Página 1 dos resultados de 14 itens digitais encontrados em 0.007 segundos

Reestruturação produtiva do trabalho bancário : um olhar acerca do Programa de Demissão Voluntária

Bessi, Vânia Gisele; Grisci, Carmem Ligia Iochins
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
96.2%

Subjetividade em tempos de reestruturação produtiva do trabalho bancário e programa de apoio à demissão voluntária

Bessi, Vânia Gisele
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
96.35%
A presente dissertação discute o Programa de Apoio à Demissão Voluntária – PADV – como uma ferramenta central da gestão de pessoas, em tempos de reestruturação produtiva do trabalho bancário. Trata-se de um estudo de caso que contou com um total de cento e doze sujeitos, assim distribuídos: cento e quatro sujeitos dos estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina, que aderiram à terceira edição do referido programa, cinco gestores desses sujeitos e três funcionários da área de recursos humanos da empresa. A coleta de dados deu-se através de questionário, entrevistas individuais semi-estruturadas e fontes documentais. Analisaram-se os dados quantitativos com uso do software Sphinx e os dados qualitativos por meio da análise de conteúdo à luz do referencial teórico de autores como Pelbart em relação a aspectos da subjetividade; Chanlat e Enriquez em relação à gestão; e Dejours em relação ao sofrimento e prazer no trabalho. Os resultados da pesquisa indicam que, por ocasião do PADV, ocorre uma intensa atuação da empresa no sentido de desfazer a expectativa cultural e socialmente construída de um emprego que proporciona aos sujeitos boas condições financeiras e vínculo empregatício estável através dos tempos. A construção da adesão ao PADV...

Análise da dicotomia sofrimento e prazer em um programa de demissão voluntária

Cunha, Elenice Gonçalves
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
106.51%
Trata-se de uma pesquisa exploratório-descritiva, que busca analisar, a partir da abordagem dejouriana - que considera a dimensão organizacional e as suas repercussões sobre o equilíbrio psíquico e saúde mental do trabalhador -os reflexos da implantação do Programa de Demissão Voluntária - PDV, sobre os servidores que optaram pela não-adesão a este programa e permaneceram nas organizações públicas. Os dados foram coletados junto a servidores lotados na Fundação Gaúcha do Trabalho e Ação Social, através de entrevistas semiestruturadas. Para a análise de dados, foi utilizada a metodologia da análise de conteúdo, na modalidade de análise temática. Os resultados são apresentados em dezesseis categorias iniciais, seis categorias intermediárias e três categorias finais: os entraves burocráticos, a perda da inteligência do estado, e o PDV e o medo. A problemática parte do pressuposto de que, com o PDV, a possibilidade da perda do emprego torne-se uma realidade para o funcionário público, trazendo, para o seu cotidiano do trabalho, o sentimento de medo - medo da perda do emprego, acompanhado da dicotomia sofrimento/prazer. Os resultados obtidos mostram que o PDV é um fator desencadeante do sofrimento no trabalho...

Análise do significado do programa de demissões voluntárias do Banco do Brasil

Leme, Patrícia Regina Stumpf Paes
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
86.34%
Trata-se de uma pesquisa exploratório-descritiva, que busca analisar, a partir de pressupostos de Dejours (1993, 1994, 1997, 1999) a influência de fatores de prazer e sofrimento na construção do significado do trabalho presentes em indivíduos que optaram por aderir a um Programa de Demissão Voluntária - PDV. Os dados foram coletados junto a ex-funcionários do Banco do Brasil, através de entrevistas semiestruturadas. Para análise dos dados foi utilizada a metodologia da análise de conteúdo, na modalidade de análise temática. Os resultados são apresentados em dezoito categorias iniciais, seis categorias intermediárias e duas categorias finais: o desmonte do setor público e a mudança no significado do trabalho. A problemática parte do pressuposto de que, com os PDV, a situação de se deixar a organização da qual se fazia parte pode repercutir em oportunidades em outras áreas, seja como empregado, seja como empregador. Por outro lado, pode se refletir em ausência de perspectivas quanto ao futuro. Os resultados obtidos mostram que o PDV é um fator desencadeante de sofrimento, considerando que, após a adesão ao Programa, permanece para os exfuncionários uma condição de frustração e de conflitos pessoais em decorrência da forma como foi conduzida a implementação do Programa.

Repensando um programa de demissões voluntárias : proposta de um modelo de redução de quadro, baseado na identificação precoce e no desenvolvimento de talentos

Costa, Silvia Generali da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
76.39%
Em meados da década de 90, frente à crise econômica do País, foram implementados os Programas de Demissão Voluntária (PVD) na maioria dos órgãos e empresas públicas. Este estudo busca um modelo alternativo de redução de quadro de pessoal que priorize o investimento permanente em desenvolvimento humano e minimize o impacto social de uma demissão coletiva. Utilizando metodologia qualitativa, com estudo de múltiplos casos, pesquisouse uma amostra não probabilística entre os participantes do PDV do Banco do Estado do Rio Grande do Sul no ano de 1995. A pesquisa - descritiva, prescritiva, não-experimental - teve seus resultados trabalhados através do método de análise de conteúdo (entrevistas) e levantamento quantitativo e qualitativo (teste). Os resultados indicam estados de sofrimento psíquico entre os que não optaram pelo PVD e desemprego ou falência entre os participantes do Programa. Constatou-se que a estrutura e a cultura burocráticas disfuncionais do Banco acolheram e reforçaram comportamentos de dependência, imaturidade e fraco conhecimento de si, incompatíveis com as demandas atuais do mercado de trabalho e com as possibilidades mais amplas de identificação e desenvolvimento de potenciais. Ao mesmo tempo...

