Página 1 dos resultados de 100750 itens digitais encontrados em 0.042 segundos

Alinhamento estratégico de estrutura organizacional de projetos: uma análise de múltiplos casos. ; Strategical alignment of project organizational structure: an analysis of multiple cases.

Patah, Leandro Alves
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 24/05/2004 PT
Relevância na Pesquisa
36.28%
Porter (1996) argumenta que a essência da estratégia permanece em escolher atividades a serem feitas de uma maneira diferente. O planejamento estratégico pode ser definido como o processo de criação e implementação de decisões sobre o futuro de uma organização (KERZNER, 2002). Outro conceito atualmente em uso é o gerenciamento de projetos. Hoje, é necessária uma estratégia gerencial que utiliza as unidades operacionais para conduzir o trabalho, checar a eficiência e manter informado o alto nível gerencial. A metodologia de gerenciamento de projetos pode fazer tudo isto e é a maneira escolhida por muitas empresas para gerenciar seus aspectos críticos dos negócios (CLELAND; IRELAND, 2000). King (1978) diz que os projetos podem unificar as estratégias e disseminá-las pelas áreas da corporação. Um gerenciamento de projetos de sucesso requer o preenchimento da lacuna entre a visão da empresa e seus projetos (DINSMORE, 1998). Esta é a maneira pela qual as estruturas de projetos, tais como a funcional, a projetizada e a matricial e o PMO (Project Management Office), estrutura que aplica os conceitos de gerenciamento de projetos dentro de uma empresa, podem ajudar a gerar resultados planejados na estratégia da mesma...

Um novo enfoque para o gerenciamento de projetos de desenvolvimento de software ; A new project management approach for software development

Dias, Marisa Villas Bôas
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 17/11/2005 PT
Relevância na Pesquisa
36.3%
Esta dissertação tem por objetivo principal identificar o enfoque de gerenciamento de projetos – ágil ou clássico – mais apropriado para o desenvolvimento de software com o uso de Métodos Ágeis. De forma mais específica, a dissertação investiga se existe uma associação entre o desempenho dos projetos de desenvolvimento de software realizados com o uso de Métodos Ágeis e o enfoque de gerenciamento de projetos adotado. Este trabalho é decorrente de um estudo exploratório inicial, por meio do qual se buscou a ampliação do conhecimento sobre o tema, a elaboração de um estudo comparativo entre o Gerenciamento Ágil de Projetos e o Gerenciamento Clássico de Projetos, a investigação das principais características de um projeto de desenvolvimento de software realizado com o uso de Métodos Ágeis, a identificação de uma comunidade de pessoas que tivesse experiência em projetos desta natureza e, por fim, a estruturação de uma segunda etapa de pesquisa. Esta segunda etapa, de caráter quantitativo-descritivo, visou à descrição do conjunto de dados e a determinação das relações relevantes entre as variáveis de interesse. Para tanto, foram definidas as variáveis independentes, dependentes e intervenientes da pesquisa...

A maturidade em gerenciamento de projetos e sua contribuição para a seleção de projetos de acordo com a estratégia organizacional.; Project management maturity and its contribution to project selection according to organizational strategy.

Pereira, Marcia Moreira Martins
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 13/09/2007 PT
Relevância na Pesquisa
36.3%
A crescente busca pela utilização do gerenciamento de projetos enquanto diferencial estratégico no mercado atual e, mais recentemente, a procura pelo gerenciamento de projetos formal e estruturado, como parte da estratégia competitiva da organização, associadas à popularização do termo maturidade, justificam o conceito de maturidade em gerenciamento de projetos e a existência dos modelos de maturidade em gerenciamento de projetos. Existem atualmente diversos modelos de maturidade no mercado. A maioria deles está alinhada a um guia de conhecimento, que é utilizado como medida comparativa na avaliação do nível de maturidade da organização, e classifica o estágio de maturidade da organização em cinco níveis. Difere dos demais o modelo Organizational Project Management Maturity Model (OPM3®), proposto pelo Project Management Institute (2003). Ao invés de ser concebido como um modelo de níveis de maturidade, tem como enfoque três elementos (conhecimento, avaliação e melhoria), através dos quais o modelo se auto-atribui a capacidade de vincular projetos à estratégia organizacional. O presente estudo procurou avaliar a contribuição da maturidade em gerenciamento de projetos para a seleção de projetos de acordo com a estratégia organizacional. Quanto ao método de pesquisa...

