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.13%
INTRODUÇÃO: O presente trabalho faz uma revisão no que diz respeito à propaganda nazista e qual a sua influência na propaganda política atual, mais contextualizada em seu marketing político. No primeiro e segundo capitulo foi discutido o marketing como origem e suas utilizações na propaganda política atual, no terceiro capitulo a importância dada foi em relação ao nazismo como propaganda de massa, que foi o principal foco desse trabalho de conclusão de curso. Essa evolução repercutiu de alguma forma em nossas vidas e isso tem a ver com o poder de persuasão que essas duas ferramentas possuem. Pode-se afirmar que o marketing político atual mantém traços da propaganda nazista, pois tanto o movimento nazista quanto a propaganda política atual, utilizaram de todos meios disponíveis de comunicação para cada época. Independente de se tratar de ditadura ou democracia, a finalidade segue sendo a mesma: influenciar os cidadãos e torná-los mais próximos de seus objetivos.; INTRODUCTION: This paper attempts to review with regard to Nazi propaganda and what is its influence on the current political propaganda, more context on their political marketing. The first and second chapter discussed the origin and marketing as its uses in political propaganda present in the third chapter the emphasis has been compared to Nazi propaganda and mass...

A propaganda política Soviética : uma análise de dez cartazes de 1917 a 1945

Zardo, Guilherme Luthemaier
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.09%
Este trabalho intitulado “A Propaganda Política Soviética – Uma análise de dez cartazes de 1917 a 1945.” abrange a análise de dez cartazes da propaganda política soviética que se situam entre o ano de 1917 e o ano de 1945. Os objetivos são o resgate do contexto histórico de cada peça, a explicitação dos conceitos ideológicos propagados pelo regime e a demonstração das técnicas persuasivas utilizadas por aquela propaganda. A fundamentação se dará a partir da recomposição da história daquele período e do estudo de escritos clássicos sobre propaganda política, teoria comportamental, semiótica e mitologia.; Este trabalho intitulado “A Propaganda Política Soviética – Uma análise de dez cartazes de 1917 a 1945.” abrange a análise de dez cartazes da propaganda política soviética que se situam entre o ano de 1917 e o ano de 1945. Os objetivos são o resgate do contexto histórico de cada peça, a explicitação dos conceitos ideológicos propagados pelo regime e a demonstração das técnicas persuasivas utilizadas por aquela propaganda. A fundamentação se dará a partir da recomposição da história daquele período e do estudo de escritos clássicos sobre propaganda política, teoria comportamental...

Propaganda, militarismo e suas relações com o Heavy Metal em um estudo de caso: o albúm The Glorious Burden da banda Iced Earth.

Rodrigues, Icles
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 127 páginas
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.06%
TCC (graduação)- Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, História.; Após os ataques ao World Trade Center em 11 de setembro de 2001, a mídia estadunidense se alinhou rapidamente com a propaganda que o governo dos Estados Unidos desejava espalhar, buscando o apoio popular para viabilizar uma guerra, primeiro contra o Afeganistão e, depois, contra o Iraque, a “Guerra ao terror”. Diversos produtos da indústria do entretenimento – ou cultura da mídia – responderam ao panorama que se apresentava, dentre eles, estava a música. O heavy metal, gênero musical normalmente visto como contestador e/ou progressista, foi intensamente afetado pela propaganda militarista que predominou nos EUA a partir de 2001 e, principalmente, após 2002. Um caso específico emergiu: o álbum The Glorious Burden da banda estadunidense Iced Earth. Lançado em 2004, o mesmo faz uso da ‘história oficial’ dos Estados Unidos para tentar demonstrar valores patrióticos, mas a forma como ele foi desenvolvido permite diferentes interpretações, por conta da polissemia dos produtos da cultura da mídia. Através de hipóteses baseadas no material disponível para coleta, analisaremos como o álbum The Glorious Burden pode ser interpretado como alinhado à propaganda de guerra...

Propaganda política do estado novo análise de conteúdo dos discursos presidenciais de tomada de posse (1926-1974)