Modos de trabalhar e de ser na reestruturação bancária

Grisci, Carmem Ligia Iochins; Bessi, Vânia Gisele
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
65.97%

Flow in the public service : conciliating challenges and abilities from a realistic point of view; Flow no serviço público : conciliando desafios e capacidades a partir de uma ótica realista

Costa, Silvia Generali da; Mazzilli, Claudio Pinho
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
ENG
Relevância na Pesquisa
65.96%
This article aims at demonstrating that life quality at work and the ability to achieve the Flow, or Optimal Experience, is related, among other aspects, to the abilities of harmonizing the challenges of the task with individual skills; perceiving the aridest aspects of the organizational environment in a realistic way; and facing personal limitations in a constructive manner. For this purpose, a survey was carried out with a sample of State civil servants, to whom the adhesion to a Voluntary Dismissal Program was offered. The data obtained was submitted to the Contents Analysis, as proposed by Bardin (1997). The Flow concept comes from the work of Mihay Csikszentmihalyi (1197, 1996, 1992, 1991). The results showed that a group of people who did not adhere to the Voluntary Dismissal Program demonstrated a remarkable ability to avoid stress and obtain satisfaction at work, despite the bureaucratic and mechanistic structure of the organization where they work. On the other hand, a group who chose to join the Program made an inaccurate self -evaluation and ended up accepting challenges that were not compatible with their skills and talents, with disastrous consequences for their personal and professional lives. The results confirm Csikszentmihalyi’s theoretical assumptions and suggest the necessity of reformulating the pressupositions of the Voluntary Dismissal Programs carried out in the State up to this moment.

As influências da gestão do medo sobre a psicodinâmica do trabalho

Zortéa, Paula Bonato; Cunha, Elenice Gonçalves
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
55.95%

Reestruturação produtiva e trabalho bancário no Brasil: crise, rupturas e fetiche no caso das demissões voluntárias no Banespa

Montanha, Luiz Carlos Pires
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 150 f. : il. color.
POR
Relevância na Pesquisa
76.3%
Pós-graduação em Ciências Sociais - FFC; O objeto de estudo deste trabalho encontra-se na análise do Programa de Desligamento Voluntário - PDV implementado no Banco do Estado de São Paulo após a privatização da instituição ocorrida em 20 de Novembro de 2000, e nas implicações deste programa para o mundo do trabalho bancário. Trata-se de refletir sobre as formas contemporâneas de exploração do trabalho bancário e sobre as formas complexas de estranhamento social na etapa de mundialização do capital sob predominância do capital financeiro. Tomando como referência a reestruturação produtiva do trabalho bancário ocorrida no bojo do processo de reestruturação produtiva do sistema financeiro nacional nas últimas décadas do século XX, esta investigação analisa, a partir de dados bibliográficos, documentais e empíricos, a origem, a forma de ser e a lógica do PDV, e ainda, os impactos que este programa causa na subjetividade bancária. Parte-se da hipótese que o PDV é um instrumento fetichizado de gestão do trabalho utilizado como medida de redução de pessoal que, em seus desdobramentos, exerce forte efeito sobre a subjetividade bancária, ocasionando crise e rupturas e contribuindo para o desmonte do setor bancário estatal no país. A pesquisa concluiu que o PDV emergiu como uma importante ferramenta de gerenciamento do trabalho no bojo do processo de ofensiva do capital nos anos 1980 e foi amplamente utilizado por empresas públicas e privadas para demitir trabalhadores. Nesse contexto...

A perversão da experiencia no trabalho : os bancarios em face do Programa de Ajustes do Banco do Brasil

Jair Batista da Silva
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 30/08/2002 PT
Relevância na Pesquisa
86.42%
Esta pesquisa discute a experiênciade uma parcela importante da classe trabalhadora brasileira: os bancários do Banco do Brasil Tomando como contexto o Programa de Ajustes nesta empresa, investigamoso Plano de Demissão Voluntária (PDV), em 1995. Argumenta-se que o PDV se caracteriza como uma "nova" ofensiva sobre os trabalhadores, à medida que transfere para estes a responsabilidade sobre a demissão. Deste modo, o plano de demissão é concebido como uma forma de perversão da experiência-trabalho - perversão que não se reduz ao seu caráter moral, como fundamento da maldade, mas concebida como alteração, transferência e inversão da responsabilidade e interesse da empresa como se fosse dos funcionários. Na medida em que mostra como se processa esta inversão, a pesquisa procura revelar também as práticas de racionalização do processo de trabalho, acentuando como estas "novas" iniciativas se apresentam no maior banco público brasileiro. Ademais, busca-se destacar como as novas práticas de gestão do trabalho e da produção manifestam-se no setor bancário e, especialmente, no Banco do Brasil. Para estudar tanto o processo de crescente racionalização das práticas de trabalho no interior do banco quanto os mecanismos de incorporação...