Avaliação de desempenho em projetos complexos: uma abordagem multidimensional.; Complex project performance evaluation: a multidimensional approach.

Campos, André Vidal
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 20/05/2009 PT
Relevância na Pesquisa
36.29%
Esta dissertação apresenta um estudo de avaliação de desempenho de projetos a partir de uma estrutura multidimensional que engloba custo, prazo e qualidade do produto final do projeto. As fundações para o desenvolvimento desta abordagem multidimensional estão em um modelo que integra o conceito de Gerenciamento do Valor Agregado (EVM Earned Value Management) à Engenharia de Sistemas e ao Desdobramento da Função Qualidade (QFD Quality Funcion Deployment). A tradução de requisitos do cliente para requisitos técnicos é alicerçada no Desdobramento da Função Qualidade (QFD Quality Funcion Deployment), a alocação de requisitos técnicos em uma Estrutura Analítica de Projeto (WBS Work Breakdown Structure) é baseada em Engenharia de Sistemas e finalmente a integração desta base com as técnicas de planejamento e controle de projetos do Gerenciamento do Valor Agregado (EVM Earned Value Management) formam o Modelo Multidimensional de Desempenho de Projetos (MPPM - Multdidimensional Project Performance Model). Esta integração de disciplinas de qualidade, engenharia de sistemas e gerenciamento de projetos, que formam o MPPM, visa avaliar custo, prazo e qualidade do produto final de um projeto de forma integrada e simultânea. A parte empírica é realizada em duas etapas...

Avaliação da relação do uso de métodos e treinamentos em gerenciamento de projetos no sucesso dos projetos através de uma perspectiva contingencial: uma análise quantitativa.; Evaluation of the relation of project management use of methods and training in the project success through a contingencial prespective: a quantitative analysis.

Patah, Leandro Alves
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 22/04/2010 PT
Relevância na Pesquisa
36.28%
O gerenciamento de projetos tem sido cada vez mais estudado, e diferentes abordagens podem ser encontradas na bibliografia gerada pela academia e por praticantes da área, sendo considerado um aspecto estratégico para companhias de sucesso. Por isso, nos últimos anos, muitas empresas têm despendido grandes montas em gerenciamento de projetos, alimentando a controversa discussão sobre os resultados da aplicação de tais métodos em relação ao retorno dos investimentos. Esta tese tem como objetivo analisar os benefícios gerados pelo uso destes métodos de gestão de projetos para as organizações. A abordagem metodológica baseia-se em uma modelagem quantitativa, na qual se busca relacionar o grau de implementação dos métodos de gerenciamento de projetos ao sucesso dos projetos. A pesquisa empírica foi realizada em uma empresa multinacional de grande porte, com atuação diversificada, presente em vários setores industriais. Participaram do estudo dez unidades de negócio, de três países, de dez setores industriais: componentes, energia, indústria, manutenção, medicina, óleo e gás, segurança, tecnologia da informação, telecomunicações e transportes. Apesar de todas as unidades de negócio adotar o mesmo conjunto de métodos de gerenciamento de projetos corporativo...