Silva, Andreia Sofia Porfírio da
Fonte: Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas Publicador: Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 12/11/2013 POR
Relevância na Pesquisa
36.1%
Tese de Mestrado em Comunicação Social, Especialização em Comunicação Estratégica; A propaganda política é um conjunto de procedimentos cujo objectivo visa a adesão a um sistema ideológico de cariz político (Gonçalves, 1961). A propaganda tem como objectivo provocar emoções e desejos, de forma que o público identifique o propagandista como o único a conseguir concedê-los. No plano dos meios, a propaganda política tem-se manifestado ao longo da história através de várias formas, tais como a imprensa escrita, a palavra falada, a imagem ou a acção, existindo assim, uma vasta diversidade de meios através dos quais a intenção propagandística se pode manifestar (Domenach, 1975; Quintero, 2011). Apresente dissertação centra-se num dos recursos fundamentais da propaganda política, o discurso, e, concretamente, no estudo presente, os discursos presidenciais de tomada de posse do Estado Novo. Pretende-se na dissertação presente estudar-se o aparelho propagandístico do Estado e a relação dos Presidentes da República com o mesmo e com os valores defendidos. Para tal utilizou-se técnica de investigação análise de conteúdo essencialmente na sua variante qualitativa. Espera-se com este estudo contribuir para a sistematização dos valores discursivos defendidos durante o período do designado Estado Novo em Portugal.; Political propaganda is a set of procedures the aim of which is the adherence to a primarily political ideological system (Gonçalves...

A Sociedade Propaganda de Portugal : Turismo e Modernidade (1906-1911)

Jesus, Pedro Manuel Cerdeira de
Fonte: Universidade Nova de Lisboa Publicador: Universidade Nova de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /12/2014 POR
Relevância na Pesquisa
36.06%
Esta dissertação tem como tema a Sociedade Propaganda de Portugal, associação fundada em 1906 e que constituiu uma primeira experiência de introdução de uma aposta articulada na actividade turística em Portugal. Mais do que isso, a Propaganda de Portugal apresentou uma proposta ambiciosa e coerente de modernização do país, aspecto que preside à análise da actividade que desenvolveu ao longo dos seus primeiros anos de existência. O trabalho abre com uma análise do percurso do fundador, Leonildo de Mendonça e Costa, e de que forma este influenciou a criação da Sociedade, sendo depois analisado todo o processo de fundação, enquadrado no Portugal de 1900, bem como a evolução da Sociedade em termos de membros, liderança e discurso. A análise do projecto de modernização ocupa a maior parte do trabalho, separada pelas diversas áreas de actuação: transportes, serviços, melhoramentos, hotelaria, estâncias e propaganda; prestando-se a devida atenção às formas de actuação que privilegiou e à distância que se verificou entre projectos e realizações, bem como às causas dessa distância.

Propaganda, da teoria à prática: uma análise da propaganda nazi

Pais, Sandra Simões
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
36.13%
Esta dissertação de Mestrado apresentada à Universidade da Beira Interior tem como tema central a propaganda política, fazendo também uma abordagem mais específica à propaganda nazi. Pretende ser feita uma análise das características gerais da propaganda e a forma como a propaganda nazi aplicou essas mesmas características, dando origem a uma das campanhas propagandísticas mais importantes da história mundial. A dissertação encontra-se dividida em duas partes. Na primeira parte será feita uma abordagem geral à temática da propaganda: os tipos de propaganda existentes, as técnicas que devem ser tidas em conta no momento da sua elaboração e os meios de comunicação que deverão ser usados na sua difusão. Esta primeira parte centra-se na análise comparativa dos estudos desenvolvidos por vários autores. Na segunda parte, especificamente dedicada à propaganda nazi, serão expostas as características específicas da propaganda nazi, fazendo paralelos com o apresentado na primeira parte da dissertação. Serão debatidos os princípios da propaganda nazi, definidos pelo próprio Ministro da Propaganda do Terceiro Reich, Joseph Goebbels, e serão também apresentados os meios de comunicação usados na difusão dos ideais da propaganda do regime liderado por Adolf Hitler.

Cor ou escolaridade de personagens de propaganda? Preferências entre universitários

Moretti,Sérgio Luiz do Amaral; Hernandez,José Mauro da Costa; Muritiba,Patricia Morilha; Muritiba,Sérgio
Fonte: Fundação Getulio Vargas, Escola de Administração de Empresas de S.Paulo Publicador: Fundação Getulio Vargas, Escola de Administração de Empresas de S.Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2011 PT
Relevância na Pesquisa
36.08%
A literatura sobre a avaliação de personagens na propaganda mostra que a identificação de grupos sociais com a etnia varia segundo o objeto investigado. Com o objetivo de contribuir para esse campo foi realizado um survey com 4.200 universitários a fim de identificar suas reações à propaganda de um relógio de pulso. As análises foram feitas com três variáveis dependentes avaliando propaganda, produto e personagem; e três variáveis independentes avaliando a cor do respondente assim como a cor e o nível de escolaridade do personagem na percepção dos respondentes. Os resultados mostraram que a cor do personagem surtiu pouco efeito sobre a avaliação da propaganda e do produto, mesmo entre respondentes da mesma cor de pele. No entanto, a percepção do grau de escolaridade do personagem mostrou-se significativa para explicar as diferentes avaliações do produto e da propaganda.