Demissão voluntária : passagem da estabilidade para as vulnerabilidades do mundo do trabalho

Pfeilsticker, Zilda Vieira de Souza
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.1%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Sociais, Departamento de Sociologia, 2008.; A presente tese é uma reflexão sobre os impactos dos programas de desligamento voluntário - PDV na vida daqueles que, por força das grandes transformações do mundo do trabalho, a eles aderiram e se tornaram conhecidos como pedevistas. Tem como objeto a reinserção dos pedevistas do Banco do Brasil no mercado de trabalho e como objetivo analisar a reinserção destes pedevistas no mercado de trabalho. Parte da premissa de que os funcionários que se desligaram do Banco, seja por pressão ou voluntariamente, passaram a lidar com a perda do vínculo empregatício como uma mutilação simbólica e ainda são portadores de padrões de uma identidade que os fixa aos paradigmas da estabilidade e da segurança, inadequados aos novos paradigmas da desregulamentação e da flexibilização das relações de trabalho. Para tanto, foi utilizado como recurso metodológico o estudo de caso, dadas as possibilidades que oferece ao aprofundamento da investigação. A pesquisa confirmou a hipótese de que grande parte dos pedevistas tem encontrado dificuldades de reinserção no mercado de trabalho devido à interferência de seu habitus...

A morte simbólica em mudanças organizacionais: o caso do Banco do Brasil

César,Ana Maria Roux
Fonte: Associação Nacional dos Programas de Pós-graduação em Administração Publicador: Associação Nacional dos Programas de Pós-graduação em Administração
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2010 PT
Relevância na Pesquisa
65.98%
O caso trata das perdas simbólicas, vivenciadas pelos funcionários do Banco do Brasil, após a implantação de um plano de reestruturação, que teve como uma das principais ações a criação do primeiro plano de demissão voluntária [PDV]. Apresenta estudo que identifica a percepção que os funcionários tiveram das mudanças, enquanto perda ou ganho, em relação a três dimensões: Práticas de Recursos Humanos, Afiliação a Grupos e Pertinência à Empresa. Também identifica o estado de ânimo destes funcionários bem como a possível existência de sintomas somáticos no período subseqüente às mudanças. O caso apresenta uma fotografia sem retoques do estado psicológico de funcionários envolvidos em processos de mudança, e serve de subsídio para o desenvolvimento de programas de sensibilização para mudanças organizacionais. Tem os seguintes objetivos educacionais: 1. analisar aspectos psicossociais relacionados aos processos de mudança e à competitividade; 2. Propiciar aplicação da teoria à prática, solicitando que os alunos desenvolvam um programa de sensibilização para mudanças organizacionais.

Da não-incidência do imposto de renda na fonte no programa de demissão voluntária: PDV

Motta Filho, Marcello Martins
Fonte: Revista dos Tribunais Publicador: Revista dos Tribunais
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
55.96%

FEAR MANAGEMENT: EVIL AS TOOl MANAGEMENT AT WORK PSYCHODYNAMICS' OPTICS; A GESTÃO DO MEDO: O MAL COMO INSTRUMENTO DE GESTÃO NA ÓTICA DA PSICODINÂMICA DO TRABALHO

Gonçalves Cunha, Elenice; Pinho Mazzilli, Cláudio
Fonte: Revista da ABET Publicador: Revista da ABET
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 21/03/2013 POR
Relevância na Pesquisa
66.09%
Starting from Cristophe Dejours' Approach, which considers organizational dimensions and its repercussions on psychic equilibrium and worker mental health, we aimed to present the influences fear management, based in analysis of Voluntary Demission Program (VDP), about public workers who did not chose and remained in Brazilian public organizations. Our problematic is based in belief that with the VDP, the precarization possibility and losing of jobs become a reality to the public worker, what brings fear fee1ing to its quotidian - fear of losing job - together to a dichotomy suffering/pleasure. What we intent to discuss are the reflexes of fear management on psychic aspects of modem worker, which overcome work boundaries in traditional form and comes to precary work and its uncertainties.; A partir da abordagem dejouriana, que considera a dimensão organizacional e as suas repercussões sobre o equilíbrio psíquico e saúde mental do trabalhador, buscasseapresentar as influências da gestão do medo, a partir da análise do Programa de Demissão Voluntária (PDV), sobre os servidores que optaram pela não-adesão e permaneceram nas organizações públicas brasileiras. A problemática parte do pressuposto de que, com o PDV, a possibilidade de precarização e perda dos empregos toma-se uma realidade para o funcionário público...