Gestão do  conhecimento em projetos: um estudo sobre conhecimentos relevantes, fatores influenciadores e práticas em organizações projetizadas; Project knowledge management: a study about relevant knowledge, influencing factors and practices in project-based organizations

Shinoda, Ana Carolina Messias
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/09/2012 PT
Relevância na Pesquisa
36.28%
A Gestão do Conhecimento (GC) ainda é um desafio para muitas organizações. Em empresas projetizadas, em que a maior parte dos profissionais se dedica à atividade de projetos, há obstáculos adicionais a serem superados. Isso acontece, entre outros fatores, devido à própria natureza dos projetos, pois são exclusivos (dificultando a aprendizagem por repetição) e finitos (em geral não há mecanismos para integrar os conhecimentos adquiridos ao longo do projeto em novos projetos). A partir desse contexto, o presente trabalho foi orientado pelo seguinte problema de pesquisa: "como as organizações projetizadas realizam a gestão do conhecimento de seus projetos?". Para responder a essa pergunta, foram analisados os conhecimentos relevantes para serem gerenciados, as práticas de GC utilizadas e os fatores influenciadores (facilitadores e dificultadores) presentes em três organizações: Escritório de Projetos do Banco Central, Cia de Talentos e PromonLogicalis. Além de projetizadas, essas organizações têm origem brasileira, oferecem serviços de consultoria (interna ou externa) e são referência em seus setores de atuação. A pesquisa é de natureza exploratória e descritiva, possui uma abordagem qualitativa e utiliza o método de estudo de casos múltiplos. Foi desenhado um modelo conceitual para o levantamento das práticas organizacionais com base no foco das práticas (intra ou interprojetos) e nos processos de GC para os quais contribuem mais intensamente (recuperação...

Modelo e ferramenta para avaliação da agilidade no gerenciamento de projetos; A framework and tool for the project management agility assessment

Conforto, Edivandro Carlos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 15/03/2013 PT
Relevância na Pesquisa
36.28%
As pesquisas com o objetivo de relacionar o uso de práticas do gerenciamento ágil, desempenho e sucesso do projeto apresentam limitações como baixa qualidade semântica de construtos, dados e instrumentos de coleta com escalas subjetivas e pouco confiáveis, impedindo a verificação da eficácia dessas práticas. Outro problema é a tentativa de relacioná-las diretamente com o desempenho ou sucesso do projeto. Neste trabalho discute-se a hipótese de que a adoção de práticas dessa teoria e o desempenho do projeto não possuem relacionamento direto. Propõe-se a tese de que há um elemento intermediário, denominado neste trabalho de construto agilidade, que pode ser designado como um desempenho. As práticas provenientes da teoria de gerenciamento ágil (ditas ágeis), em conjunto com outros fatores ambientais, contribuiriam para o desempenho em agilidade, e este, por sua vez contribuiria para o desempenho e sucesso do projeto. Considerando esta hipótese, são três os objetivos desta pesquisa: 1) definir agilidade em gerenciamento de projetos; 2) propor um modelo conceitual capaz de explicar a relação entre práticas de gestão de projetos, fatores críticos organizacionais e o desempenho em agilidade, verificando-o; e 3) propor uma ferramenta de diagnóstico da agilidade em gerenciamento de projetos para profissionais...

Impacto da gestão de portfólio de projetos no desempenho organizacional e de projetos.; The project portfolio management impact in the organizational performance and in the individual projects.

Padovani, Marisa
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 27/11/2012 PT
Relevância na Pesquisa
36.28%
O objetivo principal dessa tese é propor e validar um modelo matemático que relacione a gestão do portfólio de projetos e o desempenho organizacional. Tal modelo deve permitir que se avalie o impacto de decisões tomadas na gestão do portfólio de projetos nos resultados das organizações e dos projetos. Além disso, pretende-se avaliar o impacto do tipo de estratégia e do perfil dos stakeholders das organizações na relação entre a gestão do portfólio de projetos e o desempenho organizacional. Para alcançar os objetivos propostos, desenvolveu-se esta pesquisa adotando-se a abordagem metodológica caracterizada como descritiva do tipo hipotético dedutiva, em que são utilizados como procedimentos técnicos a pesquisa bibliográfica, com auxilio da técnica da bibliometria, e o levantamento do tipo survey. Para o tratamento dos dados, utilizam-se métodos estatísticos, em especial, a modelagem de equações estruturais. O universo estudado é o de organizações com unidades de negócios no Brasil, Américas e Europa, sendo o perfil dos respondentes composto por diretores; alta e média gerência funcional; gerentes e coordenadores de projetos e gerentes, coordenadores e membros de escritório de projetos. O tamanho total da amostra analisada é de 103 questionários válidos. O modelo matemático proposto é formado por onze variáveis latentes relacionadas com a gestão do portfólio de projetos e três relacionadas com o desempenho organizacional. Com base na literatura pesquisada...