Promoção e propaganda de medicamentos em ambientes de ensino: elementos para o debate

Palácios,Marisa; Rego,Sergio; Lino,Maria Helena
Fonte: UNESP Publicador: UNESP
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2008 PT
Relevância na Pesquisa
36.08%
A indústria farmacêutica utiliza a propaganda para a promoção de seus produtos. Os de uso controlado só podem ter a propaganda dirigida a profissionais habilitados a prescrevê-los ou dispensá-los. Este artigo faz uma ampla revisão de artigos científicos que discutem questões éticas e legais acerca da promoção e propaganda de medicamentos em ambientes de ensino médico. Conclui-se que não se justifica a auto-regulamentação da propaganda de medicamentos e que existem evidências suficientes de como o poder da indústria farmacêutica é capaz de influenciar as decisões no âmbito da relação médico-paciente, sendo a promoção e a propaganda um de seus instrumentos. Defende-se sua total proibição em ambientes de ensino, bem como a incorporação da temática na formação dos estudantes. Como a legislação vigente permite a propaganda de medicamentos vendidos sob prescrição apenas a médicos e farmacêuticos, destaca-se que tal propaganda é ilegal quando atinge estudantes de medicina e de farmácia.

A evolução da propaganda cultural e suas relações com a política; The evolution of cultural propaganda and its relationship with politics

França, Lisa
Fonte: Maria Luisa Martins Mendonça Publicador: Maria Luisa Martins Mendonça
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.08%
v. 3, n. 2, p. 197-217, jul./dez. 2000.; The work analyses the boundaries between politics and the cultural propaganda and how politics did impose on cultural manifestations, especially under authorítarian governments and during great wars. It brings charges of ideology ínvisible exercising in cultural actions of Art avant-guard movements of each time and raises a reflection about the dissociation of propaganda and information and the correlations between cultural propaganda and education. It finally examines the transformation of cultural objects in commodities in the contemporary world.; O artigo analisa as ligações da política com a propaganda cultural e as interferências dos regimes totalitários e das grandes guerras nas manifestações culturais dos povos. Averigua as interferências ideológicas nos tipos de manifestações culturais de vanguarda de cada época e traz também uma reflexão sobre a dissociação entre propaganda e informação e as correlações entre propaganda cultural e educação. Finalmente examina a transformação dos bens culturais em marketing e a utilização dos bens culturais como mercadorias essencialmente comerciais na contemporaneidade.

Imagem e propaganda em Portugal durante a Segunda Guerra Mundial

Cardoso, Débora Marina Canhoto
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
36.13%
Mestrado em História Moderna e Contemporânea especialidade em Cidades e Património; Pretende-se nesta dissertação estudar a fotografia de caráter propagandístico relativa à Segunda Guerra Mundial, publicada em Portugal durante esse período. Tomando como atores centrais a Alemanha, enquanto potência do Eixo, e a Inglaterra, enquanto potência Aliada, verificámos que ambas utilizaram amplamente a fotografia como meio de persuasão e de propaganda de guerra. Partimos da observação e análise das fotografias de guerra publicadas em revistas de propaganda, editadas e distribuídas em Portugal a partir de 1940, sendo fontes centrais desta dissertação as revistas A Esfera (pró-Eixo) e o Mundo Gráfico (pró-Aliados). O que se pretende apresentar e defender é a grande dimensão que a propaganda de guerra teve em Portugal, através da ação dos beligerantes que formaram grupos de influência. Apesar de Portugal se ter afirmado como um país neutro, o fenómeno da propaganda em Portugal, sobretudo a que distribuída através de imprensa, fez com que se tornasse num Estado «colaborante» com os diversos beligerantes. Para melhor compreender este fenómeno, será utilizada uma metodologia onde as questões colocadas serão analisadas de forma comparada...

Propaganda, da teoria à prática: uma análise da propaganda nazi

Pais, Sandra Simões
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
36.13%
Esta dissertação de Mestrado apresentada à Universidade da Beira Interior tem como tema central a propaganda política, fazendo também uma abordagem mais específica à propaganda nazi. Pretende ser feita uma análise das características gerais da propaganda e a forma como a propaganda nazi aplicou essas mesmas características, dando origem a uma das campanhas propagandísticas mais importantes da história mundial. A dissertação encontra-se dividida em duas partes. Na primeira parte será feita uma abordagem geral à temática da propaganda: os tipos de propaganda existentes, as técnicas que devem ser tidas em conta no momento da sua elaboração e os meios de comunicação que deverão ser usados na sua difusão. Esta primeira parte centra-se na análise comparativa dos estudos desenvolvidos por vários autores. Na segunda parte, especificamente dedicada à propaganda nazi, serão expostas as características específicas da propaganda nazi, fazendo paralelos com o apresentado na primeira parte da dissertação. Serão debatidos os princípios da propaganda nazi, definidos pelo próprio Ministro da Propaganda do Terceiro Reich, Joseph Goebbels, e serão também apresentados os meios de comunicação usados na difusão dos ideais da propaganda do regime liderado por Adolf Hitler.