Project led education in engineering courses : competencies to include

Hattum-Janssen, Natascha van; Vasconcelos, Rosa
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2007 ENG
Relevância na Pesquisa
36.28%
As a result of the implementation of the Bologna Declaration and the growing emphasis on lifelong learning in a knowledge society, project education has been implemented in a number of engineering courses at the University of Minho. The degree to which the project is influencing the curriculum varies from course to course. In some course, the project is a project exercise in which already acquired knowledge is applied, in others, the project is the leading element of the semester and other subjects depend entirely on the project. In each case, the project has to be designed in such a way that all or most subjects of the semester are to some extent represented in the project. The competencies as developed for the project have to meet several requirements. In the first place, they have to be based in the subjects or content areas that form the project. They also have to fit within the general framework of the course and general project specifications of a particular semester. Apart from these demands, each project has to meet a number of specific requirements, related to the problem to be solved during the project: the solution needs to “work”. Finally, the competencies defined in project education need to represent a number of soft skills. The article explores three student guides and the kind of competencies involved in three different project learning experiences.; Universidade do Minho (UM).; Fundação para a Ciencia e a Tecnologia (FCT) - SFRH/BPD/18754/2004.

What happens before a project starts? Project start-up from the supplier perspective

Savolainen, Paula; Verner, June; Land, Lesley P.W.; Low, Graham C.
Fonte: Springer Publicador: Springer
Tipo: Article; all_ul_research; ul_published_reviewed; none
ENG
Relevância na Pesquisa
36.28%
peer-reviewed; Before an outsourced software project officially begins the contracting or supplier organization has already expended effort. Although project start and start-up effort impact on project success in most cases these are undefined concepts. There are no clear definitions of project start, start-up or the activities that should be completed before project start either in the literature or in practice. Ambiguity around project start sets up risks to the profitability of a project and therefore makes the real success of a project not only uncertain but difficult to measure. A vague project start also makes comparisons between projects and between organizations unreliable. In this paper, we describe a pilot study that reviews project start, project start-up, and project start date, and then investigates what the key activities of the supplier are normally performed by the end of the project start-up phase.We use interviews with software supplier practitioners to define those key activities.; Finish Funding Agency for Technology and Innovation (TEKES) grant 70011/08; SFI grant 03/CE21303_1

Globalisation, community development, and Melanesia: The North New Georgia Sustainable Social Forestry and Rural Development Project

Makim, Abigail
Fonte: Universidade Nacional da Austrália Publicador: Universidade Nacional da Austrália
Tipo: Working/Technical Paper Formato: 1688733 bytes; 354 bytes; application/pdf; application/octet-stream
EN_AU
Relevância na Pesquisa
46.05%
This paper is about globalisation, the state, and community development in Melanesia. The paper draws on the concept of “weak state–strong society” and explores the influence of the Christian churches, non-government organisations, and kastom in shaping development and social change in a Melanesian society. The paper takes Solomon Islands as its focus and a case study is made of the North New Georgia Sustainable Social Forestry and Rural Development Project – a re-afforestation program established on the island of New Georgia in the late 1990s. Through this case study, the emergence of a locally-derived and locally-based approach to community and resource development is examined. Since the eighteenth century, the fortunes, practices, opportunities and power of Pacific societies have been significantly influenced by changes in the strategic, economic and normative order at the global level. This will obviously continue to be so. But, as in the past, this will not simply be a “fatal impact” of powerful global forces on local vulnerable societies but a “messy entanglement” in which it will matter how particular societies, and the South Pacific collectively, organise their response or create opportunities (Fry 2000, 2).; no

State, Society and Governance in Melanesia Project: review 1995-1998

Douglas, Bronwen; Dinnen, Sinclair; Regan, Anthony J
Fonte: Universidade Nacional da Austrália Publicador: Universidade Nacional da Austrália
Tipo: Working/Technical Paper Formato: 278653 bytes; 355 bytes; application/pdf; application/octet-stream
EN_AU
Relevância na Pesquisa
46.26%
The State, Society and Governance in Melanesia Project is an outstanding example of collaboration between university and government sectors. The Project was conceived in December 1994 when Pacific Islands specialists in the Research School of Pacific and Asian Studies (RSPAS) of the Australian National University (ANU) agreed that there was an urgent need to address issues of governance and state-society relationships in the Melanesian region. Accordingly, a detailed proposal was made by the School to the University’s Strategic Development Fund. In September 1995, in University-wide competition, this bid won a major commitment of $275,000 per annum from the University to provide for the appointment of three fellows to the State, Society and Governance in Melanesia (SSGM) Project. In the meantime an approach had been made by the Director of the RSPAS, Professor Merle Riklefs, to the Department of Foreign Affairs and Trade (DFAT). DFAT agreed to finance the secondment of a senior officer, Mr David Ambrose, to the RSPAS for three years to liaise at a senior level with the Australian and foreign governments, with other universities and with the corporate sector in developing and coordinating research activities on the perceived crises of governance...

State community development and Melanesia: the North New Georgia Sustainable Social Forestry and Rural Development Project

Makim, Abigail
Fonte: Universidade Nacional da Austrália Publicador: Universidade Nacional da Austrália
Tipo: Working/Technical Paper Formato: 271933 bytes; 352 bytes; application/pdf; application/octet-stream
EN_AU
Relevância na Pesquisa
46.05%
This paper is about globalisation, the state, and community development and social change in Melanesia. The paper draws on the concept of “the Melanesian way” and also explores the role and influence of the Christian churches, kastom, and nongovernment organisations (NGOs) in Melanesian society. It takes the experiences of the Solomon Islands as its focus and a case study is made of the North New Georgia Sustainable Social Forestry and Rural Development Project – a re-afforestation program established on the island of New Georgia in the late 1990s. Through this case study the emergence of a locally-derived and locally-based approach to resource development is examined.; no

Developing a project management maturity model to initiate sustainable project performance and modernisation in the Kingdom of Saudi Arabia.

Alzahrani, Sami Salem
Fonte: Universidade de Adelaide Publicador: Universidade de Adelaide
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2015
Relevância na Pesquisa
36.33%
This research thesis involves the analysis of sustainable development activities in project management and project management maturity, taking organisational culture as a contributing factor to success in project-driven organisations (PDO) in Saudi Arabia. It was felt that the best way to do this was to introduce a model that would provide insight and increase our understanding of current performance levels of projects in Saudi Arabia’s organisations, with a view to integrating concepts of sustainability into project management in the country. Saudi Arabia’s need to diversify its economic productivity and be less reliant on oil reserves in the long run and by implementing projects like those currently undertaken in infrastructure and construction gaining long-term value through sustainable project management will serve to maximise investment. A key element in the process is to better appreciate the importance of achieving a suitable organisational culture in project driven organisations. This is regarded as an important condition for improving professional capability in project managers. This research extends previous research by creating a model for evaluating and assessing the maturity of the sustainable dimension into project management practice. Assessing the project management maturity will help organisations integrate the ideas of sustainable development and modernisation through projects and project management by highlighting the areas in which an organisation should focus in order to reach project management best practice. The commitment of project stakeholders...