Mecanismos de propaganda utilizados pelos Estados Unidos para conter a dissemina????o de ideais comunistas na guerra fria: o caso da guerra do Vietn??

Spezia, Lu??sa Pavarino
Fonte: Centro Universitário de Brasília Publicador: Centro Universitário de Brasília
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.11%
O envolvimento dos Estados Unidos com o Vietn?? foi um dos acontecimentos mais significantes da era p??s-Segunda Guerra Mundial. A intensa evolu????o dos meios de comunica????o neste per??odo configurou um cen??rio ideal para a difus??o de propagandas como estrat??gia pol??tica. Esta monografia concentra-se nos efeitos da propaganda pol??tica oficial americana em rela????o ?? sua popula????o interna e nas consequ??ncias diante da arena internacional. Para isso, s??o analisados exemplos de propaganda utilizada na inten????o de conter o comunismo durante o per??odo da Guerra Fria, com ??nfase na Guerra do Vietn??, sob uma perspectiva liberal. As administra????es destacadas s??o as dos presidentes Lyndon Johnson e Richard Nixon pelo fato de representarem per??odos de maior intensifica????o das propaga????es midi??ticas. Dessa forma, s??o ilustrados exemplos n??tidos da propaganda da ??poca, seguidos pela classifica????o de cada uma delas de acordo com os seguintes modelos de propaganda propostos por Welch (2013): white propaganda, grey propaganda e black propaganda. O trabalho tamb??m examina o grau de efic??cia dessas propagandas e de mobiliza????o do p??blico americano interno. Esta pesquisa utilizouse das metodologias hist??rica e comparativa.

Semiótica de la propaganda : aplicación empírica de un modelo de análisis formal a portadas de prensa de la Guerra Civil Española

Pineda, Antonio; Macarro Tomillo, Antonio; Barragán Romero, Ana Isabel
Fonte: Universidade Autônoma de Barcelona Publicador: Universidade Autônoma de Barcelona
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em //2012 SPA
Relevância na Pesquisa
36.17%
Aquest article es basa en l'aplicació d'un model dissenyat per a l'anàlisi semiòtica de la propaganda. El model s'aplica a una mostra de 182 portades de premsa procedents del diari ABC (en la seva edició madrilenya, políticament prorrepublicana) durant la Guerra Civil Espanyola. El model utilitzat estudia fonamentalment el procés de representació semàntica de les instàncies de poder propagandistes. En la present investigació, l'aplicació de conceptes i estructures formals del model es complementa amb la quantificació dels resultats empírics. Les portades analitzades s'entenen com a missatges propagandístics unitaris compostos per una imatge i un text; el grau en què ambdós codis convergeixen en un únic concepte propagandístic és un dels diversos aspectes de la Semiòtica de la Propaganda estudiats en aquest treball. Per mesurar aquesta convergència, els missatges són analitzats utilitzant el concepte teòric de el “propagandema” o unitat mínima de significat propagandístic. Els resultats evidencien que les portades d'ABC coadjuven a l'esforç de propaganda bèl·lica de la República, i funcionen bàsicament com un discurs a curt termini destinat a mantenir l'esperit de combat del bàndol republicà. No obstant això...

Mídia e propaganda racista: como os mass media constroem a imagem da realidade social – uma leitura do genocídio Ruanda; Mídia e propaganda racista: como os mass media constroem a imagem da realidade social – uma leitura do genocídio Ruanda; Mídia e propaganda racista: como os mass media constroem a imagem da realidade social – uma leitura do genocídio Ruanda