Vague project start makes project success of outsourced software development projects uncertain

Savolainen, Paula
Fonte: Springer-Verlag Publicador: Springer-Verlag
Tipo: Conference item; all_ul_research; ul_published_reviewed; none
ENG
Relevância na Pesquisa
36.28%
peer-reviewed; A definition of a project success includes at least three criteria: 1) meeting planning goals, 2) customer benefits, and 3) supplier benefits. This study aims to point out the importance of the definition of the project start, the project start date, and what work should be included in the project effort in order to ensure the supplier's benefits. The ambiguity of the project start risks the profitability of the project and therefore makes project success at least from supplier's point of view uncertain. Moreover, vague project start makes it more difficult to compare project management metrics, such as duration and effort, between projects. There is no clear definition for the project start either in literature or practice. Based on interviews, the definitions are provided for project start, project start date, and project start-up effort included in the project.

REFLECTIONS OF TWO COLLABORATING EDUCATORS TAKING A CONSTRUCTIVIST APPROACH TO PROJECT WORK IN AN ELEMENTARY CLASSROOM

JANSEN, LAURA
Fonte: Quens University Publicador: Quens University
Tipo: Tese de Doutorado
EN; EN
Relevância na Pesquisa
36.29%
Project work has gained a prominent place in research for its significant educational potential (Blumenfeld et al., 1991; Fallik et al., 2008). Teachers, however, have not been providing project work with a prominent place in the elementary classroom (Blumenfeld et al., 1991; Fallik et al., 2008; Rogers et al., 2010; Tse, Lam, Lam, & Loh, 2005). To encourage and support teachers in practicing Project-Based Learning (PBL), we need to understand what motivates teachers to enact PBL, the challenges they face in doing so, and ways to support teachers in overcoming these challenges. To examine teachers’ lived experiences in enacting student-centered project work, the current study used the method of participatory action research (PAR). This method included the active participation of a teacher (Megan) and me (the principal researcher) in the design, enactment, and reflection upon a constructivist, whole-class project in an eastern Ontario Grade 5 classroom. The study was structured around two research questions: (1) what did we perceive as challenges and benefits of organizing and enacting a student-centered project, and (2) how did we perceive that our collaboration in organizing, enacting, and reflecting upon this project impacted our thinking and practices with regard to project work? Megan’s and my reflections were collected over the course of the project through two semi-structured interviews...

Caraterização do impacto do gestor de projeto no desempenho de equipas de desenvolvimento de software; Impact characterization of the project manager in the performance of software development teams

Gonçalves, João Manuel Dias de Oliveira
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
36.29%
Dissertação de mestrado em Engenharia e Gestão de Sistemas de Informação; A disciplina de "Gestão de Projetos" cinge-se a utilizar as melhores práticas, técnicas e ferramentas, recomendadas pela indústria, de forma a observar os requisitos de um projeto. O objetivo é completar um projeto cumprindo os parâmetros previamente definidos – de âmbito, custo, tempo e qualidade. Ao contrário do que seria de esperar, uma grande percentagem de projetos de Sistemas de Informação excedem o seu orçamento e calendário estabelecido. Verifica-se assim a extrema importância da atuação do gestor de projeto para a aferição dos resultados e objetivos de um projeto, sobretudo a nível das suas competências técnicas e sociais, do seu perfil e capacidade de liderança, sua capacidade de comunicação, gestão e monitorização. Como é referido por Müller e Turner (2007), a literatura ignora e evita a questão da influência e contributo do gestor de projeto e, nomeadamente, a sua competência para o êxito de um projeto, sendo que esta nunca é considerada um fator crítico de sucesso. Deste modo se depreende a necessidade de efetuar estudos mais aprofundados e focados nesta temática, com vista a tentar obter uma melhor perceção do impacto que o gestor de projeto possui sobre as equipas de desenvolvimento de software e resultado do projeto em questão. Este trabalho pretende dar resposta a esta questão. Assim...