Couto, Andréia Terzariol
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigos; Pesquisa descritiva; Pesquisa Empírica; Pesquisa acadêmica; Pesquisa Historica; Pesquisa Académica; Descripción; Historic Research; Academic Research; Description Formato: application/pdf
Publicado em 01/10/2010 POR
Relevância na Pesquisa
36.08%
Este artigo tem por objetivo analisar como os mass media constroem a imagem da realidade social a partir de uma interpretação sobre o genocídio Ruanda, verificando como a propaganda racista teve um papel fundamental no desencadeamento dos fatos que levaram ao genocídio. A orientação teórica desse artigo, dentro dos limites que ele possui, busca uma tentativa de análise a partir da questão da identidade cultural, discutida por Hall (2003), e como um grande número de elementos de uma nação, que a princípio deveriam compartilhar de uma identidade cultural comum a partir de um determinado momento, passam a propagar o extermínio de outros. DOI: 10.5841/extraprensa.v1i6.31; Este artículo tiene por objeto analizar cómo los mass media construyen la imagen de la realidad social desde una interpretación del genocidio de Ruanda, y ver cómo la propaganda racista desempeñado un papel clave en el desencadenamiento de los acontecimientos que condujeron al genocidio. La orientación teórica de este artículo, dentro de los límites que tiene, un intento de solicitar la revisión de la cuestión de la identidad cultural, como se comenta por Hall (2003), y como un gran número de elementos de una nación, que el principio debe compartir una identidad cultural común desde un cierto punto...

A propaganda do governo e a publicidade automotiva: Disputas e contradições; Government propaganda and automotive advertising: Disputes and contradictions; La propaganda del gobierno y la publicidad automotiva: Disputas y contradicciones

Stevens, Leandro
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo não avaliado pelos pares Formato: application/pdf
Publicado em 31/07/2013 POR
Relevância na Pesquisa
36.08%
Pretende-se abordar questões sobre a comunicação publicitária que possuem o automóvel como tema, a partir de diferentes perspectivas: a publicidade da indústria automotiva que promove a venda do automóvel e, para tanto, apela ao desejo individual de liberdade e velocidade e, por outro lado, a propaganda e o controle do Governo sobre liberdade e velocidade que podem causar danos à vida. É possível estudar as contradições e disputas da comunicação publicitária sobre o automóvel como um fenômeno cultural, político e econômico.; It is intended to develop questions about the advertising communication that have the automobile as subject from different perspectives: the automotive industry advertising that promotes the sale of the car and, therefore, appeals to the desire for individual freedom and speed and, on the other hand, the propaganda and government control over freedom and speed that can cause damage to life. Is possible to examine the contradictions and disputes of advertising communication on the automobile as a cultural phenomenon, political and economic.; Se pretende abordar cuestiones relativas a la comunicación publicitaria que tienen el automóvil como tema, desde diferentes perspectivas: la publicidad de la industria automotiva...

Princípio da liberdade da propaganda política, propaganda eleitoral antecipada e o artigo 36-A da Lei Eleitoral

Peccinin, Luiz Eduardo
Fonte: TRE/PR e UFPR Publicador: TRE/PR e UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 24/08/2015 POR
Relevância na Pesquisa
36.08%
O presente trabalho tem por objetivo analisar o artigo 36-A da Lei nº 9.504/97, contrastando-o com o conceito jurisprudencial clássico de propaganda eleitoral antecipada. Primeiramente, de forma breve e objetiva, são apresentadas as alterações da Lei nº 12.034/2009 ao ordenamento jurídico eleitoral, em especial, ao regime da propaganda eleitoral. Em seguida, o estudo traça um panorama da propaganda política e dos princípios da máxima liberdade e igualdade que norteiam o debate político-eleitoral para, ao final, propor um avanço jurisprudencial no tema da propaganda eleitoral antecipada após as alterações advindas com o artigo 36-A.

Promoção e propaganda de medicamentos em ambientes de ensino: elementos para o debate

Palácios,Marisa; Rego,Sergio; Lino,Maria Helena
Fonte: UNESP Publicador: UNESP
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2008 PT
Relevância na Pesquisa
36.08%
A indústria farmacêutica utiliza a propaganda para a promoção de seus produtos. Os de uso controlado só podem ter a propaganda dirigida a profissionais habilitados a prescrevê-los ou dispensá-los. Este artigo faz uma ampla revisão de artigos científicos que discutem questões éticas e legais acerca da promoção e propaganda de medicamentos em ambientes de ensino médico. Conclui-se que não se justifica a auto-regulamentação da propaganda de medicamentos e que existem evidências suficientes de como o poder da indústria farmacêutica é capaz de influenciar as decisões no âmbito da relação médico-paciente, sendo a promoção e a propaganda um de seus instrumentos. Defende-se sua total proibição em ambientes de ensino, bem como a incorporação da temática na formação dos estudantes. Como a legislação vigente permite a propaganda de medicamentos vendidos sob prescrição apenas a médicos e farmacêuticos, destaca-se que tal propaganda é ilegal quando atinge estudantes de medicina e de farmácia.