Projeto OPM3 Portugal : análise setorial de resultados aplicado à investigação da maturidade organizacional em Gestão de Projetos; OPM3 Portugal Project : sectoral results analysis applied to the research of organizational project management maturity

Silva, David Renato Macedo Alves da
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
36.28%
Dissertação de mestrado em Engenharia Industrial (área de especialização em Avaliação e Gestão de Projetos e da Inovação); Atualmente, a rapidez com que as mudanças acontecem no ambiente empresarial tem conduzido um número cada vez maior de organizações a adotarem as metodologias de Gestão de Projetos. O crescimento da competitividade, acrescido de clientes cada vez mais exigentes e do avanço da tecnologia, criou um cenário onde é fundamental a gestão eficaz de projetos cujos prazos são cada vez menores e os recursos cada vez mais escassos. Aumentar a maturidade em Gestão de Projetos tornou-se um objetivo das organizações. Para isso adotam modelos de maturidade que lhes permitem conhecer o estado atual dos seus processos e práticas de Gestão de Projetos e compará-los com o que de melhor se faz na indústria onde estão inseridas, proporcionando-lhes assim um excelente caminho para melhorarem. Um dos principais modelos de maturidade em Gestão de Projetos é o Organizational Project Management Maturity Model (OPM3), desenvolvido pelo Project Management Institute (PMI), a maior instituição mundial em Gestão de Projetos. Esta investigação consiste em analisar setorialmente os resultados decorrentes do “Projeto OPM3 Portugal”...

Project management: a simulation-based optimization method for dynamic time-cost tradeoff decisions

Tolentino Pena, Radhamés A.
Fonte: Rochester Instituto de Tecnologia Publicador: Rochester Instituto de Tecnologia
Tipo: Tese de Doutorado
EN_US
Relevância na Pesquisa
36.31%
Project managers face difficult decisions with regard to completing projects on time and within the project budget. A successful project manager not only needs to assure that the project is completed, but also desires to make optimal use of resources and maximize the profitability of the project. The goal of this research is to address the time-cost tradeoff problem associated with selecting from among project activity alternatives under uncertainty. Specifically, activities that make up a project may have several alternatives each with an associated cost and stochastic duration. The final project cost is a result of the time and cost required to complete each activity and lateness penalties that may be assessed if the project is not completed by the specified completion time. In an effort to optimize the project time-cost tradeoff, a dynamic, simulation-based optimization method is presented. In particular, the method minimizes the expected project cost due to lateness penalties and the activity alternatives selected. The method is designed to be implemented in two phases. The first phase, referred to as the static phase, is implemented prior to the start of the project. The static phase results in the expected cost for the recommended project configuration including the alternative selected for each activity and the distributions of the project completion and total project cost. The second phase...

A maturation model for project-based organisations - with uncertainty management as an ever-present multi-project management focus

Jerbrant,Anna
Fonte: South African Journal of Economic and Management Sciences Publicador: South African Journal of Economic and Management Sciences
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2014 EN
Relevância na Pesquisa
36.28%
The classical view of multi-project management does not capture its dynamic nature. Current theory falls short in its ability to explain how the management of project-based companies evolves because of their need to be agile and adaptable in a changing environment. The purpose of this paper is therefore to present a descriptive model that elucidates the maturation processes in a project-based organisation as well as to provide an enhanced understanding of multi-project management in practice. The maturation model illustrates the way the management of project-based organisations evolves between structuring administration and managing uncertainties, and emphasises the importance of active individual actions and situated management actions that have to be undertaken in order to coordinate, synchronise and communicate the required knowledge and skills. The outcomes primarily reveal that, although standardised project models are used and considerable resources are spent on effective project portfolio management, the way information and communication are dealt with is vitally important in the management of project-based organisations. This is particularly true of informal and non-codified communication.